Arquivo

Posts Tagged ‘Bell Centre’

30/11/2013 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

terça-feira, 03 dezembro 2013 Deixe um comentário

Com a seqüência de derrotas os Leafs necessitam voltar a vencer e enfrentaram o seu rival de conferência, Montreal Canadiens, em pleno Bell Centre.

O Montreal vive um momento totalmente oposto aos Leafs e vem ganhando partidas seguidas.20131130_Leafs@Habs_Banner

O jogo começou com uma penalidade cometida por Carl Gunnarsson aos 20s de partida. Essa penalidade permitiu aos Habs abrir o placar aos 58s, com um gol de Max Pacioretty. Aos 16m13s foi a vez de PK Subban aumentar para o time da casa. Quando os Leafs conseguiam chegar ao ataque, eram parados pela defesa dos Canadiens, ou por Carey Price.

20131130_Leafs@Habs_ScoreCom 2 a 0 no placar, os Habs voltaram bem para o segundo período, e dobraram a vantagem com gols de Thomas Plekanec aos 15m05s e o segundo gol da noite de Max Pacioretty aos 17m22s, este enquanto os Habs estavam em desvantagem numérica. Na jogada, Pacioretty foi ao contra-ataque, sendo marcado por Gunnarsson, que não o impediu de desferir o chute. Poderia ter dado um tranco em Pacioretty, o que não permitiria o chute ao gol de Jonathan Bernier, mas acabou não se utilizando da jogada física. Com 4 a 0 no placar, parece que os Leafs tomaram um susto e acordaram para a partida. Em apenas 22s, marcamos dois gols. O primeiro foi de James Van Riemsdyk, aos 18m10s, num lance em que, quase sem ângulo e com Carey Price em posição de defesa, JVR demonstrou sua habilidade com o puck e deu um tiro certeiro, colocado, sobre o ombro de Price. O segundo gol foi de Mason Raymond, que aos 18m32s, se aproveitou de um rebote de Price e diminuiu a vantagem dos Habs sobre os Leafs.

Logo no início do terceiro período, Phil Kessel teve duas chances de diminuir e, na primeira, com o gol aberto, acabou acertando a trave de Price, mostrando que a sorte não estava ao nosso lado. O restante da partida viu os Leafs tentando reduzir a vantagem dos Canadiens, sem sucesso. O placar final ficou em Leafs 2 x Canadiens 4.

Pela vigésima terceira vez na temporada, com 27 jogos até agora, os Leafs permitiram que o adversário desse mais chutes a gol! Dessa vez a diferença foi pequena, apenas 3 chutes, mas Jogando assim fica muito difícil se manter vitorioso, já que exige muito de seus goleiros e demonstra que a defesa não consegue limpar a jogada dos times adversários, ainda mais quando o ataque não consegue produzir.

O próximo desafio será contra os Sharks, em casa, amanhã. Precisamos muito voltar a vencer e voltar a jogar como em Outubro! Novembro não foi um bom mês para os Leafs.

Será que Bolland está fazendo tanta falta assim aos Leafs!!?!?!?

Go Leafs Go

07/04/2012 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

segunda-feira, 09 abril 2012 1 comentário

O tão esperado último jogo da temporada regular chegou! Infelizmente ambas equipes, ambas canadenses, não têm mais qualquer chance de classificação! Leafs e Habs estão fora dos playoffs e terão uma pós-temporada maior para pensarem nos seus erros e em como melhorar para a próxima temporada.

No jogo anterior os Leafs venceram os Lightning na prorrogação! Mas o time está numa balança onde vencer é claro que é bom, mas afasta o time de uma melhor escolha no draft! Muitos torcedores prefeririam ver o time perder para que tenhamos mais chances de obter a primeira escolha e conseguir “arrebanhar” um jogador mais promissor! Tais torcedores são chamados de Tank Nation, pois querem que o time “afunde” na tabela de classificação a todo custo! Quero deixar claro que respeito, mas não concordo com eles!

Com o último jogo da temporada em casa, no Bell Centre, os Canadiens queriam mostrar serviço e alegria à sua devota torcida e começaram a partida com muita energia e muitos trancos! Aos 3m11s os Leafs estavam em powerplay com 5 jogadores contra 3 dos Habs, já que Blake Geoffrion e Josh Gorges cometeram penalidades! Mas quem se aproveitou da situação foram os próprios Habs. Tomas Plekanec se aproveitou de um erro de Jake Gardiner e partiu para o gol de Ben Scrivens, marcando o primeiro gol da partida! Os Leafs tomaram o seu primeiro gol dos Habs, na história da franquia, em vantagem numérica de 2 jogadores! Essa é mais uma marca negativa para os Leafs na temporada!
O segundo período viu Max Pacioretty aumentar logo aos 1m18s! E todas as tentativas dos Leafs eram paradas por Peter Budaj, substituindo Carey Price, contundido.
Somente no terceiro período os Leafs pareceram acordar e o capitão, Dion Phaneuf, marcou o gol de honra do time visitante aos 25s, num fortíssimo chute da blue line! O jogo estava a apenas um gol do empate, mas o placar de 2 a 1 não durou muito e aos 04m07s, Erik Cole aumenta novamente para os Habs! Os Leafs tentaram correr atrás do prejuízo, mas não demonstraram ânimo para tal! Tanto que aos 18m02s, com os Leafs já sem goleiro, o time partiu ao ataque com um atacante adicional e, num chute que ficou em disputa em frente ao gol de Budaj, Brad Staubitz isolou o puck e, por sorte, o puck cruzou todo o rink e acabou no fundo do gol dos Leafs! Placar final: derrota para os Habs por 4 a 1!

Com isso, os Leafs terminaram em 25 lugar na classificação geral! Isso nos dá poucas chances de conseguir a primeira escolha do draft, mas ainda há chances! A loteria que define de quem serão as primeiras escolhas do draft ocorrem amanhã, 10/04!! Boa sorte aos Leafs!!

Go Leafs Go

03/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 04 março 2012 Deixe um comentário

Após a bombástica notícia que tivemos este final de semana, a demissão de Ron Wilson e contratação de Randy Carlyle, veio o primeiro desafio dos Leafs, uma batalha contra o Montreal Canadiens, no Bell Centre.

Os Leafs necessitavam retornar às vitórias para não apagar as chances de classificação para os playoffs.

O jogo começou com os Leafs nervosos, frente ao novo técnico, querendo mostrar serviço, mas buscando a vitória. Os Canadiens, jogando em frente à sua torcida, tentavam pressionar e, por ataques seguidos, fizeram Jonas Gustavsson mostrar todo seu nervosismo. Primeiro ele não acerta o puck com seu stick, ao tentar jogá-lo na borda do gelo, depois ao tentar para o puck atrás do gol dos Leafs, Gustavsson se atrapalha e cai sozinho, depois houveram algumas saídas do gol, quando os defensores estava acompanhando os atacantes dos Habs. Aos 07m16s, Erik Cole abre o placar para o time da casa, após Matt Frattin e Luke Schenn colidirem, o que deixou Erik Cole sem marcação. Apesar de os Leafs chutarem mais ao gol, os Habs saíram com a vantagem ao final do primeiro período. Gustavsson e Price seguraram os chutes dos adversários, mantendo o placar em somente 1 a 0 para o time da casa.

O segundo período vê os Leafs continuarem melhor que os Habs e o jogo continuar muito físico, mas o gol de empate só vem aos 06m30s, quando num face-off à esquerda do gol de Carey Price, Grabovski e o jogador dos Canadiens não conseguiram mover o puck, um bloqueando o outro, e Matt Frattin se aproveitou, pegou o puck e chutou surpreendendo Price! Alívio para a torcida dos Leafs!

O terceiro período definiu a partida. Os Leafs marcaram duas vezes com Grabovski, aos 11m45s, num contra-ataque, se aproveitando de uma mudança de linha dos Canadiens e, em powerplay aos 19m07s. Finalmente os Leafs voltaram a vencer!

Neste jogo os Leafs buscaram muito o jogo físico contra os Canadiens e foram bem ao ataque. Apesar de Kessel, Lupul e Bozak não marcarem, Frattin e Grabovski deram a vitória aos Leafs, junto com uma ótima apresentação de Jonas Gustavsson que defendeu 21 chutes. Price recebeu 42, dos quais 3 entraram.

Randy Carlile parece ter um estilo mais ativo que Ron Wilson e manteve-se no banco, andando, conversando e orientando os jogadores, anotando posicionamentos e conversando muito com os assistentes.

Nosso próximo jogo é na terça-feira contra os Bruins em Toronto! É a oportunidade dos Leafs voltar a vencer os Bruins, já que ainda não conseguiu nesta temporada.

GO Leafs GO!!!!

%d blogueiros gostam disto: