Arquivo

Posts Tagged ‘Mitch Marner’

08/11/2022 – Golden Knights @ Leafs

terça-feira, 08 novembro 2022 Deixe um comentário

Acabei não vendo o jogo contra os Hurricanes no domingo e por isso não escrevi o post da nossa vitória de virada, onde Kalgreen jogou muito e a equipe também mostrou poder de reação, após começar o jogo perdendo!

Os Leafs voltaram ao Scotiabank Arena para receber a visita do Vegas Golden Knights que vêm de 7 vitórias seguidas, incluindo uma contra nós mesmo, em Las Vegas!

Ainda estamos com o problema de contusão de nossos goleiros, com Matt Murray fora a três semanas e ainda precisando de pelo menos mais uma para tentar voltar a jogar, e com Samsonov ainda fora depois da lesão no joelho, sofrida contra os Bruins. Kallgren continua sendo o goleiro da vez, com Keith Petruzzelli como backup. Pelos Vegas, Logan Thompson é o goleiro titular nesta temporada.

Mal o jogo começou e Rasmus Sandin comete um erro e esquece o puck na linha azul, permitindo a Nicolas Roy abrir o placar aos 45s de jogo! Realmente não foi o começo de jogo que desejamos! Somente conseguimos descontar aos 05m05s, numa bela jogada dos Leafs em que Timothy Liljegren acertou um belíssimo chute no ângulo! A equipe está bem, mas tem cometido muitos erros de passe e, num desses erros, Liljegren deu aos Golden Knights a chance de voltar à liderança no placar. A chance não foi desperdiçada por Jack Eichel aos 17m55s.

O segundo período se mostrou melhor para os Leafs, com alguns erros e jogadas em que os Golden Knights ficaram no mano a mano contra Kallgren, que fez excelentes defesas! Realmente Kallgren tem mostrado excelente posicionamento e reflexos e pode estar se desenvolvendo para poder ter mais tempo na NHL! Numa jogada inacreditável, Mitch Marner pega o puck na borda do gelo e vai passando pelos jogadores dos Golden Knights até que chuta e surpreende Thompson! Foi o gol de empate aos 13m50s! Continuamos nos defendendo bem e tentando partir ao ataque, até que conseguimos dominar o ataque por praticamente dois minutos, deixando os jogadores de Vegas cansados. Numa belíssima troca de passes, Mitch Marner passou de costas para Timothy Liljegren marcar seu segundo gol da noite aos 16m56s, virando o placar!

Tudo estava sob controle no terceiro período, até que conseguimos um powerplay e pensamos que poderíamos ampliar nossa vantagem. Acabamos fazendo um passe nas bordas que acabou no taco de Reilly Smith, que trocou passes com William Karlsson e marcou o gol de empate, shorthanded, aos 11m43s! O jogo continuou aberto, com belas jogadas de ambas equipes, mas acabamos indo à prorrogação.

Sofremos três gols devido a três erros nossos! Um de Sandin, um de Liljegren e o último durante nosso powerplay!

Mal começou a prorrogação e Marner tentou fazer uma jogada no ataque, perdeu o puck, voltou para marcar e depois de posicionou mal, deixando Reilly Smith sozinho para vencer Kallgren que tentou fazer de tudo, mas não conseguiu defender!

Pelo menos conseguimos um ponto na noite! Apesar de que, como já disse, tomamos três gols em três erros nossos! Estamos jogando bem, Kallgren está jogando bem, mas precisamos nos aperfeiçoar nos detalhes!

Go Leafs Gooooooo – Sorry Kallgren!!

27/10/2022 – Leafs @ Sharks

sexta-feira, 28 outubro 2022 Deixe um comentário

Seguindo com a sequência de jogos fora de casa, os Leafs foram até a Califórnia para enfrentar o San Jose Sharks.

No gol dos Leafs, desta vez, estava Erik Kallgren, dando um descanso a Ilya Samsonov. Pelos Sharks, Kaapo Kahkonen estava no gol, deixando James Reimer como backup.

O jogo mal começou e numa jogada onde Auston Matthews perdeu o face off no ataque, Logan Couture partiu em velocidade, vencendo Matthews e a indecisão de Kallgren, para abrir o placar aos 26s de jogo. Os Leafs colocaram a cabeça no lugar e David Kampf empatou em um ótimo chute, no canto do gol aos 05m14s. Os Leafs melhoraram, apesar de quase tomar um gol, se não fosse por um bloqueio de Mark Giordano. Placar do primeiro período, Leafs 1, Sharks 1.

Com o jogo aberto pela frente, os Leafs conseguiram cometer duas penalidades ao mesmo tempo e deram aos Sharks a chance de ter dois jogadores a mais no gelo num powerplay 5 contra 3 por dois minutos completos! Os Sharks não perderam a oportunidade e marcaram com Logan Couture aos 05m15s e Timo Meier aos 05m57s, desfiando um chute de Couture. Sofremos pelo erro que cometemos. Depois disso passamos todo o período atrás de chances de diminuir a vantagem dos Sharks e só encontramos em um contra-ataque aos 19m37s, onde Mitch Marner partiu com o puck, passou para Matthews que passou para Kerfoot, que passou para Morgan Rielly, que retornou para Marner marcar! Belíssimo gol dos Leafs, com a defesa dos Sharks sem podem cortar os passes!!! Placar até agora, Leafs 2, Sharks 3.

O empate chegou aos 05m38s e foi num gol de Auston Matthews, que chutou da linha azul num powerplay cometido por Erik Karlsson, que acabou jogando o puck por cima do vidro (Delay of Game). Finalmente um gol de Matthews que apesar de estar em um início de temporada atípico, sem marcar muitos gols, se diz despreocupado com isso! Tanto Kaapo Kahkonen e Erik Kallgren trocaram excelentes defesas de lado a lado, mantendo o jogo empatado em 3 a 3 e levando o jogo à prorrogação!

Na prorrogação, os Leafs não mostraram qualquer real chance de gol. William Nylander partiu em 1 contra 1, mas foi bem defendido e acabou passando o puck de costas, numa jogada arriscada que acabou sendo interceptado e permitiu Erik Karlsson se redimir e marcar o gol da vitória!

Foi mais um jogo em que não jogamos bem, não nos impomos e nas poucas vezes que o fizemos, ficamos passando o puck mais do que deveríamos, rifando o puck pro ataque, o que me irrita, pois já estamos com o puck, mas achamos que devemos rifar e correr atrás dele, o que só cansa nossos jogadores e não é uma garantia que vamos manter o controle do puck!

A equipe joga bem por ter jogadores muito habilidosos, mas não tenho sentido aquele espírito de equipe, a garra e determinação de dar o sangue pra conseguir a vitória! Sheldon Keefe precisa acertar o time! Ainda está cedo na temporada, mas estamos com 4 vitórias , 3 derrotas e essa derrota na prorrogação, enquanto os Bruins, por exemplo, possuem 7 vitórias e 1 derrota!

Go Leafs Goooo – Mas vamos arrumar esse time!!!

17/10/2022 – Coyotes @ Leafs

terça-feira, 18 outubro 2022 Deixe um comentário

Com duas vitórias e uma derrota, o próximo visitante no Scotiabank Arena foi o Arizona Coyotes, que vai começar a temporada com uma longa lista de jogos fora de casa!

No gol dos Leafs, após a contusão de Matt Murray, que vai deixar o goleiro fora de ação por lê-lo menos 4 semanas, Erik Kallgren foi o convocado, dando um descanso a Ilya Samsonov.

O time dos Coyotes é o segundo mais novo da NHL e a maior experiência dos Leafs deveria se sobressair. Apesar dos Leafs terem mais chutes ao gol e mais tempo de controle do puck no ataque, foram os Coyotes que abriram o placar no primeiro período com um gol de Nick Ritchie, que já jogou nos Leafs, sem muito resultado. Foi o terceiro gol de Ritchie na temporada, em três jogos. Os Leafs ainda não parecem entrosados e os jogadores parecem não saber onde os outros estão no gelo. O time parece perdido, sem uma coordenação.

No segundo período, os Leafs continuam sem se impor e após uma batalha pelo puck atrás do gol dos Leafs, onde três jogadores dos Leafs, incluindo Morgan Rielly e Justin Holl, perdem o puck e Christian Fischer marca ao receber um passe de Nick Bjugstad e chutar forte, à queima roupa. Os Leafs tentam, mas sem uma estrutura de jogo, são sempre bloqueados pelos jogadores dos Coyotes. É frustrante para os jogadores e ainda mais para nós, torcedores. A equipe não consegue sequer levar perigo nos powerplays! E comete penalidades básicas, como “Too Many Men” , ou seja falta de atenção.

Veio o terceiro e último período e, durante os primeiros 13 minutos de jogo, os Leafs não fizeram nada e, se não fosse Erik Kallgren, os Coyotes teriam um placar mais elástico. Entretanto, como estamos falando dos Leafs, a equipe teve uma faísca de esperança quando William Nylander marcou aos 12m54s, e poucos segundos depois, quando Mitch Marner empatou a partida aos 13m18s. O jogo continuou eletrizante após o empate, até que, num powerplay após Calle Jarnkrok cometer interferência em Shayne Gotisbehere, Gotisbehere marcou para os Coyotes! A jogada desse gol foi um resumo da partida. Justin Holl tentou sair jogando e pressionado tentou passar o puck, que foi interceptado na zona de ataque dos Coyotes, que marcaram o gol.

Quando parecia que os Leafs iam ser derrotados, o que seria até justo após a partida horrível que teve essa noite, sendo inclusive vaiado pela torcida que não via organização na equipe, faltando 39s, Alexander Kerfoot conseguiu marcar o gol de empate, se aproveitando de um rebote do chute de John Tavares! Muita alegria e comemoração, mas o técnico dos Coyotes pediu revisão no lance é, após muito analisar, os árbitros disseram ter identificado que Morgan Rielly em sua tentativa de segurar o puck com a mão, acabou cometendo um “hand pass” e anulou o gol!

Morgan Rielly tentou segurar o puck com sua luva, mas um jogador dos Coyotes, disputando a jogada, acertou a mão dele com o taco, o puck resvalou na mão e caiu no gelo aos pés de Rielly, que protegeu o puck com o corpo e deixou Mitch Marner recupera-lo e chutar alto, para continuar a jogada, até que Kerfoot marcou. Eu não vejo como essa jogada poderia ser considerada Hand Pass, pois Rielly não controla o puck com a mão e o jogo ao chão. Após o contato com o taco, o puck resvala, se é que resvala, na mão dele e vai ao gelo. Não houve qualquer controle do puck ou direcionamento do mesmo ao Marner. Mas enfim, o gol foi anulado e ainda levamos mais um, com o gol sem goleiro, Empty Net, marcado por Lawson Crouse, em outra jogada em que os defensores dos Leafs dormiram e tiveram um passe interceptado. Final de partida, Coyotes 4 – Leafs 2.

Eu diria que foi uma derrota merecida. A equipe não apresentou nada de forma consistente. Keefe tem muito trabalho pela frente para ajeitar esse time. Adicionalmente, pode ser que tenhamos perdido Jake Muzzin por algum tempo, pois ele sentiu uma lesão, provavelmente no pescoço, e não voltou ao gelo para o terceiro período. Não que Muzzin estivesse jogando super bem, mas é um dos nossos defensores mais experientes. Com Liljgren, Dahlstrom e Jordy Ben contundidos, a lista de defensores disponíveis está cada vez menor!

O próximo jogo será contra o Dallas Stars, ainda no Scotiabank Arena, no dia 20/10. Que Sheldon Keefe encontre alguma solução para fazer com que esse grupo trabalhe bem e de forma estruturada e organizada no gelo!

Go Leafs Goooooo – Pelo Amor de Deus, Goooo!

2 Vitórias e 2 Derrotas até agora!

Finalmente nossos melhores jogadores acordaram pra essa temporada!

terça-feira, 09 novembro 2021 Deixe um comentário

Começamos a temporada e nossos melhores jogadores pareciam que continuavam em férias, mas agora parecem ter acordado!

Matthews começou de forma tardia após a cirurgia no punho. Levou alguns jogos para se ambientar e levar perigo ao gol adversário.

Marner e Tavares tentavam se impor e ter seu jogo fluindo, mas não conseguiam ajudar a equipe, que não teve um começo de temporada conforme esperado pelos torcedores. Marner inclusive foi muito criticado.

William Nylander bem que tentou, mas com a pobre performance de seus principais companheiros, até conseguiu alguns gols, mas também sentíamos que não produzia o que podia, pois não tinha ajuda de mais ninguém!

Enfim vimos isso acabar e a equipe venceu cinco jogos seguidos com gols marcados por esses jogadores. É importante que eles joguem bem, pois acabam trazendo confiança à equipe e aos outros jogadores, sejam eles menos experientes, ou menos habilidosos.

Ainda temos jogadores que não tem aparecido muito, como Nick Ritchie, Wayne Simmonds, Pierre Engval, mas Ondrej Kase, David Kampf e Alexander Kerfoot têm se esforçado para ajudar a equipe.

Na defesa, Jake Muzzin não tem tido um bom início de temporada e já existem boatos de que podemos ver um defensor sendo negociado tão logo seja possível. Com todos os jogadores, incluindo defensores, os Leafs estão com muito pouco espaço salarial, o que acaba por criar situações onde só podemos levar um número limitado de jogadores em viagens, o que limita a equipe e o técnico Sheldon Keefe. Já tivemos que chamar um goleiro da Universidade de Toronto para ser backup em um jogo no Scotiabank Arena. Talvez vejamos Holl ou Dermott deixando a equipe, sendo substituídos por jogadores vindo dos Marlies e que têm apresentado ótimo desempenho, como Kristians Rubins, ou Alex Biega.

Parece que a equipe voltou a jogar bem e mostrar seu valor. Ainda temos muita coisa a melhorar e teremos altos e baixos, como na derrota de ontem frente ao Los Angeles Kings, por 5 a 1, onde voltamos a jogar mal e sem urgência, mas já podemos ficar mais despreocupados, os Leafs estão de volta!!!

Go Leafs Gooooooo

Duas vitórias e Morgan Rielly renovando contrato!

segunda-feira, 01 novembro 2021 Deixe um comentário

Após vários tropeços e derrotas jogando mal, com a torcida dividida entre os que querem sangue (troca de jogadores, incluindo Kyle Dubas), e os que dizem ainda ser cedo nesta temporada para cobrar algo e que o time vai encontrar seu jogo, os Leafs conseguiram duas vitórias seguidas!

Jogamos contra o Chicago Blackhawks, que está em processo de renovação do seu elenco e não tem apresentado um bom hóquei, perdendo a maioria de seus jogos. Começamos mal e tomamos dois gols (Kerby Dach e Alex DeBrincat) no primeiro período, o que nos fez pensar que seria mais uma derrota, entretanto a equipe reagiu e empatamos no tempo regular com John Tavares e David Kampf, e vencemos na prorrogação com William Nylander. No gol dos Blackhawks estava Kevin Lankinen e Jack Campbell defendeu o gol dos Leafs!

No outro jogo, recebemos a visita do Detroit Red Wings e vencemos por um placar de 5 a 4, com gols de Jake Muzzin, Michael Bunting, Alexander Kerfoot, John Tavares e Mitch Marner, que desencantou e marcou o seu primeiro gol da temporada! No gol dos Leafs estava Petr Mrazek, que voltou de contusão e jogou seu primeiro jogo completo da temporada. Pelos Red Wings estava Thomas Greiss.

Também tivemos uma ótima notícia para nossa equipe que foi a contratação de Morgan Rielly, cujo contrato venceria ao final dessa temporada, por uma período de 8 anos e um valor de 7,5 milhões de dólares por temporada. Esse valor pode parecer alto, mas é o valor de um defensor com a experiência e qualidade de Rielly. Na verdade Rielly até poderia ganhar mais em outra equipe, mas escolheu se manter em Toronto.

Não tenho tido muito tempo para manter o blog atualizado, mas sempre vou postando as informações aqui para que todos possam acompanhar nossa temporada!

Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: