Archive

Posts Tagged ‘Tyler Bozak’

20/03/2017 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 21 março 2017 Deixe um comentário

Em mais uma batalha direta pelos playoffs o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Boston Bruins no Air Canada Centre. Ambas equipes disputam ponto a ponto a classificação aos playoffs.

Os Leafs começaram o jogo de forma menos intensa que os Bruins, mas conseguiram igualar o volume de jogo. David Backes, que não havia treinado pela manhã, devido a um resfriado, abriu o placar aos 07m26s e Tuuka Rask fez defesas importantíssimas para garantir que a equipe visitante terminasse o primeiro período à frente no placar. Os Bruins chegaram a ficar com desvantagem de 2 jogadores no gelo, mas conseguiram se defender e não permitiram o gol de empate dos Leafs.

No segundo período, Morgan Rielly recebeu um passe de Mitch Marner e “driblou” Tuuka Rask para marcar o gol de empate. Foi um belíssimo gol que deixou a partida mais emocionante! Foi uma disputa como se fosse um jogo de playoffs! Um jogo muito intenso e muito acirrado! 

A intensidade continuou no terceiro período e ambas equipes levavam perigo ao adversário, mas Tuuka Rask e Frederik Andersen estavam muito bem no gol! Com pouco mais de 2 minutos para o final, Dominic Moore comete uma penalidade e os Leafs ganham um powerplay, que não desperdiçaram! Os Leafs trocaram passes, Tyler Bozak chutou e Rask defendeu, mas os Leafs continuaram no ataque. Após outra ótima troca de passes, Bozak novamente chuta, desta vez para vencer Tuuka Rask, marcando o gol da virada dos Leafs aos 18m03s. Esse gol fez os Bruins jogarem sem goleiro (empty-net), mas isso somente deu aos Leafs mais dois gols. Um marcado por William Nylander aos 18m47s, quando Nylander controlou o puck na zona defensiva dos Leafs e chutou direto ao gol dos Bruins. Nazem Kadri marcou o quarto gol dos Leafs aos 19m09s, após disputar o puck na zona neutra. No último minuto, os torcedores ainda viram os Bruins marcarem o segundo gol faltando apenas 10s para o final da partida, com Dominic Moore.

Com a vitória, os Leafs simplesmente “varreram” os Bruins nesta temporada! Foram 4 jogos e 4 vitórias dos Leafs! Isso não ocorria a algumas temporadas atras, quando éramos “fregueses” do time de Boston. Também com a vitória, os Leafs abrem 3 pontos de vantagem aos Isles e ficam a apenas 1 ponto dos Bruins na tabela de classificação. 

Foi uma vitória importantíssima! Bozak e Nylander tiveram uma ótima partida e Marner e Matthews tiveram uma assistência cada um e continuam pontuando e aumentando os recordes para novatos na temporada de entrada na NHL. 

O próximo jogo dos Leafs será amanhã, quarta-feira, contra o Columbus Blue Jackets, time já classificado aos playoffs e que disputa a liderança da conferência Oeste com o Washington Capitals. 

Go Leafs Gooooo – Rumo aos playoffs! 

Anúncios

09/03/2017 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 10 março 2017 Deixe um comentário

Com ambas equipes precisando vencer, Philadelphia Flyers e Toronto Maple Leafs se enfrentaram no Air Canada Centre, buscando manter as chances de se classificar para os playoffs.

Os Flyers saíram na frente com um gol em powerplay de Wayne Symmonds aos 06m09s. Simmonds desviou um chute de Shane Gostisbehere. William Nylander se aproveitou de um powerplay e marcou o seu nono gol em vantagem numérica aos 13m57s, empatando a partida. Esse marco empata o recorde de um jogador dos Leafs jogando sua primeira temporada na NHL.

Mats Sundin foi homenageado no intervalo da transmissão da SportsNet no Canadá e compararam Nylander a ele. Ambos são suecos, apesar de Nylander ter nascido no Canadá, quando seu pai jogava na NHL, Sundin veio aos Leafs numa troca que enviou Wendel Clark, o então capitão dos Leafs, com 46 gols marcados na temporada, etc. Sundin também marcou 9 gols em powerplay em sua primeira temporada pelos Leafs, mas já era a quinta temporada na NHL. Ele que foi selecionado na primeira escolha do Draft de 1989, demorou para ser aceito pelos torcedores como capitão da equipe, após a saída de Doug Gilmour, outra lenda do time, mas foi sempre um jogador decisivo e que jogava pela equipe. Sundin é o meu ídolo dos Leafs pois conheci a equipe quando ele era o capitão! 

No segundo período, aos 09m28s, Tyler Bozak roubou o puck de um jogador dos Flyers, conduziu o puck para a frente do gol de Michal Neuvirth e chutou, sem defesa! Bozak nem sequer havia treinado na manhã do jogo e era dúvida na escalação dos Leafs! 

Veio o terceiro período e com ele a pressão dos Flyers, buscando seus últimos 20 minutos de possibilidades de empate ou virada, mas Mitch Marner, que teve uma assistência no gol de Nylander, ficando a três gol do recorde de assistência de um novato nos Leafs, marcou um belo gol aos 13m44s, em outro powerplay para a equipe. Os Flyers ainda pressionaram Frederik Andersen que esteve simplesmente fenomenal na noite de ontem fazendo defesas espetaculares! Aos 17m32s, Shane Gostisbehere marcou o segundo gol dos Flyers, dando 02m28s de esperança à equipe visitante, que passou a jogar sem goleiro. A estratégia quase deu certo, não fosse por Andersen salvar os Leafs. Nazem Kadri, aos 19m00s marcou o quarto gol dos Leafs fechando o placar no Air Canada Centre.

Com a vitória os Leafs voltaram ao último Wild Card do Leste para os playoffs, apenas até o final do jogo do New York Islanders, que venceu na prorrogação e se manteve um ponto a frente dos Leafs. 

Amanhã enfrentamos o Carolina Hurricanes em Raleigh! 

Go Leafs Goooooooo

02/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 março 2017 Deixe um comentário

Após a derrota contra o San Jose Sharks, os Leafs foram à Los Angeles enfrentar o Los Angeles Kings.

Os Kings haviam acabado de receber Jarome Iginla numa troca com o Colorado Avalanche na trade deadline. 

O Toronto Maple Leafs começou melhor e abriu o placar com Tyler Bozak aos 02m04s do primeiro período. 

Os times jogavam com a intensidade de um jogo de playoffs e Nikita Zaitsev marcou o segundo gol dos Leafs aos 07m20s do segundo período, após receber um passe de Brian Boyle que ganhou o faceoff na zona ofensiva. Zaitsev chutou e o puck desviou em Jeff Carter, enganando Johnatan Quick. 

Nem bem o terceiro período começou e os Kings, aproveitando de um powerplay, marcou o seu primeiro gol com Anze Kopitar. Aos 00m27s, Kopitar chutou e o puck ia para fora, mas acabou acertando o capacete de Zaitsev e indo parar no fundo do gol, sem nenhuma culpa de Frederik Andersen. Aos 01m57s, Terence Pearson marcou o gol de empate, vencendo Andersen. Com o jogo empatado, ainda houve várias chances para os Leafs, mas que não foram aproveitadas. 

A prorrogação foi eletrizante, com chances claras de gol para ambas equipes. Houve uma chance para os Leafs, mas Bozak chutou para fora com o gol aberto. Andersen e Quick fizeram defesas importantes também.

A decisão foi aos pênaltis (shootout) e, somente Anze Kopitar marcou, dando a vitória aos Kings! 

Os Leafs conseguiram um ponto e isso os deixou fora da zona de classificação para os playoffs pois, apesar de empatados com os Islanders, possuem um jogo a mais. 

Hoje a disputa é contra o Anahein Ducks!

Go Leafs Goooooo

14/02/2017 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 15 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após pouco mais de uma semana o Toronto Maple Leafs voltou a enfrentar o New York Islanders, dessa vez no Air Canada Centre.

O jogo começou com as equipes empenhadas em vencer pois os Isles estavam apenas um ponto atrás dos Leafs na classificação geral, e disputando diretamente a segunda vaga de Wild Card para os playoffs, portanto foi um jogo chave, valendo 4 pontos.

Frederik Andersen jogou muito bem e manteve os Leafs no jogo com suas defesas. Aos 11m36s, Josh Leivo interceptou um passe do defensor dos Isles e chutou no ângulo esquerdo do goleiro Thomas Greiss, abrindo o placar. O mesmo Leivo havia perdido um gol minutos antes, chutando por cima do gol aberto. Aos 19m28s, Nazem Kadri desviou o chute de Nikita Zaitsev para o gol, aumentando a liderança. 

Com dois gols à frente do placar, os Leafs iniciaram o terceiro período e William Nylander marcou o terceiro dos Leafs após Greiss defender um chute de Roman Polak e o puck bater em sua “caneleira” e ir ao gol aos 09m26s. Jason Chimera acabou recebendo um penalty shot numa jogada em que eu não vi tal penalidade sendo cometida e aproveitou a chance para marcar o gol dos Isles aos 16m55s. 

O último período viu os Leafs dominando e isso se refletiu no placar com gols de Auston Matthews aos 05m41s e 11m51s, Tyler Bozak aos 07m16s e Matt Hunwick aos 15m40s, fechando o placar em 7 a 1 para o Toronto Maple Leafs. Após o sexto gol dos Leafs, Thomas Greiss foi substituído por Jean-Francois Berube, que acabou levando o sétimo gol dos Leafs.

Conseguimos nos manter na zona de classificação aos playoffs e a vitória nos dá mais confiança para os próximos jogos! Hoje, sem muito descanso, recebemos a visita do Columbus Blue Jackets, uma equipe perigosa e bem classificada. 

Go Leafs Gooooo

31/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

quarta-feira, 01 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após o NHL All Star Game, onde Auston Matthews curtiu cada momento ao lado de ídolos de quando apenas sonhava com a NHL, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo no American Airlines Center em Dallas, contra o Dallas Stars. 

O jogo começou de forma absurdamente boa para os Stars que pareciam chutar num gol aberto. Nem Frederik Andersen, que foi substituído após tomar 3 gols em 5 chutes à gol, nem Curtis McElhinney e nem a defesa dos Leafs conseguiram parar o ataque dos Stars no primeiro período! Foram 5 gols dos Stars, contra apenas um dos Leafs! Os Stars marcaram com Devin Shore, Radek Faksa, Lauri Korpikoski, Brett Ritchie e Jamie Benn enquanto os Leafs somente marcaram com Tyler Bozak, num powerplay aos 13m50s. 

O segundo período viu Nikita Soshnikov reduzir a liderança aos 04m19s, após um erro da defesa dos Stars, mas Jason Spezza marcou o sexto gol dos Stars aos 07m49s. Ainda no segundo período, Mitch Marner marcou seu 16º gol aos 10m25s, tentando colocar os Leafs de volta ao jogo. Nos últimos segundos do segundo período, Patrick Eaves partiu sozinho contra McElhinney, que fez ótima defesa, negando o sétimo gol dos Stars.

O terceiro período viu os Leafs pressionarem muito o time da casa, mas Kari Lehtonen roubou a cena e não permitiu mais nenhum gol, mesmo com o número de chutes à gol em 14 a 1 para os Leafs no período. Nikita Soshnikov parecia ter marcados quarto gol dos Leafs, mas a revisão por vídeo invalidou a jogada. 

Não existe explicação para o que aconteceu. Parecia que todos chutes à gol dos Dallas eram certeiros, todos rebotes caíam no taco deles e os defensores dos Leafs não tinham ação sobre os jogadores deles próximos ao nosso gol! Foi um período de pesadelo! Agora é relaxar, esquecer esse jogo e limpar a mente para o próximo em St. Louis na sexta-feira! 

Go Leafs Goooo

21/01/2017 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 23 janeiro 2017 Deixe um comentário

Em mais uma Batalha de Ontario, somente uma semana após a vitória em Ottawa, foi a vez dos Senators visitarem os Leafs no Air Canada Centre. 

O Toronto Maple Leafs está disputando ponto a ponto a classificação com os Senators e uma vitória sobre o rival seria importantíssima, mas não foi bem isso que conseguimos. Apesar de ainda ganharmos um ponto, pelo empate no tempo regulamentar, acabamos perdendo no shootout na quarta rodada. 

O Ottawa Senators começou muito melhor que os Leafs e dominou o primeiro período. Frederik Andersen teve muito trabalho e acabou sofrendo um único gol, marcado por Bobby Ryan aos 14m02s. Até que sair do primeiro período com uma desvantagem de somente um gol não foi tão ruim. Poderia ter sido pior! 

A conversa do intervalo no vestiário do Toronto Maple Leafs surtiu efeito e a equipe voltou melhor. Apesar da equipe cometer muitas penalidades, conseguimos empatar com Tyler Bozak aos 07m31s, num powerplay. O jogo ficou igual e a decisão ficou para o terceiro período. 

Os Leafs viraram o placar com um gol de Matt Martin, de um ângulo bem fechado, que venceu Mike Condon aos 07m00s. O restante do período foi disputado e quando faltavam menos de dois minutos para o final, com os Senators em powerplay e sem o goleiro, ou seja, com 6 jogadores no gelo, contra 4 dos Leafs, Mike Hoffman marcou o gol de empate aos 18m49s, levando o jogo pra prorrogação, que acabou sem gols.

A decisão mesmo ficou para o shootout, cobrança de pênaltis, onde Bobby Ryan marcou na primeira rodada, enquanto Auston Matthews teve sua tentativa defendida. Mitch Marner marcou para os Leafs na segunda rodada, numa bela jogada que até foi revista, pois pareceu que ele teria patinado para trás, o que é proibido, mas o gol acabou sendo confirmado. Após três rosadas, somente Bobby Ryan e Mitch Marner marcaram e fomos então para a quarta rodada onde Tyler Bozak teve sua tentativa salva e Tom Pyatt marcou, dando a vitória aos Senators! 

A rivalidade entre Leafs e Sens está voltando a ganhar força e isso é muito bom e só proporciona jogos mais acirrados e muita emoção! 

Os Leafs recebem o Calgary Flames hoje é vamos em busca de mais uma vitória! 

Go Leafs Gooooooo

19/01/2017 – New York Rangers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 20 janeiro 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs e os New York Rangers encontravam-se em situações opostas antes do jogo de ontem. Os Leafs vindos de três vitórias e os Rangers de três derrotas. Mas o resultado da partida inverteu a tendência de cada equipe.

Os Leafs, sem Morgan Rielly, contundido no joelho direito, tiveram dificuldades contra os Rangers na noite de ontem. Somente no primeiro período foram 19 chutes à gol dos Rangers contra apenas nove dos Leafs. Mesmo assim, o placar ao final do primeiro período ficou em 2 a 1 para os Rangers. Gols marcados por: Brady Skjei aos 06m52s, Tyler Bozak aos 10m16s, após um passe de costas de Mitch Marner e Pavel Buschnevich aos 14m44s.

O segundo período viu os Rangers ampliarem o placar com J.T. Miller aos 09m02s. Os Leafs diminuíram a diferença com Zach Hyman que pressionou o defensor Adam Clendening, roubou o puck, aguardou Henrik Lundqvist se movimentar para chutar e marcar um gol aos 16m02s enquanto os Rangers estavam em powerplay (short handed). 

Infelizmente para os Leafs, Lundqvist estava muito bem na noite e não deu mais chances dos Leafs virarem a partida. Os Rangers fecharam o placar com dois gols de Michael Grabner, um aos 14m57s, com os Leafs no powerplay, e outro aos 17m03s, com os Leafs já sem goleiro (Empty Net).

Sei que não vamos ganhar sempre e que haverá noites em que o time adversário estará melhor no gelo, só precisamos manter a confiança e perder menos tentativas de gol! A defesa, sem Rielly também sofreu um pouco mas é normal acontecer algo assim durante a temporada e, sendo sincero, os Leafs não haviam sofrido com isso ainda. 

Acabei de me lembrar que Joffrey Lupul ainda não jogou nesta temporada. Ou eu estou ficando maluco e esquecido e ele nem é mais dos Leafs? Vou pesquisar isso e trazer pra vocês! 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: