Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Zach Hyman’

19/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ St. Louis Blues

quinta-feira, 21 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Após o péssimo jogo contra o Arizona Coyotes, o Toronto Maple Leafs foi à St. Louis enfrentar o St. Louis Blues, que não perdiam a 10 jogos e que chegaram a ser a pior equipe da NHL, mas que atualmente são o terceiro time de sua divisão.

Os Leafs começaram muito mal, sendo totalmente dominados pelos Blues. Aliás, os Blues estavam jogando tão bem que os Leafs não conseguiam sair de sua zona defensiva com qualidade e domínio do puck. No total foram 19 chutes ao gol de Frederik Andersen, contra apenas 9 dos Leafs ao gol de Jordan Binnington, o goleiro novato dos Blues que tem simplesmente fechado o gol. Binnington vem de 3 vitórias por shutout seguidas! Aos 10m13s, Jaden Schwartz abriu placar após Jake Muzzin cometer um erro na defesa, que deixou dois jogadores livres contra Freddie, que não teve muito o que fazer. Aos 17m42s, num powerplay, Colton Parayko acertou um belo de um chute que, à primeira vista, bateu na trave, mas após uns 30 segundos, o vídeo do chute mostrou que o puck havia entrado e o gol foi validado.

Os Leafs até voltaram melhor no segundo período, mas os Blues estavam voando no gelo e pareciam jogar muito facilmente. Para os Leafs, todas as jogadas e passes exigiam um esforço sobre-humano. Mas podemos dizer que conseguimos igualar o jogo contra os Blues e Frederik Andersen nos ajudou a manter o placar.

Veio o terceiro período e de forma incrível, com diferença de apenas 31s entre um gol e outro, os Leafs empataram a partida. O primeiro gol foi de Zach Hyman aos 06m34s, que chutou cruzado e viu o puck ser desviado pelo defensor dos Blues para o fundo do gol, acabando com 233m50s de invencibilidade de Binnington, a segunda maior da franquia. O gol de empate veio com Auston Matthews, que acabou desviando o puck com sua lâmina do patins. A jogada foi recusada e o gol validado aos 07m05s. Depois disso houve chances para ambas equipes, mas acabamos indo à prorrogação.

Sabíamos que o time dos Blues era perigoso e após uma tentativa de Mitch Marner que boa obteve sucesso ao tentar passar por trás do gol dos Blues em velocidade e passar para Kohn Tavares, Ryan O’Reilly recuperou o puck e partiu ao ataque, marcando o gol da vitória aos 34s da prorrogação e garantindo a décima primeira vitória seguida dos Blues, um recorde histórico da franquia!

Os Leafs conseguiram um ponto, o que é melhor que nada, mas estão deixando espaço para os Bruins nos passarem na classificação, e aos Habs de nos alcançar!

Nazem Kadri sofreu um hit de Vincent Dunn e acabou deixando a equipe ainda no primeiro período, não mais retornando, muito provavelmente contundido.

Nosso próximo adversário será o atual campeão da Stanley Cup, em Toronto, amanhã!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

06/02/2019 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

sábado, 09 fevereiro 2019 Deixe um comentário

A Batalha de Ontário sempre vai trazer a rivalidade entre as equipes mesmo quando elas passam por momentos diferentes na evolução das equipes. O Ottawa Senators está iniciando a reconstrução da equipe, sem Erik Karlsson, que foi negociado com o San Jose Sharks, enquanto os Leafs estão com suas estrelas jovens.

O Toronto Maple Leafs enfrentou um adversário que dificultou muito a vitória dos Leafs!

Zach Hyman abriu o placar aos 07m46s, mas Magnus Paajarvi empatou aos 17m18s do primeiro período.

O segundo período viu Matt Duchene virar o placar aos 01m35s, fazendo os Leafs correrem atrás do prejuízo. Andreas Johnsson que está numa ótima fase empatou a partida aos 14m20s e Auston Matthews manteve a confiança e o controle do puck para marcar o terceiro dos Leafs aos 16m29s. John Tavares colocou os Leafs com dois gols de vantagem aos 18m20s.

Os Senators não se deram por vencidos e chegaram ao empate no terceiro período com gols de Thomas Chabot aos 40s e Magnus Paajarvi empatou aos 03m40s. Foi Morgan Rielly que conseguiu o gol da vitória dos Leafs aos 09m12s!

Mais uma vitória, mas de qualquer forma não podemos tropeçar, pois os Canadiens estão jogando bem e se aproximando na tabela de classificação, além de serem nossos próximos adversários!

Go Leafs Gooooooooo

02/02/2019 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 08 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Vindos de Detroit com uma derrota na prorrogação, não houve muito tempo para nos sentirmos mal, pois precisávamos estar bem e descansados para jogar contra o Pittsburgh Penguins na Scotiabank Arena em menos de 24 horas.

Os Penguins vieram com tudo e apesar de estarmos jogando bem, abriram dois gols de vantagem no placar, com Sidney Crosby aos 10m01s, em powerplay, e com Teddy Blueger aos 13m20s. Auston Matthews diminuiu para os Leafs aos 17m25s, vencendo Matt Murray.

O segundo período viu Travis Dermott e Zach Hyman virarem o placar para os Leafs, que não desistiram da partida apesar de estarem dois gols atrás! Isso aliás vem sendo o padrão para essa equipe, muito diferente de alguns anos atrás onde a equipe simplesmente sumia após tomar um gol!

Os Penguins simplesmente não conseguiram mais empatar a partida, apesar de levarem perigo ao gol de Garret Sparks.

Go Leafs Gooooo

17/01/2019 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 18 janeiro 2019 Deixe um comentário

Após um jogo ruim contra o Colorado Avalanche, onde todo rebote era do time dos Avs, que marcaram gols em desvantagem numérica e dois em empty net, o Toronto Maple Leafs partiu para mais uma viagem à Flórida, onde enfrentaram o Tampa Bay Lightning e, na noite seguinte enfrentarão o Florida Panthers.

Os Bolts são a melhor equipe da NHL atualmente e possuem tanto ataque quanto defesas e goleiro bem sólidos. Andrei Vasilevskiy tem ótimos números e atualmente é o terceiro melhor goleiro da liga na temporada. Frederik Andersen está no seu segundo jogo após o retorno de contusão e busca voltar a vencer.

Com qualquer equipe muito boa, não podemos dar bobeira, mas Igor Ozhiganov cometeu uma penalidade e deu um powerplay para os Bolts, que Brayden Point não desperdiçou aos 09m48s. Nazem Kadri se aproveitou de um rebote de Vasilevskiy e foi paciente para mandar para o fundo do gol, aos 11m48s.

O segundo período viu três gols em apenas 01m43s. Patrick Marleau marcou para os Leafs aos 13m06s, virando o placar. Num contra-ataque aos 13m43s foi a vez de Victor Hedman empatar numa bela jogada dos Bolts. Aos 14m49s, Mitch Marner colocou novamente os Leafs à frente, estando no lugar certo, na hora certa para se aproveitar de Vasilevskiy fora de posição.

O último período viu um jogo excelente, com Vasilevskiy fazendo defesas inacreditáveis e Frederik Andersen muito sólido no gol, mesmo com os Bolts em empty net e pressionando muito no final do jogo! Mas os Leafs conseguiram um gol de Zach Hyman no finalzinho, aos 19m09s, numa jogada polêmica, onde o puck foi jogado na borda por Nikita Zaitsev, mas ele acabou desviando em uma parte metálica instalada no acrílico (vidro) e a defesa dos Bolts parou, esperando a marcação de face-off, que não aconteceu pois essa tal parte metálica está abaixo do nível superior do acrílico. O gol foi validado.

Ao final, os Leafs saíram com a vitória que tanto queríamos! Amanhã enfrentaremos o Florida Panthers!!

Go Leafs Goooooo

08/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

domingo, 09 dezembro 2018 Deixe um comentário

Iniciando uma sequência de 5 jogos fora de casa, o Toronto Maple Leafs foi até Boston enfrentar uma equipe que, desfalcada de alguns de seus melhores jogadores, entre eles Zdeno Chara e Patrice Bergeron, buscava voltar a vencer após três derrotas seguidas.

Infelizmente voltamos a jogar mal, se é que podemos dizer que jogamos. Os Bruins dominaram o jogo usando o jogo físico desde o início, o que pode ter tido efeito no jovem time dos Leafs, pois os passes não funcionavam, os pucks não eram controlados, a atenção não estava onde deveria. Parecia que a equipe havia sido reunida naquele dia e nunca havia jogado junta! o jogo mal começou e Charles McAvoy foi pro banco de penalidade por dar um hit em Mitch Marner, mandando o jogador dos Leafs, de cabeça contra a borda. Os Bruins abriram o placar aos 11m20s do primeiro período com Jakob Forsbacka Karlsson.

Veio o segundo período e a esperança do torcedor dos Leafs era ver uma reação, mas a equipe simplesmente cometia penalidade atrás de penalidade e ao total foram 5, que deram aos Bruins quase 10 minutos de powerplay. David Backes ampliou para os Bruins num desses power plays aos 08m54s. Torey Krug marcou o terceiro dos Bruins aos 17m45s, num chute de longa distância que a Frederik Andersen não conseguiu ver claramente para defender. Jaroslav Halak estava tendo uma ótima noite pelos Bruins e defendia todos os poucos chutes que os Leafs desferiam.

O último período ainda viu Danton Heinen marcar o quarto dos Bruins aos 01m47s, antes que os Leafs pudessem abrir o placar com um belo chute de Travis Dermott aos 04m03s. Os Leafs estavam tão mal que David Krejci voltou a dar 4 gols de vantagem aos Bruins aos 04m37s e Ryan Donato, numa falha de Frederik Andersen, acreditou na jogada até o final e marcou o sexto gol dos Bruins aos 06m13s. Aos 09m30s, Andreas Johnsson se aproveitou de uma bobeara do defensor dos Bruins e Auston Matthews mandou pro fundo do gol, marcando o segundo dos Leafs. O jogo esquentou perto dos 10 minutos, com Zach Hyman chegando um pouco atrasado e dando um forte hit em Charles McAvoy. Logo após esse hit, Hyman acabou brigando com Matt Grzelcyk, que tomou as dores de McAvoy, e, após revisão dos árbitros, saiu da partida por Game misconduct. Aos 10m55s, Chris Wagner dos Bruins foi pra cima de Morgan Rielly e desferiu um hit daqueles pra machucar. Dessa vez, Ron Hainsey é que chamou a briga pra si e brigou com Wagner, que também foi retirado do jogo por Game Misconduct. Aos 12m22, Andreas Johnsson se aproveitou de um segundo rebote de Halak e marcou o terceiro dos Leafs.

O jogo seguiu quente até o final, mas os Leafs não conseguiram se recuperar no placar e acabaram com a derrota.

Que a equipe consiga se recompor e voltar a jogar o que sabe, pois nestes dois últimos jogos, deixaram muito a desejar.

Go Leafs Goooooooooo

06/12/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

sábado, 08 dezembro 2018 Deixe um comentário

Este foi o jogo de estreia de William Nylander nesta temporada, após muita negociação em seu novo contrato com os Leafs.

Apesar de toda essa atenção à estreia, os Leafs não começaram bem o jogo. Parecia que nada dava certo, picks eram perdidos, passes errados. Apesar disso, acertamos uma bela troca de passes que deu aos Leafs à liderança na partida, com um gol de Kasperi Kapanen aos 04m50s. Após isso o que se viu foi um Toronto Maple Leafs letárgico e sonolento. Não sei se a agitação da estreia de Nylander afetou o elenco, deixando toda a equipe mais nervosa. Aos 05m23s, Jonathan Ericsson empatou. Aos 06m28s, Luke Glendening virou o jogo e aos 19m46s, Gustav Nyquist ampliou a liderança do Detroit Red Wings.

O segundo período não viu nenhuma melhora dos Leafs, mas Mike Green ampliou para 4 a 1 o placar.

Tudo mudou no terceiro período, parecia que a equipe dos Leafs havia sido totalmente trocada, pois Garret Sparks jogou muito e os Leafs voltaram a jogar bem. Quem sofreu foi Jonathan Bernier, que acabou sofrendo gols marcados por John Tavares aos 02m38s, Zach Hyman aos 08m50s e Andreas Johnsson aos 11m36s. Foi simplesmente espetacular empatar uma partida que estava praticamente perdida. No finalzinho do período, os Leafs perderam uma ótima chance com Connor Brown num contra-ataquei-me e depois, os Red Wings tiveram um chute que, passou por Sparks, bateu numa trave, depois na outra e saiu!

Na prorrogação, os Red Wings acabaram se saindo melhor e Dylan Larkin, muito veloz, venceu Garret Sparks aos 02m48s, dando a vitória ao time visitante e acabando com a sequência de vitórias dos Leafs.

Infelizmente não foi uma boa estreia de Nylander, que não marcou um ponto sequer na partida.

Amanhã enfrentaremos os Boston Bruins, fora de casa.

Go Leafs Gooooooo

01/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Minnesota Wild

domingo, 02 dezembro 2018 Deixe um comentário

No dia em que William Nylander renovou contrato com o Toronto Maple Leafs, numa saga que levou a negociação até a última hora, os Leafs foram à Minnesota.

Esse não foi um jogo fácil! Na verdade foi disputado desde o primeiro minuto!

Auston Matthews abriu o placar num powerplay para os Leafs aos 06m06s do primeiro período. Tyler Ennis desviou um chute de Par Lindholm para marcar o segundo gol dos Leafs! Quanto tudo parecia muito bem para os Leafs, foi a vez de Eric Staal marcar o seu, aos 19m29s.

Acredito que o gol e o que o técnico dos Wild falou no vestiário incendiou a vontade dos jogadores daquele time. Eles voltaram melhores. Jordan Greenway empatou o jogo aos 05m17s do segundo período. Somente aos 14m38s foi que os Leafs voltaram à liderança com um gol de Zach Hyman, desviando um chute de Mitch Marner.

O terceiro período viu os Wild bem fortes novamente e levando muito perigo ao gol de Frederik Andersen, que esteve muito bem na noite, salvando os Leafs por várias vezes! Jordan Zucker, que estava muito bem no jogo, empatou novamente aos 09m38s. Mas aos 16m40s, foi a vez de Nazem Kadri chutar de um ângulo muito fechado e ver o puck desviando num jogador dos Wild e entrar no gol de Devan Dubnyk. Podem chamar do que quiserem, até mesmo de sorte, mas eu acredito que quem chuta ao gol adversário sempre tem chances de marcar! E foi o que aconteceu! Zach Hyman fechou o placar com um gol em empty net, após disputar controle do puck com um jogador dos Wild e partir sozinho ao gol vazio dos Wild!

Placar final Leafs 5 @ 3 Wild.

Go Leafssssss Gooooooooooooo

%d blogueiros gostam disto: