Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Garret Sparks’

Contratações dos Leafs na abertura do mercado em 2017

terça-feira, 04 julho 2017 Deixe um comentário

Com o mercado agitado devido à entrada do Vegas Golden Nights e o Draft que essa equipe realizou, retirando bons jogadores de outras equipes, aqueles que não foram protegidos pelas equipes de acordo com a regra adotada pela NHL, o mercado para agentes livres irrestritos, os famosos UFAs, abriu em primeiro de julho e os Leafs se mexeram para cobrir suas deficiências e aqui vou citar as contratações que Lou Lamoriello, Brendan Shanahan e Mike Babcock negociaram para a equipe.

Goleiros

O primeiro a ser contratado foram os goleiros, Garret Sparks e Curtis McElhinney. Dessa forma, os Leafs garantiram um backup para Frederik Andersen e um possível backup para McElhinney, se este vier a se contundir. Sparks deve mesmo jogar pelos Marlies, junto com Kasimir Kaskisuo, já que Antoine Bibeau saiu da equipe, sendo contratado pelos San Jose Sharks.

Defesa

O próximo passo dos Leafs foi contratar Ron Hainsey, defensor que defendeu os Penguins na temporada passada e venceu a Stanley Cup. Hainsey tem 36 anos e possui a experiência para ajudar a defesa dos Leafs pelos próximos dois anos! 

Na defesa perdemos Matt Hunwick, que foi para os Penguins. 

Ainda estamos sem Roman Polak, que talvez volte a assinar com os Leafs. 

Ataque

Com a saída de Brian Boyle, que foi para o New Jersey Devils, os Leafs ficaram com uma posição aberta de central de terceira ou quarta linha. Para cobrir essa posição, os Leafs contrataram Dominic Moore. Moore já defendeu mais de 10 equipes na NHL e já foi parte dos Leafs também. Moore é mais um jogador que traz experiência à jovem equipe dos Leafs. 

Mas a contratação que gerou mais burburinho e discussões nas redes sociais foi a contratação de Patrick Marleau, por um período de três anos, mas ao preço de 6.25 milhões de dólares por temporada. Muitos acharam o valor muito alto, outros acharam que o jogador, que vai completar 38 anos em dois meses, não devia ter recebido um contrato de três anos, e outros, como eu, adoraram a ideia de ter Marleau para ajudar a dar consistência ao ataque dos Leafs e também desenvolver, dentro do gelo, nossos novatos e futuras lendas, Auston Matthews, Mitch Marner, William Nylander, Zach Hyman e Connor Brown. 

Marleau pode jogar como central ou ala e em todos os seus 20 anos com o San Jose Sharks, somente ficou de fora de pouco mais de 30 jogos, o que demonstra que é um jogador muito saudável e que mesmo com a idade já se aproximando dos 40, pode contribuir e muito com a equipe. 

Sejam muito bem vindos Hainsey, Moore e Marleau! A equipe, com certeza está melhor com vocês. 

Agora, o que se fala é que os Leafs podem acabar negociando Tyler Bozak ou James Van Riemsdyk, para reduzir os gastos totais, já que trouxeram Hainsey e Marleau a peso de ouro! Vamos ver os próximos movimentos da equipe, que com certeza estarão aqui no MapleLeafsBrasil! 

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

02/10/2016 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs – Pré-temporada

segunda-feira, 03 outubro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs enfrentaram os Canadiens pela primeira vez na pré-temporada, em casa. 

Foi o primeiro jogo dos Leafs com Auston Matthews. William Nylander e Mitch Marner também estavam no elenco e os Leafs saíram com a vitória na prorrogação. 

O Toronto Maple Leafs começou a partida atras no placar, após Jhonas Enroth sofrer um gol no primeiro período. 

A partir do segundo período os Leafs melhoraram e nossos defensores foram decisivos na partida. Nikita Zaitsev marcou um belíssimo gol, empatando e Morgan Rielly nos colocou à frente. Infelizmente os Canadiens encontraram um gol faltando 17s para o término da partida, vencendo Garret Sparks, levando a partida para a prorrogação.

Na prorrogação, Matt Hunwick, que vem jogando muito bem pelos Leafs, marcou o gol decisivo, recebendo um passe de James Van Riemsdyk, e nos dando a vitória.

Go Leafs Goooo

29/09/2016 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs – Pré-temporada 

sexta-feira, 30 setembro 2016 Deixe um comentário

Após a derrota contra os Senators, os Leafs voltaram ao gelo contra os Sabres. Devido à Final da Copa do Mundo de Hóquei, que foi no Air Canada Centre, o jogo foi marcado no Meridian Centre, em St. Catherines.

Mais uma vez sem Mike Babcock, que é o técnico da seleção canadense e disputava o título da Copa do Mundo contra o time Europa, os Leafs não jogaram bem. Foram dominados pelos Sabres no primeiro período e permitiram, faltando 4 minutos para o final do período, 10 chutes a gol dos Sabres, contra somente 2 dos Leafs.

Esse jogo foi o primeiro em que os irmãos William e Alexander Nylander se enfrentaram, após Alexander ser selecionado pelos Sabres no Draft deste ano. Alexander mostrou sua habilidade e chegou a levar perigo ao gol de Garret Sparks.

Ao final dos três períodos, nenhuma equipe marcou gol no adversário e, isso perdurou pela prorrogação. No shootout, na quarta rodada, Matt Moulsob marcou e deu a vitória aos Sabres. 

O time dos Sabres também contou com Cody Franson, ex-Leafs, contratado após o término da temporada 2015-16, assim como Kyle Okposo, que deixou os Islanders e enfrentou seu ex-companheiro de equipe, Matt Martin.

Hoje à noite as equipes voltam a se enfrentar, agora sob mando do Buffalo Sabres. 

Go Leafs Go

Leafs contratam Jhonas Enroth por um ano

quarta-feira, 24 agosto 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs anunciou a contratação do goleiro Jhonas Enroth por um ano, num contrato de 750 mil dólares.

Dessa forma os Leafs passam a ter uma dupla de goleiros (Dinamarca e Suécia) para sua equipe nessa temporada. A dupla será Frederik Andersen e Jhonas Enroth. 

Isso deixa Garret Sparks e Antoine Bibeau aguardando oportunidade nos Leafs enquanto acumulam mais experiência na AHL, provavelmente. Mas ainda temos Kasimir Kaskisuo … 

Será que veremos um desses goleiros mais jovens sendo negociados junto com alguns outros jogadores antes de a temporada iniciar? 

Go Leafs Gooo

31/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres

sexta-feira, 01 abril 2016 Deixe um comentário

Após a vitória no último jogo, com direito de um hat-trick de Nazem Kadri, os Leafs foram à Buffalo enfrentar os Sabres. No último jogo entre as equipes, em Toronto, os Leafs jogaram muito bem e saíram com a vitória, mas já fazia 6 jogos em Buffalo que os Leafs não ganhavam. Desta vez não foi diferente. A equipe não jogou bem e foi dominada pelos Sabres nos dois primeiros períodos, o que acabou definindo o jogo.

Johan Larsson abriu o placar aos 07m09s do primeiro período, vencendo Garret Sparks com um chute próximo de um defensor dos Leafs. Ainda no primeiro período, Cal O’Reilly recebeu uma assistência do seu irmão, Ryan O’Reilly, num powerplay aos 19m41s. Neste periodontal Leafs desferiram apenas cinco chutes ao gol de Chad Johnson. 

O mesmo Cal O’Reilly marcou seu segundo gol da noite aos 03m41s e os Sabres continuavam dominando o número de chutes a gol. Somente aos 13m32s, Brooks Laich diminuiu, marcando o primeiro, é único gol dos Leafs na noite. 

Fechando o placar, faltando apenas 3s para o término da partida, Johan Larsson também marca o seu segundo gol da noite com os Leafs jogando em Empty-Net. 

Na noite, a boa notícia para os Leafs foi a estréia de Tobias Lindberg na NHL, jogador novato que jogou bem, marcou uma assistência no gol de Brooks Laich e mostrou que tem chances de auxiliar os Leafs em temporadas próximas. Inclusive, Mike Babcock o elogiou em uma entrevista pós-jogo. 

Go Leafs Gooooo

28/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

terça-feira, 29 março 2016 Deixe um comentário

Saindo de seus domínios o Toronto Maple Leafs foi até a Flórida enfrentar o Tampa Bay Lightning. Apesar de não jogar mal, não conseguiu um meio de vencer o goleiro dos Lightning, Ben Bishop, que teve uma noite inspirada é simplesmente fechou o gol.

Não faltou esforço e chutes ao gol de Bishop, que ao final da partida chegou ao número de 34, contra apenas 18 dos Lightning sobre Garret Sparks, mas o time da casa parecia pronto a aproveitar as poucas chances concedidas pelos visitantes. 

No terceiro chute ao gol de Sparks, os Lightning fizeram uma jogada onde Victor Hedman deu um longo passe pra Eric Condra, na Blue Line. Condra levou o puck até atrás do gol de Sparks e deu um passe para Mike Blunden abrir o placar aos 07m34s. Nesse mesmo tempo os Leafa já tinham dado sete chutes ao gol de Bishop. Aos 14m29s, foi a vez de Ondrej Palat marcar, aproveitando um rebote de Sparks que simplesmente subiu e caiu em frente ao gol. Sparks não sabia onde estava o puck e quando viu Palat fazendo o movimento de bater no puck no ar, não teve tempo de defender e o puck entrou por entre suas pernas.

Os Leafs continuavam melhores, mas Bishop fazia defesas espetaculares. Numa delas Brad Boyes teve o gol aberto para chutar, mas além de pegar mal no puck, Bishop desviou o chute com seu taco. Aos 06m38s, Victor Hedman marcou o terceiro dos Lightning e fechou o placar ainda no segundo período, numa jogada onde Sparks acabou sendo atrapalhado pelo defensor dos Leafs que tentava tirar um jogador dos Lightning de frente do gol. 

Bishop ainda negou uma tentativa de Nazem Kadri. O jogador dos Leafs fez um ótimo movimento, mas Bishop defendeu parcialmente com a luva e o puck ainda bateu na trave antes de sair pela lateral do gol. 

Esse foi o 16º shutout de Ben Bishop na carreira e o sexto nesta temporada.” Ás vezes o shutout é conseguido com um perfeito jogo de equipe e, às vezes, conseguido somente pelo goleiro, como nesta noite!” Disse o técnico dos Lightning. Steven Stamkos também afirmou que não foi um jogo onde a equipe deu o suporte necessário a Bishop, mas o goleiro achou uma forma de levá-los à vitória.

Os Leafs aproveitam a viagem à Flórida pra enfrentar o Flórida Panthers hoje à noite! Os Panthers estão empatados com os Lightning na liderança da divisão, mas com um jogo a menos. Resta aos Leafs deixá-los empatados vencendo o jogo de hoje! 

Go Leafs Goooo

24/03/2016 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 25 março 2016 Deixe um comentário

Em mais um jogo no Air Canada Centre o Toronto Maple Leafs recebeu o Anaheim Ducks, time que buscava os derradeiros pontos para se classificar aos playoffs desta temporada. Este gol marcou o retorno de Tyler Bozak, que desde janeiro estava afastado devido a uma concussão.

Os Leafs jogaram com Garret Sparks no gol enfrentando Frederick Andersen pelos Ducks.

Os Ducks foram melhor na partida e deram ao total 38 chutes ao gol de Sparks, contra apenas 26 ao gol de Frederick Andersen, mas o jogo foi muito movimentado e viu uma partida que parecia ter um vencedor definido no segundo período, mudar e voltar a ser uma disputa muito acirrada.

Jamie McGinn abriu o placar para os Ducks, num powerplay aos 02m56s do primeiro período. Mas os Leafs estão aprendendo a não se entregar facilmente e Tyler Bozak empatou o jogo aos 04m01s. Nazem Kadri deu a liderança aos Leafs com um gol aos 06m55s em powerplay. Os Leafs mantiveram a liderança durante todo o primeiro período.

No segundo período a equipe voltou bem e tudo parecia sob controle com gols de Tyler Bozak, o segundo na noite, em um powerplay aos 08m58s, e o quarto gol dos Leafs, marcado por Frank Corrado, seu primeiro pelos Leafs, aos 16m59s. Com o placar de 4 a 1, contra uma ótima equipe, creio que veio aquele momento “Já vencemos”e os jogadores dos Leafs começaram a perder o foco na partida. Aos 18m54s, Jamie McGinn aproveitou outro powerplay para os Ducks e marcou o seu segundo gol da noite, segundo gol dos Ducks. Somente 9s depois, aos 19m03s, Andrew Cogliano conseguiu marcar o terceiro gol da noite em Garret Sparks. Foi um duro golpe na jovem equipe dos Leafs, afinal perder uma vantagem de 3 gols para somente 1 em apenas 9s é algo que eles não esperavam.

Apesar de tudo os Leafs iniciaram o terceiro período bem e inclusive tiveram um powerplay a favor, mas Jake Gardiner se atrapalhou com o puck em frente ao gol de Garret Sparks e Ryan Garbutt estava lá para roubar o puck e chutar de backhand surpreendendo Sparks que não teve muito como defender o gol de empate dos Ducks aos 05m39s, shorthanded. Para desespero dos torcedores dos Leafs, Brandon Pirri marcou o quinto dos Ducks aos 08m17s. Aos Leafs restou partir ao ataque para buscar o empate antes do término do período e foi o que Connor Brown conseguiu. Aos 15m37s, Brown recebeu um passe de Milan Michalek, dominou e chutou de backhand por cima do goleiro dos Ducks, empatando a partida com apenas 04m23s para o final. Foi o primeiro gol de Connor Brown na NHL, um belo gol parares lembrado pelo jogador dos Leafs.

O empate no período regular deu aos Ducks a classificação aos playoffs, mas não a vitória na partida, que foi conseguida pelos Leafs, com Nazem Kadri, aos 41s da prorrogação.

Foi um jogo emocionante e que viu Corrado e Brown marcarem seus primeiros gols pelos Leafs. Também viu Nazem Kadri e Tyler Bozak marcarem dois gols cada um e foi mais uma vitória da equipe jogando em casa. A próxima partida será amanhã também no Air Canada Centre, contra o Boston Bruins!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: