Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘William Nylander’

12/02/2018 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 13 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Enfrentar o Tampa Bay Lightning, uma das melhores equipes da NHL, nunca é fácil, mas é o que o Toronto Maple Leafs necessita fazer para chegar à tão sonhada Stanley Cup. Os Lightning foram à Toronto e nos estávamos preparados para eles.

William Nylander foi o jogador da noite, abrindo o placar aos 11m55s do primeiro período. Foi ele também que aumentou a liderança com o segundo gol dos Leafs aos 03m08s do segundo período. Pouco depois quase consegue o hat-trick, mas teve seu chute defendido por Andrej Vasilevskyi. Jake Gardiner colocou os Leafs com 3 gols de vantagem no placar aos 11m36s, antes de Alex Killorn diminuir aos 15m59s, finalmente vencendo Frederik Andersen.

No terceiro período, apesar dos Leafs saberem que os Bolts tentariam usar todo o seu poder para vencer a partida, não conseguimos evitar levar dois gols em 20s, deixando os Bokts empatarem a partida. O segundo gol deles foi marcado por Nikita Kucherov aos 00m58s, seu gol de número 30 na temporada. O gol de empate foi de Yanni Gourde, aos 01m18s. Quando tudo parecia perdido e, com os Lightning pressionando, James Van Riemsdyk marcou o gol da vitória bem no canto direito de Vasilevskyi. No final, com os Bolts sem goleiro, os Leafs sofreram muito, mas mantiveram a liderança e garantiram a vitória.

Nylander marcou três pontos (dois gols e uma assistência), e Matthews também marcou três pontos, em três assistências!

Foi uma ótima noite para os Leafs que têm tido uma bela sequência de vitórias.

Amanhã receberemos a visita dos Columbus Blue Jackets.

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

05/02/2018 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 06 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após uma derrota contra o Boston Bruins, o Toronto Maple Leafs retornou ao Air Canada Centre para receber a visita do Anaheim Ducks do técnico Randy Carlyle.

O Anaheim Ducks é uma equipe que joga muito fisicamente e é muito rápida, mas isso não deu vantagem à eles no primeiro período, onde Auston Matthews marcou para os Leafs aos 06m32s, num belíssimo wrap-around, aquele gol em que o jogador circula por trás do gol e consegue marcar do lado oposto, vencendo o goleiro adversário na velocidade! Ryan Miller não conseguiu se mover de uma trave à outra a tempo de defender.

Aparentemente Randy Carlyle ajustou bem a equipe dos Ducks nos vestuários, pois a equipe voltou muito melhor no segundo período. Ryan Getzlaf empatou o jogo logo aos 00m43s. William Nylander nos colocou novamente à frente aos 05m52s, após receber um belíssimo passe de Jake Gardiner, que o deixou cara a cara com Miller. Após esse gol, os Leafs ficaram sonolentos no gelo e deixaram Rickard Rakell empatar aos 08m23s e Ondrej Kase virar aos 11m06s em um powerplay. Faltando 06m15s para terminar o período, vimos uma jogada de Corey Perry, não intencionalmente, acabar retirando Frederik Andersen da partida. O goleiro dos Leafs acabou tomando um chute na cabeça após defender a tentativa de gol de Perry. Foi um momento tenso pois a entrada de Curtis McElhinney, um tanto frio na partida, sempre traz riscos, mas para nossa sorte, Mitch Marner empatou para nós aos 15m28s, também em powerplay e Leo Komarov virou o jogo aos 17m40s, desviando um chute de Gardiner, fechando o segundo período à frente novamente.

Rakell voltou a marcar, empatando o jogo em 4 gols para cada equipe aos 02m07s do terceiro período, mas a partir desse ponto, os Leafs pressionaram e Nylander voltou a marcar aos 03m28, novamente sozinho em frente à Miller, numa jogada em que um jogador dos Ducks teve o puck bloqueado e Nylander estava no local certo, na hora certa, para não desperdiçar. Após esse quinto gol, os Leafs mantiveram a vantagem no placar até o final com o segundo gol de Auston Matthews aos 16m49s e um gol de Zach Hyman aos 19m06s, já em Empty Net.

Aparentemente Freddie está bem, de acordo ao que Mike Babcock informou depois da partida, mas vai ser reavaliado nos treinos de hoje. Curtis McElhinney entrou e jogou bem, como vem fazendo quando necessitamos dele.

Nosso próximo jogo será amanhã, em casa, contra o Nashville Predators de P. K. Subban.

Go Leafs Goooooooo

24/01/2018 – Toronto Maple Leafs @ Chicago Blackhawks

quinta-feira, 25 janeiro 2018 Deixe um comentário

A derrota contra o Colorado Avalanche deu aos Leafs a urgência de voltar a vencer e, visitando o Chicago Blackhawks, não seria uma tarefa muito fácil!

O Toronto Maple Leafs não começou bem a partida, tanto que deixou a equipe da casa jogar muito fisicamente e não dar espaço para o ataque dos Leafs. Brent Seabrook abriu o placar aos 05m29s num powerplay. Os Leafs continuaram jogando mal, mas conseguiram retribuir e empatar a partida aos 16m17s, com Mitch Marner, que desviou um chute de Nazem Kadri. Foram 17 chutes à gol do Chicago, contra 11 dos Leafs no primeiro período!

Jeff Glass e Frederik Andersen travaram uma bela Batalha, com ótimas defesas de ambos os lados.

No terceiro período, num powerplay, Nazem Kadri marcou aos 04m58s, colocando os Leafs à frente no placar. O gol de empate dos Blackhawks foi controverso. Aos 07m55s, também em powerplay, Nick Schmaltz, marcou para os Hawks, mas a jogada também teve um outro jogador dos Blackhawks envolvido, inclusive caindo por sobre Freddie. Após revisão, o gol foi validado, mas os torcedores dez Toronto ficaram muito revoltados, pois Auston Matthews teve um gol contra os Avs anulado com um contato muito menor no goleiro. Essa regra de Goalie Interference é muito inconsistente! A NHL deveria rever isso!

Com a decisão sendo levada à prorrogação, todos viram William Nylander receber o puck, num passe de Auston Matthews logo após o face-off e partir sozinho pra cima de Jeff Glass. Quando estava para chutar ao gol, Brent Seabrook acertou as luvas de Nylander com seu taco, o que gerou um penalty shot aos 00m06s da prorrogação. Nylander não desperdiçou e deu a vitória aos Leafs!

A equipe mal teve descanso e hoje enfrenta o Dallas Stars, em Dallas!

Go Leafs Gooooooo

08/01/2018 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 09 janeiro 2018 Deixe um comentário

Depois de duas vitórias seguidas no shootout, a famosa cobrança de pênaltis após o empate continuar na prorrogação, o Toronto Maple Leafs veio ao jogo contra o Columbus Blue Jackets mais focado e buscando a vitória desde o começo.

Mais uma vez os goleiros estavam muito bem na partida e tanto Frederik Andersen, quanto Sergei Bobrovsky estavam fazendo importantes defesas, até que, no segundo período, aos 11m09s, James Van Riemsdyk se posicionou em frente ao gol de Bobrovsky e conseguiu desviar um chute de Roman Polak, que ia para fora, de forma que o puck entrou no cantinho do gol, abrindo o placar, num momento em que os Blue Jackets estavam melhor. Aos 16m02s, usando a vantagem de um powerplay, William Nylander chutou de forma perfeita, pois o puck entrou na “forquilha” no único lugar deixado aberto pelo goleiro visitante!

Com 2 a zero no placar, os Leafs continuaram a pressão no terceiro periodo e seguraram os Blue Jackets a apenas 4 chutes à gol, entretanto, nos últimos 5 minutos, acabaram cedendo o empate. O primeiro gol foi marcado por Nick Foligno aos 15m25s, dando esperança à equipe visitante. Muito pouco tempo depois, Morgan Rielly tentou ligar o ataque, mas seu longo passe foi interceptado na zona neutra e deu aos Blue Jackets a chance que eles precisavam. Pierre-Luc Dubois marcou e empatou a partida aos 17m13s.

Não podemos deixar uma vitória escapar nos últimos 5 minutos de jogo! Pelo menos garantimos um ponto no jogo, pois na prorrogação, após algumas boas chances para os Leafs com Tyler Bozak e William Nylander, onde Bobrovsky foi perfeito, Nylander acabou sendo displicente e não se aplicou tanto na defesa, deixando Artemi Panarin livre para receber um passe e chutar o puck para seu taco, para marcar o gol da vitória aos 03m11s. A jogada foi revisada para ver se Panarin não havia chutado o puck ao gol, o que o anularia, mas a revisão validou o gol e deu a vitória aos Blue Jackets.

Foi uma decepção após o ótimo jogo que os Leafs estavam tendo e, principalmente para Freddie, que estava muito bem na partida! Mas pelo menos conseguimos um ponto, então não foi uma perda total!

Mais uma vez Travis Dermott jogou e foi muito bem na partida.

Amanhã recebemos nossos rivais de província, o Ottawa Senators, para mais uma Batalha de Ontário!

Go Leafs Gooooooooo

28/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Arizona Coyotes

sábado, 30 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após passar o Natal com sua família, no Arizona, nada poderia ser mais revigorante para Auston Matthews que enfrentar a equipe que ele mais vou quando crescia, se desenvolvendo, jogando Hóquei quando criança, o Arizona Coyotes.

Matthews alugou um camarote na Gila River Arena, para seus familiares e amigos mais próximos e todos assistiram à partida usando sua camisa, número 34!

O jogo começou com os Coyotes pressionando e logo o time da casa ganhou um powerplay. Para a felicidade dos Leafs, Zach Hyman se aproveitou de um erro de um defensor dos Coyotes e marcou para os Leafs aos 08m55s, shorthanded, ou seja, com um jogador a menos no gelo. Auston Matthews marcou o seu primeiro, contra os Coyotes, aos 10m58s, recebendo um passe de William Nylander. O Toronto Maple alegada aumentou para 3 a 0 com um gol de Mitch Marner aos 11m25s. Foi quando o time da casa conseguiu reduzir a vantagem com gols de Josh Archibald e Brendan Perlini aos 14m15s e 15m32s respectivamente.

Parecia que o time da casa ia conseguir pressionar para chegar ao empate, mas Patrick Marleau marcou aos 09m15s do segundo período, em powerplay. William Nylander marcou aos 15m13s e Marleau novamente aos 15m23s. Parecia que Scott Wedgewood, o goleiro dos Coyotes, não estava vendo os chutes direito. Deve ser bem frustrante tomar 6 gols em dois períodos! Jordan Martinook ainda diminuiu aos 18m33s, mas o placar já estava 6 a 3 para os Leafs.

No último período, Christian Fischer marcou mais um para os Coyotes aos 14m07s, num powerplay, vencendo Frederik Andersen. No finalzinho, com os Leafs já em Empty Net, Connor Brown fechou o placar, uma vitória de 7 a 4 contra o Arizona Coyotes!

Foi um ótimo jogo com todas as linhas jogando muito bem!

Nem deu muito tempo para Matthews comemorar com sua família pois na noite seguinte enfrentamos o Colorado Avalanche em Denver.

Go Leafs Gooooooo

23/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

quinta-feira, 28 dezembro 2017 Deixe um comentário

Sem uma vitória fora de casa desde 9 de Dezembro, os Leafs foram à New York, enfrentar o New York Rangers. Esse jogo marcou o retorno de Auston Matthews ao elenco, após ficar se recuperando de uma concussão.

Os Leafs jogaram bem e William Nylander abriu o placar aos 17m14s do primeiro período.

Ron Hainsey aumentou a liderança aos 50s do segundo período, num powerplay para os Leafs, e tudo parecia sob controle para a equipe de Toronto, mas aos 02m37s, Frederik Andersen cometeu um erro ao controlar o puck atrás do gol dos Leafs e Jimmy Vesey se aproveitou para marcar o primeiro gol dos Rangers. Graças ao Deus do hóquei, Auston Matthews marcou o terceiro dos Leafs num chute de backhand, aos 11m22s, voltando a dar um alívio aos torcedores e deixando Henrik Lundqvist muito frustrado.

No terceiro período, os Rangers conseguiram se aproximar novamente com um gol de J. T. Miller aos 11m25s. Faltando menos de 5 minutos para o final, os Rangers conseguiram marcar com uma jogada muito veloz de Michael Grabner, mas após revisão, um jogador dos Rangers estava à frente da linha azul, bem em frente ao banco dos Leafs, e o gol foi corretamente invalidado. Os Rangers não conseguiram mais um gol para voltar a empatar a partida.

Que bom voltar a vencer fora de casa!

Go Leafs Goooooo

19/12/2017 – Carolina Hurricanes @ Toronto Arenas

quinta-feira, 21 dezembro 2017 Deixe um comentário

No jogo que marcou o centenário do primeiro jogo do Toronto Maple Leafs, que em 1917 eram o Toronto Arenas, na NHL, os visitantes dessa vez foram o Carolina Hurricanes.

A 100 anos atrás, os Arenas perderam para o Montreal Wanderers por 10 a 9, mas não deram chance dos Canes de fazer o mesmo feito em 2017. Os Leafs já foram Arenas entre 1917 e 1919, St. Pats entre 1919 e 1927, antes de Conn Smythe, o então dono da equipe, mudar o nome para Toronto Maple Leafs, homenageando uma divisão do exército canadense do qual ele mesmo fez parte.

A prefeitura de Toronto decretou o dia 19 de dezembro como sendo o Toronto Maple Leafs Day, celebrando toda a história desta equipe que representa a cidade a 100 anos! É uma grande homenagem à uma equipe entre as mais vencedoras na NHL, mas que não tem tido o mesmo sucesso nos últimos 50 anos!

Com o puck no gelo, os Leafs simplesmente se impuseram e aos 02m52s, com os Canes em powerplay, Leo Komarov partiu para cima de Scott Darling, que não conseguiu defender o chute do atacante dos Leafs, que abriu o placar com um gol shorthanded, o primeiro dos Leafs na temporada e o quarto da carreira de Komarov na NHL. Mitch Marner que teve uma noite excelente e acabou anotando 4 pontos no jogo, marcou o segundo dos Leafs aos 05m33s num powerplay. Os Canes até tentaram dificultar, mas paravam em Frederik Andersen. Somente aos 09m07s, Jeff Skinner fez uma ótima jogada e conseguiu vencer Freddie num chute que resvalou em Ron Hainsey. Apesar disso, os Leafs ainda marcaram com James Van Riemsdyk aos 10m34s, em outro powerplay, e Tyler Bozak, aos 13m28s, abrindo 4 a 1 no placar no primeiro período. O gol de JVR foi-nos gol de número 20.000 na história! Mais um marco deste excepcional e comemorativo jogo!

A equipe parecia estar muito mais “ligada” no jogo que ocorreu às 14:00 em Toronto, entretanto o segundo período não viu gols de ambas equipes, mas viu belas defesas tanto de Freddie quanto de Darling.

O terceiro período viu os Leafs voltarem novamente focados e definindo o placar e o jogo. Patrick Marleau marcou aos 09m25s e, apenas seis segundos depois, Kasperi Kapanen marcou outro. William Nylander também acabou com a sua “seca” e marcou aos 14m05s. Para fechar a partida, outro jogador que não marcava a muito tempo, Connor Carrick, marcou aos 18m33s, num powerplay.

Que vitória marcante num jogo comemorativo de 100 anos na NHL! Foram oito gols marcados por oito jogadores diferentes! Bozak e Marner tiveram 4 pontos na partida, 1 gol e 3 assistências cada!

Pena que Auston Matthews ainda está se recuperando de lesão e não pode participar. Quem sabe implicar não seria ainda maior com ele no gelo?!?

Hoje à noite os Leafs já enfrentam o Columbus Blue Jackets, fora de casa! Que essa vibe da vitória de ontem seja mantida!!

Parabéns Toronto Maple Leafs pelos seus 100 anos na NHL! Parabéns pela vitória!

Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: