Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘Derrota OT’ Category

23/04/2017 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs – NHL Playoffs 2017 – 1a rodada – Jogo 6

segunda-feira, 24 abril 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs estava com as costas contra a parede após ter sido derrotado na prorrogação no jogo 5 e precisava de todo esforço, foco e atenção, jogando em casa, para levar a decisão para o Jogo 7, em Washington. 

O Washington Capitals também veio preparado para a pressão que os Leafs exerceriam e foi uma disputa emocionante. Brayden Holtby e Frederik Andersen travaram uma batalha espetacular por duas equipes e defendiam todos os chutes possíveis e imagináveis. 

Por dois longos períodos, não houve chute à gol que vencesse os goleiros e isso ocorreu pela primeira vez nesta série. Jake Gardiner chegou a acertar o travessão do gol de Holtby, mas nada fazia o puck entrar! Até que, aos 07m45s do terceiro período, Morgan Rielly manda I puck ao ataque, pela bordas do gelo, e o puck acaba batendo numa das divisões dos vidros e voltando pra frente do gol dos Caps. Auston Matthews não desperdiçou! Dominou o puck e chutou rápido, alto, por cima da luva de Holtby, abrindo implacável e levando todos nós, torcedores dos Leafs, e Joe Bowen à loucura! Era o gol que colocava os Leafs à frente garantindo, naquele momento, o jogo 7! Mas os Caps são um ótimo time e passaram a buscar o resultado. Marcus Johansson empatou aos 12m51s, num gol onde Andersen até defendeu o chute, mas o puck passou lentamente por baixo de suas pernas e cruzou a linha do gol, parando por ali, quase sem forças. O empate levou o jogo para a prorrogação e, mais uma vez, o time visitante foi melhor e aos 06m31s, o mesmo Marcus Johansson, se posicionou à frente de Martin Marincin e se aproveitou de um rebote de Andersen para chutar pro gol. Foi o fim do jogo, o fim da série e o fim desta temporada para os Leafs. 

A equipe que está em modo de reconstrução não tinha nem expectativa de conseguir se classificar aos playoffs, mas jogou bem e lutou até conseguir a vaga de Wild Card e saber que enfrentaria o Washington Capitals, o melhor time da temporada regular, com jogadores muito experientes, como Alex Ovechkin, Brayden Holtby, Justin Williams, TJ Oshie, Evgeny Kuznetsov, Matt Niskanen, Niklas Backstrom e outros! Sabíamos que ia ser difícil e a equipe dos Leafs mostrou que, apesar de jovem e inexperiente, tinha habilidade e muita vontade. Os Leafs simplesmente ofereceram muita resistência aos Caps e igualaram o jogo! Cada jogo Foi decidido por apenas um gol de diferença! Foi o detalhe do detalhe do detalhe que deu a vitória aos Caps! Assim como poderia ter sido pros Leafs! 

Mitch Marner, William Nylander, Zach Hyman, Auston Matthews e Nikita Zaitsev foram os novatos com performance de estrelas da liga! 

Estou orgulhoso desse time e muito esperançoso de que nas próximas temporadas chegaremos ainda mais longe e teremos um time mais entrosado e forte em todas as posições! Mais experiente e que nos dará muitas alegrias! Parabéns Brendan Shanahan, Mike Babcock e Lou Lamoriello, vocês mostraram que sabem o que estão fazendo e que mudaram a direção desta equipe que, de última posição na temporada passada, para uma batalha épica contra os Capitals nos playoffs deste ano! De um time que tinha o retrospecto de ter perdido dos Bruins naquele fatídico jogo 7 em 2013, a essa equipe que não desiste até o último segundo e que nos deu tanto prazer de assistir!

Obrigado Toronto Maple Leafs! 

Nós do Maple Leafs Brasil continuaremos com notícias envolvendo os Leafs, mas num ritmo menor, já que não há mais jogos até outubro! De qualquer forma, em caso de qualquer contratação ou movimentação, teremos novos posts.
Obrigado aos leitores que acompanharam essa temporada! Com certeza estaremos prontos para as próximas! 

Anúncios

21/04/2017 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals – NHL Playoffs 2017 – 1a rodada – Jogo 5

sábado, 22 abril 2017 Deixe um comentário

Com a série empatada, o Toronto Maple Leafs voltou ao Verizon Center, casa do Washington Capitals, buscando a liderança na série e colocar os Caps em uma situação difícil, tendo que vencer os dois últimos jogos para passar à próxima rodada dos playoffs. 

O jogo, como todos os anteriores, foi muito disputado. Tanto os Leafs quanto os Capitals conseguiam ótimas chances, mas os goleiros continuavam bem. Aos 18m15s do primeiro período, TJ Oshie abriu o placar se aproveitando de um chute de Niklas Backstrom que bateu no travessão e voltou. Nesta jogada,  Zach Hyman acabou mal posicionado e não acompanhou a jogada, ficando congelado na posição. 

Os Leafs voltaram melhor no segundo período e Auston Matthews marcou o terceiro gol dele, aos 06m00s, se aproveitando de uma bela jogada de William Nylander. Com o jogo empatado, Nazem Kadri acabou colidindo com Alexander Ovechkin, mas a colisão foi muito baixa e Ovechkin sentiu o joelho esquerdo e saiu do gelo. Os jogadores dos Caps ficaram furiosos e no restante do jogo, caçaram Kadri no gelo. 

Ovechkin retornou para o terceiro período e estava visivelmente irritado, tentando se vingar de Kadri. Infelizmente os Leafs não conseguiram sucesso em nenhum powerplay que os Capitals permitiram. Os Capitals também não conseguiram marcar mais no período regular, inclusive com uma defesa milagrosa de Frederik Andersen. Brayden Holtby também está muito bem na série e marcar um gol nele é muito difícil! 

Na prorrogação, após perdermos o faceoff na zona ofensiva, os Caps vieram ao ataque e Justin Williams marcou o gol da vitória aos 01m04s, colocando os Capitals com a vantagem na série. Agora os Leafs precisam vencer amanhã no Air Canada Centre para levar a decisão ao jogo 7, em Washington. 

Os jogos estão mostrando que os Leafs, apesar de ser um time jovem, tem jogado de igual para igual com os Capitals que foram o melhor time da temporada regular!

Go Leafs Gooooo – vamos vencer o sexto jogo e levar a decisão para o jogo 7!

13/04/2017 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals – NHL Playoffs 2017 – 1a rodada – Jogo 1

sexta-feira, 14 abril 2017 2 comentários

Após a tão esperada classificação aos playoffs de 2017, o Toronto Maple Leafs enfrentará a melhor equipe da temporada, vencedora do troféu dos presidentes, o Washington Capitals de Alexander Ovechkin.

Não será uma tarefa fácil vencer os Capitals nessa série de playoffs, mas os Leafs são jovens, têm muita velocidade e podem dar muito trabalho ao time de Washington. 

Para este jogo o defensor dos Leafs, Nikita Zaitsev não estava bem, após uma contusão no último jogo da temporada regular e, em seu lugar, foi chamado Martin Marincin. 

Os Leafs começaram bem, jogando com Frederik Andersen no gol e se impondo também no jogo físico contra os Capitals! Logo aos 01m35s, Mitch Marner marca o primeiro dos Leafs aproveitando o rebote de um chute que resvalou na trave de Brayden Holtby. Aos 09m44s, Jake Gardiner marca o segundo dos Leafs, gol que foi avaliado após pedido de Mike Babcock pois o juiz de linha havia anulado o gol por interferencia de Nazem Kadri no goleiro. Após a revisão o gol foi confirmado pois Kadri não chegou a encostar em Holtby. Os Leafs então cometeram duas penalidades dando 1m30s de vantagem em 5 contra 3 para os Capitals e o forte time de Washington não desperdiçou. Os Leafs até se defenderam em 5 contra 3, mas no 5 contra 4, acabaram não limpando o puck em frente ao gol de Andersen e levaram o primeiro gol, marcado no powerplay por Justin Williams aos 12m24s. 

Veio o segundo período e os Leafs e Caps deram uma diminuída no ritmo de jogo. Andersen e Holtby faziam defesas incríveis, mas aos 16m00s,  Andersen havia defendido o chute de Matt Niskanen, que estava entre seus pads, mas Andersen acabou por não saber onde o puck estava e, desesperado por tentar parar um puck que estivesse passando por debaixo de suas pernas, acabou se levantando e deixando  o puck livre para Justin Williams marcar e empatar a partida.

O terceiro período viu os Caps melhores e Andersen fechando o gol. Holtby também defendeu os Caps muito bem e a partida acabou indo para a prorrogação. Na prorrogação, ambas equipes tentaram buscar a vitória, que veio da forma mais surpreendente possivel. Aos 05m15s, Martin Marincin tentou limpar o puck da defesa dos Leafs, jogando o puck pela borda do gelo, Tom Wilson, um jogador de quarta linha dos Caps, interceptou o puck com as mãos e colocou em jogo, chutando forte e vencendo Andersen por cima do ombro no cantinho do gol! Foi o primeiro gol de Tom Wilson nos playoffs em sua carreira e o primeiro jogador na história dos Caps a marcar seu primeiro gol nos playoffs, na prorrogação. 

Os Leafs apresentaram muitas coisas boas e acabaram errando algumas outras, mas mostraram que conseguem jogar de igual para igual com os Caps, um time muito mais experiente! Ovechkin e TJ Oshie foram anulados no jogo!

Babcock deve corrigir as falhas para o próximo jogo e esperamos que Zaitsev possa voltar à equipe. 

Hunwick e Polak jogaram muito bem, assim como Boyle, Marner e Nylander. Matthews não teve muito espaço e acabou meio apagado no jogo de ontem.

Agora é esperar pelo jogo dois amanhã para vermos se os Leafs conseguem empatar a série!

Go Leafs Gooooooooo

18/03/2017 – Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 20 março 2017 Deixe um comentário

Atualmente classificados para os playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita a forte equipe do Chicago Blackhawks, buscando manter as vitórias e somar pontos.

Os Blackhawks são uma equipe muito bem entrosada e que possui jogadores como Jonathan Toews e Patrick Kane, que podem definir a partida a qualquer descuido da equipe adversária. 

O Toronto Maple Leafs jogou muito bem e conseguiu sair na frente no placar com um gol de Auston Matthews aos 08m25s do primeiro período, num contra ataque onde recebeu um passe de William Nylander e desviou para o gol de Corey Crawford, que não conseguiu defender. Os Leafs conseguiram marcar os jogadores dos Blackhawks e mantinham o controle da partida, com ótima atuação de Frederik Andersen. 

No segundo período os Blackhawks usaram sua experiência e qualidade para pressionar os Leafs. Aos 10m51s, John Hayden marcou o seu primeiro gol na NHL e empatou a partida. 

O terceiro período viu uma disputa mais equilibrada e viu Crawford realizar uma defesa espetacular contra Auston Matthews, onde a defesa foi feita com o taco, mas com a parte que fica atras de mão do goleiro! Impressionante!

O jogo acabou sendo decidido na prorrogação onde James Van Riemsdyk não conseguiu converter um contra-ataque, mas Ryan Hartman se aproveitou da oportunidade que teve, aos 04m43s da prorrogação. Panarin fez uma jogada que por muitos foi considerada como “offside”, o nosso famoso impedimento, pois cruzou a linha azul antes do puck e, depois fez o passe para o gol de Hartman. A jogada foi revista e o gol confirmado. Parece que ele estava controlando o puck e não mais tocou no disco, voltando a fazê-lo após cruzar a linha azul. Enfim, foi uma decisão muito controversa, mas os Blackhawks saíram com a vitória. 

Com o ponto marcado ao empatar no tempo regular, os Leafs se mantiveram na classificação aos playoffs!  

Hoje enfrentamos o Boston Bruins, numa disputa direta pelos playoffs e com Brad Marchand jogando muito bem! 

Go Leafs Gooooo

25/02/2017 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 27 fevereiro 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs bem que tentou de tudo, mas acabaram sendo “varridos” pelo Montreal Canadiens, que venceu todos os 4 jogos disputados nesta temporada. Na verdade os Leafs não vencem os Canadiens a exatos 14 jogos seguidos. Não é um recorde para se orgulhar, mas creio que estamos perto de derrubar mais esse recorde negativo, assim como fizemos com os Bruins! 

Na NHL não existem goleiros ruins, mas Carey Price é um dos melhores do mundo e enfrentá-lo é um grande desafio, pois ele não se desespera, se posiciona muito bem e tem uma reação muito rápida. 

Os Leafs saíram na frente com um gol de Auston Matthews aos 10m54s, com o puck desviando no taco de um jogador dos Canadiens. Só assim para vencer Carey Price.

Apesar de sair na frente e de dar 12 chutes a gol no segundo período, os Leafs sofrerM dois gols, marcados em apenas cinco chutes dos Habs. O gol de empate foi marcado por Max Pacioretty aos 07m29s, em powerplay. O gol da virada dos Habs veio aos 16m21s, com Alex Galchenyuk. Carey Price fez defesas simplesmente inacreditáveis, mantendo o seu time no jogo.

No terceiro período, Auston Matthews novamente marca, empatando o jogo aos 01m19s, agora desviando um chute de Zach Hyman. O jogo ficou disputado até o apito final, mas nenhuma equipe conseguiu vencer Price ou Frederik Andersen.

A decisão veio somente na prorrogação onde, após uma defesa de Price contra Auston Matthews, a equipe dos Canadiens partiu ao ataque em 2 contra 1, com Zach Hyman tentando voltar para marcar Andrew Shaw, mas chegando atrasado. Frederik Andersen saiu do gol para cortar o passe de Tomas Plekanec, mas também chegou atrasado e Shake somente o driblou e chutou no gol aberto! Mais uma vitória dos Habs! 

Andersen deve rever o lance e aprender que se é pra sair do gol, que você tem que garantir que vai cortar o puck, se não, fica no gol!!! Hyman estava chegando no Shaw e também leva parte da culpa pelo gol, pois não deveria ter deixado o jogador dos Habs à sua frente! 

Os Leafs jogaram sem Tyler Bozak, que teve um corte na mão e que infeccionou, e Mitch Marner, mas eles são esperados para voltar na terça-feira! Auston Matthews chegou aos 30 gols na temporada, mesma marca de Patrick Laine e é a primeira vez desde 1963, que as duas primeiras escolhas do Draft marcam mais de 30 gols na primeira temporada na NHL. Na história dos Leafs, é a terceira vez que um novato marca mais de 30 gols, os outros foram Wendel Clark (34 gols na temporada 1985-86) e Daniel Marois (31 gols na temporada 1988-89). 

Os Leafs partem para uma viagem à Califórnia para três jogos, começando com o San Jose Sharks nesta terça-feira, nossa quarta-feira de madrugada.

Estamos num momento crucial na temporada e não podemos nos dar ao luxo de perder pontos preciosos! 

Go Leafs Gooooo

09/02/2017 – St. Louis Blues @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 10 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Esse será um mês muito ocupado para os Leafs que jogam 14 jogos em 28 dias. Não vai ter muita folga e ontem foi um dos dias de jogo, em casa, contra os St. Louis Blues. 

O Toronto Maple Leafs não conseguiu impor seu jogo e sua velocidade contra o experiente time dos Blues, que dominou o gelo e levou muito perigo ao gol dos Leafs, que viram uma ótima noite de Frederik Andersen, que realmente fechou o gol. Aos 04m15s do primeiro período, Patrik Berglund abriu o placar para os Blues. Houve outras oportunidades, mas Andersen fez defesas espetaculares para manter os Leafs no jogo.

Veio o segundo período e o domínio dos Blues continuou, mas numa ótima jogada, aos 18m56s, Morgan Rielly conduziu o puck, vindo da defesa, passou para Nazem Kadri, que em velocidade partiu ao ataque e, passou para a frente do gol dos Blues. O puck foi desviado e quem estava lá para aproveitar? Morgan Rielly, que chutou num gol aberto, pois o goleiro Jake Allen tinha senmovido para fechar a lateral do gol! 

Com o jogo empatado, as equipes foram ao terceiro período tentando decidir a partida, mas quem brilhou foram os goleiros, mais uma vez, inclusive numa jogada dos Leafs faltando menos de 5s para o final, quando Allen fez ótima defesa e impediu Leo Komarov de marcar o gol da vitória. 

A prorrogação acabou sendo decidida no primeiro chute ao gol, logo aos 20s, com Vladimir Tarasenko, que conduziu o puck desde a defesa, driblou um dos jogadores dos Leafs e chutou forte, vencendo Andersen. 

Não é um bom resultado, mas pela forma com que o time jogou, podíamos ter perdido, mas conseguimos mais um ponto, que pode ser a diferença entre ir aos playoffs ou não! 

No sábado enfrentaremos o Buffalo Sabres!

Go Leafs Gooooo

06/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

terça-feira, 07 fevereiro 2017 Deixe um comentário

No último jogo da sequência fora de casa o Toronto Maple Leafs foi até o Barclays Center visitar o New York Islanders.

Vindos de vitória, os Leafs não perderam tempo e, mais uma vez, saíram atrás do placar, com um gol de Ryan Strome marcado aos 01m23s. Parece que todos os primeiros chutes à gol encontram o fundo da nossa rede! Nikita Soshnikov conseguiu o empate aos 13m27s e Auston Matthews virou o placar aos 14m51s. O time jogava bem, mas o jogo estava muito disputado. Nikolai Kulemin empatou para os Isles aos 18m13s. 

O segundo período viu os Leafs dominando o placar com gols de Mitch Marner aos 05m12s e Zach Hyman marcouno quarto gol dos Leafs, enquanto os Isles estavam em powerplay (com os Leafs em desvantagem numérica) aos 09m34s. Foi o terceiro gol short handed que Hyman marca na temporada, o maior número da NHL. Infelizmente Brock Nelson diminuiu para os Isles aos 13m48s. 

Com a vantagem de apenas um gol no placar, os Leafs defenderam a vantagem até os 13m30s do terceiro período, quando Josh Bailey marcou. Parecia que o caldo ia entornar, mas William Nylander conseguiu nos colocar à frente no placar novamente aos 17m59s. Os Islanders entraram no modo desespero e retiraram Thomas Greiss. A tática funcionou e os Isles empataram aos 18m31s com Andrew Ladd, que levou a partida à prorrogação. 

A prorrogação com três contra três é sempre emocionante, pois permite muitas chances de gol. Os Leafs tiveram ótima chance, mas Greiss defendeu. Os Isles tiveram um contra-ataque em 3 contra 1 e não desperdiçaram. Brick Nelson marcou o gol da vitória aos 02m42s da prorrogação.

Foi mais uma vitória que simplesmente escorreu pelos dedos! Precisávamos manter os Isles controlados no final do terceiro período e não conseguimos! Um ponto é melhor que nada, ainda mais jogando fora, mas deixar empatar no finalzinho e ainda perder na prorrogação foi um duro golpe. 

Os Leafs voltam ao gelo hoje à noite, em casa, contra o Dallas Stars! Vamos tentar devolver o placar que tivemos em Dallas na semana passada! 

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: