Arquivo

Posts Tagged ‘Jonas Hiller’

21/03/2016 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 22 março 2016 Deixe um comentário

Vindos de duas vitórias, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Calgary Flames, que havia vencido o Montreal Canadiens na noite anterior.

Jonathan Bernier estava de volta ao gol dos Leafs e realizou uma ótima partida. Pelos Flames, Jonas Hiller estava no gol.

Os Leafs mais uma vez dominaram o jogo, apesar de, por muitas vezes, não estarem à frente no número de chutes a gol. O placar foi aberto aos 11m27s do primeiro período, quando Jonas Hiller cometeu um erro atrás do gol e passou o puck para William Nylander, que encontrou PA Parenteau livre em frente ao gol.

O empate dos Flames só veio no segundo período e em um powerplay com vantagem de 5 contra 3, quando Matt Stajan marcou o gol chutando de um ângulo bem fechado e vencendo Bernier por sobre o ombro aos 10m25s. Zach Hyman acabou por desviar um chute de Nylander aos 14m26s, colocando os Leafs novamente à frente no placar. A liderança não durou muito, pois Joe Colborne disputava espaço na frente do gol de Bernier e um chute de Mark Giordano acabou batendo em seu corpo e acabou no fundo do gol, aos 17m32s.

A decisão ficou para o terceiro período e o jogador decisivo foi William Nylander que marcou o gol num chute à distância, aos 00m29s. Nylander marcou o gol da vitória e duas assistências nos gols anteriores na primeira partida com três pontos na NHL. Quando o jogo estava no final, com o Calgary Flames em empty-net, sem goleiro, os Leafs marcaram com Colin Greening aos 18m39s e Josh Leivo aos 19m33s. 

Segundo Mike Babcock, Nylander é um jogador muito inteligente e que está se adaptando bem à NHL, e mais importante que os gols e assistências foi o seu jogo defensivo. Nylander, segundo Babcock, é um jogador que sabe o que fazer e o que o técnico vai pedir à ele. Parabéns ao Nylander pelo jogo com três pontos! Com certeza será uma das estrelas dos Leafs por muitos anos! 

Go Leafs Gooooo

Go Nylander Goooo

09/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Calgary Flames

quinta-feira, 11 fevereiro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs iniciou um roteiro de jogos fora de casa, enfrentando o Calgary Flames, que acabou por não escalar dois de seus melhores atacantes, Sean Monahan e Johnny Gaudreau, pois eles haviam cometido erros em jogos anteriores. 

Pelos Leafs, o clima estava um pouco estranho após a divulgação de uma negociação envolvendo 9 jogadores com o Ottawa Senators, incluindo o capitão da equipe, Dion Phaneuf. Queira ou não, os jogadores sentem essas negociações pois tiveram relacionamentos de amizade com os jogadores que deixam a equipe. 

No Gol dos Leafs, James Reimer e, pelos Flames, Jonas Hiller.

Num powerplay para os Leafs, Markus Granlund, voltando à equipe dos Flames após alguns jogos sem atuar, marcou o primeiro gol da partida aos 10m40s, com sua equipe em desvantagem numérica, shorthanded, mas os Leafs revidaram em apenas 44s, no mesmo powerplay, aos 11m34s, com Peter Holland. Ao final do período, aos 18m03s, os Flames tiveram um powerplay e voltaram a marcar, dessa vez com Mikael Backlund.

Aos 04m06s, Micheal Ferland amplia para os Flames, no segundo período e Dougie Hamilton ainda marcou o quarto gol dos Flames aos 14m08s. Com 4 a 1 no placar, os Leafs não desistiram e ainda tentaram pressionar os Flames. Isso acabou trazendo resultados. Aos 17m17s, Josh Leivo diminuiu para os Leafs.

No terceiro período a equipe de Toronto voltou muito bem, mas somente conseguiu mais um gol, aliás, um belíssimo gol, marcado por Jake Gardiner que partiu com o puck da zona de defesa, passou pelos jogadores dos Flames e chutou forte, vencendo Jonas Hiller aos 08m37s. Infelizmente a reação dos Leafs acabou por aí e os Flames ficaram com a vitória. 

A equipe pode ter sentido a falta de Phaneuf, mas os Leafs também tiveram os desfalques de James Van Riemsdyk, Tyler Bozak, Joffrey Lupul e Shawn Matthias. 

Hoje, 11/02/2016, enfrentaremos o Edmonton Oilers!

Go Leafs Gooo

22/10/2013 – Anahein Ducks @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 23 outubro 2013 Deixe um comentário

Os Leafs receberam a visita dos Ducks no Air Canada Centre buscando dar um fim na seqüência de duas derrotas. Entre as equipes, vários jogadores que já foram das duas organizações como Joffrey Lupul e Troy Bodie, atualmente nos Leafs, ex-Ducks, e Francois Beauchemin, dos Ducks, ex-Leafs. Além disso, muitos jogadores dos Ducks, como Ryan Getzlaf e Corey Perry, entre outros, já foram comandados por Randy Carlyle, na época que Carlyle foi técnico da equipe.22102013_Ducks@Leafs_Banner

O jogo começou e os Leafs jogavam bem, mas não levavam muito perigo ao gol de Jonas Hiller. Mais uma vez os Leafs foram quase nulos em chutes à gol, dando somente dois chutes no primeiro período. Os Ducks deram 6 chutes ao gol de Jonathan Bernier e conseguiram abrir o placar aos 17m38s, num contra-ataque em 3 contra 1, onde dois jogadores dos Leafs se atrapalharam na volta do ataque. Nick Bonino recebeu passe de Patrick Maroon, que passou entre as pernas e o taco de Bernier e colocou o puck no fundo da rede dos Leafs, abrindo o placar.

22102013_Ducks@Leafs_ScoreNo segundo período, logo aos 1m59s, Mathieu Perreault recuperou o puck atrás do gol dos Leafs e o circundou, sem que nenhum defensor o enfrentasse, e marcou o segundo gol do time visitante. Tudo dava a parecer que os Leafs teriam mais uma derrota, pois os Ducks estavam melhor na partida. Foi então que os Leafs acordaram e começaram a exigir mais de Jonas Hiller que efetuou duas ótimas defesas, impedindo os Leafs de se aproximar no placar. Mas aos 07m44s, num powerplay, James Van Riemsdyk controlou o puck e deu um passe de costas, no meio da defesa dos Ducks, que encontrou Phil Kessel sozinho e à postos para marcar o primeiro dos Leafs. Apenas 1m19s depois, Dion Phaneuf empatou a partida chutando forte num rebote de Hiller ao chute de Dave Bolland. Com a partida empatada, os Leafs tiveram sangue frio e os jogadores foram muito aplicados quando a equipe cometeu duas penalidades e permitiu aos Ducks um powerplay de 5 contra 3 por 1m27s. Os Ducks não conseguiram marcar e isso deu ainda mais confiança aos Leafs. Aos 16m09s, Phil Kessel e James Van Riemsdyk partiram ao ataque, num 2 contra 1, com Kessel controlando o puck. JVR fez com que o defensor ficasse na dúvida entre marcá-lo ou ir para cima de Kessel e o defensor acabou deixando Kessel enfrentar sozinho Jonas Hiller. O vitorioso foi Kessel que marcou um belo gol e colocou os Leafs na frente do placar.

O terceiro e último período viu os Leafs jogando bem, anulando as chances dos Ducks. Aos 08m11s, novamente num contra-ataque em 2 contra 1, JVR estava com o puck e fez uma bela jogada, tirando o puck do alcance do defensor, que se jogou para bloquear seu chute, e passou na medida para Kessel marcar o seu terceiro gol da noite! Foi o quarto Hat-Trick de Phil Kessel, o segundo pelos Leafs. O jogo ainda viu JVR receber uma penalidade quando estava em direção ao gol, o que permitiu a ele um penalty shot (como uma cobrança de pênalti), onde ele acabou acertando o travessão de Hiller. Por tudo o que fez na partida, James Van Riemsdyk merecia o seu próprio gol, mas acabou somente marcando pontos pelas assistências a Kessel.

Ótima recuperação dos Leafs que agora estão com sete vitórias e três derrotas e, a partir do próximo jogo, na sexta-feira, em Columbus contra os Blue Jackets, já podem contar com David Clarkson, na sua estréia oficial pela equipe após cumprir suspensão de 10 jogos. Espero que Clarkson se encaixe logo na equipe e tenha a mesma sinergia que a equipe vem demonstrando!

Go Leafs Go!!!!!!

27/11/2011 – Toronto Maple Leafs @ Anahein Ducks

segunda-feira, 28 novembro 2011 3 comentários

Vindos de duas vitórias, os Leafs chegaram à Anahein para enfrentar os Ducks, time do ex-Leafs François Beauchemin.

E não é que quem abre o placar para os Ducks foi Beauchemin, com um belo chute aos 09m51s do primeiro período, quando os Ducks estavam em vantagem numérica (PowerPlay). Os Leafs continuaram no jogo e foram recompensados com 2 gols, o primeiro de Tyler Bozak, aos 14m10s, numa jogada muito bem tramada pelos Leafs, com o puck passando de taco em taco e deixando Bozak sozinho para empurrar o puck para o gol de Jonas Hiller. A partida recomeça e apenas 19 segundos depois, num contra-ataque, Clarke MacArthur intercepta um passe dos Ducks e chuta de longe, marcando o gol da virada dos Leafs. E assim termina o primeiro período.

No segundo período, logo no começo, aos 02m36s, foi a vez de Joey Crabb deixar o dele, novamente desviando o puck e não dando chance a Jonas Hiller.

Até o final do segundo período, os Leafs haviam dado 22 chutes ao gol de Hiller e recebido 17 chutes no gol de Gustavsson! Mas veio o terceiro período e, apesar de os Ducks darem 11 chutes à gol, contra 6 dos Leafs, foram os Leafs que marcaram primeiro, mais uma vez com Tyler Bozak, logo aos 47s. Foi o segundo de Bozak na partida. Após o gol de Tyler Bozak, os Ducks, que jogaram melhor no terceiro período, conseguiu seu segundo gol com Corey Perry, aos 05m38s, com um chute debaixo para cima, que bateu no “teto” do gol, sem chances de defesa para o Monster. Ainda no final do terceiro período, aos 19m48s, com os Ducks sem o goleiro, substituído por mais um atacante, Luke Schenn chuta o puck da zona defensiva dos Leafs e marca o quinto gol do time de Toronto.

Foi a terceira vitória seguida dos Leafs, nesta seqüência de jogos fora de casa e que, no próximo jogo enfrenta o Boston Bruins na quarta-feira, em pleno Air Canadá Centre.

GO Leafs GO

21/01/2011 – Ducks @ Leafs – Vitória de um time “guerreiro”!

sexta-feira, 21 janeiro 2011 5 comentários

Após a humilhante derrota contra os Rangers no Madison Square Garden, os Leafs foram para casa, enfrentar o Anahein Ducks.

Acredito que o time tenha sentido muito a derrota no dia anterior, pois os Leafs vieram para o jogo com a “faca nos dentes”. Vieram com vontade de assar os patos!

Jean-Sebastien Giguere defenderia o gol dos Leafs contra sua ex-equipe, o Anahein Ducks. Ele estava muito ansioso por essa data, tanto que a circulou em seu calendário como sendo uma data “especial”.

O time dos Leafs começou o jogo cuidadoso, tentando não cometer erros e evitando se expor demais, porém os Ducks vieram para cima, tentando se aproveitar da baixa moral do time dos Leafs após a derrota por 7 a 0. Colton Orr partiu para a briga com George Parros dos Ducks e acabou caindo com o rosto no gelo, com parros por cima. Orr não retornou mais após essa briga.

Os Ducks começaram melhor e logo aos 7m55s Dan Sexton abriu o placar.

A partir deste momento, parece que os jogadores dos Leafs acordaram e o jogo mudou … Os Leafs agora dominavam o gelo e distribuíam checks nos jogadores dos Ducks. Phaneuf deu um hit em Matt Beleskey dos Ducks, atirando o jogador à parede, sem dó!!!

Os Leafs empataram com Clarke MacArthur num rebote de Phil Kessel aos 11m43s. Ambas equipes tiveram outras ótimas chances de gol, porém os goleiros, Giguere e Jonas Hiller, fizeram defesas espetaculares. E terminou o primeiro período, empatado.

E começa o segundo período, com os Leafs no powerplay, cometido no último segundo do primeiro período por Bobby Ryan, porém os Leafs não conseguem converter as chances no gol da virada. Aos 5m23s, Brandon McMillan aproveita um rebote e uma certa falha de Giguere, que não conseguiu segurar o puck em sua luva e o deixou escorregar por entre as pernas, beeeem devagar até cruzar a linha do gol dos Leafs, quando Phaneuf tentou salvar, e não conseguiu, marcou o segundo gol dos Ducks.

Na sequência os Leafs deram dois powerplays aos Ducks, mas o time estava jogando de forma tão agressiva que dominava até mesmo em desvantagem numérica, quando Bozak (@bozie42) desferiu um check certeiro em Dan Sexton, atrás do gol dos Ducks! Os leafs marcaram o gol de empate com Carl Gunnarsson, após Clarke MacArthur circular o gol dos Ducks e dar o passe “açucarado” para o defensor, aos 13m10s.

O segundo período ainda teria o gol da virada, anotado por Tyler Bozak aos 16m15s. Ducks 2 – Leafs 3.

O terceiro período, mesmo com os Leafs praticando um jogo bem físico, não teve um pênalti sequer. Daryl Boyce também distribuiu bons checks nos jogadores dos Ducks e o time continuou jogando bem. Mikhail Grabovski marcou mais dois gols para os Leafs, aos 5m57s e 11m40s, dando uma vantagem tranquila e uma vitória muito esperada pelo time de Toronto. Neste período, Giguere defendeu um chute e o puck estourou no travessão do gol dos Leafs. O narrador até chegou a gritar gol para os Ducks, mas o replay mostra claramente que o puck não entrou!

Se os Leafs jogarem com a garra, e espírito “guerreiro” que demonstraram no jogo de ontem, ainda dá para ir aos playoffs, porém o time não tem mantido uma constância, como podemos comprovar nestes últimos dois jogos!

Vocês podem ver os melhores lances dessa partida entre Ducks e Leafs, incluindo os checks e o puck no travessão, num resumo em 6 minutos, aqui.

Os Leafs agora aguardam a visita do Washington Capitals, de Ovechkin e Semin. O confronto será amanhã à noite no Air Canada Centre!

%d blogueiros gostam disto: