Anúncios

Archive

Posts Tagged ‘Ron Wilson’

Montanha Russa dos Leafs versão 2011-12

quinta-feira, 12 abril 2012 1 comentário

Com a derrota, em pleno Air Canadá Centre, por shutout (sem marcar gols), para o Carolina Hurricanes (27/03), os Leafs foram definitivamente e matematicamente eliminados dos playoffs mais uma vez! Já é o recorde histórico de temporadas consecutivas sem classificação!

Na temporada 2011-2012 vimos o time começar embalado, jogando bem, liderando a conferência, batalhando pelo puck e pelas vitórias e, mesmo apesar de ser um time jovem, conseguindo uma performance digna, que nos levava a acreditar que este ano estaríamos de volta aos playoffs! Nossos goleiros estavam tendo ótima performance, tanto Reimer quanto Gustavsson e até mesmo Scrivens! Phil Kessel, Tyler Bozak e Joffrey Lupul estavam muito bem entrosados. Jake Gardiner demonstrou que realmente é um dos jogadores que veremos em nossa defesa por muito tempo, jogador jovem e promissor, mesmo em sua primeira temporada na NHL! Grabovski também mostrou o seu valor e teve seu contrato renovado. Matt Frattin também chegou com velocidade e habilidade e com os anos será um ótimo ala! Isso sem falar de nossos jogadores em desenvolvimento nos Marlies como Nazem Kadri, Joe Colborne, Korbinian Holzer, Ryan Hamilton, Mike Zigomanis e outros! O time está tão bom que os Marlies devem ser um dos favoritos na disputa da Calder Cup!

Também tivemos alguns reveses! Mike Komisarek não jogou tão bem e ficou, por boa parte da temporada, sem jogar por escolha de Ron Wilson. Nikolai Kulemin teve uma temporada muito fraca, produzindo muito pouco. Clarke MacArthur também ficou muito tempo sem produzir e Dion Phaneuf não tem tido a performance e atuação necessária de um capitão dos Leafs. Tudo bem que o comparamos com Mats Sundin, Doug Gilmour e outros grandes jogadores da história dos Leafs, mas ele teve uma atuação muito apagada.

Apagada também foi a atuação de Ron Wilson no banco dos Leafs e de Brian Burke na Trade Deadline em que enviamos Keith Aulie para os Lightning, obtendo Carter Ashton. E Dale Mitchell foi enviado aos Anahein Ducks numa troca pelo defensor Mark Fraser. Ambas trocas sem efeito imediato nos Leafs!

Nossa temporada foi exatamente inversa à temporada 2010-2011. Terminamos a temporada passada com a esperança de ver a equipe com a performance que tivemos após o final da semana do All-Star Game! Um time que buscou a classificação aos playoffs, mas que fez isso tarde demais! Esta temporada tivemos um time que simplesmente ruiu após o All-Star Game! Goleiros que pareceram se esquecer como se joga e que, do meu ponto de vista, não demonstraram estar incomodados com todos os gols que tomaram! Concordo que muitas vezes acabaram por ficar na mão, sem apoio dos defensores e até mesmo dos atacantes, mas eu diria que muitos dos gols que tomaram, eram defensáveis! Feitos em chutes como os que demos em Cam Ward na derrota citada no início deste post e que foram defendidos! Sei que os jogadores passam por fases boas e ruins mas os Leafs simplesmente implodiram!

Tudo isso sem citar que fomos totalmente liquidados por um dos nossos maiores rivais de divisão, o campeão da Stanley Cup 2010-11, Boston Bruins! Não só perdemos os seis jogos contra eles, como a diferença de placar foi brutal, culminando numa derrota por um placar de oito, isso mesmo, oito a zero! Os Bruins nos dominaram em todos os fundamentos e pareciam jogar contra uma equipe amadora.

Após a saída de Ron Wilson e a contratação de Randy Carlyle, o time não encontrou seu jogo e continuou no caminho das derrotas e o que era uma sexta posição na classificação da Conferência Leste, tornou-se a 26ª ( quinta posição com a tabela de cabeça para baixo) 🙂 ao final da temporada.

Também houve toda a pressão que antecipa o Trade Deadline com jogadores como Grabovski, Schenn, Kulemin, Kadri, e até Phil Kessel e Phaneuf com seus nomes envolvidos em possíveis trocas! Imagina pensar em trocar Kessel que está na sua melhor temporada da NHL, entre os cinco melhores atacantes em número de gols marcados! Quem poderíamos obter para justificar disponibilizarmos um recurso com tal qualidade? Só lembrando que escolhas boas no draft nem sempre se tornam estrelas da NHL!

A pós-temporada deverá ver Brian Burke negociando muito para finalmente levar a equipe aos playoffs! Burke necessita de resultados, caso contrário a cabeça que estará a prêmio será a dele! Quando ele chegou aos Leafs, disse que a equipe necessitava de uma reestruturação e que isso levaria alguns anos, mas apesar de melhorar muito a qualidade dos jogadores disponíveis ou em desenvolvimento na organização, ainda não obteve sucesso, como ele próprio definiu, não se classificando aos playoffs.

Os Leafs que já estão na fila da Stanley Cup desde 1967, agora entraram na fila dos playoffs e estão passando pela pior fase de sua gloriosa história! Cabe a nós torcedores, apesar de toda a tristeza e ânsia de títulos, manter nosso apoio e confiança de que Burke, que tem total capacidade, consiga obter o tão sonhado central para a primeira linha e, talvez, um goleiro ou outros jogadores mais experientes para auxiliar no desenvolvimento de nosso jovem elenco.

Talvez vejamos mais jogadores dos Marlies nos Leafs no próximo ano e, como candidatos temos Nazem Kadri, Ryan Hamilton, Korbinian Holzer, Joe Colborne e Carter Ashton, porém alguns destes nomes podem vir a ser utilizados em trocas para trazer algum jogador mais experiente!

Vamos aguardar e ver o que Burke planeja para a próxima temporada! E, como sempre, Go Leafs Go!

Anúncios

O que acontece com nossos goleiros?

terça-feira, 27 março 2012 3 comentários

Não é de hoje que temos problemas com goleiros. Acompanho os Leafs desde os tempos de Vesa Toskala, e todos sem excessão começam bem e terminam de forma quase que desastrosa.

Não entendo realmente o que acontece, e assim faço esta pergunta, o problema esta nos jogadores? A resposta pode ser “Claro que é, voce não ve os gols que eles tomam?” Pois então é justamente por ver o que eles fazem que estou escrevendo esse post. Lembro-me que na temporada passada escrevi alguns posts sobre as atuações de Gustavsson (O qual eu gosto muito) e relendo alguns deles, eu vejo que as reclamações são praticamente as mesmas que fazemos hoje a Reimer. Se compararmos os dois, eles tem histórias bem parecidas, chegaram com status de promessa, realizando grandes jogos e fazendo belas defesas, porém com o tempo foram se tornando “lentos”, “desatentos”, “displicentes” entre outras caracteristicas que podemos notar, por muitas vezes tomam gols bobos dignos de amadores.

Acredito que a resposta para pergunta feita anteriormente não seja bem a que pensamos, talvez o problema possa ser outro, um que não discutimos e que é mais dificil de se resolver, o problema pode ser técnico. Não estou falando que o problema é Ron Wilson, estou falando da comissão técnica do time da folha azul, aqueles que prestam auxílio, e que tem importancia fundamental em um bom time. Se nossos goleiros cometem os mesmo erros, pode ser que haja erros em seu treinamento, se nossos goleiros não estão entrando com a concentração que devia, ou estão ficando anciosos ou nervosos durante a partida, pode ser um erro da comissão de psicologia, por que não?

Em momentos difíceis assim procuramos sempre um culpado, e assim acabamos encontrando um bode expiatório que nos cega e nos impede de ver a realidade. Um time, ou algum de seus jogadores não podem ter um declinio tão grande como aconteceu com os Leafs essa temporada. É essa instabilidade que deve ser investigada antes de procurarmos possiveis culpados, pois um time tende a ser estável, seja na parte de cima ou de baixo da tabela, e não essa montanha russa que tem sido as temporadas dos Leafs.

Dave Farrish é contratado e agora faz parte do Staff técnico dos Leafs

domingo, 04 março 2012 Deixe um comentário

O staff técnico de Randy Carlyle está completo. Um dia após declarar a contratação de Carlyle, os Leafs anunciaram a contratação de Dave Farrish.

Farrish ganhou a Stanley Cup com Carlyle em Anaheim e foi o mais novo contratado para se junta ao staff técnico já formado por Scott Gordon e Greg Cronin.

Farrish trabalhou sete temporadas auxiliando Carlyle com os Ducks, antes de ser despedido em dezembro.

Ele ten 55 anos e foi um defensor da NHL, com maps de 21 anos de experiência como técnico na American Hockey League – AHL, International Hockey League – IHL e East Coast Hockey League – ECHL.

Seja bem-vindo Farrish!! Que sua experiência e trabalhos anteriores com Carlyle nos auxiliem a melhorar os Leafs e fazer deste time uma das equipes aptas a disputar a Copa Stanley!

03/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 04 março 2012 Deixe um comentário

Após a bombástica notícia que tivemos este final de semana, a demissão de Ron Wilson e contratação de Randy Carlyle, veio o primeiro desafio dos Leafs, uma batalha contra o Montreal Canadiens, no Bell Centre.

Os Leafs necessitavam retornar às vitórias para não apagar as chances de classificação para os playoffs.

O jogo começou com os Leafs nervosos, frente ao novo técnico, querendo mostrar serviço, mas buscando a vitória. Os Canadiens, jogando em frente à sua torcida, tentavam pressionar e, por ataques seguidos, fizeram Jonas Gustavsson mostrar todo seu nervosismo. Primeiro ele não acerta o puck com seu stick, ao tentar jogá-lo na borda do gelo, depois ao tentar para o puck atrás do gol dos Leafs, Gustavsson se atrapalha e cai sozinho, depois houveram algumas saídas do gol, quando os defensores estava acompanhando os atacantes dos Habs. Aos 07m16s, Erik Cole abre o placar para o time da casa, após Matt Frattin e Luke Schenn colidirem, o que deixou Erik Cole sem marcação. Apesar de os Leafs chutarem mais ao gol, os Habs saíram com a vantagem ao final do primeiro período. Gustavsson e Price seguraram os chutes dos adversários, mantendo o placar em somente 1 a 0 para o time da casa.

O segundo período vê os Leafs continuarem melhor que os Habs e o jogo continuar muito físico, mas o gol de empate só vem aos 06m30s, quando num face-off à esquerda do gol de Carey Price, Grabovski e o jogador dos Canadiens não conseguiram mover o puck, um bloqueando o outro, e Matt Frattin se aproveitou, pegou o puck e chutou surpreendendo Price! Alívio para a torcida dos Leafs!

O terceiro período definiu a partida. Os Leafs marcaram duas vezes com Grabovski, aos 11m45s, num contra-ataque, se aproveitando de uma mudança de linha dos Canadiens e, em powerplay aos 19m07s. Finalmente os Leafs voltaram a vencer!

Neste jogo os Leafs buscaram muito o jogo físico contra os Canadiens e foram bem ao ataque. Apesar de Kessel, Lupul e Bozak não marcarem, Frattin e Grabovski deram a vitória aos Leafs, junto com uma ótima apresentação de Jonas Gustavsson que defendeu 21 chutes. Price recebeu 42, dos quais 3 entraram.

Randy Carlile parece ter um estilo mais ativo que Ron Wilson e manteve-se no banco, andando, conversando e orientando os jogadores, anotando posicionamentos e conversando muito com os assistentes.

Nosso próximo jogo é na terça-feira contra os Bruins em Toronto! É a oportunidade dos Leafs voltar a vencer os Bruins, já que ainda não conseguiu nesta temporada.

GO Leafs GO!!!!

Ron Wilson não é mais o técnico dos Leafs

sábado, 03 março 2012 5 comentários

Brian Burke, Presidente e Gerente Geral do Toronto Maple Leafs, anunciou na noite de ontem, 2 de março de 2012, que o técnico Ron Wilson foi dispensado de suas responsabilidades, enfim, foi demitido de seu cargo. No lugar de Ron, como o 28 técnico da história dos Leafs, assume Randy Carlyle. O técnico assistente Rob Zettler tece suas funções alteradas junto aos Leafs.

Contratado pelos Leafs em 10 de junho de 2008, Ron Wilson colecionou 130 vitórias, 135 derrotas, e 45 derrotas na prorrogação em 310 jogos como técnico dos Leafs.

“Esta não foi uma decisão fácil para mim,” disse Brian Burke. “Eu quero agradecer Ron por todo o seu trabalho e dedicação à nossa organização nos últimos 4 anos.”

Randy Carlyle, 55 anos, foi técnico dos Anaheim Ducks por 7 anos. Foi contratado como o sétimo técnico da história dos Ducks em 1 de agosto de 2005 e liderou o time para a sua primeira Stanley Cup em 2007, primeiro campeonato da Divisão Pacífico em 2007 e cinco classificações aos Playoffs.

Carlyle teve o melhor recorde na história dos Ducks com 273 vitórias, 182 derrotas e 61 derrotas na prorrogação em 516 jogos da temporada regular. Os times comandados por Carlyle marcaram no mínimo 98 pontos em 4 de suas 6 temporadas como técnico.

Carlyle torna-se o décimo sexto técnico da história dos Leafs que também jogou pelo time. Ele jogou 94 partidas na defesa dos Leafs entre 1976 e 1978 e marcou 2 gols e 16 assistências.

O Presidente e Gerente Geral do Toronto Maple Leafs, Brian Burke, assim como o novo técnico Randy Carlyle, estarão numa coletiva de imprensa a ser realizada hoje, ao meio dia, horário de Brasília. A coletiva será realizada no salão de conferência do Bell Centre em Montreal.

Fonte: Maple Leafs Official Website

Boa Sorte Ron Wilson! Obrigado por tudo o que tentou realizar com a equipe!

Seja muito bem vindo Randy! Que com você sejamos um time permanentemente cotados como possíveis venfeites da Stanley Cup!

E vamos começar vencendo os Habs hoje à noite!!

Go Leafs Go!!

Colby Armstrong e John-Michael Liles retornam ao elenco!

quarta-feira, 01 fevereiro 2012 Deixe um comentário
Toronto Maple Leafs

Image via Wikipedia

Para o jogo da volta, hoje à noite, contra os Penguins, o técnico Ron Wilson contará com a volta ao gelo de dois importantes jogadores dos Leafs, Colby Armstrong e John-Michael Liles.

Colby retorna de uma concussão sofrida em 17 de dezembro e Liles de uma concussão, que na verdade foi mascarada de contusão no pescoço. Para que eles voltem ao elenco, Nazem Kadri e Keyth Aulie retornaram ao Toronto Marlies, time afiliado ao Toronto Maple Leafs na AHL.

Além de Colby e Liles jogando hoje, quem estará defendendo o gol dos Leafs será James Reimer. Não houve qualquer tipo de substituição de Gustavsson devido ao jogo de ontem, que foi intenso. Gustavsson ficará no banco, só entrando caso Reimer apresente uma performance muito fraca.

Vamos dar o troco hoje hein!!!!

GO Leafs GOOOOOOOOOO

10/01/2012 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

sábado, 14 janeiro 2012 Deixe um comentário

Continuando a sequência de vitórias após a virada de ano, os Leafs receberam os Sabres em Toronto, em busca da quarta vitória seguida.

Este jogo foi decidido ainda no primeiro período  e mais uma vez Jonas Gustavsson foi o goleiro dos Leafs, mantendo-se, conforme a palavra de Ron Wilson de que, se as vitórias continuassem ele manteria o goleiro.

Os Leafs jogaram muito bem, não dando muita chance aos Sabres, se aproveitando de um powerplay, Nikolai Kulemin abre o placar, marcando o seu quinto gol da temporada aos 8m22s. Os Leafs ainda marcariam o segundo com Mikhail Grabovski aos 17m55s.

Nos dois períodos seguintes os Leafs controlaram a partida e Gustavsson não permitiu aos Sabres qualquer chance de diminuir a diferença no placar. Jonas Gustavsson teve o seu segundo shutout em 4 jogos, mantendo os Leafs na coluna de vitórias.

O próximo jogo será contra os Sabres, mas em Buffalo.

GO Leafs GO

%d blogueiros gostam disto: