Arquivo

Posts Tagged ‘Simon Gagne’

04/04/2014 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 05 abril 2013 1 comentário

Os Leafs receberam os Flyers, com as duas equipes vivendo bons momentos na temporada e vindos de 3 vitórias! Ambas equipes buscavam continuar com essa seqüência de vitórias e os Leafs poderiam levar alguma vantagem já que os Flyers jogaram na noite anterior e venceram os Habs, podendo estar mais cansados. Os Leafs, pelo contrário, não jogavam desde sábado.20130404_Flyers@Leafs_Banner

Mal começou o jogo e aos 01m19s, após o puck ser enviado pelas bordas do gelo na zona defensiva dos Leafs, os Flyers o recuperaram na linha azul e Erik Gustafsson chuta forte. O chute ia para fora, mas Simon Gagne estava cruzando em frente ao gol de James Reimer e desviou o puck, de backhand, para o gol dos Leafs, abrindo o placar. Os Leafs se mexeram e aos 03m22s, descontaram. Joffrey Lupul chutou e Ilya Bryzgalov deu rebote, que foi aproveitado por Nikolai Kulemin. Com o jogo empatado as equipes continuavam disputando o puck, mas próximo aos 07m de jogo, Jay Rosehill e Adam Hall fizeram um sanduíche de Joffrey Lupul. Lupul voltou ao banco, mas logo depois deixou a partida e foi aos vestiários. Ele não retornou mais ao jogo e deve ser examinado ainda hoje para verificar se houve alguma contusão mais grave. Sem Lupul os Leafs chegaram a virar a partida com um gol de John-Michael Liles aos 16m46s, num chute da linha a azul, que Bryzgalov não conseguiu ver pois havia muitos jogadores tampando sua visão. Infelizmente, aos 18m35s, os Leafs tomam um gol de empate numa jogada em que Sean Couturier conduz o puck para a zona de ataque dos Flyers e efetua um passe. O passe acaba não sendo cortado pelo jogador dos Leafs que acompanhava Couturier e passando entre as pernas de Carl Gunnarsson, chegando até Jakub Voracek, que marcou o gol de empate com o gol praticamente aberto. Um gol infantil, onde o puck tinha que ser desviado, o passe tinha que ser bloqueado ou Reimer tinha que ter sido mais rápido seguindo o puck! O período termina com as equipes empatadas.

20130404_Flyers@Leafs_ScoreNovamente no início do segundo período, aos 54s, Brayden Schenn marca mais um para os Flyers. Os Leafs jogaram muito mal este período, perdendo a disputa pelo puck, não patinando bem, sem velocidade. Reimer por sua vez fez sua parte, defendendo muitas chances de gol contra o forte ataque dos Flyers. Aos 15m53s, Jay Rosehill, um jogador que era dos Leafs, chuta de longe e marca o quarto gol dos Flyers. Reimer chega a reclamar com o árbitro, mas a jogada sequer foi revisada. No Replay, entendi qual foi a reclamação de Reimer. Um jogador dos Flyers vem de trás do gol e não permite a livre movimentação do goleiro, deslocando o stick de Reimer com as pernas, para a esquerda. O chute de Rosehill entra exatamente à direita de Reimer. Erro dos juízes que deveriam ter dado uma penalidade aos Flyers por interferência. Mas nada foi feito e o segundo período termina com a vantagem de dois gols para os Flyers.

No terceiro período os Leafs voltaram melhor e pressionaram muito os Flyers. Aos 06m14s, James Van Riemsdyk recebe um passe de Dion Phaneuf, controla o puck, vira e chuta alto, sobre o ombro de Bryzgalov, diminui do a diferença para somente um gol. No restante do período, quem segurou tudo foi Bryzgalov, que não permitiu o gol de empate. Os Leafs então, no finalzinho da partida, tiraram James Reimer do gol, para tentar o gol de empate, com um jogador a mais no gelo. Após um faceoff na zona defensiva dos Flyers, os Leafs perdem o faceoff e o puck sobra para Luke Schenn, outro ex-Leafs, que chutou de longe. O puck ainda bateu na trave antes de entrar no gol vá no dos Leafs aos 19m43s. Placar final Flyers 5 x Leafs 3.

Os Leafs não jogaram mal, exceto no segundo período. Reimer jogou muito bem e defendeu muitos chutes perigosos. Foi uma derrota que terminou com a seqüência dos Leafs de 8 jogos pontuando. Agora restam apenas 11 jogos para o término da temporada regular e os Leafs necessitam se garantir para os Playoffs!

Go Leafs Gooooooooooooooo

E tomara que Lupul não fique muito tempo fora!!

25/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quarta-feira, 26 janeiro 2011 11 comentários

Como última partida antes do final de semana das Estrelas da NHL (NHL All-Star Weekend), os Leafs foram até Tampa Bay, enfrentar os Lightning.

O jogo mal começou e Dion Phaneuf já mandou o Dana Tyrrel para o “banco de reserva” (dos Leafs) !!!! Foi impressionante ver, no canto esquerdo da tela, o jogador sendo jogado por sobre o muro, na área de “banco de reserva” dos Leafs. Parecia que o jogo ia render, com toda essa vontade do nosso capitão … e com a presença confiável de James Reimer no gol dos Leafs. 

Mas, como na maioria dos jogos, os Leafs começaram o jogo sonolentos e, num período em que o time da casa chutou 17 vezes ao gol dos Leafs, enquanto os Leafs deram apenas 4 chutes à gol, só poderíamos estar atrás no placar. Aos 05m11s, Simon Gagne abriu o placar e aos 12m44s, Teddy Purcell marcou o segundo em powerplay. Purcell também anotou um ponto no gol de Gagne com uma assistência. Em ambos os gols Reimer pouco pode fazer para defender os chutes. A equipe estava totalmente perdida no gelo.

Nos outros dois períodos os Leafs retornaram melhor, porém não conseguiram vencer Dwayne Roloson que anotou mais um shutout, o terceiro do mês.

Mais uma vez digo que Reimer não pode ser culpado pela derrota e que sua presença e atuação foram muito fortes, tanto que os Leafs tomaram apenas 2 gols pois Reimer defendeu muitos chutes dos Lightning, incluindo um breakaway de Martin St. Louis no primeiro período.

Agora o time descansa até dia primeiro de fevereiro, quando enfrenta o Florida Panthers, na Florida.

E neste períoso, somente Phil Kessel estará ativo, no jogo das Estrelas, no domingo e no SuperSkills no sábado.

GO leafs GO.

%d blogueiros gostam disto: