Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Kasperi Kapanen’

13/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sábado, 15 dezembro 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs chegou à Flórida para enfrentar as duas equipes deste Estado americano, o Tampa Bay Lightning e o Florida Panthers. Essa viagem também é usada pelos Leafs para unir a família dos jogadores. Geralmente é a viagem dos pais dos jogadores, que acompanham a equipe, mas desta vez, são as mães que foram agraciadas!

O Tampa Bay Lightning, que está no topo da tabela de classificação, ou seja, é atualmente a melhor equipe da NHL, estava com o goleiro Andrei Vasilevskyi retornando de contusão, mas o goleiro fez um jogo espetacular e defendeu um total de 48 chutes ao gol, garantindo a vitória do time da casa, o Amalie Arena.

Os Leafs jogaram muito bem e saíram na frente com um gol de Kasperi Kapanen, aos 05m26s do primeiro período. Tivemos chance de ampliar num powerplay, mas acabamos com o puck sendo interceptado na zona neutra e passado a Anthony Cirelli, que aos 08m02s, empatou a partida, shorthanded.

O segundo período viu os Leafs pressionarem para sair com a vitória, mas foram os Bolts que marcaram com Nikita Kucherov aos 05m31s, num powerplay para o time da casa, em que Frederik Andersen fez a defesa, mas o movimento da luva acabou fazendo o puck ultrapassar a linha do gol. Após revisão por vídeo, o gol foi validado. Este período viu Vasilevskyi fazer defesas impossíveis, inclusive uma em que ele, sem ver o puck, que estava nas suas costas, conseguiu mover a perna e defender! O goleiro estava simplesmente fechando o gol! Teve chute na trave, teve de tudo! Só não teve gol dos Leafs. No final do período, acho que os Leafs acabaram desconcentrados após tantas tentativas sem sucesso de vencer o goleiro de Tampa, e os Bolts se aproveitaram para marcar dois gols, com Alex Killorn e Tyler Johnson, aos 19m24s e 19m58s, respectivamente. Foram 23 chutes à gol dos Leafs, contra 13 dos Bolts.

O último período viu novamente os Leafs pressionando e parando em Vasilevskyi! Foram 16 chutes à gol dos Leafs, contra somente 2 dos Bolts. Infelizmente não conseguimos mais nenhum gol na noite e saímos de Tampa com a derrota.

A equipe não jogou mal, apenas não conseguiu vencer Vasilevsky. Mike Babcock estava feliz com a performance do seu time e afirmou que, infelizmente é o placar que define o vencedor, mas que sua equipe jogou muito bem.

Os Leafs vão ao BB&T Center enfrentar o Florida Panthers neste sábado!

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

06/12/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

sábado, 08 dezembro 2018 Deixe um comentário

Este foi o jogo de estreia de William Nylander nesta temporada, após muita negociação em seu novo contrato com os Leafs.

Apesar de toda essa atenção à estreia, os Leafs não começaram bem o jogo. Parecia que nada dava certo, picks eram perdidos, passes errados. Apesar disso, acertamos uma bela troca de passes que deu aos Leafs à liderança na partida, com um gol de Kasperi Kapanen aos 04m50s. Após isso o que se viu foi um Toronto Maple Leafs letárgico e sonolento. Não sei se a agitação da estreia de Nylander afetou o elenco, deixando toda a equipe mais nervosa. Aos 05m23s, Jonathan Ericsson empatou. Aos 06m28s, Luke Glendening virou o jogo e aos 19m46s, Gustav Nyquist ampliou a liderança do Detroit Red Wings.

O segundo período não viu nenhuma melhora dos Leafs, mas Mike Green ampliou para 4 a 1 o placar.

Tudo mudou no terceiro período, parecia que a equipe dos Leafs havia sido totalmente trocada, pois Garret Sparks jogou muito e os Leafs voltaram a jogar bem. Quem sofreu foi Jonathan Bernier, que acabou sofrendo gols marcados por John Tavares aos 02m38s, Zach Hyman aos 08m50s e Andreas Johnsson aos 11m36s. Foi simplesmente espetacular empatar uma partida que estava praticamente perdida. No finalzinho do período, os Leafs perderam uma ótima chance com Connor Brown num contra-ataquei-me e depois, os Red Wings tiveram um chute que, passou por Sparks, bateu numa trave, depois na outra e saiu!

Na prorrogação, os Red Wings acabaram se saindo melhor e Dylan Larkin, muito veloz, venceu Garret Sparks aos 02m48s, dando a vitória ao time visitante e acabando com a sequência de vitórias dos Leafs.

Infelizmente não foi uma boa estreia de Nylander, que não marcou um ponto sequer na partida.

Amanhã enfrentaremos os Boston Bruins, fora de casa.

Go Leafs Gooooooo

23/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

sábado, 24 novembro 2018 Deixe um comentário

Acabamos enfrentando os Blue Jackets por duas vezes na mesma semana. Vencemos na segunda-feira e voltamos a jogar contra eles na sexta.

Essa noite, novamente mostrou os Leafs começando atrás do placar, mesmo tendo um bom volume de jogo. O Toronto Maple Leafs deu 12 chutes ao gol de Sergei Bobrovsky e recebeu apenas 8 chutes no gol de Frederik Andersen. O primeiro gol dos Blue Jackets veio com um erro de Morgan Rielly ao sair da zona defensiva. Os Blue Jackets recuperaram o puck e Josh Anderson não desperdiçou a oportunidade de um rebote de Freddie, abrindo o placar aos 03m55s. O mesmo Josh Anderson se aproveitou de outra bobeada da defesa dos Leafs e aumentou para 2 a 0 aos 09m57s. Ron Hainsey conseguiu devolver os Leafs ao jogo com um gol aos 16m16s, chutando da linha azul.

No segundo período, Kasperi Kapanen, novamente ele, partiu na velocidade ao ataque e venceu Bobrovsky, empatando a partida aos 02m58s. Foi o gol que devolveu a confiança aos Leafs. Infelizmente, os Leafs que pressionavam os Blue Jackets, estavam em um powerplay, mas erraram um passe na zona neutra, que foi recuperado por Cam Atkinson que, com somente John Tavares à sua frente, driblou o jogador e chutou forte, sem defesa para Frederik Andersen, colocando o time da casa à frente num gol shorthanded. Esse gol acabou com a confiança dos Leafs que até tentaram, mas não encontraram mais o caminho do gol.

Para fechar o placar, no terceiro período, Marcus Hannikainen marcou um gol após excelente jogada de Artemi Panarin, que levou o puck ao ataque e simplesmente não deixou Morgan Rielly fazer qualquer jogada defensiva. Hannikainen marcou aos 03m35s.

Mike Babcock viu o resultado como algo esperado, pois poderíamos ter perdido em casa e vencido aqui. Ele também considerou que a equipe jogou tão bem quanto em outros jogos fora de casa.

Eu discordo dessa afirmação dele, pois a equipe tem errado muito nas saídas de jogo e temos perdido o controle do puck, dando oportunidades para os adversários. Temos que tomar muito cuidado, principalmente nossos defensores, ao sairmos com o puck da zona defensiva.

Hoje enfrentaremos o Philadelphia Flyers em Toronto. Vamos torcer para voltarmos a vencer!

GO Leafs Gooooooo

21/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ Carolina Hurricanes

sábado, 24 novembro 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs estava vindo de 4 vitórias seguidas e buscava continuar avançando na coluna de vitórias quando foi à PCN Arena em Raleigh, visitar o Carolina Hurricanes.

O que vimos no primeiro período foi simplesmente uma aberração. Os Canes bateram o recorde da franquia em número de chutes à gol. Só no primeiro período foram 29! Trevor Van Riemsdyk abriu o placar com um gol muito controverso aos 10m56s do primeiro período. Frederik Andersen havia defendido o gol dos Leafs por duas vezes, mas ao tentar “abafar” o puck, acabou vendo o puck escapar e também sua luva e taco serem retirados de sua mão, antes de Trevor conseguir chutar ao gol. Infelizmente os árbitros não viram nenhuma penalidade na jogada e não deram interferência no goleiro, validando o gol. Justin Williams, um veterano, marcou o segundo gol dos Canes aos 11m18s, o seu centésimo com a camisa dos Canes. Em um erro da saída de jogo dos Canes, John Tavares conseguiu interceptar o passe e partiu sozinho contra o ex-goleiro dos Leafs, Curtis McElhinney, diminuindo a vantagem do time da casa. No primeiro período foram 29 chutes ao gol de Freddie e somente 11 ao gol de McElhinney.

O segundo período foi bem diferente e os Leafs melhoraram muito. Apesar de não haver gols marcados, os leafs deram 12 chutes contra apenas 2 dos Canes.

Micheal Ferland marcou o terceiro gol dos Canes aos 07m45s do terceiro período, em um powerplay pros Canes, numa jogada em que os Leafs falharam em limpar o puck da zona defensiva. Hon Rainsey teve o puck em seu stick e não conseguiu mandar o puck pra longe. O puck foi interceptado e deu a chance de Ferland de chutar e vencer Freddie. Kasperi Kapanen que está tendo uma ótima temporada nos Leafs, dominou o puck na defesa e partiu em velocidade pro ataque, vencendo McElhinney por sobre o ombro direito. Foi uma linda jogada de Kapanen aos 11m57s. Infelizmente, quando os Leafs tentavam pressionar os Canes para chegar ao empate, Sebastian Aho e Andrei Svechnikov marcaram mais dois gols em empty net, aos 18m42s e 19m22s. Os dois erros foram “dados” aos Canes devido a erros de passe dos Leafs no ataque, que permitiram aos Canes, roubarem o puck e partirem ao ataque, marcando os dois gols em um gol vazio, sem Freddie.

Não foi o resultado esperado e, realmente a equipe não jogou bem.

O próximo desafio foi uma visita ao Columbus Blue Jackets que contarei num próximo post.

GO Leafs Gooooooooo

15/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

segunda-feira, 19 novembro 2018 Deixe um comentário

Para o segundo jogo na Califórnia, o Toronto Maple Leafs foi visitar o San Jose Sharks. O jogo começou com uma penalidade para os Sharks que deixaram a rápida equipe de Toronto em vantagem numérica.

Logo aos 02m10s, John Tavares marca, apenas 2 segundos após o powerplay acabar. O jogo estava muito disputado e muito rápido. Os Sharks empataram aos 05m28s, com Kevin Labanc. Kasperi Kapanen está mostrando seu valor e aproveitando a oportunidade que está tendo, já que sem William Nylander no elenco, ele tem chances de participar da segunda linha de ataque dos Leafs com Patrick Marleau. Kapanen colocou os Leafs à frente no placar com um gol aos 11m47s. Os Sharks são uma excelente equipe e, aos 12m51s Joe Pavelski empatou novamente num powerplay. Marc-Edouard Vlasic colocou o time da casa à frente no placar aos 18m21s.

O jogo simplesmente estava simplesmente alucinante! Logo aos 02m30s do segundo período, Josh Leivo marcou o gol de empate dos Leafs, vencendo Martin Jones. Kasperi Kapanen usou de sua velocidade para receber um passe de Mitch Marner e marcar o gol da virada dos Leafs, aos 12m06s, com os Sharks em powerplay, ou seja, um gol shorthanded. Acredito que os Sharks acabaram sentindo o golpe e não conseguiram reagir, ou quando tentaram, acabaram parados por Freddie.

Mitch Marner fechou o placar para os Leafs aos 13m54s do terceiro período.

Os Leafs venceram seus dois primeiros jogos na Califórnia e na noite seguinte visitaram o Anaheim Ducks.

Go Leafs Gooooooooo

27/10/2018 – Winnipeg Jets @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 30 outubro 2018 Deixe um comentário

Apenas tres dias após a vitória sobre os Jets, os times se enfrentaram novamente, dessa vez no gelo do Scotiabank Arena, ex Air Canada Centre, em Toronto, casa do Toronto Maple Leafs. Os Jets se preparavam para viajar à Finlândia logo após a partida, para dois jogos contra os Florida Panthers.

Dessa vez o jogo foi bem diferente. Os Jets abriram o placar com Kyle Connor aos 09m28s do primeiro período, num powerplay para o time visitante. Foi um gol em que a defesa dos Leafs simplesmente dormiu e deixou Connor sozinho em frente ao gol, pra chutar sem muita chance de defesa de Frederik Andersen.

O segundo período viu os Leafs tentando recuperar o placar, mas uma bobeira de Nazem Kadri, permitiu Mark Scheifele partir sozinho no contra-ataque contra Freddie, que não conseguiu defender o chute.

Quando tudo parecia dar errado para os Leafs, o terceiro período nos mostrou que, enquanto houver tempo no relógio, há esperança. Fazem Kadri marcou o seu segundo gol da temporada aos 06m33s, devolvendo energia à equipe da casa e aos torcedores presentes. Jake Gardiner empatou a partida aos 16m49s com um de seus fortes chutes. Mas, Kasperi Kapanen, marcou novamente contra os Jets, o gol que seria o gol da vitória, aos 17m15s, num chute que só tinha o espaço do puck pra entrar, por cima do ombro esquerdo de Hellebuyck. Foi realmente um jogo de recuperação para os Leafs!

Saímos com a vitória, mas infelizmente, numa jogada normal, Jakob Trouba acabou por contundir o ombro esquerdo de Auston Matthews no segundo período, tirando a estrela dos Leafs da partida. Matthews seria examinado para verificar a extensão da lesão e Mike Babcock já dava como certo que ele não participaria do jogo de segunda-feira, contra o Calgary Flames.

Go Leafs Goooooooo

24/10/2018 – Toronto Maple Leafs @ Winnipeg Jets

terça-feira, 30 outubro 2018 Deixe um comentário

Após duas derrotas em que a equipe jogou muito mal, sem controlar a partida e sem a velocidade a que nos acostumamos, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Winnipeg Jets fora de casa, no Bell MTS Place.

Quem abriu o placar foi Kasperi Kapanen aos 14m38s do primeiro período, com um belo chutem meio a muito trafego em frente ao gol de Connor Hellebuyck. Foi o quinto gol da temporada para Kapanen. Apesar de jogar fora de casa, os Leafs conseguiam levar mais perigo ao gol adversário.

O segundo gol da partida veio com Tyler Ennis aos 02m25s do segundo período, ao desviar um chute de Josh Leivo e tirar o goleiro dos Jets da jogada! Foi um desvio muito sutil, mas o suficiente para fazer com que Hellebuyck não tivesse como defender. Ainda no segundo período, Nazem Kadri marcou o terceiro dos Leafs aos 11m43s, seu primeiro na temporada, o que deve ter tirado um peso das costas dele.

Com tres gol de vantagem, os Leafs estavam confiantes na vitória,mas não se pode brincaria NHL. Nikolai Ehlers diminuiu aos 04m57s e Mark Scheifele aos 06m28s, colocou o time da casa novamente no jogo. Ainda bem que temos um time muito bom e John Tavares marcou o quarto gol dos Leafs aos 08m28s, tirando a empolgação do time dos Jets e garantindo a vitória dos Leafs.

Foi a quinta vitória dos Leafs em cinco jogos fora de casa nesta temporada! Começamos bem e temos que nos manter assim.

Muitos diziam que esse é um jogo de possíveis finalistas da Stanley Cup deste ano, pois são duas ótimas equipes com chances de serem campeãs de suas conferências.

Na temporada, os Leafs enfrentam os Jets em apenas dois jogos, um em casa e um fora, e o próximo jogo dos Leafs seria contra os mesmos Jets, mas dessa vez, no sábado, no Scotiabank Arena, em Toronto!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: