Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Leo Komarov’

New York Rangers @ Toronto Maple Leafs – 07/10/2017 – Home Opener

segunda-feira, 09 outubro 2017 Deixe um comentário

Empolgados com a bela vitória na estreia, em Winnipeg, o Toronto Maple Leafs recebeu o New York Rangers em seu primeiro jogo no Air Canada Centre.

O jogo começou muito bem, com os Leafs trocando passes e indo ao ataque com muita velocidade, levando perigo a Henrik Lundqvist, até que, aos 02m30s os Leafs abriram o placar com Dominic Moore. Os Rangers por sua vez chegaram ao empate pouco tempo depois, aos 3m42s com J. T. Miller. O que parecia um balde de água gelada no momento dos Leafs, na verdade iniciou uma sequência de quatro gols ainda no primeiro período. Zach Hyman fez ótima jogada e quase marcou, porém recuperou o puck e driblou Lundqvist para marcar o segundo dos Leafs. O terceiro veio no powerplay com Jake Gardiner, que partiu da zona neutra e venceu o goleiro dos Rangers com um chute muito bem colocado. Os Leafs ainda marcaram com Nikita Zaitsev, que chutou de longe. Hyman marcou também aos 17m19s. Os Rangers ainda conseguiram diminuir no primeiro período com um gol de Kevin Shattenkirk, aos 19m37s, em powerplay. 

Infelizmente para a torcida da casa, a equipe parece ter considerado que o jogo estava fácil. Mesmo com Lundqvist sendo substituído após sofrer 5 gols, dando chance a Ondrej Pavelec de mostrar serviço, o time parou de patinar e começou a perder muitos passes, dando oportunidades aos Rangers. As oportunidades não foram perdidas e os Rangers marcaram três gols com Mika Zibanejad, Marc Staal e Matt Zuccarello, empatando o jogo. E Pavelec realizou ótimas defesas! Mais uma vez os Leafs aprenderam uma triste lição: nenhuma equipe da NHL pode ser considerada fraca, ou vencida, mesmo com 3 ou mais gols de diferença. As equipes da NHL simplesmente não desistem. 

O último período foi decisivo e nele, mais uma vez, os Leafs voltaram a jogar bem. Garantimos a vitória com gols de Tyler Bozak, Leo Komarov e Nazem Kadri, os dois últimos em powerplays, fechando o placar em 8 a 5 e mantendo a invencibilidade com a segunda vitória na temporada. No total, os Leafs marcaram 15 gols em apenas dois jogos, um número bem alto para os padrões da liga. 

Hoje receberemos a visita do Chicago Blackhawks, outra equipe invicta e que também marcou 15 gols nos seus últimos dois jogos!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings – 29/09/2017 – Pré-temporada

segunda-feira, 02 outubro 2017 Deixe um comentário

Ainda nos preparando para a temporada regular, fizemos uma visita ao Detroit Red Wings na sua nova casa, o Little Caesar’s Arena, já que os Red Wings deixaram o histórico Joe Louis Arena no final da temporada passada.

Os Leafs, mais uma vez, jogaram muito bem e abriram o placar com Mitch Marner. Os Red Wings empataram ainda no primeiro período com Gustav Nyquist.

O segundo período viu William Nylander colocar os Leafs à frente e Luke Glendening empatar no minuto final do período, deixando a decisão para o terceiro período. 

Os Leafs voltaram melhor ao gelo e com gols de Auston Matthews e Leo Komarov, fecharam o placar em Leafs 4 x Red Wings 2.

Foi mais um bom jogo de preparação, contra um rival de divisão, onde jogamos muito bem.

Go Leafs Goooooo

Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs – 23/09/2017 – Pré-Temporada

terça-feira, 26 setembro 2017 Deixe um comentário

O próximo jogo de preparação do Toronto Maple Leafs, após duas derrotas para o Ottawa Senators, foi contra o Buffalo Sabres. O jogo foi realizado no Ricoh Coliseum, casa do Toronto Marlies.

Neste jogo os Leafs não deram a mínima chance para os Sabres, e venceram por 3 a 0, com gols de Morgan Rielly, Leo Komarov e William Nylander.

Foi a primeira vitória dos Leafs na pré-temporada e a equipe parece estar entrando nos eixos, comandada por Mike Babcock.

Go Leafs Gooooo

03/04/2017 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres

terça-feira, 04 abril 2017 Deixe um comentário

Voltando de Detroit o Toronto Maple Leafs foi visitar o Buffalo Sabres antes de chegar em casa. Os Sabres levaram a melhor no jogo anterior e os Leafs têm um certo problema para vencer jogos na casa dos Sabres, conforme o recorde histórico nos mostra. 

Esse jogo teve ainda mais um fator inusitado que foi a estréia de Alex Nylander, irmão de William Nylander, jogando pelos Sabres. Ou seja, havia uma daquelas disputas com irmãos jogando em lados diferentes do gelo. 

Os Leafs começaram o jogo de forma alucinante e dominaram os Sabres que só deram 2 chutes ao gol de Frederik Andersen no primeiro periodo. A equipe de Toronto conseguiu marcar três gols em apenas 43s, quase batendo o recorde da equipe que é de 39s, mas de uma época em que não havia televisão para gravar tal feito. Leo Komarov abriu o placar aos 04m26s, recebendo uma assistência de Nazem Kadri. Aos 05m01s, William Nylander deu um passe de costas para Auston Matthews que marcou o seu gol de número 39. Com a assistência, Nylander chegou aos 60 pontos assim como outros quatro jogadores da equipe. Aos 05m09s, James Van Riemsdyk marcou o terceiro dos Leafs logo após um face-off na zona ofensiva. Com este gol, Robin Lehner foi retirado do jogo e substituído por Anders Nilsson. 

No segundo período, os Leafs estavam em powerplay com chances de ampliar o placar, mas o puck acabou perdido na zona neutra e Jame Gardiner ao invés de patinar ao encontro do puck, patinou para trás para cobrir a defesa e deixou Ryan O’Reilly dominar o puck e partir em velocidade, vencendo Gardiner e também vencendo Andersen, aos 01m51s, marcando um gol shorthanded. Jake Gardiner precisa estar mais atento a essas jogadas e ser mais agressivo, pra dominar o puck. 

No terceiro período, Nazem Kadri continuava em sua disputa territorial no ataque e, após ser empurrado por Ristolainen e Anders Nilsson, ficou livre para receber o puck e marcar o quarto gol dos Leafs, em powerplay, aos 05m50s. Com o jogo já vencido, aos 19m04s, a defesa dos Leafs teve mais um erro e Jack Eichel acabou marcando o segundo gol dos Sabres.

Auston Matthews, quebrou o recorde de pontos marcados por um jogador novato dos Leafs na temporada de estréia, com 67 pontos! 

Para nossa alegria, o Ottawa Senators perdeu na noite, no shootout, o que nos fez abrir um ponto deles na classificação para os playoffs! 

Hoje, sem muito descanso, enfrentaremos o Washington Capitals em Toronto. 

Go Leafs Gooooooo

28/03/2017 – Florida Panthers @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 29 março 2017 Deixe um comentário

Com a pressão sobre os ombros, o Toronto Maple Leafs recebeu o Florida Panthers precisando vencer para se manter na terceira posição, ainda à frente do Boston Bruins e do Tampa Bay Lightning que estão disputando a segunda vaga de Wild Card. 

Sem Frederik Andersen no gol, Curtis McElhinney foi o goleiro titular dos Leafs, com Garret Sparks no banco. Pelos Panthers, James Reimer estava no gol. 

Os Leafs dominaram os Panthers desde o início e somente deixaram o time visitante desferir dois chutes ao gol de McElhinney, mas marcaram dois gols no período. O primeiro foi marcado por Auston Matthews, aos 11m54s. Esse gol foi o 35º dele na temporada, passando o recorde de Wendel Clark. William Nylander marcou mais um ponto e estendeu seu recorde de número de jogos seguidos marcando pontos! Acho que agora são 12! Leo Komarov marcou o segundo gol dos Leafs aos 14m43s dando mais conforto no placar. 

O segundo período viu os Leafs continuarem dominando os Panthers. James Reiner acabou deixando a partida após Brian Boyle acabar acertando sua cabeça numa jogada em que tentava roubar o puck do defensor dos Panthers indo para trás do gol de Reimer, que estava no canto do gol defendendo qualquer possível desvio do puck. Reto Berra o substituiu e não houve mais informações das condições de Reimer após o jogo. Quem acabou marcando no período foi Reilly Smith, diminuindo a vantagem dos Leafs, aos 15m31s, num gol até que estranho, onde o puck foi desviado meio alto e acabou entrando. 

No período final Zach Hyman marcou um gol shorthanded, voltando a dar certa segurança aos Leafs, aos 03m32s. No finalzinho, faltando apenas 56s para o jogo acabar, Jaromir Jagr se aproveitou de um chute que acertou a trave de McElhinney e ficou livre para ele chutar e marcar, num powerplay concedido por uma penalidade de Nylander. Os 56 segundos finais viu os Leafs segurarem a vitória!

Amanhã os Leafs enfrentam o Nashville Predators fora de casa e será mais uma batalha para se manter na terceira posição. 

Go Leafs Goooooo

22/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 23 março 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs foi à Columbus enfrentar uma equipe muito forte, que buscava a liderança da NHL, para empatar com o Washington Capitals. O Columbus Blue Jackets vinha de 4 vitórias seguidas e acabaram por não conseguir vencer em casa, num jogo em que os Leafs foram muito aplicados taticamente. 

Aos 08m55s, Nazem Kadri se aproveitou de um erro do defensor dos Blue Jackets e passou para Leo Komarov abrir o placar. Auston Matthews também deixou o dele, o gol de número 33, aos 10m54s, com os Leafs em powerplay. Matthews está a apenas um gol do recorde de um jogador novato nos Leafs, que é de Wendel Clark. Muito provavelmente ele deve passar essa marca com 10 jogos ainda por jogar! 

No segundo período o time da casa voltou com muita energia e logo aos 43s, David Savard marcou para os Blue Jackets que ainda empataram a partida aos 06m58s com Brendan Saad. Os Leafs não se abalaram e continuaram jogando bem até que, aos 13m32s, os Leafs recuperaram o puck na zona defensiva e William Nylander estava na zona neutra em boa posição. Nylander recebeu o passe, controlou o puck e partiu sozinho contra Joonas Korpisalo, que não conseguiu defender o ótimo chute do jogador dos Leafs, que colocou o time de Toronto novamente à frente do placar. 

O terceiro período mal havia começado e Roman Polak cometeu um pênalti “major”, de maior risco ao jogador adversário, e recebeu 5 minutos de penalidade em que Polak não jogaria o restante da partida e os Leafs permaneceriam com um jogador a menos durante os 5 minutos completos. Por um erro, a equipe não colocou ninguém no penalty box, erro que fez com que, após matar os 5 minutos de penalidade, os Leafs ainda permaneceram mais 01m54s com um jogador a menos, pois a partida não havia sido interrompida. Foi um chute de Brian Boyle que foi parar no banco dos Blue Jackets que fez os Leafs voltarem a jogar em 5 contra 5.  Mike Babcock disse que esse erro vai servir para que ele nunca mais o cometa no futuro. Neste período, Nazem Kadri marcou aos 15m46s, numa jogada em que foi analisada a posição dele ao entrar na zona de ataque, mas que confirmou que não houve impedimento, e Nikita Zaitsev marcou aos 17m13s, chutando o puck desde a zona defensiva dos Leafs no gol aberto dos Blue Jackets que já jogavam em Empty-Net, tentando diminuir o placar com um jogador a mais no gelo. 

A vitória dos Leafs foi importantíssima pois foi contra uma equipe muito forte, fora de casa, e os colocou na terceira posição da divisão, passando o Boston Bruins. 

Os Leafs nem terão descanso, pois recebem o New Jersey Devils hoje, em Toronto.

Go Leafs Gooooo

14/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

quinta-feira, 16 março 2017 Deixe um comentário

Iniciando uma série de jogos fora de casa os Leafs foram à Sunrise, visitar o Florida Panthers.

A disputa pela classificação aos playoffs está bem apertada com muitas equipes com pontuação muito próxima. Cada ponto conta nestes últimos 14 jogos da temporada regular. 

O Toronto Maple Leafs enfrentou James Reimer no gol dos Panthers e Reimer teve uma ótima noite, fazendo defesas bem difíceis e levando a equipe de Flórida à vitória. Já Frederik Andersen não estava bem e após tomar três gols em oito chutes à gol no primeiro período, foi sacado, sendo substituído por Curtis McElhinney no segundo período.

O primeiro período terminou com o placar de 3 a 1 para os Panthers, mas os Leafs e McElhinney não conseguiram se aplicar na defesa e o placar final foi de 7 a 2 para os Panthers.

Os gols dos Leafs foram marcados por Leo Komarov e Nikita Soshnikov, enquanto os Panthers marcaram com Aleksander Barkov, Colton Sceviour, Jonathan Marchessault, Reilly Smith, Keith Yandle e Jussi Jokinen.

Infelizmente não conseguimos vencer e os times que disputam a vaga aos playoffs conosco conseguiram. Tanto os Isles, quanto os Lightning venceram e nos passaram na classificação, porém eles têm um jogo a menos até o final da temporada, o que, matematicamente nos da uma vantagem.

O próximo jogo é hoje, exatamente contra o Tampa Bay Lightning! Vai ser um jogo de playoffs! 

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: