Anúncios

Archive

Posts Tagged ‘Peter Holland’

30/09/2016 – Toronto Maple Leafs @ Buffalo Sabres – Pré-temporada

segunda-feira, 03 outubro 2016 Deixe um comentário

Após a derrota nos pênaltis (shootout), os Leafs foram visitar os Sabres e a equipe conseguiu uma vitória indiscutível!

Os Leafs dominaram a partida inteira e terminaram com uma vitória por um placar de 8 a 1! 

Peter Holland e Matt Hunwick marcaram dois gols cada e, William Nylander, Kasperi Kapanen, Jake Gardiner e Rich Clube também marcaram! Frank Corrado teve uma noite muito boa, marcando três pontos, todos assistências! 

Os Leafs continuam se preparando para a temporada e as peças parecem estar encaixando.

Go Leafs Go

Anúncios

Contratações recentes: Connor Carrick, Peter Holland e Frank Corrado

quarta-feira, 27 julho 2016 Deixe um comentário

Os Leafs anunciaram nos últimos dias que fecharam novos contratos com Connor Carrick, Peter Holland e Frank Corrado.

Connor Carrick fechou contrato por dois anos com os Leafs, enquanto Peter Holland e Frank Corrado, que estavam para ir para o processo de arbitragem, quando um juiz independente analisa a questão salarial e define o valor a ser pago ao jogador, pois o clube e o jogador não chegaram a um acordo, fecharam por um ano.

Não sei se Holland e Corrado serão mantidos nos Leafs ou se veremos mais negociações num futuro próximo, afinal, os Leafs podem usá-los para conseguir outros jogadores que possam contribuir mais para a equipe.

Vamos aguardar!

Go Leafs Goooooo

20/02/2016 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 22 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Os Leafs, após a derrota para os Rangers, receberam a visita do Philadelphia Flyers com Jonathan Bernier no gol, contra Steve Mason. 

O jogo começou muito bem para o Toronto Maple Leafs, que abriu o placar com Shawn Matthias em sua primeira atuação da noite no gelo, aos 01m29s. Os Leafs continuaram pressionando até por volta dos 07m00s, quando começaram a jogar realmente mal. Essa queda de qualidade proporcionou as chances que os Flyers acabaram por aproveitar. Aos 08m56s, Sam Gagner empatou para os Flyers. Apenas 39s depois os Flyers viraram o placar com um gol de Jakub Voracek aos 09m35s.

O ataque dos Flyers estava muito bem na noite e Brayden Schenn encontrou o caminho do gol de Bernier aos 00:57s do segundo período, vencendo Bernier por sobre a luva. Este gol acabou por retirar Bernier da partida, trazendo ao gol dos Leafs, James Reimer. Finalmente parece que as coisas melhoraram para os Leafs e aos 11m57s, Nick Spaling marcou seu primeiro gol pelos Leafs com uma assistência de Nazem Kadri. 

Kadri, aliás, estava jogando muitíssimo bem na noite e o gol de empate foi todo criado em uma jogada onde Kadri conduziu o puck a partir da zona defensiva dos Leafs, passou por três jogadores dos Flyers e, no último segundo, passou para Peter Holland marcar o gol de empate, aos 03m16s do terceiro período. Esse gol trouxe ainda mais energia aos Leafs que, logo após um gol anulado dos Flyers por interferência em Reimer, marcou o quero gol, aos 04m32s, com Byron Froese. Os Flyers chegaram a trocar o goleiro, pois Steve Mason sentia dores, e quem passou a defender o gol dos Flyers foi Michal Neuvirth. Infelizmente os Flyers chegaram ao gol de empate com Matt Read aos 05m04s, levando a decisão à prorrogação, que terminou em apenas 29s, quando os Flyers se aproveitaram de um contra-ataque e Shayne Gotisbehere deu o gol da vitória ao time visitante.

Os Leafs jogaram bem, e continuam demonstrando que jogam pela vitória até o fim, muito diferente das últimas temporadas. Esse é o jeito Babcock de jogar e, com certeza, vai trazer muitas alegrias em um futuro próximo!

Go Leafs Gooo

09/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Calgary Flames

quinta-feira, 11 fevereiro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs iniciou um roteiro de jogos fora de casa, enfrentando o Calgary Flames, que acabou por não escalar dois de seus melhores atacantes, Sean Monahan e Johnny Gaudreau, pois eles haviam cometido erros em jogos anteriores. 

Pelos Leafs, o clima estava um pouco estranho após a divulgação de uma negociação envolvendo 9 jogadores com o Ottawa Senators, incluindo o capitão da equipe, Dion Phaneuf. Queira ou não, os jogadores sentem essas negociações pois tiveram relacionamentos de amizade com os jogadores que deixam a equipe. 

No Gol dos Leafs, James Reimer e, pelos Flames, Jonas Hiller.

Num powerplay para os Leafs, Markus Granlund, voltando à equipe dos Flames após alguns jogos sem atuar, marcou o primeiro gol da partida aos 10m40s, com sua equipe em desvantagem numérica, shorthanded, mas os Leafs revidaram em apenas 44s, no mesmo powerplay, aos 11m34s, com Peter Holland. Ao final do período, aos 18m03s, os Flames tiveram um powerplay e voltaram a marcar, dessa vez com Mikael Backlund.

Aos 04m06s, Micheal Ferland amplia para os Flames, no segundo período e Dougie Hamilton ainda marcou o quarto gol dos Flames aos 14m08s. Com 4 a 1 no placar, os Leafs não desistiram e ainda tentaram pressionar os Flames. Isso acabou trazendo resultados. Aos 17m17s, Josh Leivo diminuiu para os Leafs.

No terceiro período a equipe de Toronto voltou muito bem, mas somente conseguiu mais um gol, aliás, um belíssimo gol, marcado por Jake Gardiner que partiu com o puck da zona de defesa, passou pelos jogadores dos Flames e chutou forte, vencendo Jonas Hiller aos 08m37s. Infelizmente a reação dos Leafs acabou por aí e os Flames ficaram com a vitória. 

A equipe pode ter sentido a falta de Phaneuf, mas os Leafs também tiveram os desfalques de James Van Riemsdyk, Tyler Bozak, Joffrey Lupul e Shawn Matthias. 

Hoje, 11/02/2016, enfrentaremos o Edmonton Oilers!

Go Leafs Gooo

23/01/2016 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 26 janeiro 2016 Deixe um comentário

Jogar contra os Canadiens é sempre revigorante e motivante para os Leafs, ainda mais quando o jogo é em casa, no Air Canada Centre, e com os Canadiens vindos de cinco derrotas seguidas! 

Os Leafs entraram muito mal no jogo e não conseguiram dar um chute ao gol de Mike Condon até os 11m35s do primeiro período, quando os Canadiens já haviam chutado 12 vezes ao gol de James Reimer. Um desses 12 chutes abriu o placar para os Habs aos 01m41s, com David Desharnais. Aos 18m33s, Tomas Fleischmann marcou o segundo gol dos Habs deixando os torcedores dos Leafs preocupados, pois a equipe não jogava bem.

O intervalo fez bem aos Leafs que voltaram com mais aplicação à estratégia desenhada por Mike Babcock. Aos 08m14s, num belíssimo contra-ataque, Morgan Rielly conduziu o puck ao ataque e passou na medida para Nazem Kadri diminuir para os Leafs. Um pouco antes, Daniel Carr dos Habs teve um gol revisto e anulado, pois o puck não chegou a cruzar a linha do gol. 

Os Leafs voltaram bem para o terceiro período e Joffrey Lupul empatou aos 04m37s. O time da casa mostra mais uma vez um alto poder de reação. Os goleiros fizeram uma ótima partida e acabaram levando a decisão ao Shootout, após uma emocionante prorrogação! 

No Shootout, Peter Holland abriu o placar no primeiro chute, mas nenhum jogador dos Leafs voltou a marcar o que permitiu que Max Pacioretty empatasse pra os Habs no terceiro chute da equipe e dois chutes depois, Lars Eller marcasse mais um para dar a vitória aos Canadiens! 

Os Leafs necessitam melhorar no Shootout e não dá pra culpar Reimer dessa derrota! 

Segundo Babcock, os Leafs tiveram um dia de descanso na sexta-feira antes do jogo, mas isso não deve se repetir tão breve. 

Os Leafs vão à Flórida enfrentar os Panthers hoje à noite!

Go Leafs Gooooo

07/01/2016 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 08 janeiro 2016 Deixe um comentário

Sem muito tempo para descansar o Toronto Maple Leafs deixou Anahein após a vitória por shutout e já foi para Los Angeles, enfrentar os Kings na noite seguinte. É sempre difícil manter a performance jogando em noites consecutivas, mas até que os Leafs conseguiram em boa parte do jogo.

No gol estava James Reimer, retornando de contusão e sem jogar desde 3 de Dezembro. Pelo Los Angeles Kings, Jonathan Quick estava no gol, um dos melhores goleiros da liga, próximo de bater o recorde de número de vitórias por Shutouts, sem permitir sequer um gol ao time adversário, marcados por um goleiro americano. Quick tem 40 vitórias por shutout na carreira, com 41 já batera o recorde anterior.

Este jogo marcou também a volta de Jeff Carter nos Kings, que estava contundido, e a primeira partida de Vincent Lecavalier e Luke Schenn pelos Kings, após a troca realizada no dia anterior.

Lecavalier e Schenn jogaram bem e ajudaram os Kings a sair com uma vitória por um gol de diferença.

Os gols somente apareceram no terceiro período. Jake Muzzin recebeu um passe de Vincent Lecavalier e disparou pra o gol sem nenhum defensor para pressioná-lo, abrindo o placar aos 02m53s. O puck foi certeiro no ângulo esquerdo de Reimer. Aos 08m05s, Peter Holland perdeu o puck ainda na defesa e Marian Gaborik fez uma excelente jogada, passando pra Jeff Carter dentro do crease, que somente teve que desviar o puck para o gol. O mesmo Peter Holland acabou se redimindo e marcando o gol dos Leafs aos 10m05s, com um chute certeiro sobre o ombro direito de Jonathan Quick. Os minutos finais da partida foram dominados pelos Leafs, que retiraram James Reimer com mais de 2 minutos para o término, colocando no gelo um atacante a mais (Empty-Net). Os Leafs pressionaram muito e Nazem Kadri e Brad Boyes só não empataram a partida pois Jonathan Quick fez defesas espetaculares para manter a vitória dos Kings.

Perdemos a partida, mas demonstramos que temos qualidade e força para enfrentar qualquer equipe, mesmo em noites consecutivas! 

A próxima parada dos Leafs na Califórnia será no sábado, quando visitam o San José Sharks! 

Go Leafs Goooo

02/01/2016 – St. Louis Blues @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 05 janeiro 2016 Deixe um comentário

Terminamos o ano com uma vitória sobre os Penguins e o primeiro jogo do ano foi em casa, contra o St. Louis Blues, time comandado por Ken Hitchcock, técnico que Mike Babcock conhece muito bem, afinal os dois atuaram juntos comandando a equipe do Canadá em duas edições dos Jogos Olímpicos de Inverno!

Segundo Babcock, é sempre bom enfrentar técnicos bons. É sempre um bom jogo! 

Ambas equipes jogaram muito bem, mas os Leafs se sobressaíram no terceiro período, dominando os Blues.

O primeiro gol saiu apenas no segundo período, quando Vladimir Tarasenko aproveitou um powerplay para abrir o placar aos 08m28s. A reação dos Leafs não poderia ter sido melhor e mais rápida! Logo na saída de jogo (faceoff) após o gol de Tarasenko, James Van Riemsdyk dominou o puck após Alex Pietrangelo não conseguir limpar a jogada e chutou rápido, sem chance de Jake Allen, goleiro dos Blues se posicionar, empatando a partida aos 08m33s.

O terceiro período foi dominado pelos Leafs e num powerplay, aos 03m15s, Peter Holland colocou os Leafs à frente. Nazem Kadri marcou o terceiro dos Leafs aos 14m05s e Michael Grabner marcou o quarto gol dos Leafs aos 19m00s, com os Blues já sem goleiro (Empty-Net). 

Que bom começar o ano com uma vitória convincente sobre um time tão forte quanto o St. Louis Blues! 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: