Arquivo

Posts Tagged ‘William Nylander’

Leafs até agora na temporada 2019: Decepção ou Esperança?

terça-feira, 29 outubro 2019 Deixe um comentário

Já deixo aqui o meu pedido de desculpas por não ter atualizado o Maple Leafs Brasil desde o começo da temporada 2019-20, mas na verdade está muito difícil manter o ritmo de atualizações a cada jogo, por razões pessoais e profissionais. Vou continuar dando o meu melhor para trazer aqui notícias e fatos relevantes.

Já estamos com 13 jogos na temporada e hoje à noite enfrentaremos o Washington Capitals buscando nossa sétima vitória, ou seja, perdemos sete jogos, sendo dois deles na prorrogação ou shootout, e somente vencemos seis!

A equipe ainda está tentando encontrar seu ritmo de jogo, a maior convivência entre os jogadores para que um saiba, instintivamente, onde o outro está no gelo, como o que acontece com o Boston Bruins na linha Marchand, Bergeron e Pastrnak, e nossos defensores ainda necessitam ser melhores, mas a boa notícia é que ainda temos tempo para tudo isso acontecer!

Matthews, Nylander, Tavares e Marner vêm jogando bem e levando muito perigo ao gol adversário. Foi uma pena John Tavares ter quebrado um dedo da mão e precisar ficar fora para se recuperar, mas nosso capitão vai ser muito importante pra equipe!

Outras peças importantes tem sido Alexander Kerfoot, Trevor Moore e o Russo apreciador de sopa, Ilya Mikheyev, aliás o “Souper Man”, como tem sido chamado, tem se adaptado muito bem ao estilo de jogo da NHL e em muito pouco tempo!

Na defesa, Morgan Rielly, Jake Muzzin, Tyson Barrie, Martin Marincin, Justin Holl, Cody Ceci e cia, têm tido muitos altos e baixos, o que nos causaram alguns gols e algumas derrotas na temporada. Barrie ainda não se achou na equipe e não tem tido a mesma performance que tinha no Colorado Avalanche. Infelizmente por motivos estratégicos, Rasmus Sandin, acabou sendo retornado ao Toronto Marlies, mesmo tendo apresentado um ótimo nível de jogo na NHL. Com certeza o veremos na equipe principal em breve.

Quanto aos goleiros, Freddie está super bem, mas Michael Hutchinson não tem tido uma performance espetacular, e na verdade está deixando a desejar como um goleiro backup. Tenho saudades de Curtis McElhinney.

Zach Hyman e Travis Dermott estão para retornar e estrear na temporada, o que trás qualidade, apesar de criar alguns problemas salariais que Babcock e Kyle Dubas terão que resolver.

Sei que todos estamos ávidos por resultados e por ver nosso Toronto Maple Leafs jogando bem e ditando o ritmo de jogo, mas a equipe mudou muito nesta pré/pós temporada! É necessário tempo para colocar cada peça no seu devido lugar!

Eu acredito que a equipe vai se entrosar mais e ainda seremos muito felizes de termos todos esses jogadores apresentando um ótimo nível de jogo! Ainda não é hora pra decepção!

Go Leafs Goooooooooo

Realmente estamos precisando de Hóquei! Venha logo temporada 2019-20!!

segunda-feira, 15 julho 2019 Deixe um comentário

Hoje, William Nylander divulgou em seu Twitter oficial que vai passar a usar o número 88 em sua camisa, em substituição ao 29 e, num ato muito nobre, informou que os fans que queiram trocar os números das camisas já compradas, que ele pagará pela troca, mas só na loja oficial no Scotiabank Arena.

Bastou isso para que a Leafs Nation, que é enorme e tem gente com todo o tipo de opinião, começasse uma discussão sem fim sobre o direito dele de usar o número 88, uma vez que esse é o número que o Hall of Famer Eric Lindros, que ficou famoso jogando pelos Philadelphia Flyers, usou em sua carreira. E algumas pessoas estão realmente muito aversas a alguém usar o número 88! Eles citam que Nylander quer aparecer, que devia ter mais respeito por se tratar de um número de um jogador do Hall da Fama, entre outras opiniões.

O foco realmente saiu da contratação de Mitch Marner, que ainda não assinou contrato e não sabemos exatamente como anda essa negociação, ou o que pode estar travando a decisão de Marner e dos Leafs.

Na minha opinião, William Nylander, assim como qualquer outro jogador da NHL tem o direito de escolher o número que quer usar em sua camisa, por fatores pessoais, sempre que aquele número estiver disponível na equipe em que ele joga. Lembro aqui que o único número retirado pela NHL, é o número 99, usado por Wayne Gretzky. Todos os outros, mesmo os que são homenageados por equipes, com seus jogadores lendas do hóquei, podem ser usados sem qualquer problema. Pelo que li, Nylander sempre usou o número 88 e a Leafs Nation devia se focar em apoiar a equipe e seus jogadores, ao invés de criar esse clima de pressão e de “mimimi” que pode fazer com que ótimos jogadores deixem de ter interesse de vir defender a equipe que tanto amamos!

O mais engraçado é que o número 88 é usado por vários jogadores na NHL como: David Pastrnak, Patrick Kane e Andrei Vasilevskiy, e eles não tiveram nem 5% da discussão que alguns membros da Leafs Nation estão fazendo.

Vamos deixar os jogadores serem jogadores e cobrá-los por suas performances no gelo quando a temporada começar! Esse tipo de discussão sobre o número que vai usar não nos leva a nada!

Imagina se alguém quiser usar números já consagrados e homenageados pelos Leafs? Imagina alguém com a camisa 13 de Mats Sundin, 17 de Wendel Clark, 14 de Dave Keon, 21 de Borje Salming, 27 de Frank Mahovlich e de Darryl Sittler ou a 93 de Doug Gilmour?

Go Leafs Goooooo – com ou sem Marner!

11/04/2019 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – Jogo 1 – Rodada 1 – Playoffs

quinta-feira, 11 abril 2019 Deixe um comentário

Estive um pouco ausente, sem conseguir postar os últimos jogos da temporada regular, mas voltei e vou tentar postar todos os jogos dos playoffs!! E que sejam muitos!!

Hoje tivemos a estreia nos playoffs desta temporada, mais uma vez contra o Boston Bruins!

Havia muito receio, afinal perdemos pra eles no ano passado, em sete jogos! E há também aquele outro fatídico jogo 7, quando liderávamos por dois gols a menos de 3 minutos pro final e, acabamos cedendo o empate e depois, perdemos na prorrogação!

Os Leafs tinham que vir com muita raça e vontade de vencer os Bruins, e foi isso que vi no jogo de hoje!

Desde o começo estávamos mais atentos, jogando mais físico, disputando cada puck! Nylander acabou cometendo uma penalidade e deixou os Bruins com um powerplay. Patrice Bergeron não desperdiçou!! Aos 09m31s do primeiro período, Bergeron abriu o placar para os Bruins numa ótima jogada! Somente aos 16m44s foi que os Leafs chegaram ao empate, com Mitch Marner numa jogada em que Marner se aproveitou de um chute que pegou na trave e chutou novamente no meio de vários jogadores dos Bruins. O puck acabou desviando em alguém e entrando!

Ambas equipes tiveram muitas chances, mas foram os Leafs que saíram com a vitória! Marner marcou o seu segundo gol, após receber uma penalidade onde Jake DeBrusk acabou derrubando Marner num contra-ataque! Marner marcou aos 02m47s, num Penalty Shot, com is Leafs jogando shorthanded! William Nylander, que teve um ano controverso, mas que está jogando muito, encontrou seu gol num contra-ataque aos 18m25s, vencendo Tuuka Rask por entre as pernas (Five Hole).

Frederik Andersen fez ótimas defesas para garantir nossa vitória! E o jogo foi muito disputado no terceiro período. Até que, aos 18m41s, John Tavares venceu um face-off na zona defensiva dos Leafs, disputou o controle do puck e chutou no gol vazio dos Bruins, à distância, marcando o quarto gol dos Leafs em Empty Net!

Já conseguimos nossa primeira vitória nos playoffs! Só faltam mais 15 para vencermos a Stanley Cup!!

Go Leafs Goooooooooooooo

27/02/2019 – Edmonton Oilers @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 28 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Recebemos o Edmonton Oilers de Connor McDavid, Leon Draisatl e Ryan Nugent-Hopkins e precisávamos continuar vencendo.

Novamente começamos o jogo de forma sonolenta, se é que essa é a melhor palavra para definirmos Leafs e Leon Draisatl que recebeu o puck na zona defensiva, conduziu o disco ao ataque e simplesmente foi passando por todos. Quando chegou mais perto do gol de Frederik Andersen, Ron Hainsey o acompanhou, mas não conseguiu desviar o puck e deixou Draisatl chegar a chutar em Freddie e então aproveitar seu próprio rebote para abrir o placar para os Oilers aos 11m06s, em powerplay. Os Leads somente empataram o jogo aos 18m02s, com Patrick Marleau.

Com o jogo empatado os Leafs tiveram um segundo período muito parecido com o que tiveram contra os Sabres. Foram 4 gols: Mitch Marner aos 01m09s, após receber passe de Zach Hyman, Andreas Johnsson aos 02m26s, William Nylander aos 04m50s, com um chute que acertou o único local desprotegido de Mikko Koskinen e entrou. Com esse gol, enquanto os Leafs estavam em powerplay, Koskinen foi substituído por Anthony Stolarz, que não defendeu um chute de Andreas Johnsson, seu segundo gol da noite aos 08m09s, também em powerplay.

O terceiro período viu John Tavares ampliar para 6 gols e, após uma jogada muito revisada, o segundo gol dos Oilers foi confirmado, marcado por Nugent-Hopkins, aos 16m06.

O jogo teve um lance mais físico de Brad Malone sobre Travis Dermott, levando Dermott aos gelo e contundindo o jogador dos Leafs, aparentemente o ombro. O mais raro é que Malone nem teve um minuto de penalidade, já Dermott não retornou mais ao jogo.

Amanhã visitaremos o New York Islanders, antiga equipe de John Tavares, que vai recebê-lo com todo rancor do mundo após o jogador ter trocado de time, indo à Toronto após a temporada 2017/18.

Boa sorte Tavares! Boa sorte Maple Leafs!!!

Go Leafs Gooooooo

23/02/2019 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

domingo, 24 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após perder três jogos consecutivos pela primeira vez na temporada o Toronto Maple Leafs precisava de um jogo com muita rivalidade para “acordar” e voltar a mostrar a raça que os torcedores tanto desejam.

Jogar contra o Montreal Canadiens nunca é fácil e as equipes têm uma rivalidade histórica na NHL, além de serem parte dos times chamados de Original Six. Montreal está jogando bem e tem jogadores espetaculares como o goleiro Carey Price, o defensor Shea Weber e o atacante Brendan Gallagher.

O jogo começou bem mal para o time da casa, que parecia estar sem energia, perdendo todas as disputas e não conseguindo jogar. Os Habs se aproveitaram e começaram com todo o gás. Andrew Shaw abriu o placar vencendo Frederik Andersen aos 08m07s. Tomas Tatar aumentou aos 12m44s e Jeff Petry marcou mais um para os Habs aos 13m52s, esse em um powerplay. Com três gols marcados no primeiro período e sem jogar bem, parecia que teríamos nossa quarta derrota seguida na temporada.

Veio o segundo período e os Leafs devem ter tomado uma chacoalhada de Mike Babcock jos vestuários pois voltaram melhor e conseguiram se impor mais no gelo. Auston Matthews conseguiu vencer Carey Price logo no início do período, aos 02m13s, também num powerplay. Após o gol de Matthews os times batalharam muito e houve até mesmo disputas mais físicas, uma delas entre Auston Matthews e Shea Weber, além de outra envolvendo Kapanen. Tyler Ennis diminuiu a vantagem para apenas um gol aos 18m06s, em outro powerplay para os Leafs, onde a troca rápida de passes foi essencial para abrir espaço para um bom chute contra Carey Price.

Agora era voltar focado pro terceiro período e conseguir o gol de empate para ter aquela injeção de confiança e ganhar o jogo. Apesar de muita disputa, foi numa jogada que teve a ajuda das bordas do gelo que William Nylander empatou aos 06m58s. O puck seguia pela borda para o fundo do gelo dos Habs, quando bateu em alguma parte que não estava bem alinhada e traiu Price que se movia para pegar o puck atrás do gol. O puck desviou para frente do gol e pro taco de Nylander, que não desperdiçou. O jogo empatado teve chance para as duas equipes, inclusive com um puck na trave de Freddie. A vitória só veio aos Leafs faltando 01m50s para o final do terceiro período. Zach Hyman se aproveitou de um rebote de Price num chute de Mitch Marner e marcou o quarto gol dos Leafs. Com o gol, os Habs retiraram Price para tentar pressionar os Leafs no Empty Net, mas is Leafs levaram a melhor com Andreas Johnsson numa bela jogada com Kasperi Kapanen, aos 19m02s. Aos 19m37s, Zach Hyman partiu sozinho atrás de um puck com o gol dos Habs aberto e Shea Weber acabou cometendo uma penalidade na hora que Hyman ia chutar no gol aberto. Os juízes consideraram que Hyman ia marcar e validaram a jogada como gol. Placar final Habs 3 x Leafs 6.

Esse jogo esquentou no final e jogadores no banco das duas equipes começaram a discutir. No final foi bom para reavivar os jogadores dos Leafs! Que esse sentimento permaneça até os playoffs. Nesta temporada os Habs perderam os três jogos contra os Leafs!

Go Leafs Goooooooo

09/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 10 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Finalmente voltamos a ter uma sequência de vitórias e esse jogo foi uma disputa direta, contra um adversário na mesma divisão e que estava a apenas um ponto dos Leafs, ou seja, uma disputa direta pela melhor colocação na tabela de classificação.

O Montreal também estava vindo de uma sequência de vitórias e estavam confiantes já que jogavam em casa, no Bell Centre.

Aos 00m51s, Andrew Shaw encontrou o caminho do gol e abriu o placar num chute à distância. Para o alívio dos torcedores de Toronto, Andreas Johnsson empatou aos 02m20s. Aliás, Johnsson vem jogando muito bem, marcando gols e muitos pontos nos dois últimos jogos. Nikita Zaitsev acertou um chute da linha azul e, no meio do tráfico de jogadores, não deu para Carey Price ver o puck, que entrou no ângulo direito!

O segundo período teve gol de Tomás Tatar aos 01m13s, durante uma pressão dos Canadiens sobre os Leafs. Mais tarde no terceiro período, Brendan Gallagher vira o placar aos 07m24s, e, novamente os Leafs foram buscar o empate, dessa vez com William Nylander que marcou um belíssimo gol no canto direito de Price.

Jogo empatado nos leva à prorrogação. Os Leafs estavam desesperados, pois faltando menos de 1 minuto, Nikita Zaitsev chuta o puck e ele vai pra fora do gelo, dando um powerplay para os Habs. A prorrogação começou com os Habs pressionando e Frederik Andersen fazendo ótimas defesas. Os Leafs se seguraram como puderam e, aos 02m17, Mitch Marner partiu para o ataque levando o puck e passou para John Tavares fazer um belíssimo gol em backhand! Jogo decidido!! Leafs 4 x Habs 3.

Amanhã dia 10, jogamos novamente, agora no Madison Square Garden, onde enfrentaremos o New York Rangers!

Go Leafs Gooooooo

04/02/2019 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

sábado, 09 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após uma derrota por 9 a 2 contra o Winnipeg Jets, levando seis gols só no primeiro período, o Anaheim Ducks continuou sua viagem ao Canadá, visitando o Toronto Maple Leafs.

Os Ducks conseguiram segurar o ataque dos Leafs no primeiro período, mas os Leafs chegaram ao gol aos 03m02s do segundo período, com John Tavares. Andreas Johnsson marcou o segundo aos 13m40s. Jake Muzzin também marcou, o seu primeiro gol pelos Leafs, aos 19m57s no powerplay!

Com 3 a 0 no placar, os Leafs foram ao terceiro período mais tranquilos. Rickard Rakell até chegou a diminuir para os Ducks aos 02m45s, vencendo Frederik Andersen, mas John Gibson permitiu mais 2 gols para os Leafs, marcados por Connor Brown, aos 03m16s, e de William Nylander aos 06m04s. Esse gol retirou Gibson do gol, sendo substituído por Chad Johnson. Aos 14m51s, Andreas Johnsson fechou o placar com mais um gol. O jogador marcou dois gols e duas assistências na noite! Jake Muzzin marcou duas assistências e um gol!

Foi uma ótima noite para os Leafs!!!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: