Anúncios

1920’s

História por década:  1920’s | 1930’s | 1940’s | 1950’s | 1960’s | 1970’s | 1980’s | 1990’s

A National Hockey League (NHL) foi formada em 26 de Novembro de 1917, como resultado de uma reunião realizada no Hotel Windsor em Montreal. Presentes nesta reunião estavam os proprietários de equipes da National Hockey Association (NHA). Entretanto, o problemático e impopular dono da franquia de Toronto na NHA, Eddie Livingstone, não foi convidado. (na verdade, os outros proprietários queriam excluir Eddie Livingstone da NHA, porém a constituição da associação não permitia votar pela exclusão de um membro. Ao invés disso, eles optaram por criar uma nova liga, a NHL, e não convidar Livingstone para unir-se a eles. Como eles mantiveram o poder de voto na NHA, tiveram votos suficientes para suspender a operação da associação, deixando o time de Livingstone numa liga de um time só.  Um fato importante é que todos os outros clubes (o Montreal Canadiens, Montreal Wanderers, Quebec Bulldogs e o Ottawa Senators), consideravam impensável não ter um time de Toronto (a segunda maior cidade do Canadá naquele tempo) na nova liga. Eles também precisavam de outro time para balancear o calendário depois que os Quebec Bulldogs suspenderam suas operações (não colocando uma equipe no gelo até 1920). Para suprir essa necessidade, a NHL concedeu uma permissão “temporária” de uma franquia em Toronto para a Companhia Arena, donos do Arena Gardens.  O antigo secretário da NHA, Frank Calder, foi escolhido como o primeiro presidente da NHL.

Babe Dye marcou nove gols nas finais da Stanley Cup da temporada 1921-22

O time de Toronto na National Hockey League para a temporada 1917-18 teve seu primeiro jogo em 19 de dezembro de 1917 contra o Montreal Wanderers. Toronto marcou um total de 9 gols, mas ironicamente perdeu por 10 a 9, no que acabou sendo a única vitória do Montreal Wanderers na NHL pois o time terminou suas operações após sua arena ser destruída em um incêndio após somente seis jogos. Com isso a liga ficou com apenas duas outras equipes – o  Montreal Canadiens e o Ottawa Senators – competindo com o time de Toronto na temporada inaugural da nova liga.

O primeiro jogo em Toronto não foi um grande sucesso, tendo apenas 700 pessoas, sendo que em sua maioria eram soldados, convidados do time.

Aquele não foi um início promissor para o time de Toronto, mas o início de uma rica tradição do hóquei em Toronto, que hoje forma a ‘Leafs Nation’.  Ao final do primeiro ano, este time, conhecido como Toronto Arenas, foi o primeiro campeão da Stanley Cup, na NHL.At the end of that first year, this Toronto club, called the Arenas, managed to win the first ever Stanley Cup in the NHL.

Arenas’ goalie Hap Holmes backstopped the team to the championship in five games over the Pacific Coast Hockey League champions, the Vancouver Millionaires. The top scorer for the Arenas in the finals, which was played at the Arena Gardens in Toronto, was Alf Skinner with 10 points.

A temporada seguinte (1918-19) não teve um campeão devido à uma epidemia mundial (febre epidêmica). Nesta temporada o Toronto Arenas teve dificuldades financeiras devido à falência da Companhia Arenas e congelou suas operações naquela temporada, ressurgindo na temporada 1919-20, desta vez com novos proprietários e um novo nome – Toronto St. Pats. O nome foi selecionado na esperança de atrair a grande população irlandesa da cidade para os jogos do time. Outra mudança foi feita nas cores do time que deixaram de ser azul e branco e passaram para verde e branco.

Toronto St. Patricks

Duas temporadas depois, nas finais da NHL de 1921-22, os St. Pats, gerenciados por Charlie Querrie e treinados por George O’Donoghue, surpreenderam o primeiro colocado, Ottawa Senators , ganhando a série de dois jogos (onde os resultados das partidas eram somados) por 5 a 4.

Na disputa da Stanley Cup, o St. Pats novamente enfrentou e derrotou os campeõs do oeste, o Vancouver Millionaires em cinco jogos na Arena Gardens. Babe Dye foi a estrela do St. Pats nas finais marcando nove gols em cinco jogos – um recorde mantido até os dias de hoje. Dye também cobrou o primeiro penalty shot, mas falhou na conversão quando seu chute de 12 metros de distância passou por sobre a cabeça do goleiro. O goleiro vitorioso para o St. Pats foi John Ross Roach que permitiu somente nove gols em cinco jogos.

O St. Pats não conseguiu ganhar o campeonato nas temporadas seguintes, mas continuou construindo a base para um time de sucesso. Em 9 de dezembro de 1924, o St. Pats contratou Clarence ‘Hap’ Day do time de hóquei da Universidade de Toronto. Day faria os papéis de jogador, técnico e gerente em Toronto até o final da temporada 1956-57. Irvine ‘Ace’ Bailey se uniu à equipe para a temporada 1926-27 e liderou o time em número de pontos.

Em fevereiro de 1927, Conn Smythe, que fundou a franquia do New York Rangers mas foi demitido, sendo substituído por Lester Patrick, ganhou dinheiro suficiente para comprar o St. Pats e evitou que o time se mudasse para a Philadelphia. Smythe, um militar, imediatamente mudou o nome da franquia de Toronto de St. Pats para Maple Leafs, o nome de uma unidade de batalha da 1ª Guerra Mundial, o regimento Maple Leaf. Ele também alterou as cores do uniforme de verde e branco para a origem da equipe, o azul e branco.

Na temporada 1928-29, o “Cavalheiro” Joe Primeau, o durão Red Horner e  o goleiro Lorne Chabot se uniram à equipe e os Maple Leafs se classificaram para os playoffs desde a temporada 1924-25. Durante a temporada 1929-30 , Charlie ‘Big Bomber’ Conacher e Harvey ‘Busher’ Jackson iniciaram a carreira nos Leafs.  Apesar da estréia da linha que em breve seria a famosa ‘Kid Line’ com Primeau, Jackson e Conacher, os Leafs não se classificaram aos playoffs novamente.

O time que Smythe estava montando tinha um bom núcleo mas faltava alguma peça-chave que incendiasse a equipe – e algum poder de ataque dos defensores. Foi então que Smythe se interessou por King Clancy dos Ottawa Senators como a peça que faltava para montar um time pronto para ganhar o campeonato. Clancy vinha de uma temporada onde marcou 17 gols (1929-30), um total ainda não alcançado por nenhum defensor daquela era. Clancy era menor que a média dos defensores, mesmo naquele tempo, com 77,5 Kg e 1,74m, mas ele era um jogador que sabia impor e usar sua força com mais de 80 minutos em panelidades nas duas temporadas anteriores. Ele era o tipo de jogador que Smythe admirava e precisava.

Os Senators foram duros na negociação com Smythe e demandaram dois jogadores e $35,000 em retorno por Clancy – era muito dinheiro para época e um montante que Smythe não possuía. Mas Smythe usou o prêmio ganho em uma corrida de cavalos em Woodbine apostando em sua própria égua “Rare Jewel”, para completar o dinheiro necessário para obter Clancy. assim, ele negociou Eric Pettinger e Art Smith com o Ottawa juntamente com a quantia em dinheiro, pelo Clancy. Este foi o preço recorde pago por qualquer jogador de hóquei naquela época.

Smythe sentiu que agora ele tinha um verdadeiro núcleo de um time campeão –  Chabot no gol, Clancy, Day, e Horner na defesa e a poderosa ‘Kid Line’ à frente junto com o artilheiro Ace Bailey.

Ver a equipe jogar era emocionante e juntamente com a influência das pioneiras transmissões dos jogos por rádio, por Foster Hewitt,  o hóquei em Toronto foi ganhando imensa popularidade. O velho Arena Gardens na Mutual Street estava começando a ter a casa cheia nos jogos dos Leafs.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: