Archive

Archive for the ‘Air Canada Centre’ Category

23/03/2017 – New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 24 março 2017 Deixe um comentário

Parece que o Toronto Maple Leafs está jogando como os torcedores sempre rezaram e pediram! A equipe está na zona de classificação aos playoffs e joga os 60 minutos com a mesma atenção e intensidade. Ontem a vítima foi o New Jersey Devils, que foi ao Air Canada Centre.

Os Leafs não saíram na frente. John Moore acabou marcando num chute que, apesar de defendido por Curtis McElhinney, acabou indo por baixo de suas pernas e entrou no cantinho do gol aos 02m59s. Os Leafs não mudaram seu jogo  e aos 05m46s, em powerplay, Josh Leivo, que havia ficado 10 jogos sem ser escalado nos Leafs, aproveitou um puck perdido atrás de Keith Kincaid após um chute de Auston Matthews, num powerplay para os Leafs. Com o jogo empatado, os Leafs ganharam ainda mais confiança e William Nylander marcou um belíssimo gol aos 18m17s.

Nem bem o segundo período começou e os Leafs marcaram o terceiro com com James Van Riemsdyk aproveitando um rebote de Kincaid após um chute de Mitch Marner aos 02m04s. 

John Moore voltou a marcar para os Devils aos 09m04s, num powerplay para os Devils com dois jogadores a mais no gelo, após vários jogadores terem se envolvido em brigas. Isso deixou-nos time visitante a somente um gol do empate e os Devils pressionaram para igualar o placar, mas McElhinney e a defesa dos Leafs estavam bem. Connor Brown fechou o placar aos 19m14s, com um gol em Empty-Net. 

Com a vitória, os Leafs se distanciaram 3 pontos dos Boston Bruins e se aproximaram dos Senators. Esse jogo também viu Nylander quebrar o recorde de jogos consecutivos marcando pontos por um novato, conseguindo o feito em 10 jogos consecutivos. Marner empatou o recorde de Gus Bodnar, com 40 assistências em sua primeira temporada na NHL e Matthews conseguiu empatar o recorde de número de gols de um novato em sua primeira temporada nos Leafs, empatando com Wendel Clark, com 40 gols! Tanto Matthews quanto Marner ainda têm 9 jogos ainda por jogar, o que deve fazê-los quebrar esse recorde!

Josh Leivo jogou muito bem e deveria ser mantido no elenco! 

Nosso próximo jogo será contra o Buffalo Sabres e podemos simplesmente colar nos Senators. Hoje estamos a 3 pontos e podemos ficar a somente 1!!! 

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

20/03/2017 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 21 março 2017 Deixe um comentário

Em mais uma batalha direta pelos playoffs o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Boston Bruins no Air Canada Centre. Ambas equipes disputam ponto a ponto a classificação aos playoffs.

Os Leafs começaram o jogo de forma menos intensa que os Bruins, mas conseguiram igualar o volume de jogo. David Backes, que não havia treinado pela manhã, devido a um resfriado, abriu o placar aos 07m26s e Tuuka Rask fez defesas importantíssimas para garantir que a equipe visitante terminasse o primeiro período à frente no placar. Os Bruins chegaram a ficar com desvantagem de 2 jogadores no gelo, mas conseguiram se defender e não permitiram o gol de empate dos Leafs.

No segundo período, Morgan Rielly recebeu um passe de Mitch Marner e “driblou” Tuuka Rask para marcar o gol de empate. Foi um belíssimo gol que deixou a partida mais emocionante! Foi uma disputa como se fosse um jogo de playoffs! Um jogo muito intenso e muito acirrado! 

A intensidade continuou no terceiro período e ambas equipes levavam perigo ao adversário, mas Tuuka Rask e Frederik Andersen estavam muito bem no gol! Com pouco mais de 2 minutos para o final, Dominic Moore comete uma penalidade e os Leafs ganham um powerplay, que não desperdiçaram! Os Leafs trocaram passes, Tyler Bozak chutou e Rask defendeu, mas os Leafs continuaram no ataque. Após outra ótima troca de passes, Bozak novamente chuta, desta vez para vencer Tuuka Rask, marcando o gol da virada dos Leafs aos 18m03s. Esse gol fez os Bruins jogarem sem goleiro (empty-net), mas isso somente deu aos Leafs mais dois gols. Um marcado por William Nylander aos 18m47s, quando Nylander controlou o puck na zona defensiva dos Leafs e chutou direto ao gol dos Bruins. Nazem Kadri marcou o quarto gol dos Leafs aos 19m09s, após disputar o puck na zona neutra. No último minuto, os torcedores ainda viram os Bruins marcarem o segundo gol faltando apenas 10s para o final da partida, com Dominic Moore.

Com a vitória, os Leafs simplesmente “varreram” os Bruins nesta temporada! Foram 4 jogos e 4 vitórias dos Leafs! Isso não ocorria a algumas temporadas atras, quando éramos “fregueses” do time de Boston. Também com a vitória, os Leafs abrem 3 pontos de vantagem aos Isles e ficam a apenas 1 ponto dos Bruins na tabela de classificação. 

Foi uma vitória importantíssima! Bozak e Nylander tiveram uma ótima partida e Marner e Matthews tiveram uma assistência cada um e continuam pontuando e aumentando os recordes para novatos na temporada de entrada na NHL. 

O próximo jogo dos Leafs será amanhã, quarta-feira, contra o Columbus Blue Jackets, time já classificado aos playoffs e que disputa a liderança da conferência Oeste com o Washington Capitals. 

Go Leafs Gooooo – Rumo aos playoffs! 

18/03/2017 – Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 20 março 2017 Deixe um comentário

Atualmente classificados para os playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita a forte equipe do Chicago Blackhawks, buscando manter as vitórias e somar pontos.

Os Blackhawks são uma equipe muito bem entrosada e que possui jogadores como Jonathan Toews e Patrick Kane, que podem definir a partida a qualquer descuido da equipe adversária. 

O Toronto Maple Leafs jogou muito bem e conseguiu sair na frente no placar com um gol de Auston Matthews aos 08m25s do primeiro período, num contra ataque onde recebeu um passe de William Nylander e desviou para o gol de Corey Crawford, que não conseguiu defender. Os Leafs conseguiram marcar os jogadores dos Blackhawks e mantinham o controle da partida, com ótima atuação de Frederik Andersen. 

No segundo período os Blackhawks usaram sua experiência e qualidade para pressionar os Leafs. Aos 10m51s, John Hayden marcou o seu primeiro gol na NHL e empatou a partida. 

O terceiro período viu uma disputa mais equilibrada e viu Crawford realizar uma defesa espetacular contra Auston Matthews, onde a defesa foi feita com o taco, mas com a parte que fica atras de mão do goleiro! Impressionante!

O jogo acabou sendo decidido na prorrogação onde James Van Riemsdyk não conseguiu converter um contra-ataque, mas Ryan Hartman se aproveitou da oportunidade que teve, aos 04m43s da prorrogação. Panarin fez uma jogada que por muitos foi considerada como “offside”, o nosso famoso impedimento, pois cruzou a linha azul antes do puck e, depois fez o passe para o gol de Hartman. A jogada foi revista e o gol confirmado. Parece que ele estava controlando o puck e não mais tocou no disco, voltando a fazê-lo após cruzar a linha azul. Enfim, foi uma decisão muito controversa, mas os Blackhawks saíram com a vitória. 

Com o ponto marcado ao empatar no tempo regular, os Leafs se mantiveram na classificação aos playoffs!  

Hoje enfrentamos o Boston Bruins, numa disputa direta pelos playoffs e com Brad Marchand jogando muito bem! 

Go Leafs Gooooo

09/03/2017 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 10 março 2017 Deixe um comentário

Com ambas equipes precisando vencer, Philadelphia Flyers e Toronto Maple Leafs se enfrentaram no Air Canada Centre, buscando manter as chances de se classificar para os playoffs.

Os Flyers saíram na frente com um gol em powerplay de Wayne Symmonds aos 06m09s. Simmonds desviou um chute de Shane Gostisbehere. William Nylander se aproveitou de um powerplay e marcou o seu nono gol em vantagem numérica aos 13m57s, empatando a partida. Esse marco empata o recorde de um jogador dos Leafs jogando sua primeira temporada na NHL.

Mats Sundin foi homenageado no intervalo da transmissão da SportsNet no Canadá e compararam Nylander a ele. Ambos são suecos, apesar de Nylander ter nascido no Canadá, quando seu pai jogava na NHL, Sundin veio aos Leafs numa troca que enviou Wendel Clark, o então capitão dos Leafs, com 46 gols marcados na temporada, etc. Sundin também marcou 9 gols em powerplay em sua primeira temporada pelos Leafs, mas já era a quinta temporada na NHL. Ele que foi selecionado na primeira escolha do Draft de 1989, demorou para ser aceito pelos torcedores como capitão da equipe, após a saída de Doug Gilmour, outra lenda do time, mas foi sempre um jogador decisivo e que jogava pela equipe. Sundin é o meu ídolo dos Leafs pois conheci a equipe quando ele era o capitão! 

No segundo período, aos 09m28s, Tyler Bozak roubou o puck de um jogador dos Flyers, conduziu o puck para a frente do gol de Michal Neuvirth e chutou, sem defesa! Bozak nem sequer havia treinado na manhã do jogo e era dúvida na escalação dos Leafs! 

Veio o terceiro período e com ele a pressão dos Flyers, buscando seus últimos 20 minutos de possibilidades de empate ou virada, mas Mitch Marner, que teve uma assistência no gol de Nylander, ficando a três gol do recorde de assistência de um novato nos Leafs, marcou um belo gol aos 13m44s, em outro powerplay para a equipe. Os Flyers ainda pressionaram Frederik Andersen que esteve simplesmente fenomenal na noite de ontem fazendo defesas espetaculares! Aos 17m32s, Shane Gostisbehere marcou o segundo gol dos Flyers, dando 02m28s de esperança à equipe visitante, que passou a jogar sem goleiro. A estratégia quase deu certo, não fosse por Andersen salvar os Leafs. Nazem Kadri, aos 19m00s marcou o quarto gol dos Leafs fechando o placar no Air Canada Centre.

Com a vitória os Leafs voltaram ao último Wild Card do Leste para os playoffs, apenas até o final do jogo do New York Islanders, que venceu na prorrogação e se manteve um ponto a frente dos Leafs. 

Amanhã enfrentamos o Carolina Hurricanes em Raleigh! 

Go Leafs Goooooooo

07/03/2017 – Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 08 março 2017 Deixe um comentário

Precisando muito voltar a vencer para manter as chances de se classificar aos playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Detroit Red Wings, que não está em uma boa fase e deve ficar de fora dos playoffs pela primeira vez em 25 anos. 

Nem bem o jogo tinha começado e aos 01m07s, Alexey Marchenko marcou para os Leafs. Foi o seu primeiro gol da temporada e justamente contra a equipe que se desfez dele no começo de fevereiro, quando ele foi escolhido da lista de dispensados, pelos Leafs! 

James Van Riemsdyk ampliou com o seu primeiro gol após 14 jogos sem marcar, aos 06m38s do primeiro período, em powerplay. 

Aos 05m49s do segundo período, Nazem Kadri marcou um belo gol, o terceiro dos Leafs é tudo parecia perfeitonparano tine da casa. Frederik Andersen estava muito bem no gol e a equipe produzia muito no ataque. Infelizmente no final do segundo período, os Red Wings parecem ter ganho consciência e acordado. Os Leafs tomaram dois chutes que só não entraram pois bateram na trave! Sorte também é importante! Mas faltando 38s para o terminando período, Gustav Nyquist recebeu um passe atras da linha defensiva dos Leafs é venceu Andersen para marcar o primeiro dos Red Wings. 

O início do terceiro período seria de pressão dos Wings, tentando jogar tudo o que tinham para reduzir o placar e voltar a ter chances no jogo, e isso aconteceu aos 36s, novamente com Nyquist após uma falta de atenção da defesa dos Leafs. Os Leafs tiveram chances de voltar a colocar dois gols de vantagem, com breakaways de Connor Brown e Jame Gardiner, que não foram convertidos em gols. Petr Mrazek jogou bem o último período e os Leafs acabaram se encolhendo. No final do período, Zetterberg partiu no contra-ataque e Connor Brown acabou por acertar o rosto do jogador dos Wings, o que seria uma penalidade (double minor) pois acabou deixando Zetterberg sangrando próximo ao olho direito, mas a arbitragem não marcou a penalidade. Essa penalidade seria de 4 minutos e deixaria os Red Wings em 6 contra 4 por 4 minutos! Ao final os Leafs se seguraram e saíram com a vitória! 

Neste jogo o erro da arbitragem foi beneficial aos Leafs, mas em jogos anteriores estávamos sofrendo com os erros das zebras! 

Apesar da vitória que nos colocaria novamente na segunda vaga de Wild Card para os Playoffs, os New York Islanders venceram o Edmonton Oilers fora de casa e acabaram por se manter apenas um ponto à frente dos Leafs! 

O próximo jogo dos Leafs é contra os Flyers na quinta-feira! Hoje temos que torcer pelos Red Wings que enfrentam o Boston Bruins!!! 

Go Leafs Goooooo

25/02/2017 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 27 fevereiro 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs bem que tentou de tudo, mas acabaram sendo “varridos” pelo Montreal Canadiens, que venceu todos os 4 jogos disputados nesta temporada. Na verdade os Leafs não vencem os Canadiens a exatos 14 jogos seguidos. Não é um recorde para se orgulhar, mas creio que estamos perto de derrubar mais esse recorde negativo, assim como fizemos com os Bruins! 

Na NHL não existem goleiros ruins, mas Carey Price é um dos melhores do mundo e enfrentá-lo é um grande desafio, pois ele não se desespera, se posiciona muito bem e tem uma reação muito rápida. 

Os Leafs saíram na frente com um gol de Auston Matthews aos 10m54s, com o puck desviando no taco de um jogador dos Canadiens. Só assim para vencer Carey Price.

Apesar de sair na frente e de dar 12 chutes a gol no segundo período, os Leafs sofrerM dois gols, marcados em apenas cinco chutes dos Habs. O gol de empate foi marcado por Max Pacioretty aos 07m29s, em powerplay. O gol da virada dos Habs veio aos 16m21s, com Alex Galchenyuk. Carey Price fez defesas simplesmente inacreditáveis, mantendo o seu time no jogo.

No terceiro período, Auston Matthews novamente marca, empatando o jogo aos 01m19s, agora desviando um chute de Zach Hyman. O jogo ficou disputado até o apito final, mas nenhuma equipe conseguiu vencer Price ou Frederik Andersen.

A decisão veio somente na prorrogação onde, após uma defesa de Price contra Auston Matthews, a equipe dos Canadiens partiu ao ataque em 2 contra 1, com Zach Hyman tentando voltar para marcar Andrew Shaw, mas chegando atrasado. Frederik Andersen saiu do gol para cortar o passe de Tomas Plekanec, mas também chegou atrasado e Shake somente o driblou e chutou no gol aberto! Mais uma vitória dos Habs! 

Andersen deve rever o lance e aprender que se é pra sair do gol, que você tem que garantir que vai cortar o puck, se não, fica no gol!!! Hyman estava chegando no Shaw e também leva parte da culpa pelo gol, pois não deveria ter deixado o jogador dos Habs à sua frente! 

Os Leafs jogaram sem Tyler Bozak, que teve um corte na mão e que infeccionou, e Mitch Marner, mas eles são esperados para voltar na terça-feira! Auston Matthews chegou aos 30 gols na temporada, mesma marca de Patrick Laine e é a primeira vez desde 1963, que as duas primeiras escolhas do Draft marcam mais de 30 gols na primeira temporada na NHL. Na história dos Leafs, é a terceira vez que um novato marca mais de 30 gols, os outros foram Wendel Clark (34 gols na temporada 1985-86) e Daniel Marois (31 gols na temporada 1988-89). 

Os Leafs partem para uma viagem à Califórnia para três jogos, começando com o San Jose Sharks nesta terça-feira, nossa quarta-feira de madrugada.

Estamos num momento crucial na temporada e não podemos nos dar ao luxo de perder pontos preciosos! 

Go Leafs Gooooo

23/02/2017 – New York Rangers @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 24 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Jogar na NHL não é nada fácil e jogar contra um time que tem Henrik Lundqvist no gol também não ajuda! A noite foi, com certeza, dos goleiros. Lundqvist e Frederik Andersen fizeram defesas simplesmente decisivas! Espetaculares! 

Apesar de chutar mais ao gol dos Leafs, os New York Rangers ficaram atrás do placar praticamente o jogo inteiro! Connor Brown marcou o gol dos Leafs ainda no primeiro período, aos 10m56s. 

Tanto os Leafs quanto os Rangers tiveram muitas chances de gol, mas os goleiros estavam perfeitos! Houve todo o tipo de tentativa de ambas as partes, mas parecia que Andersen e Lundqvist não queriam deixar entrar mais nada! 

Até que, aos 10m50s do terceiro período, TJ Miller empata o jogo! A partida continuou disputado até os segundos finais do terceiro período. 

A prorrogação viu chances excelentes de gol para ambos os times. Novamente Andersen e Lundqvist fecharam seus gols. Lundqvist defendeu um contra ataque de Auston Matthews faltando apenas 10s para a prorrogação terminar! 

Infelizmente para os Leafs, no shootout, os Rangers foram melhores e marcaram com Zuccarello e Zibanejad, enquanto somente Auston Matthews marcou pelos Leafs. Nylander e Kadri não conseguiram marcar. 

Não foi um bom resultado paramos Leafs, que ganhavam a partida desde o primeiro período, e somente levaram mais um com a derrota no shootout, mas vamos sacudir a poeira e nos preparar para jogar amanhã, contra o Canadiens! 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: