Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Auston Matthews’

02/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 novembro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória contra o Anaheim Ducks, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Los Angeles Kings. 

Nosso primeiro período foi um desastre e podemos dizer que demos um tiro no próprio pé.   E não foi culpa do Curtis McElhinney. O time estava jogando bem, mas Jake Gardiner acabou por tropeçar e cair perdendo o controle do puck, oportunidade que os Kings não desperdiçaram. Michael Amadio abriu o placar com o seu primeiro gol na NHL aos 02m34s do primeiro período. Pouco depois, aos 04m58s, Mike Cammalleri marcou o segundo dos Kings num powerplay. O terceiro gol dos Kings veio num erro triplo de Nazem Kadri que por três vezes teve a oportunidade de limpar o puck da área defensiva dos Leafs, mas acabou perdendo o puck, que foi cruzado para Trevor Lewis marcar aos 19m24s. Foi um período para esquecer.

O segundo período viu Tyler Toffoli marcar duas vezes aumentando o placar para 5 a 0. Somente no final do período, Auston Matthews venceu Jonathan Quick num penalty shot aos 17m50s. Morgan Rielly também marcou, faltando apenas 1,5s para o fim do período, dando uma esperança para os Leafs no terceiro período. Quick ficou muito irritado e quase quebrou seu taco no travessão após o gol de Rielly! 

O problema é que o terceiro período só tinha 20 minutos e, todos os erros que os Leafs cometeram no primeiro período, não conseguiram ser remediados. Somente Connor Brown marcou aos 08m00s.

Durante o jogo, Auston Matthews teve outra oportunidade de marcar num penalty shot, mas acabou chutando acima do gol de Jonathan Quick. 

O próximo jogo será amanhã, em St. Louis!

Go Leafs Gooooo 

Anúncios

30/10/2017 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

terça-feira, 31 outubro 2017 Deixe um comentário

No primeiro jogo dos Leafs na viagem que o time está fazendo pela Califórnia, fomos ao SAP Center, casa do San Jose Sharks, ex-equipe de Patrick Marleau que foi contratado pelo Toronto Maple Leafs nesta última pós-temporada.

Os Sharks fizeram um vídeo em tributo a todos os anos que Marleau dedicou suas habilidades à equipe e todos na Arena o aplaudiram e homenagearam. Foi um tributo mais que merecido para um jogador muito habilidoso e que se dedicou aos Sharks por muito tempo. Parabéns Patrick Marleau e Parabéns San Jose Sharks, pelo lindo tributo! 

No jogo em si, os Leafs, apesar de atacarem menos, saíram na frente no placar com um gol de Auston Matthews se aproveitando de um chute de Nikita Zaitsev. Quando Zaitsev ia chutar, Matthews fez um movimento, passando pelo defensor e cruzando em frente do gol, quando controlou o puck com seu patins e bateu sem chances para Martin Jones. Infelizmente para nós, torcedores dos Leafs, a equipe não jogou bem e, durante todo o jogo, fomos dominados pela defesa dos Sharks. 

O Shark Tank é um caldeirão e o time da casa faz o uso de toda a pressão e apoio da torcida contra os adversários. No segundo período, Joe Pavelski empatou, desviando inócuo bem em frente à Frederik Andersen, que não teve tempo de se mover para fechar o gol. Os Leafs simplesmente não conseguiam atacar e deram apenas dois chutes ao gol no segundo período. 

Com o placar empatado em 1 gol para cada equipe, o jogo foi ao terceiro período, quando os Sharks continuaram melhores. Tim Heed colocou os Sharks à frente, virando o placar aos 04m11s, num powerplay. Ele chutou de longe e acertou o canto superior direito do gol de Frederik Andersen. Mais para o final da partida, Joel Ward ainda marcou o terceiro dos Sharks com os Leafs em empty net. No finalzinho ainda deu tempo para Nazem Kadri marcar, mas com o total de 18 chutes à gol durante toda a partida, não houve como os Leafs saírem com a vitória. Os Sharks por sua vez, deram 39 chutes ao gol dos Leafs.

Essa foi a nossa quinta derrota nos últimos 5 jogos e a equipe que estava alegrando a torcida nos primeiros jogos da temporada já começa a deixar a todos preocupados. O problema é a defesa? É o goleiro? É a juventude e falta de experiência? Ainda não temos a resposta, mas temos confiança em Mike Babcock, que tem o conhecimento e experiência para arrumar a casa. Talvez leve um tempo, mas ele vai arrumar o time. 

Go Leafs Gooooooo

26/10/2017 – Carolina Hurricanes @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 27 outubro 2017 Deixe um comentário

Vindos de duas derrotas o Carolina Hurricanes foi à Toronto, enfrentar o Toronto Maple Leafs e com um jogo muito organizado e muita dedicação, saíram com a vitória.

Os Leafs começaram mal, se recuperaram, mas voltaram a jogar mal e não conseguiram manter o ritmo de jogo. Em menos de 3 minutos do primeiro período, os Canes estavam à frente no placar com dois gols, marcados por Josh Jooris e Teuvo Teravainen. A defesa dos Leafs parece ser o maior desafio de Mike Babcock nesta temporada. Auston Matthews diminuiu marcando seu nono gol na temporada aos 09m19s, mas aos 16m08s, Elias Lindholm venceu Frederik Andersen novamente e colocou dois gols de diferença no placar. 

Ainda bem que temos uma equipe que tem um poder de ataque muito bom e isso às vezes nos salva. Foi o que aconteceu no segundo período, quando Dominic Moore e Zach Hyman marcaram em Scott Darling e empataram a partida. Infelizmente, uma vez mais, os Canes conseguiram um gol, dessa vez marcado por Victor Rask.

No último período voltamos a não jogar bem e não conseguimos mais reagir. Os Canes, por sua vez, marcaram mais dois com Josh Jooris, seu segundo gol na partida e segundo gol pelos Canes, e Brock McGinn.

Foi a terceira derrota dos Leafs na temporada e o mais estranho disso é que todas foram pelo mesmo placar (6 a 3). 

Temos que arrumar a casa para voltar a jogar amanhã, contra os Flyers! Será mais um jogo em casa e temos que nos impor!

Go Leafs Goooooooo

Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators – 21/10/2017

segunda-feira, 23 outubro 2017 Deixe um comentário

Na primeira Batalha de Ontário da temporada, o Toronto Maple Leafs foi visitar o rival Ottawa Senators. Os Sens não haviam ganhado nenhum jogo em casa e os Leafs vinham de três vitórias, mas números não definem o vencedor na NHL.

Craig Anderson fez uma ótima partida e defendia todas as tentativas de gol dos Leafs. Frederik Andersen também estava bem na partida e, somente uma jogada muito disputada, sem que nenhum jogador dos Leafs conseguisse tirar o disco de perto do gol, com Andersen caído após fazer uma defesa acrobática, acabou em gol para os Senators. Nate Thompson marcou seu primeiro gol pelos Sens nessa bagunça na área dos Leafs aos 12m01s do primeiro período. A verdade é que os Leafs não conseguiram se impor e acabaram sendo dominados na partida, pelo menos durante o primeiro e segundo períodos.

Ryan Dzingel e Derrick Brassard marcaram mais dois gols pros Senators no segundo período, o que deixou os Leafs com uma escada cada vez mais alta para escalar, se quisessem vencer o jogo. 

Atendendo a todas as preces dos torcedores azuis e brancos os Leafs conseguiram melhorar no iniciando terceiro período, e cometer menos erros. James Van Riemsdyk desviou um chutes enganou Craig Anderson, abrindo o placar para os Leafs aos 06m00s. Auston Matthews mostrou mais uma vez sua velocidade e pontaria. Marcou o segundo dos Leafs aos 08m34s, colocando os Leafs a apenas um gol do empate. Infelizmente Nikita Zaitsev errou feio e teve seu passe interceptado por Mark Stone, que não desperdiçou. Não marcou no primeiro chute, mas aproveitou o próprio rebote para colocar dois gols de diferença no placar, apenas 7s após o gol de Matthews. O terceiro período foi alucinante. William Nylander marcou aos 12m52s se valendo de um powerplay para os Leafs, aliás, o primeiro powerplay dos Leafs na partida, o que demonstra quão bem os Senators jogaram. Apesar da esperança voltar aos torcedores dos Leafs, Derrick Brassard e Mark Stone mostraram que a equipe da casa não se abalou com os gols dos Leafs e fecharam o placar em 6 a 3.

Foi a segunda derrota dos Leafs na temporada e ambas pelo mesmo placar! 

Realmente nossa defesa não está bem, o que tem exigido muito de nossos goleiros. Neste jogo rifamos o disco diversas vezes e erramos muitos passes.

Hoje enfrentamos a ótima equipe do Los Angeles  Kings, que nos fará uma visita.

Go Leafs Goooooooo

Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators – 21/10/2017

segunda-feira, 23 outubro 2017 Deixe um comentário

Na primeira Batalha de Ontário da temporada, o Toronto Maple Leafs foi visitar o rival Ottawa Senators. Os Sens não haviam ganhado nenhum jogo em casa e os Leafs vinham de três vitórias, mas números não definem o vencedor na NHL.

Craig Anderson fez uma ótima partida e defendia todas as tentativas de gol dos Leafs. Frederik Andersen também estava bem na partida e, somente uma jogada muito disputada, sem que nenhum jogador dos Leafs conseguisse tirar o disco de perto do gol, com Andersen caído após fazer uma defesa acrobática, acabou em gol para os Senators. Nate Thompson marcou seu primeiro gol pelos Sens nessa bagunça na área dos Leafs aos 12m01s do primeiro período. A verdade é que os Leafs não conseguiram se impor e acabaram sendo dominados na partida, pelo menos durante o primeiro e segundo períodos.

Ryan Dzingel e Derrick Brassard marcaram mais dois gols pros Senators no segundo período, o que deixou os Leafs com uma escada cada vez mais alta para escalar, se quisessem vencer o jogo. 

Atendendo a todas as preces dos torcedores azuis e brancos os Leafs conseguiram melhorar no iniciando terceiro período, e cometer menos erros. James Van Riemsdyk desviou um chutes enganou Craig Anderson, abrindo o placar para os Leafs aos 06m00s. Auston Matthews mostrou mais uma vez sua velocidade e pontaria. Marcou o segundo dos Leafs aos 08m34s, colocando os Leafs a apenas um gol do empate. Infelizmente Nikita Zaitsev errou feio e teve seu passe interceptado por Mark Stone, que não desperdiçou. Não marcou no primeiro chute, mas aproveitou o próprio rebote para colocar dois gols de diferença no placar, apenas 7s após o gol de Matthews. O terceiro período foi alucinante. William Nylander marcou aos 12m52s se valendo de um powerplay para os Leafs, aliás, o primeiro powerplay dos Leafs na partida, o que demonstra quão bem os Senators jogaram. Apesar da esperança voltar aos torcedores dos Leafs, Derrick Brassard e Mark Stone mostraram que a equipe da casa não se abalou com os gols dos Leafs e fecharam o placar em 6 a 3.

Foi a segunda derrota dos Leafs na temporada e ambas pelo mesmo placar! 

Realmente nossa defesa não está bem, o que tem exigido muito de nossos goleiros. Neste jogo rifamos o disco diversas vezes e erramos muitos passes.

Hoje enfrentamos a ótima equipe do Los Angeles  Kings, que nos fará uma visita.

Go Leafs Goooooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: