Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Connor Brown’

24/03/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 26 março 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs parece estar com uma equipe preparada para os playoffs da Stanley Cup. Ainda não nos classificamos, mas podemos dizer que matematicamente estamos dentro com base em como estamos jogando.

Vencemos o 13º jogo seguido em casa, no Air Canada Centre, aumentando o recorde! Também vencemos um total de 45 jogos na temporada e ainda faltam 7 jogos por jogar!

A equipe parece ter ouvido Mike Babcock nos vestuários e veio ao jogo bem atenta. Kasperi Kapanen estava no lugar certo para receber um belo passe de Tyler Bozak e abrir o placar aos 13m30s do primeiro período.

No segundo período, o Detroit Red Wings conseguiu virar o jogo com gols de Dylan Larkin, que usou sua velocidade num contra-ataque e Tyler Bertuzzi, que desviou um chute de Danny Dekeiser. Connor Brown deu o troco aos 14m19s, ao também desviar um chute de Travis Dermott e empatar o jogo.

A decisão veio no terceiro período. Frans Nielsen marcou aos 04m58s, mas viu William Nylander recuperar o puck atrás do gol dos Wings e passar para Auston Matthews, que devolveu o puck para Nylander desferir um belo chute, alto, vencendo Jimmy Howard. Frederik Andersen fez uma ótima partida e nos manteve no jogo, até que, aos 12m34s, Patrick Marleau vai ao ataque em dois contra um e consegue passar para Nazem Kadri simplesmente chutar no gol aberto dando a vitória aos Leafs!!!

Estamos muito bem e os playoffs estão cada vez mais perto! Estamos com 97 pontos e o último Wild Card do leste tem 86 (New Jersey Devils), portanto em mais uns 2 jogos devemos confirmar nossa vaga nos playoffs deste ano!

Go Leafs Gooooooooo

Anúncios

17/02/2018 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

segunda-feira, 19 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após vencer cinco jogos seguidos em casa, o Toronto Maple Leafs foi até a PPG Paints Arena enfrentar o Pittsburgh Penguins de Sidney Crosby, Phil Kessel e Evgeny Malkin.

Enfrentar os Penguins é sempre um desafio, ainda mais quando é fora de casa. Temos que lembrar que os Penguins são os atuais Bicampeões da Stanley Cup!

Os Leafs não começaram mal, mas foi Carl Hagelin que marcou primeiro, aos 03m23s, alegrando os fãs dos Penguins. Connor Brown empatou aos 06m41s e Tyler Bozak virou implicar aos 10m40s. Parecia que arrumamos a casa e íamos conseguir disputar o jogo com os Penguins, mas não se pode cometer erros, pois os Penguins vão usar isso contra vocês. E foi o que aconteceu. Evgeny Malkin marcou seu 33° gol da temporada aos 11m51s, deixando o placar empatado até o final do primeiro período.

No segundo período, Zach Aston-Reese marcou para os Penguins aos 05m21s. Após muito esforço, Patrick Marleau marcou o gol de empate aos 15m46s com os Leafs em powerplay. Novamente estávamos com a partida empatada e a decisão ficaria para o terceiro período.

Para nossa infelicidade, Auston Matthews não estava em uma de suas melhores noites e perdeu três oportunidades que, normalmente, ele não perderia. Leo Komarov também perdeu uma chance com o gol dos Penguins, defendido por Matt Murray, totalmente aberto. Ele furou o chute! Esse erros não nos deram a vitória e os Penguins marcaram com Olli Maatta aos 07m56s e depois com Brian Rust aos 16m36s, vencendo Frederik Andersen que, mais uma vez, trabalhou muito neste jogo.

Os Penguins nos retiraram a sequência de vitórias e conseguiram vencer a décima primeira partida seguida em casa! Evgeny Malkin marcou um gol e duas assistência e chegou a 900 pontos marcados pelos Penguins, sua única equipe. Ele é o quarto jogador a conseguir isso com a equipe, depois de Mário Lemieux, Jaromir Jagr e Sidney Crosby. Parabéns ao Malkin por esse “recorde”.

Nem bem tivemos tempo para digerir a derrota e nossos erros e já tivemos que viajar a Detroit para jogar na noite seguinte.

Go Leafs Gooooooo

18/01/2018 – Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers

sexta-feira, 19 janeiro 2018 Deixe um comentário

Os torcedores dos Leafs não estão conseguindo entender o que está acontecendo com a equipe. Após três derrotas seguidas, por apenas um gol de diferença, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo no Wells Fargo Center, contra o Philadelphia Flyers.

Este foi um jogo comemorativo para os Flyers, que retiraram o número 88, de Eric Lindros, numa cerimônia antes da partida onde fizeram varias homenagem a este grande jogador que passou a maior parte de sua carreira na equipe! Foi uma homenagem mais que merecida à Lindros, que sofreu com concussões, mas era um jogador muito forte e que até chegou a jogar nos Leafs por uma ou duas temporadas no final da sua carreira! Parabéns Eric Lindros!

O jogo estava simplesmente alucinante, com ambas equipes buscando o gol e os goleiros, Michal Neuvirth e Frederik Andersen defendendo ótimos chutes!

Para a alegria dos Leafs, Connor Brown conseguiu um contra-ataque e marcou para a equipe de Toronto, pela segunda vez em dois jogos, aos 12m57s do segundo período. Menos de um minuto depois, aos 13m25s, Frederik Gauthier marcou o seu primeiro gol na NHL, colocando os Leafs a confortáveis dois gols de vantagem. Aliás, foi o melhor jogo de Gauthier até agora, com muita vontade e aplicação no gelo!

Não sei dizer se foi esse conforto que fez os Leafs tirarem o pé do acelerador no terceiro período, mas Mitch Marner cometeu mais um erro, o segundo em dois jogos, e permitiu a Nolan Patrick marcar o primeiro gol dos Flyers aos 01m33s. Marner controlava o puck e Andersen não considerou a chance de Patrick usar seu taco para chutar o gol, uma vez que Marner estava levando o puck ao ataque. Resultado, Freddie não se posicionou e levou o gol em um lance inesperado e oportunista de Patrick. Aos 03m25s, com os Leafs em powerplay, novo erro onde 4 jogadores avançaram demais na zona de defesa dos Flyers, deu a chance de um contra-ataque em 2 contra 1 que Wayne Simmonds não desperdiçou. Freddie jogou novamente de forma espetacular e vem sendo nosso melhor jogador já a muito tempo! Se não fosse por ele, teríamos perdido no tempo regular!

Começou a prorrogação e Mike Babcock colocou Matthews, Nylander e Gardiner no gelo. No primeiro lance, faltou pouco para Auston Matthews marcar, mas os Flyers saíram no contra ataque, no 2 contra 1, mas quase 2 contra 2, pois Nylander vinha chegando em Travis Konecny, que tinha o puck dominado. Make Gardiner deveria cobrir o segundo jogador dos Flyers, para que ele não recebesse o passe e essa seria o posicionamento natural e básico aprendido por todo jogador de hóquei quando criança, mas ele decidiu vir para perto de Nylander. Konecny conseguiu passar para Sean Couturier dar a vitória aos Flyers com apenas 18 segundos da prorrogação.

De acordo com várias comentários que li no Twitter, mesmo se fosse um contra-ataque em 2 contra 1, o defensor deve sempre cobrir o jogador que pode receber o passe e deixar o goleiro lidar com o outro, caso ele venha a chutar, pois é mais fácil fazer uma defesa assim, do que se mover de um lado do gol ao outro para realizar a defesa! Gardiner parece ter esquecido dessa aula!

Essa foi a quarta derrota seguida dos Leafs e nas entrevistas após a partida, Frederik Andersen mostrou sua incredulidade com o que vem acontecendo e disse que a equipe não pode se sentir confortável com dois gols de vantagem e também que os jogadores precisam se olhar nos olhos e ver quem tem o comprometimento necessário para estar na equipe! Foi um desabafo de alguém que jogo após jogo vem tendo ótimas atuações, mas vê seus companheiros não terem a mesma aplicação.

Que Mike Babcock consiga botar ordem na casa, pois no sábado voltamos a enfrentar os Senators, que venceram o jogo que tivemos na semana passada!

Morgan Rielly deixou o gelo no início do terceiro período após cair e talvez ter contundido o ombro. Ele será analisado para ver se tem condições de jogo ou se será mantido fora da equipe para tratamento!

É isso aí! Amanhã enfrentaremos os Sens, com a necessidade de voltar a vencer, pois os New York Rangers estão fazendo a parte deles e colecionando pontos para nos passar na classificação!

Go Leafs Goooooooo

16/01/2018 – St. Louis Blues @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 17 janeiro 2018 Deixe um comentário

Após quase uma semana de descanso, sem jogar desde a derrota contra os Senators em 10 de janeiro, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do St. Louis Blues no Air Canada Centre em busca da volta às vitórias e da revanche contra os Blues, que nos venceram na partida na casa deles.

O jogo foi muito disputado desde o início com os goleiros jogando bem. Frederik Andersen e Carter Hutton fizeram ótimas defesas que mantiveram suas equipes na partida, com chances de vitória.

Somente no terceiro período é que foi marcado o primeiro gol da partida, e foi um golaço! Os Leafs estavam sob o ataque do powerplay dos Blues quando Connor Brown desviou um passe dos Blues, que fez com que Pietrangelo não conseguisse dominar o puck, e partiu em velocidade, vencendo o mesmo Pietrangelo e partindo para cima de Carter Hutton, que não conseguiu defender o chute de Brown aos 10m10s. Foi um lindo gol shorthanded marcado por Connor Brown. À frente do placar, os Leafs ainda tiveram algumas chances, todas desperdiçadas, e os Blues mantiveram o mesmo nível de jogo, até que faltando apenas 57 segundos para selar a vitória dos Leafs, já com os Blues em Empty Net, os Leafs não conseguiram limpar o puck de sua zona defensiva e, Alexander Steen aproveitou o rebote para empatar a partida. É inacreditável o número de vezes que deixamos vitórias escaparem no tempo regular!

Com a partida na prorrogação, após um belo ataque de William Nylander, que deixou Carter Hutton e dois jogadores dos Blues caídos dentro do gol, Vince Dunn dominou o puck na defesa e Mitch Marner tentou roubar o puck, mas por trás de Dunn, que simplesmente avançou ao ataque e marcou o gol da vitória dos Blues aos 01m43s.

Que lições os Leafs devem tirar dessa partida? Número 1 – Não podemos pensar que a partida está ganha faltando um minuto para o final. Precisamos garantir a vitória! Número 2 – Marner precisa saber que deve sempre buscar estar entre o adversário e o gol dos Leafs, quando a equipe não está com o puck! Número 3 – Apesar da derrota, ainda bem que ainda temos tempo para corrigir a rota até o final da temporada regular. Número 4 – O New York Rangers está se aproximando de nós na classificação e pode nos roubar a terceira colocação da conferência Leste.

Foi realmente uma pena que toda a ótima atuação de Frederik Andersen e o belíssimo gol de Connor Brown não foram comemorados com a vitória!

O próximo jogo será amanhã, contra o Philadelphia Flyers, fora de casa.

Vamos sacudir os flocos de gelo e voltar ao trilho das vitórias!

Go Leafs Gooooooo

28/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Arizona Coyotes

sábado, 30 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após passar o Natal com sua família, no Arizona, nada poderia ser mais revigorante para Auston Matthews que enfrentar a equipe que ele mais vou quando crescia, se desenvolvendo, jogando Hóquei quando criança, o Arizona Coyotes.

Matthews alugou um camarote na Gila River Arena, para seus familiares e amigos mais próximos e todos assistiram à partida usando sua camisa, número 34!

O jogo começou com os Coyotes pressionando e logo o time da casa ganhou um powerplay. Para a felicidade dos Leafs, Zach Hyman se aproveitou de um erro de um defensor dos Coyotes e marcou para os Leafs aos 08m55s, shorthanded, ou seja, com um jogador a menos no gelo. Auston Matthews marcou o seu primeiro, contra os Coyotes, aos 10m58s, recebendo um passe de William Nylander. O Toronto Maple alegada aumentou para 3 a 0 com um gol de Mitch Marner aos 11m25s. Foi quando o time da casa conseguiu reduzir a vantagem com gols de Josh Archibald e Brendan Perlini aos 14m15s e 15m32s respectivamente.

Parecia que o time da casa ia conseguir pressionar para chegar ao empate, mas Patrick Marleau marcou aos 09m15s do segundo período, em powerplay. William Nylander marcou aos 15m13s e Marleau novamente aos 15m23s. Parecia que Scott Wedgewood, o goleiro dos Coyotes, não estava vendo os chutes direito. Deve ser bem frustrante tomar 6 gols em dois períodos! Jordan Martinook ainda diminuiu aos 18m33s, mas o placar já estava 6 a 3 para os Leafs.

No último período, Christian Fischer marcou mais um para os Coyotes aos 14m07s, num powerplay, vencendo Frederik Andersen. No finalzinho, com os Leafs já em Empty Net, Connor Brown fechou o placar, uma vitória de 7 a 4 contra o Arizona Coyotes!

Foi um ótimo jogo com todas as linhas jogando muito bem!

Nem deu muito tempo para Matthews comemorar com sua família pois na noite seguinte enfrentamos o Colorado Avalanche em Denver.

Go Leafs Gooooooo

09/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

segunda-feira, 11 dezembro 2017 Deixe um comentário

Fomos visitar o Pittsburgh Penguins buscando continuar colecionando vitórias e, apesar de não jogarmos bem no terceiro período, tivemos o melhor primeiro período nosso na temporada.

O Toronto Maple Leafs abriu o placar aos 01m23s com Connor Brown e, apenas 19s depois, ampliamos com James Van Riemsdyk. Foi um início que abalou os Penguins e nos valemos disso para continuar pressionando o goleiro Tristan Jarry, que não possui muita experiência na NHL. Aos 12m55s, Tyler Bozak foi persistente e se aproveitou de um rebote, mas teve que dar uns três chutes para o puck finalmente entrar no gol!

Com três a zero no placar, a vitória parecia garantida, mas o time dos Penguins, atuais Bicampeões da Stanley Cup, é muito experiente e não se pode bobear com eles. Riley Sheahan diminuiu para os Penguins aos 14m24s do segundo período. Evgeny Malkin fez a distância do placar ficar ao alcance dos Penguins marcando o segundo da equipe aos 17m51s, mas dessa vez, nossa resposta foi muito rápida e Tyler Bozak, mas uma vez, marcou. Dessa vez ele desviou um chute de Jake Gardiner para nos colocar novamente com dois gols de vantagem, aos 18m13s.

O último período viu os Leafs manterem-se à frente do placar, com Frederik Andersen mais uma vez tendo ótimas defesas. Mas aos 17m12s, Sidney Crosby conseguiu vencer Andersen em uma ótima jogada dos Penguins. Veio a pressão contra os Leafs nos minutos finais. Apesar de um chute na trave de Olli Maatta, saímos com a valiosa vitória.

Na noite seguinte teríamos a visita do Edmonton Oilers em casa e a equipe necessitava já se ficar para receber Connor McDavid e Cia.

Go Leafs Go

02/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 novembro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória contra o Anaheim Ducks, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Los Angeles Kings. 

Nosso primeiro período foi um desastre e podemos dizer que demos um tiro no próprio pé.   E não foi culpa do Curtis McElhinney. O time estava jogando bem, mas Jake Gardiner acabou por tropeçar e cair perdendo o controle do puck, oportunidade que os Kings não desperdiçaram. Michael Amadio abriu o placar com o seu primeiro gol na NHL aos 02m34s do primeiro período. Pouco depois, aos 04m58s, Mike Cammalleri marcou o segundo dos Kings num powerplay. O terceiro gol dos Kings veio num erro triplo de Nazem Kadri que por três vezes teve a oportunidade de limpar o puck da área defensiva dos Leafs, mas acabou perdendo o puck, que foi cruzado para Trevor Lewis marcar aos 19m24s. Foi um período para esquecer.

O segundo período viu Tyler Toffoli marcar duas vezes aumentando o placar para 5 a 0. Somente no final do período, Auston Matthews venceu Jonathan Quick num penalty shot aos 17m50s. Morgan Rielly também marcou, faltando apenas 1,5s para o fim do período, dando uma esperança para os Leafs no terceiro período. Quick ficou muito irritado e quase quebrou seu taco no travessão após o gol de Rielly! 

O problema é que o terceiro período só tinha 20 minutos e, todos os erros que os Leafs cometeram no primeiro período, não conseguiram ser remediados. Somente Connor Brown marcou aos 08m00s.

Durante o jogo, Auston Matthews teve outra oportunidade de marcar num penalty shot, mas acabou chutando acima do gol de Jonathan Quick. 

O próximo jogo será amanhã, em St. Louis!

Go Leafs Gooooo 

%d blogueiros gostam disto: