Archive

Posts Tagged ‘Auston Matthews’

22/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 23 março 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs foi à Columbus enfrentar uma equipe muito forte, que buscava a liderança da NHL, para empatar com o Washington Capitals. O Columbus Blue Jackets vinha de 4 vitórias seguidas e acabaram por não conseguir vencer em casa, num jogo em que os Leafs foram muito aplicados taticamente. 

Aos 08m55s, Nazem Kadri se aproveitou de um erro do defensor dos Blue Jackets e passou para Leo Komarov abrir o placar. Auston Matthews também deixou o dele, o gol de número 33, aos 10m54s, com os Leafs em powerplay. Matthews está a apenas um gol do recorde de um jogador novato nos Leafs, que é de Wendel Clark. Muito provavelmente ele deve passar essa marca com 10 jogos ainda por jogar! 

No segundo período o time da casa voltou com muita energia e logo aos 43s, David Savard marcou para os Blue Jackets que ainda empataram a partida aos 06m58s com Brendan Saad. Os Leafs não se abalaram e continuaram jogando bem até que, aos 13m32s, os Leafs recuperaram o puck na zona defensiva e William Nylander estava na zona neutra em boa posição. Nylander recebeu o passe, controlou o puck e partiu sozinho contra Joonas Korpisalo, que não conseguiu defender o ótimo chute do jogador dos Leafs, que colocou o time de Toronto novamente à frente do placar. 

O terceiro período mal havia começado e Roman Polak cometeu um pênalti “major”, de maior risco ao jogador adversário, e recebeu 5 minutos de penalidade em que Polak não jogaria o restante da partida e os Leafs permaneceriam com um jogador a menos durante os 5 minutos completos. Por um erro, a equipe não colocou ninguém no penalty box, erro que fez com que, após matar os 5 minutos de penalidade, os Leafs ainda permaneceram mais 01m54s com um jogador a menos, pois a partida não havia sido interrompida. Foi um chute de Brian Boyle que foi parar no banco dos Blue Jackets que fez os Leafs voltarem a jogar em 5 contra 5.  Mike Babcock disse que esse erro vai servir para que ele nunca mais o cometa no futuro. Neste período, Nazem Kadri marcou aos 15m46s, numa jogada em que foi analisada a posição dele ao entrar na zona de ataque, mas que confirmou que não houve impedimento, e Nikita Zaitsev marcou aos 17m13s, chutando o puck desde a zona defensiva dos Leafs no gol aberto dos Blue Jackets que já jogavam em Empty-Net, tentando diminuir o placar com um jogador a mais no gelo. 

A vitória dos Leafs foi importantíssima pois foi contra uma equipe muito forte, fora de casa, e os colocou na terceira posição da divisão, passando o Boston Bruins. 

Os Leafs nem terão descanso, pois recebem o New Jersey Devils hoje, em Toronto.

Go Leafs Gooooo

Anúncios

18/03/2017 – Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 20 março 2017 Deixe um comentário

Atualmente classificados para os playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita a forte equipe do Chicago Blackhawks, buscando manter as vitórias e somar pontos.

Os Blackhawks são uma equipe muito bem entrosada e que possui jogadores como Jonathan Toews e Patrick Kane, que podem definir a partida a qualquer descuido da equipe adversária. 

O Toronto Maple Leafs jogou muito bem e conseguiu sair na frente no placar com um gol de Auston Matthews aos 08m25s do primeiro período, num contra ataque onde recebeu um passe de William Nylander e desviou para o gol de Corey Crawford, que não conseguiu defender. Os Leafs conseguiram marcar os jogadores dos Blackhawks e mantinham o controle da partida, com ótima atuação de Frederik Andersen. 

No segundo período os Blackhawks usaram sua experiência e qualidade para pressionar os Leafs. Aos 10m51s, John Hayden marcou o seu primeiro gol na NHL e empatou a partida. 

O terceiro período viu uma disputa mais equilibrada e viu Crawford realizar uma defesa espetacular contra Auston Matthews, onde a defesa foi feita com o taco, mas com a parte que fica atras de mão do goleiro! Impressionante!

O jogo acabou sendo decidido na prorrogação onde James Van Riemsdyk não conseguiu converter um contra-ataque, mas Ryan Hartman se aproveitou da oportunidade que teve, aos 04m43s da prorrogação. Panarin fez uma jogada que por muitos foi considerada como “offside”, o nosso famoso impedimento, pois cruzou a linha azul antes do puck e, depois fez o passe para o gol de Hartman. A jogada foi revista e o gol confirmado. Parece que ele estava controlando o puck e não mais tocou no disco, voltando a fazê-lo após cruzar a linha azul. Enfim, foi uma decisão muito controversa, mas os Blackhawks saíram com a vitória. 

Com o ponto marcado ao empatar no tempo regular, os Leafs se mantiveram na classificação aos playoffs!  

Hoje enfrentamos o Boston Bruins, numa disputa direta pelos playoffs e com Brad Marchand jogando muito bem! 

Go Leafs Gooooo

28/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

quinta-feira, 02 março 2017 Deixe um comentário

Após a notícia de que Brian Boyle agora faz parte da equipe, o Toronto Maple Leafs aguardou o jogador em San Jose, para enfrentar o forte time do San Jose Sharks. Boyle chegou na tarde do dia 28/02 e, para dar espaço no elenco para ele, Frederik Gauthier foi enviado de volta aos Toronto Marlies.

Outro jogador que voltou ao elenco foi Mitch Marner, que reforça o ataque dos Leafs. 

O jogo foi simplesmente eletrizante! A energia e velocidade da partida foram impressionantes! No primeiro período, apesar de sofrer 13 chutes à gol, foram os Leafs que saíram com a vantagem no placar, com o 31º gol de Auston Matthews, num chute que desviou no taco de um jogador dos Sharks e conseguiu vencer Martin Jones aos 06m41s do segundo período, com os Leafs em powerplay.

O time dos Sharks é muito forte e joga muito fisicamente. Eles mantinham total domínio do gelo e circulavam o puck na zona ofensiva, mas eram totalmente parados por Frederik Andersen que jogou de forma espetacular na noite do dia 28! Andersen realizou inúmeras defesas contra o ataque dos Sharks, salvando a equipe de Toronto. Martin Jones também jogava muito bem e não deixou os Leafs dispararem no placar. Houve até uma jogada de Mitch Marner, onde o jovem jogador dos Leafs mostrou seu controle do puck e fez um lindo movimento, antes do chute, mas acabou sendo defendido pelo goleiro dos Sharks. 

Brenden Dillon acabou por empatar o jogo aos 12m17s do segundo período, após uma enorme pressão dos Sharks. Era questão de tempo até o empate, pois os Sharks mandavam no jogo e os Leafs acabavam “rifando” o puck, tendo os passes interceptados, enfim, não jogávamos bem. 

Brian Boyle jogou bem em seu primeiro jogo defendendo os Leafs, vencendo faceoffs, usando seu tamanho e tentando nos ajudar no ataque. Infelizmente para os Leafs, aos 18m33s do terceiro período, Patrick Marleau foi ao ataque sozinho, contra três jogadores dos Leafs, ou seja, sem muita chance de gol, mas a defesa dos Leafs foi toda para cima do Marleau, inclusive Jake Gardiner que perdeu o puck no ataque e permitiu esse contra-ataque aos Sharks, e Marleau conseguiu passar para Tomas Hertl, que chutou de um ângulo bem fechado e conseguiu vencer Andersen. Com apenas 1m23s para o final do período os Leafs partiram para o Empty Net, retirando Frederik Andersen. A tática não funcionou e Joe Pavelski marcou o terceiro gol dos Sharks aos 19m37s, finalizando o placar. 

Não foi um bom jogo dos Leafs, mas nunca é fácil jogar na casa dos Sharks. Hoje temos uma batalha contra os Los Angeles Kings!

Go Leafs Gooo

25/02/2017 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 27 fevereiro 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs bem que tentou de tudo, mas acabaram sendo “varridos” pelo Montreal Canadiens, que venceu todos os 4 jogos disputados nesta temporada. Na verdade os Leafs não vencem os Canadiens a exatos 14 jogos seguidos. Não é um recorde para se orgulhar, mas creio que estamos perto de derrubar mais esse recorde negativo, assim como fizemos com os Bruins! 

Na NHL não existem goleiros ruins, mas Carey Price é um dos melhores do mundo e enfrentá-lo é um grande desafio, pois ele não se desespera, se posiciona muito bem e tem uma reação muito rápida. 

Os Leafs saíram na frente com um gol de Auston Matthews aos 10m54s, com o puck desviando no taco de um jogador dos Canadiens. Só assim para vencer Carey Price.

Apesar de sair na frente e de dar 12 chutes a gol no segundo período, os Leafs sofrerM dois gols, marcados em apenas cinco chutes dos Habs. O gol de empate foi marcado por Max Pacioretty aos 07m29s, em powerplay. O gol da virada dos Habs veio aos 16m21s, com Alex Galchenyuk. Carey Price fez defesas simplesmente inacreditáveis, mantendo o seu time no jogo.

No terceiro período, Auston Matthews novamente marca, empatando o jogo aos 01m19s, agora desviando um chute de Zach Hyman. O jogo ficou disputado até o apito final, mas nenhuma equipe conseguiu vencer Price ou Frederik Andersen.

A decisão veio somente na prorrogação onde, após uma defesa de Price contra Auston Matthews, a equipe dos Canadiens partiu ao ataque em 2 contra 1, com Zach Hyman tentando voltar para marcar Andrew Shaw, mas chegando atrasado. Frederik Andersen saiu do gol para cortar o passe de Tomas Plekanec, mas também chegou atrasado e Shake somente o driblou e chutou no gol aberto! Mais uma vitória dos Habs! 

Andersen deve rever o lance e aprender que se é pra sair do gol, que você tem que garantir que vai cortar o puck, se não, fica no gol!!! Hyman estava chegando no Shaw e também leva parte da culpa pelo gol, pois não deveria ter deixado o jogador dos Habs à sua frente! 

Os Leafs jogaram sem Tyler Bozak, que teve um corte na mão e que infeccionou, e Mitch Marner, mas eles são esperados para voltar na terça-feira! Auston Matthews chegou aos 30 gols na temporada, mesma marca de Patrick Laine e é a primeira vez desde 1963, que as duas primeiras escolhas do Draft marcam mais de 30 gols na primeira temporada na NHL. Na história dos Leafs, é a terceira vez que um novato marca mais de 30 gols, os outros foram Wendel Clark (34 gols na temporada 1985-86) e Daniel Marois (31 gols na temporada 1988-89). 

Os Leafs partem para uma viagem à Califórnia para três jogos, começando com o San Jose Sharks nesta terça-feira, nossa quarta-feira de madrugada.

Estamos num momento crucial na temporada e não podemos nos dar ao luxo de perder pontos preciosos! 

Go Leafs Gooooo

23/02/2017 – New York Rangers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 24 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Jogar na NHL não é nada fácil e jogar contra um time que tem Henrik Lundqvist no gol também não ajuda! A noite foi, com certeza, dos goleiros. Lundqvist e Frederik Andersen fizeram defesas simplesmente decisivas! Espetaculares! 

Apesar de chutar mais ao gol dos Leafs, os New York Rangers ficaram atrás do placar praticamente o jogo inteiro! Connor Brown marcou o gol dos Leafs ainda no primeiro período, aos 10m56s. 

Tanto os Leafs quanto os Rangers tiveram muitas chances de gol, mas os goleiros estavam perfeitos! Houve todo o tipo de tentativa de ambas as partes, mas parecia que Andersen e Lundqvist não queriam deixar entrar mais nada! 

Até que, aos 10m50s do terceiro período, TJ Miller empata o jogo! A partida continuou disputado até os segundos finais do terceiro período. 

A prorrogação viu chances excelentes de gol para ambos os times. Novamente Andersen e Lundqvist fecharam seus gols. Lundqvist defendeu um contra ataque de Auston Matthews faltando apenas 10s para a prorrogação terminar! 

Infelizmente para os Leafs, no shootout, os Rangers foram melhores e marcaram com Zuccarello e Zibanejad, enquanto somente Auston Matthews marcou pelos Leafs. Nylander e Kadri não conseguiram marcar. 

Não foi um bom resultado paramos Leafs, que ganhavam a partida desde o primeiro período, e somente levaram mais um com a derrota no shootout, mas vamos sacudir a poeira e nos preparar para jogar amanhã, contra o Canadiens! 

Go Leafs Gooooo

19/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ Carolina Hurricanes

segunda-feira, 20 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Com a derrota contra o Ottawa Senators ainda fresca na memória da noite anterior, os Leafs voaram para Raleigh, para enfrentar o Carolina Hurricanes na PNC Arena.

Os Canes não estão em uma boa fase e haviam presidindo últimos três jogos. Jogando em casa, era certo que viriam para cima do Toronto Maple Leafs e foi isso que aconteceu. 

Curtis McElhinney teve uma noite espetacular, realizando defesas importantíssimas para manter os Leafs no jogo. Os Canes dominaram os chutes à gol no primeiro período, mas McElhinney foi perfeito! Foi somente no segundo período que os Leafs, com Connor Brown, abriram o placar. Connor Brown venceu o defensor e recebeu um passe de James Van Riemsdyk, atrás do gol de Cam Ward, para marcar aos 01m07s. Aos 09m53s, Auston Matthews foi visto por Jake Gardiner partindo ao ataque e o defensor dos Leafs também percebeu uma mudança de linha dos Canes. Se aproveitando disso, ele mandou o pico de detrás do gol de McElhinney para Auston Matthews já quase entrando na zona ofensiva. Nesse momento a velocidade de Matthews venceu o defensor e ele, mesmo caindo, ainda conseguiu chutar por entre as pernas de Ward. Foi um golaço! Aquele para ver e rever múltiplas vezes! McElhinney foi espetacular no período conseguiu defender não um, não dois, mas quatro chutes seguidos à queima roupa! Foi realmente excelente! 

No terceiro período os Leafs mantiveram a disposição, mesmo vindos de jogo na noite anterior e Jake Gardiner marcou o terceiro aos 06m10s, o que derrubou qualquer esperança de recuperação dos Canes. Aos 08m09s, Connor Brown marca o seu segundo gol e fechando placar em uma vitória por shutout de 4 a 0 e retirando Cam Ward do jogo, substituído por Eddie Lack.

Com a vitória os Leafs passaram o Florida Panthers na quarta posição de sua conferência.  Voltando a ser o segundo Wild Card da conferência Leste, apenas um ponto atras dos Bruins, e um ponto à frente dos Panthers. 

Go Leafs Goooo – Vamos ver se aceleramos nesse final de temporada! 

14/02/2017 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 15 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após pouco mais de uma semana o Toronto Maple Leafs voltou a enfrentar o New York Islanders, dessa vez no Air Canada Centre.

O jogo começou com as equipes empenhadas em vencer pois os Isles estavam apenas um ponto atrás dos Leafs na classificação geral, e disputando diretamente a segunda vaga de Wild Card para os playoffs, portanto foi um jogo chave, valendo 4 pontos.

Frederik Andersen jogou muito bem e manteve os Leafs no jogo com suas defesas. Aos 11m36s, Josh Leivo interceptou um passe do defensor dos Isles e chutou no ângulo esquerdo do goleiro Thomas Greiss, abrindo o placar. O mesmo Leivo havia perdido um gol minutos antes, chutando por cima do gol aberto. Aos 19m28s, Nazem Kadri desviou o chute de Nikita Zaitsev para o gol, aumentando a liderança. 

Com dois gols à frente do placar, os Leafs iniciaram o terceiro período e William Nylander marcou o terceiro dos Leafs após Greiss defender um chute de Roman Polak e o puck bater em sua “caneleira” e ir ao gol aos 09m26s. Jason Chimera acabou recebendo um penalty shot numa jogada em que eu não vi tal penalidade sendo cometida e aproveitou a chance para marcar o gol dos Isles aos 16m55s. 

O último período viu os Leafs dominando e isso se refletiu no placar com gols de Auston Matthews aos 05m41s e 11m51s, Tyler Bozak aos 07m16s e Matt Hunwick aos 15m40s, fechando o placar em 7 a 1 para o Toronto Maple Leafs. Após o sexto gol dos Leafs, Thomas Greiss foi substituído por Jean-Francois Berube, que acabou levando o sétimo gol dos Leafs.

Conseguimos nos manter na zona de classificação aos playoffs e a vitória nos dá mais confiança para os próximos jogos! Hoje, sem muito descanso, recebemos a visita do Columbus Blue Jackets, uma equipe perigosa e bem classificada. 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: