Arquivo

Arquivo do Autor

Kasperi Kapanen retorna ao Pittsburgh Penguins

sábado, 05 setembro 2020 Deixe um comentário

Kasperi Kapanen foi draftado pelo Pittsburgh Penguins na primeira rodada, escolha geral 22, em 2014 e, em 2015 foi usado para a troca que envolveu a saída de Phil Kessel dos Leafs.

Os Leafs anunciaram em 25 de agosto de 2020 que Kapanen retorna aos Penguins numa troca envolvendo vários jogadores e uma escolha de primeira rodada deste ano. Os Leafs recebem a escolha de primeira rodada de 2020, escolha de número 15, os atacantes Evan Rodrigues e Filip Hallander e o defensor David Warsofsky em troca de Kasperi Kapanen, Pontus Aberg e o defensor Jesper Lindgren.

Essa troca acaba dando uma maior chance para Kapanen nos Penguins, onde ele poderá jogar mais tempo nas linhas mais altas do ataque do time de Pittsburgh, afinal nos Leafs era difícil competir com Nylander, Marner, Matthews, Tavares, e Kapanen acabava sem muito espaço no elenco.

Para os Leafs podemos considerar que Nick Robertson pode ser um substituto mais barato para os 3.2 milhões de dólares de salário de Kapanen e os Leafs ainda conseguiram abrir espaço no Teto Salarial (Cap) além de trazerem Hallander, um jogador que pode vir a se desenvolver e fazer parte do time principal! Evan Rodrigues já tem quase 200 jogos na NHL e pode ajudar o elenco dos Leafs de alguma forma. Warsofsky deve acabar mesmo ajudando o Toronto Marlies.

Essa foi a primeira negociação de Kyle Dubas após a derrota dos Leafs que encerraram a temporada 2019-20! Existem ainda muitos outros rumores, como o interesse do Carolina Hurricanes por Frederik Andersen e a necessidade dos Leafs de melhorarem sua defesa! Assim, ainda veremos muitas outras negociações de Dubas nesta off-season!

Go Leafs Goooooo

Fim da temporada 2019-20 para os Leafs

sábado, 22 agosto 2020 Deixe um comentário

Todos podemos ter uma grande certeza sobre a temporada 2019-20, ela será inesquecível!

Essa temporada da NHL foi marcada pela pandemia global do Coronavírus, que congelou a temporada regular faltando apenas 12 jogos por jogar, fez com que a liga, as equipes e os jogadores ficassem totalmente parados, incluindo o fato de ficarem sem treinar por praticamente 3 meses, e pela decisão de voltar a temporada já nos playoffs, mas com um calendário alterado e contando com 24 equipes, oito a mais. A razão para isso foram exatamente os 12 jogos restantes a serem disputa dos na temporada regular. Uma vez que haviam equipes disputando as últimas posições da classificação em cada conferência, seria injusto simplesmente escolher os oito times mais bem classificados de cada conferência. Imagina uma equipe que estivesse na nona posição, com diferença de somente um ponto para o oitavo e dois para o sétimo. Como dizer que ela não estaria classificada se jogasse os 12 últimos jogos?

O que foi criado como parte dos playoffs deste ano foi uma série de playoff de qualificação (Qualifier’s). Neste caso, os Leafs enfrentaram o Columbus Blue Jackets em uma série melhor de 5 jogos.

Como meu último post foi do terceiro jogo, em que os Blue Jackets viraram o placar de 3 a 0 dos Leafs, vencendo com um gol na prorrogação, acabei não informando aqui os dois últimos jogos da série.

O quarto jogo da série foi indescritível! O Toronto Maple Leafs estava jogando muito mal, sem levar perigo ao gol de Joonas Korpisalo, e estavam com um placar de 3 a 0 faltando quatro minutos para o jogo acabar e a equipe ser desclassificada. Posso aqui deixar registrado que desliguei a TV pra nem ver o final do jogo e, quando três minutos depois liguei meu iPad para saber se o jogo já havia terminado, vi a equipe dos Leafs marcar o gol de empate com Zach Hyman, levando o jogo à prorrogação. Na prorrogação vencemos o jogo , dando o troco exatamente como havia sido a nossa derrota anterior. A vitória nos levou ao jogo 5!

Infelizmente, apesar da vitória histórica do jogo 4, que demonstrou que a equipe tem raça pra continuar buscando a vitória, mesmo atrás no placar e faltando muito pouco tempo pro jogo acabar, os Leafs não conseguiram se impor e perderam para os Blue Jackets por 3 a 0, deixando mais uma vez os playoffs na primeira rodada, a quarta vez nos últimos 4 anos!

Obviamente que, com a equipe e os jogadores que temos, a torcida fica frustrada, mas já sabíamos que a equipe não tinha conseguido manter o nível de jogo durante a temporada regular, com muitos altos e baixos, com uma defesa que deixa a desejar e alguns jogadores que por vezes não aparecem. Esse foi um ano em que vimos o técnico mais caro da Liga, Mike Babcock, ser demitido dos Leafs por não estar conseguindo evitar que a equipe tivesse um padrão de jogo muito aquém das possibilidades, vimos Sheldon Keefe chegando aos Leafs e dando uma esperança de corrigir o time. Também vimos a chegada de Jack Campbell e de Kyle Clifford, dois jogadores dos Los Angeles Kings e que trouxeram mais qualidade e experiência à equipe.

Claro que houve muitas críticas aos 4 jogadores mais bem pagos da equipe: Auston Matthews, que jogou muito toda a temporada e com 47 gols, ficou a um gol da disputa pelo troféu Maurice Richard, para o artilheiro da temporada, que ficou entre Ovechkin e Pastrnak; John Tavares, que por muitas vezes fica apagado nas partidas, mas que é muito importante e tem uma atuação pra equipe; William Nylander, que essa temporada jogou demais, mas tem uma boa parte da torcida pegando no pé dele por todo o imbróglio da renovação do seu contrato (eu gosto muito de ter o Nylander na equipe e o acho um dos melhores jogadores conduzindo o puck); e Mitch Marner, que teve uma boa temporada, mas que nos playoffs cometeu erros e não rendeu o que se esperava dele.

Para a próxima temporada, que se tudo der certo só iniciará em Dezembro, os Leafs deverão ter algumas mudanças, principalmente em sua defesa, se Kyle Dubas e Brendan Shanahan encontrarem os jogadores que necessitam a um preço dentro das possibilidades dos Leafs, ou negociando alguns jogadores em troca de uma melhor equivalência entre ataque e defesa. Já sabemos que Tyson Barrie não deve retornar à equipe após não ter uma atuação de acordo com o que esperávamos dele. Eu diria que Muzzin e Rielly são os defensores que continuam e todos os outros, incluindo Justin Holl e Travis Dermott, podem ser negociados. No ataque, gostaria muito de ver o retorno de Jason Spezza, que demonstrou ser torcedor dos Leafs e vibrou com as vitórias da equipe!

Outro nome que devemos ver nos Leafs na próxima temporada é Nick Robertson, o rookie que veio da OHL e jogou algumas partidas dessa série contra os Blue Jackets e, inclusive marcou gol! Robertson foi muito bem e não vejo ele ficando de fora na próxima temporada.

Freddie também jogou bem, mas com uma defesa fraca à sua frente não teve como ajudar mais a equipe. Jack Campbell também mostrou que é um bom goleiro e que também gosta de fazer parte do elenco.

Adicionamos um ano mais na fila, agora com 53 anos desde a nossa última Stanley Cup, mas a equipe continua promissora e ganhando cada vez mais experiência. Temos que manter a esperança, pois temos a possibilidade de termos a melhor equipe dos Leafs desde quando Mats Sundin era o capitão e levou o time à final de conferência em 2002!

Go Leafs Gooooo sempre!!!

E obrigado a todos que seguiram meus posts neste ano! Sei que não tenho tido posts tão atualizados, mas vou sempre tentar manter todos vocês informados de tudo que acontece com o Toronto Maple Leafs! Aguardo vocês na próxima temporada!

Sempre com emoção, um pouco de humilhação e muita frustração!

sexta-feira, 07 agosto 2020 Deixe um comentário

O terceiro jogo da série de Playoffs Qualifiers entre o Toronto Maple Leafs e o Columbus Blue Jackets acabou de acabar e, apesar de saber que os Leafs não estão eliminados, ainda, é frustrante assistir a um jogo onde chegamos a abrir três gols de vantagem e simplesmente demos o jogo como ganho!

Se você não assistiu ao jogo, foi exatamente isso que aconteceu. Começamos jogando bem e controlando o Columbus Blue Jackets e abrimos o placar com um gol do Cody Ceci, shorthanded! Tudo parecia estar indo bem! O segundo foi marcado por William Nylander, após um belíssimo passe de Mitch Marner, que por muitas vezes no jogo parecia perdido, e o terceiro foi marcado pelo novato Nick Robertson, o primeiro dele na NHL.

Com três gols à tarde frente do placar e jogando melhor, bastava administrar a partida, mas não foi isso que ocorreu. Os Leafs tiraram os patins e colocaram salto alto. Esqueceram que a vitória só vem após 60 minutos de hóquei! Deixaram o Columbus diminuir com Seth Jones e depois, para o enlouquecimento de qualquer torcedor dos Leafs, empatar com dois gols de Pierre Luc Dubois, que levou o jogo pra prorrogação e, na prorrogação, após um vacilo de John Tavares, Dubois vence Freddie e garante a vitória dos Blue Jackets, marcando 2 a 1 na série e colocando os Leafs de costas contra a parede, pois agora não pode mais perder, senão é eliminado e pode ir pra casa, saindo da bolha da NHL em Toronto!

Isso que acontece com esse time é inaceitável e já vem de muito tempo! Já foram trocados o Presidente, o General Manager, o Técnico, os assistentes, vários jogadores como JVR, Bozak, Kadri, Kessel, Phaneuf e outros, mas parece que os Leafs possuem um bloqueio que não deixa eles jogarem os 60 minutos!

Sr. Kyle Dubas, uma ação tem que ser tomada, pois não é falta de capacidade, muitas vezes parece falta de vontade, displicência, molecagem …

O que nos resta é colocar toda a esperança no jogo desta sexta-feira e ver se o time corresponde no gelo e não se deixa ser eliminado! Temos total condição de vencer os dois últimos jogos contra o Columbus, mas temos que mudar nosso jogo, nossa vontade, nossa aplicação no gelo, nossos bits e etc., até mesmo para que Jake Muzzin possa voltar para a primeira rodada dos Playoffs!

Como torcedores, estaremos suportando a equipe amanhã, mas com o coração apertado e muito ansioso por um empate na série!

Go Leafs Goooooo – mas durante todos os 60 minutos da partida!

Teremos o hóquei de volta em 2 de agosto

terça-feira, 21 julho 2020 Deixe um comentário

Após meses parados devido à pandemia de Coronavírus, onde as equipes tiveram que suspender tudo, desde jogos até os treinos! Todos ficaram confinados em suas casas, esperando a decisão sobre o cancelamento da temporada, ou a data de retorno.

Esse tempo todo levou a NHL a buscar as melhores possibilidades do retorno da temporada e ao mesmo tempo de manter as equipes e seus jogadores saudáveis!

Infelizmente não houve como voltar com a temporada do ponto onde ela parou, faltando aproximadamente 12 jogos ainda por jogar. A solução encontrada foi a de realizar os playoffs, mas envolvendo os primeiros 24 times, 12 de cada conferência, pois como haviam jogos ainda não realizados, simplesmente congelar a classificação e dizer que os 8 primeiros de cada conferência estavam classificados aos playoffs seria injusto! Haviam equipes a apenas um ponto do oitavo time em cada conferência e 12 jogos poderiam mudar muito essa classificação.

A solução foi dada da seguinte forma: os primeiros 4 times de cada conferência disputarão jogos entre si para definir a classificação (de 1 a 4 em cada conferência) e os oito restantes disputarão uma série classificatória aos playoffs de 5 jogos, para definir quem enfrentará os quatro primeiros na primeira rodada.

Além disso foram definidas apenas duas cidades, uma em casa conferência, para que se criasse uma “bolha” com controles rígidos de cuidados para que a pandemia não atinja os jogadores e treinadores/técnicos e staff de apoio. Como a Pandemia está mais controlada no Canadá, que nos Estados Unidos, a decisão foi a cidade de Toronto e a de Edmonton para sediar esses jogos.

O Toronto Maple Leafs começará a disputa no dia 02 de Agosto, contra o Columbus Blue Jackets. O calendário de jogos dos Leafs será o seguinte:

Finalmente teremos hóquei de novo! Sem público na Scotiabank Arena, mas é o que temos para o momento!

E os Leafs terão Ilya Mikheyev de volta, além de Nick Robertson, Rasmus Sandin, Timothy Liljegreen e Teemu Kivihalme. E claro que Auston Matthews, John Tavares, William Nylander, Mitch Marner, Zach Hyman, Jason Spezza, Alexander Kerfoot, Kasperi Kapanen, Kyle Clifford, Morgan Rielly, Tyson Barrie, Travis Dermott, Jake Muzzin e quatro goleiros (Frederik Andersen, Jack Campbell, Kasimir Kaskisuo e Joseph Woll) estarão prontos para jogar e buscar a tão sonhada Stanley Cup!

Só Andreas Johnsson estará de fora, após operar o joelho depois das últimas partidas da temporada regular. Ele vai necessitar de, pelo menos, 6 meses para se recuperar! Boa recuperação a ele!

Go Leafs Goooooooooo

Notícias dos Leafs – 21/06/2020

segunda-feira, 22 junho 2020 Deixe um comentário

Olá fãs do Toronto Maple Leafs!

Esse ano não tem sido fácil em muitos aspectos, incluindo essa pandemia que cancelou parte da temporada e que tem nos deixado sem hóquei já a uns 100 dias, ainda na ansiedade se a NHL vai conseguir colocar o plano de retorno em prática, ou não. Ao que tudo indica, há planos para que tenhamos uma disputa envolvendo 24 equipes. O restante da temporada seria mais ou menos assim: as 4 melhores equipes de cada conferência disputariam entre si para definir um ranking de cabeças de chave. Os oito times restantes de cada conferência jogariam uma série melhor de cinco jogos, para definir quem vai aos Playoffs contra os primeiros quatro de cada conferência. Neste caso, o Toronto enfrentaria o Columbus Blue Jackets nessa série melhor de cinco jogos!

As equipes voltaram a treinar, de forma controlada e tentando ao máximo manter o distanciamento social, além de ter os atletas sujeitos a testes para verificar se estão infectados com o COVID-19, ou não. Algumas equipes estão com atletas infectados, sendo mantidos em isolamento e com o tratamento adequado e, na maioria das vezes, o nome dos jogadores não é revelado, até mesmo pois dados médicos são informações privadas e que dizem respeito somente ao jogador. Já imaginou ter um teste de saúde seu, revelado para um enorme público, indicando que você tem uma doença, ainda mais se é algo grave? Mas foi exatamente isso que ocorreu com Auston Matthews. O jogador foi diagnosticado com a COVID-19 e um programa esportivo de Toronto, deu a notícia, identificando o jogador!

Um repórter do Toronto Sun, um jornal de Toronto, chamado Steve Simmons, escreveu uma matéria no estilo Breaking News! Os fãs reagiram, mas ele acha que tem o direito de divulgar tal notícia, pois muitos outros repórter já o fizeram em outros casos. Na minha opinião, isso só poderia acontecer com o consentimento de Auston Matthews, pois isso diz respeito a ele.

Não li a matéria de Steve Simmons, mas quero aqui expressar que estarei enviando boas energias e preces para uma boa recuperação a Matthews, e que ele vença essa doença terrível que está impactando o mundo todo!

Vamos aguardar por mais notícias do retorno da NHL e da recuperação de Matthews!

Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: