Archive

Posts Tagged ‘Toronto Maple Leafs’

Leafs contratam Shawn Matthias

quarta-feira, 08 julho 2015 Deixe um comentário

Outra negociação com um agente livre de baixo risco, em um contrato de apenas um ano que pode se mostrar muito acertada foi fechada pelos Leafs.

O atacante Shawn Matthias, ex-jogador do Vancouver Canucks e Florida Panthers, concordou num contrato de apenas um ano pelo valor de $2.3 milhões de dólares com o time de Toronto, de acordo com o anúncio feito pela equipe na segunda-feira.

O jogador de 27 anos, que pode jogar como central ou ala, teve uma temporada magnífica em Vancouver, uma equipe com muito pouco espaço no teto salarial para mantê-lo. 

O recorde de 18 gols de Matthias na temporada 2014-15 o fez o terceiro atacante dentre todos na equipe dos Canucks, uma marca que ele conseguiu jogando na terceira e quarta linhas e sem o benefício de jogar nos powerplays. Ele também se manteve longe de cometer penalidades, com apenas 16 minutos fora do gelo.

Nativo de Mississauga, Ontario, ele foi originalmente escolhido pelo Detroit Red Wings na segunda rodada do Draft de 2006. Posteriormente foi adquirido pelo Vancouver como parte da negociação que mandou Roberto Luongo de volta a Florida.

Em 408 jogos na NHL, entre Vancouver e Florida, Matthias marcou 131 pontos (69 gols, 62 assistências) e 137 minutos em penalidades.

De acordo com o site hockeyscap.com, Toronto tem $13.6 milhões ainda para usar do seu teto salarial depois de contratar Matthias.

Seja bem-vindo Shawn Matthias, um jogador que na infância torcia pelos Leafs e sonhava jogar nesta equipe, um jogador com bom tamanho para uma equipe dos Leafs sem muito dessa característica. Que você cresça com a equipe e possa ficar por muito tempo. 

Nazem Kadri assina com os Leafs por mais um ano

quarta-feira, 08 julho 2015 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs aparentemente quer ter mais tempo para avaliar Nazem Kadri antes de decidir se devem fechar um contrato com prazo mais longo.

Na tarde do último domingo o time anunciou que assinou com Nazem Kadri, um agente livre restrito, um contrato de apenas um ano. Os termos financeiros não foram divulgados, mas especula-se que deve ser algo em torno de $4.1 milhões de dólares. Kadri vem de um contrato de dois anos que pagou a ele $2.9 milhões por temporada.
Selecionado pelos Leafs na sétima escolha geral do Draft da NHL de 2009, Kadri jogou um total de 250 jogos em seis temporadas com a equipe, marcando 64 gols e 88 assistências. Nos últimos três anos ele tem sido um dos melhores atacantes da equipe, nunca marcando menos de 18 gols numa temporada, sem nunca ter tido a chance de jogar na primeira linha (algo que ele agora deve ter ganho a oportunidade de fazer) já que os Leafs continuam tentando negociar Tyler Bozak.

Se Kadri obtiver sucesso nesta temporada e mostrar seu valor ao novo corpo técnico,  liderado por Mike Babcock, e aos dirigentes da equipe, ele pode vir a ganhar muito dinheiro em seu próximo contrato. Se ele não convencer que merece tal contrato, os Leafs podem simplesmente propor mais um contrato de um ano, até que ele se torne um agente livre irrestrito.

Phil Kessel agora é dos Penguins

terça-feira, 07 julho 2015 Deixe um comentário

Pittsburgh Penguins adquiriu o atacante Phil Kessel dos Toronto Maple Leafs na última quarta-feira numa troca envolvendo seis jogadores e escolhas de draft.

English: Phil Kessel smiles for the crowd at t...

Kessel, o atacante Tyler Biggs, o defensor Tim Erixon e uma escolha de segunda rodada no Draft de 2016, foram para Pittsburgh em troca do defensor Scott Harrington, atacantes Kasperi Kapanen e Nick Spaling e as escolhas de primeira e terceira rodadas dos Penguins de 2016. Adicionalmente Toronto reterá $1.25 milhões de dólares por ano do salário de Phil Kessel.

Kessel, que marcou 25 gols em 82 jogos na última temporada, possui contrato por mais sete temporadas com um peso de $8 milhões de dólares no teto salarial.

Os Penguins estavam procurando por um ala para jogar nas suas duas melhores linhas com Sidney Crosby ou Evgeni Malkin. Kessel já teve cinco temporadas marcando mais de 30 gols e possui 227 gols em 668 jogos, incluindo 181 gols pelo Toronto nas últimas seis temporadas jogando com Tyler Bozak.

Erixon dividiu seu tempo entre três equipes na última temporada: 42 jogos para os  Leafs, Columbus Blue Jackets e Chicago Blackhawks. Ele marcou dois gols e sete pontos e, nas quatro temporada que está na NHL, marcou 14 pontos em 93 jogos de temporada regular.

Biggs, a escolha geral 22 no Draft da NHL de 2011, marcou sete gols e 39 minutos de penalidade em 57 jogos com o time afiliado aos Leafs, da AHL, Toronto Marlies, na última temporada.

Kapanen, 18 anos, foi a escolha de primeira rodada dos Penguins (No. 22) no Draft da NHL de 2014. Harrington, 22 anos, foi a escolha de segunda rodada (No. 54) em 2011.

Harrington jogou em 10 jogos na última temporada e não marcou pontos, mas teve um rating -10 (a equipe sofreu 10 gols a mais do que marcou com ele no gelo). Ele marcou 12 pontos em 48 jogos com o Wilkes-Barre/Scranton da American Hockey League e jogou oito jogos dos playoffs da Calder Cup onde marcou um ponto (assistência).

Kapanen marcou cinco pontos em sete jogos nos playoffs da Calder Cup com o Wilkes-Barre/Scranton na última temporada. Ele marcou dois pontos em quatro jogos da temporada regular depois de ir para a América do Norte ao final de sua temporada na Finlândia.

Spaling, 26 anos, jogou 82 jogos pelos Penguins na última temporada e marcou nove gols e 27 pontos. Na primeira rodada dos playoffs da conferência Leste ele marcou dois pontos contra o New York Rangers em cinco jogos.

Bom … Nos livramos do pesado contrato de Phil Kessel, um jogador brilhante, mas inconstante e que estava sendo muito criticado por parecer muito apático e não ter a faca que a Leafs Nation tanto quer. Com a saída dele, muito provavelmente também negociaremos Bozak. Sem Kessel a equipe fica melhor? Definitivamente não. Não temos mais um ala que marca mais de 30 gols, mas pensando nos planos futuros dos Leafs, creio que foi a decisão acertada.

Os jogadores envolvidos na troca, não fazem muito peso para nenhum dos lados, mas os Leafs conseguiram jogadores novos e, neste fase de reconstrução, poderão usá-los em futuras negociações ou trocas.

Obrigado Kessel pelos últimos seis anos nos Leafs. Até mais. Biggs e Erixon, não conseguiram deixar qualquer impressão nos Leafs e se vai sem que ninguém sinta muita saudade.

Spaling, Kapanen e Harrington, sejam bem vindos!

E continuamos aguardando negociações envolvendo Bozak e principalmente adiou Phaneuf!

06/12/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 10 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a derrota para o New Jersey Devils, quando os Leafs jogaram um jogo sonolento, lento, o próximo adversário seria o Vancouver Canucks, ainda no Air Canada Centre. Os Canucks traziam uma novidade no gol este ano, Ryan Miller, que já deu muitas dores de cabeça aos Leafs quando jogava no Buffalo Sabres.

O jogo começou e os Canucks não se intimidaram, mesmo jogando no Air Canada Centre. Jogavam de igual para igual … e dificultavam a vida do Toronto Maple Leafs. Apesar de tudo Jonathan Bernier e a defesa conseguiam impedir os Canucks de abrir o placar. Aos 15m47s, Jake Gardiner, que havia recebido uma “bronca” de Randy Carlyle, para ir mais ao ataque e levar perigo ao gol adversário, marcou para os Leafs. Menos de um minuto depois, aos 16m32s, Richard Panik marcou o segundo gol dos Leafs. Mesmo assim, os Canucks chutaram mais ao gol dos Leafs, 12 a 10 no primeiro período.

No segundo período os Leafs dobraram a vantagem no placar com gols de Peter Holland aos 04m16s e Joffrey Lupul aos 05m39s. Neste momento os Canucks retiraram Ryan Miller do gol, para o delírio da torcida dos Leafs. Miller foi substituído por Eddie Lack. Já com quatro gols de liderança no placar os Leafs começaram a perder a concentração e permitiram vários powerplays para os Canucks. Mas os Leafs estão defendendo bem os powerplays e não permitiam aos Canucks crescer na partida. Até que aos 15m21s, Daniel Sedin consegue finalmente vencer Jonathan Bernier. Este gol deu uma esperança de reação aos Canucks, mas o segundo período terminou assim, com o placar de 4 a 1 para o time da casa.

Com esperança de reação os Canucks voltaram pressionando no terceiro período e aos 08m45s, Christopher Tanev marcou o segundo dos Canucks. Após este gol os Leafs conseguiram controlar a partida, sem maiores chances aos Canucks e, aos 17m39s, já com o gol vazio, sem goleiro (Empty Net), David Clarkson marcou o quinto gol, fechando o placar.

Grande jogo dos Leafs e, principalmente de Jonathan bernier que efetuou 44 defesas para manter os Canucks somente com dois gols no placar!

Go Leafs Goooooooo

21/10/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

quinta-feira, 23 outubro 2014 Deixe um comentário

O próximo adversário dos Leafs foi os Islanders no Nassau Coliseum em Uniondale, NY. O time de NY vinha de quatro vitórias, e uma derrota e os Leafs vinham de duas vitórias, três derrotas e uma derrota na prorrogação.

Season_2014-15_Goalies_Game7O jogo começou com o time da casa pressionando e já exigindo boas defesas de Jonathan Bernier. Entretanto, não foi possível defender um chute de Nick Leddy logo aos 02m48s. Parecia que os Leafs teriam uma noite bem complicada, mas depois do gol a equipe se comportou bem e chegou ao empate num erro da defesa dos Islanders, que permitiu que Phil Kessel recuperasse o puck e passasse para James Van Riemsdyk, que marcou um belo gol aos 08m44s. O jogo estava muito bom, com chances para ambas equipes, mas foi John Tavares que colocou os Isles de volta à frente do placar. Foi um balde de gelo sobre os Leafs, pois o gol foi marcado aos 15m02s, num momento de vantagem numérica (powerplay), não dando muito tempo para reação ainda no primeiro período.

Season_2014-15_Score_Game7Os Leafs necessitaram do intervalo para colocar a equipe em linha para enfrentar os Isles e a reação começou com ele, Phil Kessel. Kessel mais uma vez jogou muito bem e aos 09m04s, empatou para os Leafs. Aos 11m11s, foi a vez de Roman Polak receber o puck e virar e chutar e marcar sobre Jaroslav Halak. Foi a virada de Polak … A virada dos Leafs! Depois disso ainda vimos gols de David Clarkson e o segundo gol de Phil Kessel, e os Leafs abrindo 5 a 2 no placar.

O terceiro período não mudou o placar, apesar de os Isles voltarem com muita vontade de fazer isso …

Os Leafs jogariam na noite seguinte, então nem tiveram muito tempo para comemorar e já partiram para Ottawa, para a primeira Batalha de Ontario desta temporada.

GO Leafs Goooooooo

17/10/2014 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 20 outubro 2014 Deixe um comentário

Os Leafs, que parecem ter encontrado o caminho das vitórias e acabaram por vencer os dois últimos jogos, depois de perder os dois primeiros, enfrentariam os sempre fortes Red Wings em jogos “Back to Back”, ou seja, uma noite em Toronto e na próxima em Detroit.

Season_2014-15_Goalies_Game5Ao receber os Red Wings, os Leafs pareciam estar lentos, sem conseguir se opor ao ataque liderado pelo capitão Henrik Zetterberg, que estava em noite inspirada. Zetterberg acabou por marcar 4 pontos na noite, todos eles de assistências nos gols do time de Detroit.

Logo no primeiro período os Red Wings abriram o placar com Johan Franzen aos 10m00s, recebendo um passe de Zetterberg.

O segundo e terceiro gols marcados em James Reimer no segundo período levaram os Red Wings a uma liderança mais tranqüila. Johan Franzen marcou o seu segundo da noite com 05m42s do segundo período e Gustav Nyquist aos 18m16s. Neste mesmo período, Brandon Kozun recebeu um forte hit atrás do gol dos Red Wings, que o jogou de costas na parede, retirando o jovem jogador dos Leafs da partida.

Season_2014-15_Score_Game5Mal começou o terceiro período e os Leafs pareceram acordar, com um gol de Mike Santorelli aos 21s, recebendo um passe de Leo Komarov. Infelizmente a reação parou por aí e aos 05m51s, Justin Abdelkader fechou o placar da partida. Red Wings 4 x 1 Leafs.

Foi um jogo tenso, com muita disputa física em que os Leafs não entraram inspirados! Randy Carlyle e a equipe devem arrumar a casa e têm apenas 24 horas para isso, já que enfrentariam os Red Wings na noite seguinte.

Go Leafs Go

12/10/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

segunda-feira, 13 outubro 2014 Deixe um comentário

Sem nenhuma vitória na temporada após dois jogos em casa, contra os Habs e os Penguins, os Leafs foram a New York para enfrentar os Rangers e mudar o rumo da equipe de Toronto.

Os New York Rangers, assim como os Leafs, haviam jogado na noite anterior e ambas equipes perderam pelo mesmo placar (5 a 2) para os Columbus Blue Jackets e Pittsburgh Penguins, respectivamente. A única diferença é que os Rangers já possuíam uma vitória contra nenhuma dos Leafs.

Season_2014-15_Score_Game3O jogo começou melhor para os Leafs e Cody Franson, voltando à equipe, marcou o primeiro da equipe de Toronto num powerplay, aos 07m45s. Acho que este gol serviu para acordar a equipe e tirar aquela memória de duas derrotas. Também serviu para jogar um balde de água gelada no ímpeto dos Rangers, jogando em casa. Os Rangers somente empataram aos 17m22s, logo após matarem uma penalidade, num contra-ataque em que Rick Nash foi muito mais veloz que Stephane Robidas e recebeu ótimo passe de Martin St. Louis, vencendo James Reimer. Aliás, James Reimer viu o seu primeiro jogo da temporada e teve ótimo desempenho, se mostrando confiante e muito seguro no gol!

O segundo período definiu a partida. Os Leafs simplesmente engoliram os Rangers e marcaram 3 gols em 5 minutos, com Phil Kessel, em vantagem numérica (powerplay), Nazem Kadri em igualdade numérica e James Van Riemsdyk em desvantagem numérica (shorthanded). Foi um duro golpe sobre a equipe dos Rangers, principalmente no ótimo goleiro da equipe, Henrik Lundqvist. Lee Stempniak marcou um gol num contra-ataque, validado após revisão por vídeo, pois a trave havia sido retirada pelo contato com um defensor dos Leafs. O período ainda viu Tyler Bozak e David Clarkson marcarem para os Leafs que terminou o período com 6 a 2 no placar e com a retirada de Lundqvist, substituído por Cam Talbot.

Outro jogador que não terminou a partida pelos Rangers foi Rick Nash. A esposa do jogador entrou em trabalho de parto durante a partida e o jogador foi à maternidade para dar apoio à esposa e acompanhar o nascimento de seu primeiro filho(a).

Season_2014-15_Goalies_Game3No terceiro período foi a vez de James Reimer deixar o gelo, após ser atingido na cabeça por Dominic Moore numa jogada na lateral do gol. Apesar de Reimer dizer que estava se sentindo bem, a NHL implementou um protocolo para evitar maiores problemas com concussões, e Reimer foi substituído por Jonathan Bernier, que sofreu o último gol da partida num chute de Derick Brassard.

Ótima vitória dos Leafs é um banho de ânimo em todos! Amanhã receberemos a visita do Colorado Avalanche em jogo que será transmitido pela ESPN!

Go Leafs Goooooo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 344 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: