Archive

Posts Tagged ‘Tyler Bozak’

14/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

terça-feira, 17 janeiro 2017 Deixe um comentário

Vencer fora sempre é bom, mas vencer fora em noites consecutivas é ainda melhor!! E se for contra o seu rival de província? A matéria só vai melhorando! 

Após a vitória contra o New York Rangers, os Leafs voltaram ao Canadá, para visitar o Ottawa Senators na famosa Batalha de Ontario! 

Para dar un descanso a Frederik Andersen, Curtis McElhinney tomou conta do gol dos Leafs e seu desempenho foi simplesmente brilhante! McElhinney simplesmente fechou o gol e fez defesas espetaculares! O Toronto Maple Leafs é o sexto time por onde McElhinney passa em sua carreira! Somente ele e Chad Johnson são goleiros ainda ativos e que jogaram e venderam jogos por seis equipes diferentes! 

Os Leafs abriram o placar com Nazem Kadri aos 06m26s do primeiro período, reforçando a qualidade dos times especiais dos Leafs, pois o gol foi marcado num powerplay dos Leafs. 

O segundo período viu os Leafs avançarem no placar com um gol de Tyler Bozak aos 01m07s, mas viu os Senators empatarem com Dion Phaneuf aos 09m15s e com Kyle Turris aos 18m10s. O Toronto Maple Leafs tem sofrido com vantagens se tornarem nada durante a partida. Isso ainda não foi endereçado por Mike Babcock ou seus assistentes. 

Os Leafs voltaram melhor no terceiro período e fecharam o placar com gols de Nazem Kadri e Connor Brown aos 02m31s e 07m52s, garantindo a vitória dos Leafs!

Hoje, terça-feira, 17/01/2017, enfrentamos o Buffalo Sabres. 

Go Leafs Gooooo

07/01/2017 -Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 09 janeiro 2017 Deixe um comentário

Vindos de um ótimo jogo e vitória contra os Devils, em New Jersey, os Leafs receberam o forte time do Montreal Canadiens, no Air Canada Centre. Os Habs deram fim a uma sequência de 7 jogos pontuando dos Leafs.

Carey Price foi simplesmente espetacular na partida e, embora os Leafs tentassem, os chutes eram todos bloqueados ou defendidos por Price, mesmo quando havía muito tráfego em frente a ele. Era como se a luva dele tivesse um imã que atraía o puck!

Antes dos quatro minutos do primeiro período, os Habs já tinham marcado dois gols em Frederik Andersen. O primeiro foi marcado por Max Pacioretty, logo aos 00m20s, recebendo um passe vindo de tras do gol de Andersen e chutando de primeira. O segundo gol dos Habs foi aos 03m47s, quando Artturi Lehkonen venceu Andersen entre o braço e a perna. Os Leafs não desistiram e foram atrás do prejuízo. Aos 08m25s, Tyler Bozak recebeu passe de Mitch Marner e mandou pro fundo da rede de Carey Price. Aos 16m01s, foi a vez de Nazem Kadri marcar o gol de empate, com um toque sutil no puck, para que ele passasse por cima de Carey Price. Ambos gols dos Leafs foram em powerplays. Infelizmente para os Leafs, a última jogada no período viu Nikita Scherbak marcar o seu primeiro gol na NHL, num powerplay para os Habs, num lance muito bonito. Scherbak recebeu um passe na frente do gol de Frederik Andersen e fez um movimento rápido com o taco, tirando o puck do alcance de Andersen e chutando ao gol, aos 19m58s.

O gol dos Habs desestabilizou os Leafs e, aos 00m36s do segundo período, Alexander Radulov ampliou o placar, também em powerplay. No finalzinho do período, aos 18m15s, depois de muitas tentativas, James Van Riemsdyk conseguiu vencer Carey Price, reduzindo a diferença do placar para somente um gol, o que criou esperança para a torcida dos Leafs para o terceiro período.

Apesar de todos os esforços, os Leafs esbarraram no, talvez, melhor goleiro da liga na atualidade. Price defendia tudo! A pressão acabou não dando resultado aos Leafs que ainda sofreram mais um gol, dessa vez marcado por Michael McCarron aos 03m51s. O restante do período viu os Leafs tentarem, tentarem sem sucesso, vencer Price. Nem mesmo com 6 jogadores contra 4, já jogando sem goleiro, os Leafs obtiveram sucesso e acabaram sendo derrotados em casa.

Nos três gols dos Leafs, Mitch Marner anotou assistências o que demonstra que o jogador tem uma ótima visão do gelo e deixa seus companheiros em ótimas situações para marcar.

O próximo jogo será somente em 13 de janeiro, contra o New York Rangers no Madison Square Garden.

Go Leafs GO

 

29/12/2016 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 30 dezembro 2016 Deixe um comentário

Somente uma noite após vencerem o Florida Panthers, o Toronto Maple Leafs foi visitar outro time na Flórida, o Tampa Bay Lightning.

Mais uma vez o placar foi aberto por Auston Matthews, que marcou o seu 18º gol de sua primeira temporada em apenas 35 jogos! Esse é um recorde para os Leafs, desde a temporada 1943-44. Só isso já demonstra que temos um jogador que, com certeza vai ser uma lenda dos Leafs. Auston Matthews marcou o gol aos 14m46s do primeiro período, após Zach Hyman vencer um face-off e conseguir controlar o puck e passar para Matthews.

O Tampa Bay até jogava melhor, mas era parado por Antoine Bibeau. Aos 09m26s do segundo período, Tyler Bozak ampliou para os Leafs, mas o time acabou se desconcentrando e, pela segunda noite seguida, perderam a liderançã de dois gols e deixaram a equipe adversária empatar. Os Lightning marcaram com Brian Boyle aos 12m12s e Ondrej Palat aos 17m38s.

Com o jogo empatado a partida foi para a prorrogação, após o terceiro período terminar sem gols. Na prorrogação, Valtteri Filppula acabou colidindo com Antoine Bibeau e recebeu uma penalidade por interferência no goleiro. Com a vantagem do powerplay, os Leafs foram ao ataque e Nazem Kadri marcou o gol da vitória aos 03m37s, vencendo Andrei Vasilevskiy.

Com quatro vitórias seguidas, os Leafs partem para casa, onde em primeiro de janeiro, enfrentam o Detroit Red Wings no NHL Centennial Classic, jogo que será transmitido no Watch ESPN.

GO Leafs Gooooooooo

19/12/2016 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 20 dezembro 2016 Deixe um comentário

Randy Carlyle, ex-técnico do Toronto Maple Leafs, enfrentou sua ex-equipe pela primeira vez, no Air Canada Centre. Segundo Carlyle, esse não foi um jogo onde ele necessitava da vitória e sim onde o Anaheim Ducks precisava. 

No primeiro período o Toronto Maple Leafs jogou bem e pressionou o Anaheim Ducks, exigindo 11 defesas do goleiro John Gibson. Duas delas foram excepcionais, contra Zach Hyman e contra Connor Brown em contra-ataques. Frederik Andersen também jogou bem contra seu ex-clube. Jonathan Bernier, ex-goleiro dos Leafs foi o reserva de Gibson na partida.

No segundo período, aos 07m27s, Auston Matthews desvia o chute de Nikita Zaitsev e abre o placar! Foi o 15° gol de Matthews em sua temporada de estreia na NHL! No finalzinho do período, os Ducks conseguiram o empate num chute de Ryan Getzlaf que desviou em Morgan Rielly, num powerplay para os Ducks aos 18m01s. 

Nick Ritchie virou a partida. O início do terceiro período após um erro na saída para o ataque dos Leafs, logo aos 01m21s do terceiro período. Parece que os Leafs voltaram desatentos, pois perderam o puck ainda na zona de defesa, Andersen fez uma ótima defesa, mas o puck continuou com o jogador dos Ducks, que passou para Ritchie, sem que Jame Gardiner conseguisse interceptar ou desviar o passe e sem que ninguém estivesse acompanhando a chegada de Ritchie, que chutou de primeira e venceu Andersen. Os Leafs lutaram e empataram o jogo aos 11m42s com Nazem Kadri, que marcou novamente após oito jogos sem marcar. Aos 13m08s, em um powerplay, Ryan Kesler venceu Frederik Gauthier, que jogou substituindo Tyler Bozak, que sentiu uma contusão, passou para Cam Fowler que não desperdiçou e chutou muito forte, sem chance para Frederik Andersen. Esse gol deu a vitória aos Ducks no final da partida. 

Os Leafs estão jogando bem está temporada e está muito mais prazeiroso assistir à equipe que aparenta ser mais competitiva. Entretanto a juventude da equipe traz esse revés de, muitas vezes, a equipe não manter a energia durante toda a partida, ou cometer erros que levam a gols dos adversários, ou ainda não conseguir aproveitar oportunidades em erros dos adversários. Babcock está atento a isso e vai trabalhar a equipe até obter os resultados que tanto esperamos. 

O próximo jogo dos Leafs é na sexta-feira contra o Colorado Avalanche, fora de casa!

Go Leafs Goooooo

07/12/2016 – Minnesota Wild @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 08 dezembro 2016 Deixe um comentário

Até que o Toronto Maple Leafs não tem jogado mal, entretanto as vitórias não têm sido nossa nos últimos jogos. Os Leafs receberam a visita do Minnesota Wild, tentando voltar a vencer e fizeram um excelente jogo!

Os Wild estavam no último de cinco jogos fora de casa e haviam vencido 1, perdido 1 e perdido mais 2 na prorrogação ou shootout. Devan Dubnyk estava no gol dos Wild e fez um excelente trabalho, principalmente no terceiro período, quando defendeu 17 chutes à gol e manteve seu time à frente do placar, garantindo uma vitória. Frederik Andersen defendeu o gol dos Leafs e, como Jhonas Enroth foi colocado na lista de dispensa (Waivers), após péssimas atuações, Antoine Bibeau foi chamado para ser o goleiro reserva. 

No primeiro período os Leafs não começaram bem e permitiram dois gols aos Wild. J. Sucker abriu o placar aos 08m42s e Chris Stewart ampliou aos 14m22s. Os Leafs diminuíram com Ben Smith aos 16m50s, recolocando os Leafs no jogo.

Mal começou o segundo período e uma bobeira da defesa permitiu que Eric Staal recebesse o puck para voltar a dar dois gols de vantagem ao time visitante, aos 01m15s. Os Leafs continuavam a batalha para voltar ao jogo e conseguiram se aproximar novamente com um belo gol de Tyler Bozak. Bozak interceptou um passe de um defensor dos Wild na zona de ataque e partiu driblando outro defensor e chutando forte de backhand, vencendo Dubnyk aos 10m54s. 

O terceiro período foi dominado pelos Leafs, mas viu Dubnyk brilhar. O goleiro dos Wild simplesmente não deixou nenhum dos 17 chutes à gol dos Leafs entrar. Connor Brown teve uma excelente chance faltando apenas 01m06s para o fim da partida, mas Dubnyk fez uma ótima defesa.

Os Leafs necessitam encontrar uma forma de vencer partidas. Só jogar bem não tem adiantado muito. 

Go Leafs Gooooooooo

05/11/2016 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 07 novembro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs, que vem numa boa fase, tendo vencido os dois últimos jogos, receberam a visita dos irmãos Sedin, Vancouver Canucks. 

Os Canucks enfrentam uma má fase e o jogo contra os Leafs foi a oitava derrota seguida da equipe.

Nos gols estavam Frederik Andersen, pelos Leafs e, Ryan Miller, pelos Canucks.

O jogo foi ótimo para os Leafs que venceram por um placar expressivo, com gols de Nazem Kadri e Tyler Bozak no primeiro período, quando Derek Dorsett diminuiu a vantagem para apenas um gol.

No segundo período, Bozak ampliou a vantagem para os Leafs, mas numa bobeira da defesa, Henrik Sedin ficou sozinho em frente ao gol dos Leafs e recebeu um passe que o deixou bem confortável em driblar o goleiro dos Leafs e, novamente reduzir a vantagem para somente um gol, colocando os Canucks de volta no jogo. 

O terceiro período foi bem movimentado com mais três gols dos Leafs, marcados por Mitch Marner, Nikita Soshnikov e Jake Gardiner, e com os Canucks marcando o terceiro gol com Daniel Sedin. Este período viu também ambas equipes trocarem deus goleiros, após uma briga generalizada, que começou entre Matt Martin e Troy Stecher, que fez Ryan Miller deixar o gol para defender Stecher, viu também Frederik Andersen sair do gol dos Leafs para parar Miller e vários outros jogadores participando da encrenca! 

Ahhh, ia me esquecendo de comentar que Alexander Burrows acertou Morgan Rielly com o taco de forma totalmente covarde e não foi punido. Os dois voltaram ao gelo e brigaram logo após o face-off, com Morgana Rielly levando a melhor. 

Os Leafs saíram com a terceira vitória seguida e agora esperam a visita dos Los Angeles Kings na terça-feira! 

Go Leafs Gooooooo

24/03/2016 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 25 março 2016 Deixe um comentário

Em mais um jogo no Air Canada Centre o Toronto Maple Leafs recebeu o Anaheim Ducks, time que buscava os derradeiros pontos para se classificar aos playoffs desta temporada. Este gol marcou o retorno de Tyler Bozak, que desde janeiro estava afastado devido a uma concussão.

Os Leafs jogaram com Garret Sparks no gol enfrentando Frederick Andersen pelos Ducks.

Os Ducks foram melhor na partida e deram ao total 38 chutes ao gol de Sparks, contra apenas 26 ao gol de Frederick Andersen, mas o jogo foi muito movimentado e viu uma partida que parecia ter um vencedor definido no segundo período, mudar e voltar a ser uma disputa muito acirrada.

Jamie McGinn abriu o placar para os Ducks, num powerplay aos 02m56s do primeiro período. Mas os Leafs estão aprendendo a não se entregar facilmente e Tyler Bozak empatou o jogo aos 04m01s. Nazem Kadri deu a liderança aos Leafs com um gol aos 06m55s em powerplay. Os Leafs mantiveram a liderança durante todo o primeiro período.

No segundo período a equipe voltou bem e tudo parecia sob controle com gols de Tyler Bozak, o segundo na noite, em um powerplay aos 08m58s, e o quarto gol dos Leafs, marcado por Frank Corrado, seu primeiro pelos Leafs, aos 16m59s. Com o placar de 4 a 1, contra uma ótima equipe, creio que veio aquele momento “Já vencemos”e os jogadores dos Leafs começaram a perder o foco na partida. Aos 18m54s, Jamie McGinn aproveitou outro powerplay para os Ducks e marcou o seu segundo gol da noite, segundo gol dos Ducks. Somente 9s depois, aos 19m03s, Andrew Cogliano conseguiu marcar o terceiro gol da noite em Garret Sparks. Foi um duro golpe na jovem equipe dos Leafs, afinal perder uma vantagem de 3 gols para somente 1 em apenas 9s é algo que eles não esperavam.

Apesar de tudo os Leafs iniciaram o terceiro período bem e inclusive tiveram um powerplay a favor, mas Jake Gardiner se atrapalhou com o puck em frente ao gol de Garret Sparks e Ryan Garbutt estava lá para roubar o puck e chutar de backhand surpreendendo Sparks que não teve muito como defender o gol de empate dos Ducks aos 05m39s, shorthanded. Para desespero dos torcedores dos Leafs, Brandon Pirri marcou o quinto dos Ducks aos 08m17s. Aos Leafs restou partir ao ataque para buscar o empate antes do término do período e foi o que Connor Brown conseguiu. Aos 15m37s, Brown recebeu um passe de Milan Michalek, dominou e chutou de backhand por cima do goleiro dos Ducks, empatando a partida com apenas 04m23s para o final. Foi o primeiro gol de Connor Brown na NHL, um belo gol parares lembrado pelo jogador dos Leafs.

O empate no período regular deu aos Ducks a classificação aos playoffs, mas não a vitória na partida, que foi conseguida pelos Leafs, com Nazem Kadri, aos 41s da prorrogação.

Foi um jogo emocionante e que viu Corrado e Brown marcarem seus primeiros gols pelos Leafs. Também viu Nazem Kadri e Tyler Bozak marcarem dois gols cada um e foi mais uma vitória da equipe jogando em casa. A próxima partida será amanhã também no Air Canada Centre, contra o Boston Bruins!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: