Archive

Posts Tagged ‘Ryan Miller’

03/12/2016 – Toronto Maple Leafs @ Vancouver Canucks

segunda-feira, 05 dezembro 2016 Deixe um comentário

No último jogo da viagem ao oeste canadense o Toronto Maple Leafs visitou o Vancouver Canucks. 

Foi o segundo e último jogo entre as equipes nesta temporada e os Leafs haviam ganhado o primeiro, em Toronto, por 6 a 3, numa partida onde até mesmo os goleiros acabaram se envolvendo em brigas e sendo expulsos da partida.

O Vancouver Canucks começou bem e abriu o placar aos 13m03s, com Daniel Sedin. Os Leafs conseguiam boas chances, mas que Ryan Miller defendia. 

No segundo período os Leafs retornaram pressionando, mas foram os Canucks que voltaram a aumentar o placar aos 02m37s, com Sven Baertschi. Os Leafs somente passaram a dominar o jogo após uma briga entre Matt Martin e Erik Gudbranson, que foi bem disputada e, ao final Martin venceu. Desta forma os Leafs conseguiram abrir o placar aos 11m30s num gol em powerplay de James Van Riemsdyk! 

O último período viu os Leafs tentarem de tudo para vencer, mas tudo que conseguiram foi um gol de Auston Matthews aos 01m56s, que empatou a partida e acabou levando a decisão para a prorrogação, que acabou sem gols. A partida seria decidida no shootout.

Infelizmente, no shootout, os Canucks venceram com gols de Mikael Granlund e Bo Horvat, enquanto Auston Matthews e Tyler Bozak tiveram suas tentativas negadas por Ryan Miller. Frederik Andersen somente defendeu a tentativa de Brent Sutter e somente Mitch Marner venceu Miller. 

Ok!! Shootouts são assim mesmo! São detalhes  que definem a partida! 

Como é bom ver Auston Matthews jogando! E ele tem jogado muito bem! Fez seu quarto gol nos últimos 5 jogos! 

Go Leafs Gooooo

Anúncios

05/11/2016 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 07 novembro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs, que vem numa boa fase, tendo vencido os dois últimos jogos, receberam a visita dos irmãos Sedin, Vancouver Canucks. 

Os Canucks enfrentam uma má fase e o jogo contra os Leafs foi a oitava derrota seguida da equipe.

Nos gols estavam Frederik Andersen, pelos Leafs e, Ryan Miller, pelos Canucks.

O jogo foi ótimo para os Leafs que venceram por um placar expressivo, com gols de Nazem Kadri e Tyler Bozak no primeiro período, quando Derek Dorsett diminuiu a vantagem para apenas um gol.

No segundo período, Bozak ampliou a vantagem para os Leafs, mas numa bobeira da defesa, Henrik Sedin ficou sozinho em frente ao gol dos Leafs e recebeu um passe que o deixou bem confortável em driblar o goleiro dos Leafs e, novamente reduzir a vantagem para somente um gol, colocando os Canucks de volta no jogo. 

O terceiro período foi bem movimentado com mais três gols dos Leafs, marcados por Mitch Marner, Nikita Soshnikov e Jake Gardiner, e com os Canucks marcando o terceiro gol com Daniel Sedin. Este período viu também ambas equipes trocarem deus goleiros, após uma briga generalizada, que começou entre Matt Martin e Troy Stecher, que fez Ryan Miller deixar o gol para defender Stecher, viu também Frederik Andersen sair do gol dos Leafs para parar Miller e vários outros jogadores participando da encrenca! 

Ahhh, ia me esquecendo de comentar que Alexander Burrows acertou Morgan Rielly com o taco de forma totalmente covarde e não foi punido. Os dois voltaram ao gelo e brigaram logo após o face-off, com Morgana Rielly levando a melhor. 

Os Leafs saíram com a terceira vitória seguida e agora esperam a visita dos Los Angeles Kings na terça-feira! 

Go Leafs Gooooooo

13/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Vancouver Canucks

segunda-feira, 15 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs vem fazendo bons jogos, mas sem conseguir vencer. Foi assim contra os Flames e Oilers. Agora a equipe foi à Vancouver enfrentar os Canucks sem 5 jogadores titulares, o que fez a equipe chamar Brendan Leipsic dos Marlies para auxiliar o time. 

Nos gols estavam James Reimer e Ryan Miller, um goleiro que já foi uma muralha contra os Leafs em vários jogos quando ainda jogava pelo Buffalo Sabres.

O Toronto Maple Leafs teve um de seus melhores jogos defensivos da temporada. Dominaram o jogo do início ao fim e só no primeiro período quase deram mais chutes ao gol de Miller (16) que receberam no jogo todo no gol de Reimer (19). Foram ao total 38 chutes contra apenas 19 dos Canucks. 

Sem nenhum goleiro ter sido vencido no primeiro período, os gols começaram com Daniel Sedin, aos 03m18s do segundo período. Mas isso não tirou a energia dos Leafs e Mark Arcobello marcou logo dois, aos 04m17s e aos 04m44s. Os Leafs continuaram jogando bem mas não conseguiram mais gols no segundo período.

Logo no início do terceiro período, aos 03m54s, Brendan Leipsic em seu primeiro jogo na NHL pelos Leafs, se aproveitou de um puck que bateu nas costas de um defensor e enganou Ryan Miller, que ficou procurando o puck, e marcou seu primeiro gol. Os pais de Leipsic, que vieram de Winnipeg para assistir ao jogo do filho, vibraram muito! Já quase ao final da partida, Sven Baertschi marcou para os Canucks, já sem Ryan Miler no gol, reduzindo a vantagem dos Leafs para somente um gol, mas Brad Boyes e Leo Komarov revidaram pelos Leafs aos 19m02s e 19m30s, respectivamente.

Foi uma ótima vitória para os Leafs, que agora vão à Chicago, enfrentar a equipe dos Blackhawks hoje à noite.

O final do mês está chegando e com ele, a data final para trocas de jogadores. Daqui até lá podemos ver muita ação dos Leafs no mercado, mais voltado a “vender” jogadores e conseguir jogadores mais jovens para o futuro da equipe.

Go Leafs Gooooo

14/11/2015 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 16 novembro 2015 2 comentários

O Toronto Maple Leafs parece ter encontrado o caminho da vitória! No sábado, 14/11/2015, receberam a visita do Vancouver Canucks e venceram pelo terceiro jogo seguido! 

James Reimer continua com uma boa performance no gol dos Leafs e foi mantido para essa partida.

Os Leafs abriram o placar com um gol de James Van Riemsdyk aos 08m23s do primeiro período e PA Parenteau aumentou a vantagem aos 08m51s do segundo período. Os Leafs pareciam controlar a partida, mas Michael Grabner teve a chance de marcar o terceiro gol dos Leafs num penalty show, mas Ryan Miller defendeu e deu uma motivação à equipe de Vancouver. Aos 16m33s, Jannik Hansen marca o primeiro gol do time visitante.

No terceiro período vimos as duas equipes não se renderem. Shawn Matthias marcou o seu primeiro gol na sua ex-equipe aos 01m49s e disse que a sensação é muito boa!  Jannik Hansen chegou a marcar um gol próximo dos 04m30s que acabou sendo anulado após revisão por vídeo. O jogador acabou por fazer um movimento de chute ao desvia o puck para o gol com a lâmina dos patins. Num powerplay para os Canucks, aos 10m36s, Alexander Burrows marcou o segundo dos Canucks. Foi a vez então de Joffrey Lupul marcar aos 16m13s, numa jogada em que Mikker fez duas ótimas defesas, mas não conseguiu segurar o puck. Um jogador dos Leafs acabou sendo empurrado para o crease de Miller, atrapalhando o goleiro, mas após a decisão por vídeo o gol foi validado. Faltando apenas 2 segundos para o término do jogo os Canucks marcaram mais um gol, que após revisão também veio a ser anulado pois a equipe havia ido ao ataque com um jogador impedido. Dessa forma os Leafs chegaram a sua terceira vitória seguida e agora possuem cinco na temporada! 

Parece que a equipe está entrando nos eixos!

Go Leafs Go

06/12/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 10 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a derrota para o New Jersey Devils, quando os Leafs jogaram um jogo sonolento, lento, o próximo adversário seria o Vancouver Canucks, ainda no Air Canada Centre. Os Canucks traziam uma novidade no gol este ano, Ryan Miller, que já deu muitas dores de cabeça aos Leafs quando jogava no Buffalo Sabres.

O jogo começou e os Canucks não se intimidaram, mesmo jogando no Air Canada Centre. Jogavam de igual para igual … e dificultavam a vida do Toronto Maple Leafs. Apesar de tudo Jonathan Bernier e a defesa conseguiam impedir os Canucks de abrir o placar. Aos 15m47s, Jake Gardiner, que havia recebido uma “bronca” de Randy Carlyle, para ir mais ao ataque e levar perigo ao gol adversário, marcou para os Leafs. Menos de um minuto depois, aos 16m32s, Richard Panik marcou o segundo gol dos Leafs. Mesmo assim, os Canucks chutaram mais ao gol dos Leafs, 12 a 10 no primeiro período.

No segundo período os Leafs dobraram a vantagem no placar com gols de Peter Holland aos 04m16s e Joffrey Lupul aos 05m39s. Neste momento os Canucks retiraram Ryan Miller do gol, para o delírio da torcida dos Leafs. Miller foi substituído por Eddie Lack. Já com quatro gols de liderança no placar os Leafs começaram a perder a concentração e permitiram vários powerplays para os Canucks. Mas os Leafs estão defendendo bem os powerplays e não permitiam aos Canucks crescer na partida. Até que aos 15m21s, Daniel Sedin consegue finalmente vencer Jonathan Bernier. Este gol deu uma esperança de reação aos Canucks, mas o segundo período terminou assim, com o placar de 4 a 1 para o time da casa.

Com esperança de reação os Canucks voltaram pressionando no terceiro período e aos 08m45s, Christopher Tanev marcou o segundo dos Canucks. Após este gol os Leafs conseguiram controlar a partida, sem maiores chances aos Canucks e, aos 17m39s, já com o gol vazio, sem goleiro (Empty Net), David Clarkson marcou o quinto gol, fechando o placar.

Grande jogo dos Leafs e, principalmente de Jonathan bernier que efetuou 44 defesas para manter os Canucks somente com dois gols no placar!

Go Leafs Goooooooo

25/03/2014 – St Louis Blues @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 26 março 2014 Deixe um comentário

Com cinco derrotas consecutivas os Leafs não teriam moleza pela frente e enfrentaram o St Louis Blues, que atualmente está entre os melhores times da NHL, no Air Canada Centre.

Para este jogo, Jonathan Bernier voltou ao gol para tentar deter essa seqüência de derrotas onde os Leafs não venceram nenhum jogo após Bernier ficar fora da equipe por uma contusão. Talvez Bernier esteja até mesmo jogando contundido, para tentar devolver à equipe a classificação aos playoffs. Este jogo também marca o primeiro retorno de Ryan Miller a Toronto após a saída do Buffalo Sabres.

Um resumo do jogo é que os Leafs foram aniquilados pelo St Louis Blues. Um exemplo disso são os números de chutes à gol dados no primeiro período. Foram 23 para os Blues e somente 7 para os Leafs. Só para se ter uma idéia de quanto isso é ruim, os Leafs deram 25 chutes ao gol durante toda a partida! O total dos Blues beirou os 50, com 49 chutes ao gol de Bernier, que de forma excelente defendeu 44 deles.

Os Leafs, apesar de chutarem menos também conseguiam levar perigo ao gol de Miller e aos 11m30s, em um powerplay, Joffrey Lupul abre o placar. Os Blues só vieram a empatar aos 15m55s com TJ Oshie, que aproveitou um rebote de Bernier num chute alto de Roman Polak e só acabou de empurrar o puck pro gol. Podemos considerar como uma falha de Bernier que deferia ter segurado este puck ou desviado ele de alguma forma, mas ele acabou perdendo o controle e a localização do puck e deu oportunidade para Oshie marcar. Ao final do primeiro período, os Leafs cometeram penalidade e os Blues ganharam um powerplay. Dion Phaneuf havia controlado o puck e hesitou em chutar para longe. Um jogador dos Blues acabou por roubar o puck e o contra-ataque dos Blues, em powerplay, começou. Neste contra-ataque, aos 19m27s, David Backes marcou por baixo das pernas de Bernier, virando a partida.

No segundo período, os Leafs cometeram erros e os Blues aproveitaram. David Backes voltou a marcar aos 07m32s e Alex Steen, ex-Leafs, disputou espaço com Dion Phaneuf e marcou o quarto gol dos Blues aos 17m35s, chutando sobre o ombro de Bernier. Com 4 a 1 no placar todos já sabíamos a dificuldade que seria o terceiro período.

Não sei o que Randy Carlyle disse aos jogadores no vestiário, mas os Leafs voltaram mais focados e pressionaram um pouco os Blues. Aos 04m39s, os Leafs foram ao ataque e a defesa dos Blues acabou por errar um passe, deixando o puck livre em frente ao gol. Carl Gunnarsson chegou e bateu forte, vencendo Ryan Miller. Aos 15m54s, os Leafs marcaram novamente, numa bela jogada com trocas de passes onde James Van Riemsdyk diminuiu a diferença para somente um gol. Após isso os Leafs bem que tentaram, mas Ryan Miller defendeu algumas oportunidades e, aos 18m53s, com os Leafs sem goleiro, os Blues controlaram o puck e David Backes chutou da zona neutra para marcar o seu terceiro gol da noite, o famoso Hat-Trick!

Foi mais uma dura derrota para os Leafs que perderam seis jogos seguidos e agora estão empatados com os Red Wings, Capitals e Blue Jackets, disputando duas vagas de Wild Card para os playoffs, sendo que todos os outros times ainda possuem mais jogos até o fim da temporada que os Leafs, que possuem apenas 8. Enfim, nos colocamos num buraco no momento errado da temporada. Temos chances de sair dele se conseguirmos encontrar o caminho da vitória e se a equipe acordar e conseguir enxergar que neste momento, todo jogo é decisivo!

Nosso próximo jogo será apenas na sexta-feira, contra o Philadelphia Flyers, fora de casa. Carlyle os os Leafs terão muito tempo para treinar e refletir o que está acontecendo com a equipe e buscar estratégias para vencer os próximos jogos!

Go Leafs Gooooo

15/01/2014 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 16 janeiro 2014 4 comentários

A vitória sobre os Bruins na noite anterior deu aos Leafs mais gás para enfrentar e jogar bem contra os Sabres, o pior time da NHL no momento.

Para dar descanso a Jonathan Bernier, James Reimer assumiu o gol dos Leafs, contra Ryan Miller dos Sabres.

20140115_Sabres@Leafs_BannerAos 09m21s do primeiro período, Phil Kessel recuperou o puck nas bordas e chutou para abrir o placar! Ryan Miller disse que foi um ótimo chute de Kessel e que ele sequer conseguiu ver o puck. Miller e Kessel serão companheiros na equipe olímpica de hóquei dos Estados Unidos para os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi na Rússia, a ser disputado este ano.

20140115_Sabres@Leafs_ScoreNo segundo período os Leafs cometeram erros e, com os Sabres empatados com os Leafs, após um gol de Matt Ellis aos 03m21s, Reimer salvou os Leafs ao defender um penalty shot após penalidade cometida por Jake Gardiner. Mas apenas alguns segundos depois, Matt Moulson intercepta um passe mal feito por Cody Franson e dispara ao ataque em 2 contra 1, chutando muito bem com o puck batendo no travessão e entrando. Foi a virada dos Sabres e parecia que os Leafs teriam mais uma vez aquele jogo difícil, mas a reação veio rápido, aos 07m23s com um lindo gol de Nikolai Kulemin, que deu um corte no defensor e chutou forte. Aos 11m22s, os Leafs fizeram boa jogada no ataque e a defesa dos Sabres deixou Morgan Rielly sozinho esperando pelo passe que veio de Nazem Kadri, por trás do gol de Miller. Rielly recebeu o passe e bateu de primeira, marcando seu segundo gol na NHL e dando a liderança aos Leafs!

Infelizmente os Leafs não jogaram bem o terceiro período e um pênalti cometido por Dion Phaneuf faltando segundos para acabar o segundo período, deu aos Sabres a oportunidade de marcar o empate no powerplay, o que aconteceu aos 43s do terceiro período, com um gol de Cody Hodgson. O time dos Leafs ainda conseguiu pressionar os Sabres para garantir a vitória, mas não conseguiu alterar o placar e, mais uma vez, levamos o jogo à prorrogação, que terminou sem gols, mais uma vez levando a decisão ao shootout.

Os Leafs estão ficando especialistas no shootout. Só nesta temporada, contando com este jogo, já foram 13 jogos decididos no shootout com 9 vitórias dos Leafs! Todos os batedores dos Leafs marcaram seus gols. James Van Riemsdyk, Joffrey Lupul e Tyler Bozak, este último conta do com um pouco de sorte pois seu chute foi parcialmente defendido por Miller, mas acabou entrando lentamente no gol. Pelos Sabres, somente Matt Moulson marcou, na primeira rodada.

O importante é que seja no shootout ou não, conseguimos os dois pontos e voltamos à lista de times que hoje estariam classificados aos playoffs, porém com mais jogos do que outros concorrentes próximos. Temos que tomar cuidado e manter as vitórias, pois a disputa está acirrada e qualquer tropeço basta para sairmos da lista.

Go Leafs Goooooooo

Enhanced by Zemanta
%d blogueiros gostam disto: