Archive

Arquivo por Autor

04/02/2016 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 05 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Antes de iniciar uma viagem com cinco jogos na agenda o Toronto Maple Leafs recebeu o New Jersey Devils no Air Canada Centre.

Este jogo foi marcado por diversos números: 1000 jogos como técnico para Mike Babcock, 800 jogos de Dion Phaneuf na NHL, assim como 700 jogos de Joffrey Lupul e 300 de Nazem Kadri! 

No gol dos Leafs estava James Reimer, que parece ter se garantido como o goleiro número um dos Leafs, e pelos Devils, Keith Kinkaid.

O jogo foi muito disputado o tempo todo e as equipes não conseguiam sobrepujar a outra na determinação e aplicação táticas. Quem abriu o placar foi Jacob Josefson aos  04m16s do primeiro período, num powerplay, recebendo um passe de David Schlemko e chutando forte. O puck ainda resvalou na luva de James Reimer e foi pro fundo da rede dos Leafs. Numa jogada bem armada, logo após o término de um powerplay para os Leafs, P.A. Parenteau, Tyler Bozak e Shawn Matthias trocam passes e Matthias consegue desviar o puck, que ainda pegou no patins de um defensor dos Devils e empatou a partida.

A disputa continuou e no terceiro período David Schlemko colocou os Devils mais uma vez à frente do placar aos 06m27s. Os Leafs, mais uma vez, precisavam correr atrás do prejuízo. Foi Mike Babcock que, decidindo retirar Reimer aos 17m48s, iniciou a ação que terminou com um gol de Tyler Bozak, apenas 6s depois, aos 17m54s, após receber um excelente passe de Peter Holland e chutar de primeira, vencendo Kinkaid e empatando a partida. 

Não houve qualquer alteração de placar na prorrogação, mesmo com boas chances para as equipes. Kinkaid fez uma excelente defesa num contra-ataque dos Leafs, levando a decisão aos pênaltis. 

A cobrança de pênaltis, conhecida como Shootout, somente viu P.A. Parenteau marcar, dando a vitória aos Leafs!

Mais uma vez a equipe mostrou que não se incomoda de estar atrás no placar e que tem raça e determinação para mudar o destino da partida e dos pontos em jogo! 

Go Leafs Gooooooo

02/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

quarta-feira, 03 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Vindos do descanso do All-Star Weekend o Toronto Maple Leafs foi fazer uma visita aos rivais de conferência, o Boston Bruins. 

Nos gols estavam James Reimer pelos Leafs, no jogo de número 200 em sua carreira na NHL, e Tuuka Rask pelos Bruins. 

Foi uma partissem disputada desde o início, mas que os Bruins, por jogarem em casa, acabaram por criar a chance de gol, que foi aproveitada por Brad Marchand aos 09m37s do primeiro período, aproveitando um rebote num chute de Jimmy Hayes.

Somente aos 09m56s do segundo período os Leafs conseguiram chegar ao empate, com Daniel Winnik, que desviou o chute de Roman Polak, tirando Rask da jogada. Os goleiros estavam muito bem na noite e fizeram belíssimas defesas para manter o placar empatado ao término do segundo período. 

Parece que os Bruins voltaram melhor para o terceiro período e após pressionarem os Leafs, marcaram dois gols em apenas 26s. O segundo gol dos Bruins foi também o segundo de Brad Marchand na noite, aos 00m55s. Aos 01m21s, David Krejic colocou os Bruins com dois gols de vantagem no placar. Os Leafs, numa atitude que vem se tornando o normal da equipe nesta temporada, não desistiu e foi ao ataque. Aos 09m02s, foi a vez de Leo Komarov reduzir a diferença, em outro desvio de puck a frente de Rask. Os Leafs ainda chegariam ao empate com outro desvio, desta vez feito por Nazem Kadri aos 11m31s, gol que levou à partida para a prorrogação.

Acredito que pela primeira vez na temporada os Leafs foram à prorrogação e saíram dela com a vitória, que veio num gol em powerplay, algo que não estava funcionando, de P.A. Parenteau aos 03m06s, se aproveitando de um rebote num chute de Jake Gardiner, coroando uma ótima noite para os Leafs, iniciando bem a reta final da temporada. 

A prorrogação acabou atrasando a revelação dos Leafs de seu novo logo, que será usado amostrar da próxima temporada e que terá um post exclusivo aqui no Maple Leafs Brasil!

Go Leafs Go

27/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quinta-feira, 28 janeiro 2016 Deixe um comentário

No último jogo dos Leafs antes do All-Star Break, o Toronto Maple Leafs foi à Amalie Arena enfrentar o Tampa Bay Lightning. A derrota na noite anterior teve que ser deixada para trás. 

Os Leafs, mais uma vez, começaram a partida e forma sonolenta, sem velocidade, sem levar perigo ao gol de Andrei Vasilevskiy. Aos 4m38s, Steven Stamkos chutou muito forte, de primeira, num powerplay e abriu o placar. Os Leafs após 13 minutos de jogo só haviam dado um chute a gol. Jonathan Bernier teve uma noite bem sólida e não permitiu que os Lightning aumentassem ainda mais a vantagem.

Os outros períodos viram os Leafs acordarem e se imporem, controlando o jogo. Mas Vasilevskiy fez defesas muito importantes e a vitória acabou ficando com o Tampa Bay Lightning por apenas um gol.

A equipe de Toronto necessita melhorar o seu ataque, que marcou apenas 3 gols nos últimos 3 jogos. Mike Babcock deve rever isso. A data limite de trocas também está se aproximando e os Leafs devem acabar por negociar alguns de seus jogadores, abrindo espaço para contratações na pós-temporada. Teremos muitas notícias em fevereiro!

Go Leafs Go

26/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quarta-feira, 27 janeiro 2016 Deixe um comentário

Buscando espantar as derrotas o Toronto Maple Leafs foi visitar o Florida Panthers no BB&T Center, em Sunrise. 

Mais uma vez a equipe não jogou bem e, apesar de não ter chutado ao gol de Roberto Luongo por mais de 13 minutos, período em que James Reimer defendeu 7 chutes dos Panthers, abriu o placar aos 17m35s, com Nazem Kadri fazendo uma boa jogada no primeiro chute levando mais perigo ao gol de Luongo. Foi um ótimo resultado para uma equipe que está enfrentando problemas em seu ataque. Os problemas são tão grandes que a equipe não consegue se impor no ataque nem mesmo no powerplay, onde os Leafs tiveram apenas um gol em 39 vantagens numéricas (powerplay).

Após o intervalo para o segundo período, os Panthers voltaram bem e pressionando. Desta forma chegaram ao gol de empate aos 03m49s, com Alexander Barkov, em powerplay. Aos 07m40s, Vincent Trocheck colocou o time da casa à frente, virando o placar com outro gol em powerplay. Os Panthers ainda chegaram ao terceiro gol, marcado aos 14m13s, por Jussi Jokinen. 

Nem mesmo o segundo intervalo fez os Leafs acordarem e os Panthers acabaram com o jogo com mais dois gols, marcados por Reilly Smith aos 03m52s e Alex Petrovic aos 07m43s. 

Quem saiu bem da partida foi Roberto Luongo, que se igualou a Tony Sposito com 423 vitórias na NHL, empatando na 7ª posição. Para alcançar o sexto colocado, Jacques Plant, a diferença é de apenas 14 vitórias, marca que ele pode alcançar ainda nesta temporada.

Aos Leafs restou guardar suas coisas e rumar pra Tampa para enfrentar o Tampa Bay Lightning.

Go Leafs Go

23/01/2016 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 26 janeiro 2016 Deixe um comentário

Jogar contra os Canadiens é sempre revigorante e motivante para os Leafs, ainda mais quando o jogo é em casa, no Air Canada Centre, e com os Canadiens vindos de cinco derrotas seguidas! 

Os Leafs entraram muito mal no jogo e não conseguiram dar um chute ao gol de Mike Condon até os 11m35s do primeiro período, quando os Canadiens já haviam chutado 12 vezes ao gol de James Reimer. Um desses 12 chutes abriu o placar para os Habs aos 01m41s, com David Desharnais. Aos 18m33s, Tomas Fleischmann marcou o segundo gol dos Habs deixando os torcedores dos Leafs preocupados, pois a equipe não jogava bem.

O intervalo fez bem aos Leafs que voltaram com mais aplicação à estratégia desenhada por Mike Babcock. Aos 08m14s, num belíssimo contra-ataque, Morgan Rielly conduziu o puck ao ataque e passou na medida para Nazem Kadri diminuir para os Leafs. Um pouco antes, Daniel Carr dos Habs teve um gol revisto e anulado, pois o puck não chegou a cruzar a linha do gol. 

Os Leafs voltaram bem para o terceiro período e Joffrey Lupul empatou aos 04m37s. O time da casa mostra mais uma vez um alto poder de reação. Os goleiros fizeram uma ótima partida e acabaram levando a decisão ao Shootout, após uma emocionante prorrogação! 

No Shootout, Peter Holland abriu o placar no primeiro chute, mas nenhum jogador dos Leafs voltou a marcar o que permitiu que Max Pacioretty empatasse pra os Habs no terceiro chute da equipe e dois chutes depois, Lars Eller marcasse mais um para dar a vitória aos Canadiens! 

Os Leafs necessitam melhorar no Shootout e não dá pra culpar Reimer dessa derrota! 

Segundo Babcock, os Leafs tiveram um dia de descanso na sexta-feira antes do jogo, mas isso não deve se repetir tão breve. 

Os Leafs vão à Flórida enfrentar os Panthers hoje à noite!

Go Leafs Gooooo

21/01/2016 – Carolina Hurricanes @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 22 janeiro 2016 Deixe um comentário

Após voltar a vencer, vindos de cinco derrotas consecutivas, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita dos Carolina Hurricanes, que vinham de duas derrotas seguidas. Esse jogo foi o de número 800 da carreira de Brad Boyes na NHL!

O jogo foi muito disputado e ambas equipes trocaram o domínio do gelo durante a partida, entretanto a noite foi dos goleiros que fizeram uma ótima partida. James Reimer pelos Leafs defendeu 40 chutes a gol, enquanto Eddie Lack defendeu 32 e ambos não deixaram o placar ser aberto após 60 minutos de jogo, ou seja, nos três períodos não houve gol para qualquer time pois os goleiros estavam realmente muito bem. 

Nenhuma equipe conseguiu sequer aproveitar chances de gol nos powerplays! A partida acabou indo para a prorrogação, para a disputa em 3 contra 3, que traz muita emoção e cada ataque é como se fosse um contra-ataque, com chances reais de algum jogador conseguir se desvencilhar do seu oponente e criar uma situação real de gol! Tanto os Leafs quanto os Canes tiveram ótimas chances até que, aos 02m54s, Jordan Staal conduziu o puck por trás do gol de Eddie Lack, venceu Tyler Bozak na velocidade, passou para Justin Faulk, que chutou forte, e aproveitou o rebote para finalmente vencer Reimer! 

Foi um daqueles jogos apertados, com ótimas chances e belas defesas! Jogo disputado até o final, mas onde os Leafs jogaram bem. Não dá pra dizer que jogaram mal ou que faltou empenho. O que faltou foi uma melhor qualidade no ataque para garantir a vitória, reconhecendo a boa performance de Reimer! 

Os Leafs devem voltar aos treinos e focar em seu ataque, além de powerplay, pois o time não tem aproveitado tais oportunidades. Amanhã os Leafs recebem os Canadiens, que estão numa má fase e a disputa e rivalidade vão fazer deste um ótimo jogo! 

Go Leafs Goooooooo

19/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers

quarta-feira, 20 janeiro 2016 Deixe um comentário

Tentando espantar a má fase o Toronto Maple Leafs foi à Philadelphia enfrentar os Flyers, que não perdiam uma partida no tempo regular a sete jogos! 

As equipes encontram-se em fases totalmente opostas mas os Leafs vêm perdendo jogos devido a detalhes. O esforço e raça emitem estado presente nos Leafs, mas a equipe não tem brilhado, especialmente no ataque.

No gol dos Leafs, James Reimer fez uma ótima partida, defendendo muitos chutes e mantendo os Leafs no jogo e, pelo Philadelphia Flyers, Steve Mason também fez o que pode. 

No início do jogo os Leafs simplesmente foram dominados pelos Flyers e a diferença em chutes a gol chegou ao patamar de 11 a 1 para o time da Phildelphia. Aos 11m06s, Matt Read abriu o placar para os Flyers num powerplay. Só então parece que os Leafs acordaram e, aos 13m19s, num contra-ataque, Roman Polak conseguiu visualizar a jogada e o espaço aberto na defesa dos Flyers e se aproveitou de um rebote de Steve Mason para empatar a partida. Foi uma ótima jogada de Roman Polak! 

Joffrey Lupul, que não marcava gols a 12 partidas, voltou a marcar aproveitando um passe com o patins dado por Dion Phaneuf. Lupul estava na hora certa no local certo e não desperdiçou, colocando os Leafs à frente do placar aos 15m10s do segundo período.

Após cinco derrotas consecutivas, estar à frente no placar é algo motivador para os Leafs e eles mantiveram a pressão sobre os Flyers no terceiro período, até que aos 12m59s, Shaybe Gotisbehere fez uma excelente jogada e conseguiu bater Reimer, empatando o jogo. Os Leafs chegaram a marcar o terceiro, com Peter Holland, mas a revisão da jogada identificou que ele entrou na zona de ataque dos Leafs impedido, o que acabou invalidando o gol. Mesmo assim as equipes foram ao ataque e tanto Mason quanto Reimer tiveram trabalho. Faltando apenas 7,5s para o término do período, Matt Hunwick acertou um forte chute que desviou no joelho de Michael Del Zotto e tirou qualquer chance de Steve Mason defender. Foi o gol da vitória dos Leafs que encerraram a sequência de cinco derrotas!

Go Leafs Gooooo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 417 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: