Archive

Posts Tagged ‘Mitch Marner’

11/02/2017 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 13 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Sábado no Air Canada Centre, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Buffalo Sabres.

Com Robin Lehner no gol, os Sabres saíram com a vitória, pois o goleiro dos Sabres estava simplesmente inspirado na noite. Ele simplesmente defendeu 43 chutes dos 44 sofridos, contra apenas 23 chutes sofridos por Frederik Andersen (20 defesas).

Os Leafs não tiveram um bom primeiro período e os Sabres se aproveitaram para abrir 3 a 0 no placar com gols de Evander Kane (04m13s e 18m02s) e Sam Reinhart aos 05m08s. Simplesmente parecia que os Leafs não conseguiam defender os chutes dos Sabres. Por outro lado, Lehner estava espetacular. 

O segundo período viu Mitch Marner diminuir a vantagem aos 15m57s, dando uma esperança para a Leafs Nation, mas que acabou sendo o único gol da equipe no jogo.

A derrota fez os Leafs terminarem uma sequência de três jogos marcando pontos. 

O próximo adversário é o New York Islanders amanhã, 14/02, em Toronto!

Go Leafs Gooooo

Anúncios

06/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

terça-feira, 07 fevereiro 2017 Deixe um comentário

No último jogo da sequência fora de casa o Toronto Maple Leafs foi até o Barclays Center visitar o New York Islanders.

Vindos de vitória, os Leafs não perderam tempo e, mais uma vez, saíram atrás do placar, com um gol de Ryan Strome marcado aos 01m23s. Parece que todos os primeiros chutes à gol encontram o fundo da nossa rede! Nikita Soshnikov conseguiu o empate aos 13m27s e Auston Matthews virou o placar aos 14m51s. O time jogava bem, mas o jogo estava muito disputado. Nikolai Kulemin empatou para os Isles aos 18m13s. 

O segundo período viu os Leafs dominando o placar com gols de Mitch Marner aos 05m12s e Zach Hyman marcouno quarto gol dos Leafs, enquanto os Isles estavam em powerplay (com os Leafs em desvantagem numérica) aos 09m34s. Foi o terceiro gol short handed que Hyman marca na temporada, o maior número da NHL. Infelizmente Brock Nelson diminuiu para os Isles aos 13m48s. 

Com a vantagem de apenas um gol no placar, os Leafs defenderam a vantagem até os 13m30s do terceiro período, quando Josh Bailey marcou. Parecia que o caldo ia entornar, mas William Nylander conseguiu nos colocar à frente no placar novamente aos 17m59s. Os Islanders entraram no modo desespero e retiraram Thomas Greiss. A tática funcionou e os Isles empataram aos 18m31s com Andrew Ladd, que levou a partida à prorrogação. 

A prorrogação com três contra três é sempre emocionante, pois permite muitas chances de gol. Os Leafs tiveram ótima chance, mas Greiss defendeu. Os Isles tiveram um contra-ataque em 3 contra 1 e não desperdiçaram. Brick Nelson marcou o gol da vitória aos 02m42s da prorrogação.

Foi mais uma vitória que simplesmente escorreu pelos dedos! Precisávamos manter os Isles controlados no final do terceiro período e não conseguimos! Um ponto é melhor que nada, ainda mais jogando fora, mas deixar empatar no finalzinho e ainda perder na prorrogação foi um duro golpe. 

Os Leafs voltam ao gelo hoje à noite, em casa, contra o Dallas Stars! Vamos tentar devolver o placar que tivemos em Dallas na semana passada! 

Go Leafs Goooooo

02/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ St. Louis Blues

sexta-feira, 03 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Vindos da derrota contra o Dallas Stars, o Toronto Maple Leafs buscava voltar a vencer, agora visitando o St. Louis Blues, que acabaram de mandar Ken Hitchcock embora e contrataram Mike Yeo, o que gera um senso de urgência nos jogadores para mostrar seu valor e tudo o que podem fazer pela equipe. 

Frederik Andersen iniciou bem a partida e impediu uma ótima chance de gol para os Blues num contra-ataque. Mitch Marner abriu o placar aos 14m22s e tudo parecia que ia bem para os Leafs, mas Jake Allen, goleiro dos Blues, não permitiu um maior distanciamento dos Leafs no placar e, Alexander Steen empatou o jogo aos 17m58s.

A partir do segundo período os Blues passaram a dominar e os Leafs simplesmente não conseguiram igualar o volume de jogo. Os Blues marcaram com Paul Stastny, aos 06m27s, Vladimir Tarasenko aos 07m02s e Colton Parayko aos 11m02s. Os Leafs desmoronaram e deixaram os Blues abrirem três gols de distancia no placar.

O terceiro período Paul Stastny marcouno seu segundo gol da noite aos 12m28s e selou o placar da vitória dos Blues. 

O Toronto Maple Leafs e Mike Babcock necessitam encontrar um meio de retomar a intensidade de jogo que tinham antes ao All Star Break e, dessa forma, manter as boas chances de ir aos playoffs deste ano.

No sábado jogamos em Boston, quando podemos voltar a vencer!! É torcer e esperar! 

Go Leafs Goooooo

31/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

quarta-feira, 01 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após o NHL All Star Game, onde Auston Matthews curtiu cada momento ao lado de ídolos de quando apenas sonhava com a NHL, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo no American Airlines Center em Dallas, contra o Dallas Stars. 

O jogo começou de forma absurdamente boa para os Stars que pareciam chutar num gol aberto. Nem Frederik Andersen, que foi substituído após tomar 3 gols em 5 chutes à gol, nem Curtis McElhinney e nem a defesa dos Leafs conseguiram parar o ataque dos Stars no primeiro período! Foram 5 gols dos Stars, contra apenas um dos Leafs! Os Stars marcaram com Devin Shore, Radek Faksa, Lauri Korpikoski, Brett Ritchie e Jamie Benn enquanto os Leafs somente marcaram com Tyler Bozak, num powerplay aos 13m50s. 

O segundo período viu Nikita Soshnikov reduzir a liderança aos 04m19s, após um erro da defesa dos Stars, mas Jason Spezza marcou o sexto gol dos Stars aos 07m49s. Ainda no segundo período, Mitch Marner marcou seu 16º gol aos 10m25s, tentando colocar os Leafs de volta ao jogo. Nos últimos segundos do segundo período, Patrick Eaves partiu sozinho contra McElhinney, que fez ótima defesa, negando o sétimo gol dos Stars.

O terceiro período viu os Leafs pressionarem muito o time da casa, mas Kari Lehtonen roubou a cena e não permitiu mais nenhum gol, mesmo com o número de chutes à gol em 14 a 1 para os Leafs no período. Nikita Soshnikov parecia ter marcados quarto gol dos Leafs, mas a revisão por vídeo invalidou a jogada. 

Não existe explicação para o que aconteceu. Parecia que todos chutes à gol dos Dallas eram certeiros, todos rebotes caíam no taco deles e os defensores dos Leafs não tinham ação sobre os jogadores deles próximos ao nosso gol! Foi um período de pesadelo! Agora é relaxar, esquecer esse jogo e limpar a mente para o próximo em St. Louis na sexta-feira! 

Go Leafs Goooo

23/01/2017 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 24 janeiro 2017 Deixe um comentário

Sem vencer já a dois jogos o Toronto Maple Leafs recebeu o Calgary Flames, que não vem jogando bem e também vem de duas derrotas. 

No gol dos Flames estava Brian Elliot, um goleiro experiente e que jogou muito bem defendendo o St. Louis Blues nas finais da conferência do ano passado. 

O jogo, entre duas equipes com ótimos jovens jogadores, começou muito bem, com ambas equipes buscando o gol adversário e disputando os pucks. Somente aos 18m59s do primeiro período, Nikita Zaitsev chutou forte da linha azul e Mitch Marner desviou para o gol, sem chances de defesa para Elliot. 

A vantagem de um gol deu aos Leafs a tranquilidade que eles precisavam e a equipe se valeu disso no segundo período e ampliou a liderança aos 07m00s quando Auston Matthews recuperou o puck na defesa e passou para a zona neutra, onde William Nylander se esforçou e passou para Nazem Kadri, que em velocidade chutou para marcar o segundo dos Leafs na partida, seu 19º da temporada e seu 100º gol da carreira na NHL. Ainda vimos Zach Hyman marcar mais um para os Leafs aos 16m55s, com os Flames no powerplay. Hyman está se especializando nisso, pois esse é o seu segundo gol shorthanded nos últimos 5 jogos!

Sem dar muita chance para os Flames se levantarem, os Leafs fecharam o placar com mais um gol de Nazem Kadri, o seu 20º da temporada, igualando o seu recorde da temporada 2013-14. E ainda tem muito jogo para acabar essa temporada!

Vencemos os Flames por 4 a 0 em casa, antes de iniciarmos uma série de seis jogos fora de casa. Enfrentaremos os Red Wings, Flyers, Bruins, Stars, Blues e Islanders! 

Go Leafs Gooooo

21/01/2017 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 23 janeiro 2017 Deixe um comentário

Em mais uma Batalha de Ontario, somente uma semana após a vitória em Ottawa, foi a vez dos Senators visitarem os Leafs no Air Canada Centre. 

O Toronto Maple Leafs está disputando ponto a ponto a classificação com os Senators e uma vitória sobre o rival seria importantíssima, mas não foi bem isso que conseguimos. Apesar de ainda ganharmos um ponto, pelo empate no tempo regulamentar, acabamos perdendo no shootout na quarta rodada. 

O Ottawa Senators começou muito melhor que os Leafs e dominou o primeiro período. Frederik Andersen teve muito trabalho e acabou sofrendo um único gol, marcado por Bobby Ryan aos 14m02s. Até que sair do primeiro período com uma desvantagem de somente um gol não foi tão ruim. Poderia ter sido pior! 

A conversa do intervalo no vestiário do Toronto Maple Leafs surtiu efeito e a equipe voltou melhor. Apesar da equipe cometer muitas penalidades, conseguimos empatar com Tyler Bozak aos 07m31s, num powerplay. O jogo ficou igual e a decisão ficou para o terceiro período. 

Os Leafs viraram o placar com um gol de Matt Martin, de um ângulo bem fechado, que venceu Mike Condon aos 07m00s. O restante do período foi disputado e quando faltavam menos de dois minutos para o final, com os Senators em powerplay e sem o goleiro, ou seja, com 6 jogadores no gelo, contra 4 dos Leafs, Mike Hoffman marcou o gol de empate aos 18m49s, levando o jogo pra prorrogação, que acabou sem gols.

A decisão mesmo ficou para o shootout, cobrança de pênaltis, onde Bobby Ryan marcou na primeira rodada, enquanto Auston Matthews teve sua tentativa defendida. Mitch Marner marcou para os Leafs na segunda rodada, numa bela jogada que até foi revista, pois pareceu que ele teria patinado para trás, o que é proibido, mas o gol acabou sendo confirmado. Após três rosadas, somente Bobby Ryan e Mitch Marner marcaram e fomos então para a quarta rodada onde Tyler Bozak teve sua tentativa salva e Tom Pyatt marcou, dando a vitória aos Senators! 

A rivalidade entre Leafs e Sens está voltando a ganhar força e isso é muito bom e só proporciona jogos mais acirrados e muita emoção! 

Os Leafs recebem o Calgary Flames hoje é vamos em busca de mais uma vitória! 

Go Leafs Gooooooo

07/01/2017 -Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 09 janeiro 2017 Deixe um comentário

Vindos de um ótimo jogo e vitória contra os Devils, em New Jersey, os Leafs receberam o forte time do Montreal Canadiens, no Air Canada Centre. Os Habs deram fim a uma sequência de 7 jogos pontuando dos Leafs.

Carey Price foi simplesmente espetacular na partida e, embora os Leafs tentassem, os chutes eram todos bloqueados ou defendidos por Price, mesmo quando havía muito tráfego em frente a ele. Era como se a luva dele tivesse um imã que atraía o puck!

Antes dos quatro minutos do primeiro período, os Habs já tinham marcado dois gols em Frederik Andersen. O primeiro foi marcado por Max Pacioretty, logo aos 00m20s, recebendo um passe vindo de tras do gol de Andersen e chutando de primeira. O segundo gol dos Habs foi aos 03m47s, quando Artturi Lehkonen venceu Andersen entre o braço e a perna. Os Leafs não desistiram e foram atrás do prejuízo. Aos 08m25s, Tyler Bozak recebeu passe de Mitch Marner e mandou pro fundo da rede de Carey Price. Aos 16m01s, foi a vez de Nazem Kadri marcar o gol de empate, com um toque sutil no puck, para que ele passasse por cima de Carey Price. Ambos gols dos Leafs foram em powerplays. Infelizmente para os Leafs, a última jogada no período viu Nikita Scherbak marcar o seu primeiro gol na NHL, num powerplay para os Habs, num lance muito bonito. Scherbak recebeu um passe na frente do gol de Frederik Andersen e fez um movimento rápido com o taco, tirando o puck do alcance de Andersen e chutando ao gol, aos 19m58s.

O gol dos Habs desestabilizou os Leafs e, aos 00m36s do segundo período, Alexander Radulov ampliou o placar, também em powerplay. No finalzinho do período, aos 18m15s, depois de muitas tentativas, James Van Riemsdyk conseguiu vencer Carey Price, reduzindo a diferença do placar para somente um gol, o que criou esperança para a torcida dos Leafs para o terceiro período.

Apesar de todos os esforços, os Leafs esbarraram no, talvez, melhor goleiro da liga na atualidade. Price defendia tudo! A pressão acabou não dando resultado aos Leafs que ainda sofreram mais um gol, dessa vez marcado por Michael McCarron aos 03m51s. O restante do período viu os Leafs tentarem, tentarem sem sucesso, vencer Price. Nem mesmo com 6 jogadores contra 4, já jogando sem goleiro, os Leafs obtiveram sucesso e acabaram sendo derrotados em casa.

Nos três gols dos Leafs, Mitch Marner anotou assistências o que demonstra que o jogador tem uma ótima visão do gelo e deixa seus companheiros em ótimas situações para marcar.

O próximo jogo será somente em 13 de janeiro, contra o New York Rangers no Madison Square Garden.

Go Leafs GO

 

%d blogueiros gostam disto: