Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Morgan Rielly’

10/01/2018 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 12 janeiro 2018 Deixe um comentário

Apesar de estarmos jogando em casa, os resultados não estão sendo muito bons: uma derrota, duas vitórias no shootout, uma derrota na prorrogação e ontem, uma derrota no temporada regular.

O Toronto Maple Leafs recebeu na noite de ontem o Ottawa Senators para mais uma Batalha de Ontário. Os Sens haviam perdido feio na noite anterior, para os Blackhawks, por 8 a 2 e, tendo jogado na noite anterior, poderiam estar menos descansados que os Leafs, mas ao final, acabaram levando a melhor por erros do time da casa e pela ótima atuação de Craig Anderson!

Realmente os Leafs não jogaram mal e levaram muito perigo ao gol de Anderson, que levou 48 chutes ao seu gol e somente permitiu 3 deles acabarem na rede. Frederik Andersen também fez ótimas defesas, mas acabou sofrendo o primeiro gol, num chute de Thomas Chabot que Roman Polak acabou desviando para o gol com seu patins aos 11m26s do primeiro período.

Nem bem começou o segundo período e os Senators aumentaram a liderança com Mike Hoffman aos 01m52s. Mesmo com dois gols de desvantagem, o Toronto Maple Leafs continuou tentando pressionar e chegou ao empate com um gol de Andreas Borgman, aos 18m10s, quando seu chute desviou em Matt Duchene e Anderson acabou sem tempo de reação para defender.

No terceiro período, James Van Riemsdyk marcou o gol mais bonito da partida aos 00m54s, quando recebeu um passe em frente ao gol de Craig Anderson, dominou o puck, o passou por entre as pernas, mas viu o disco ser defendido, continuou dominando o puck e marcou o gol antes da chegada de dois jogadores dos Sens. Estávamos dois gols atrás e empatamos! Podíamos pensar que o momento era nosso, mas pouco tempo depois, aos 02m15s, Gabriel Dumont foi ao ataque, chutou o puck na parede atrás do gol de Freddie e o puck voltou saltitante de forma aleatória. Freddie não conseguiu acertar o puck com seu stick e Roman Polak e Frederik Gauthier não chegaram à tempo de impedir o chute de Dumont, que colocou os Sens de volta à frente do placar. Novamente buscamos o ataque e Morgan Rielly desferiu um potente chute para empatar a partida aos 12m28s. Infelizmente, o mesmo Rielly, ao tentar interceptar um passe dos Senators no contra-ataque, acabou acertando o vento e deixando o ataque dos Sens em 3 contra 1, que levou ao gol da vitória, marcado por Tom Pyatt aos 16m55s. Ainda assim pressionamos os Sens, em Empty Net (sem goleiro), faltando 02m22s para o final e, faltando apenas 8 segundos, JVR teve seu chute defendido pelo goleiro dos Sens, após muita confusão em frente ao gol!

Foi a segunda vitória da temporada para os Senators sobre os Leafs e a quinta seguida no Air Canada Centre! Precisamos mudar isso e teremos uma chance no dia 20 em Ottawa!

É frustrante ver a equipe jogar bem, mas não conseguir marcar gols no adversário! É ainda mais frustrante ver a equipe empatar e acabar cedendo o gol da vitória em um erro de sua defesa. Agora, só retornamos ao gelo na próxima terça-feira, ainda no Air Canada Centre, contra os St. Louis Blues.

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

06/12/2017 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 07 dezembro 2017 Deixe um comentário

Voltando pra casa após uma boa viagem ao oeste canadense, onde vencemos dois de três jogos, recebemos o Calgary Flames, um dos times que vencemos na semana passada.

Pra variar o Toronto Maple Leafs começou o jogo de forma preguiçosa e não conseguimos nos impor. Os Flames por sua vez, pressionavam e levavam muito perigo a Frederik Andersen. Numa penalidade cometida por Matt Martin, Mark Giordano e os Flames não desperdiçaram a oportunidade e abriram implicar aos 10m37s. Apesar de estarem atrás do placar, os Leafs não conseguiam reagir, mesmo em powerplays.

Voltamos melhor no segundo período e começamos num powerplay de quase dois minutos, mas que não aproveitamos. Jogávamos bem, mas quem também jogava bem era Mike Smith, goleiro dos Flames. Smith fez ótimas defesas impedindo o gol de empate, até que Morgan Rielly conseguiu chutar ao gol de Smith, após um desvio inesperado do puck, que deixou Smith e a defesa dos Flames fora de posição, marcando o tão esperado gol de empate aos 18m47s. O gol deu um alívio aos Leafs que ainda tinham o terceiro período para ganhar a partida em casa.

Entretanto o terceiro período foi dominado pelos Flames, que chutaram muito e exigiram muitas defesas de Freddie. Os Leafs até tiveram momentos bons, com Patrick Marleau acertando a trave, mas os últimos segundos do período viu os Leafs quase perderem a partida com a pressão exercida pelos Flames, mais uma vez, Freddie estava lá, sólido e bem posicionado.

A prorrogação entre duas equipes com jogadores habilidosos e rápidos sempre é emocionante e esta foi simplesmente “insana”. Com dois minutos de prorrogação já haviam chances das duas equipes terem definido a partida, mas ou os goleiros defendiam os bons chutes, como um de Johnny Gaudreau que driblou toda a defesa dos Leafs, quanto uma jogada dos Leafs que deixou Gardiner chutar à queima-roupa em Mike Smith. A decisão foi levada ao shootout.

Os Leafs começaram melhor, com Auston Matthews abrindo o placar e nos colocando à frente. Na segunda rodada, os Flames empataram com Hathaway. Marleau não conseguiu marcar na terceira rodada e deu a chance de vitória aos Flames, que também chutaram para fora. A decisão veio com William Nylander que marcou um belíssimo gol na quarta rodada!

Foi uma vitória suada, onde não jogamos bem, mas com uma performance invejável de Freddie, que defendeu o total de 47 chutes à gol e, atualmente é o goleiro que mais defesas realizou na temporada, o que mostra que os Leafs são uma equipe que permite aos adversários muitos chutes.

No sábado visitaremos Sidney Crosby e Phil Kessel em Pittsburgh, onde tentaremos manter nossas vitórias, contra os Penguins!

Go Leafs Goooo

02/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 novembro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória contra o Anaheim Ducks, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Los Angeles Kings. 

Nosso primeiro período foi um desastre e podemos dizer que demos um tiro no próprio pé.   E não foi culpa do Curtis McElhinney. O time estava jogando bem, mas Jake Gardiner acabou por tropeçar e cair perdendo o controle do puck, oportunidade que os Kings não desperdiçaram. Michael Amadio abriu o placar com o seu primeiro gol na NHL aos 02m34s do primeiro período. Pouco depois, aos 04m58s, Mike Cammalleri marcou o segundo dos Kings num powerplay. O terceiro gol dos Kings veio num erro triplo de Nazem Kadri que por três vezes teve a oportunidade de limpar o puck da área defensiva dos Leafs, mas acabou perdendo o puck, que foi cruzado para Trevor Lewis marcar aos 19m24s. Foi um período para esquecer.

O segundo período viu Tyler Toffoli marcar duas vezes aumentando o placar para 5 a 0. Somente no final do período, Auston Matthews venceu Jonathan Quick num penalty shot aos 17m50s. Morgan Rielly também marcou, faltando apenas 1,5s para o fim do período, dando uma esperança para os Leafs no terceiro período. Quick ficou muito irritado e quase quebrou seu taco no travessão após o gol de Rielly! 

O problema é que o terceiro período só tinha 20 minutos e, todos os erros que os Leafs cometeram no primeiro período, não conseguiram ser remediados. Somente Connor Brown marcou aos 08m00s.

Durante o jogo, Auston Matthews teve outra oportunidade de marcar num penalty shot, mas acabou chutando acima do gol de Jonathan Quick. 

O próximo jogo será amanhã, em St. Louis!

Go Leafs Gooooo 

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs – 23/09/2017 – Pré-Temporada

terça-feira, 26 setembro 2017 Deixe um comentário

O próximo jogo de preparação do Toronto Maple Leafs, após duas derrotas para o Ottawa Senators, foi contra o Buffalo Sabres. O jogo foi realizado no Ricoh Coliseum, casa do Toronto Marlies.

Neste jogo os Leafs não deram a mínima chance para os Sabres, e venceram por 3 a 0, com gols de Morgan Rielly, Leo Komarov e William Nylander.

Foi a primeira vitória dos Leafs na pré-temporada e a equipe parece estar entrando nos eixos, comandada por Mike Babcock.

Go Leafs Gooooo

15/04/2017 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals – NHL Playoffs 2017 – 1a rodada -Jogo 2

domingo, 16 abril 2017 Deixe um comentário

Após ser derrotado com um gol de Tom Wilson na prorrogação do jogo 1, o Toronto Maple Leafs retornou ao gelo no Verizon Center, para o jogo 2 da série contra o Washington Capitals.

A equipe continuava sem o defensor Nikita Zaitsev, ainda se recuperando de uma contusão sofrida no último jogo da temporada regular, contra o Columbus Blue Jackets. 

Os Leafs mostraram aos Capitals que não possuem experiência nos playoffs da NHL, mas têm vontade e velocidade para jogar de igual para igual com os Caps. 

O primeiro período viu os times voltando ao gelo com um jogo muito físico, mas viu os Leafs saírem na frente no placar novamente, com um gol de James Van Riemsdyk aos 17m34s. 

O segundo período viu os Caps empatarem com Alexander Ovechkin aos 03m47s, num powerplay. E viu John Carlsson virar o placar aos 11m06s, também num powerplay. Os Leafs têm sido vítimas de si mesmo e deixado lideranças no placar serem perdidas, mas a equipe não se dá por vencida. Aos 14m25s Kasperi Kapanen se posicionou em frente ao gol de Brayden Holtby e conseguiu vencer o ótimo goleiro dos Caps, empatando a partida. Ainda perto do final do período, os Leafs ganharam um powerplay e não desperdiçaram. Morgan Rielly colocou os Leafs à frente aos 19m46s, num chute da linha azul, no meio do tráfego de jogadores em frente a Holtby. 

Infelizmente Roman Polak acabou contundido numa jogada em que levava o puck ao ataque e recebeu um hit de Brooks Orpik, que o fez girar no ar e acabar caindo com mal jeito em cima de seu pé direito! Essa contusão tirou Roman Polak do elenco dos Leafs pelo restante da temporada. Obrigado Polak por tudo o que fez e pela sua importância na defesa dos Leafs até aqui! 

O terceiro período foi de muita emoção com os Leafs sendo defendidos por Holtby em suas tentativas de chegar a mais um gol e com os Caps buscando o empate, que chegou aos 12m39s, num ataque que dominou a defesa dos Leafs por mais de um minuto, não deixando os Leafs trocarem de linha. Niklas Backstrom acabou marcando após ver o puck chutado por Dimitri Orlov sobrar para ele após Jame Gardiner não dominar o disco. 

O jogo empatado foi à prorrogação e não bastou uma para definir o vencedor. As equipes trocaram inúmeras chances de gol e disputavam cada ataque como sendo o vencedor! Os goleiros estavam espetaculares na noite e negavam cada chute dos atacantes! Frederik Andersen foi excepcional e manter os Leafs no jogo simplesmente fechando o gol! 

Somente na segunda prorrogação, aos 11m53s Brian Boyle dominou o puck e foi para trás do gol de Holtby, que esperando que ele desse a volta, se posicionou do outro lado, quando Boyle escutou Kasperi Kapanen gritando, pedindo o puck. Boyle passou para trás e Kapanen chutou no gol aberto, dando a vitória aos Leafs!! 

A série está empatada e continua amanhã em Toronto, no Air Canada Centre, com toda a torcida apoiando!

Go Leafs Gooooooo – Se os Capitals foram os melhores da temporada regular, vão ter que mostrar isso nos playoffs para passar pelos Leafs! 

%d blogueiros gostam disto: