Arquivo

Posts Tagged ‘Kari Lehtonen’

14/03/2018 – Dallas Stars @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 15 março 2018 Deixe um comentário

Com 10 vitórias seguidas jogando em casa o Toronto Maple Leafs buscava aumentar o recorde e também ganhar dois pontos para aproximá-los ainda mais dos playoffs, mas o visitante, Dallas Stars, também precisava dos dois pontos pois estão numa das posições do Wild Card da conferência Oeste e querem se manter por lá!

Frederik Andersen começou o jogo pelos Leafs, enquanto Kari Lehtonen foi o goleiro dos Stars, que jogaram na noite anterior contra os Habs.

O jogo não podia ter começado melhor para os Leafs. Lehtonen recebeu o puck de seu defensor e simplesmente errou o domínio do puck com o taco, fazendo o puck ir pra frente do gol. Nazem Kadri que estava próximo, não desperdiçou e marcou aos 04m28s. James Van Riemsdyk ampliou aos 04m53s e parecia que seria um passeio dos Leafs, mas os Stars acordaram quando Jamie Benn foi deixado sozinho em frente ao gol de Freddie e marcou para os Stars aos 14m29s. Radek Faksa desviou um chute de Pateryn aos 16m01s, empatando a partida.

No segundo período os Leafs pareciam nem ter entrado no gelo, pois o jogo foi todo dos Stars, que ampliaram com Tyler Seguin aos 04m30s. Frederik Andersen acabou saindo do jogo aos 10m53s, aparentemente contundido, dando lugar para Curtis McElhinney. Os Stars marcaram novamente com Remi Elie aos 14m03s, virando o jogo. O que parecia ir muito bem no começo do jogo, virou e passou a ir muito mal para os Leafs.

Ainda tínhamos o terceiro período para tentar marcar gols e buscar a vitória e foi o que fizemos. James Van Riemsdyk marcou aos 05m13s e depois marcou o quarto gol dos Leafs, em powerplay, seu terceiro hat trick da carreira, aos 10m43s, empatando o jogo. Faltando apenas 06m42s para o final do período, aos 13m18s, Connor Carrick erra um passe saindo da zona de defesa e Brett Ritchie consegue marcar o quinto gol dos Stars. Só nos restava pressionar em busca do empate. E foi o que fizemos. Aos 19m44s, já com os Leafs jogando sem Curtis McElhinney, Mitch Marner chuta e Patrick Marleau desvia pro gol, empatando o jogo e garantindo pelo menos um ponto pros Leafs.

Veio a prorrogação e, mais uma vez, os Stars jogaram melhor! Mesmo tendo jogado na noite anterior eles pressionaram e tiveram ótimas chances! Gardiner novamente errou passes que deram chances aos Stars, mas McElhinney jogou muito bem e nos levou ao shootout.

Tyler Bozak marcou na primeira rodada. Tyler Seguin teve seu chute defendido por McElhinney. JVR não conseguiu marcar em Lehtonen. Alexander Radulov também não conseguiu vencer McElhinney e, para fechar a vitória dos Leafs, Mitch Marner marcou na terceira rodada!

Garantimos a décima primeira vitória seguida no Air Canada Centre e os dois pontos, mas temos a preocupação da condição de Frederik Andersen.

Voltamos ao gelo hoje à noite contra o Buffalo Sabres, fora de casa!

Go Leafs Goooooo

31/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

quarta-feira, 01 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após o NHL All Star Game, onde Auston Matthews curtiu cada momento ao lado de ídolos de quando apenas sonhava com a NHL, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo no American Airlines Center em Dallas, contra o Dallas Stars. 

O jogo começou de forma absurdamente boa para os Stars que pareciam chutar num gol aberto. Nem Frederik Andersen, que foi substituído após tomar 3 gols em 5 chutes à gol, nem Curtis McElhinney e nem a defesa dos Leafs conseguiram parar o ataque dos Stars no primeiro período! Foram 5 gols dos Stars, contra apenas um dos Leafs! Os Stars marcaram com Devin Shore, Radek Faksa, Lauri Korpikoski, Brett Ritchie e Jamie Benn enquanto os Leafs somente marcaram com Tyler Bozak, num powerplay aos 13m50s. 

O segundo período viu Nikita Soshnikov reduzir a liderança aos 04m19s, após um erro da defesa dos Stars, mas Jason Spezza marcou o sexto gol dos Stars aos 07m49s. Ainda no segundo período, Mitch Marner marcou seu 16º gol aos 10m25s, tentando colocar os Leafs de volta ao jogo. Nos últimos segundos do segundo período, Patrick Eaves partiu sozinho contra McElhinney, que fez ótima defesa, negando o sétimo gol dos Stars.

O terceiro período viu os Leafs pressionarem muito o time da casa, mas Kari Lehtonen roubou a cena e não permitiu mais nenhum gol, mesmo com o número de chutes à gol em 14 a 1 para os Leafs no período. Nikita Soshnikov parecia ter marcados quarto gol dos Leafs, mas a revisão por vídeo invalidou a jogada. 

Não existe explicação para o que aconteceu. Parecia que todos chutes à gol dos Dallas eram certeiros, todos rebotes caíam no taco deles e os defensores dos Leafs não tinham ação sobre os jogadores deles próximos ao nosso gol! Foi um período de pesadelo! Agora é relaxar, esquecer esse jogo e limpar a mente para o próximo em St. Louis na sexta-feira! 

Go Leafs Goooo

25/11/2011 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

sábado, 26 novembro 2011 Deixe um comentário

Os Leafs foram a Dallas, enfrentar os Stars no American Airlines Center, vindos de uma bela vitória sobre o Tampa Bay Lightning por 7 a 1.

O jogo começou com ambas equipes buscando o ataque e quem marcou primeiro foi o time da casa. Eric Nystrom, logo aos 04m03s abre o placar para os Stars, num belo chute em frente ao gol dos Leafs. Gustavsson não conseguiu defender. Porém os Leafs ainda conseguiriam revidar, com Joey Crabb, ao 10m55s, desviando um chute de Dion Phaneuf. Aliás, neste gol, Phaneuf salvou o puck de atravessar a linha azul e manteve os Leafs no ataque, chutando ao gol, porém Crabb estava no meio do caminho e desviou de leve o puck, enganando o goleiro finlandês, Kari Lehtonen. Pouco  tempo depois, aos 14m53s, Dion Phaneuf deu um potente chute ao gol de Lehtonen que acabou passando por entre as pernas e bem devagar entrou no gol dos Stars. De qualquer maneira, Phil Kessel empurraria para dentro, pois chegou pouco depois de o puck cruzar a linha.

O Dallas Stars estava melhor no jogo, apesar do placar e no segundo período conseguiu o merecido gol de empate, aos 04m38s, o segundo de Eric Nystrom. AS equipes estiveram, pelo menos no número de chutes à gol, iguais no primeiro e segundo períodos. No primeiro período foram 7 chutes de cada equipe, no segundo foram 8.

Aos 6m55s do terceiro período, Clarke MacArthur colta a dar a liderança aos Leafs. Os Leafs ainda tiveram a chance de matar a partida, mas numa bela jogada de MacArthur, Tim Connolly não conseguiu desviar para o gol e o puck passou a centímetros da trave. Os Stars acabaram empatando a partida com um gol de Radek Dvorak aos 12m47s, num gol que foi muito comemorado.

O jogo continuou sem alterações no placar e, na prorrogação, apenas os Leafs chutaram ao gol de Lehtonen e quase chegaram à vitória, porém a partida foi levada para os pênaltis.

Nos Penaltis, ninguém conseguiu marcar até a terceira rodada. Tentaram Phil Kessel e Joe Colborne, pelos Leafs, e Loui Eriksson e Jamie Benn, pelos Stars. Até que veio a vez de Joffrey Lupul que fez um belo gol de Lehtonen. A chance de empate veio com Mike Ribeiro, mas Gustavsson defendeu e deu os dois pontos aos Leafs!

O próximo jogo é amanhã em Anahein, contra os Ducks de Corey Perry, Ryan Getzlaf e Teemu Selanne.

GO Leafs GO

%d blogueiros gostam disto: