Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Curtis McElhinney’

20/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 21 dezembro 2017 Deixe um comentário

Após a comemorativa vitória na tarde anterior, o Toronto Maple Leafs foi à Columbus, enfrentar o Columbus Blue Jackets que havia perdido de 7 a 2 na segunda-feira, contra o Boston Bruins. Os momentos eram diferentes e talvez isso tenha afetado totalmente a postura das equipes neste jogo.

Não posso dizer que os Leafs jogaram mal, afinal chutaram mais ao gol de Joonas Korpisalo (41), do que sofreram chutes no gol defendido por Curtis McElhinney (37). E McElhinney não foi o culpado na derrota dos Leafs, mas sim a forma mais “leve” da equipe jogar.

No primeiro período, o jogo estava empatado quando a defesa dos Leafs deu bobeira. Haviam três jogadores tentando roubar o puck de um jogador dos Blue Jackets na lateral do gol de McElhinney, mas Jake Gardiner deixou Lukas Sedlak sozinho para receber o puck em frente ao gol para bater de virada, abrindo o placar aos 12m57s. No primeiro powerplay para os Leafs, a equipe pressionou os Blue Jackets, mas novamente Jake Gardiner fez um passe arriscado, que foi interceptado por Seth Jones, que patinou e bateu sozinho, vencendo o goleiro dos Leafs, aos 18m45s, já que o próprio Gardiner ficou marcando o outro jogador que acompanhava Seth Jones.

Gardiner chegou a diminuir para os Leafs aos 04m26s, mas Korpisalo estava excelente na noite e não deixou os Leafs empatarem. Por sua vez, os Blue Jackets voltaram a abrir dois gols de vantagem com o novato, Pierre-Luc Dubois, aos 10m20s, num powerplay. Atualmente os Blue Jackets possuem o pior powerplay de toda a liga.

O último período ainda viu Alexander Wennberg ampliar para o time da casa aos 11m51s. Apesar de tentar muito, os Leafs sempre tinham seus chutes parados por Korpisalo. Mas Mitch Marner encontrou uma rota desde a defesa dos Leafs, passando por todos os jogadores adversários e vencendo Korpisalo aos 17m03s, marcando o seu segundo gol em dois jogos seguidos! Marner realmente está muito bem e novamente a linha formará por Marner, Bozak e JVR foi a nossa melhor na noite!

Acabamos derrotados por 4 a 2 e o próprio Mike Babcock disse que a equipe não tem desculpa, nem mesmo ter jogado no dia anterior, uma vez que foi um jogo num horário mais cedo. Simplesmente a equipe não foi tão aplicada quanto deveria ter sido! Auston Matthews também ficou de fora dessa partida, a sexta seguida, mas deve estar próximo de voltar à equipe.

O próximo jogo será amanhã, contra o New York Rangers no Madison Square Garden.

Vamos arrumar a casa e partir pra cima deles!

Go Leafs Goooooo

Anúncios

15/12/2017 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

sábado, 16 dezembro 2017 Deixe um comentário

Antes de voltar pra casa, o Toronto Maple Leafs foi ao Little Ceasar’s Arena enfrentar o Detroit Red Wings.

Nunca é fácil enfrentar os Red Wings, nem mesmo quando passam por uma má fase, como agora. Os Red Wings tinham perdido 10 dos últimos 11 jogos e os Leafs começaram melhor. Logo aos 01m58s, Andreas Borgman acertou um chute por entre a defesa dos Wings que deixou Jimmy Howard sem visão. O puck entrou por baixo do braço direito do goleiro. Abrir o placar tão cedo num jogo é sempre uma ótima indicação que a equipe vai manter o volume de jogo e tem ótima chance de vencer a partida, mas não foi isso que aconteceu.

Os Leafs jogaram bem o primeiro período e até que não estavam mal no segundo, mas Danny DeKeyser empatou aos 05m22 numa disputa pelo puck na zona ofensiva dos Wings. Foi o primeiro gol de DeKeyser na temporada. Com o jogo empatado, os Leafs tiveram um powerplay a seu favor, mas acabaram tomando um gol, de Trevor Daley, num contra-ataque em dois contra um, onde Jake Gardiner ficou cobrindo o segundo jogador e deixou Daley sozinho pra chutar em Curtis McElhinney, que não conseguiu defender. O gol shorthanded, com os Red Wings com menos jogadores no gelo que os Leafs (desvantagem numérica) foi o segundo em duas partidas seguidas, o que aconteceu anteriormente em 2007!

Com os Red Wings à frente do placar, os Leafs ainda tinham o terceiro período para se recuperarem, mas Tomas Tatar fechou o placar aos 09m39s, desta vez em vantagem numérica.

Essa foi a terceira derrota seguida dos Leafs, nos três jogos que realizaram fora de casa. A equipe continua sem Auston Matthews e neste jogo contou com Kasperi Kapanen no elenco.

Os Leafs voltam ao gelo na terça-feira, num jogo atípico, às 14:00 no horário de Toronto, 17:00 no Brasil, recebendo a visita do Carolina Hurricanes, no jogo que marcará 100 anos do primeiro jogo do Toronto Arenas na NHL, o time que originou os Leafs. Para este jogo os Leafs utilizarão uma camisa especial, relembrando o uniforme do Toronto Arenas e a data, 19 de dezembro, será oficializada pela prefeitura de Toronto como o “Toronto Maple Leafs Day”. Que honra!!!

E que venha uma vitória para ajudar nossa comemoração desse Century Game!

Go Leafs Goooooo

10/12/2017 – Edmonton Oilers @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 11 dezembro 2017 Deixe um comentário

Os jogadores da NHL são mesmo gladiadores! Após jogarem na noite anterior, contra os Penguins e Senators, os jogadores do Toronto Maple Leafs e Edmonton Oilers teriam mais uma batalha em 24 horas, sem muito tempo para descanso, ou até mesmo recuperação física e emocional.

O Edmonton Oilers, que foi uma das sensações da temporada passada, não está conseguindo obter bons resultados e hoje possui mais derrotas que vitórias na temporada. Já o Toronto Maple Leafs demonstra que possui uma equipe competitiva e que tem boas chances de chegar aos playoffs desse ano, repetindo o feito do ano passado!

Diferentemente das últimas semanas, os Leafs parecem ter acordado e estão começando as partidas muito mais ligados no jogo. Marcamos com Zach Hyman logo aos 00m34s, já desferindo um forte golpe no Edmonton Oilers que, mal iniciaram a partida, já estavam atrás no placar. Continuamos jogando, mas as melhores chances acabaram sendo do Edmonton Oilers.

Curtis McElhinney efetuou 41 defesas na partida para garantir a vitória dos Leafs. Muitos chutes não é um ponto favorável e realmente os Leafs têm deixado os times adversário muito à vontade para chutar em nossos goleiros. Já Laurent Brossoit, goleiro dos Oilers, defendeu 22 chutes durante a partida.

O importante é que não deixamos os Oilers empatarem a partida, segurando o placar até o final e especialmente, segurando McDavid, Nugent-Hopkins, Cammalleri e outros ótimos jogadores também!

Foram duas vitórias suadas em dois dias seguidos e o primeiro shutout de McElhinney na temporada. Agora nos prepararemos para visitar o Philadelphia Flyers na terça-feira!

Go Leafs Gooooooooo

02/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 novembro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória contra o Anaheim Ducks, o Toronto Maple Leafs foi enfrentar o Los Angeles Kings. 

Nosso primeiro período foi um desastre e podemos dizer que demos um tiro no próprio pé.   E não foi culpa do Curtis McElhinney. O time estava jogando bem, mas Jake Gardiner acabou por tropeçar e cair perdendo o controle do puck, oportunidade que os Kings não desperdiçaram. Michael Amadio abriu o placar com o seu primeiro gol na NHL aos 02m34s do primeiro período. Pouco depois, aos 04m58s, Mike Cammalleri marcou o segundo dos Kings num powerplay. O terceiro gol dos Kings veio num erro triplo de Nazem Kadri que por três vezes teve a oportunidade de limpar o puck da área defensiva dos Leafs, mas acabou perdendo o puck, que foi cruzado para Trevor Lewis marcar aos 19m24s. Foi um período para esquecer.

O segundo período viu Tyler Toffoli marcar duas vezes aumentando o placar para 5 a 0. Somente no final do período, Auston Matthews venceu Jonathan Quick num penalty shot aos 17m50s. Morgan Rielly também marcou, faltando apenas 1,5s para o fim do período, dando uma esperança para os Leafs no terceiro período. Quick ficou muito irritado e quase quebrou seu taco no travessão após o gol de Rielly! 

O problema é que o terceiro período só tinha 20 minutos e, todos os erros que os Leafs cometeram no primeiro período, não conseguiram ser remediados. Somente Connor Brown marcou aos 08m00s.

Durante o jogo, Auston Matthews teve outra oportunidade de marcar num penalty shot, mas acabou chutando acima do gol de Jonathan Quick. 

O próximo jogo será amanhã, em St. Louis!

Go Leafs Gooooo 

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens – 27/09/2017 – Pré-temporada 

quinta-feira, 28 setembro 2017 Deixe um comentário

Após vencer o Montreal Canadiens no Ricoh Coliseum, o Toronto Maple Leafs foi visitar os Habs, dessa vez no Videotron Centre, em Quebec, casa do Quebec Remparts.

No gol dos Canadiens estava Carey Price, que sempre é um grande problema a ser vencido pelo time adversário. No gol dos Leafs, Curtis McElhinney. 

Apesar de os Leafs terem um melhor volume de jogo no primeiro período, foram os Habs que saíram com vantagem no placar, com gols de Jonathan Drouin, num contra-ataque matador, e Andrew Shaw, que se utilizou de um erro da defesa dos Leafs, que o deixou sozinho em frente à McElhinney. Carey Price foi perfeito no primeiro período e manteve todos os chutes dos Leafs sob controle. 

No segundo período acredito que Mike Babcock tenha acertado a equipe no intervalo, pois a equipe retornou melhor no gelo e conseguiu virar o jogo, com gols de tres defensores, Connor Carrick, Andreas Borgman e Martin Marincin. A defesa dos Leafs mostrou poder de fogo e que pode sim ajudar a equipe no ataque!

O terceiro período viu os Leafs fecharem o placar logo no começo, com um gol de Andreas Johnsson. 

Essa foi a sexta derrota seguida dos Habs na pré-temporada, onde a equipe ainda não sentiu o gosto da vitória. Mas como é pré-temporada e a equipe ainda está se acertando, isso tem muito pouco a nos dizer sobre como vai ser a equipe quando os jogos forem pra valer, pois as linhas não serão as mesmas e varios jogadores novatos não serão mantidos na equipe. 

O próximo adversário dos Leafs será o Detroit Red Wings!

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: