Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Roberto Luongo’

28/03/2018 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 29 março 2018 Deixe um comentário

Após a derrota contra o Buffalo Sabres, quando perdemos a sequência de vitórias em casa, voltamos ao gelo contra o Florida Panthers, equipe que busca se classificar aos playoffs, disputando a segunda vaga de Wild Card com o New Jersey Devils.

O Toronto Maple Leafs jogou muito bem, principalmente no primeiro período, quando abriu 3 gols de vantagem no placar. Foram gols de Mitch Marner, que está numa sequência de 10 jogos pontuando, aos 03m05s, vencendo Roberto Luongo, Auston Matthews aos 09m24s, marcando seu 30° gol, e Patrick Marleau, aos 13m55s, desviando o passe de Mitch Marner. Auston Matthews marcou 30 gols em cada uma de suas duas temporadas na NHL, se igualando a ídolos dos Leafs como Wendel Clark. Aos 17m49s, Jonathan Huberdeau diminuiu para os Panthers, finalmente vencendo Frederik Andersen.

O segundo período viu os Panthers melhorarem e Jonathan Huberdeau marcar o segundo aos 15m08s. Neste período as equipes jogaram de igual para igual, e as chances foram iguais para ambas.

O terceiro período foi decisivo, com James Van Riemsdyk marcando aos 11m48s, seu gol de número 200 na NHL. Já sem Roberto Luongo no gol, para adicionar mais um atacante, o Florida Panthers pressionou os Leafs nos minutos finais e Evgeny Dadonov diminuiu, deixando a distância de somente um gol entre as equipes aos 18m34s.

Com a vitória os Leafs já teriam se classificado aos playoffs se o Philadelphia Flyers não vencesse seu jogo no tempo regular, mas foi exatamente isso que aconteceu. Os Flyers venceram os Avs por 2 a 1 e deixaram a classificação dos Leafs pendente.

A vitória deu aos Leafs números impressionantes na temporada e Frederik Andersen venceu seu 27° jogo em casa, empatando com lendas históricas dos Leafs, como Turk Broda e Curtis Joseph.

Amanhã vamos até o Brooklyn enfrentar o New York Islanders e quem sabe saímos de lá classificados para os playoffs!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

27/02/2018 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

segunda-feira, 05 março 2018 Deixe um comentário

Apenas 24 horas após o jogo contra o Tampa Bay Lightning, onde sofremos uma derrota no shootout, o Toronto Maple Leafs foi visitar o outro adversário do estado da Flórida, o Florida Panthers, no BB&T Center.

No gol, dando descanso a Frederik Andersen, estava Curtis McElhinney, que sempre tem entrado bem nas partidas. Do outro lado, o experiente Roberto Luongo, jogador canadense que mora em Parkland, comunidade onde houve aquele incidente com o ex-aluno que entrou na escola e atirou em varios outros alunos e professores, fazendo 17 vítimas. Na semana passada, num dos jogos dos Panthers, Luongo discursou mostrando todo seu sentimento e solidariedade às famílias das vítimas desta tragédia.

Os Panthers correm atrás de alcançar o Columbus Blue Jackets que estão na última posição de Wild Card para os playoffs deste ano e necessitam desesperadamente vencer suas partidas. E foi isso que aconteceu. A equipe da casa jogou bem e numa jogada em que Jonathan Huberdeau enganou McElhinney, fazendo que ia passar o puck para o outro lado do gol, o goleiro do Toronto simplesmente se moveu para fechar o outro lado e Huberdeau passou para Alexander Barkov chutar no gol aberto, aos 11m02s, num powerplay para o time da casa.

Jonathan Huberdeau conseguiu marcar o seu próprio gol aos 01m42s do segundo período, quando numa bela jogada, passou por um defensor dos Leafs e foi levando o puck, contornando McElhinney, que tentou fechar o ângulo, e acabou marcando no canto do gol, quando Tomas Plekanec chegava para tentar impedir. Com dois a zero no placar, Dominic Moore descontou aos 02m53s, após um erro da defesa dos Panthers acabar num rebote de Luongo, que nada pode fazer para evitar o gol. Ainda no segundo período, aos 12m34s, William Nylander fez uma jogada espetacular, voltando à zona neutra e roubando o puck de Dadonov, o defensor dos Panthers, partindo ao ataque e, no momento exato, deixando o puck para Zach Hyman, que vinha logo atrás, marcar no gol vazio! Essa jogada mostrou varias características de Nylander, como persistência e oportunismo para roubar o puck, velocidade e visão de onde estão seus companheiros de equipe! Jogo empatado!

Mais uma vez os goleiros foram excelentes e defenderam tudo no terceiro período, onde ambas equipes tiveram chances claras de gol. A decisão veio mesmo somente na prorrogação. Após chances para ambas equipes, com defesas de McElhinney e Luongo, Jared McCann recebe um passe de Aaron Ekblad, simplesmente dribla Nazem Kadri, que realmente não foi bem na jogada, cobrindo o lado errado de McCann, e partiu em velocidade, vencendo McElhinney no canto alto do Stick. Vitória dos Panthers em casa.

Não foi um jogo e um resultado tão ruim para os Leafs nesta viagem à Flórida. A equipe enfrentou o forte Tampa Bay Lightning na noite anterior, num jogo que seguiu até o shootout e na noite seguinte jogou contra os Panthers, e desferiu mais chutes à gol que o adversário! Somamos dois pontos em dois jogos fora de casa, o que não é nada ruim!

Nosso próximo jogo será no sábado, contra o Washington Capitals, no Navy-Marine Corps Memorial Stadium, um jogo a céu aberto, podemos Leafs vai jogar com um uniforme especial, branco, em homenagem à Marinha Canadense.

Go Leafs Gooooo

22/02/2018 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 21 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Recebemos a visita do Florida Panthers, de Roberto Luongo, James Reimer, Jonathan Huberdeau e outros ótimos jogadores, que buscam se aproximar da segunda vaga de Wild Card para os playoffs.

O jogo foi muito disputado e muito parelho, com ambas equipes dando muito trabalho a Luongo e Frederik Andersen. Aliás, podemos dizer que os goleiros foram decisivos para o placar final do jogo.

Faltando apenas 31s para o final do primeiro período, James Van Riemsdyk recebeu o puck e chutou rápido, pegando Luongo de surpresa, sem que o goleiro dos Panthers pudesse se posicionar melhor para defender. O puck passou por entre as pernas de Luongo e esse foi o único gol da partida.

Os Panthers até tentaram pressionar no último período, mas Freddie foi perfeito na noite de ontem e conseguiu o seu quinto shutout na temporada. O segundo defendendo 40 chutes ou mais.

Jake Gardiner, que contabilizou um ponto numa assistência para o gol de JVR, marcou o seu ponto de número 200 na NHL, um belo marco para o jovem defensor.

No finalzinho da partida, no último chute dos Panthers, Auston Matthews acabou bloqueando o chute e o puck pegou em seu tornozelo. O jogador saiu mancando, mas deve estar pronto para a próxima partida dos Leafs, em casa, contra o New York Islanders, na quinta-feira.

Go Leafs Gooooooo

28/12/2016 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quinta-feira, 29 dezembro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs terminam o ano na ensolarada Flórida, onde enfrentaram o Florida Panthers em Sunrise e, hoje à noite, enfrentarão o Tampa Bay Lightning, antes de partirem para Toronto onde no dia primeiro de janeiro de 2017 enfrentarão o Detroit Red Wings no NHL Centennial Classic. 

Apesar de não começarem bem, levando muitos chutes à gol, os Leafs abriram o placar aos 10m38s com Auston Matthews, que recebeu o puck em frente à Roberto Luongo e conseguiu circular o goleiro, que não teve muito a fazer. Auston Matthews tem conseguido produzir muitos pontos, sejam assistências ou gols para os Leafs! 

No segundo período, James Van Riemsdyk conseguiu ampliar, mas o gol foi anulado pois Nazem Kadri acabou se chocando em Luongo, entretanto os Leafs acabaram por ter uma vantagem de 5 contra 3 de quase dois minutos. Nesse powerplay, JVR cometeu uma penalidade ridícula, se chocando com um dos jogadores dos Panthers e deixou-nos Leafs com vantagem de 4 contra 3. Mesmo assim, William Nylander acertou o ângulo direito de Luongo aos 17m54s, dando mais segurança no placar para os Leafs.

Os Panthers jogavam em casa e voltaram muito melhor no terceiro período, em menos de 03 minutos chegaram ao empate com gols de Jonathan Marchessault aos 00m29s e Vincent Trochek aos 02m43s. Frederik Andersen jogou muito bem e, com menos de 7 minutos para o fim do terceiro período, defendeu um penalty shot, que poderia ter dado a vitória aos Panthers. 

O jogo somente foi decidido no shootout (disputa de pênaltis), e na terceira rodada, quando após o jogador dos Panthers perder sua tentativa, Mitch Marner conseguiu vencer Roberto Luongo, dando a vitória aos Leafs. Luongo possui 447 vitórias na NHL, empatado com Terry Sawchuk e, não foi nesse jogo que ele conseguiu passar a marca desse lendário goleiro.

Hoje vamos pra cima do Tampa Bay Lightning!! Go Leafs Goooooo

29/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quarta-feira, 30 março 2016 Deixe um comentário

Na NHL é assim mesmo! Uma noite após serem derrotados pelo Tampa Bay Lightning, por shutout, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo contra o Florida Panthers, time que disputa a liderança da divisão com os próprios Lightning.

Os Leafs tiveram um jogo muito bom e finalmente fizeram seus times especiais funcionarem, o que não aconteceu contra os Panthers, onde após sete powerplays, não conseguimos marcar nenhum gol.

No primeiro período, aos 15m11s, os Leafs estavam com um jogador a menos no gelo, deixando os Panthers com um powerplay, mas Michael Grabner e Connor Brown conseguiram partir no contra-ataque em dois contra um e Grabner abriu o placar. Esse gol, shorthanded, quando o time adversário está em powerplay deu uma grande motivação e confiança aos Leafs.

No segundo período, Jonathan Huberdeau empatou com um gol por entre as pernas de Jonathan Bernier (five-hole) aos 06m23s. Aos 10m36s, Nazem Kadri começou a colher frutos de seu jogo com um gol em powerplay. Aos 18m14s, ele marcaria seu segundo gol em powerplay da noite, dando uma liderança de dois gols aos Leafs.

O jogo dos Leafs não decaiu no terceiro período, mesmo com um possível cansaço devido a terem jogado na noite anterior. PA Parenteau marcou o quarto gol dos Leafs aos 06m34s, também em powerplay. Greg McKegg, que já pertenceu aos Leafs e foi aos Panthers em uma negociação, marcou seu primeiro gol na NHL aos 11m26s. Já sem tempo pra uma reação, os Panthers ainda tentaram se aproximar no placar retirando Roberto Luongo para colocar mais um jogador de linha no gelo, ação conhecida como Empty-Net. Nazem Kadri recuperou o puck na zona de defesa e chutou à distância para marcar o seu terceiro gol da partida (hat-trick) e fechar o placar da partida.  Foi o terceiro hat-trick de Kadri na NHL.

Connor Brown, que estreou na NHL em 17 de março, marcou três assistências na partida.

O time foi bem e deixou os Panthers em uma situação difícil, empatado com os Lightning em pontos, mas atrás em número de vitórias. 

Aos Leafs resta completar a temporada e aguardar pelos próximos passos da reconstrução.

Go Leafs Goooo

17/03/2016 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 18 março 2016 Deixe um comentário

No dia de St. Patrick, o Florida Panthers visitou o Toronto Maple Leafs e saiu com a vitória, apesar de não ter jogado bem.

Os goleiros da partida foram Roberto Luongo, pelos Panthers e Jonathan Bernier, pelos Leafs. Bernier havia vencido os últimos dois jogos pela equipe de Toronto, o que o manteve no gol para essa partida. 

Quem voltava de contusão e teve uma ótima partida foi Jussi Jokinen, que marcou dois gols no segundo período, abrindo vantagem para sua equipe. Jokinen, que é finlandês, disse que não conhece muito o dia de St. Patrick, que não é comemorado em seu país, mas que se ele conseguir marcar gols como os desse jogo, com certeza ainda vai jogar por muitos St. Patrick’s Days! Jokinen marcou aos 00m24s do segundo período, durante um powerplay para os Panthers, quando seu chute ao gol foi desviado por Ben Smith, que tirou Bernier do posicionamento para defender o chute. O segundo gol foi ainda mais bizarro. Jokinen tentou cruzar o puck e seu chute desviou no taco de Connor Carrick, voou por cima do ombro de Bernier, acertando as costas do goleiro e entrando, aos 09m22s. Morgan Rielly conseguiu descontar para os Leafs aos 16m33s.

O terceiro período viu os Leafs tentando de tudo pra chegar ao empate e Roberto Luongo defendendo todas essas chances de gol! Quando os Leafs retiraram Bernier para colocar um atacante extra, os Panthers marcaram dois gols, bem no final do jogo, selando a vitória. Jaromir Jagr marcou o seu 746º gol da carreira aos 17m54s e Teddy Purcell marcou aos 19m37s.

A derrota acabou com a sequência de vitórias dos Leafs, mas o jogo marcou a estréia de Connor Brown jogando na NHL.

No sábado os Leafs recebem o Buffalo Sabres no Air Canada Centre.

Go Leafs Goooooo

26/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quarta-feira, 27 janeiro 2016 Deixe um comentário

Buscando espantar as derrotas o Toronto Maple Leafs foi visitar o Florida Panthers no BB&T Center, em Sunrise. 

Mais uma vez a equipe não jogou bem e, apesar de não ter chutado ao gol de Roberto Luongo por mais de 13 minutos, período em que James Reimer defendeu 7 chutes dos Panthers, abriu o placar aos 17m35s, com Nazem Kadri fazendo uma boa jogada no primeiro chute levando mais perigo ao gol de Luongo. Foi um ótimo resultado para uma equipe que está enfrentando problemas em seu ataque. Os problemas são tão grandes que a equipe não consegue se impor no ataque nem mesmo no powerplay, onde os Leafs tiveram apenas um gol em 39 vantagens numéricas (powerplay).

Após o intervalo para o segundo período, os Panthers voltaram bem e pressionando. Desta forma chegaram ao gol de empate aos 03m49s, com Alexander Barkov, em powerplay. Aos 07m40s, Vincent Trocheck colocou o time da casa à frente, virando o placar com outro gol em powerplay. Os Panthers ainda chegaram ao terceiro gol, marcado aos 14m13s, por Jussi Jokinen. 

Nem mesmo o segundo intervalo fez os Leafs acordarem e os Panthers acabaram com o jogo com mais dois gols, marcados por Reilly Smith aos 03m52s e Alex Petrovic aos 07m43s. 

Quem saiu bem da partida foi Roberto Luongo, que se igualou a Tony Sposito com 423 vitórias na NHL, empatando na 7ª posição. Para alcançar o sexto colocado, Jacques Plant, a diferença é de apenas 14 vitórias, marca que ele pode alcançar ainda nesta temporada.

Aos Leafs restou guardar suas coisas e rumar pra Tampa para enfrentar o Tampa Bay Lightning.

Go Leafs Go

%d blogueiros gostam disto: