Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Mikhail Grabovski’

Nikolai Kukemin diz adeus aos Leafs

quinta-feira, 03 julho 2014 2 comentários
Toronto Maple Leafs

Toronto Maple Leafs (Photo credit: Wikipedia)

Ontem o New York Islanders fez uma boa jogada, contratando o central Mikhail Grabovski e seu ex-companheiro no Toronto Maple Leafs, Nikolai Kulemin.

Grabovski recebeu um contrato de quatro anos e 20 milhões de dólares, enquanto Kulemin receberá 16.75 milhões de dólares no mesmo período.

Grabovkski, após ter seu contrato cancelado com os Leafs jogou pelo Washington Capitals na temporada passada e pode ser utilizado como central na segunda linha dos Islanders, atrás John Tavares.

Kulemin deixa os Leafs após marcar 84 gols e 111 assistências em 424 jogos em seis temporadas.

Grabovski e Kulemin, amigos que compartilham do mesmo agente, Gary Greenstin, estavam interessados em assinar por um mesmo time.

Anúncios

23/11/2013 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 25 novembro 2013 Deixe um comentário

Este foi um dos mais disputados jogos que vi nos últimos tempos, com ótima atuação dos goleiros, ataques tentando vencê-los, disputas pelo puck e em faceoffs e chance de qualquer um dos times de vencer a partida.20131123_Caps@Leafs_Banner

Para este jogo, o goleiro dos Leafs foi James Reimer, que enfrentou, pela primeira vez, Mikhail Grabovski como visitante no Air Canada Centre.

O primeiro período viu muita ação das duas equipes, porém sem qualquer alteração do placar. Os Capitals deram 11 chutes ao gol de Reimer e Braden Holtby, o excelente e jovem goleiro dos Capitals, recebeu 10 chutes dos Leafs.

20131123_Caps@Leafs_ScoreFoi David Clarkson, que jogou uma ótima partida, se posicionando bem, usando seu jogo físico, lutando pelo puck nas bordas e demonstrando todo aquele pacote de habilidades que o trouxe à equipe, que marcou o gol dos Leafs, desviando um chute dado por Jake Gardiner. A jogada foi revista pois, aparentemente, Clarkson poderia ter desviado um chute numa altura superior ao travessão do gol dos Caps, o que invalidaria o gol, mas ao final o gol foi validado, dando a liderança no placar aos Leafs, aos 10m08s em vantagem numérica (powerplay). O segundo período ainda viu um lance que poderia ter ferido mais seriamente Mikhail Grabovski. Num contra-ataque, Clarkson recebeu o puck e Grabo tentou alcançá-lo, mas acabou por sofrer uma queda e seu rosto acabou batendo na lâmina dos patins de Clarkson, cortando-o pouco abaixo do olho direito. Ninguém teve culpa desta contusão, que tirou acabo do gelo por alguns minutos.

No terceiro período, os Capitals buscaram o empate desde o início, mas James Reimer e a defesa dos Leafs impediam todas as tentativas. Faltando em torno de 4 minutos para o final da partida, Alex Ovechkin recebe um passe que foi parcialmente interceptado por um jogador dos Leafs. O puck chegou rodando de forma estranha, e ao bater no gelo “quicou” em direção a Ovechkin, se afastando do trajeto esperado pelo defensor dos Leafs. Com o puck em pé, Ovechkin desferiu um potente chute e finalmente venceu Reimer, empatando a partida.

O jogo ainda viu Phaneuf acertando a trave e ótimas defesas de ambos goleiros. Aliás, James Reimer sofreu um total de 50 chutes na partida, o recorde dos Leafs na temporada, e permitiu somente um gol.

A partida se decidiu nos pênaltis (shootout) e, quem se saiu melhor foi James Reimer. Após sofrer um gol de Eric Fehr na primeira rodada, James Van Riemsdyk empatou para os Leafs na segunda e Mason Raymond acabou perdendo o controle do puck na terceira. Ovechkin e o outro jogador dos Caps também foram defendidos por Reimer e a decisão foi para a quarta rodada de pênaltis. Joffrey Lupul marcou, vencendo Braden Holtby e o chute de Troy Brower foi por cima do gol de Reimer!!

Boa vitória dos Leafs que hoje recebem a visita do Columbus Blue Jackets!!!

Go Leafs Gooooooooo

Grabovski é dos Capitals

quinta-feira, 22 agosto 2013 6 comentários

Com a temporada 2013-14 chegando, Mikhail Grabovski, que teve seu contrato com os Leafs cancelado e foi dispensado, segundo diversas fontes, está próximo de assinar contrato de um ano com o Washington Capitals.

Aparentemente ele poderá ser o central da segunda linha dos Capitals, com Martin Erat e Troy Brower.

Boa sorte ao Grabo em seu novo time!!!

Go Leafs Go!!!!

Leafs colocam Mikhail Grabovski na lista de dispensa visando cancelamento do contrato com o jogador

quinta-feira, 04 julho 2013 2 comentários

O Toronto Maple Leafs, por meio do seu Senior Vice President e Gerente Geral, Dave Nonis, divulgou um anúncio nesta quinta-feira à respeito do contrato com Mikhail Grabovski. Grabovski foi colocado na lista de dispensa incondicional hoje com o propósito de ter o restante de seu contrato cancelado. Este seria o segundo cancelamento, dentre os dois possíveis. O primeiro cancelamento foi realizado no contrato de Mike Komisarek.

Nonis expressou a sua gratidão ao Grabovski: “Eu gostaria de agradecer ao Mikhail por suas contribuições para os Leafs durante as últimas cinco temporadas. Esta não foi uma decisão fácil de ser tomada devido ao Mikhail ter realizado inúmeras contribuições à nossa equipe. Essa mudança na equipe criará espaço salarial e maior flexibilidade para que possamos nos desenvolver.”

—————————————————————————————————————————————-

Com mais essa mudança, os Leafs abrem espaço para a contratação de melhores jogadores, o que pode acontecer já amanhã, quando a partir do meio-dia, horário de Toronto, os jogadores agentes-livre irrestritos já podem assinar com outras equipes.

Obrigado Grabo! Boa sorte, seja para qual time você for!

Grabovski possuía um contrato onde recebia 5.5 milhões de dólares por temporada e creio que, apesar de suas contribuições, acabou ficando pesado para o espaço salarial reduzido deste ano. Com Vincent Lecavalier fechando contrato com os Flyers por 4.5 milhões anuais, realmente não faz sentido manter um contrato com tão alto valor.

Neste meio tempo temos Bozak também pedindo salário de 5 milhões anuais, mas querendo um contrato longo (8 temporadas). Não sei se veremos Bozak de volta à equipe.

Continuaremos acompanhando as movimentações envolvendo os Leafs e você terá a informação aqui, no Maple Leafs Brasil.

NHL Draft 2013 – Frederik Gauthier e David Bolland

segunda-feira, 01 julho 2013 Deixe um comentário

Blackhawks Dave Bolland and Brian Campbell

Blackhawks Dave Bolland and Brian Campbell (Photo credit: swanksalot)

Ontem, 30 de junho, Dave Nonis e toda a diretoria dos Leafs tiveram um dia agitado no Draft da NHL que foi realizado em New Jersey, no Prudential Center, casa dos New Jersey Devils.

Os Leafs tinham a vigésima primeira escolha na primeira rodada. Muito se especulava que os Leafs negociariam para conseguir alguma escolha mais baixa e buscariam selecionar Max Domi, filho do ex-Leafs Tie Domi, mas segundo Nonis, os preços e condições não faziam sentido para os Leafs, que acabaram por selecionar Frederik Gauthier.

Gauthier é um jogador canadense de 18 anos, natural de Laval, Quebec, que atualmente joga pelo Rimouski Oceanic, mesmo time onde Sidney Crosby jogou. Ele é um central alto e que possui ótimo faceoff além de jogar bem no ataque e na defesa. Promete ser um ótimo jogador num futuro não muito distante e participará do training camp dos Leafs!

Logo após a escolha de Gauthier, os Leafs negociaram com os Blackhawks e conseguiram trazer David Bolland, o central do time de Chicago que marcou o gol da vitória contra os Bruins, que deu a Stanley Cup à equipe na temporada passada.

Bolland tem 27 anos e traz experiência aos Leafs! Para conseguir Bolland os Leafs dispuseram de três escolhas de draft (segunda e quarta rodadas deste draft – 51 e 117, além de uma escolha de quarta rodada no draft de 2014). De acordo com a mídia especializada de Toronto, foi uma boa negociação, já que apesar de importantes, escolhas de draft podem vir a não vingar na NHL.

Com Bolland, os Leafs devem mexer em seus outros jogadores que jogam na mesma posição: Nazem Kadri, Jay McClement, Mikhail Grabovski e Tyler Bozak, que ainda não renovou seu contrato com os Leafs e pode se tornar um agente livre no próximo dia 5.

Esta semana promete ser de muitas novidades e estaremos atentos para trazer tudo para vocês, aqui no Maple Leafs Brasil!

01/05/2013 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – ECQF – Jogo 1

quarta-feira, 01 maio 2013 Deixe um comentário

Ahh … Chegou o tão sonhado dia … Os Leafs de volta aos playoffs após 9 anos!! Este é o primeiro jogo de playoffs dos Leafs com cobertura do Maple Leafs Brasil! Ahhh ECQF no título do post significa (Eastern Conference Quarter Final, ou Quartas de Final da Conferência Leste).

E começamos nossa jornada nos playoffs fora de casa contra os Bruins! O retrospecto não é muito bom, afinal fomos varridos na temporada passada, sem vencê-los nenhuma vez, e nesta temporada dos quatro jogos entre as equipes vencemos apenas um.20130501_Leafs@Bruins_ECQF_J1_Banner

Vamos ao jogo … Os Leafs e Bruins entraram no gelo limpando da memória os jogos anteriores, afinal agora o objetivo é conseguir vencer quatro jogos contra o adversário! E os Leafs começaram bem … Logo aos 01m54s, num powerplay, os Leafs abriram o placar com James Van Riemsdyk, que recebeu um passe de Cody Franson numa jogada em que o puck ficou ao redor do gol dos Bruins, com Tuuka Rask já vencido. Após o gol, o jogo ficou muito físico, como sempre acontece contra os Bruins e os Leafs sofreram uma enorme pressão, com James Reimer realizando diversas defesas, mantendo os Leafs na liderança! O jogador Andrew Ference dos Bruins desferiu uma cotovelada em Mikhail Grabovski, mas os árbitros não deram a penalidade. Possivelmente este lance será revisto pela liga. Os Bruins conseguiram empatar a partida ainda no primeiro período, num chute de Wade Redden aos 17m28s. Neste chute Reimer defendeu parcialmente … o puck acabou passando entre o braço e o corpo dele e entrou devagar no gol dos Leafs. Faltando 30s para terminar o período os Leafs estavam em desvantagem numérica com Dion Phaneuf no banco de penalidades, quando James Van Riemsdyk partiu para o ataque, numa jogada em que Brad Marchand perdeu o puck. Riemsdyk fez uma ótima jogada, mas acertou a trave. Na seqüência os Bruins, aos 19m48s, viraram o jogo com um gol de Nathan Horton, que desviou o puck e tirou Reimer da jogada. Reimer até reclamou, achando que Horton teria desviado o puck acima do gol, o que é proibido, entretanto, após revisão dos árbitros junto à central da NHL em Toronto, o gol foi validado.

20130501_Leafs@Bruins_ECQF_J1_ScoreNo segundo período os Leafs voltaram jogando mal, sendo dominados pelos Bruins. Aos 10m, Tyler Bozak partiu sozinho no contra-ataque, mas na última hora, foi desarmado e Rask defendeu. Pouco tempo depois, aos 10m25s, após um passe errado de Mike Kostka, o puck volta ao controle dos Bruins. Kostka se enrola e cai no gelo, dando espaço par o contra-ataque dos Bruins, a defesa dos Leafs não limpa a jogada e David Krejci marca para os Bruins, aumentando o placar para 3 a 1. Aos 15m44s, Dion Phaneuf tentou manter o puck no ataque, mas foi vencido pelos Bruins.
Na seqüência os Bruins marcaram com um chute muito forte de Johnny Boychuk, que Reimer não conseguiu defender. Os Bruins estavam muito melhores que os Leafs no jogo e o período terminou com 4 a 1 para os Bruins, com 26 chutes dos Bruins contra 14 do Leafs.

O terceiro período continuou com o “massacre” dos Bruins sobre os Leafs. Os Bruins jogam muito fisicamente e competir com eles nisso não é uma boa. Eles desferem hits e trancos a toda hora e, como são uma equipe com jogadores mais fortes, sempre deixam os jogadores dos Leafs no chão. Em uma jogada Patrice Bergeron achou que havia marcado o quinto gol dos Bruins, mas na verdade Bergeron usou seu taco e retirou o puck debaixo das proteções de perna de Reimer, o que é proibido. Enfim, os Leafs não conseguiram jogar bem. Erraram muitos passes, não foram rápidos o suficiente, não protegeram Reimer, não ofereceram um nível de jogo digno de playoffs! Os Leafs permitiram aos Bruins 40 chutes a gol!!! Contra apenas 20 dos Leafs!!! Ao final do jogo Leo Komarov e Chris Neil iniciaram uma briga que foi separada pelos árbitros. Em outra jogada anterior, um jogador dos Leafs acertou Brad Marchand com o stick e Marchand revidou … A batalha continua!

Perdemos a primeira batalha de uma guerra que ainda terá, pelo menos três encontros! Randy Carlyle tem o dever de traçar uma estratégia para lidarmos com a força física dos Bruins.

O próximo jogo será no sábado, em Boston!

Vamos Leafs!!! Perdemos somente a primeira …

16/04/2013 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

quarta-feira, 17 abril 2013 Deixe um comentário

A seqüência de vitórias, ou de jogos pontuando, terminou para os Leafs. Os Capitals jogaram muito bem e dominaram os Leafs na partida.

O time do Washington Capitals está batalhando para manter a liderança na divisão sudeste, que dá direito hoje, à terceira colocação na conferência leste. Esse fato é tão importante que o Winnipeg Jets está com apenas 4 pontos atrás dos Capitals, ocupando a nona colocação, também muito próximo dos Rangers.20130416_Leafs@Capitals_Banner

Quanto ao jogo, os Leafs e Capitals demonstraram muita raça e vontade de ganhar, mas aparentemente os Leafs pareciam cansados por terem jogado na noite anterior, na vitória contra os Devils. O time não conseguiu gerar chances claras de gol e, aos 14m27s, Jack Hillen abriu o placar para o time da casa, num chute à distância, que desviou no taco ou nos patins de Nazem Kadri e tirou Ben Scrivens da jogada. Ao final do período houve muita confusão com os jogadores, muito empurra-empurra, etc.

20130416_Leafs@Capitals_ScoreNo segundo período os Capitals aumentaram muito a vantagem no placar com gols de Martin Erat aos 05m03s, Troy Brower aos 07m55s e Alexander Ovechkin aos 13m59s. Os Leafs, infelizmente não conseguiram proteger o goleiro Ben Scrivens do ataque doa Capitals. Scrivens não teve muito culpa pelos gols sofridos.

No último período, aparentemente os Leafs acordaram e usaram um pouco do gás que tinham, mas foi tarde demais. Mikhail Grabovski marcou o primeiro dos Leafs aos 03m05s. Depois disso, aos 10m58s, Marcus Johansson fechou o placar com o quinto gol dos Capitals.

Apesar de tudo, os Leafs estão na quinta colocação da conferência leste com 53 pontos, três pontos à frente dos Senators, que estão com um jogo a menos (cancelado contra os Bruins e que será jogado no dia 28 de abril). Portanto ainda temos 1 ponto de vantagem, considerando apenas o sexto colocado na classificação. Se formos comparar com o oitavo e nono colocados, Rangers e Jets respectivamente, que estão com 46 pontos, faltam apenas mais 5 jogos, 6 para os Rangers, o que levaria estes times a, no máximo, 56 ou 58 pontos, ou seja precisamos de apenas mais 4 pontos, sendo que teremos dois jogos contra times que também buscam se garantir nos playoffs (Islanders e Senators). Estes jogos ajudariam os Leafs a decidir a presença nos playoffs!!! Finalmente!!!

Go Leafs Gooooooo

%d blogueiros gostam disto: