Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Kasperi Kapanen’

12/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ Colorado Avalanche

sábado, 16 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Estamos jogando bem e continuamos nosso roteiro de jogos fora de casa. Dessa vez visitamos o Pepsi Center, casa do Colorado Avalanche, para tentarmos manter a sequência de vitórias.

O placar foi aberto num gol de Kasperi Kapanen, que recebeu um passe de Auston Matthews, por sobre dois defensores dos Avs, segurou o puck com a mão, colocou no gelo à sua frente e partiu sozinho contra Semyon Varlamov, que acabou não conseguindo defender, aos 03m17s. Os Avalanche estavam jogando muito melhor e levando perigo ao gol de Frederik Andersen, até que Ryan Graves empatou aos 15m16s do primeiro período. Ao final do período, Freddie havia recebido 17 chutes ao gol, enquanto Varlamov recebeu somente 9.

Veio o segundo período e os Leafs conseguiram um ótimo aproveitamento de powerplay a, algo em que estavam devendo havia muito tempo! Aos 05m19s, após uma ótima troca de passes, Auston Matthews marcou o segundo dos Leafs. Aos 06m46s foi a vez de Nazem Kadri e aos 07m08s, Kasperi Kapanen marca o seu segundo gol da noite. Em apenas 01m49s, os Leafs marcaram três gols em powerplay, e Semyon Varlamov deu lugar a Phillip Grubauer.

O terceiro período viu os Leafs marcarem mais um gol Nazem Kadri, aos 05m42s e Alexander Kerfoot, diminuir para os Avs aos 08m14s, mas a vitória já estava definida!

Foi muito bom ver os Leafs voltarem a mostrar poder no powerplay!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

10/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

segunda-feira, 11 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após a vitória de ontem contra os Canadiens, o Toronto Maple Leafs foi até o Madison Square Garden enfrentar o New York Rangers, porém a sequência de vitórias da equipe foi frustrada.

Como Frederik Andersen jogou na noite de ontem, Garret Sparks ocupou a posição, para dar um descanso a Freddie. Pelos Rangers, a mesma coisa, com Alexandar Georgiev substituindo Henrik Lundqvist.

O jogo nem havia começado e a defesa dos Leafs parecia confusa. Jake Muzzin estava com o puck a seu alcance, mas não limpou o puck, deixando Mika Zibanejad chutar e Garret Sparks não fechar o gol, permitindo o primeiro gol da boate logo aos 00m28s de jogo. Kasperi Kapanen interceptou um passe dos Rangers na zona neutra e empatou a partida vencendo Georgiev com sua velocidade e ótimo chute aos 10m35s. Infelizmente não estávamos bem na noite e, aos 14m05s, Jimmy Vesey recebeu belíssimo passe se Chris Kreider e chutou certeiro por sobre o ombro esquerdo de Sparks.

Não é que os jogadores dos Leafs não tenham tentado, eles tentaram e até muito, mas foram simplesmente anulados por Georgiev que teve uma noite praticamente perfeita. O goleiro reserva dos Rangers, simplesmente não permitiu mais gols dos Leafs, defendendo tudo e mais um pouco!

Ao final da partida, os Leafs deram 56 chutes ao gol de Georgiev, que defendeu 55 deles, garantindo a vitória da equipe da casa! Os Rangers ainda marcaram mais dois gols no terceiro período, o terceiro após Jake Muzzin, novamente, não conseguir limpar-me-ei puck da zona neutra e com Garret Sparks muito lento para fechar o gol. E o último já no último minuto de jogo, com os Leafs em Empty Net.

Agora é não olhar para trás e focar nos próximos jogos!!!

Go Leafs Goooooooooooooooo

14/01/2019 – Colorado Avalanche @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 18 janeiro 2019 Deixe um comentário

Realmente estamos precisando voltar a vencer e ganhar confiança, as esse jogo contra o Colorado Avalanche começou bem, mas acabou de forma muito ruim para a equipe de Toronto, com erros da defesa e com o ataque apático.

Esse foi o jogo que marcou o retorno de Frederik Andersen, que enfrentou Semyon Varlamov, pelos Avs.

Igor Ozhiganov abriu o placar para os Leafs aos 2m14s do segundo período, num jogo que estava muito parelho. Kasperi Kapanen marcou o segundo dos Leafs aos 03m28s, e tudo parecia que ia mudar para melhor para os Leafs, pois com dois a zero no placar, a equipe pode jogar mais relaxada no gelo, e foi o que aconteceu! O Toronto Maple Leafs relaxou e Gabriel Landeskog, o capitão dos Avs, marcou aos 6m33s, desviando um chute de Tyson Barrie. Mikko Rantanen empatou a partida aos 09m56s, roubando o puck de Nazem Kadri, na saída de zona defensiva, e Carl Soderberg virou o placar aos 14m29s, com um gol com um homem a menos no gelo para os Avs (Shorthanded) e numa jogada em que Jake Gardiner não conseguiu defender o puck em sua zona defensiva, deixando Soderberg roubar o puck e chutar.

Mitch Marner conseguiu a proeza de empatar a partida aos 06m00s do terceiro período, num belo gol, por sobre o ombro esquerdo de Varlamov. Depois disso, Carl Soderberg marcou aos 11m45s, Matt Calvert aos 17m09s, com os Leafs já sem seu goleiro no gelo e numa jogada em que ele ia limpar o puck da defesa e chutou o puck na borda, que redirecionou o puck para o gol aberto dos Leafs, e Soderberg voltou a marcar aos 18m12s, seu primeiro hat-trick da carreira, também com empty net.

Jake Gardiner foi vaiado na partida e isso dividiu os torcedores dos Leafs, mas realmente toda a equipe não apresentou um bom hóquei na noite!

O próximo desafio dos Leafs será fora de casa contra o Tampa Bay Lightning, simplesmente a melhor equipe da NHL no momento.

Go Leafs Gooooo

23/12/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 27 dezembro 2018 Deixe um comentário

Apenas uma noite após vencermos o New York Rangers em casa, recebemos a visita do Detroit Red Wings. Eu estava preocupado com o time estar cansado por ter jogado na noite anterior, mas a equipe jogou bem.

Os Leafs estavam com Garret Sparks no gol, enquanto os Red Wings estavam com Jonathan Bernier. O time da casa também estava sem Tyler Ennis, que teve uma lesão no tornozelo no jogo anterior e deve ficar fora do elenco por um tempo.

Logo aos 00m27s, Kasperi Kapanen abriu o placar com o seu 13° gol da temporada, aproveitando o rebote de Bernier num chute de Auston Matthews. Aos 03m45s, Filip Hronek marcou para os Rangers, empatando a partida e Michael Rasmussen colocou os Rangers à frente aos 19m18s do primeiro período, onde os Red Wings dominaram com 13 chutes à gol contra apenas 3 dos Leafs.

O segundo período ainda viu Christopher Ehn ampliar para os Red Wings aos 09m53s. Foi quando os Leafs pareceram acordar. Frederik “The Goat” Gauthier marcou seu primeiro gol na temporada aos 12m52s, trazendo os Leafs de volta ao jogo. Pouco tempo depois, aos 14m00s Morgan Rielly empatou a partida.

Com o Toronto Maple Leafs jogando melhor, o terceiro período parecia que seria o momento da virada, mas Frans Nielsen deixou os torcedores preocupados com um gol pros Red Wings aos 12m03s. John Tavares consegue o gol de empate faltando apenas 8 segundos! Ele desviou um chute de Jake Gardiner e nos levou à prorrogação.

Na prorrogação Kasperi Kapanen fez uma ótima jogada e, quando estava para perder o puck, chutou meio fraco, de costas, mas o puck acabou entrando por entre as pernas de Bernier e deslizando lentamente pra dentro do gol! Vitória dos Leafs! De virada!

Os jogadores tiveram um descanso considerável no Natal, pois só voltam ao gelo amanhã, contra os Blue Jackets, em Columbus!

Go Leafs Goooooo

13/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sábado, 15 dezembro 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs chegou à Flórida para enfrentar as duas equipes deste Estado americano, o Tampa Bay Lightning e o Florida Panthers. Essa viagem também é usada pelos Leafs para unir a família dos jogadores. Geralmente é a viagem dos pais dos jogadores, que acompanham a equipe, mas desta vez, são as mães que foram agraciadas!

O Tampa Bay Lightning, que está no topo da tabela de classificação, ou seja, é atualmente a melhor equipe da NHL, estava com o goleiro Andrei Vasilevskyi retornando de contusão, mas o goleiro fez um jogo espetacular e defendeu um total de 48 chutes ao gol, garantindo a vitória do time da casa, o Amalie Arena.

Os Leafs jogaram muito bem e saíram na frente com um gol de Kasperi Kapanen, aos 05m26s do primeiro período. Tivemos chance de ampliar num powerplay, mas acabamos com o puck sendo interceptado na zona neutra e passado a Anthony Cirelli, que aos 08m02s, empatou a partida, shorthanded.

O segundo período viu os Leafs pressionarem para sair com a vitória, mas foram os Bolts que marcaram com Nikita Kucherov aos 05m31s, num powerplay para o time da casa, em que Frederik Andersen fez a defesa, mas o movimento da luva acabou fazendo o puck ultrapassar a linha do gol. Após revisão por vídeo, o gol foi validado. Este período viu Vasilevskyi fazer defesas impossíveis, inclusive uma em que ele, sem ver o puck, que estava nas suas costas, conseguiu mover a perna e defender! O goleiro estava simplesmente fechando o gol! Teve chute na trave, teve de tudo! Só não teve gol dos Leafs. No final do período, acho que os Leafs acabaram desconcentrados após tantas tentativas sem sucesso de vencer o goleiro de Tampa, e os Bolts se aproveitaram para marcar dois gols, com Alex Killorn e Tyler Johnson, aos 19m24s e 19m58s, respectivamente. Foram 23 chutes à gol dos Leafs, contra 13 dos Bolts.

O último período viu novamente os Leafs pressionando e parando em Vasilevskyi! Foram 16 chutes à gol dos Leafs, contra somente 2 dos Bolts. Infelizmente não conseguimos mais nenhum gol na noite e saímos de Tampa com a derrota.

A equipe não jogou mal, apenas não conseguiu vencer Vasilevsky. Mike Babcock estava feliz com a performance do seu time e afirmou que, infelizmente é o placar que define o vencedor, mas que sua equipe jogou muito bem.

Os Leafs vão ao BB&T Center enfrentar o Florida Panthers neste sábado!

Go Leafs Gooooooo

06/12/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

sábado, 08 dezembro 2018 Deixe um comentário

Este foi o jogo de estreia de William Nylander nesta temporada, após muita negociação em seu novo contrato com os Leafs.

Apesar de toda essa atenção à estreia, os Leafs não começaram bem o jogo. Parecia que nada dava certo, picks eram perdidos, passes errados. Apesar disso, acertamos uma bela troca de passes que deu aos Leafs à liderança na partida, com um gol de Kasperi Kapanen aos 04m50s. Após isso o que se viu foi um Toronto Maple Leafs letárgico e sonolento. Não sei se a agitação da estreia de Nylander afetou o elenco, deixando toda a equipe mais nervosa. Aos 05m23s, Jonathan Ericsson empatou. Aos 06m28s, Luke Glendening virou o jogo e aos 19m46s, Gustav Nyquist ampliou a liderança do Detroit Red Wings.

O segundo período não viu nenhuma melhora dos Leafs, mas Mike Green ampliou para 4 a 1 o placar.

Tudo mudou no terceiro período, parecia que a equipe dos Leafs havia sido totalmente trocada, pois Garret Sparks jogou muito e os Leafs voltaram a jogar bem. Quem sofreu foi Jonathan Bernier, que acabou sofrendo gols marcados por John Tavares aos 02m38s, Zach Hyman aos 08m50s e Andreas Johnsson aos 11m36s. Foi simplesmente espetacular empatar uma partida que estava praticamente perdida. No finalzinho do período, os Leafs perderam uma ótima chance com Connor Brown num contra-ataquei-me e depois, os Red Wings tiveram um chute que, passou por Sparks, bateu numa trave, depois na outra e saiu!

Na prorrogação, os Red Wings acabaram se saindo melhor e Dylan Larkin, muito veloz, venceu Garret Sparks aos 02m48s, dando a vitória ao time visitante e acabando com a sequência de vitórias dos Leafs.

Infelizmente não foi uma boa estreia de Nylander, que não marcou um ponto sequer na partida.

Amanhã enfrentaremos os Boston Bruins, fora de casa.

Go Leafs Gooooooo

23/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

sábado, 24 novembro 2018 Deixe um comentário

Acabamos enfrentando os Blue Jackets por duas vezes na mesma semana. Vencemos na segunda-feira e voltamos a jogar contra eles na sexta.

Essa noite, novamente mostrou os Leafs começando atrás do placar, mesmo tendo um bom volume de jogo. O Toronto Maple Leafs deu 12 chutes ao gol de Sergei Bobrovsky e recebeu apenas 8 chutes no gol de Frederik Andersen. O primeiro gol dos Blue Jackets veio com um erro de Morgan Rielly ao sair da zona defensiva. Os Blue Jackets recuperaram o puck e Josh Anderson não desperdiçou a oportunidade de um rebote de Freddie, abrindo o placar aos 03m55s. O mesmo Josh Anderson se aproveitou de outra bobeada da defesa dos Leafs e aumentou para 2 a 0 aos 09m57s. Ron Hainsey conseguiu devolver os Leafs ao jogo com um gol aos 16m16s, chutando da linha azul.

No segundo período, Kasperi Kapanen, novamente ele, partiu na velocidade ao ataque e venceu Bobrovsky, empatando a partida aos 02m58s. Foi o gol que devolveu a confiança aos Leafs. Infelizmente, os Leafs que pressionavam os Blue Jackets, estavam em um powerplay, mas erraram um passe na zona neutra, que foi recuperado por Cam Atkinson que, com somente John Tavares à sua frente, driblou o jogador e chutou forte, sem defesa para Frederik Andersen, colocando o time da casa à frente num gol shorthanded. Esse gol acabou com a confiança dos Leafs que até tentaram, mas não encontraram mais o caminho do gol.

Para fechar o placar, no terceiro período, Marcus Hannikainen marcou um gol após excelente jogada de Artemi Panarin, que levou o puck ao ataque e simplesmente não deixou Morgan Rielly fazer qualquer jogada defensiva. Hannikainen marcou aos 03m35s.

Mike Babcock viu o resultado como algo esperado, pois poderíamos ter perdido em casa e vencido aqui. Ele também considerou que a equipe jogou tão bem quanto em outros jogos fora de casa.

Eu discordo dessa afirmação dele, pois a equipe tem errado muito nas saídas de jogo e temos perdido o controle do puck, dando oportunidades para os adversários. Temos que tomar muito cuidado, principalmente nossos defensores, ao sairmos com o puck da zona defensiva.

Hoje enfrentaremos o Philadelphia Flyers em Toronto. Vamos torcer para voltarmos a vencer!

GO Leafs Gooooooo

%d blogueiros gostam disto: