Archive

Posts Tagged ‘New York Islanders’

21/10/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

quinta-feira, 23 outubro 2014 Deixe um comentário

O próximo adversário dos Leafs foi os Islanders no Nassau Coliseum em Uniondale, NY. O time de NY vinha de quatro vitórias, e uma derrota e os Leafs vinham de duas vitórias, três derrotas e uma derrota na prorrogação.

Season_2014-15_Goalies_Game7O jogo começou com o time da casa pressionando e já exigindo boas defesas de Jonathan Bernier. Entretanto, não foi possível defender um chute de Nick Leddy logo aos 02m48s. Parecia que os Leafs teriam uma noite bem complicada, mas depois do gol a equipe se comportou bem e chegou ao empate num erro da defesa dos Islanders, que permitiu que Phil Kessel recuperasse o puck e passasse para James Van Riemsdyk, que marcou um belo gol aos 08m44s. O jogo estava muito bom, com chances para ambas equipes, mas foi John Tavares que colocou os Isles de volta à frente do placar. Foi um balde de gelo sobre os Leafs, pois o gol foi marcado aos 15m02s, num momento de vantagem numérica (powerplay), não dando muito tempo para reação ainda no primeiro período.

Season_2014-15_Score_Game7Os Leafs necessitaram do intervalo para colocar a equipe em linha para enfrentar os Isles e a reação começou com ele, Phil Kessel. Kessel mais uma vez jogou muito bem e aos 09m04s, empatou para os Leafs. Aos 11m11s, foi a vez de Roman Polak receber o puck e virar e chutar e marcar sobre Jaroslav Halak. Foi a virada de Polak … A virada dos Leafs! Depois disso ainda vimos gols de David Clarkson e o segundo gol de Phil Kessel, e os Leafs abrindo 5 a 2 no placar.

O terceiro período não mudou o placar, apesar de os Isles voltarem com muita vontade de fazer isso …

Os Leafs jogariam na noite seguinte, então nem tiveram muito tempo para comemorar e já partiram para Ottawa, para a primeira Batalha de Ontario desta temporada.

GO Leafs Goooooooo

Anúncios

Nikolai Kukemin diz adeus aos Leafs

quinta-feira, 03 julho 2014 2 comentários
Toronto Maple Leafs

Toronto Maple Leafs (Photo credit: Wikipedia)

Ontem o New York Islanders fez uma boa jogada, contratando o central Mikhail Grabovski e seu ex-companheiro no Toronto Maple Leafs, Nikolai Kulemin.

Grabovski recebeu um contrato de quatro anos e 20 milhões de dólares, enquanto Kulemin receberá 16.75 milhões de dólares no mesmo período.

Grabovkski, após ter seu contrato cancelado com os Leafs jogou pelo Washington Capitals na temporada passada e pode ser utilizado como central na segunda linha dos Islanders, atrás John Tavares.

Kulemin deixa os Leafs após marcar 84 gols e 111 assistências em 424 jogos em seis temporadas.

Grabovski e Kulemin, amigos que compartilham do mesmo agente, Gary Greenstin, estavam interessados em assinar por um mesmo time.

07/01/2014 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 09 janeiro 2014 Deixe um comentário

Derrotados pelos Rangers, os Leafs receberiam outro time de New York, os Islanders, que vinham de um jogo na noite anterior, onde venceram os Dallas Stars.

Mais uma vez, apesar da derrota para os Rangers e de ter tomado os cinco primeiros gols, Jonathan Bernier seria o goleiro dos Leafs. Pelos Islanders o goleiro foi Kevin Poulin.

20140107_Islanders@Leafs_BannerEste foi o primeiro jogo de Tim Gleason como um Leafs, após ter sido adquirido numa troca com os Hurricanes.

O jogo começou bem para os Leafs, que pressionavam e pareciam estar “acordados” desde o primeiro minuto de jogo. Isso foi recompensado com um gol de Tyler Bozak aos 05m05s, desviando um chute de Paul Ranger. Os Leafs estavam próximos de terminar o primeiro período em vantagem, mas um chute de Kyle Okposo faltando apenas 43s para os times irem aos vestiários, parecia ser um chute de fácil defesa para Bernier, mas acabou entrando pois a visão de Bernier foi impactada.

20140107_Islanders@Leafs_ScoreNo segundo período, os Leafs continuavam bem, mas numa jogada infantil, Bernier foi controlar o puck ao lado do gol, aos 03m06s, com a vinda de Michael Grabner, um veloz patinador dos Islanders. Bernier acabou se atrapalhando e o puck acabou indo para a área em que ele não pode tocar o puck e Grabner foi muito rápido, controlando o puck e dando a volta por trás do gol, marcando o segundo dos Islanders enquanto Bernier não conseguiu retornar a tempo de impedí-lo. Os Leafs só chegaram ao empate aos 08m25s num gol de Mason Raymond, em powerplay, aproveitando um rebote de Poulin. Partida empatada novamente até o final do segundo período.

Com a decisão a ser definida no terceiro período, os Leafs começaram mal e parecia que eles é que haviam jogado na noite anterior. O time parecia cansado, sempre naquela tática do Dump and Chase, que é lançar o puck ao ataque e correr para controlá-lo antes da defesa limpar a jogada. Aos 03m41s, Frans Nielsen chutou forte, num powerplay e colocou os visitantes à frente do placar novamente. Aos 06m01s, Calvin de Haan foi ao ataque e deu um chute despretensioso, mas Bernier aceitou e deixou passar por baixo do braço. Os Leafs ainda tentaram uma reação e marcaram o terceiro gol com Joffrey Lupul aos 16m55s, permitindo aos Leafs ter uma esperança de empatar o jogo retirando Bernier nos minutos finais do período, para colocar mais um atacante. Mas essa esperança acabou quando os Islanders recuperaram o puck e passaram a Cal Clutterbuck que saía do banco, numa troca de linhas, para sozinho marcar o quinto gol dos Islanders e selar a vitória.

Desta vez, os ameaça chutaram mais ao gol de Poulin, algo raro nesta temporada e, apesar de receber poucos chutes à gol, somente 25, não foi a noite de Bernier, que já nos garantiu vitórias recebendo mais de 40 chutes!

Os Leafs precisam retornar às vitórias nesta segunda metade de temporada, pois sua classificação para os playoffs já começa a ficar ameaçada por times como os Rangers e os Hurricanes!

Go Leafs Gooooooo

Enhanced by Zemanta

18/04/2013 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 19 abril 2013 Deixe um comentário

Com apenas 5 jogos restando na temporada regular, os Leafs receberam a visita do New York Islanders, time que também está na zona de classificação para os playoffs e buscando garantir a presença nos playoffs pela primeira vez desde 2007.

Outros times que ainda têm chances de ir aos playoffs são os Senators, os Islanders, os Rangers e os Jets. Todos estes times venceram na noite de ontem e se aproximaram dos Leafs na tabela.20130418_Islanders@Leafs_Banner

O jogo começou muito bem para os Leafs que mataram uma desvantagem numérica de 5 contra 3 para os Islanders logo no começo do jogo e, nos dois primeiros chutes à gol, marcaram dois gols. Os gols foram marcados por Joffrey Lupul aos 05m05s e Cody Franson aos 06m41s. Depois disso os Leafs mantiveram um jogo totalmente defensivo, sem levar muito perigo ao gol de Evgeni Nabokov. Aos 09m07s Brad Boyes diminui para os Islanders que detinham o controle do jogo. Matt Moulson empatou aos 15m03s em um powerplay, numa penalidade de Leo Komarov. O período ainda viu os Islanders virarem o jogo com um gol de John Tavares aos 17m24s num contra-ataque. Os Leafs deram apenas 5 chutes à gol no período, contra 19 dos Islanders.

20130418_Islanders@Leafs_ScoreNo segundo período o jogo sonolento dos Leafs continuou e os Islanders marcaram mais um com John Tavares aos 14m40s. Este foi outro período em que os Leafs deram apenas 5 chutes à gol, se do que o primeiro chute dos Leafs no período somente ocorreu após sete minutos de jogo! Os Islanders deram mais 15 chutes à gol neste período!

No terceiro período, aparentemente, Randy Carlyle despertou a equipe, mas jogar apenas 20 minutos, num jogo de 60, não dá a vitória a ninguém. Os Leafs ainda que jogando melhor ainda tomaram o quinto gol, marcado por Fredrik Nielsen aos 10m22s. Os Leafs somente diminuíram com o capitão, Dion Phaneuf, no último minuto de jogo, em vantagem numérica. Mas era tarde demais. Os Leafs deram 11 chutes à gol no terceiro período, contra apenas 4 dos Islanders.

Dentre os times na zona de classificação aos playoffs, os Leafs são o único time que na temporada regular sofreu mais do que deu chutes à gol! A equipe parece desligar em alguns momentos do jogo! James Reimer faz o que pode no gol, mas recebendo 38 chutes à gol, fica difícil fechar o gol!

Os Leafs mantiveram a quinta colocação na conferência mas deixaram os Senators a apenas um ponto e com um jogo a menos (jogo postergado contra os Bruins). Desta forma, a equipe de Ottawa pode tomar a nossa quinta posição, somente vencendo seus jogos, sem depender de derrotas dos Leafs. Agora a distância para o oitavo e nono colocados (Rangers e Jets) é de 5 pontos, faltando apenas 4 jogos para os Leafs e Jets e 5 para os Rangers.

O que estava muito fácil, começou a ficar mais complicado. No sábado visitaremos os Senators num jogo de 4 pontos pela disputa da melhor classificação na tabela. Depois vamos até a Flórida e enfrentamos os Panthers, pior time da conferência, e os Lightning, ambos sem chances de ir aos playoffs, para no último jogo retornar ao Air Canada Centre e receber a visita dos Canadiens, fechando a temporada regular.

Vamos acordar!! Vamos garantir a presença nos playoffs no sábado!! Vamos Leafs!!

Go Leafs Goooooooo

28/02/2013 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

sexta-feira, 01 março 2013 Deixe um comentário

Apesar da derrota para os Habs em pleno Air Canada Centre na noite anterior, os Leafs foram a New York enfrentar os Islanders e não demonstraram cansaço!20130228_Leafs@Islanders_Banner

Este jogo marcou a volta de James Reimer ao gol dos Leafs, deixando Ben Scrivens como backup, no banco de reservas.

O jogo começou melhor para o time da casa que abriu o placar logo aos 03m34s, numa jogada em que Kyle Okposo conduz o puck ao ataque, vai em direção ao gol e efetua um passe para trás, para a chegada de Josh Bailey, que chutou para colocar o primeiro gol no placar. Os Leafs mantiveram a calma e empataram aos 08m31s com Nazem Kadri, que recebeu um passe de Mark Frazer, foi ao ataque e se aproveitou que Clarke MacArthur forçava passagem pelo meio da defesa, para realizar um belo movimento e mandar o puck para o fundo do gol de Evgeni Nabokov. Este período também teve uma jogada em que Phil Kessel perdeu o puck para Michael Grabner, que o venceu na corrida e foi derrubado por Kessel que concedeu um pênalti shot para os Islanders. Para felicidade dos Leafs, Reimer efetuou uma defesa até fácil no chute de Grabner.

20130228_Leafs@Islanders_ScoreO segundo período viu os Islanders passarem novamente à frente do placar com um gol de Lubomir Visnovsky, aos 06m22s, que Reimer não conseguiu defender. Os Leafs correram atrás do prejuízo e viraram o jogo com o segundo gol de Nazem Kadri, que desviado pelo taco de Mark Streit, encobriu Nabokov aos 08m55s. James Van Riemsdyk também marcou o seu, aos 10m25s, chutando ao gol e aproveitando seu próprio rebote para colocar os Leafs à frente do placar. E, por fim, Nazem Kadri conduz o puck na zona neutra e vai ao ataque pelo lado direito, passando por dois defensores dos Islanders e conseguindo espaço entre os defensores para chutar forte no canto do gol de Nabokov. Com esse gol, marcado aos 14m12s, Kadri marcou o seu primeiro Hat Trick da carreira na NHL!

Com uma vantagem de 2 gols, os Leafs voltaram para o terceiro período confiantes, mas os Islanders voltaram com vontade de dar trabalho e assim o fizeram. Após terem dois gols anulados corretamente pelos árbitros, um de John Tavares e outro de Visnovsky, ambos revistos pela central da NHL em Toronto, os Islanders vão ao ataque e aos 05m31s Andrew MacDonald recebe o puck de Kyle Okposo e chuta forte, de primeira, vencendo James Reimer. O segundo gol dos Islanders no período, que empatou a partida, aos 10m08s, foi marcado do mesmo local do gelo, até parecia um replay. Mark Frazer perdeu o puck para Kyle Okposo que foi ao ataque e chutou forte. Reimer não defendeu. Apesar de ótimas jogadas no ataque, os Leafs eram parados por Nabokov e o placar se manteve empatado, levando os Leafs a sua primeira prorrogação da temporada.

A prorrogação mal teve início Grabner acertou a trave de Reimer. Aos 1m11s da prorrogação Dion Phaneuf recebe o passe de Grabovski, passa pelo seu marcador e vai em direção ao gol de Nabokov. Phaneuf chuta sem chances de defesa para Nabokov e determina o resultado do jogo! Vitoria dos Leafs por 5 x 4 na prorrogação!

24/01/2013 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 25 janeiro 2013 4 comentários

Após uma sólida vitória sobre os Penguins, os Maple Leafs realizaram seu quarto jogo na temporada regular recebenedo o New York Islanders no Air Canada Centre. Matt Frattin entrou no lugar de Joffrey Lupul – Lupul fraturou o braço no jogo anterior e é esperado que ele fique pelo menos 6 semanas sem jogar.

nyi-tor_topo

Os Leafs abriram o placar com pouco mais de dois minutos de partida, com um slap shot do defensor Carl Gunnarsson. A resposta dos Islanders veio com Matt Moulson, aos 8:39. Mas não demorou muito até os Leafs retomarem a liderança: Nazem Kadri fez 2-1 no minuto seguinte e Mikhail Grabovski mandou uma bomba para dentro do gol de Evgeni Nabokov e deixou os Leafs com dois gols de vantagem até o fim do primeiro período.

nyi-torO segundo período começou com boa pressão dos Leafs, mas foram os Isles que descontaram: o veterano Mark Streit marcou em vantagem-numérica (powerplay) aos 11:44, e Brad Boyes empatou aos 13:10. A partir daí os time de Nova Iorque passou a dominar o jogo enquanto os Leafs deram uma esfriada.

Os Islanders viraram o jogo logo no começo do terceiro tempo, com gols de Michael Grabner e Keith Aucoin. Após o quinto gol, James Reimer foi para o gol no lugar de Ben Scrivens – que se mostrou bastante chateado e irritado ao ir para o banco. Moulson, com seu segundo gol na partida, deixou o placar em 6-3 para os Isles, fazendo com que Toronto partisse pra cima na base do desespero. Matt Frattin aumentou um pouco a esperança dos Leafs com um gol aos 17:47 (além do gol, Frattin teve duas assistências). Phil Kessel teve um gol corretamente anulado logo em seguida (Aucoin deu uma de “segundo goleiro” e tirou o puck de cima da linha do gol). Os Leafs estavam no “tudo ou nada”, contando com uma vantagem-numérica e um jogador a mais no lugar do goleiro, ou seja, estavam em 6-contra-4 quando tomaram o sétimo e último gol: Michael Grabner consegue roubar o puck, parte em velocidade, impede que Dion Phaneuf recupere para Toronto, foge da marcação de Kessel, gira e manda para o gol aberto.

Os Leafs terão até sábado para se recuperar dessa derrota acachapante, quando jogarão contra o New York Rangers, em Nova Iorque.

20/03/2012 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 21 março 2012 1 comentário

Os Leafs voltaram de Boston com a derrota por 8 a 0 sobre os ombros, mas com a necessidade de se preparar para um jogo em casa contra os Islanders. Na tabela de classificação os Leafs possuem 72 pontos e os Islanders 69, empatados em último na conferência leste com os Habs!
Seria um jogo mais fácil já que os Islanders não estão bem classificados, e parecia assim até o terceiro período.
Apesar de jogar melhor, os Leafs não deram muitos chutes à gol durante toda a partida, totalizando somente 14. Mas isso não os impediu de abrir o placar com Phil Kessel aos 10m24s. Kessel passou por trás do gol de Evgeny Nabokov e se posicionou sem marcação, recebeu um passe de Tyler Bozak e desferiu um potente chute que recocheteou na câmera interna do gol e saiu! Os árbitros tiveram que rever a jogada para enfim dar o gol aos Leafs. Os Leafs jogavam bem, mas também tomavam alguns contra-ataques e foi num deles, aos 15m34s que os Islanders empataram. Numa troca de linha os Islanders partiram ao ataque e Jake Gardiner, achando que tinha alguém na cobertura, deixou John Tavares passar com o puck. Tavares deu um passe para Josh Bailey por sobre o taco de Luke Schenn e Bailey não desperdiçou, mandando pro fundo do gol de James Reimer.
No segundo período os Leafs também voltaram a passar a frente no placar com Matthew Lombardi que aos 4m12s venceu Nabokov num wrap-around mandando o puck por entre as pernas do goleiro. O restante do período viu os times batalhando pelo puck e buscando o gol, que veio para os Islanders aos 13m08s com D. Ullstrom, numa jogada bem parecida com a do primeiro gol dos Islanders. Novamente James Reimer não foi rápido o suficiente para se posicionar e defender o chute.
O terceiro período decorria como os dois anteriores, com as equipes disputando o puck e buscando definir a vitória e eu até achava que a partida iria para a prorrogação. Reimer chegou a fazer uma ótima defesa num puck que já estava atrás de sua perna, indo em direção ao gol! Mas a partir dos 13 minutos, os Islanders marcaram mais 3 gols, com Matt Moulson aos 13m56s, PA Parenteau num breakaway aos 15m43s vencendo Reimer facilmente e aos 18m25s quando Moulson marcou o seu segundo da noite com os Leafs sem goleiro, que foi substituído por um atacante adicional. Placar final: NY Islanders 5 x 2 Toronto Maple Leafs.
O time não jogou mal, mas sem uma consistência de James Reimer ou de Jonas Gustavsson, dica difícil sair com a vitória! Os dois primeiros gols dos Islanders, não foram totalmente indefensáveis! Reimer não conseguiu defendê-los, mas após o término do jogo, assisti um pouco da partida entre Calgary Flames e Colorado Avalanche e Varlamov fez defesas incríveis para manter a sua equipe (Avs) no jogo! Se Reimer ou Gustavsson tivessem recebido o mesmo chute, nesta má fase em que se encontram, os Leafs teriam tomado gols de seus adversários!
O que nos resta é vislumbrar o que Burke pode arquitetar para nos levar aos playoffs na próxima temporada, afinal o que necessitamos são apenas algumas peças para termos uma equipe consistente e produtiva! Eu diria que necessitamos de um goleiro mais experiente, como foi Giguere no ano passado, um central de primeira linha para jogar entre Kessel e Lupul e mais alguém para dar experiência ao jovem time dos Leafs, seja no ataque ou na defesa.
O que temos que fazer é parar de dar atenção à idéias como a de vender ou trocar Phil Kessel! Ele é nosso melhor atacante, está tendo seu melhor ano, tem apenas 24 anos, está entre os melhores atacantes e pontuadores da NHL e sem contar com um central à altura! Ele já demonstra o seu valor e ainda continuará assim por muitas temporadas!
Nosso próximo jogo será na sexta-feira, em New Jersey, contra os Devils de Martin Brodeur.
Go Leafs Goooo Sempre!
Não consigo torcer para os Leafs perderem!

%d blogueiros gostam disto: