Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Kasperi Kapanen’

24/03/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 26 março 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs parece estar com uma equipe preparada para os playoffs da Stanley Cup. Ainda não nos classificamos, mas podemos dizer que matematicamente estamos dentro com base em como estamos jogando.

Vencemos o 13º jogo seguido em casa, no Air Canada Centre, aumentando o recorde! Também vencemos um total de 45 jogos na temporada e ainda faltam 7 jogos por jogar!

A equipe parece ter ouvido Mike Babcock nos vestuários e veio ao jogo bem atenta. Kasperi Kapanen estava no lugar certo para receber um belo passe de Tyler Bozak e abrir o placar aos 13m30s do primeiro período.

No segundo período, o Detroit Red Wings conseguiu virar o jogo com gols de Dylan Larkin, que usou sua velocidade num contra-ataque e Tyler Bertuzzi, que desviou um chute de Danny Dekeiser. Connor Brown deu o troco aos 14m19s, ao também desviar um chute de Travis Dermott e empatar o jogo.

A decisão veio no terceiro período. Frans Nielsen marcou aos 04m58s, mas viu William Nylander recuperar o puck atrás do gol dos Wings e passar para Auston Matthews, que devolveu o puck para Nylander desferir um belo chute, alto, vencendo Jimmy Howard. Frederik Andersen fez uma ótima partida e nos manteve no jogo, até que, aos 12m34s, Patrick Marleau vai ao ataque em dois contra um e consegue passar para Nazem Kadri simplesmente chutar no gol aberto dando a vitória aos Leafs!!!

Estamos muito bem e os playoffs estão cada vez mais perto! Estamos com 97 pontos e o último Wild Card do leste tem 86 (New Jersey Devils), portanto em mais uns 2 jogos devemos confirmar nossa vaga nos playoffs deste ano!

Go Leafs Gooooooooo

Anúncios

17/03/2018 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 19 março 2018 Deixe um comentário

No terceiro jogo da temporada entre o Montreal Canadiens e o Toronto Maple Leafs, os torcedores no Air Canada Centre viram a terceira vitória dos Leafs, que voltam a enfrentar os Habs no dia 07 de abril, também em Toronto.

Com Frederik Andersen ainda se recuperando de lesão, Curtis McElhinney esteve muito bem na noite e garantiu a vitória por Shutout, sua terceira na temporada. Charlie Lindgren, o goleiro dos Habs, também fez defesas fantásticas, mas não conseguiu dar a vitória aos Habs, que, principalmente no segundo período, jogaram muito mal.

William Nylander abriu o placar aos 16m01s, num powerplay para os Leafs. Foi um belo chute, que tirou o puck do alcance de Lindgren e entrou no canto direito do goleiro.

No segundo período tivemos gols de Kasperi Kapanen, aos 03m00s, após receber um passe primoroso de Travis Dermott, que lá da defesa, encontrou Kapanen em condições de um contra-ataque matador. Kapanen não desperdiçou. Kapanen chegaria a marcar mais um gol no período, mas o gol acabou sendo invalidado após revisão de vídeo, e Kapanen foi ao banco de penalidades por interferência no goleiro, num lance muito parecido com o que os Leafs tiveram a alguns jogos atrás, quando Freddie foi acertado pelo cotovelo de um jogador dos Penguins no crease. A revisão foi totalmente correta no meu ponto de vista. Antes de terminar o período, Nazem Kadri desvia o chute de Mitch Marner aos 19m31s, no powerplay, para marcar o terceiro dos Leafs.

Aliás, nos últimos jogos o powerplay dos Leafs tem sido muito eficiente e vem marcando muitos gols, aproveitando as oportunidades dadas pela equipe adversária.

Quem marcou o último gol dos Leafs na partida foi Andreas Johnsson, que após receber passe de costas de Zach Hyman, estava acompanhando a jogada no lugar certo para mandar pro fundo do gol de Lindgren, aos 15m27s, marcando seu primeiro gol na NHL. Parabéns Andreas Johnsson!

A vitória foi a quarta seguida dos Leafs que para o próximo jogo, amanhã contra o Tampa Bay Lightning, devem contar com o retorno de Auston Mathews e Frederik Andersen.

Go Leafs Goooooooo

10/03/2018 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 12 março 2018 Deixe um comentário

Após quatro derrotas seguidas, o Toronto Maple Leafs precisava voltar às vitórias e nada melhor que voltar ao Air Canada Centre para tentar bater o recorde histórico da franquia e vencer o décimo jogo seguido em casa! O desafiante, que tentava simplesmente acabar com a sequência de vitórias dos Leafs foi o atual bicampeão Pittsburgh Penguins.

O placar recebeu o primeiro gol, marcado por Kasperi Kapanen aos 09m10s, após Josh Leivo fazer um passe para trás, sem olhar, para Tyler Bozak, que passou para Kapanen marcar, chutando alto e vencendo Tristan Jarry, o goleiro dos Penguins. Nazem Kadri aumentou para os Leafs aos 19m13s, desviando um chute de Morgan Rielly.

O segundo período viu Nazem Kadri marcar o terceiro gol dos Leafs, no powerplay, aos 11m35s. Os Leafs jogavam bem e Frederik Andersen estava muito bem na noite. No final do período, os Penguins tiveram um gol, marcado por Brian Dumoulin, invalidado pois o jogador acabou cruzando o Crease, aquela área azul onde ficando goleiro e acabou acertando o capacete de Freddie, antes de marcar o gol. O técnico dos Penguins criticou muito pois ao invés de ver seu time marcar um gol e diminuir a vantagem dos Leafs, viu Dumoulin ir para o penalty box por interferência no goleiro. Depois de tantos gols que sofremos, por não marcarem interferência em jogadas muito mais claras que essa, posso dizer que fiquei contente com a marcação da penalidade, que realmente ocorreu quando se revisa a jogada por vídeo. Pouco tempo depois, aos 18m24s, Mitch Marner marcou o quarto gol dos Leafs.

Para o início do terceiro período, Tristan Jarry acabou sendo substituído por Casey DeSmith e os Penguins continuaram tentando recuperar o placar, o que somente ocorreu nos últimos 5 minutos, quando Sidney Crosby marcou por cima do ombro de Freddie aos 16m24s, e Patrick Hornqvist aos 17m32s, dando um certo desespero na torcida dos Leafs. Os Penguins já estavam sem o goleiro, para pressionar os Leafs quando conseguiram seus gols e continuaram assim até que Patrick Marleau recebeu um passe e chutou no gol aberto, para marcar o quinto gol dos Leafs aos 19m02s, voltando a dar alegria à torcida!

Foi um ótimo jogo apesar dos Penguins darem mais chutes à gol que os Leafs.

Nosso próximo desafio será na quarta-feira, em casa, contra o Dallas Stars, quando tentaremos ampliar o recorde de vitórias consecutivas jogando em casa, para 11 jogos!

Go Leafs Goooooo

07/02/2018 – Nashville Predators @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 09 fevereiro 2018 Deixe um comentário

O Nashville Predators, finalista da Stanley Cup na temporada passada, foi até o Air Canada Centre enfrentar o Toronto Maple Leafs, que está vivendo uma fase boa, jogando bem e garantindo, cada vez mais, uma posição nos playoffs.

Ambos goleiros tiveram uma noite espetacular, com Frederik Andersen com atuação sólida contra Pekka Rinne.

James Van Riemsdyk abriu o placar aos 16m06s do primeiro período, com um forte chute próximo à linha azul!

No segundo período, Kasperi Kapanen fez uma ótima jogada, partindo no contra-ataque contra Rinne, freando, desviando e chutando quando Rinne já achava que Kapanen ia passar o puck. Dessa forma o goleiro dos Preds foi surpreendido e os Leafs abriram dois gols de vantagem aos 09m38s, enquanto o Nashville Predators estava em um powerplay, ou seja, o gol de Kapanen foi shorthanded ( com os Leafs com um jogador a menos no gelo). Sabemos que não se pode bobear contra uma equipe como a dos Predators, mas os Leafs tiraram o pé do acelerador após o segundo gol e deram oportunidade aos Preds de se recuperar. Colton Sissons não desperdiçou a oportunidade e marcou aos 18m10s, dando esperança à equipe visitante!

Victor Arvidsson marcou aos 25s do terceiro período, empatando a partida. O restante do jogo viu ambas equipes buscando a vitória, mas com os goleiros defendendo tudo e muito mais.

A decisão, após a prorrogação, que aliás foi muito emocionante, ficou mesmo para o shootout. Nas duas primeiras rodadas, nada de gols. Até que Tyler Bozak marcou! Mas Ryan Ellis empatou no chute seguinte e fomos às rodadas adicionais, onde somente James Van Riemsdyk, na sétima rodada, marcou, dando a vitória aos Leafs! Vitória muito comemorada pois tratava-se de uma equipe muito forte e com um dos melhores goleiros da liga.

Amanhã os Leafs recebem os Senators para uma Batalha de Ontario carnavalesca!

Go Leafs Goooooooo

31/01/2018 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 01 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após o All-Star Weekend, as equipes voltam ao gelo e o New York Islanders, que perdeu para o Florida Panthers na noite anterior, foi à Toronto enfrentar os Maple Leafs.

A equipe do Toronto Maple Leafs estava desfalcada de dois dos seus mais experientes defensores, Ron Hainsey e Roman Polak. Devido a isso, Mike Babcock chamou Justin Holl do Toronto Marlies, somente três horas antes do jogo!

Neste jogo, que os Leafs tinham um camarote com a presença dos pais dos jogadores, a equipe jogou de forma perfeita. Controlamos jogo desde o início e Frederik Andersen, a defesa e o ataque dos Leafs foram muito efetivos.

Kasperi Kapanen marcou o primeiro dos Leafs aos 05m37s do primeiro período, vencendo Thomas Greiss, após um rebote do goleiro dos Isles. Auston Matthews deixou mais um gol seu em partidas consecutivas, após Zach Hyman ter o puck roubado por Greiss e o puck sobrar para Matthews mandar por cima da luva de Greiss aos 13m39s.

O segundo período viu os Leafs manterem a liderança e ampliar com o gol de Mitch Marner aos 10m32s. Travis Dermott, que jogava seu décimo jogo na NHL, finalmente marcou o seu primeiro gol na liga. Foi especial, pois foi seu primeiro gol e marcado na presença do seu pai e jogando em frente à torcida em Toronto! Dermott roubou o puck do jogador dos Isles que estava saindo da zona de defesa, passou para William Nylander e patinou até à frente do gol para receber o passe e desviar o puck, vencendo Greiss aos 18m59s do segundo período.

No início do terceiro período foi a vez de Justin Holl também marcar seu primeiro gol na NHL, aos 03m42s, após ir ao ataque de forma veloz e bater Greiss por entre as pernas.

Que marco especial! Ter dois dos nossos mais jovens defensores marcando o primeiro gol na liga, no mesmo jogo, com os Leafs jogando de forma inteligente e não deixando os Isles marcarem, para o quarto shutout de Freddie na temporada. Os Leafs deram um total de 50 chutes ao gol de Thomas Greiss e Freddie recebeu e defendeu todos os 28 chutes dos Isles.

Foi uma noite onde a juventude dos Leafs brilhou! E Dermott dedicou o gol ao seu pai, Jim, ao final do jogo!

Hoje à noite vamos à New York, enfrentar os Rangers!

Go Leafs Gooooo

19/12/2017 – Carolina Hurricanes @ Toronto Arenas

quinta-feira, 21 dezembro 2017 Deixe um comentário

No jogo que marcou o centenário do primeiro jogo do Toronto Maple Leafs, que em 1917 eram o Toronto Arenas, na NHL, os visitantes dessa vez foram o Carolina Hurricanes.

A 100 anos atrás, os Arenas perderam para o Montreal Wanderers por 10 a 9, mas não deram chance dos Canes de fazer o mesmo feito em 2017. Os Leafs já foram Arenas entre 1917 e 1919, St. Pats entre 1919 e 1927, antes de Conn Smythe, o então dono da equipe, mudar o nome para Toronto Maple Leafs, homenageando uma divisão do exército canadense do qual ele mesmo fez parte.

A prefeitura de Toronto decretou o dia 19 de dezembro como sendo o Toronto Maple Leafs Day, celebrando toda a história desta equipe que representa a cidade a 100 anos! É uma grande homenagem à uma equipe entre as mais vencedoras na NHL, mas que não tem tido o mesmo sucesso nos últimos 50 anos!

Com o puck no gelo, os Leafs simplesmente se impuseram e aos 02m52s, com os Canes em powerplay, Leo Komarov partiu para cima de Scott Darling, que não conseguiu defender o chute do atacante dos Leafs, que abriu o placar com um gol shorthanded, o primeiro dos Leafs na temporada e o quarto da carreira de Komarov na NHL. Mitch Marner que teve uma noite excelente e acabou anotando 4 pontos no jogo, marcou o segundo dos Leafs aos 05m33s num powerplay. Os Canes até tentaram dificultar, mas paravam em Frederik Andersen. Somente aos 09m07s, Jeff Skinner fez uma ótima jogada e conseguiu vencer Freddie num chute que resvalou em Ron Hainsey. Apesar disso, os Leafs ainda marcaram com James Van Riemsdyk aos 10m34s, em outro powerplay, e Tyler Bozak, aos 13m28s, abrindo 4 a 1 no placar no primeiro período. O gol de JVR foi-nos gol de número 20.000 na história! Mais um marco deste excepcional e comemorativo jogo!

A equipe parecia estar muito mais “ligada” no jogo que ocorreu às 14:00 em Toronto, entretanto o segundo período não viu gols de ambas equipes, mas viu belas defesas tanto de Freddie quanto de Darling.

O terceiro período viu os Leafs voltarem novamente focados e definindo o placar e o jogo. Patrick Marleau marcou aos 09m25s e, apenas seis segundos depois, Kasperi Kapanen marcou outro. William Nylander também acabou com a sua “seca” e marcou aos 14m05s. Para fechar a partida, outro jogador que não marcava a muito tempo, Connor Carrick, marcou aos 18m33s, num powerplay.

Que vitória marcante num jogo comemorativo de 100 anos na NHL! Foram oito gols marcados por oito jogadores diferentes! Bozak e Marner tiveram 4 pontos na partida, 1 gol e 3 assistências cada!

Pena que Auston Matthews ainda está se recuperando de lesão e não pode participar. Quem sabe implicar não seria ainda maior com ele no gelo?!?

Hoje à noite os Leafs já enfrentam o Columbus Blue Jackets, fora de casa! Que essa vibe da vitória de ontem seja mantida!!

Parabéns Toronto Maple Leafs pelos seus 100 anos na NHL! Parabéns pela vitória!

Go Leafs Goooo

Leafs definem o elenco para o início da temporada 

quarta-feira, 04 outubro 2017 Deixe um comentário

Mike Babcock definiu o elenco de 23 jogadores do Toronto Maple Leafs para a estreia na temporada, amanhã contra o Winnipeg Jets. 

O elenco que tinha 26 jogadores após o corte feito do dia seguinte à derrota contra o Detroit Red Wings e ontem foram cortados Roman Polak, Timothy Liljgren e Calle Rosen. 

Polak estava tentando obter um contrato com os Leafs e será mantido treinando até que possa vir a ser “convocado” pela equipe, ou por qualquer outra equipe da NHL.

Liljgren e Rosen foram enviados ao Toronto Marlies. Liljgren ainda pode voltar à Suécia, ou ser mantido nos Marlies, o que ainda não foi decidido. Rosen, que jogou muito bem na pré-temporada, acabou perdendo sua posição o sueco Andreas Borgman, que com seu tamanho, impressionou a gerência dos Leafs e pode ajudar no powerplay.

Ontem também, Joffrey Lupul foi submetido a exames pela NHL e, mais uma vez, não foi considerado apto a jogar, o que deu aos Leafs a possibilidade de colocá-lo na lista de “Long Term Injury Reserve” – LTIR. Essa lista isenta a equipe de contar o salário dele contra o teto salarial. Junto com Nathan Horton, Os dois liberarão quase 5 milhões de dólares no teto salarial dos Leafs, dando espaço para futuras negociações.

A equipe dos Leafs também acabou mantendo os veteranos Eric Fehr e Dominic Moore no elenco, que realmente necessita de experiência, algo que faltou no ano passado. Josh Leivo vai iniciar a temporada na equipe e, talvez tenha chances de se manter no elenco e no gelo após uma ótima pré-temporada.

Outros dois jogadores que são considerados preparados para a NHL são Nikita Soshnikov e Kasperi Kapanen, entretanto eles serão mantidos nos Marlies devido à flexibilidade de seus contratos (2 way), que estabelece que eles podem ser enviados aos Marlies, sem passar pela lista de dispensados (waiver). 

Que comece a temporada! Com muito suor, sangue e lágrimas (de alegria)  para os Leafs!! 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: