Archive

Posts Tagged ‘William Nylander’

23/03/2017 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 24 março 2017 Deixe um comentário

Parece que o Toronto Maple Leafs está jogando como os torcedores sempre rezaram e pediram! A equipe está na zona de classificação aos playoffs e joga os 60 minutos com a mesma atenção e intensidade. Ontem a vítima foi o New Jersey Devils, que foi ao Air Canada Centre.

Os Leafs não saíram na frente. John Moore acabou marcando num chute que, apesar de defendido por Curtis McElhinney, acabou indo por baixo de suas pernas e entrou no cantinho do gol aos 02m59s. Os Leafs não mudaram seu jogo  e aos 05m46s, em powerplay, Josh Leivo, que havia ficado 10 jogos sem ser escalado nos Leafs, aproveitou um puck perdido atrás de Keith Kincaid após um chute de Auston Matthews, num powerplay para os Leafs. Com o jogo empatado, os Leafs ganharam ainda mais confiança e William Nylander marcou um belíssimo gol aos 18m17s.

Nem bem o segundo período começou e os Leafs marcaram o terceiro com com James Van Riemsdyk aproveitando um rebote de Kincaid após um chute de Mitch Marner aos 02m04s. 

John Moore voltou a marcar para os Devils aos 09m04s, num powerplay para os Devils com dois jogadores a mais no gelo, após vários jogadores terem se envolvido em brigas. Isso deixou-nos time visitante a somente um gol do empate e os Devils pressionaram para igualar o placar, mas McElhinney e a defesa dos Leafs estavam bem. Connor Brown fechou o placar aos 19m14s, com um gol em Empty-Net. 

Com a vitória, os Leafs se distanciaram 3 pontos dos Boston Bruins e se aproximaram dos Senators. Esse jogo também viu Nylander quebrar o recorde de jogos consecutivos marcando pontos por um novato, conseguindo o feito em 10 jogos consecutivos. Marner empatou o recorde de Gus Bodnar, com 40 assistências em sua primeira temporada na NHL e Matthews conseguiu empatar o recorde de número de gols de um novato em sua primeira temporada nos Leafs, empatando com Wendel Clark, com 40 gols! Tanto Matthews quanto Marner ainda têm 9 jogos ainda por jogar, o que deve fazê-los quebrar esse recorde!

Josh Leivo jogou muito bem e deveria ser mantido no elenco! 

Nosso próximo jogo será contra o Buffalo Sabres e podemos simplesmente colar nos Senators. Hoje estamos a 3 pontos e podemos ficar a somente 1!!! 

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

22/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 23 março 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs foi à Columbus enfrentar uma equipe muito forte, que buscava a liderança da NHL, para empatar com o Washington Capitals. O Columbus Blue Jackets vinha de 4 vitórias seguidas e acabaram por não conseguir vencer em casa, num jogo em que os Leafs foram muito aplicados taticamente. 

Aos 08m55s, Nazem Kadri se aproveitou de um erro do defensor dos Blue Jackets e passou para Leo Komarov abrir o placar. Auston Matthews também deixou o dele, o gol de número 33, aos 10m54s, com os Leafs em powerplay. Matthews está a apenas um gol do recorde de um jogador novato nos Leafs, que é de Wendel Clark. Muito provavelmente ele deve passar essa marca com 10 jogos ainda por jogar! 

No segundo período o time da casa voltou com muita energia e logo aos 43s, David Savard marcou para os Blue Jackets que ainda empataram a partida aos 06m58s com Brendan Saad. Os Leafs não se abalaram e continuaram jogando bem até que, aos 13m32s, os Leafs recuperaram o puck na zona defensiva e William Nylander estava na zona neutra em boa posição. Nylander recebeu o passe, controlou o puck e partiu sozinho contra Joonas Korpisalo, que não conseguiu defender o ótimo chute do jogador dos Leafs, que colocou o time de Toronto novamente à frente do placar. 

O terceiro período mal havia começado e Roman Polak cometeu um pênalti “major”, de maior risco ao jogador adversário, e recebeu 5 minutos de penalidade em que Polak não jogaria o restante da partida e os Leafs permaneceriam com um jogador a menos durante os 5 minutos completos. Por um erro, a equipe não colocou ninguém no penalty box, erro que fez com que, após matar os 5 minutos de penalidade, os Leafs ainda permaneceram mais 01m54s com um jogador a menos, pois a partida não havia sido interrompida. Foi um chute de Brian Boyle que foi parar no banco dos Blue Jackets que fez os Leafs voltarem a jogar em 5 contra 5.  Mike Babcock disse que esse erro vai servir para que ele nunca mais o cometa no futuro. Neste período, Nazem Kadri marcou aos 15m46s, numa jogada em que foi analisada a posição dele ao entrar na zona de ataque, mas que confirmou que não houve impedimento, e Nikita Zaitsev marcou aos 17m13s, chutando o puck desde a zona defensiva dos Leafs no gol aberto dos Blue Jackets que já jogavam em Empty-Net, tentando diminuir o placar com um jogador a mais no gelo. 

A vitória dos Leafs foi importantíssima pois foi contra uma equipe muito forte, fora de casa, e os colocou na terceira posição da divisão, passando o Boston Bruins. 

Os Leafs nem terão descanso, pois recebem o New Jersey Devils hoje, em Toronto.

Go Leafs Gooooo

20/03/2017 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 21 março 2017 Deixe um comentário

Em mais uma batalha direta pelos playoffs o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Boston Bruins no Air Canada Centre. Ambas equipes disputam ponto a ponto a classificação aos playoffs.

Os Leafs começaram o jogo de forma menos intensa que os Bruins, mas conseguiram igualar o volume de jogo. David Backes, que não havia treinado pela manhã, devido a um resfriado, abriu o placar aos 07m26s e Tuuka Rask fez defesas importantíssimas para garantir que a equipe visitante terminasse o primeiro período à frente no placar. Os Bruins chegaram a ficar com desvantagem de 2 jogadores no gelo, mas conseguiram se defender e não permitiram o gol de empate dos Leafs.

No segundo período, Morgan Rielly recebeu um passe de Mitch Marner e “driblou” Tuuka Rask para marcar o gol de empate. Foi um belíssimo gol que deixou a partida mais emocionante! Foi uma disputa como se fosse um jogo de playoffs! Um jogo muito intenso e muito acirrado! 

A intensidade continuou no terceiro período e ambas equipes levavam perigo ao adversário, mas Tuuka Rask e Frederik Andersen estavam muito bem no gol! Com pouco mais de 2 minutos para o final, Dominic Moore comete uma penalidade e os Leafs ganham um powerplay, que não desperdiçaram! Os Leafs trocaram passes, Tyler Bozak chutou e Rask defendeu, mas os Leafs continuaram no ataque. Após outra ótima troca de passes, Bozak novamente chuta, desta vez para vencer Tuuka Rask, marcando o gol da virada dos Leafs aos 18m03s. Esse gol fez os Bruins jogarem sem goleiro (empty-net), mas isso somente deu aos Leafs mais dois gols. Um marcado por William Nylander aos 18m47s, quando Nylander controlou o puck na zona defensiva dos Leafs e chutou direto ao gol dos Bruins. Nazem Kadri marcou o quarto gol dos Leafs aos 19m09s, após disputar o puck na zona neutra. No último minuto, os torcedores ainda viram os Bruins marcarem o segundo gol faltando apenas 10s para o final da partida, com Dominic Moore.

Com a vitória, os Leafs simplesmente “varreram” os Bruins nesta temporada! Foram 4 jogos e 4 vitórias dos Leafs! Isso não ocorria a algumas temporadas atras, quando éramos “fregueses” do time de Boston. Também com a vitória, os Leafs abrem 3 pontos de vantagem aos Isles e ficam a apenas 1 ponto dos Bruins na tabela de classificação. 

Foi uma vitória importantíssima! Bozak e Nylander tiveram uma ótima partida e Marner e Matthews tiveram uma assistência cada um e continuam pontuando e aumentando os recordes para novatos na temporada de entrada na NHL. 

O próximo jogo dos Leafs será amanhã, quarta-feira, contra o Columbus Blue Jackets, time já classificado aos playoffs e que disputa a liderança da conferência Oeste com o Washington Capitals. 

Go Leafs Gooooo – Rumo aos playoffs! 

09/03/2017 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 10 março 2017 Deixe um comentário

Com ambas equipes precisando vencer, Philadelphia Flyers e Toronto Maple Leafs se enfrentaram no Air Canada Centre, buscando manter as chances de se classificar para os playoffs.

Os Flyers saíram na frente com um gol em powerplay de Wayne Symmonds aos 06m09s. Simmonds desviou um chute de Shane Gostisbehere. William Nylander se aproveitou de um powerplay e marcou o seu nono gol em vantagem numérica aos 13m57s, empatando a partida. Esse marco empata o recorde de um jogador dos Leafs jogando sua primeira temporada na NHL.

Mats Sundin foi homenageado no intervalo da transmissão da SportsNet no Canadá e compararam Nylander a ele. Ambos são suecos, apesar de Nylander ter nascido no Canadá, quando seu pai jogava na NHL, Sundin veio aos Leafs numa troca que enviou Wendel Clark, o então capitão dos Leafs, com 46 gols marcados na temporada, etc. Sundin também marcou 9 gols em powerplay em sua primeira temporada pelos Leafs, mas já era a quinta temporada na NHL. Ele que foi selecionado na primeira escolha do Draft de 1989, demorou para ser aceito pelos torcedores como capitão da equipe, após a saída de Doug Gilmour, outra lenda do time, mas foi sempre um jogador decisivo e que jogava pela equipe. Sundin é o meu ídolo dos Leafs pois conheci a equipe quando ele era o capitão! 

No segundo período, aos 09m28s, Tyler Bozak roubou o puck de um jogador dos Flyers, conduziu o puck para a frente do gol de Michal Neuvirth e chutou, sem defesa! Bozak nem sequer havia treinado na manhã do jogo e era dúvida na escalação dos Leafs! 

Veio o terceiro período e com ele a pressão dos Flyers, buscando seus últimos 20 minutos de possibilidades de empate ou virada, mas Mitch Marner, que teve uma assistência no gol de Nylander, ficando a três gol do recorde de assistência de um novato nos Leafs, marcou um belo gol aos 13m44s, em outro powerplay para a equipe. Os Flyers ainda pressionaram Frederik Andersen que esteve simplesmente fenomenal na noite de ontem fazendo defesas espetaculares! Aos 17m32s, Shane Gostisbehere marcou o segundo gol dos Flyers, dando 02m28s de esperança à equipe visitante, que passou a jogar sem goleiro. A estratégia quase deu certo, não fosse por Andersen salvar os Leafs. Nazem Kadri, aos 19m00s marcou o quarto gol dos Leafs fechando o placar no Air Canada Centre.

Com a vitória os Leafs voltaram ao último Wild Card do Leste para os playoffs, apenas até o final do jogo do New York Islanders, que venceu na prorrogação e se manteve um ponto a frente dos Leafs. 

Amanhã enfrentamos o Carolina Hurricanes em Raleigh! 

Go Leafs Goooooooo

21/02/2017 – Winnipeg Jets @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 22 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Esse foi o último jogo entre essas equipes nesta temporada e a mídia norte americana coloca muita pressão na disputa entre os dois primeiros selecionados do Draft da NHL de 2016, Auston Matthews e Patrick Laine. São dois ótimos jovens jogadores que estão ajudando e muito suas equipes e que, indiretamente disputam a posição pelo melhor jogador novato da temporada. Ambos estavam empatados com 28 gols, mas Laine possuía 52 pontos no total, enquanto Matthews possuía 49.

O Toronto Maple Leafs começou bem e abriu o placar logo aos 01m02s num chute de Leo Komarov, sem ângulo, mas que acabou entrando no gol de Connor Hellebuyck. O Winnipeg Jets também pressionou e conseguiu marcar num Frederik Andersen um tanto mal na noite de ontem. Patrick Laine marcou aos 04m25s e Brian Little colocou os visitantes à frente aos 10m33s, em powerplay. 

Nazem Kadri recebeu um belo passe de Josh Leivo, que tinha dois defensores com ele, e fez um belo movimento, empatando a partida aos 15m52s. Os Jets não pararam de pressionar e num chute de longe, N. Helena voltou a colocar os Jets à frente aos 17m24s. O jogo ficou frenético no final do segundo período. Os Leafs acabaram por ganhar um powerplay e não desperdiçaram. William Nylander dominou o puck entre varios jogadoresndos Jets e passou na medida para Leo Komarov marcar o segundo gol da noite, voltando a empatar a partida aos 19m28s. Ainda nos segundos finais do período, Patrick Laine voltou a marcar após uma grande confusão e vários jogadores fora de posição. Laine ficou sozinho com o puck, de frente pro gol de Andersen e marcou o quarto gol dos Jets faltando apenas 3s para o término do segundo período. 

O jogo estava disputado e os Leafs ainda tinham chance no último período. Aos 03m30s, em outro powerplay, Auston Matthews chutou forte, o puck passou pelo lado direito do gol de Hellebuyck, bateu nas bordas e voltou pelo outro lado, na medida para William Nylander chutar de primeira, empatando a partida. O Powerplay dos Leafs é um dos melhores da liga! Esse gol levou o jogo à prorrogação, onde aos 02m29s, Jame Gardiner marcou o gol da vitória dos Leafs, que estão na terceira posição da sua divisão, 1 ponto à frente dos Bruins. 

Agora, com os dois gols marcados na noite, Patrick Laine tem 30 gols e 54 pontos, enquanto Matthews, que teve 3 assistências na noite, tem 28 gols e 52 pontos. A disputa continua!

Go Leafs Goooooo

18/02/2017 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

domingo, 19 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Tentando se manter na segunda posição de Wild Card, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Ottawa Senators que está na frente na tabela de classificação. 

Foi um jogo emocionante com a disputa da vitória a cada lance é com os times jogando muito fisicamente. 

Craig Anderson estava no gol dos Senators e Frederik Andersen no dos Leafs e ambos fizeram defesas espetaculares ajudando as equipes a manterem as chances de vitória no jogo.

O primeiro período viu os Senators levarem a melhor e saírem na frente com gols de Chris Wideman aos 17m26s e de Ryan Dzingel aos 17m46s. Os Leafs chutaram mais à gol, tiveram powerplay de 5 contra 3 e nem assim conseguiram marcar em Craig Anderson. 

O segundo período teve os Leafs com a mesma vontade do primeiro e Andersen fazendo ótimas defesas, mantendo os Leafs no jogo, até que Morgan Rielly marcou aos 14m38s, após uma boa jogada de Zach Hyman em frente ao gol dos Sens, que fez com que Craig Anderson prestasse mais atenção em Hyman e na hora do chute de Rielly não estivesse pronto. Nazem Kadri marcou o gol de empate numa ótima jogada em que, detrás do gol dos Sens, tentou chutar o punk para frente do gol (crease) e o puck bateu na lateral do capacete de um jogador por Sens, que estava quase deitado no gelo, tentando proteger o gol, e foi pro fundo do gol de Craig Anderson, empatando a partida aos 17m52s.

O último período guardou emoção. Logo aos 02m04s, com os Leafs em powerplay, Wilian Nylander recebeu um passe de Auston Matthews e marcou o gol da virada. Os Senators continuaram levando perigo ao gol de Frederik Andersen até que aos 05m32s, Mike Hoffman voltou a empatar a partida. Menos de um minuto depois, Derick Brassard se aproveitou de um ouço perdido próximo a Frederik Andersen e marcou o gol da virada aos 06m26s. A partir desse momento a partida ficou disputado e os Leafs até tiveram chances de empatar, mas no finalzinho, com os Leafs já jogando sem goleiro (empate net), os Sens marcaram com Mark Stone aos 18m10s e Derick Brassard aos 19m15s. O placar de 6 a 3 não reflete o jogo parelho que as equipes tiveram. 

Hoje, os Leafs vão até Raleigh, enfrentar o Carolina Hurricanes enquanto os Senators recebem os Winnipeg Jets. 

Go Leafs Goooo

06/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

terça-feira, 07 fevereiro 2017 Deixe um comentário

No último jogo da sequência fora de casa o Toronto Maple Leafs foi até o Barclays Center visitar o New York Islanders.

Vindos de vitória, os Leafs não perderam tempo e, mais uma vez, saíram atrás do placar, com um gol de Ryan Strome marcado aos 01m23s. Parece que todos os primeiros chutes à gol encontram o fundo da nossa rede! Nikita Soshnikov conseguiu o empate aos 13m27s e Auston Matthews virou o placar aos 14m51s. O time jogava bem, mas o jogo estava muito disputado. Nikolai Kulemin empatou para os Isles aos 18m13s. 

O segundo período viu os Leafs dominando o placar com gols de Mitch Marner aos 05m12s e Zach Hyman marcouno quarto gol dos Leafs, enquanto os Isles estavam em powerplay (com os Leafs em desvantagem numérica) aos 09m34s. Foi o terceiro gol short handed que Hyman marca na temporada, o maior número da NHL. Infelizmente Brock Nelson diminuiu para os Isles aos 13m48s. 

Com a vantagem de apenas um gol no placar, os Leafs defenderam a vantagem até os 13m30s do terceiro período, quando Josh Bailey marcou. Parecia que o caldo ia entornar, mas William Nylander conseguiu nos colocar à frente no placar novamente aos 17m59s. Os Islanders entraram no modo desespero e retiraram Thomas Greiss. A tática funcionou e os Isles empataram aos 18m31s com Andrew Ladd, que levou a partida à prorrogação. 

A prorrogação com três contra três é sempre emocionante, pois permite muitas chances de gol. Os Leafs tiveram ótima chance, mas Greiss defendeu. Os Isles tiveram um contra-ataque em 3 contra 1 e não desperdiçaram. Brick Nelson marcou o gol da vitória aos 02m42s da prorrogação.

Foi mais uma vitória que simplesmente escorreu pelos dedos! Precisávamos manter os Isles controlados no final do terceiro período e não conseguimos! Um ponto é melhor que nada, ainda mais jogando fora, mas deixar empatar no finalzinho e ainda perder na prorrogação foi um duro golpe. 

Os Leafs voltam ao gelo hoje à noite, em casa, contra o Dallas Stars! Vamos tentar devolver o placar que tivemos em Dallas na semana passada! 

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: