1940’s

História por década:  1920’s | 1930’s | 1940’s | 1950’s | 1960’s | 1970’s | 1980’s | 1990’s



Video: 1942 Winning Team | Ted Kennedy

Os Leafs iniciaram a década de 40 com altas expectativas. Os novos ídolos dos Leafs eram o líder na artilharia Gordie Drillon e seu central Syl Apps. No gol pelo time de Toronto estava o ganhador do Troféu Vezina da temporada passada, Turk Broda.

Depois de uma segunda colocação na classificação da temporada regular na temporada 1941-42, the Leafs venceram os Rangers nas semi-finais em seis jogos e foram enfrentar o Detroit Red Wings nas finais. Os Leafs iniciaram as finais com duas derrotas no Maple Leaf Gardens e, depois de perder o terceiro jogo em Detroit, os Red Wings pareciam estar quase com as mãos na Stanley Cup.

O time de Toronto tinha a reputação de não ter o chamado “instinto matador” depois de diversas presenças nas finais, sem trazer o maior prêmio, a Stanley Cup, para casa. O técnico Day, desesperado neste momento, usou duas estratégias diferentes para tentar mudar a história e o rumo de sua equipe.

Syl Apps ajudou a trazer a Stanley Cup para Toronto em 1942

Primeiro, ele deixou o artilheiro da equipe, Gordie Drillon, fora da equipe e também diminuiu o tempo de gelo de seu defensor grandalhão, Bucko McDonald. Ele então inseriu os rápidos e jovens atacantes Don Metz e Hank Goldup assim como o defensor novato Ernie Dickens na equipe. Depois, ele leu uma carta de uma jovem fã para o time, suplicando para o seu tão amado Leafs que fizesse o impossível para ganhar a série. Os jogadores guardaram esse apelo em seus corações e junto com as mudanças no elenco, foram capazes de vencer o quarto jogo após estarem perdendo por 2 gols de diferença. Eles não somente ganharam aquele jogo, como os próximos três e se tornaram a primeira equipe a perder os três primeiros jogos da final e vencerem os últimos 4 seguidos. Os Leafs finalmente provaram que eles podiam aguentar a pressão e vencer. Os mesmos Red Wings eliminaram os Leafs nas semi-finais da temporada 1942-43. Então os Leafs perderam para o Montreal Canadiens em cinco jogos nas semifinais da temporada 1943-44. Naquela época, a Segunda Guerra Mundial estava em seu auge e os Leafs assim como outras equipes perderam um grande número de jogadores para as forças armadas. Os Leafs tiveram que continuar sem o central Syl Apps e o goleiro Turk Broda entre outros que foram servir seus países na guerra.

Na temporada 1944-45, Frank McCool, apelidado de ‘Ulcers’ devido aos seus problemas estomacais, substituiu Broda no gol. Toronto terminou em terceiro lugar com 52 pontos e enfrentou o primeiro colocado, Montreal Canadiens, que tinha ganho 80 pontos. Montreal não havia perdido tantos jogadores para as forças armadas como outras equipes da NHL.

Os Leafs não eram os favoritos, mas venceram os Canadiens em seis jogos. Toronto foi liderado pelo brilhante central de 19 anos, Ted ‘Teeder’ Kennedy. Kennedy foi o líder da equipe em número de gols na temporada regular e também acabou sendo o melhor jogador dos playoffs, ultrapassando todos os outros em número de gols e pontos marcados. O adversário dos Leafs nas finais foi o time de Detroit, que ainda queriam uma revanche pela humilhação de perder a Stanley Cup nas finais de 1942 após estarem ganhando os três primeiros jogos.

Os Leafs venceram os primeiros 3 jogos das finais em shutouts (sem tomar gols) consecutivos com o goleiro Frank McCool. Mas ao contrário da final de 1942, os Red Wings venceram os próximos três jogos empatando a série com Harry Lumley, goleiro de 19 anos, vencendo duas vezes os Leafs por shutout. Toronto venceu o sétimo jogo por 2 a 1 prevenindo a vingança completa dos Red Wings.

Como a guerra estava terminando em 1945, alguns dos Leafs que serviram ás forças armadas começaram a retornar ao time, mas os Leafs, sentindo a falta de Teeder Kennedy, contundido na maior parte da temporada, não conseguiu se classificar aos playoffs na temporada 1945-46.

Turk Broda ajudou os Leafs a vencer algumas Stanley Cups

Na temporada seguinte, contando com jogadores como Apps e Broda, que voltaram e entraram em forma, junto com alguns novatos excelentes vindos da “liga de acesso” (minor-league system), os Leafs venceram outra Stanley Cup batendo o primeiro colocado, Montreal Canadiens, em seis jogos. Os Leafs perderam o primeiro jogo da série por 6 a 0, permitindo que o goleiro Bill Durnan, estrela do time de Montreal, questionasse como os Leafs avançaram à final. Os jogadores dos Leafs se inspiraram com os comentários de Durnan e venceram a Stanley Cup de 1947 em seis jogos.

Turk Broda, como sempre, foi incrível nos playoffs, mas a surpresa foi a nova defesa dos Leafs, que inacreditavelmente era formada com quatro novatos. Os companheiros de defesa Gus Mortson e Jim Thomson foram apelidados de  “Gold Dust Twins” porque Thomson dirigia um negócio de carvão na pós-temporada e Mortson era seu vendedor chefe. O bigodudo Garth Boesch fez par de defesa com Bill Barilko, um jovem impetuoso trazido do time do Hollywood Wolves.

No ataque, os Leafs tinham três linhas bem balanceadas com o capitão Syl Apps no centro, junto ao grande Harry Watson e ao “desferidor de trancos” ‘Wild’ Bill Ezinicki. A segunda linha tinha o jovem e tenaz Ted ‘Teeder’ Kennedy entre os novatos Vic Lynn e Howie Meeker. E, a linha conhecida como ‘Flying Forts’ formada por Gaye Stewart, Gus Bodnar e Bud Poile, todos vindos de Fort William, formavam a terceira linha. Tais linhas integravam um ótimo time que reunia muita qualidade à excelente liderança de Syl Apps.

Os Leafs, acreditando que uma equipe com ótimos centrais era crucial para o sucesso, começaram a temer que o veterano Syl Apps se aposentasse. Então, em 2 de Novembro de 1947, Conn Smythe negociou toda a linha ‘Flying Forts’ mais dois defensores, Bob Goldham e Ernie Dickens com o Chicago em troca do artilheiro, ‘Dipsy Doodle Dandy’ Max Bentley and Cy Thomas. Com Apps, Kennedy e o extremamente habilidoso Bentley como seus centrais, os Leafs tiveram sua melhor temporada em 1947-48, terminando em primeiro e varrendo o Detroit Red Wings nas finais, vencendo em 4 partidas, ganhando sua segunda Stanley Cup consecutiva.

Quando a temporada 1948-49 começou, o capitão Syl Apps já havia se aposentado forçando os Leafs a negociar pelo central agressivo Carl Gardner dos Rangers. Não houve surpresa quando Teeder Kennedy substituiu Apps como capitão, desta forma os Leafs não sentiram muito a falta de um líder. Os Leafs terminaram a temporada na quarta colocação com um recorde de 22-25-13 (vitórias – derrotas – empates).

O Detroit Red Wings terminou em primeiro – iniciando uma dinastia com sete temporadas terminando em primeiro.Os Wings, com sua primeira linha formada por Sid Abel entre ‘Terrible’ Ted Lindsay e a estrela em ascensão Gordie Howe, eram os favoritos a levar a Stanley Cup. Os Leafs se uniram nos playoffs e derrotaram o segundo colocado, Boston Bruins, em cinco jogos na semi-final. Na final, Toronto novamente varreu os Red Wings em quatro jogos para marcar um recorde, vencer a terceira Stanley Cup consecutiva. Os Leafs foram vitoriosos novamente e os Red Wings ficaram muito “mordidos”, perdendo 11 jogos de playoffs consecutivos para seu rival canadense.

Ao final da temporada 1949-50, os Leafs terminaram na terceira colocação, 21 pontos atrás do primeiro colocado Detroit Red Wings e os dois times se encontraram novamente, dessa vez na semi-final.

Tipicamente, Turk Broda teve uma performance muito forte no primeiro jogo em Detroit, liderando os Leafs a uma vitória por 5 a 0, deixando os Red Wings furiosos e confusos. Entretanto, mais para o final do jogo, houve um incidente que mudaria o momento da série.

Ted Kennedy assumiu como capitão após Syl Apps

Ted Kennedy, jogando de forma muito valente por estar contundido, estava carregando o puck indo ao ataque quando viu Gordie Howe patinando de forma ameaçadora em sua direção. Kennedy freou e o jovem ala direita do Detroit colidiu na parede com seu companheiro de equipe, ‘Black Jack’ Stewart.  Howe ficou seriamente ferido e foi levado ao hospital para uma operação delicada para diminuir a pressão em seu cérebro.

Toda a equipe de Detroit (gerência e jogadores) acusaram Kennedy de deliberadamente ter derrubado Howe com seu taco para causar a lesão. O então presidente da liga, Clarence Campbell, absolveu o capitão dos Leafs de qualquer culpa, mas os Red Wings ganharam uma motivação maior para jogar. O segundo jogo da série foi o mais violento jogo entre as equipes, com jogadores do Detroit buscando revidar em Kennedy e outros jogadores de Toronto, resultando em várias brigas. Os Leafs estavam nervosos por causa do incidente com Howe e do caos que se seguiu e acabaram jogando timidamente durante todo o resto da série. No final, o Detroit eliminou os Leafs, campeão das últimas três temporadas, no sétimo jogo, por 1-0 na prorrogação com um gol despretencioso do defensor Leo Reise. Detroit tinha finalmente espantado o fantasma da derrota para seu inimigo.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: