Archive

Posts Tagged ‘James Van Riemsdyk’

04/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

segunda-feira, 06 fevereiro 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs, no meio de uma viagem com seis jogos fora de casa, já perdeu dois e, somando com uma derrota em casa antes da viagem, está a três jogos sem vencer. O Boston Bruins recebeu os Leafs e com cinco jogos a mais, e apenas três pontos à frente na classificação, também não podia desperdiçar pontos contra o adversário de divisão.

Jogar contra os Bruins nunca é fácil! A equipe de Boston tem jogadores muito perigosos como Brand Marchand e Patrice Bergeron, além de um ótimo goleiro em Tuuka Rask. 

Os Leafs não começaram bem e saíram atrás no placar. David Pastrnak abriu o placar para os Bruins logo aos 02m17s, no primeiro chute a gol do time dos Bruins. Os Leafs mantiveram a calma e buscaram o gol adversário até que aos 11m15s, William Nylander marcou um belo gol recebendo um passe de Nazem Kadri em frente ao gol e driblando Tuuka Rask. 

Com o jogo empatado os Leafs foram ao segundo período e após receber um empurrão na zona ofensiva e cair atrás do gol de Rask, James Van Riemsdyk, que voltava para a defesa, acabou recebendo um passe errado da defesa dos Bruins e com muita calma, driblou Rask e marcou por entre as pernas do goleiro para colocar a equipe visitante à frente no placar aos 08m31s. Somente 37s depois, aos 09m09s, William Nylander marcou o terceiro gol dos Leafs e retirou Rask do gelo. Rask foi substituído, mas isso não resolveu o problema para os Bruins que viram Nylander marcar o seu primeiro hat-trick da carreira na NHL aos 10m17s, num powerplay. Quando nós, torcedores dos Leafs pensávamos que com o placar de 4 a 1 a nosso favor, os Bruins estavam totalmente derrotados, a equipe da casa mostrou que não se rende facilmente e após uma briga entre McQuaid e Matt Martin, marcou dois gols de aproximando do placar e voltando ao jogo. Os gols foram marcados por David Pastrnak e Torey Krug. 

Para nosso desespero, Ryan Spooner marcou o gol de empate aos 10m06s, fazendo a torcida no TD Garden ir ao delírio! Connor Brown conseguiu dar a liderança aos Leafs novamente aos 15m15s. Os Bruins vieram pra cima e empataram aos 17m06s com Patrice Bergeron. Apesar de Frederik Andersen estar em uma ótima noite, o puck sobrou sozinho para Bergeron somente empurrar pro gol! Com o fantasma daquele fatídico jogo 7 dos playoffs em que os Bruins viraram o jogo e desclassificaram os Leafs, o jogo ficou desesperador para nós. Mas para nossa alegria, James Van Riemsdyk chutou forte e de forma inesperada para vencer Zane McIntyre, o goleiro dos Bruins e dar a vitória aos Leafs aos 18m24s. 

Martin Marincin não jogou bem e, além de cometer muitas penalidades, seus erros levaram os Bruins a marcar, pelo menos, dois gols. Na minha opinião, ele não deveria estar nos Leafs e sim, ser mandado aos Marlies para dar chance a outros jogadores. 

O próximo jogo fora de casa é hoje, contra os Islanders!

Go Leafs Gooooo

Anúncios

25/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

quinta-feira, 26 janeiro 2017 Deixe um comentário

Iniciando uma série de jogos fora de casa, o Toronto Maple Leafs foi ao Joe Louis Arena, que se despede da NHL este ano, visitar o Detroit Red Wings, que terá uma nova arena a partir da próxima temporada. 

Os jovens jogadores dos Leafs e Mike Babcock têm feito um ótimo trabalho e os Leafs tiveram um ótimo jogo. No primeiro período, Auston Matthews roubou o puck de um defensor dos Red Wings, dominou o disco e chutou rápido, abrindo o placar e marcando o seu 23º gol na NHL, aos 05m30s. Matthews realmente confirma tudo que os analistas viam nele para indicá-lo como primeira escolha geral no Draft de 2016.

Veio o segundo período e Frederik Andersen continuou barrando as tentativas dos Red Wings, não permitindo o empate ao time da casa. Roman Polak chutou da linha azul e marcou o segundo gol dos Leafs aos 15m35s. Um jogador que está se destacando é Nazem Kadri, que vem mostrando muito valor no ataque e também na defesa. Na partida ele teve uma jogada no primeiro período em que perdeu o puck na zona neutra e voltou à defesa, mergulhando no gelo e tirando o puck do controle do ataque dos Red Wings com seu taco! Ele também teve ótima participação no segundo gol dos Leafs. 

O terceiro período viu os Leafs dobrarem o placar com gols de James Van Riemsdyk aos 04m19s, quando um chute cruzado foi desviado ao gol pelo próprio Mrazek, e Nikita Soshnikov, aos 08m14s que num contra-ataque conseguiu vencer o goleiro dos Red Wings, fechando o placar. 

É a segunda vitória seguida dos Leafs por um placar de 4 a 0, e o segundo shutout consecutivo de Frederik Andersen. 

Hoje à noite vamos visitar o Philadelphia Flyers! 

Go Leafs Goooo

17/01/2017 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs 

quarta-feira, 18 janeiro 2017 Deixe um comentário

A equipe do Toronto Maple Leafs está muito bem neste momento da temporada e isso foi provado ontem recebendo a visita do Buffalo Sabres.

O primeiro período, apesar de ter o número de chutes à gol igualado, nove para cada equipe, viu os Sabres levarem vantagem no placar com um gol de Kyle Okposo aos 10m16s, após um erro de Frederik Andersen que simplesmente devolveu um puck controlado ao adversário, que não desperdiçou e abriu o placar. No último minuto do primeiro período, foi a vez de Evander Kane ampliar com um forte chute num contra-ataque aos 19m27s.

O segundo período viu os Leafs voltarem mais agressivos e Leo Komarov precisou de apenas 32s para diminuir a liderança dos Sabres no placar, vencendo Robyn Lehner depois de receber um passe de Nazem Kadri. Matt Martin empatou a partida aos 08m29s com um chute de um ângulo bem difícil, mas que passou por Lehner. E Auston Matthews marcou o gol da virada aos 09m45s, depois de Connor Brown vencer uma disputa atras do gol de Lehner, passar para Zach Hyman que passou para Matthews sozinho em frente ao gol! Nesse momento o técnico dos Sabres, Dan Bylsma, retirou Lehner da partida, substituindo-o por Anders Nilsson. Lehner não gostou, encarou o técnico, chegou ao banco de reserva e, enfurecido, jogou sua mascara no chão. Mesmo assim, uma fã que estava ao lado do banco o estava filmando e ele deu tchau para ela, se mostrando simpático! Hehehehehe

O terceiro período viu os Leafs ampliarem com um gol de James Van Riemsdyk aos 13m04s, comprovando que o powerplay dos Leafs está perigoso nessa temporada! Mesmo assim, os Sabres ainda conseguiram o terceiro gol antes do fim do jogo, com William Carrier, mas já não dava tempo para engrenar uma reação maior e o placar acabou em Buffalo 3 @ Leafs 4.

Nesta partida Morgan Rielly saiu contundido e não retornou ao gelo, o que pode ser uma preocupação para o técnico Mike Babcock. Com isso Jake Gardiner ficou quase 30 minutos no gelo, para cobrir a falta do companheiro. 

Go Leafs Gooooo

Amanhã, quinta-feira 19 de Janeiro, os Rangers, que perderam de nós na semana passada, nos farão uma visita! 

13/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Rangers

segunda-feira, 16 janeiro 2017 Deixe um comentário

Depois de um belo descanso o Toronto Maple Leafs foi até o Madison Square Garden visitar o New York Rangers. 

A equipe demostrou muita vontade de vencer e  controlou o jogo dos Rangers. Frederik Andersen fez uma ótima partida e Henrik Lunqvist sofreu com a velocidade do ataque dos Leafs. 

Os Leafs começaram bem e William Nylander abriu o placar aos 04m49s. Antes de finalizar o período, aos 17m28s, com os Leafs em powerplay, James Van Riemsdyk marcou o segundo. Os Rangers bem que tentavam, mas paravam nas defesas de Frederik Andersen. O total de chutes à gol no período foi de 11 para cada equipe. 

No segundo período os Rangers voltaram tentando pressionar e Chris Kreider conseguiu diminuir para o time da casa aos 09m08s. Isso deu mais moral para os Rangers, que voltaram para o jogo, mas Connor Brown voltou a dar vantagem de dois gols aos Leafs aos 14m27s.

O terceiro período viu os Rangers com ainda mais vontade de retomar a partida, mas sofreram o quarto gol dos Leafs com Connor Carrick em powerplay aos 13m20s. Os Rangers conseguiram mais um gol, com J.T.Miller aos 18m35s, mas já não dava mais tempo pra nenhuma reação.

Uma boa vitória dos Leafs fora de casa e que ainda enfrentaria seu rival de divisão e província, o Ottawa Senators na noite seguinte.

Go Leafs Gooooo

07/01/2017 -Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 09 janeiro 2017 Deixe um comentário

Vindos de um ótimo jogo e vitória contra os Devils, em New Jersey, os Leafs receberam o forte time do Montreal Canadiens, no Air Canada Centre. Os Habs deram fim a uma sequência de 7 jogos pontuando dos Leafs.

Carey Price foi simplesmente espetacular na partida e, embora os Leafs tentassem, os chutes eram todos bloqueados ou defendidos por Price, mesmo quando havía muito tráfego em frente a ele. Era como se a luva dele tivesse um imã que atraía o puck!

Antes dos quatro minutos do primeiro período, os Habs já tinham marcado dois gols em Frederik Andersen. O primeiro foi marcado por Max Pacioretty, logo aos 00m20s, recebendo um passe vindo de tras do gol de Andersen e chutando de primeira. O segundo gol dos Habs foi aos 03m47s, quando Artturi Lehkonen venceu Andersen entre o braço e a perna. Os Leafs não desistiram e foram atrás do prejuízo. Aos 08m25s, Tyler Bozak recebeu passe de Mitch Marner e mandou pro fundo da rede de Carey Price. Aos 16m01s, foi a vez de Nazem Kadri marcar o gol de empate, com um toque sutil no puck, para que ele passasse por cima de Carey Price. Ambos gols dos Leafs foram em powerplays. Infelizmente para os Leafs, a última jogada no período viu Nikita Scherbak marcar o seu primeiro gol na NHL, num powerplay para os Habs, num lance muito bonito. Scherbak recebeu um passe na frente do gol de Frederik Andersen e fez um movimento rápido com o taco, tirando o puck do alcance de Andersen e chutando ao gol, aos 19m58s.

O gol dos Habs desestabilizou os Leafs e, aos 00m36s do segundo período, Alexander Radulov ampliou o placar, também em powerplay. No finalzinho do período, aos 18m15s, depois de muitas tentativas, James Van Riemsdyk conseguiu vencer Carey Price, reduzindo a diferença do placar para somente um gol, o que criou esperança para a torcida dos Leafs para o terceiro período.

Apesar de todos os esforços, os Leafs esbarraram no, talvez, melhor goleiro da liga na atualidade. Price defendia tudo! A pressão acabou não dando resultado aos Leafs que ainda sofreram mais um gol, dessa vez marcado por Michael McCarron aos 03m51s. O restante do período viu os Leafs tentarem, tentarem sem sucesso, vencer Price. Nem mesmo com 6 jogadores contra 4, já jogando sem goleiro, os Leafs obtiveram sucesso e acabaram sendo derrotados em casa.

Nos três gols dos Leafs, Mitch Marner anotou assistências o que demonstra que o jogador tem uma ótima visão do gelo e deixa seus companheiros em ótimas situações para marcar.

O próximo jogo será somente em 13 de janeiro, contra o New York Rangers no Madison Square Garden.

Go Leafs GO

 

22/12/2016 – Toronto Maple Leafs @ Colorado Avalanche

sexta-feira, 23 dezembro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs partiram para uma viagem e primeira parada foi uma visita ao Colorado Avalanche. 

O Toronto Maple Leafs dominou a partida desde o início e Frederik Andersen jogou muito bem e marcou o seu primeiro shutout jogando pelos Leafs. Pelos Avs, Semyon Varlamov teve uma noite difícil e acabou sofrendo seis gols na partida. 

Ainda no primeiro período os Leafs já abriram três gols de vantagem, com Auston Matthews aos 07m13s, Connor Brown aos 11m49s, em powerplay e com Nazem Kadri, desviando um chute de Roman Polak aos 18m20s.

Acho que o golpe foi sentido pelos Avs e James Van Riemsdyk marcou o quarto gol dos Leafs, seu gol de número 149 na NHL, aos 06m05s do segundo período enquanto Frederik Gauthier teve seu primeiro gol na NHL aos 08m42s.

O terceiro período viu os Avs tentando diminuir a vantagem dos Leafs, mas sem sucesso. Nazem Kadri ainda marcou aos 13m00s em powerplay, fechando o placar! 

Foi uma ótima noite para os Leafs que enfrentam hoje o Arizona Coyotes, antes de ir à Flórida! 

Go Leafs Gooooo

10/12/2016 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

segunda-feira, 12 dezembro 2016 Deixe um comentário

Após consecutivas derrotas, o Toronto Maple Leafs foi visitar o Boston Bruins, time que a algumas temporadas atrás era o pesadelo para a torcida dos Leafs, pois os Bruins haviam vencido todos os jogos contra os Leafs, incluindo o jogo sete dos playoffs, quando nos Leafs abriram 4 a 1 no placar e os Bruins foram buscar e ainda venceram na prorrogação. 

Tuuka Rask defendeu o gol dos Bruibs enquanto Frederik Andersen o dos Leafs. 

Os Bruins começaram a partida muito melhor que os Leafs e, no primeiro período deram 11 chutes ao gol de Frederik Andersen, contra apenas 2 chutes dos Leafs  defendidos por Tuuka Rask. Os Leafs simplesmente não conseguiam se organizar no gelo, mas graças à Andersen não sofreram nenhum gol. Aliás, Frederik Andersen nunca perdeu uma partida contra os Bruins na sua carreira na NHL. 

O segundo período viu os Leafs voltarem mais agressivos e buscando o gol, que não demorou a aparecer. William Nylander fez ótima jogada e aguardou Zdeno Chara sair de posição para passar para Auston Matthews, que chutou de primeira, no ângulo esquerdo de Rask, abrindo o placar aos 01m44s. Andersen continuou salvando os Leafs do gol de empate e aos 15m14s, Zach Hyman desviou um chute de Jake Gardiner para colocar os Leafs com uma vantagem de dois gols no placar. Aos 18m39s, Brad Marchand diminuiu para o time da casa. 

Tudo levava a crer que os Bruins pressionariam no terceiro período, mas novamente Andersen roubou a cena e manteve os Leafs no jogo. Aos 09m52s foi a vez de James Van Riemsdyk marcar e, aos 18m27s, Connor Brown marcou já sem Tuuka Rask no gol dos Bruins, fechando o placar e a vitória dos Leafs por 4 a 1. 

Sem muito tempo para comemorar, os Leafs tinham que voltar para casa para receber o Colorado Avalanche na noite seguinte. O jogo seria difícil pois os Avalanche haviam perdido para os Canadiens por 10 a 1 na noite. 

Go Leafs Goooo

%d blogueiros gostam disto: