Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘John Tavares’

John Tavares aceita uma proposta menor pra jogar no time dos seus sonhos de infância

quinta-feira, 05 julho 2018 Deixe um comentário

Dia 1 de Julho é sempre muito esperado por todos os torcedores da NHL por ser o dia em que as negociações de contratos de jogadores podem ser realizadas. Este ano o jogador que estava chamando mais atenção era John Tavares que, desde que foi draftado jogou no New York Islanders.

Tavares estava analisando propostas na última semana de junho, quando decidiu ouvir as propostas do Toronto Maple Leafs, entre outras equipes interessadas. Ele tinha até meia noite do dia 30 de junho para fechar contrato com os Isles, que podia oferecer oito anos de contrato a ele, mas veio o fim de junho e nada de decisão de Tavares. De acordo com a imprensa que cobria o caso, Tavares estava analisando as opções com a família.

No dia 1 de julho, ainda levou um tempo após a abertura do mercado para que Tavares divulgasse que ao final do processo, decidiu realizar um sonho de infância, já que Tavares passou sua infância na Grande Toronto e cresceu assistindo aos jogos e ídolos do time de Toronto e torcendo pelos Leafs!

Tavares vai receber 77 milhões de dólares por 7 anos de contrato, sendo que a maior parte está em Bônus, que é uma parte que o jogador recebe, mesmo se houver lockout, que é a paralisação da temporada por falta de acordo entre a NHL e a associação dos jogadores, a NHLPA.

Com a decisão, Tavares enviou uma foto em seu Twitter, de quando era jovem e estava dormindo em sua cama, toda com o tema dos Leafs, dizendo que estava realizando um sonho de infância.

O articulador dessa decisão foi Kyle Dubas, o novo gerente geral dos Leafs, que criou a estratégia de mostrar a Tavares, não uma camiseta dos Leafs com seu nome e número, mas os jogadores com quem ele pode vir a jogar, especialmente Mitch Marner, que segundo Mike Babcock, possui um perfil que combina muito com o de John Tavares. O que deixou o jogador muito entusiasmado em fazer parte de um grupo tão jovem e com tanto talento nos Leafs.

Durante o processo de decisão, Tavares recebeu ligações de Mitch Marner, Auston Matthews e Patrick Marleau, o que também o fez pensar na qualidade geral da equipe.

Provavelmente Tavares terá como parceiros de linha, Mitch Marner e Zach Hyman, e a segunda linha seria composta por Auston Matthews, William Nylander e Patrick Marleau, deixando a terceira minha para Nazem Kadri, Andreas Johnsson e Kasperi Kapanen ou Connor Brown.

Com certeza o ShanaPlan está dando frutos e vemos jogadores como John Tavares aceitando toda a atenção da mídia em Toronto e um salário menor que o oferecido por outros times, para poderem jogar pelo time que cresceram vendo jogar e com jogadores de qualidade que podem levar a equipe à tão sonhada Stanley Cup.

Seja muito bem vindo John Tavares! Com certeza seu sonho de jogar pelos Leafs é alinhado ao sonho dos torcedores de terem uma equipe competitiva e, mais do que isso, com chances reais de chegar à Stanley Cup! Que suas qualidades e experiências possam ser compartilhadas com nossos jovens jogadores e os façam crescer ainda mais ao seu lado!

Go Leafs Goooo – Muito ansioso pelo início da temporada regular!

Anúncios

09/03/2016 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 10 março 2016 Deixe um comentário

Apesar de a sequência de jogos estar nos trazendo derrotas consecutivas, o Toronto  Maple Leafs e seus jogadores novatos têm jogado muito bem. Alguns erros são sempre esperados, mas Zach Hyman, William Nylander e Nikita Soshnikov têm impressionado Mike Babcock.

O New York Islanders foi ao Air Canada Centre vindo de uma sequência de vitórias, mas sem o seu goleiro titular, Jaroslav Halak, que sofreu uma contusão na noite anterior, num jogo contra o Pittsburgh Penguins. Halak ficará fora por até seis semanas! Em seu lugar jogou Thomas Greiss. Pelos Leafs, Garret Sparks defendeu o gol. 

John Tavares foi quem abriu o placar aos 08m08s, aproveitando o seu próprio rebote. Os Leafs empataram o jogo com Zach Hyman. O jogador que estava em seu quinto jogo na NHL, tem demonstrado uma vontade incrível de se manter na equipe dos Leafs e tem sido muito aplicado. Após um chute de Colin Greening, defendido por Greiss, Hyman estava no lugar certo na hora certa e aproveitou o rebote para marcar o seu segundo gol na NHL, aos 11m27s.

O segundo período vou novamente os Leafs e os Isles trocarem gols. O primeiro foi marcado por Morgan Rielly, aos 10m45s em um powerplay. Rielly acertou um belo chute que foi no ângulo do gol de Greiss. Aos 12m54s, Anders Lee empatou para os Isles, com um wrist shot, que Sparks não conseguiu defender. 

O jogo seguia empatado e muito disputado até que, aos 14m41s do terceiro período, Ryan Strome partiu num contra-ataque, onde um defensor dos Isles simplesmente limpou a jogada na zona defensiva, mas o puck acabou indo na direção de Strome, que aproveitou e foi pra cima de Sparks. O goleiro dos Leafs defendeu parcialmente o chute, mas o puck acabou deslizando lentamente e cruzou a linha de gol, colocando os Islanders à frente. Babcock então resolveu retirar Sparks e colocar um jogador de linha a mais, além do fato dos Leafs terem um powerplay a seu favor, o que os deixava com dois jogadores a mais no gelo. Quem estava no lugar certo agora foi William Nylander, que segundo Babcock teve seu melhor jogo na NHL. Nylander empatou para os Leafs faltando apenas 01m13s para o final. 

A prorrogação terminou sem gols e a decisão foi levada ao shootout, onde o único a marcar foi Nikita Soshnikov, o jovem jogador russo, que demonstra ter habilidade, velocidade e não se acanha frente aos jogadores já experientes da NHL. Ele venceu Greiss com um chute de backhand!

É isso aí! A vitória nos trás mais confiança e evitamos bater o recorde de derrotas consecutivas nesta temporada!

Parabéns a Nylander, Hyman e Soshnikov! 

Go Leafs Go

29/12/2015 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 30 dezembro 2015 Deixe um comentário

Os Leafs e os Islanders voltaram ao gelo após a partida entre as duas equipes no jogo passado, onde os Leafs saíram com a vitória! 

No gol do Toronto Maple Leafs, mais uma vez estava Jonathan Bernier, que jogou bem nos últimos dois jogos. Mais uma vez pelo New York Islanders, Thomas Greiss estava no gol.

Os Leafs sabiam que os Islanders viriam diferente para este jogo, já que haviam perdido o jogo no Brooklyn duas noites atrás, mas não conseguimos nos antecipar ou combater os Islanders no mesmo nível.

Brock Nelson abriu o placar aos 02m00s do primeiro período e os Leafs, mais uma vez começaram atrás no placar. A reação dos Leafs foi bem rápida, aos 02m39s, quando Brad Boyes empatou a partida. John Tavares, capitão dos Isles, é nativo de uma cidade próxima a Toronto e com amigos e familiares no Air Canada Centre, acaba tendo uma ótima partida. Aos 11m51s, ele mesmo coloca o time à frente no placar e ainda no primeiro período, Frans Nielsen aumentou a vantagem dos Isles aos 17m45s.

O segundo período viu mais do mesmo com os Islanders marcando mais três gols depois dos Leafs se aproximarem do placar com Pierre-Alexander Parenteau aos 10m57s. Os Isles marcaram com Nikolay Kukemin aos 11m25s, Matt Martin aos 18m06s e Anders Lee aos 19m20s.

Sem uma boa performance de Bernier, após sofrer seis gols em 15 chutes, ele sai para a entrada de James Reimer no terceiro período, onde ele realizou seis defesas, mas onde os Leafs não conseguiram nada mais que um único gol, de Shawn Mathias aos 16m00s.

John Tavares conseguiu dois pontos nesta partida e nos últimos 12 jogos no Air Canada Centre, possui 19 pontos, sendo o jogador que mais marcou pontos em Toronto.

Os Leafs voltam ao gelo hoje, em Pittsburgh!

Go Leafs Gooo

21/10/2014 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

quinta-feira, 23 outubro 2014 Deixe um comentário

O próximo adversário dos Leafs foi os Islanders no Nassau Coliseum em Uniondale, NY. O time de NY vinha de quatro vitórias, e uma derrota e os Leafs vinham de duas vitórias, três derrotas e uma derrota na prorrogação.

Season_2014-15_Goalies_Game7O jogo começou com o time da casa pressionando e já exigindo boas defesas de Jonathan Bernier. Entretanto, não foi possível defender um chute de Nick Leddy logo aos 02m48s. Parecia que os Leafs teriam uma noite bem complicada, mas depois do gol a equipe se comportou bem e chegou ao empate num erro da defesa dos Islanders, que permitiu que Phil Kessel recuperasse o puck e passasse para James Van Riemsdyk, que marcou um belo gol aos 08m44s. O jogo estava muito bom, com chances para ambas equipes, mas foi John Tavares que colocou os Isles de volta à frente do placar. Foi um balde de gelo sobre os Leafs, pois o gol foi marcado aos 15m02s, num momento de vantagem numérica (powerplay), não dando muito tempo para reação ainda no primeiro período.

Season_2014-15_Score_Game7Os Leafs necessitaram do intervalo para colocar a equipe em linha para enfrentar os Isles e a reação começou com ele, Phil Kessel. Kessel mais uma vez jogou muito bem e aos 09m04s, empatou para os Leafs. Aos 11m11s, foi a vez de Roman Polak receber o puck e virar e chutar e marcar sobre Jaroslav Halak. Foi a virada de Polak … A virada dos Leafs! Depois disso ainda vimos gols de David Clarkson e o segundo gol de Phil Kessel, e os Leafs abrindo 5 a 2 no placar.

O terceiro período não mudou o placar, apesar de os Isles voltarem com muita vontade de fazer isso …

Os Leafs jogariam na noite seguinte, então nem tiveram muito tempo para comemorar e já partiram para Ottawa, para a primeira Batalha de Ontario desta temporada.

GO Leafs Goooooooo

Nikolai Kukemin diz adeus aos Leafs

quinta-feira, 03 julho 2014 2 comentários
Toronto Maple Leafs

Toronto Maple Leafs (Photo credit: Wikipedia)

Ontem o New York Islanders fez uma boa jogada, contratando o central Mikhail Grabovski e seu ex-companheiro no Toronto Maple Leafs, Nikolai Kulemin.

Grabovski recebeu um contrato de quatro anos e 20 milhões de dólares, enquanto Kulemin receberá 16.75 milhões de dólares no mesmo período.

Grabovkski, após ter seu contrato cancelado com os Leafs jogou pelo Washington Capitals na temporada passada e pode ser utilizado como central na segunda linha dos Islanders, atrás John Tavares.

Kulemin deixa os Leafs após marcar 84 gols e 111 assistências em 424 jogos em seis temporadas.

Grabovski e Kulemin, amigos que compartilham do mesmo agente, Gary Greenstin, estavam interessados em assinar por um mesmo time.

24/01/2012 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

sexta-feira, 27 janeiro 2012 Deixe um comentário

No segundo jogo contra os Islanders, agora no Nassau Veteran Memorial Coliseum, casa dos Islanders, os Leafs buscavam sua segunda vitória em dois dias. Na noite anterior, os Leafs venceram os Islanders com um shutout de Jonas Gustavsson, mas esperavam o time de New York jogar mais duro em casa.

O time dos Islanders escalou o goleiro Al Montoya em substituição a Evgeni Nabokov, que havia perdido na noite anterior.

O jogo nem bem começou, os times nem chegaram a esquentar no gelo e John Tavares abriu o placar aos 1m54s com um chute entre os defensores dos Leafs, após receber um belo passe de Kyle Okposo. Com um gol de vantagem o time continuou pressionando os Leafs que não conseguiram dar mais que 4 chutes à gol no período, todos defendidos por Al Montoya.

No segundo período, os Leafs voltaram melhor, porém foram os Islanders que, num powerplay dos Leafs, Matt Martin rouba o puck e parte para o ataque, vencendo Carl Gunnarsson na velocidade e dando um passe para que Josh Bailey marcasse um gol shorthanded (quando o time está em desvantagem numérica), aos 09m17s, sem qualquer chance de defesa para Gustavsson. Parecia que os Islanders devolveriam a derrota por 3 a 0, sofrida na noite anterior, mas faltando apenas 1m05s para o término do segundo período, os Leafs foram ao ataque e a sequência de passes acaba em Mikhail Grabovski que encontra Clarke MacArthur sozinho para mandar o puck para o fundo da rede dos Islanders. Com o placar de Leafs 1 @ Islanders 2, os times foram para os vestiários e os Leafs se animaram para o último período de jogo.

No terceiro período, Jake Gardiner, jovem defensor que vem jogando muito bem, finalmente vê a chance de marcar o seu primeiro gol na NHL e não desperdiça. Chuta de longe, no meio dos jogadores dos Leafs e Islanders, não permitindo a Al Montoya ver o puck, que foi para o fundo do gol, empatando a partida logo aos 1m47s. Com o gol de empate, o time dos Islanders reacendeu e veio com tudo para cima dos Leafs e do gol de Jonas Gustavsson que fez inúmeras defesas. Mikhail Grabovski marcou o terceiro gol dos Leafs, o gol da virada. Foi uma jogada em que Grabovski vindo num rápido contra-ataque, chuta ao gol de Montoya, mas o puck desvia no taco de um dos defensores, perde força, mas faz uma trajetória mais alta, encobrindo o goleiro! Belíssimo gol, aos 16m29s. Este período ainda veria uma pressão dos Islanders e restando apenas 13 segundos, Mikhail Grabovski tenta fazer um passe longo, usando as bordas, a partir de trás do gol de Gustavsson, mas o puck encontra alguma imperfeição na borda e é desviado em direção à frente do gol de Gustavsson, para o gol de empate de P. A. Parenteau, levando a partida para a prorrogação. É o segundo gol que os Leafs tomam na temporada, após o puck desviar de forma inesperada nas bordas.

Já estaria de bom tamanho conseguir 3 pontos em dois jogos, mas os Leafs queriam a vitória e, na verdade, precisavam da vitória para se aproximar da zona de classificação aos playoffs. Na prorrogação, o time sofreu novamente pressão do time da casa, mas conseguiu roubar o puck na defesa e partiu num contra-ataque fatal, onde MacArthur tinha o gol livre e o chute foi defendido por Al Montoya aos 2m06s. Na revisão dos juízes, com a imagem da cãmera acima do gol de Montoya, os juízes validaram o gol pois o goleiro dos Islanders defendeu o chute com a luva totalmente dentro do gol. Vitória suada e merecida dos Leafs!!!

Gustavsson continua jogando muito bem e merecendo ser mantido no gelo, dando até mais tempo para uma recuperação melhor de Reimer.

O próximo desafio dos Leafs é contra o Pittsburgh Penguins, dia 31 de janeiro, após o All-Star break.

P.S.: O All Star Weekend será transmitido pela ESPN no sábado às 22h00 e no domingo às 19h00, com o Ari Aguiar e Thiago Simões. O Team Chara está contando com o trio de jogadores dos Leafs, Dion Phaneuf, Phil Kessel e Joffrey Lupul.

18/10/2010 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 19 outubro 2010 Deixe um comentário

Ontem os Islanders foram à Toronto, visitando um time que possuía 4 vitórias em 4 jogos, aliás, uma ótima seqüência de abertura de temporada, sendo 2 vitórias em Toronto e 2 fora.

Os Leafs estavam com Jean-Sebastién Giguere no gol e, retornando de uma contusão, foi a primeira partida de Brett Lebda vestindo a camisa dos Leafs.

Após um primeiro período com o placar empatado, sem gols, os Islanders abriram o placar com um gol de Matt Moulson, logo após os Leafs terem “matado” uma vantagem numérica para os Islanders.

Depois do gol dos Islanders, os Leafs foram com tudo ao ataque e Kris Versteeg marcou o gol de empate que, após revisão dos árbitros, foi anulado pois Versteeg acertou o puck com o stick acima da altura do gol. Quem prontamente reclamou foi o goleiro dos Islanders, Dwayne Roloson.

Aliás, Roloson é um dos poucos goleiros a ter jogado na NHL com 41 anos ou mais, e no jogo de ontem estava simplesmente fechando o gol! Os Leafs estavam mandando pucks no gol de Roloson e ele lá, defendendo tudo!!!!

No terceiro período, período de tudo ou nada para os Leafs, houve novo lance de gol dos Leafs anulados pelos árbitros, quando o puck chutado por Colby Armstrong simplesmente cruzou o gol dos Islanders sobre a linha do gol, bateu na trave e saiu. Deixo claro aqui que os árbitros acertaram as duas vezes.

Os Leafs continuaram a atacar buscando o empate, que somente veio no final do terceiro período, num chute de Phil Kessel. Pronto … os Leafs estavam garantindo que o jogo iria à prorrogação e, quem sabe seria a quinta vitória consecutiva?

Infelizmente na prorrogação, Brett Lebda foi penalizado por interferir com o goleiro Dwayne Roloson e, em vantagem numérica, John Tavares acertou um chute, que não sei ao certo se desviou na defesa dos Leafs, mas entrou bem no ângulo de Giguere. Final de partida … Os Leafs perderam a primeira partida, porém conseguiram um pontinho!

Na quinta feira, os Leafs receberão o outro time de New York, os Rangers, vamos ver se conseguem vencer novamente, assim como venceram fora de casa!

GO Leafs GO.

%d blogueiros gostam disto: