Archive

Posts Tagged ‘Nikita Soshnikov’

06/02/2017 – Toronto Maple Leafs @ New York Islanders

terça-feira, 07 fevereiro 2017 Deixe um comentário

No último jogo da sequência fora de casa o Toronto Maple Leafs foi até o Barclays Center visitar o New York Islanders.

Vindos de vitória, os Leafs não perderam tempo e, mais uma vez, saíram atrás do placar, com um gol de Ryan Strome marcado aos 01m23s. Parece que todos os primeiros chutes à gol encontram o fundo da nossa rede! Nikita Soshnikov conseguiu o empate aos 13m27s e Auston Matthews virou o placar aos 14m51s. O time jogava bem, mas o jogo estava muito disputado. Nikolai Kulemin empatou para os Isles aos 18m13s. 

O segundo período viu os Leafs dominando o placar com gols de Mitch Marner aos 05m12s e Zach Hyman marcouno quarto gol dos Leafs, enquanto os Isles estavam em powerplay (com os Leafs em desvantagem numérica) aos 09m34s. Foi o terceiro gol short handed que Hyman marca na temporada, o maior número da NHL. Infelizmente Brock Nelson diminuiu para os Isles aos 13m48s. 

Com a vantagem de apenas um gol no placar, os Leafs defenderam a vantagem até os 13m30s do terceiro período, quando Josh Bailey marcou. Parecia que o caldo ia entornar, mas William Nylander conseguiu nos colocar à frente no placar novamente aos 17m59s. Os Islanders entraram no modo desespero e retiraram Thomas Greiss. A tática funcionou e os Isles empataram aos 18m31s com Andrew Ladd, que levou a partida à prorrogação. 

A prorrogação com três contra três é sempre emocionante, pois permite muitas chances de gol. Os Leafs tiveram ótima chance, mas Greiss defendeu. Os Isles tiveram um contra-ataque em 3 contra 1 e não desperdiçaram. Brick Nelson marcou o gol da vitória aos 02m42s da prorrogação.

Foi mais uma vitória que simplesmente escorreu pelos dedos! Precisávamos manter os Isles controlados no final do terceiro período e não conseguimos! Um ponto é melhor que nada, ainda mais jogando fora, mas deixar empatar no finalzinho e ainda perder na prorrogação foi um duro golpe. 

Os Leafs voltam ao gelo hoje à noite, em casa, contra o Dallas Stars! Vamos tentar devolver o placar que tivemos em Dallas na semana passada! 

Go Leafs Goooooo

Anúncios

31/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Dallas Stars

quarta-feira, 01 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Após o NHL All Star Game, onde Auston Matthews curtiu cada momento ao lado de ídolos de quando apenas sonhava com a NHL, o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo no American Airlines Center em Dallas, contra o Dallas Stars. 

O jogo começou de forma absurdamente boa para os Stars que pareciam chutar num gol aberto. Nem Frederik Andersen, que foi substituído após tomar 3 gols em 5 chutes à gol, nem Curtis McElhinney e nem a defesa dos Leafs conseguiram parar o ataque dos Stars no primeiro período! Foram 5 gols dos Stars, contra apenas um dos Leafs! Os Stars marcaram com Devin Shore, Radek Faksa, Lauri Korpikoski, Brett Ritchie e Jamie Benn enquanto os Leafs somente marcaram com Tyler Bozak, num powerplay aos 13m50s. 

O segundo período viu Nikita Soshnikov reduzir a liderança aos 04m19s, após um erro da defesa dos Stars, mas Jason Spezza marcou o sexto gol dos Stars aos 07m49s. Ainda no segundo período, Mitch Marner marcou seu 16º gol aos 10m25s, tentando colocar os Leafs de volta ao jogo. Nos últimos segundos do segundo período, Patrick Eaves partiu sozinho contra McElhinney, que fez ótima defesa, negando o sétimo gol dos Stars.

O terceiro período viu os Leafs pressionarem muito o time da casa, mas Kari Lehtonen roubou a cena e não permitiu mais nenhum gol, mesmo com o número de chutes à gol em 14 a 1 para os Leafs no período. Nikita Soshnikov parecia ter marcados quarto gol dos Leafs, mas a revisão por vídeo invalidou a jogada. 

Não existe explicação para o que aconteceu. Parecia que todos chutes à gol dos Dallas eram certeiros, todos rebotes caíam no taco deles e os defensores dos Leafs não tinham ação sobre os jogadores deles próximos ao nosso gol! Foi um período de pesadelo! Agora é relaxar, esquecer esse jogo e limpar a mente para o próximo em St. Louis na sexta-feira! 

Go Leafs Goooo

25/01/2017 – Toronto Maple Leafs @ Detroit Red Wings

quinta-feira, 26 janeiro 2017 Deixe um comentário

Iniciando uma série de jogos fora de casa, o Toronto Maple Leafs foi ao Joe Louis Arena, que se despede da NHL este ano, visitar o Detroit Red Wings, que terá uma nova arena a partir da próxima temporada. 

Os jovens jogadores dos Leafs e Mike Babcock têm feito um ótimo trabalho e os Leafs tiveram um ótimo jogo. No primeiro período, Auston Matthews roubou o puck de um defensor dos Red Wings, dominou o disco e chutou rápido, abrindo o placar e marcando o seu 23º gol na NHL, aos 05m30s. Matthews realmente confirma tudo que os analistas viam nele para indicá-lo como primeira escolha geral no Draft de 2016.

Veio o segundo período e Frederik Andersen continuou barrando as tentativas dos Red Wings, não permitindo o empate ao time da casa. Roman Polak chutou da linha azul e marcou o segundo gol dos Leafs aos 15m35s. Um jogador que está se destacando é Nazem Kadri, que vem mostrando muito valor no ataque e também na defesa. Na partida ele teve uma jogada no primeiro período em que perdeu o puck na zona neutra e voltou à defesa, mergulhando no gelo e tirando o puck do controle do ataque dos Red Wings com seu taco! Ele também teve ótima participação no segundo gol dos Leafs. 

O terceiro período viu os Leafs dobrarem o placar com gols de James Van Riemsdyk aos 04m19s, quando um chute cruzado foi desviado ao gol pelo próprio Mrazek, e Nikita Soshnikov, aos 08m14s que num contra-ataque conseguiu vencer o goleiro dos Red Wings, fechando o placar. 

É a segunda vitória seguida dos Leafs por um placar de 4 a 0, e o segundo shutout consecutivo de Frederik Andersen. 

Hoje à noite vamos visitar o Philadelphia Flyers! 

Go Leafs Goooo

05/11/2016 – Vancouver Canucks @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 07 novembro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs, que vem numa boa fase, tendo vencido os dois últimos jogos, receberam a visita dos irmãos Sedin, Vancouver Canucks. 

Os Canucks enfrentam uma má fase e o jogo contra os Leafs foi a oitava derrota seguida da equipe.

Nos gols estavam Frederik Andersen, pelos Leafs e, Ryan Miller, pelos Canucks.

O jogo foi ótimo para os Leafs que venceram por um placar expressivo, com gols de Nazem Kadri e Tyler Bozak no primeiro período, quando Derek Dorsett diminuiu a vantagem para apenas um gol.

No segundo período, Bozak ampliou a vantagem para os Leafs, mas numa bobeira da defesa, Henrik Sedin ficou sozinho em frente ao gol dos Leafs e recebeu um passe que o deixou bem confortável em driblar o goleiro dos Leafs e, novamente reduzir a vantagem para somente um gol, colocando os Canucks de volta no jogo. 

O terceiro período foi bem movimentado com mais três gols dos Leafs, marcados por Mitch Marner, Nikita Soshnikov e Jake Gardiner, e com os Canucks marcando o terceiro gol com Daniel Sedin. Este período viu também ambas equipes trocarem deus goleiros, após uma briga generalizada, que começou entre Matt Martin e Troy Stecher, que fez Ryan Miller deixar o gol para defender Stecher, viu também Frederik Andersen sair do gol dos Leafs para parar Miller e vários outros jogadores participando da encrenca! 

Ahhh, ia me esquecendo de comentar que Alexander Burrows acertou Morgan Rielly com o taco de forma totalmente covarde e não foi punido. Os dois voltaram ao gelo e brigaram logo após o face-off, com Morgana Rielly levando a melhor. 

Os Leafs saíram com a terceira vitória seguida e agora esperam a visita dos Los Angeles Kings na terça-feira! 

Go Leafs Gooooooo

09/03/2016 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 10 março 2016 Deixe um comentário

Apesar de a sequência de jogos estar nos trazendo derrotas consecutivas, o Toronto  Maple Leafs e seus jogadores novatos têm jogado muito bem. Alguns erros são sempre esperados, mas Zach Hyman, William Nylander e Nikita Soshnikov têm impressionado Mike Babcock.

O New York Islanders foi ao Air Canada Centre vindo de uma sequência de vitórias, mas sem o seu goleiro titular, Jaroslav Halak, que sofreu uma contusão na noite anterior, num jogo contra o Pittsburgh Penguins. Halak ficará fora por até seis semanas! Em seu lugar jogou Thomas Greiss. Pelos Leafs, Garret Sparks defendeu o gol. 

John Tavares foi quem abriu o placar aos 08m08s, aproveitando o seu próprio rebote. Os Leafs empataram o jogo com Zach Hyman. O jogador que estava em seu quinto jogo na NHL, tem demonstrado uma vontade incrível de se manter na equipe dos Leafs e tem sido muito aplicado. Após um chute de Colin Greening, defendido por Greiss, Hyman estava no lugar certo na hora certa e aproveitou o rebote para marcar o seu segundo gol na NHL, aos 11m27s.

O segundo período vou novamente os Leafs e os Isles trocarem gols. O primeiro foi marcado por Morgan Rielly, aos 10m45s em um powerplay. Rielly acertou um belo chute que foi no ângulo do gol de Greiss. Aos 12m54s, Anders Lee empatou para os Isles, com um wrist shot, que Sparks não conseguiu defender. 

O jogo seguia empatado e muito disputado até que, aos 14m41s do terceiro período, Ryan Strome partiu num contra-ataque, onde um defensor dos Isles simplesmente limpou a jogada na zona defensiva, mas o puck acabou indo na direção de Strome, que aproveitou e foi pra cima de Sparks. O goleiro dos Leafs defendeu parcialmente o chute, mas o puck acabou deslizando lentamente e cruzou a linha de gol, colocando os Islanders à frente. Babcock então resolveu retirar Sparks e colocar um jogador de linha a mais, além do fato dos Leafs terem um powerplay a seu favor, o que os deixava com dois jogadores a mais no gelo. Quem estava no lugar certo agora foi William Nylander, que segundo Babcock teve seu melhor jogo na NHL. Nylander empatou para os Leafs faltando apenas 01m13s para o final. 

A prorrogação terminou sem gols e a decisão foi levada ao shootout, onde o único a marcar foi Nikita Soshnikov, o jovem jogador russo, que demonstra ter habilidade, velocidade e não se acanha frente aos jogadores já experientes da NHL. Ele venceu Greiss com um chute de backhand!

É isso aí! A vitória nos trás mais confiança e evitamos bater o recorde de derrotas consecutivas nesta temporada!

Parabéns a Nylander, Hyman e Soshnikov! 

Go Leafs Go

07/03/2016 – Buffalo Sabres @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 08 março 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs recebeu o Buffalo Sabres no Air Canada Centre, mas o que parecia uma vitória tranquila acabou sendo uma derrota no Shootout.

O jogo mal começou e os Leafs já se impuseram no placar. Aos 00m25s, Nikita Soshnikov partiu no contra-ataque e deus passe na medida para Leo Komarov marcar. Mais um ponto anotado para Soshnikov que vem jogando muito bem e surpreendendo muitos analistas e comentaristas. Aos 11m05s, foi a vez de Brad Boyes marcar o segundo dos Leafs num powerplay, vencendo o goleiro Chad Johnson. 

Os Leafs dominavam a partida e realmente tudo parecia ir bem na noite para o time da casa, mas Mark Pysyk conseguiu abrir o placar para os Sabres num chute aos 16m23s do segundo período. O chute de Pysyk acabou passando por baixo do goleiro dos Leafs, Garret Sparks e, bem devagar, ia para o gol. Sparks tentou parar o puck, mas seu movimento acabou empurrando o puck para dentro, por alguns centímetros. A jogada foi revista e o gol confirmado. Apesar do gol os Leafs continuaram jogando bem e aos 19m41s, outro novato, Zach Hyman marcou o terceiro dos Leafs, aproveitando seu próprio rebote. Foi o primeiro gol de Hyman na NHL. Parabéns ao jogador que tem se mostrado incansável no gelo!

Infelizmente para os Leafs a vantagem de dois gols foi totalmente perdida no terceiro período, quando erros cometidos por Nazem Kadri, que não retornou ao gelo na velocidade que devia, após uma penalidade, e deixou Jack Eichel vencê-lo na corrida, para marcar o segundo dos Sabres aos 07m28s. Com o jogo ainda nas mãos foi a vez de Morgan Rielly perder o puck na zona defensiva e proporcionar o terceiro gol dos Sabres, marcado por Evander Kane, aos 10m41s. Matt Hunwick limpou o puck por trás do gol de Sparks e partia no contra-ataque, deixando Evander Kane pra trás, mas Morgan Rielly perdeu o puck para Sam Reinhart, que cruzou para Kane livre, marcar no gol aberto. 

O jogo seguiu para a prorrogação, onde novamente Nazem Kadri cometeu penalidade e deu um powerplay para os Sabres, que não aproveitaram, apesar de um chute de Eichel acertar a trave de Garret Sparks. A decisão ficou para o Shootout, onde Sam Reinhart venceu Sparks e nenhum jogador dos Leafs conseguiu marcar em Chad Johnson. 

Mike Babcock ficou desapontado com a derrota num jogo que estava sendo controlado pelos Leafs. Ele disse que apesar de a equipe estar com vários jogadores jovens, foram os veteranos que acabaram por cometer os erros que levaram aos gols dos Sabres. 

Os Leafs perderam o sexto jogo seguido e continuam a temporada contra os Islanders amanhã.

Go Leafs Gooooooo

05/03/2016 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 07 março 2016 Deixe um comentário

O sábado reservou uma Batalha de Ontario para o Hockey Night in Canada, e esse foi jogado no Air Canada Centre. Foi a primeira visita de Dion Phaneuf após jogar por sete anos no Toronto Maple Leafs e ter sido trocado com o Ottawa Senators. 

Para Phaneuf foi uma noite muito emocional e isso se mostrou logo no primeiro lance do jogo. Os Senators venceram o face-off e o puck foi para Phaneuf, que não conseguiu dominar e proporcionou uma oportunidade para Brooks Laich que Andrew Hammond defendeu. Phaneuf estava visivelmente nervoso no início da partida. Num dos intervalos no primeiro período, os Leafs e passaram um vídeo com um tributo ao jogador que foi capitão dos Leafs por sete temporadas, e Phaneuf teve que limpar as lágrimas em seu rosto. Os torcedores o aplaudiram em pé.

Voltando à partida, Bobby Ryan abriu o placar, vencendo Jonathan Bernier após um vacilo de Matt Hunwick aos 06m06s. Aos 07m22s, Dion Phaneuf, ex-Leafs, e Colin Greening, ex-Senators, iniciaram uma briga no gelo, que acabou com Greening vencendo e derrubando Phaneuf no gelo. Ambos foram para o penalty box. William Nylander, que vem jogando bem, finalmente encontrou o caminho do gol e marcou um belíssimo primeiro gol na NHL, aos 09m27s. Nylander recebeu o puck de Brooks Laich e chutou forte no ângulo de Andrew Hammond. Íamos interessante é que o último gol de Michael Nylander, pai de William, na NHL também teve a assistência de Brooks Laich! 

O segundo período vou os Leafs virarem a partida com um gol de Nikita Soshnikov. O novato tem jogado muito bem e marcou o seu segundo gol na NHL aos 12m10s, num powerplay. O jogo parecia estar nas mãos dos Leafs que conseguiam dominar a partida. Bernier fazia também uma ótima partida, jogando de forma bem segura e realizando importantes defesas.

Mal o terceiro período começou e Marc Methot empatou para os Sens aos 02m56s, fazendo com que o período ficasse mais uma vez muito disputado, pois ambas equipes tinham chance de vencer. Tudo que necessitavam era de mais um gol somente. Esse gol veio aos 17m45s, quando ao limpar o puck a zona defensiva, Martin Marincin simplesmente entregou o puck para Mark Stone que efetuou um passe para Zach Smith vencer Bernier e dar a vitória aos Senators. 

Mais uma vez perdemos por apenas um gol de diferença! Isso é frustrante, mas como não temos qualquer chance nesta temporada, vamos nos manter calmos e aguardar o desenrolar dessa reconstrução dos Leafs! Parece que o time, incluindo os novatos, estão no caminho certo. 

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: