Archive

Archive for the ‘Air Canada Centre’ Category

18/02/2017 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

domingo, 19 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Tentando se manter na segunda posição de Wild Card, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Ottawa Senators que está na frente na tabela de classificação. 

Foi um jogo emocionante com a disputa da vitória a cada lance é com os times jogando muito fisicamente. 

Craig Anderson estava no gol dos Senators e Frederik Andersen no dos Leafs e ambos fizeram defesas espetaculares ajudando as equipes a manterem as chances de vitória no jogo.

O primeiro período viu os Senators levarem a melhor e saírem na frente com gols de Chris Wideman aos 17m26s e de Ryan Dzingel aos 17m46s. Os Leafs chutaram mais à gol, tiveram powerplay de 5 contra 3 e nem assim conseguiram marcar em Craig Anderson. 

O segundo período teve os Leafs com a mesma vontade do primeiro e Andersen fazendo ótimas defesas, mantendo os Leafs no jogo, até que Morgan Rielly marcou aos 14m38s, após uma boa jogada de Zach Hyman em frente ao gol dos Sens, que fez com que Craig Anderson prestasse mais atenção em Hyman e na hora do chute de Rielly não estivesse pronto. Nazem Kadri marcou o gol de empate numa ótima jogada em que, detrás do gol dos Sens, tentou chutar o punk para frente do gol (crease) e o puck bateu na lateral do capacete de um jogador por Sens, que estava quase deitado no gelo, tentando proteger o gol, e foi pro fundo do gol de Craig Anderson, empatando a partida aos 17m52s.

O último período guardou emoção. Logo aos 02m04s, com os Leafs em powerplay, Wilian Nylander recebeu um passe de Auston Matthews e marcou o gol da virada. Os Senators continuaram levando perigo ao gol de Frederik Andersen até que aos 05m32s, Mike Hoffman voltou a empatar a partida. Menos de um minuto depois, Derick Brassard se aproveitou de um ouço perdido próximo a Frederik Andersen e marcou o gol da virada aos 06m26s. A partir desse momento a partida ficou disputado e os Leafs até tiveram chances de empatar, mas no finalzinho, com os Leafs já jogando sem goleiro (empate net), os Sens marcaram com Mark Stone aos 18m10s e Derick Brassard aos 19m15s. O placar de 6 a 3 não reflete o jogo parelho que as equipes tiveram. 

Hoje, os Leafs vão até Raleigh, enfrentar o Carolina Hurricanes enquanto os Senators recebem os Winnipeg Jets. 

Go Leafs Goooo

Anúncios

14/02/2017 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 15 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após pouco mais de uma semana o Toronto Maple Leafs voltou a enfrentar o New York Islanders, dessa vez no Air Canada Centre.

O jogo começou com as equipes empenhadas em vencer pois os Isles estavam apenas um ponto atrás dos Leafs na classificação geral, e disputando diretamente a segunda vaga de Wild Card para os playoffs, portanto foi um jogo chave, valendo 4 pontos.

Frederik Andersen jogou muito bem e manteve os Leafs no jogo com suas defesas. Aos 11m36s, Josh Leivo interceptou um passe do defensor dos Isles e chutou no ângulo esquerdo do goleiro Thomas Greiss, abrindo o placar. O mesmo Leivo havia perdido um gol minutos antes, chutando por cima do gol aberto. Aos 19m28s, Nazem Kadri desviou o chute de Nikita Zaitsev para o gol, aumentando a liderança. 

Com dois gols à frente do placar, os Leafs iniciaram o terceiro período e William Nylander marcou o terceiro dos Leafs após Greiss defender um chute de Roman Polak e o puck bater em sua “caneleira” e ir ao gol aos 09m26s. Jason Chimera acabou recebendo um penalty shot numa jogada em que eu não vi tal penalidade sendo cometida e aproveitou a chance para marcar o gol dos Isles aos 16m55s. 

O último período viu os Leafs dominando e isso se refletiu no placar com gols de Auston Matthews aos 05m41s e 11m51s, Tyler Bozak aos 07m16s e Matt Hunwick aos 15m40s, fechando o placar em 7 a 1 para o Toronto Maple Leafs. Após o sexto gol dos Leafs, Thomas Greiss foi substituído por Jean-Francois Berube, que acabou levando o sétimo gol dos Leafs.

Conseguimos nos manter na zona de classificação aos playoffs e a vitória nos dá mais confiança para os próximos jogos! Hoje, sem muito descanso, recebemos a visita do Columbus Blue Jackets, uma equipe perigosa e bem classificada. 

Go Leafs Gooooo

11/02/2017 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 13 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Sábado no Air Canada Centre, o Toronto Maple Leafs recebeu a visita do Buffalo Sabres.

Com Robin Lehner no gol, os Sabres saíram com a vitória, pois o goleiro dos Sabres estava simplesmente inspirado na noite. Ele simplesmente defendeu 43 chutes dos 44 sofridos, contra apenas 23 chutes sofridos por Frederik Andersen (20 defesas).

Os Leafs não tiveram um bom primeiro período e os Sabres se aproveitaram para abrir 3 a 0 no placar com gols de Evander Kane (04m13s e 18m02s) e Sam Reinhart aos 05m08s. Simplesmente parecia que os Leafs não conseguiam defender os chutes dos Sabres. Por outro lado, Lehner estava espetacular. 

O segundo período viu Mitch Marner diminuir a vantagem aos 15m57s, dando uma esperança para a Leafs Nation, mas que acabou sendo o único gol da equipe no jogo.

A derrota fez os Leafs terminarem uma sequência de três jogos marcando pontos. 

O próximo adversário é o New York Islanders amanhã, 14/02, em Toronto!

Go Leafs Gooooo

09/02/2017 – St. Louis Blues @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 10 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Esse será um mês muito ocupado para os Leafs que jogam 14 jogos em 28 dias. Não vai ter muita folga e ontem foi um dos dias de jogo, em casa, contra os St. Louis Blues. 

O Toronto Maple Leafs não conseguiu impor seu jogo e sua velocidade contra o experiente time dos Blues, que dominou o gelo e levou muito perigo ao gol dos Leafs, que viram uma ótima noite de Frederik Andersen, que realmente fechou o gol. Aos 04m15s do primeiro período, Patrik Berglund abriu o placar para os Blues. Houve outras oportunidades, mas Andersen fez defesas espetaculares para manter os Leafs no jogo.

Veio o segundo período e o domínio dos Blues continuou, mas numa ótima jogada, aos 18m56s, Morgan Rielly conduziu o puck, vindo da defesa, passou para Nazem Kadri, que em velocidade partiu ao ataque e, passou para a frente do gol dos Blues. O puck foi desviado e quem estava lá para aproveitar? Morgan Rielly, que chutou num gol aberto, pois o goleiro Jake Allen tinha senmovido para fechar a lateral do gol! 

Com o jogo empatado, as equipes foram ao terceiro período tentando decidir a partida, mas quem brilhou foram os goleiros, mais uma vez, inclusive numa jogada dos Leafs faltando menos de 5s para o final, quando Allen fez ótima defesa e impediu Leo Komarov de marcar o gol da vitória. 

A prorrogação acabou sendo decidida no primeiro chute ao gol, logo aos 20s, com Vladimir Tarasenko, que conduziu o puck desde a defesa, driblou um dos jogadores dos Leafs e chutou forte, vencendo Andersen. 

Não é um bom resultado, mas pela forma com que o time jogou, podíamos ter perdido, mas conseguimos mais um ponto, que pode ser a diferença entre ir aos playoffs ou não! 

No sábado enfrentaremos o Buffalo Sabres!

Go Leafs Gooooo

07/02/2017 – Dallas Stars @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 08 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Vindo de um jogo disputado na noite anterior, em New York, contra os Islanders, os Leafs voltaram para casa para receber os Dallas Stars, que haviam nos vencido em Dallas na semana passada.

Como Frederik Andersen jogou na noite anterior, o goleiro do Toronto Maple Leafs contra o Dallas foi Curtis McElhinney. Pelos Stars, Antti Niemi estava no gelo.

Buscando devolver a derrota sofrida em Dallas, os Leafs começaram pressionando e, apesar de desferir menos chutes à gol que o time dos Stars, que possui um ataque poderoso, saímos à frente no placar com um gol de Jake Gardiner aos 09m09s. Tyler Bozak venceu um face-off na zona ofensiva, passou para Mitch Marner que passou para Gardiner chutar de primeira. 

O segundo período viu os Leafs ainda melhores e Auston Matthews aumentar a liderança com um gol aos 17m32s, desviando um chute de Jake Gardiner. McElhinney conseguiu ótimas defesas, ajudando a equipe a se manter na liderança. 

Para definir a partida, o terceiro período viu Tyler Seguin finalmente vencer McElhinney após receber o puck vindo de um face-off que o Dallas venceu e chutar forte ao gol, aos 04m00s, em powerplay. Os Leafs que haviam defendido 4 minutos de powerplay do Dallas no final do segundo e começo do terceiro período, acabou recebendo um presente dos Stars logo após o gol de Seguin. Foram três penalidades seguidas e que deram aos Leafs quase quatro minutos de vantagem numérica de 5 contra 3. Nikita Zaitsev chutou forte depois de uma boa movimentação de puck dos Leafs no ataque, marcando o terceiro gol dos Leafs aos 07m26s. Ao final, vitória dos Leafs por 3 a 1 com McElhinney defendendo 39 chutes dos Stars.

Foi ótimo vencer dos Stars e melhor ainda vencer em casa, em frente à Leafs Nation, mas a equipe necessita melhorar nos face-offs, algo citado por Babcock como um dos problemas durante os jogos fora de casa. Sem vencer face-offs, o puck não fica com nossa equipe, nem as chances de gol. 

Na quinta-feira enfrentaremos o St. Louis Blues no Air Canada Centre.

Go Leafs Gooooo

23/01/2017 – Calgary Flames @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 24 janeiro 2017 Deixe um comentário

Sem vencer já a dois jogos o Toronto Maple Leafs recebeu o Calgary Flames, que não vem jogando bem e também vem de duas derrotas. 

No gol dos Flames estava Brian Elliot, um goleiro experiente e que jogou muito bem defendendo o St. Louis Blues nas finais da conferência do ano passado. 

O jogo, entre duas equipes com ótimos jovens jogadores, começou muito bem, com ambas equipes buscando o gol adversário e disputando os pucks. Somente aos 18m59s do primeiro período, Nikita Zaitsev chutou forte da linha azul e Mitch Marner desviou para o gol, sem chances de defesa para Elliot. 

A vantagem de um gol deu aos Leafs a tranquilidade que eles precisavam e a equipe se valeu disso no segundo período e ampliou a liderança aos 07m00s quando Auston Matthews recuperou o puck na defesa e passou para a zona neutra, onde William Nylander se esforçou e passou para Nazem Kadri, que em velocidade chutou para marcar o segundo dos Leafs na partida, seu 19º da temporada e seu 100º gol da carreira na NHL. Ainda vimos Zach Hyman marcar mais um para os Leafs aos 16m55s, com os Flames no powerplay. Hyman está se especializando nisso, pois esse é o seu segundo gol shorthanded nos últimos 5 jogos!

Sem dar muita chance para os Flames se levantarem, os Leafs fecharam o placar com mais um gol de Nazem Kadri, o seu 20º da temporada, igualando o seu recorde da temporada 2013-14. E ainda tem muito jogo para acabar essa temporada!

Vencemos os Flames por 4 a 0 em casa, antes de iniciarmos uma série de seis jogos fora de casa. Enfrentaremos os Red Wings, Flyers, Bruins, Stars, Blues e Islanders! 

Go Leafs Gooooo

21/01/2017 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 23 janeiro 2017 Deixe um comentário

Em mais uma Batalha de Ontario, somente uma semana após a vitória em Ottawa, foi a vez dos Senators visitarem os Leafs no Air Canada Centre. 

O Toronto Maple Leafs está disputando ponto a ponto a classificação com os Senators e uma vitória sobre o rival seria importantíssima, mas não foi bem isso que conseguimos. Apesar de ainda ganharmos um ponto, pelo empate no tempo regulamentar, acabamos perdendo no shootout na quarta rodada. 

O Ottawa Senators começou muito melhor que os Leafs e dominou o primeiro período. Frederik Andersen teve muito trabalho e acabou sofrendo um único gol, marcado por Bobby Ryan aos 14m02s. Até que sair do primeiro período com uma desvantagem de somente um gol não foi tão ruim. Poderia ter sido pior! 

A conversa do intervalo no vestiário do Toronto Maple Leafs surtiu efeito e a equipe voltou melhor. Apesar da equipe cometer muitas penalidades, conseguimos empatar com Tyler Bozak aos 07m31s, num powerplay. O jogo ficou igual e a decisão ficou para o terceiro período. 

Os Leafs viraram o placar com um gol de Matt Martin, de um ângulo bem fechado, que venceu Mike Condon aos 07m00s. O restante do período foi disputado e quando faltavam menos de dois minutos para o final, com os Senators em powerplay e sem o goleiro, ou seja, com 6 jogadores no gelo, contra 4 dos Leafs, Mike Hoffman marcou o gol de empate aos 18m49s, levando o jogo pra prorrogação, que acabou sem gols.

A decisão mesmo ficou para o shootout, cobrança de pênaltis, onde Bobby Ryan marcou na primeira rodada, enquanto Auston Matthews teve sua tentativa defendida. Mitch Marner marcou para os Leafs na segunda rodada, numa bela jogada que até foi revista, pois pareceu que ele teria patinado para trás, o que é proibido, mas o gol acabou sendo confirmado. Após três rosadas, somente Bobby Ryan e Mitch Marner marcaram e fomos então para a quarta rodada onde Tyler Bozak teve sua tentativa salva e Tom Pyatt marcou, dando a vitória aos Senators! 

A rivalidade entre Leafs e Sens está voltando a ganhar força e isso é muito bom e só proporciona jogos mais acirrados e muita emoção! 

Os Leafs recebem o Calgary Flames hoje é vamos em busca de mais uma vitória! 

Go Leafs Gooooooo

%d blogueiros gostam disto: