Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Luke Schenn’

07/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 08 janeiro 2016 Deixe um comentário

Sem muito tempo para descansar o Toronto Maple Leafs deixou Anahein após a vitória por shutout e já foi para Los Angeles, enfrentar os Kings na noite seguinte. É sempre difícil manter a performance jogando em noites consecutivas, mas até que os Leafs conseguiram em boa parte do jogo.

No gol estava James Reimer, retornando de contusão e sem jogar desde 3 de Dezembro. Pelo Los Angeles Kings, Jonathan Quick estava no gol, um dos melhores goleiros da liga, próximo de bater o recorde de número de vitórias por Shutouts, sem permitir sequer um gol ao time adversário, marcados por um goleiro americano. Quick tem 40 vitórias por shutout na carreira, com 41 já batera o recorde anterior.

Este jogo marcou também a volta de Jeff Carter nos Kings, que estava contundido, e a primeira partida de Vincent Lecavalier e Luke Schenn pelos Kings, após a troca realizada no dia anterior.

Lecavalier e Schenn jogaram bem e ajudaram os Kings a sair com uma vitória por um gol de diferença.

Os gols somente apareceram no terceiro período. Jake Muzzin recebeu um passe de Vincent Lecavalier e disparou pra o gol sem nenhum defensor para pressioná-lo, abrindo o placar aos 02m53s. O puck foi certeiro no ângulo esquerdo de Reimer. Aos 08m05s, Peter Holland perdeu o puck ainda na defesa e Marian Gaborik fez uma excelente jogada, passando pra Jeff Carter dentro do crease, que somente teve que desviar o puck para o gol. O mesmo Peter Holland acabou se redimindo e marcando o gol dos Leafs aos 10m05s, com um chute certeiro sobre o ombro direito de Jonathan Quick. Os minutos finais da partida foram dominados pelos Leafs, que retiraram James Reimer com mais de 2 minutos para o término, colocando no gelo um atacante a mais (Empty-Net). Os Leafs pressionaram muito e Nazem Kadri e Brad Boyes só não empataram a partida pois Jonathan Quick fez defesas espetaculares para manter a vitória dos Kings.

Perdemos a partida, mas demonstramos que temos qualidade e força para enfrentar qualquer equipe, mesmo em noites consecutivas! 

A próxima parada dos Leafs na Califórnia será no sábado, quando visitam o San José Sharks! 

Go Leafs Goooo

Anúncios

16/09/2013 – Toronto Maple Leafs @ Philadelphia Flyers – Pré-Temporada

quarta-feira, 18 setembro 2013 Deixe um comentário

Após o primeiro jogo contra os Flyers, os Leafs voltaram ao gelo na noite seguinte, contra os mesmos Flyers, mas com um time renovado, contando com a presença de Phil Kessel, David Clarkson e, no gol, Jonathan Bernier e Drew McIntyre.

Foi o primeiro jogo de Clarkson e Bernier pelos Leafs e ambos se saíram bem, conforme a análise de Randy Carlyle. Outro jogador que voltou ao gelo após a partida do dia 15, foi Morgan Rielly, que com sua boa performance, recebeu a oportunidade de continuar jogando no dia seguinte.

No primeiro período, o ex-Flyers James Van Riemsdyk marcou para os Leafs, um belo gol num contra-ataque em que ele mesmo bloqueou um passe na zona neutra e partiu em velocidade contra o goleiro dos Flyers, Heeter, e o venceu com um chute forte acima de sua luva. No finalzinho do primeiro período foi a vez do ex-Leafs, Luke Schenn, empatar a partida num chute forte, que desviou em Mark Fraser e impossibilitou a defesa de Bernier que estava bem colocado na jogada.

O jogo ainda viu James Devane a acertar o gol dos Flyers no segundo período, e Bruno Gervais empatar novamente para os Flyers, mas somente no terceiro período. O empate levou o jogo para a prorrogação e como não houve qualquer alteração no placar, o jogo foi para os penaltis (Shootout).

No shootout, Leafs e Flyers permaneceram empatados por seis rodadas, com boas atuações dos jogadores e dos goleiros. Foi McIntyre que defendeu o gol dos Leafs no shootout. Somente na sétima rodada que a partida foi definida. O jogador dos Leafs, T. J. Brennan teve sua tentativa salva pelo goleiro dos Flyers, mas Tye McGinn conseguiu vencer McIntyre.

Foi uma ótima partida onde Randy Carlyle conseguiu analisar as necessidades do time e, com certeza, visualizar como preparar a equipe para os próximos jogos!

O próximo jogo será na quinta, contra os Senators!

Go Leafs Gooooo!!

04/04/2014 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 05 abril 2013 1 comentário

Os Leafs receberam os Flyers, com as duas equipes vivendo bons momentos na temporada e vindos de 3 vitórias! Ambas equipes buscavam continuar com essa seqüência de vitórias e os Leafs poderiam levar alguma vantagem já que os Flyers jogaram na noite anterior e venceram os Habs, podendo estar mais cansados. Os Leafs, pelo contrário, não jogavam desde sábado.20130404_Flyers@Leafs_Banner

Mal começou o jogo e aos 01m19s, após o puck ser enviado pelas bordas do gelo na zona defensiva dos Leafs, os Flyers o recuperaram na linha azul e Erik Gustafsson chuta forte. O chute ia para fora, mas Simon Gagne estava cruzando em frente ao gol de James Reimer e desviou o puck, de backhand, para o gol dos Leafs, abrindo o placar. Os Leafs se mexeram e aos 03m22s, descontaram. Joffrey Lupul chutou e Ilya Bryzgalov deu rebote, que foi aproveitado por Nikolai Kulemin. Com o jogo empatado as equipes continuavam disputando o puck, mas próximo aos 07m de jogo, Jay Rosehill e Adam Hall fizeram um sanduíche de Joffrey Lupul. Lupul voltou ao banco, mas logo depois deixou a partida e foi aos vestiários. Ele não retornou mais ao jogo e deve ser examinado ainda hoje para verificar se houve alguma contusão mais grave. Sem Lupul os Leafs chegaram a virar a partida com um gol de John-Michael Liles aos 16m46s, num chute da linha a azul, que Bryzgalov não conseguiu ver pois havia muitos jogadores tampando sua visão. Infelizmente, aos 18m35s, os Leafs tomam um gol de empate numa jogada em que Sean Couturier conduz o puck para a zona de ataque dos Flyers e efetua um passe. O passe acaba não sendo cortado pelo jogador dos Leafs que acompanhava Couturier e passando entre as pernas de Carl Gunnarsson, chegando até Jakub Voracek, que marcou o gol de empate com o gol praticamente aberto. Um gol infantil, onde o puck tinha que ser desviado, o passe tinha que ser bloqueado ou Reimer tinha que ter sido mais rápido seguindo o puck! O período termina com as equipes empatadas.

20130404_Flyers@Leafs_ScoreNovamente no início do segundo período, aos 54s, Brayden Schenn marca mais um para os Flyers. Os Leafs jogaram muito mal este período, perdendo a disputa pelo puck, não patinando bem, sem velocidade. Reimer por sua vez fez sua parte, defendendo muitas chances de gol contra o forte ataque dos Flyers. Aos 15m53s, Jay Rosehill, um jogador que era dos Leafs, chuta de longe e marca o quarto gol dos Flyers. Reimer chega a reclamar com o árbitro, mas a jogada sequer foi revisada. No Replay, entendi qual foi a reclamação de Reimer. Um jogador dos Flyers vem de trás do gol e não permite a livre movimentação do goleiro, deslocando o stick de Reimer com as pernas, para a esquerda. O chute de Rosehill entra exatamente à direita de Reimer. Erro dos juízes que deveriam ter dado uma penalidade aos Flyers por interferência. Mas nada foi feito e o segundo período termina com a vantagem de dois gols para os Flyers.

No terceiro período os Leafs voltaram melhor e pressionaram muito os Flyers. Aos 06m14s, James Van Riemsdyk recebe um passe de Dion Phaneuf, controla o puck, vira e chuta alto, sobre o ombro de Bryzgalov, diminui do a diferença para somente um gol. No restante do período, quem segurou tudo foi Bryzgalov, que não permitiu o gol de empate. Os Leafs então, no finalzinho da partida, tiraram James Reimer do gol, para tentar o gol de empate, com um jogador a mais no gelo. Após um faceoff na zona defensiva dos Flyers, os Leafs perdem o faceoff e o puck sobra para Luke Schenn, outro ex-Leafs, que chutou de longe. O puck ainda bateu na trave antes de entrar no gol vá no dos Leafs aos 19m43s. Placar final Flyers 5 x Leafs 3.

Os Leafs não jogaram mal, exceto no segundo período. Reimer jogou muito bem e defendeu muitos chutes perigosos. Foi uma derrota que terminou com a seqüência dos Leafs de 8 jogos pontuando. Agora restam apenas 11 jogos para o término da temporada regular e os Leafs necessitam se garantir para os Playoffs!

Go Leafs Gooooooooooooooo

E tomara que Lupul não fique muito tempo fora!!

11/02/2013 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 12 fevereiro 2013 Deixe um comentário

Após 3 vitórias seguidas, fora de casa, os Leafs voltam ao Air Canada Centre para receber a visita do Philadelphia Flyers. Este é o primeiro jogo entre as equipes, após a troca envolvendo James Van Riemsdyk e Luke Schenn. 20130211_Flyers@Leafs_Banner

O primeiro período mal começou e a sorte dos Leafs parecia ter acabado. No ataque, Claude Giroux recuperou o puck atrás do gol de James Reimer, passou para Luke Schenn chutar da linha azul. O chute passou ao lado do gol de Reimer, mas retornou e Wayne Simmonds se aproveitou para abrir o placar aos 38s de jogo, com assistências de Claude Giroux e  do ex-Leafs Luke Schenn. O jogo estava aberto, com chances para ambas equipes, muitos trancos (hits) e disputas pelo puck. Somente aos 14m49s, num contra-ataque, Leo Komarov carregou o puck ao ataque e freou bruscamente, movendo o seu defensor , abrindo espaço para a chegada de Dion Phaneuf, que recebeu o passe de Komarov e deu um chute fortíssimo, acertando o gol de Ilya Bryzgalov, empatando a partida. Antes de terminar o primeiro período os Leafs ainda teriam um minuto de vantagem numérica com 2 jogadores a mais no gelo, mas não conseguiu converter as chances em gols e o período acabou empatado.

20130211_Flyers@Leafs_ScoreO segundo período começou e logo aos 2m05s, Colton Orr se aproveitou de um rebote de Bryzgalov para colocar os Leafs à frente no placar. Menos de 30 segundos depois, aos 2m33s foi a vez de Matt Frattin marcar para os Leafs. Com dois gols de vantagem no placar, tudo parecia que ia bem para a equipe de Toronto até que, aos 4 minutos do segundo período, numa defesa, James Reimer sente dores no joelho esquerdo e deixa o gelo com a ajuda de seus companheiros, causando preocupação em todos os torcedores dos Leafs no Air Canada Centre. Bem quando Reimer mostrava segurança no gol e tinha ótimos números. Reimer efetuou 12 defesas nos 13 chutes à gol que recebeu. Para substituí-lo entrou Ben Scrivens.

O jogo recomeçou e Scrivens substituiu Reimer à altura, mantendo os Leafs no jogo. Aos 6m15s, numa jogada em que Nazem Kadri foi decisivo, ele efetuou um passe e Clarke MacArthur chutou de primeira, sem qualquer chance para o goleiro dos Flyers. Foi neste momento que Ilya Bryzgalov foi retirado do gelo, sendo substituído por Brian Boucher. O período termina com os Leafs vencendo pelo placar de 4 x 1.

O último período chega e os Leafs mantém um ótimo jogo, não permitindo reação aos Flyers. Logo aos 1m11s, James Van Riemsdyk marca o seu, com assistência de Phil Kessel. Se os Flyers tiveram a assistência de Luke Schenn, os Leafs deram o troco com o gol de Riemsdyk. Scrivens no gol fez ótimas defesas, e realmente parece que a decisão de deixar Reimer e Scrivens como os goleiros dos Leafs foi uma decisão acertada. Os goleiros estão muito bem e seguros, ajudando os Leafs a conseguir as vitórias que tanto necessitamos para nos levar aos playoffs. No finalzinho do período, Tye McGinn, ainda consegue diminuir para os Flyers, vencendo Scrivens aos 19m28s, mas já era tarde para uma reação. Scrivens defendeu 32 dos 33 chutes à gol que recebeu, tendo feito uma ótima partida.

Foi a quarta vitória seguida dos Leafs, que voltam a jogar apenas na quinta-feira, contra os Canes, em Raleigh, Carolina.

Quanto à Reimer, parece que as notícias são boas e foi apenas uma torção no joelho, que o tirará dos Leafspor, pelo menos, 3 jogos.

Vamos manter a boa fase e continuar vencendo!!

GO Leafs GO

Tudo continua quieto na terra de Burke!

segunda-feira, 09 julho 2012 Deixe um comentário

É pessoal … veio o primeiro de Julho … veio o período de contratações de jogadores, muitos outros times começaram a se mexer … e os Leafs realizaram apenas a contratação do defensor Mike Kostka e do Central Jay McClement, além de renovar com Matt Frattin, Ryan Hamilton e Jussi Rynnas. Também já havia trocado Luke Schenn por James van Riemsdyk.

English: Brian Burke, the current General Mana...

English: Brian Burke, the current General Manager and President of the Toronto Maple Leafs. (Photo credit: Wikipedia)

No começo houve até mesmo o Brodeur … que ameaçou usar o mercado para ver o que conseguia … depois de dois dias … assinou contrato de dois anos com os Devils e deve mesmo terminar a carreira por lá. Também houve todo o burburinho com os contratos de Zach Parise e Ryan Suter, que terminaram por assinar contratos idênticos com o Minnesota Wild. Também existe toda a expectativa pelas contratações de Rick Nash e Roberto Luongo, que até agora não encontraram novos contratos.

Enfim … essa pós ou pré temporada está muito fraca para o time dos Leafs que precisa muito de um central para a primeira linha e de outros jogadores que possam contribuir para que a equipe volte aos playoffs!

Burke disse que as negociações ainda não acabaram … então devemos ter novidades antes da próxima temporada começar … mas … quais serão essas novidades? Que tipo de negociação Burke terá que fazer para conseguir atrair bons jogadores? Se desfazer de jogadores jovens? Ou de escolhas do draft?

Será que vem Luongo? Ele é um ótimo goleiro, estava em uma fase ruim nos Canucks e uma nova oportunidade nos Leafs pode ser tudo o que ele precisa para brilhar … mas como fica o futuro de Reimer e de Scrivens? E como ficam os Leafs com o contrato de Luongo por mais 10 anos?

E que negociação será feita para conseguir um central de primeira linha? Não existem muitas opções disponíveis no mercado, e se for por meio de trocas … que vamos dar em troca de algum bom jogador?

Eu confio no Burke, mesmo apesar dele não ter levado os Leafs aos playoffs desde que chegou … mas temos que ser sinceros e reconhecer que ele trouxe muitos bons jogadores tanto pros Leafs, quanto pros Marlies e que as mudanças propostas por ele estão começando a dar resultado, como foi os Marlies chegarem às finais da Calder Cup …

Eu acho que falta pouco pra voltarmos pros playoffs … mas tudo vai depender dos próximos passos e decisões de Brian Burke.

Aguardamos boas novidades!

GO Leafs GO

Adeus Luke Schenn! Seja bem vindo James van Riemsdyk!!!

domingo, 24 junho 2012 1 comentário
JVR

JVR (Photo credit: rgmcfadden)

Brian Burke anunciou uma troca que os Leafs já vinham analisando a algum tempo. A vinda de James van Riemsdyk para Toronto em troca de Luke Schenn!

Pelo lado de Schenn, que foi direto do draft para a equipe dos Leafs e no primeiro ano teve uma ótima atuação, com uma atuação mais apagada no segundo e terceiro anos. Agradecemos todo o esforço dele e os hits dados nos nossos oponentes! Obrigado Luke Schenn! Agora você jogará ao lado do seu irmão, Brayden Schenn nos Flyers!

Quanto a James van Riemsdyk, que possui apenas 23 anos, é um ala que vai trazer muito poder de fogo aos Leafs! Teve alguns problemas de contusões nesta última temporada, mas que aparentemente se recuperou. Inclusive Burke afirmou que não se preocupa com a contusão.

Seja bem vindo James van Riemsdyk!!! Precisamos de você 100% para nos ajudar a chegar nos playoffs e aí termos chances de buscar a Stanley Cup, tão sonhada!!!! Você vai conhecer a Leafs Nation e saber que é a torcida mais incrível da NHL! Incluindo nós aqui do Maple Leafs Brasil!

GO Leafs GO

20/03/2012 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 21 março 2012 1 comentário

Os Leafs voltaram de Boston com a derrota por 8 a 0 sobre os ombros, mas com a necessidade de se preparar para um jogo em casa contra os Islanders. Na tabela de classificação os Leafs possuem 72 pontos e os Islanders 69, empatados em último na conferência leste com os Habs!
Seria um jogo mais fácil já que os Islanders não estão bem classificados, e parecia assim até o terceiro período.
Apesar de jogar melhor, os Leafs não deram muitos chutes à gol durante toda a partida, totalizando somente 14. Mas isso não os impediu de abrir o placar com Phil Kessel aos 10m24s. Kessel passou por trás do gol de Evgeny Nabokov e se posicionou sem marcação, recebeu um passe de Tyler Bozak e desferiu um potente chute que recocheteou na câmera interna do gol e saiu! Os árbitros tiveram que rever a jogada para enfim dar o gol aos Leafs. Os Leafs jogavam bem, mas também tomavam alguns contra-ataques e foi num deles, aos 15m34s que os Islanders empataram. Numa troca de linha os Islanders partiram ao ataque e Jake Gardiner, achando que tinha alguém na cobertura, deixou John Tavares passar com o puck. Tavares deu um passe para Josh Bailey por sobre o taco de Luke Schenn e Bailey não desperdiçou, mandando pro fundo do gol de James Reimer.
No segundo período os Leafs também voltaram a passar a frente no placar com Matthew Lombardi que aos 4m12s venceu Nabokov num wrap-around mandando o puck por entre as pernas do goleiro. O restante do período viu os times batalhando pelo puck e buscando o gol, que veio para os Islanders aos 13m08s com D. Ullstrom, numa jogada bem parecida com a do primeiro gol dos Islanders. Novamente James Reimer não foi rápido o suficiente para se posicionar e defender o chute.
O terceiro período decorria como os dois anteriores, com as equipes disputando o puck e buscando definir a vitória e eu até achava que a partida iria para a prorrogação. Reimer chegou a fazer uma ótima defesa num puck que já estava atrás de sua perna, indo em direção ao gol! Mas a partir dos 13 minutos, os Islanders marcaram mais 3 gols, com Matt Moulson aos 13m56s, PA Parenteau num breakaway aos 15m43s vencendo Reimer facilmente e aos 18m25s quando Moulson marcou o seu segundo da noite com os Leafs sem goleiro, que foi substituído por um atacante adicional. Placar final: NY Islanders 5 x 2 Toronto Maple Leafs.
O time não jogou mal, mas sem uma consistência de James Reimer ou de Jonas Gustavsson, dica difícil sair com a vitória! Os dois primeiros gols dos Islanders, não foram totalmente indefensáveis! Reimer não conseguiu defendê-los, mas após o término do jogo, assisti um pouco da partida entre Calgary Flames e Colorado Avalanche e Varlamov fez defesas incríveis para manter a sua equipe (Avs) no jogo! Se Reimer ou Gustavsson tivessem recebido o mesmo chute, nesta má fase em que se encontram, os Leafs teriam tomado gols de seus adversários!
O que nos resta é vislumbrar o que Burke pode arquitetar para nos levar aos playoffs na próxima temporada, afinal o que necessitamos são apenas algumas peças para termos uma equipe consistente e produtiva! Eu diria que necessitamos de um goleiro mais experiente, como foi Giguere no ano passado, um central de primeira linha para jogar entre Kessel e Lupul e mais alguém para dar experiência ao jovem time dos Leafs, seja no ataque ou na defesa.
O que temos que fazer é parar de dar atenção à idéias como a de vender ou trocar Phil Kessel! Ele é nosso melhor atacante, está tendo seu melhor ano, tem apenas 24 anos, está entre os melhores atacantes e pontuadores da NHL e sem contar com um central à altura! Ele já demonstra o seu valor e ainda continuará assim por muitas temporadas!
Nosso próximo jogo será na sexta-feira, em New Jersey, contra os Devils de Martin Brodeur.
Go Leafs Goooo Sempre!
Não consigo torcer para os Leafs perderem!

%d blogueiros gostam disto: