Arquivo

Posts Tagged ‘Phil Kessel’

Kasperi Kapanen retorna ao Pittsburgh Penguins

sábado, 05 setembro 2020 Deixe um comentário

Kasperi Kapanen foi draftado pelo Pittsburgh Penguins na primeira rodada, escolha geral 22, em 2014 e, em 2015 foi usado para a troca que envolveu a saída de Phil Kessel dos Leafs.

Os Leafs anunciaram em 25 de agosto de 2020 que Kapanen retorna aos Penguins numa troca envolvendo vários jogadores e uma escolha de primeira rodada deste ano. Os Leafs recebem a escolha de primeira rodada de 2020, escolha de número 15, os atacantes Evan Rodrigues e Filip Hallander e o defensor David Warsofsky em troca de Kasperi Kapanen, Pontus Aberg e o defensor Jesper Lindgren.

Essa troca acaba dando uma maior chance para Kapanen nos Penguins, onde ele poderá jogar mais tempo nas linhas mais altas do ataque do time de Pittsburgh, afinal nos Leafs era difícil competir com Nylander, Marner, Matthews, Tavares, e Kapanen acabava sem muito espaço no elenco.

Para os Leafs podemos considerar que Nick Robertson pode ser um substituto mais barato para os 3.2 milhões de dólares de salário de Kapanen e os Leafs ainda conseguiram abrir espaço no Teto Salarial (Cap) além de trazerem Hallander, um jogador que pode vir a se desenvolver e fazer parte do time principal! Evan Rodrigues já tem quase 200 jogos na NHL e pode ajudar o elenco dos Leafs de alguma forma. Warsofsky deve acabar mesmo ajudando o Toronto Marlies.

Essa foi a primeira negociação de Kyle Dubas após a derrota dos Leafs que encerraram a temporada 2019-20! Existem ainda muitos outros rumores, como o interesse do Carolina Hurricanes por Frederik Andersen e a necessidade dos Leafs de melhorarem sua defesa! Assim, ainda veremos muitas outras negociações de Dubas nesta off-season!

Go Leafs Goooooo

Sempre com emoção, um pouco de humilhação e muita frustração!

sexta-feira, 07 agosto 2020 Deixe um comentário

O terceiro jogo da série de Playoffs Qualifiers entre o Toronto Maple Leafs e o Columbus Blue Jackets acabou de acabar e, apesar de saber que os Leafs não estão eliminados, ainda, é frustrante assistir a um jogo onde chegamos a abrir três gols de vantagem e simplesmente demos o jogo como ganho!

Se você não assistiu ao jogo, foi exatamente isso que aconteceu. Começamos jogando bem e controlando o Columbus Blue Jackets e abrimos o placar com um gol do Cody Ceci, shorthanded! Tudo parecia estar indo bem! O segundo foi marcado por William Nylander, após um belíssimo passe de Mitch Marner, que por muitas vezes no jogo parecia perdido, e o terceiro foi marcado pelo novato Nick Robertson, o primeiro dele na NHL.

Com três gols à tarde frente do placar e jogando melhor, bastava administrar a partida, mas não foi isso que ocorreu. Os Leafs tiraram os patins e colocaram salto alto. Esqueceram que a vitória só vem após 60 minutos de hóquei! Deixaram o Columbus diminuir com Seth Jones e depois, para o enlouquecimento de qualquer torcedor dos Leafs, empatar com dois gols de Pierre Luc Dubois, que levou o jogo pra prorrogação e, na prorrogação, após um vacilo de John Tavares, Dubois vence Freddie e garante a vitória dos Blue Jackets, marcando 2 a 1 na série e colocando os Leafs de costas contra a parede, pois agora não pode mais perder, senão é eliminado e pode ir pra casa, saindo da bolha da NHL em Toronto!

Isso que acontece com esse time é inaceitável e já vem de muito tempo! Já foram trocados o Presidente, o General Manager, o Técnico, os assistentes, vários jogadores como JVR, Bozak, Kadri, Kessel, Phaneuf e outros, mas parece que os Leafs possuem um bloqueio que não deixa eles jogarem os 60 minutos!

Sr. Kyle Dubas, uma ação tem que ser tomada, pois não é falta de capacidade, muitas vezes parece falta de vontade, displicência, molecagem …

O que nos resta é colocar toda a esperança no jogo desta sexta-feira e ver se o time corresponde no gelo e não se deixa ser eliminado! Temos total condição de vencer os dois últimos jogos contra o Columbus, mas temos que mudar nosso jogo, nossa vontade, nossa aplicação no gelo, nossos bits e etc., até mesmo para que Jake Muzzin possa voltar para a primeira rodada dos Playoffs!

Como torcedores, estaremos suportando a equipe amanhã, mas com o coração apertado e muito ansioso por um empate na série!

Go Leafs Goooooo – mas durante todos os 60 minutos da partida!

17/10/2015 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

segunda-feira, 19 outubro 2015 Deixe um comentário

Após uma convincente vitória sobre o Columbus Blue Jackets na noite anterior, os Leafs foram a Pittburgh enfrentar os Penguins de Sidney Crosby, Evgeni Malkin e também de Phil Kessel! Foi o primeiro encontro entre os Leafs e Kessel, agora defendendo lados opostos!

Esta temporada ainda não começou para Sidney Crosby e Phil Kessel, que até agora não marcaram pontos. Este jogo também não os ajudou nisso.

Os Leafs começaram com Jonathan Bernier no gol. O goleiro dos Leafs não está tendo um bom início de temporada e nos seus últimos dois jogos permitiu um gol ao time adversário no primeiro chute recebido. Bernier ainda não havia ganho nenhum jogo nesta temporada, mas como James Reimer jogou na noite anterior, Bernier teve mais uma chance para mostrar que é o goleiro titular dos Leafs. Mais uma vez, para o total desespero da Leafs Nation, ele não conseguiu começar bem a partida e sofreu dois gols em apenas 39 segundos. O primeiro gol foi marcado por Evgeni Malkin aos 05m49s, após receber o puck na zona neutra e passar com velocidade por Mark Arcobelo, e aos 06m28s, Olli Maatta ampliou o placar. Os Leafs ainda chegaram ao primeiro gol aos 13m09s, quando Jake Gardiner chutou forte e Leo Komarov desviou levemente para o fundo do gol de Marc-Andre Fleury. Este gol havia sido dado a Jake Gardiner, o que causou confusão entre os fãs, após mudarem para Leo Komarov que, agora, marcou os três últimos gols dos Leafs na temporada.

Nos outros dois períodos os Leafs até tentaram reagir, mas apesar do esforço creio que faltou energia por ter jogado na noite anterior.

O próximo jogo é na quarta-feira em Buffalo! 

Go Leafs Go

Phil Kessel agora é dos Penguins

terça-feira, 07 julho 2015 Deixe um comentário

Pittsburgh Penguins adquiriu o atacante Phil Kessel dos Toronto Maple Leafs na última quarta-feira numa troca envolvendo seis jogadores e escolhas de draft.

English: Phil Kessel smiles for the crowd at t...

Kessel, o atacante Tyler Biggs, o defensor Tim Erixon e uma escolha de segunda rodada no Draft de 2016, foram para Pittsburgh em troca do defensor Scott Harrington, atacantes Kasperi Kapanen e Nick Spaling e as escolhas de primeira e terceira rodadas dos Penguins de 2016. Adicionalmente Toronto reterá $1.25 milhões de dólares por ano do salário de Phil Kessel.

Kessel, que marcou 25 gols em 82 jogos na última temporada, possui contrato por mais sete temporadas com um peso de $8 milhões de dólares no teto salarial.

Os Penguins estavam procurando por um ala para jogar nas suas duas melhores linhas com Sidney Crosby ou Evgeni Malkin. Kessel já teve cinco temporadas marcando mais de 30 gols e possui 227 gols em 668 jogos, incluindo 181 gols pelo Toronto nas últimas seis temporadas jogando com Tyler Bozak.

Erixon dividiu seu tempo entre três equipes na última temporada: 42 jogos para os  Leafs, Columbus Blue Jackets e Chicago Blackhawks. Ele marcou dois gols e sete pontos e, nas quatro temporada que está na NHL, marcou 14 pontos em 93 jogos de temporada regular.

Biggs, a escolha geral 22 no Draft da NHL de 2011, marcou sete gols e 39 minutos de penalidade em 57 jogos com o time afiliado aos Leafs, da AHL, Toronto Marlies, na última temporada.

Kapanen, 18 anos, foi a escolha de primeira rodada dos Penguins (No. 22) no Draft da NHL de 2014. Harrington, 22 anos, foi a escolha de segunda rodada (No. 54) em 2011.

Harrington jogou em 10 jogos na última temporada e não marcou pontos, mas teve um rating -10 (a equipe sofreu 10 gols a mais do que marcou com ele no gelo). Ele marcou 12 pontos em 48 jogos com o Wilkes-Barre/Scranton da American Hockey League e jogou oito jogos dos playoffs da Calder Cup onde marcou um ponto (assistência).

Kapanen marcou cinco pontos em sete jogos nos playoffs da Calder Cup com o Wilkes-Barre/Scranton na última temporada. Ele marcou dois pontos em quatro jogos da temporada regular depois de ir para a América do Norte ao final de sua temporada na Finlândia.

Spaling, 26 anos, jogou 82 jogos pelos Penguins na última temporada e marcou nove gols e 27 pontos. Na primeira rodada dos playoffs da conferência Leste ele marcou dois pontos contra o New York Rangers em cinco jogos.

Bom … Nos livramos do pesado contrato de Phil Kessel, um jogador brilhante, mas inconstante e que estava sendo muito criticado por parecer muito apático e não ter a faca que a Leafs Nation tanto quer. Com a saída dele, muito provavelmente também negociaremos Bozak. Sem Kessel a equipe fica melhor? Definitivamente não. Não temos mais um ala que marca mais de 30 gols, mas pensando nos planos futuros dos Leafs, creio que foi a decisão acertada.

Os jogadores envolvidos na troca, não fazem muito peso para nenhum dos lados, mas os Leafs conseguiram jogadores novos e, neste fase de reconstrução, poderão usá-los em futuras negociações ou trocas.

Obrigado Kessel pelos últimos seis anos nos Leafs. Até mais. Biggs e Erixon, não conseguiram deixar qualquer impressão nos Leafs e se vai sem que ninguém sinta muita saudade.

Spaling, Kapanen e Harrington, sejam bem vindos!

E continuamos aguardando negociações envolvendo Bozak e principalmente adiou Phaneuf!

06/12/2014 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 10 dezembro 2014 Deixe um comentário

Após a derrota para o New Jersey Devils, quando os Leafs jogaram um jogo sonolento, lento, o próximo adversário seria o Vancouver Canucks, ainda no Air Canada Centre. Os Canucks traziam uma novidade no gol este ano, Ryan Miller, que já deu muitas dores de cabeça aos Leafs quando jogava no Buffalo Sabres.

O jogo começou e os Canucks não se intimidaram, mesmo jogando no Air Canada Centre. Jogavam de igual para igual … e dificultavam a vida do Toronto Maple Leafs. Apesar de tudo Jonathan Bernier e a defesa conseguiam impedir os Canucks de abrir o placar. Aos 15m47s, Jake Gardiner, que havia recebido uma “bronca” de Randy Carlyle, para ir mais ao ataque e levar perigo ao gol adversário, marcou para os Leafs. Menos de um minuto depois, aos 16m32s, Richard Panik marcou o segundo gol dos Leafs. Mesmo assim, os Canucks chutaram mais ao gol dos Leafs, 12 a 10 no primeiro período.

No segundo período os Leafs dobraram a vantagem no placar com gols de Peter Holland aos 04m16s e Joffrey Lupul aos 05m39s. Neste momento os Canucks retiraram Ryan Miller do gol, para o delírio da torcida dos Leafs. Miller foi substituído por Eddie Lack. Já com quatro gols de liderança no placar os Leafs começaram a perder a concentração e permitiram vários powerplays para os Canucks. Mas os Leafs estão defendendo bem os powerplays e não permitiam aos Canucks crescer na partida. Até que aos 15m21s, Daniel Sedin consegue finalmente vencer Jonathan Bernier. Este gol deu uma esperança de reação aos Canucks, mas o segundo período terminou assim, com o placar de 4 a 1 para o time da casa.

Com esperança de reação os Canucks voltaram pressionando no terceiro período e aos 08m45s, Christopher Tanev marcou o segundo dos Canucks. Após este gol os Leafs conseguiram controlar a partida, sem maiores chances aos Canucks e, aos 17m39s, já com o gol vazio, sem goleiro (Empty Net), David Clarkson marcou o quinto gol, fechando o placar.

Grande jogo dos Leafs e, principalmente de Jonathan bernier que efetuou 44 defesas para manter os Canucks somente com dois gols no placar!

Go Leafs Goooooooo

%d blogueiros gostam disto: