Anúncios

Archive

Posts Tagged ‘Air Canada Centre’

06/12/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 10 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a derrota para o New Jersey Devils, quando os Leafs jogaram um jogo sonolento, lento, o próximo adversário seria o Vancouver Canucks, ainda no Air Canada Centre. Os Canucks traziam uma novidade no gol este ano, Ryan Miller, que já deu muitas dores de cabeça aos Leafs quando jogava no Buffalo Sabres.

O jogo começou e os Canucks não se intimidaram, mesmo jogando no Air Canada Centre. Jogavam de igual para igual … e dificultavam a vida do Toronto Maple Leafs. Apesar de tudo Jonathan Bernier e a defesa conseguiam impedir os Canucks de abrir o placar. Aos 15m47s, Jake Gardiner, que havia recebido uma “bronca” de Randy Carlyle, para ir mais ao ataque e levar perigo ao gol adversário, marcou para os Leafs. Menos de um minuto depois, aos 16m32s, Richard Panik marcou o segundo gol dos Leafs. Mesmo assim, os Canucks chutaram mais ao gol dos Leafs, 12 a 10 no primeiro período.

No segundo período os Leafs dobraram a vantagem no placar com gols de Peter Holland aos 04m16s e Joffrey Lupul aos 05m39s. Neste momento os Canucks retiraram Ryan Miller do gol, para o delírio da torcida dos Leafs. Miller foi substituído por Eddie Lack. Já com quatro gols de liderança no placar os Leafs começaram a perder a concentração e permitiram vários powerplays para os Canucks. Mas os Leafs estão defendendo bem os powerplays e não permitiam aos Canucks crescer na partida. Até que aos 15m21s, Daniel Sedin consegue finalmente vencer Jonathan Bernier. Este gol deu uma esperança de reação aos Canucks, mas o segundo período terminou assim, com o placar de 4 a 1 para o time da casa.

Com esperança de reação os Canucks voltaram pressionando no terceiro período e aos 08m45s, Christopher Tanev marcou o segundo dos Canucks. Após este gol os Leafs conseguiram controlar a partida, sem maiores chances aos Canucks e, aos 17m39s, já com o gol vazio, sem goleiro (Empty Net), David Clarkson marcou o quinto gol, fechando o placar.

Grande jogo dos Leafs e, principalmente de Jonathan bernier que efetuou 44 defesas para manter os Canucks somente com dois gols no placar!

Go Leafs Goooooooo

Anúncios

Pré-temporada dos Leafs – parte 1

sexta-feira, 26 setembro 2014 Deixe um comentário

Aos poucos vamos retomando as notícias dos Leafs, já que a temporada 2014-15 está para começar! O primeiro jogo dos Leafs será em 8 de outubro, no Air Canada Centre, contra o Montreal Canadiens!!!

Os Leafs estão se preparando e realizando vários jogos de pré-temporada para que o corpo técnico conheça os jogadores que acabaram de chegar à equipe e os jogadores que já estão em condições de subir aos Leafs, vindos dos Marlies, time afiliado dos Leafs na American Hockey League – AHL. Stephane Robidas, David Booth, Daniel Winnik, Roman Polak, Mike Santorelli, Matt Frattin, que retornou à equipe, William Nylander e Henrik Tallinder são alguns dos nomes em busca da oportunidade de defender os Leafs e fazer parte da equipe nesta temporada. Os goleiros também estão sendo testados pois em caso de contusão em Bernier e Reimer, temos que saber quem pode vir a ser chamado para auxiliar a equipe.

Os Leafs já jogaram contra os Flyers e venceram por 3 a 2 na Philadelphia e por 4 a 0 (shutout) no Air Canada Centre. Também já jogamos contra os Senators, nosso arquirrival de divisão e de província, em dois jogos simultâneos, um jogado em Toronto e o outro em Ottawa, e acabamos por perder em Ottawa por 3 a 2 e em Toronto, no shootout.

Neste jogos William Nylander, recém draftado teve uma ótima performance e demonstrou que pode levar muito perigo ao gol adversário. Ele inclusive já marcou seu primeiro gol pelos Leafs e deve ter boas chances de fazer parte da equipe, caso não achem que ele deve passar um tempo na AHL, para uma melhor adaptação.

Hoje os Leafs jogam em Niágara contra o Buffalo Sabres e amanhã recebem o Detroit Red Wings em Toronto. O último jogo de pré-temporada será contra os Red Wings em Detroit na próxima semana, quando os Leafs devem então definir o elenco para o início da temporada.

Este ano parece que teremos mais qualidade e experiência, tanto na defesa, quanto no ataque e teremos mais linhas levando perigo aos adversários!

Que chegue logo o dia 8!!!

Go Leafs Gooooooo

Leafs Fan Fest e Leafs Row

terça-feira, 09 setembro 2014 Deixe um comentário

Neste final de semana aconteceu o Leafs Fan Fest, festival com várias atrações e que contou com a possibilidade de visitar o vestiário dos Leafs! O vestiário somente é acessado por jogadores e comissão técnica dos Leafs, mas acabou sendo aberto aos torcedores que adoraram poder tirar fotos e conhecer o ambiente onde os jogadores se preparam para as partidas jogadas no Air Canada Centre!!

Houve também a venda de equipamentos (camisas, skates, tacos, luvas, capacetes, etc) usados pelos jogadores.

Outro evento muito aguardado foi a revelação da chamada Leafs Row, um monumento em homenagem aos jogadores dos Leafs que fizeram história no clube, que fica localizado bem em frente à entrada do Air Canada Centre. Este monumento vai ter estátuas destes jogadores e somente um deles havia sido divulgado com antecedência, Ted Kennedy, que foi capitão dos Leafs. Outros dois seriam revelados somente na Fan Fest. E acabaram sendo Darryl Sittler e Johnny Bower!!

Ótima iniciativa dos Leafs para homenagear os principais jogadores da história da franquia!

Quase ia me esquecendo, mas os jogadores que ganharam a Stanley Cup na década de 60, foram homenageados pelos Leafs com um anel, como os campeões de hoje! Johnny Bower recebeu quatro anéis, um para cada título que ganhou defendendo o gol dos Leafs!

Parabéns Leafs!! Sempre temos que nos lembrar dos nossos principais ídolos que agora serão eternizados na Leafs Row!! Outra informação importante é que a Leafs Row vai ser complementada por outros ídolos até o ano do centenário dos Leafs (2017).

E que venha a temporada 2014-15!!!!

Go Leafs Gooooo

Kyle Dubas é contratado como Gerente Geral Assistente

terça-feira, 22 julho 2014 Deixe um comentário
Conforme o MapleLeafs.com, Brendan Shanahan começou a colocar a sua marca nos Leafs contratando Kyle Dubas, de 28 anos, como Gerente Geral Assistente.

Dubas passou os últimos três anos como Gerente Geral do Sault Ste. Marie Greyhounds da Ontario Hockey League; ele usou dados analíticos e outras métricas avançadas para desenvolver sistemas e criar um elenco que levou os Greyhounds do último ao primeiro lugar na Divisão Oeste da OHL em apenas três anos. E ele fez tudo isso sendo o mais novo Gerente Geral da OHL e segundo mais novo na história da liga.

Este feito foi suficiente para atrair a atenção e interesse de Shanahan, que foi contratado como presidente do time em Abril.

“Eu não ligo para a idade de uma pessoa,” afirmou Shanahan durante uma conferência no Air Canada Centre. “Ele trabalha de maneira ética. Eu somente estou procurando por pessoas talentosas, e quanto mais eu conheço ao Kyle, mais eu tenho certeza de que é alguém com muito talento.”

Shanahan indicou que quando ele foi contratado, ele queria encontrar novas idéias para ajudar a melhorar uma franquia que chegou aos playoffs somente uma vez desde 2004. Dubas se encaixa nesta descrição.

“Ele trabalha duro. Ele é alguém que aplicou seus conhecimentos de uma forma prática,” atestou Shanahan. “Ele gerenciou uma equipe. Ele aceitou os desafios. Mas ele não está atado a velhas idéias. Ao mesmo tempo, eu acho ele uma pessoa muito respeitosa e aberta a outras idéias; uma das primeiras coisas que ele disse para mim foi que ele sentiu que essa é uma grande oportunidade para aprender ainda mais.”

Dubas disse que mesmo depois que Shanahan o contatou, que “isso não foi como uma oferta sem escolha, que seria somente aceitar”, mas que aceitou a proposta pois vê a oportunidade de fazer a diferença.

“Eu fiquei entusiasmado com minhas conversas com Brendan, e ainda mais com minhas conversas com Dave sobre como ele vê o jogo evoluindo,” disse Dubas. “Aquela foi uma das mais excitantes partes do processo, saber que eu ingressaria e seria ouvido e ajudaria o máximo possível e ainda aprenderia com o Dave, que também foi um gerente geral assistente muito jovem quando começou sua carreira.”

Shanahan disse que a estratégia analítica da franquia necessitava melhorar, e que Dubas será a pessoa chave para dosar e misturar as novas e velhas idéias em uma nova fórmula vencedora.

“Sem querer criticar a antiga gestão, mas eu acho que ele traz uma nova perspectiva,” disse Shanahan. “O que é mais importante para mim é que ele não apenas fala sobre isso, ele vive isso.”

“Ele tem uma grande apreciação e conhecimento de análises de jogo. Mas ele também tem conhecimento das complexidades e instintos que viverem que ter quando coca um produto no gelo. Nós trouxemos Kyle para influenciar toda a organização de uma forma positiva. Esse não é apenas um cargo ou trabalho específico para ele; eu acho que ele é alguém que quer estar envolvido em muitas coisas.”

Os Leafs também anunciaram a saída de Dave Poulin e Clause Loiselle. Ambos foram contratados por Brian Burke e permaneceram quando ele foi substituído por Nonis em 2013.

Poulin foi o vice presidente de operações de Hockey nos Leafs, e Loiselle foi vice president e gerente geral assistente. Shanahan disse que ainda está buscando outras contratações com potencial de “nos fazer tão eficientes quanto podemos ser como clube.”

———————————————————————-
Parece ter sido uma boa adição aos ameaça, já que une juventude, idéias novas e uma certa experiência a um time de gestão experiente. Desejo boa sorte a Dubas e que seus métodos de análise ajudem nossa equipe a montar uma melhor equipe, que nos leve de volta ao topo da liga e à tão sonhada e aguardada Stanley Cup!!

Obrigado a Loiselle e Pulin pelo trabalho desenvolvido até então!

Go Leafs Gooooooo

05/04/2014 – Winnipeg Jets @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 09 abril 2014 Deixe um comentário

Com a derrota do Columbus Blue Jackets para o Detroit Red Wings na noite anterior, os Leafs tinham a chance de voltar a figurar na última vaga de Wild Card do Leste, vencendo o Winnipeg Jets em Toronto. Faltando apenas 4 jogos para o término da temporada regular, dois jogos a menos que os Blue Jackets, os Leafs necessitam de todas as vitórias possíveis e ainda torcer por tropeços do time de Columbus.

Os Leafs começaram bem, aliás, muito bem. Phil Kessel e Tyler Bozak partiram no contra-ataque e aos 02m45s, Bozak deu um passe na medida, por sobre os tacos de dois defensores dos Blue Jackets, para Phil Kessel apenas empurrar para dentro do gol de Ondrej Pavelec. Como é bom ver os Leafs abrindo o placar no Air Canada Centre!! Mas os Jets estavam numa noite muito inspirada e com seus jogadores muito focados no jogo e, aos 06m22s, Bryan Little marcou o gol de empate em James Reimer, num total erro de posicionamento da defesa dos Leafs, que deixou Little sozinho para chutar ao gol. Aos 13m45s, durante um powerplay, os Leafs chutaram o puck ao ataque, numa daquelas jogadas de Dump and Chase, onde eles chutam o puck ao ataque e vão pressionar a defesa do time adversário para recuperar o puck, e o goleiro dos Jets se atrapalhou com o puck atrás de seu gol. O puck acabou retornando para a frente do gol e Nazem Kadri, muito rápido chutou para as redes, de um gol sem goleiro, pois Pavelec não conseguiu retornar a tempo. Parecia que os Leafs estavam de volta aos trilhos da vitória. No final do primeiro período os Leafs permitiram o gol de empate, quando aos 19m56s, Reimer deu rebote num chute de Michael Frolik e Jacob Trouba dominou o puck em frente a Reimer e chutou por cima do goleiro dos Leafs que tentou deitar para defender o puck. Jogo empatado e água fria só de os Leafs. Este foi o melhor período dos Leafs na partida.

No segundo período os Leafs não voltaram jogando bem e se deixavam dominar pelos Jets em seu próprio campo de defesa, ficando por muito tempo buscando dominar o puck, mas sem limpar a jogada e mantendo o time dos Jets no ataque. Aos 17m02s, num powerplay, foi a vez de Tobias Enstrom marcar o gol, que viria a ser o gol da vitória dos Jets.

Os Leafs bem que tentaram reagir no terceiro período, mas não conseguiam vencer Pavelec. Aos 07m09s, o ataque dos Jets encontrou Olli Jokinen sozinho em frente ao gol, para marcar o quarto gol dos Jets. A partida terminou com a vitória dos Jets por 4 a 2 e também terminou com a seqüência de vitórias dos Leafs, que vinham de duas vitórias importantes nessa fase final de temporada regular.

Com a derrota os Leafs, além de saírem do gelo vaiados pelos torcedores, ainda deixaram sua situação para a classificação aos playoffs ainda mais difícil, pois agora fecham a temporada com três jogos fora de casa e ainda têm dois jogos a menos que seus adversários, disputando a última vaga do Wild Card.

Infelizmente a equipe não demonstrou a qualidade e aplicação necessária para mostrar que merece chegar aos playoffs deste ano. Se jogarem assim nos playoffs, seriamos varridos pelos Bruins.

Esta situação deixa Dave Nonis em uma encruzilhada onde ele deve tomar decisões sobre o futuro da equipe. Quem de ser mantido como base da equipe? Quem deve ser descartado? Quem pode ser negociado, e a que preço, e por quem? Quem deve ser o foco dos Leafs para contratação na pós-temporada? Carlyle permanece ou devemos buscar outro técnico com outra filosofia de trabalho?!? Estas são algumas das questões que estão na cabeça de Dave Nonis e que veremos o desdobramento após o término da temporada, mais especificamente após o dia 1 de Julho, quando se abre o mercado para agentes livres irrestritos – Jogadores com contratos já terminados e que não conseguiram boas negociações com os times para os quais jogaram, ficando livres no mercado.

Ainda acredito nos Leafs e, apesar de estar mais distante, ainda podemos nos classificar aos playoffs, mas minha confiança na equipe começa a esmorecer, não sei o que está errado, mas algo não funciona bem nos Leafs. Um exemplo disso é David Clarkson ter uma de suas piores temporadas em termos de números, pois ele se aplica a cada vez que entra no gelo. Outro jogador que julgo abaixo da expectativa é Nikolai Kulemin, que nunca mais teve o desempenho demonstrado no passado. Cody Franson é um defensor com bom tamanho e com um poderoso chute da linha azul, mas tem sido bloqueado com freqüência, permitindo contra-ataques. Existem ainda outros fatores como negociações que podem pedir por alguns de nossos bons jogadores, mas que acho que Nonis deve manter na equipe, como JVR, Bozak, Jay McClement e outros.

Go Leafs Gooooooooo e Boooooooooooooooooooooo por este jogo contra os Jets!

03/03/2014 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 05 março 2014 Deixe um comentário

Apesar de termos ganhado dois pontos nos últimos dois jogos, estes pontos vieram de derrotas na prorrogação e precisávamos voltar a vencer. O próximo adversário foi o Columbus Blue Jackets, visitando o Air Canada Centre.

Infelizmente os Leafs não jogaram bem e deixaram o time visitante levar a vitória, a terceira da temporada contra os Leafs. Nas três vezes em que os times se enfrentaram, foram três derrotas para os Leafs.

Os Leafs jogaram melhor no primeiro período, mas não conseguiram vencer Sergei Bobrovski. O período acabou sem gols.

O segundo período viu os Leafs simplesmente estacionarem, dando somente cinco chutes a gol. Foi nesse período que os Blue Jackets conseguiram abrir dois gols de vantagem com Dalton Prout aos 09m44s e Artem Anisimov aos 12m38s. Apesar de toda a determinação de James Reimer, em seu primeiro jogo após janeiro, não foi possível defender os chutes que levaram aos gols dos Blue Jackets.

No terceiro período os Leafs até que tentaram, mas foram parados por Bobrovski, exceto num chute de Mason Raymond aos 15m45s.

Ao final, os Leafs sofreram mais uma derrota. A terceira seguida sofrida pelo time de Toronto que parece estar totalmente dependente da produção da primeira linha formada por Kessel, JVR e Bozak. Mason Raymond marcou, mas a linha formada por ele não vem produzindo com frequência.

Hoje temos um jogo contra os Rangers em New York. Está na hora de voltar a vencer!

Go Leafs Gooooooo

08/02/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 10 fevereiro 2014 Deixe um comentário

Como último jogo antes da temporada ter uma folga, para que os jogadores possam representar seus países nos jogos olímpicos de inverno em Sochi, na Rússia, os Leafs receberam o Vancouver Canucks no Air Canada Centre.

20140208_Canucks@Leafs_BannerOs Canucks estão passando por uma fase ruim na temporada com seis derrotas seguidas e os Leafs, ao contrário, venceram 5 dos 6 últimos jogos e 8 dos últimos 11.

Os Leafs e Canucks começaram o primeiro período e apesar dos Leafs estarem melhor, Roberto Luongo parava todas as tentativas de gol dos Leafs. Infelizmente, faltando apenas 21s para o término do período, Ryan Kesler chutou sem muito perigo para Jonathan Bernier, mas o puck desviou no taco de Jake Gardiner e o chute que iria para fora, foi parar dentro do gol dos Leafs. Foi um chute totalmente defensável, mas que com o desvio, acabou por abrir o placar.

20140208_Canucks@Leafs_ScoreApesar do segundo período ter diminuído o número de chutes à gol, os Leafs continuavam jogando bem, mas o gol não vinha. Ele só veio com Mason Raymond aos 07m23s do terceiro período, quando o ex-jogador dos Canucks venceu o goleiro Roberto Luongo, empatando a partida. Aparentemente os Canucks sentiram o golpe e aos 10m03s, Phil Kessel marcou o seu trigésimo primeiro gol da temporada. Apenas 2 minutos depois, aos 12m08s, James Van Riemsdyk recebe um passe de Phil Kessel, chutou forte, o puck desviou e foi de encontro ao peito de um jogador dos Canucks, que não teve tempo de reagir. O puck acabou entrando no gol dos Canucks.

O término da partida com o placar de Canucks 1 x Leafs 3, somente demonstrou que os Leafs estão confiantes e que conseguem se manter na busca do resultado até o final! Os Leafs não venciam os Canucks a 11 jogos!

Agora é esperar pelo retorno pós olimpíada de Sochi e rezar para continuarmos jogando bem!!

Go Leafs Goooo

Enhanced by Zemanta
%d blogueiros gostam disto: