Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Zach Hyman’

08/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

domingo, 09 dezembro 2018 Deixe um comentário

Iniciando uma sequência de 5 jogos fora de casa, o Toronto Maple Leafs foi até Boston enfrentar uma equipe que, desfalcada de alguns de seus melhores jogadores, entre eles Zdeno Chara e Patrice Bergeron, buscava voltar a vencer após três derrotas seguidas.

Infelizmente voltamos a jogar mal, se é que podemos dizer que jogamos. Os Bruins dominaram o jogo usando o jogo físico desde o início, o que pode ter tido efeito no jovem time dos Leafs, pois os passes não funcionavam, os pucks não eram controlados, a atenção não estava onde deveria. Parecia que a equipe havia sido reunida naquele dia e nunca havia jogado junta! o jogo mal começou e Charles McAvoy foi pro banco de penalidade por dar um hit em Mitch Marner, mandando o jogador dos Leafs, de cabeça contra a borda. Os Bruins abriram o placar aos 11m20s do primeiro período com Jakob Forsbacka Karlsson.

Veio o segundo período e a esperança do torcedor dos Leafs era ver uma reação, mas a equipe simplesmente cometia penalidade atrás de penalidade e ao total foram 5, que deram aos Bruins quase 10 minutos de powerplay. David Backes ampliou para os Bruins num desses power plays aos 08m54s. Torey Krug marcou o terceiro dos Bruins aos 17m45s, num chute de longa distância que a Frederik Andersen não conseguiu ver claramente para defender. Jaroslav Halak estava tendo uma ótima noite pelos Bruins e defendia todos os poucos chutes que os Leafs desferiam.

O último período ainda viu Danton Heinen marcar o quarto dos Bruins aos 01m47s, antes que os Leafs pudessem abrir o placar com um belo chute de Travis Dermott aos 04m03s. Os Leafs estavam tão mal que David Krejci voltou a dar 4 gols de vantagem aos Bruins aos 04m37s e Ryan Donato, numa falha de Frederik Andersen, acreditou na jogada até o final e marcou o sexto gol dos Bruins aos 06m13s. Aos 09m30s, Andreas Johnsson se aproveitou de uma bobeara do defensor dos Bruins e Auston Matthews mandou pro fundo do gol, marcando o segundo dos Leafs. O jogo esquentou perto dos 10 minutos, com Zach Hyman chegando um pouco atrasado e dando um forte hit em Charles McAvoy. Logo após esse hit, Hyman acabou brigando com Matt Grzelcyk, que tomou as dores de McAvoy, e, após revisão dos árbitros, saiu da partida por Game misconduct. Aos 10m55s, Chris Wagner dos Bruins foi pra cima de Morgan Rielly e desferiu um hit daqueles pra machucar. Dessa vez, Ron Hainsey é que chamou a briga pra si e brigou com Wagner, que também foi retirado do jogo por Game Misconduct. Aos 12m22, Andreas Johnsson se aproveitou de um segundo rebote de Halak e marcou o terceiro dos Leafs.

O jogo seguiu quente até o final, mas os Leafs não conseguiram se recuperar no placar e acabaram com a derrota.

Que a equipe consiga se recompor e voltar a jogar o que sabe, pois nestes dois últimos jogos, deixaram muito a desejar.

Go Leafs Goooooooooo

Anúncios

06/12/2018 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

sábado, 08 dezembro 2018 Deixe um comentário

Este foi o jogo de estreia de William Nylander nesta temporada, após muita negociação em seu novo contrato com os Leafs.

Apesar de toda essa atenção à estreia, os Leafs não começaram bem o jogo. Parecia que nada dava certo, picks eram perdidos, passes errados. Apesar disso, acertamos uma bela troca de passes que deu aos Leafs à liderança na partida, com um gol de Kasperi Kapanen aos 04m50s. Após isso o que se viu foi um Toronto Maple Leafs letárgico e sonolento. Não sei se a agitação da estreia de Nylander afetou o elenco, deixando toda a equipe mais nervosa. Aos 05m23s, Jonathan Ericsson empatou. Aos 06m28s, Luke Glendening virou o jogo e aos 19m46s, Gustav Nyquist ampliou a liderança do Detroit Red Wings.

O segundo período não viu nenhuma melhora dos Leafs, mas Mike Green ampliou para 4 a 1 o placar.

Tudo mudou no terceiro período, parecia que a equipe dos Leafs havia sido totalmente trocada, pois Garret Sparks jogou muito e os Leafs voltaram a jogar bem. Quem sofreu foi Jonathan Bernier, que acabou sofrendo gols marcados por John Tavares aos 02m38s, Zach Hyman aos 08m50s e Andreas Johnsson aos 11m36s. Foi simplesmente espetacular empatar uma partida que estava praticamente perdida. No finalzinho do período, os Leafs perderam uma ótima chance com Connor Brown num contra-ataquei-me e depois, os Red Wings tiveram um chute que, passou por Sparks, bateu numa trave, depois na outra e saiu!

Na prorrogação, os Red Wings acabaram se saindo melhor e Dylan Larkin, muito veloz, venceu Garret Sparks aos 02m48s, dando a vitória ao time visitante e acabando com a sequência de vitórias dos Leafs.

Infelizmente não foi uma boa estreia de Nylander, que não marcou um ponto sequer na partida.

Amanhã enfrentaremos os Boston Bruins, fora de casa.

Go Leafs Gooooooo

01/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Minnesota Wild

domingo, 02 dezembro 2018 Deixe um comentário

No dia em que William Nylander renovou contrato com o Toronto Maple Leafs, numa saga que levou a negociação até a última hora, os Leafs foram à Minnesota.

Esse não foi um jogo fácil! Na verdade foi disputado desde o primeiro minuto!

Auston Matthews abriu o placar num powerplay para os Leafs aos 06m06s do primeiro período. Tyler Ennis desviou um chute de Par Lindholm para marcar o segundo gol dos Leafs! Quanto tudo parecia muito bem para os Leafs, foi a vez de Eric Staal marcar o seu, aos 19m29s.

Acredito que o gol e o que o técnico dos Wild falou no vestiário incendiou a vontade dos jogadores daquele time. Eles voltaram melhores. Jordan Greenway empatou o jogo aos 05m17s do segundo período. Somente aos 14m38s foi que os Leafs voltaram à liderança com um gol de Zach Hyman, desviando um chute de Mitch Marner.

O terceiro período viu os Wild bem fortes novamente e levando muito perigo ao gol de Frederik Andersen, que esteve muito bem na noite, salvando os Leafs por várias vezes! Jordan Zucker, que estava muito bem no jogo, empatou novamente aos 09m38s. Mas aos 16m40s, foi a vez de Nazem Kadri chutar de um ângulo muito fechado e ver o puck desviando num jogador dos Wild e entrar no gol de Devan Dubnyk. Podem chamar do que quiserem, até mesmo de sorte, mas eu acredito que quem chuta ao gol adversário sempre tem chances de marcar! E foi o que aconteceu! Zach Hyman fechou o placar com um gol em empty net, após disputar controle do puck com um jogador dos Wild e partir sozinho ao gol vazio dos Wild!

Placar final Leafs 5 @ 3 Wild.

Go Leafssssss Gooooooooooooo

26/11/2018 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

domingo, 02 dezembro 2018 Deixe um comentário

Voltamos a vencer e com um belo jogo contra o Philadelphia Flyers e estamos entre os melhores times da liga até o momento, disputando com o Tampa Bay Lightning e com, acredite se quiser, o Buffalo Sabres que está numa sequência incrível de vitórias!

O desafio agora era enfrentar o Boston Bruins, que mesmo sem alguns de seus melhores jogadores, como Zdeno Chara, Patrice Bergeron e Charles McAvoy, continua sendo uma equipe muito perigosa.

Esse foi o jogo de número 1600 na NHL, na carreira de Patrick Marleau! E, desde 07 de abril de 2009 que Marleau não perde um jogo sequer! Já são 732 jogos consecutivos! O que demonstra a qualidade deste jogador que, com certeza, será parte do Hockey Hall of Fame!

O jogo começou melhor para os Leafs no primeiro período e Travis Dermott abriu o placar com seu primeiro gol da temporada aos 17m44s do primeiro período.

O jogo mudou no segundo período e os Bruins conseguiram chegar ao empate aos 03m39s, num powerplay, com David Pastrnak. Igor Ozhiganov também deixou o seu puck no fundo da rede de Jaroslav Halak aos 13m06s. David Pastrnak parece ter superpoderes quando joga contra os Leafs pois marcou seu segundo gol, o segundo empate dos Bruins aos 14m22s. Num powerplay para os Leafs, Josh Leivo colocou a equipe da casa novamente à frente no placar aos 18m38s.

O terceiro período viu os Bruins tentarem o empate e até terem pucks na trave de Frederik Andersen, mas quem marcou novamente foi o Toronto Maple Leafs, com um gol de Zach Hyman, aos 18m25s, já com Halak fora do gol ( empty net).

Mais uma vitória! Estamos muito bem na temporada!

Go Leafs Goooooooo

19/11/2018 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 20 novembro 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs tem sido um time vitorioso nessa temporada e, vindos de três vitórias na Califórnia, contra os Kings, Sharks e Ducks, algo que não acontecia a mais de 20 anos, os Leafs voltaram à Scotiabank Arena, para receber o Columbus Blue Jackets.

O jogo começou melhor para os visitantes, que dominavam o gelo e não deram muitas chances pro rápido time dos Leafs. Os Jackets jogavam mais físico e abriram o placar com Cam Atkinson aos 14m39s. Pierre-Luc Dubois aumentou a vantagem no placar aos 19m10s, num período onde os visitantes deram 14 chutes ao gol de Frederik Andersen, contra apenas 6 chutes dos Leafs ao gol de Sergey Bobrovsky.

Aparentemente Mike Babcock conseguiu resetar a equipe no intervalo pois os Leads voltaram melhor e passaram a ter mais chances, igualando ou superando as chances dos Blue Jackets. Aos 13m01s, Tyler Ennis fez uma jogada por trás do gol dos Blue Jackets, chutando no meio do tráfico de jogadores em frente ao gol e, finalmente, vencendo Bobrovsky. Aos 17m20s, Kasperi Kapanen deu um belo passe a Mitch Marner, que entrou rápido na zona ofensiva e teve seu chute defendido, mas continuou na jogada e conseguiu passar o puck para trás, para a chegada de John Tavares, que empatou a partida.

O empate jogou um balde de água fria nos Blue Jackets que não conseguia vencer Freddie, que teve mais uma ótima performance, sempre sendo muito sólido no gol dos Leafs. Aos 15m38s, Zach Hyman venceu um face off na zona ofensiva, após um icing cometido pelos Blue Jackets, se posicionou em frente ao gol e desviou um chute de Morgan Rielly, colocando os Leafs à frente do placar. O técnico dos Columbus Blue Jackets, John Tortorella, retirou Bobrovsky tentando botar uma pressão nos Leafs para empatar a partida, mas Zach Hyman recebeu um passe de Mitch Marner e dominou e protegeu o puck, que Seth Jones estava tentando tirar dele, e marcou o seu segundo gol da noite, o quarto gol dos Leafs, fechando o placar e a vitória.

Esse foi o 102° jogo da história da NHL a não anotar nenhuma penalidade para ambas equipes. Esse foi o primeiro jogo assim para os Blue Jackets e o vigésimo dos Leafs.

Os Leafs passaram a liderar a divisão, já que o Tampa Bay Lightning perdeu seu jogo ontem. Somos a segunda equipe na classificação geral, apenas 1 ponto atrás do Nashville Predators, que teve uma derrota a menos no tempo regular (foi derrotado na prorrogação).

Amanhã recebemos a visita do Carolina Hurricanes e na sexta-feira devolvemos a visita aos Blue Jackets!

Go Leafs Goooooo

03/11/2018 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

sábado, 10 novembro 2018 Deixe um comentário

Vindos de duas derrotas, onde não jogamos bem e deixamos o controle do jogo nas mãos dos nossos adversários, Calgary Flames e Dallas Stars, e sem Auston Matthews, o Toronto Maple Leafs buscava voltar a encontrar o seu próprio jogo visitando o Pittsburgh Penguins na PPG Paints Arena.

Todos os críticos afirmam que esse foi o melhor jogo dos Leafs na temporada! A equipe estava coesa, jogando muito bem na defesa e levando perigo ao ataque. John Tavares abriu o placar aos 09m34s do primeiro período, vencendo Matt Murray com um desvio do puck, conhecido como Tip-inn.

Jogar com os Penguins é sempre difícil e os Leafs já perderam deles nesta temporada, jogando em Toronto. Patrick Marleau deu mais tranquilidade aos Leafs já no começo do segundo período, quando aos 00m44s marcou o segundo gol dos Leafs, num chute de backhand (chutando do lado inverso à sua orientação, destra ou canhota). O lance foi revisto, pois Marleau se chocou contra Matt Murray, mas a revisão confirmou o gol. Murray se ausentou da partida para que seus skates fossem arrumados e retornou ao gelo aos 09m37s. Morgan Rielly teve uma partida excepcional e marcou o terceiro dos Leafs aos 11m49s.

Morgan Rielly ainda marcou o seu segundo gol da noite, aos 15m33s do terceiro período e Zach Hyman liquidou a partida aos 19m40s, com os Leafs jogando shorthanded.

Voltamos a vencer e foi uma vitória convincente, contra os Penguins, por 5 a 0, e ainda por cima jogando sem Auston Matthews! Reencontramos o caminho do gol! Frederik Andersen foi perfeito na noite e não permitiu nenhum gol em seu primeiro shutout da temporada!

Go Leafs Gooooo

12/04/2018 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins – NHL Playoffs – Rodada 1

sexta-feira, 13 abril 2018 Deixe um comentário

Primeiro quero me desculpar pela falta de atualização do blog pois não consegui cobrir os últimos jogos da temporada regular devido à uma mudança profissional e pessoal.

Mas vamos à boa notícia, que é o fato do Toronto Maple Leafs estar novamente nos playoffs! Conseguimos uma ótima temporada onde quebramos muitos recordes, entre eles, o maior número de pontos numa temporada regular, o maior número de vitórias em casa por um goleiro dos Leafs, entre outros.

Infelizmente as regras atuais da NHL fazem com que as equipes se enfrentem dentro de cada divisão e isso fez com que os Leafs enfrentassem o Boston Bruins, que foi o primeiro da Conferência Leste. Sabemos que os Bruins têm uma ótima equipe e jogadores que fazem a diferença, como Patrice Bergeron e Brad Marchand.

O primeiro jogo foi cheio de batalhas e muito jogo físico, mas quem se saiu melhor foram os Bruins, que dominaram a partida, com exceção de uma parte do segundo período, onde os Leafs tiveram ótimas chances, mas quem foi mais efetivo foi o time da casa.

Brad Marchand abriu o placar no primeiro período, aos 05m28s, numa jogada em que, uma revisão por vídeo poderia ter invalidado o gol, mas Mike Babcock acabou não arriscando perder a revisão e deixar os Bruins no powerplay. Ainda no primeiro período, aos 16m52s, Zach Hyman, fez ótima jogada, vencendo dois jogadores dos Bruins na velocidade e marcando um belíssimo gol de empate! Justo em uma hora em que os Leafs não estavam bem! Depois disso o jogo se igualou.

O segundo período viu os Bruins marcarem mais dois dois, com David Backes e David Pastrnak e, no terceiro período, marcaram mais dois, com Sean Kuraly, numa jogada em que o jogador dos Bruins “rebateu” o puck no ar, para o fundo do gol com Frederik Andersen caído, e outro de David Krejci para fechar o placar em 5 a 1.

Não foi uma boa partida dos Leafs, que bem de longe conseguiram se impor. E ainda perdemos o Nazem Kadri por 3 jogos após ele desferir um hit em Tommy Wingels, mas de forma a atingir a cabeça do jogador dos Bruins contra a parede. Kadri tentou se defender dizendo que ele já vinha no embalo para o hit e Wingels acabou abaixando, mas realmente foi uma jogada evitável e que poderia ter contundido o jogador dos Bruins. Só veremos Kadri se chegarmos ao jogo 5!!

Agora é sacudir a poeira do atropelamento sofrido e voltar ao gelo amanhã, para amparar a série!

Go Leafs Gooooooooo

%d blogueiros gostam disto: