Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Connor Brown’

Alexey Marchenko é dispensado e vai jogar na KHL

sexta-feira, 18 agosto 2017 Deixe um comentário

Essa semana, o defensor Alexey Marchenko, que veio aos Leafs após jogar no Detroit Red Wings, foi dispensado.

Parece que o jogador russo fechou um contrato de 3 anos com o CSKA Moscou, time da KHL. De acordo com seu agente, Marchenko vai continuar a sua carreira na Rússia, podendo no futuro voltar à NHL. 

A dispensa livra pouco mais de 1 milhão de dólares para os Leafs, que atualmente estão acima do teto permitido pela liga, mas que considerando Joffrey Lupul e Nathan Horton como jogadores em lista de contundidos por longo tempo, ainda possui cerca de 10 milhões de dólares para usar! Uma parte desses 10 milhões pode ser oferecido a Connor Brown, jogador que aguarda a renovação de seu contrato.

Vamos aguardar!

Go Leafs Goooo

Anúncios

Contratações dos Leafs na abertura do mercado em 2017

terça-feira, 04 julho 2017 Deixe um comentário

Com o mercado agitado devido à entrada do Vegas Golden Nights e o Draft que essa equipe realizou, retirando bons jogadores de outras equipes, aqueles que não foram protegidos pelas equipes de acordo com a regra adotada pela NHL, o mercado para agentes livres irrestritos, os famosos UFAs, abriu em primeiro de julho e os Leafs se mexeram para cobrir suas deficiências e aqui vou citar as contratações que Lou Lamoriello, Brendan Shanahan e Mike Babcock negociaram para a equipe.

Goleiros

O primeiro a ser contratado foram os goleiros, Garret Sparks e Curtis McElhinney. Dessa forma, os Leafs garantiram um backup para Frederik Andersen e um possível backup para McElhinney, se este vier a se contundir. Sparks deve mesmo jogar pelos Marlies, junto com Kasimir Kaskisuo, já que Antoine Bibeau saiu da equipe, sendo contratado pelos San Jose Sharks.

Defesa

O próximo passo dos Leafs foi contratar Ron Hainsey, defensor que defendeu os Penguins na temporada passada e venceu a Stanley Cup. Hainsey tem 36 anos e possui a experiência para ajudar a defesa dos Leafs pelos próximos dois anos! 

Na defesa perdemos Matt Hunwick, que foi para os Penguins. 

Ainda estamos sem Roman Polak, que talvez volte a assinar com os Leafs. 

Ataque

Com a saída de Brian Boyle, que foi para o New Jersey Devils, os Leafs ficaram com uma posição aberta de central de terceira ou quarta linha. Para cobrir essa posição, os Leafs contrataram Dominic Moore. Moore já defendeu mais de 10 equipes na NHL e já foi parte dos Leafs também. Moore é mais um jogador que traz experiência à jovem equipe dos Leafs. 

Mas a contratação que gerou mais burburinho e discussões nas redes sociais foi a contratação de Patrick Marleau, por um período de três anos, mas ao preço de 6.25 milhões de dólares por temporada. Muitos acharam o valor muito alto, outros acharam que o jogador, que vai completar 38 anos em dois meses, não devia ter recebido um contrato de três anos, e outros, como eu, adoraram a ideia de ter Marleau para ajudar a dar consistência ao ataque dos Leafs e também desenvolver, dentro do gelo, nossos novatos e futuras lendas, Auston Matthews, Mitch Marner, William Nylander, Zach Hyman e Connor Brown. 

Marleau pode jogar como central ou ala e em todos os seus 20 anos com o San Jose Sharks, somente ficou de fora de pouco mais de 30 jogos, o que demonstra que é um jogador muito saudável e que mesmo com a idade já se aproximando dos 40, pode contribuir e muito com a equipe. 

Sejam muito bem vindos Hainsey, Moore e Marleau! A equipe, com certeza está melhor com vocês. 

Agora, o que se fala é que os Leafs podem acabar negociando Tyler Bozak ou James Van Riemsdyk, para reduzir os gastos totais, já que trouxeram Hainsey e Marleau a peso de ouro! Vamos ver os próximos movimentos da equipe, que com certeza estarão aqui no MapleLeafsBrasil! 

Go Leafs Gooooooo

08/04/2017 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 10 abril 2017 Deixe um comentário

Na briga pela vaga nos playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu o Pittsburgh Penguins no Air Canada Centre. A única vaga nos playoffs ainda sem ser definida era a que os Leafs, Lightning e Isles disputavam. Para os Leafs, bastava vencer sua própria partida e a classificação tão esperada seria garantida.

Os Leafs saíram atrás do placar com um gol de Phil Kessel sobre Frederik Andersen, aos 06m11s. A noite parecia que ia se complicar para os Leafs, mas James Van Riemsdyk empatou aos 06m40s. Ao final do primeiro período, Tom Sestito acabou por atingir Frederik Andersen ao passar pela crease e deixou o goleiro dos Leafs contundido e meio zonzo. Andersen deixou o gelo e não retornou mais e, em seu lugar, Curtis McElhinney foi acionado. 

O segundo período viu os Leafs virarem o placar aos 03m30s, quando Tyler Bozak recebeu um lindo passe de William Nylander durante um powerplay e não desperdiçou. Os Penguins, atuais campeões da Stanley Cup, não são fáceis e não desistem na partida. A equipe empatou aos 07m55s também num powerplay, com um gol de Sidney Crosby. 

No terceiro período, os Leafs estavam com 20 minutos para garantir sua classificação e começamos mal, com Jake Gardiner desviando um chute cruzado de Guentzel, que acabou se tornando um gol contra. Como não existe gol contra no hóquei, o gol foi marcado para Guentzel aos 06m51s. Agora os torcedores dos Leafs começavam a se sentir desesperados, pois os Lightning e Isles estavam vencendo na noite de ontem. Mas tudo mudou aos 14m30s, quando Kasperi Kapanen empatou a partida com seu primeiro gol na NHL. Connor Brown virou a partida aos 17m12s e levou o Air Canada Centre à loucura! Era gol da classificação aos playoffs! Mas os Penguins bem que tentaram estragar a festa poucos minutos depois quando McElhinney defendeu um chute de Crosby, à queima roupa! Foi a defesa da noite!! Os Leafs ainda marcaram mais um com Auston Matthews, o gol de número 40 na temporada, com os Penguins já com Marc-Andre Fleury no banco (empty-net).

Fim de jogo! Penguins 3, Leafs 5. Os Leafs voltam aos playoffs que não viam desde 2013!!! Na noite seguinte ainda havia o jogo contra o Columbus Blue Jackets que decidiria a posição dos Leafs e o adversário nos playoffs. Uma derrota nos faria jogar contra o Washington Capitals, mas a vitória ou empate no tempo regular, nos faria enfrentar o nosso rival de província, Ottawa Senators, que era o que todos em Toronto desejavam! 

A classificação aos playoffs tirou o peso dos ombros dos jogadores que Leafs! Agora é focar e, quem quer que seja o adversário, jogar da melhor forma possível pois cada jogo é um jogo!

Go Leafs Goooo! De volta aos playoffs, dessa vez para ficar!! 

30/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Nashville Predators

sexta-feira, 31 março 2017 Deixe um comentário

Na luta diária para garantir a presença nos playoffs o Toronto Maple Leafs foi visitar o Nashville Predators com o foco em se manter vencendo as partidas, não dando chance dos Bruins de nos passar na classificação. 

Os Leafs jogaram muito bem os dois primeiros períodos e Frederik Andersen, que retornou à equipe, jogou muito bem e nos deu confiança. 

Os Leafs abriram o placar aos 18m42s do primeiro período, num gol em powerplay onde James Van Riemsdyk desviou um chute de Nikita Zaitsev. Na mesma noite, o Boston Bruins venceu seu jogo, assim como o Tampa Bay Lightning. Neste gol, Mitch Marner marcou a sua 41ª assistência, quebrando o recorde de Gus Bodnar pelos Leafs na temporada 1943-44. 
Auston Matthews aumentou o recorde de gols marcados por um novato nos Leafs, marcando o seu 35º gol aos 18m43s do segundo período, também em powerplay.

O terceiro período viu os Leafs serem dominados pelos Predators que após treze minutos já tinham 10 chutes ao gol de Andersen, contra 2 chutes dos Leafs. Esse enorme diferença nos chutes à gol levou Filip Forsberg a diminuir para os Predators aos 09m37s, o que fez os Predators partirem pra cima dos Leafs com a chance de empatar o jogo. Os Leafs acabaram cometendo penalidades e deram aos Predators muitas chances, mas Andersen conseguia defender todos os chutes. Aos 19m01s, já com os Preds em Empty-Net, Connor Brown, que foi um jogador muito atuante na partida, marcou o terceiro gol dos Leafs. Connor Brown marcou seu 19º gol em sua primeira temporada, o que é maravilhoso, e seria comemorado em qualquer outra equipe, mas que nos Leafs, com Auston Matthews, William Nylander e Mitch Marner, acabou tendo sua ótima temporada um pouco apagada! 

Aliás, William Nylander teve sua sequência de 12 jogos consecutivos marcando pontos, outro recorde nos Leafs, terminada, pois acabou não marcando nenhum ponto na noite. Mas claro que já está de parabéns! 

Com a vitória os Leafs se mantiveram 1 ponto à frente dos Bruins, com um jogo a mais por jogar (6). A equipe que vem disputando com os Bruins a segunda vaga de Wild Card, o Tampa Bay Lightning, também venceu na noite. Quem sofreu uma derrota foi o Ottawa Senators, o que fez os Leafs se aproximarem e ficarem a dois pontos do rival de província. 

O próximo jogo será em Detroit contra os Red Wings, no sábado. 

Go Leafs Goooo – Cada vez mais perto dos Playoffs! 

25/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres

segunda-feira, 27 março 2017 Deixe um comentário

Com uma posição mais confortável na tabela de classificação aos playoffs, três pontos à frente do Boston Bruins e com um jogo a mais por jogar, o Toronto Maple Leafs cruzou a fronteira e foi enfrentar o Buffalo Sabres. 

Não foi uma noite muito boa para os Leafs, que viram os Bruins vencerem o jogo de disputa direta com o New York Islanders e se aproximarem dos Leafs.

A equipe de Toronto não tem bons números quando jogando contra os Sabres na casa deles. Temos muito mais derrotas que vitórias e isso vem desde o período em que os Sabres tinham Ryan Miller no gol. Esse jogo não foi diferente.

Os Leafs saíram atrás no placar quando os Sabres marcaram com Ryan O’Reilly aos 07m05s. Os Leafs foram rápidos na recuperação e empataram aos 09m30s num belíssimo gol de Connor Brown. Somente 15s depois, aos 09m45s, Evander Kane colocou o time da casa de volta na liderança. Frederik Andersen não estava bem na noite e os gols saíram de falhas do goleiro. Próximo ao final do primeiro período, Andersen sofreu uma colisão com um jogador dos Sabres e, no intervalo, acabou sendo retirado do jogo, dando lugar a Curtis McElhinney pois havia uma suspeita de concussão em Andersen. 

Com McElhinney, os Leafs empataram com o 34º gol de Auston Matthews, empatando o recorde de um novato nos Leafs, de Wendel Clak. Nylander marcou mais um ponto com uma assistência, aumentando o recorde para 11 jogos seguidos. O gol saiu aos 02m22s. Depois deste gol, os Sabres dominaram a partida e marcaram mais três gols, sendo dois de Jack Eichel e um de Dmitry Kulikov. Robin Lehner jogou muito bem e fechou o gol garantindo a vitória dos Sabres. 

Se Frederik Andersen tiver que se manter ausente por alguns jogos, McElhinney terá que se desdobrar para ajudar a equipe a vencer e garantir a classificação aos playoffs, que fica a casa rodada mais disputada. Hoje, segunda-feira, eles devem ter o laudo médico do corpo médico dos Leafs. 

Amanhã os Leafs recebem a visita do Florida Panthers, que no sábado venceu o Chicago Blackhawks por 7 a 0. Shutout de James Reimer.

Go Leafs Goooooo

23/03/2017 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 24 março 2017 Deixe um comentário

Parece que o Toronto Maple Leafs está jogando como os torcedores sempre rezaram e pediram! A equipe está na zona de classificação aos playoffs e joga os 60 minutos com a mesma atenção e intensidade. Ontem a vítima foi o New Jersey Devils, que foi ao Air Canada Centre.

Os Leafs não saíram na frente. John Moore acabou marcando num chute que, apesar de defendido por Curtis McElhinney, acabou indo por baixo de suas pernas e entrou no cantinho do gol aos 02m59s. Os Leafs não mudaram seu jogo  e aos 05m46s, em powerplay, Josh Leivo, que havia ficado 10 jogos sem ser escalado nos Leafs, aproveitou um puck perdido atrás de Keith Kincaid após um chute de Auston Matthews, num powerplay para os Leafs. Com o jogo empatado, os Leafs ganharam ainda mais confiança e William Nylander marcou um belíssimo gol aos 18m17s.

Nem bem o segundo período começou e os Leafs marcaram o terceiro com com James Van Riemsdyk aproveitando um rebote de Kincaid após um chute de Mitch Marner aos 02m04s. 

John Moore voltou a marcar para os Devils aos 09m04s, num powerplay para os Devils com dois jogadores a mais no gelo, após vários jogadores terem se envolvido em brigas. Isso deixou-nos time visitante a somente um gol do empate e os Devils pressionaram para igualar o placar, mas McElhinney e a defesa dos Leafs estavam bem. Connor Brown fechou o placar aos 19m14s, com um gol em Empty-Net. 

Com a vitória, os Leafs se distanciaram 3 pontos dos Boston Bruins e se aproximaram dos Senators. Esse jogo também viu Nylander quebrar o recorde de jogos consecutivos marcando pontos por um novato, conseguindo o feito em 10 jogos consecutivos. Marner empatou o recorde de Gus Bodnar, com 40 assistências em sua primeira temporada na NHL e Matthews conseguiu empatar o recorde de número de gols de um novato em sua primeira temporada nos Leafs, empatando com Wendel Clark, com 40 gols! Tanto Matthews quanto Marner ainda têm 9 jogos ainda por jogar, o que deve fazê-los quebrar esse recorde!

Josh Leivo jogou muito bem e deveria ser mantido no elenco! 

Nosso próximo jogo será contra o Buffalo Sabres e podemos simplesmente colar nos Senators. Hoje estamos a 3 pontos e podemos ficar a somente 1!!! 

Go Leafs Gooooooo

16/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 17 março 2017 Deixe um comentário

Após a decepcionante derrota contra o Florida Panthers, o Toronto Maple Leafs continuou na Flórida, mas agora foi visitar o Tampa Bay Lightning.

Esse foi um jogo de disputa direta pela classificação aos playoffs já que ambas equipes estão disputando a segunda vaga de Wild Card. Os Leafs estavam um ponto atras dos Bolts e dos Isles com um jogo a mais por jogar. Cada vitória agora nos deixa mais próximos da classificação. 

Os Leafs começaram bem e levaram perigo ao gol de Andrei Vasilevskiy e foi o defensor Roman Polak, com seu quarto gol da temporada, que conseguiu abrir o placar aos 09m19s do primeiro período. O chute de Polak, que recebeu o puck após Tyler Bozak vencer o faceoff, resvalou em Vasilevskiy e acabou dentro do gol. Acho que foi um alívio para os Leafs, que conseguiram manter essa vantagem para o segundo período. 

Frederik Andersen estava perfeito no gol e manteve os Leafs no jogo em diversas oportunidades, realizando ótimas defesas e fechando o gol! Parece que a derrota para os Panthers mexeu com os brios dos jogadores de Toronto, pois eles jogaram bem melhor contra os Bolts. Ao contrário de Andersen, Vasilevskiy não conseguia fechar o gol e em 15 chutes à gol permitiu que 4 entrassem. Morgan Rielly marcou aos 2m24s, Matt Martin aos 02m39s, Connor Brown aos 06m14s, em powerplay, o que retirou Vasilevskiy do jogo, substituído por Peter Budaj. Mas os Leafs estavam numa noite iluminada e aos 15m41s, James Van Riemsdyk marcou o quinto gol dos Leafs, com a 38ª assistência de Mitch Marner, que se aproxima do recorde de 40, marcadas por um jogador novato dos Leafs em toda sua história. Torço muito para que ele ultrapasse essa barreira e ainda temos 13 jogos para isso! 

O terceiro período viu os Leafs serem muito pressionados pelo time da casa, inclusive concedendo vários powerplays, mas Frederik Andersen se manteve firme e garantiu a vitória dos Leafs, por shutout.

Com a vitória por 5 a 0, os Leafs voltaram à zona de classificação aos playoffs pois os Islanders também perderam para os Jets. Para ajudar, os Bruins também perderam e estão a 4 pontos dos Leafs, com dois jogos a menos até o final da temporada. Ainda dá pra buscar! 

Os Leafs possuem três jogadores novatos com mais de 50 pontos na temporada, Auston Matthews e Mitch Marner com 55 pontos e William Nylander com 50. É a primeira vez na NHL, desde 1992-93 com os Winnipeg Jets!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: