Arquivos

Posts Tagged ‘Colby Armstrong’

Colby Armstrong não é mais dos Leafs, foi contratado pelos Habs

segunda-feira, 02 julho 2012 Deixe um comentário

Colby Armstrong foi colocado na lista de waivers neste sábado. Foi a forma encontrada pelos Leafs, para “comprarem” o restante do contrato de Colby, que ainda teria um ano de contrato, valendo 3 milhões de dólares!

O Toronto Maple Leafs terá que pagar 1 milhão de dólares pelos próximos 2 anos, mas livram-se de um jogador que nos dois primeiros anos de contrato, fiou mais jogos fora do gelo, do que jogando pelos Leafs, devido a inúmeras contusões!

O mais interessante é que hoje, os Canadiens contrataram ele, num contrato de um ano, por 1 milhão de dólares! Teremos Colby como adversário, jogando nos Habs, sendo comandado por Therien, o mesmo técnico dele nos Penguins, e ainda pagando metade do salário dele!!!

Desejo boa sorte ao Colby, mas quero vencer todos os jogos contra os Habs!!! Hehehehehehehe

About these ads

11/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

segunda-feira, 12 março 2012 Deixe um comentário

Com os Leafs se complicando na classificação para os playoffs, ainda existe esperança, porém o time precisa voltar a ganhar e, principalmente contra equipes que estão diretamente na briga pela oitava vaga nos playoffs. Entre estas equipes estão o Washington Capitals, o Florida Panthers, o Winnipeg Jets, o Buffalo Sabres e o Tampa Bay Lightning. Sendo assim, mais importante ainda é ganhar os jogos em confrontos diretos, como o que ocorreu ontem em Washington.

O time dos Leafs tem até mostrado melhor nível de jogo após a contratação de Randy Carlyle, mas as vitórias não têm se concretizado e o time se viu com jogadores importantes contundidos (Joffrey Lupul, Colby Armstrong e Mike Brown). Aparentemente Carlyle já definiu que o goleiro número 1 será Jonas Gustavsson que vem se apresentando bem, mas não tem sido ajudado pelo ataque dos Leafs, que não marcou gols no jogo contra os Flyers e ontem não foi diferente.

Os Leafs estavam em powerplay no primeiro período quando Jake Gardiner comete um erro na zona neutra. Quando ele foi efetuar o passe para um jogador dos Leafs, não percebeu Brooks Laich, que roubou o puck e partiu sozinho para cima de Jonas Gustavsson que não conseguiu defender o tiro. Gol em desvantagem numérica para os Capitals, abrindo o placar da partida aos 10m07s. Apesar do gol, os Leafs continuaram jogando bem, mas sendo sempre defendidos por Michal Neuvirth.

Somente no terceiro período, logo aos 42s, Mathieu Perreault aproveita um rebote de Jonas Gustavsson e, de um ângulo bem fechado, na lateral do gol, marca o segundo do time da casa. Os leafs não conseguiram vencer Neuvirth e saíram com mais uma derrota.

Esta partida foi bem parelha e viu os Capitals aproveitando-se de erros dos Leafs para garantir a vitória. Ambas equipes deram 23 chutes à gol e somente houve duas penalidades na partida inteira.

A próxima partida será amanhã, terça-feira 13/03/2012, em Flórida, contra o Florida Panthers. O time dos Panthers está em 3º na classificação da conferência Leste com 77 pontos, somente um ponto à frente dos Capitals que estão em 8º. Os Leafs estão com 68 pontos, apenas um ponto à frente do Carolina Hurricanes e um ponto atrás do Tampa Bay Lightning.

Está bem difícil acreditar que chegaremos aos playoffs este ano, mas a esperança ainda continua!

GO Leafs GO

01/02/2012 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 02 fevereiro 2012 Deixe um comentário

Com a derrota no shootout na noite anterior, em Pittsburgh, depois de estar vencendo por 4 a 1 no terceiro período e de tomar o gol de empate faltando apenas 6 segundos para acabar o jogo, os Leafs retornaram para casa, para receber os mesmos Penguins.

Para este jogo os Leafs contaram com o retorno de John-Michael Liles e Colby Armstrong e com o goleiro James Reimer, para o descanso de Jonas Gustavsson, que vinha sendo o goleiro número 1 até então.

O jogo em Toronto começou com o clima pesado, com os Leafs querendo descontar a derrota da noite anterior e os Penguins confiantes de que conseguiriam novamente vencer, porém o primeiro período viu um jogo “amarrado” com as equipes disputando muito o puck nas bordas e com poucos chutes à gol até os 15 minutos do período (3 chutes para os Penguins e 2 para os Leafs). Faltando 5 minutos para o final do período, os Leafs começaram a dominar o gelo e fazer uma pressão maior no time dos Pens, mas que não surtiu efeito no placar e o período terminou, sem gols para nenhuma das equipes.

O segundo período veio e, apesar da melhora dos Penguins, nada mudou no placar. Ambas equipes e seus goleiros conseguiram se defender bem. Houve inclusive um lance em que Mike Brown, após um check em Matt Cooke, chegou a se estranhar com o jogador dos Pens e se desfez de suas luvas, chamando Cooke para a briga, mas Cooke aceitou e apenas se dirigiu ao banco dos Pens. Estranhei essa atitude do Matt Cooke que na noite anterior derrubou Phaneuf por trás, próximo ao gol dos Penguins, e ambos tomaram penalidades por fighting.Neste período também houve um gol de James Neal, dos Pens, que foi anulado corretamente pelos árbitros, após uma revisão dos vídeos, onde foi identificado que Neal chutou o puck para o gol.

No terceiro período, as equipes voltaram com a energia para disputar a vitória, mas foi somente aos 13m55s que o placar foi finalmente alterado. Clarke MacArthur recebe um passe de Grabovski e finta o goleiro dos Pens, Brent Johnson, marcando um gol de backhand. Seria o gol da vitória dos Leafs, que ainda veriam os Penguins pressionarem no ataque, inclusive com um chute que resvalou no travessão de Reimer.

Dos últimos 5 jogos, dos 10 pontos possíveis, os Leafs ganharam 9. O time está jogando bem e conseguindo as vitórias necessárias para se classificar aos playoffs.

Este mês é complicado devido à data final de trocas (27 de fevereiro), pois principalmente em Toronto, a imprensa começa a fazer previsões sobre quem vai ser envolvido nas trocas e isso acaba deixando os jogadores um pouco inseguros sobre seu futuro na equipe. Um dos que já reclamaram de todo esse assunto foi Clarke MacArthur, um dos que possivelmente pode estar envolvido numa troca que Burke deve realizar antes do dia 27, como já é de costume dele, ao antecipar tais negociações.

No sábado enfrentaremos a quinta batalha de Ontario, em Ottawa. Os Senstors possuem a vantagem, tendo ganho 3 dos 4 jogos contra os Leafs nesta temporada, mas o time de Ottawa perdeu os seus últimos 3 jogos, então parece que será um jogo bem disputado uma vez que as equipes estão muito próximas na tabela de classificação (Os Sens estão em sexto, com 60 pontos em 53 jogos e os Leafs estão com 58 pontos em 51 jogos).

GO Leafs GOOOOOOOOO

Colby Armstrong e John-Michael Liles retornam ao elenco!

quarta-feira, 01 fevereiro 2012 Deixe um comentário
Toronto Maple Leafs

Image via Wikipedia

Para o jogo da volta, hoje à noite, contra os Penguins, o técnico Ron Wilson contará com a volta ao gelo de dois importantes jogadores dos Leafs, Colby Armstrong e John-Michael Liles.

Colby retorna de uma concussão sofrida em 17 de dezembro e Liles de uma concussão, que na verdade foi mascarada de contusão no pescoço. Para que eles voltem ao elenco, Nazem Kadri e Keyth Aulie retornaram ao Toronto Marlies, time afiliado ao Toronto Maple Leafs na AHL.

Além de Colby e Liles jogando hoje, quem estará defendendo o gol dos Leafs será James Reimer. Não houve qualquer tipo de substituição de Gustavsson devido ao jogo de ontem, que foi intenso. Gustavsson ficará no banco, só entrando caso Reimer apresente uma performance muito fraca.

Vamos dar o troco hoje hein!!!!

GO Leafs GOOOOOOOOOO

22/12/2011 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

sábado, 24 dezembro 2011 1 comentário

Após a notícia de que Colby Armstrong sofreu uma concussão no jogo contra os Canucks no sábado, os Leafs convocaram Nazem Kadri e Daryl Boyce dos Marlies para auxiliar os Leafs.

Kadri tem se mostrado maduro para a NHL, apenas aguardando a oportunidade de ser chamado. Foi eleito o melhor jogador do mês de Novembro da AHL.

Os Leafs tiveram um primeiro período muito bom e dderam 12 chutes ao gol de Ryan Miller, enquanto Reimer sofreu apenas 6 chutes. Miller foi forçado a fazer várias defesas, parando tentativas de Mikhail Grabovski, Phill Kessel, Tyler BozakMatt Frattin. Foi por Ryan Miller que o placar permaneceu inalterado ao final do primeiro período.

No segundo período os Sabres voltaram melhor e dominaram o jogo, ajudados por 4 penaltis seguidos dos Leafs nos primeiros 10m37s do período. Durante este tempo, os Sabres deram 14 chutes ao gol de James Reimer, que permaneceu sólido no gol, defendendo todos, enquanto os Leafs deram apenas 1 chute ao gol. Só aos 11m49s, Jason Pominville conseguiu marcar um gol, com o puck sendo desviado pelo patins de Luke Schenn. Após o gol os Leafs acordaram e, apesar de perder 55 segundos de uma vantagem numérica de 5 contra 3, David Steckel foi oportunista e marcou o gol de empate, aproveitando um rebote de um chute de Luke Schenn. Com os torcedores ainda comemorando o gol de Steckel, Joffrey Lupul deu um passe perfeito para Phil Kessel, que marcou o seu vigésimo gol da temporada, colocando os Leafs em vantagem no placar.

Logo no início do terceiro período, aos 01m29s, Derek Roy empata a partida para os Sabres, dando renovada esperança de vitória ao time de Buffalo. Mas Nazem Kadri que estava bem na partida faz excelente jogada e marca o gol da vitória dos Leafs aos 5m52s, vencendo Miller.

A vinda de Kadri parece que acendeu a equipe e com certeza contribuiu para a vitória no jogo.

Reimer terminou a partida com 40 defesas e elogiou seus defensores, que o mantiveram sempre protegido e com a visão dos pucks que chutaram ao seu gol!

O próximo jogo será contra os Islanders, em New York.

GO Leafs GO

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 308 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: