Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Auston Matthews’

18/02/2018 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

segunda-feira, 19 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Apenas 24 horas após sofrermos uma derrota contra o Pittsburgh Penguins, já estávamos de volta ao gelo, dessa vez na Little Caesar’s Arena para enfrentar o Detroit Red Wings.

No gol pelos Leafs estava Curtis McElhinney, que tem tido uma excelente temporada como backup de Frederik Andersen. No gol dos Red Wings estava Petr Mrazek.

O jogo foi muito disputado e com chances para ambas equipes. Somente no segundo período foi que Anthony Mantha abriu o placar aos 5m51s, num powerplay para os Red Wings. Os Leafs não se abalaram e aos 07m02s James Van Riemsdyk desviou um chute de Jake Gardiner e empatou o jogo. Apenas 18s depois, aos 07m20s, Mitch Marner fez uma belíssima jogada e, enquanto esperava que Patrick Marleau se posicionasse em frente ao gol, viu Mrazek se posicionando e simplesmente continuou conduzindo o puck, patinando para trás, até que se abriu uma oportunidade de chutar e vencer Mrazek! Viramos a partida!

No terceiro período, a disputa ainda estava muito acirrada e com chances para as duas equipes. Leo Komarov ele uma chance clara de gol e desperdiçou, jogando pra fora. Henrik Zetterberg se posicionou ao lado do gol dos Leafs e nem os defensores, nem McElhinney, viram o capitão dos Red Wings, que recebeu um passe e simplesmente mandou pra rede, empatando o jogo aos 09m17s. Para nossa redenção, Auston Matthews recebeu um passe de William Nylander e marcou, chutando alto, com o puck na rede atrás do travessão, faltando apenas 31s para o término da partida. Os Red Wings ainda tentaram pressionar os Leafs no finalzinho, mas saímos com a vitória e os dois pontos!

Voltamos a vencer, mas precisamos melhorar nossa defesa e parar de perder gols!

Go Leafs Goooooooo

Anúncios

05/02/2018 – Anaheim Ducks @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 06 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após uma derrota contra o Boston Bruins, o Toronto Maple Leafs retornou ao Air Canada Centre para receber a visita do Anaheim Ducks do técnico Randy Carlyle.

O Anaheim Ducks é uma equipe que joga muito fisicamente e é muito rápida, mas isso não deu vantagem à eles no primeiro período, onde Auston Matthews marcou para os Leafs aos 06m32s, num belíssimo wrap-around, aquele gol em que o jogador circula por trás do gol e consegue marcar do lado oposto, vencendo o goleiro adversário na velocidade! Ryan Miller não conseguiu se mover de uma trave à outra a tempo de defender.

Aparentemente Randy Carlyle ajustou bem a equipe dos Ducks nos vestuários, pois a equipe voltou muito melhor no segundo período. Ryan Getzlaf empatou o jogo logo aos 00m43s. William Nylander nos colocou novamente à frente aos 05m52s, após receber um belíssimo passe de Jake Gardiner, que o deixou cara a cara com Miller. Após esse gol, os Leafs ficaram sonolentos no gelo e deixaram Rickard Rakell empatar aos 08m23s e Ondrej Kase virar aos 11m06s em um powerplay. Faltando 06m15s para terminar o período, vimos uma jogada de Corey Perry, não intencionalmente, acabar retirando Frederik Andersen da partida. O goleiro dos Leafs acabou tomando um chute na cabeça após defender a tentativa de gol de Perry. Foi um momento tenso pois a entrada de Curtis McElhinney, um tanto frio na partida, sempre traz riscos, mas para nossa sorte, Mitch Marner empatou para nós aos 15m28s, também em powerplay e Leo Komarov virou o jogo aos 17m40s, desviando um chute de Gardiner, fechando o segundo período à frente novamente.

Rakell voltou a marcar, empatando o jogo em 4 gols para cada equipe aos 02m07s do terceiro período, mas a partir desse ponto, os Leafs pressionaram e Nylander voltou a marcar aos 03m28, novamente sozinho em frente à Miller, numa jogada em que um jogador dos Ducks teve o puck bloqueado e Nylander estava no local certo, na hora certa, para não desperdiçar. Após esse quinto gol, os Leafs mantiveram a vantagem no placar até o final com o segundo gol de Auston Matthews aos 16m49s e um gol de Zach Hyman aos 19m06s, já em Empty Net.

Aparentemente Freddie está bem, de acordo ao que Mike Babcock informou depois da partida, mas vai ser reavaliado nos treinos de hoje. Curtis McElhinney entrou e jogou bem, como vem fazendo quando necessitamos dele.

Nosso próximo jogo será amanhã, em casa, contra o Nashville Predators de P. K. Subban.

Go Leafs Goooooooo

31/01/2018 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 01 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após o All-Star Weekend, as equipes voltam ao gelo e o New York Islanders, que perdeu para o Florida Panthers na noite anterior, foi à Toronto enfrentar os Maple Leafs.

A equipe do Toronto Maple Leafs estava desfalcada de dois dos seus mais experientes defensores, Ron Hainsey e Roman Polak. Devido a isso, Mike Babcock chamou Justin Holl do Toronto Marlies, somente três horas antes do jogo!

Neste jogo, que os Leafs tinham um camarote com a presença dos pais dos jogadores, a equipe jogou de forma perfeita. Controlamos jogo desde o início e Frederik Andersen, a defesa e o ataque dos Leafs foram muito efetivos.

Kasperi Kapanen marcou o primeiro dos Leafs aos 05m37s do primeiro período, vencendo Thomas Greiss, após um rebote do goleiro dos Isles. Auston Matthews deixou mais um gol seu em partidas consecutivas, após Zach Hyman ter o puck roubado por Greiss e o puck sobrar para Matthews mandar por cima da luva de Greiss aos 13m39s.

O segundo período viu os Leafs manterem a liderança e ampliar com o gol de Mitch Marner aos 10m32s. Travis Dermott, que jogava seu décimo jogo na NHL, finalmente marcou o seu primeiro gol na liga. Foi especial, pois foi seu primeiro gol e marcado na presença do seu pai e jogando em frente à torcida em Toronto! Dermott roubou o puck do jogador dos Isles que estava saindo da zona de defesa, passou para William Nylander e patinou até à frente do gol para receber o passe e desviar o puck, vencendo Greiss aos 18m59s do segundo período.

No início do terceiro período foi a vez de Justin Holl também marcar seu primeiro gol na NHL, aos 03m42s, após ir ao ataque de forma veloz e bater Greiss por entre as pernas.

Que marco especial! Ter dois dos nossos mais jovens defensores marcando o primeiro gol na liga, no mesmo jogo, com os Leafs jogando de forma inteligente e não deixando os Isles marcarem, para o quarto shutout de Freddie na temporada. Os Leafs deram um total de 50 chutes ao gol de Thomas Greiss e Freddie recebeu e defendeu todos os 28 chutes dos Isles.

Foi uma noite onde a juventude dos Leafs brilhou! E Dermott dedicou o gol ao seu pai, Jim, ao final do jogo!

Hoje à noite vamos à New York, enfrentar os Rangers!

Go Leafs Gooooo

25/01/2018 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

quinta-feira, 01 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Mesmo cansados, após a vitória na prorrogação contra o Chicago Blackhawks, o Toronto Maple Leafs viajou para Dallas no último jogo antes do All Star Weekend.

Os Leafs jogaram muito bem e Curtis McElhinney, que não jogava a muito tempo, teve uma performance muito importante para nos ajudar contra o Dallas Stars.

Nazem Kadri abriu o placar aos 15m50s do primeiro período, vencendo Ben Bishop.

O segundo período viu Zach Hyman marcar aos 01m55s e Kadri aos 09m29s, no powerplay, deram mais conforto ao time visitante. Tyler Seguin diminuiu a vantagem aos 17m43s, tentando dar uma esperança ao time da casa.

Auston Matthews também deixou o dele aos 02m38s do terceiro período, fechando o placar e a vitória dos Leafs.

Que ótimo resultado para os Leafs fecharem a jornada antes do All Star Break, que é um marco na temporada, pois é o momento em que as equipes definem se brigam pelos playoffs, ou se começam a se desfazer de jogadores para preparar a equipe para a próxima temporada.

Go Leafs Goooooo

22/01/2018 – Colorado Avalanche @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 23 janeiro 2018 Deixe um comentário

O Colorado Avalanche foi à Toronto visitar o Toronto Maple Leafs buscando a décima vitória seguida. A equipe parece ter mudado muito após a saída de Matt Duchene, mas também pode ser apenas uma coincidência.

Os Leafs não jogaram mal e levaram muito perigo ao gol de Jonathan Bernier, que está muito bem no gol da equipe de Colorado.

Quem abriu o placar foi Gabriel Bourque, logo aos 02m19s do primeiro período. Bourque se aproveitou de um rebote para vencer Frederik Andersen por entre as pernas.

A reação dos Leafs veio no segundo período onde Patrick Marleau empatou a partida aos 00m19s num belíssimo chute que entrou no canto superior esquerdo do gol de Bernier. Auston Matthews chegou a marcar o gol de empate numa jogada em frente ao gol dos Avs, mas a jogada foi revisada e ao final, invalidaram o gol, indicando que houve interferência no goleiro. Nem eu, nem Mike Babcock, concordamos com a invalidação do gol, pois não vimos que Matthews tenha impedido Bernier de se movimentar, mas a decisão não volta atrás simplesmente por não estarmos de acordo! O próprio Matthews ficou indignado com a decisão e, aos 09m17s, marcou o gol da virada, e a comemoração foi feita apontando para o gol, como fazem os árbitros, validando o gol! Infelizmente Nail Yakupov empatou novamente aos 10m51s.

Continuamos jogando bem, mas Bernier também! Não conseguimos mais vencer o goleiro dos Avs, mas aos 12m17s do terceiro período, Blake Comeau desviou o chute de Carl Soderberg e Freddie não conseguiu defender. Com os Avs à frente do placar, os Leafs tentaram de tudo, mas não marcaram mais em Bernier. Já Gabriel Landeskog ainda marcou mais um, com os Leafs em Empty Net.

A derrota por 4 a 2 é uma daquelas que apesar de nos deixar tristes, não pode nos deixar desesperados, pois a equipe jogou bem e foram detalhes que deram a vitória a uma equipe que está a 10 jogos sem perder, buscando bater o recorde da franquia de 12 jogos! Podemos dizer que foi uma daquelas derrotas normais da temporada. Mas precisamos garantir nossas vitórias pois a classificação pode começar a ficar apertada.

Temos que colocar nossos esforços foçados no próximo jogo, amanhã em Chicago, contra uma equipe muito forte, mas que não está em uma boa fase. Sua classificação é a última de sua divisão, o que é surpreendente para uma equipe que esteve nos playoffs no ano passado.

Go Leafs Goooooooo

20/01/2018 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

segunda-feira, 22 janeiro 2018 Deixe um comentário

Vindos de 4 derrotas seguidas, sendo a última contra o Philadelphia Flyers, que gerou pesados comentários de Frederik Andersen sobre o comprometimento da equipe com a vitória, o Toronto Maple Leafs buscava voltar a vencer e foram à Ottawa, enfrentar o rival de divisão e de Província, os Senators, em mais uma edição da Batalha de Ontário.

Os Senators não estão em boa fase e até mesmo existem boatos de que podem vir a negociar Erik Karlsson.

O primeiro período foi melhor para os Leafs, que abriram o placar com Zach Hyman, aos 07m26s. Os Leafs conseguiram pressionar o Ottawa Senators e o goleiro Craig Anderson. Foram 12 chutes à gol dos Leafs contra apenas 4 dos Sens.

Infelizmente temos visto que os Leafs não conseguem manter lideranças de até mesmo dois gols, quem diria que manteriam de apenas um? Os Senators vieram melhores no segundo período e viraram a partida com gols de Erik Karlsson aos 03m08s, num powerplay, Mike Hoffman aos 07m12s e de Tom Pyatt, num powerplay para os Leafs, aos 18m05s. Foi o segundo gol shorthanded que sofremos em jogos seguidos!

Aparentemente o clima no vestiário dos Leafs foi quente entre o segundo e o terceiro período pois até mesmo o experiente Patrick Marleau acabou discursando para todos ouvirem e o sermão fez efeito, os Leafs voltaram com a faca entre os dentes para o último período. Auston Matthews diminuiu para 3 a 2 com um gol aos 02m53s. Mitch Marner empatou aos 04m21s, em powerplay, numa ótima jogada, vencendo Johnny Oduya na velocidade e controlando o puck em frente à Craig Anderson. Aos 08m58s, Connor Carrick marcou o gol da virada dos Leafs com um forte chute da linha azul! Que jogo!! Ao final os Leafs controlaram a partida e garantiram a vitória.

Erik Karlsson realmente não está em uma boa fase e por vezes acabou sendo batido na velocidade por jogadores dos Leafs, mas continua sendo um jogador que pode decidir a partida!

Os Leafs agora recebem o Colorado Avalanche hoje à noite em Toronto, e esperamos ver o time jogar como no terceiro período em Ottawa!

Go Leafs Gooooooo

06/01/2018 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 08 janeiro 2018 Deixe um comentário

Mais um jogo em casa, dessa vez recebendo o Vancouver Canucks, que está em uma má fase. Era a chance de os Leafs garantirem mais dois pontos, mas o jogo não foi assim tão fácil, como na verdade é o padrão devido ao alto. O el dos jogadores e equipes na NHL.

Jacob Markström teve uma ótima performance, assim como Frederik Andersen e os goleiros fizeram muitas defesas decisivas na partida.

O jogo estava melhor para os visitantes durante o primeiro período, mas apesar disso o Toronto Maple Leafs não deixou de levar perigo ao gol de Markström. Como os goleiros se saíram melhor, não houve gols no primeiro período.

O segundo período veio e os Canucks continuaram melhor até os 10 minutos. Brock Boeser abriu o placar para os Canucks após falha de Connor Carrick aos 02m59s. Os Leafs bem que tentaram, mas novamente não conseguiam vencer Markström!

Veio o terceiro período e o volume de jogo dos Leafs começou a melhorar, mas foram os Canucks que chegaram ao segundo gol aos 06m34s, com Sam Gagner, num powerplay. Quando tudo indicava uma derrota, os Leafs renasceram das cinzas e Auston Matthews marcou para os Leafs, desviando um chute de Zach Hyman aos 08m23s. Depois disso, a apenas um gol do empate, continuamos buscando o gol, que veio aos 12m37s, quando Morgan Rielly deu um passe alto para Tyler Bozak, que dominou o puck ainda na zona neutra e partiu no contra-ataque, sozinho contra Markström, que defendeu o primeiro chute, mas deu rebote, que foi aproveitado por Bozak mesmo, empatando o jogo! A sensação de poder empatar uma partida após estar perdendo por dois gols no terceiro período é muito boa, mas nós dois minutos finais os Canucks dominaram e se não fosse por Freddie, teriam vencido a partida.

Na prorrogação tivemos um lance inusitado quando os Canucks chutaram e o puck bateu numa trave de Freddie, depois na outra trave e saiu. Os jogadores chegaram a comemorar a vitória, mas após revisão, o puck não entrou e o gol não foi confirmado. A decisão viria mesmo no shootout, o segundo seguido dos Leafs.

Mais uma vez Auston Matthews abriu as cobranças e marcou o seu gol. Os Canucks empataram na segunda rodada, com Gagner. Mas Tyler Bozak marcou na terceira rodada e Freddie defendeu o chute dos Canucks, para garantir a vitória de virada!

Vitórias assim dão muita confiança à equipe, que deu a chance ao defensor Travis Dermott de ter seu primeiro jogo na NHL, oportunidade que não foi desperdiçada, pois Dermott marcou seu primeiro ponto, uma assistência.

A partida também teve um lance que retirou Chris Tanev, jogador dos Canucks, do jogo. Tanev acabou sendo acertado na boca por um puck, e não retornou mais. Aparentemente chegou a perder dentes nesse lance!

Hoje recebemos o Columbus Blue Jackets!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: