Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Dominic Moore’

27/02/2018 – Toronto Maple Leafs @ Florida Panthers

segunda-feira, 05 março 2018 Deixe um comentário

Apenas 24 horas após o jogo contra o Tampa Bay Lightning, onde sofremos uma derrota no shootout, o Toronto Maple Leafs foi visitar o outro adversário do estado da Flórida, o Florida Panthers, no BB&T Center.

No gol, dando descanso a Frederik Andersen, estava Curtis McElhinney, que sempre tem entrado bem nas partidas. Do outro lado, o experiente Roberto Luongo, jogador canadense que mora em Parkland, comunidade onde houve aquele incidente com o ex-aluno que entrou na escola e atirou em varios outros alunos e professores, fazendo 17 vítimas. Na semana passada, num dos jogos dos Panthers, Luongo discursou mostrando todo seu sentimento e solidariedade às famílias das vítimas desta tragédia.

Os Panthers correm atrás de alcançar o Columbus Blue Jackets que estão na última posição de Wild Card para os playoffs deste ano e necessitam desesperadamente vencer suas partidas. E foi isso que aconteceu. A equipe da casa jogou bem e numa jogada em que Jonathan Huberdeau enganou McElhinney, fazendo que ia passar o puck para o outro lado do gol, o goleiro do Toronto simplesmente se moveu para fechar o outro lado e Huberdeau passou para Alexander Barkov chutar no gol aberto, aos 11m02s, num powerplay para o time da casa.

Jonathan Huberdeau conseguiu marcar o seu próprio gol aos 01m42s do segundo período, quando numa bela jogada, passou por um defensor dos Leafs e foi levando o puck, contornando McElhinney, que tentou fechar o ângulo, e acabou marcando no canto do gol, quando Tomas Plekanec chegava para tentar impedir. Com dois a zero no placar, Dominic Moore descontou aos 02m53s, após um erro da defesa dos Panthers acabar num rebote de Luongo, que nada pode fazer para evitar o gol. Ainda no segundo período, aos 12m34s, William Nylander fez uma jogada espetacular, voltando à zona neutra e roubando o puck de Dadonov, o defensor dos Panthers, partindo ao ataque e, no momento exato, deixando o puck para Zach Hyman, que vinha logo atrás, marcar no gol vazio! Essa jogada mostrou varias características de Nylander, como persistência e oportunismo para roubar o puck, velocidade e visão de onde estão seus companheiros de equipe! Jogo empatado!

Mais uma vez os goleiros foram excelentes e defenderam tudo no terceiro período, onde ambas equipes tiveram chances claras de gol. A decisão veio mesmo somente na prorrogação. Após chances para ambas equipes, com defesas de McElhinney e Luongo, Jared McCann recebe um passe de Aaron Ekblad, simplesmente dribla Nazem Kadri, que realmente não foi bem na jogada, cobrindo o lado errado de McCann, e partiu em velocidade, vencendo McElhinney no canto alto do Stick. Vitória dos Panthers em casa.

Não foi um jogo e um resultado tão ruim para os Leafs nesta viagem à Flórida. A equipe enfrentou o forte Tampa Bay Lightning na noite anterior, num jogo que seguiu até o shootout e na noite seguinte jogou contra os Panthers, e desferiu mais chutes à gol que o adversário! Somamos dois pontos em dois jogos fora de casa, o que não é nada ruim!

Nosso próximo jogo será no sábado, contra o Washington Capitals, no Navy-Marine Corps Memorial Stadium, um jogo a céu aberto, podemos Leafs vai jogar com um uniforme especial, branco, em homenagem à Marinha Canadense.

Go Leafs Gooooo

Anúncios

14/02/2018 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 15 fevereiro 2018 Deixe um comentário

No último de uma sequência de cinco jogos em casa, o Toronto Maple Leafs recebeu o Columbus Blue Jackets, um time que já conseguiu virar uma partida no Air Canada Centre na temporada e vencer os Leafs na prorrogação.

O Columbus é uma equipe que chuta muito ao gol adversário e isso foi alvo de atenção para Mike Babcock e Frederik Andersen. No gol de Columbus estava Joonas Korpisalo, o reserva de Sergei Bobrovsky, que sempre jogou muito bem contra os Leafs.

Apesar de chutarem menos ao gol adversário, os Leafs saíram na frente com um gol de Dominic Moore aos 04m38s, após uma bela jogada de Moore e chutando de backhand, e um gol de Nazem Kadri aos 07m36s. Os Blue Jackets somente conseguiram marcar aos 18m31s, numa bela jogada de Nick Foligno, o capitão dos Jackets, em frente à Freddie.

O começo do segundo período não foi bom para os Leafs que sofreram o gol de empate aos 02m25s, marcado novamente por Nico Foligno. Para nossa alegria, Nazem Kadri e Mitch Marner marcaram aos 08m03s e 10m17s, para devolver a vantagem no placar aos Leafs, que voltou a ser de dois gols, até que aos 14m35s, Jack Johnson marcou o terceiro dos Blue Jackets.

O último período viu Nazem Kadri marcar seu hat trick com seu terceiro gol da noite aos 11m21s e, aos 18m13s, foi a vez de Patrick Marleau marcar com Korpisalo fora do gol (Empty Net).

Foi a nona vitória dos Leafs nos últimos 10 jogos e a quinta vitória seguida. Os Leafs nunca tiveram uma sequência de cinco jogos em casa resultando em cinco vitórias em toda a sua história! Esse jogo teve uma ótima performance de Nazem Kadri, que marcou o seu quarto hat trick na NHL e ainda participou de dois outros gols, com assistências, anotando cinco pontos no total!

Neste jogo, James Gardiner acabou deixando o gelo sentindo alguma contusão e não retornou. Ainda não houve qualquer informação a respeito se Gardiner estará disponível para o próximo jogo ou não.

O próximo desafio será no sábado, em Pittsburgh contra os Penguins de Sidney Crosby.

Go Leafs Gooooooooooo

30/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

sexta-feira, 01 dezembro 2017 Deixe um comentário

Continuando nossa saga no oeste canadense, após a vitória contra o Calgary Flames, fomos visitar o Edmonton Oilers de Connor McDavid.

O jogo mal começou e fomos brindados com um powerplay, que não desperdiçamos. Logo aos 02m15s, no primeiro chute à gol dos Leafs, Auston Matthews abriu o placar, após receber um passe de William Nylander e vencer o goleiro dos Oilers, Laurent Brossoit. Não muito tempo depois, aos 05m55s, Dominic Moore intercepta um passe na zona neutra e parte sozinho contra a defesa dos Oilers, chutando no canto direito de Brossoit, que não conseguiu defender, marcando o segundo dos Leafs. Aos 12m37s, os Oilers foram ao ataque e Jake Gardiner não conseguiu limpar o puck como devia. O puck acabou voltando para trás do gold os Leafs e Mark Letestu se posicionou bem à frente do gol de Frederik Andersen para receber o passe e marcar o primeiro gol dos Oilers. Para nossa sorte, William Nylander interceptou um passe dos Oilers antes da linha azul, mantendo os Leafs no ataque, e passou para Moore, que passou para Matt Martin marcar o terceiro dos Leafs aos 13m06s, mantendo a vantagem dos Leafs em dois gols.

O técnico dos Oilers deve ter dado uma bela bronca na equipe, que voltou melhor para o segundo período. Aos 06m38s, os Oilers diminuíram com outro erro de Jake Gardiner e com outro gol após um passe vindo detrás do gol de Freddie, esse marcado por Zach Kassian, jogador da mesma linha de Letestu. Para desespero dos Leafs, aos 17m32s, Connor McDavid empata ao desviar um passe de Kris Russel. Logo após o gol, fomos novamente agraciados com um powerplay e, mais uma vez, não desperdiçamos. Dessa vez foi William Nylander, aos 18m29s, que voltou a nos colocar em vantagem com um forte chute próximo à linha azul.

Veio o terceiro período e o jogo estava disputado, sem nada definido, quando Kris Russel marcou o segundo gol de empate da noite, aos 03m01s. Com o empate a partida estava se dirigindo à prorrogação, até que, Faltando menos de dois minutos, Patrick Marleau foi ao ataque, mas teve seu chute defendido por Brossoit, mas o puck voltou e o defensor Kris Russel ao tentar se virar para limpar o puck da área em frente ao gol, pressionado por Nazem Kadri, acabou chutando o puck no próprio gol, sem que Brossoit esperasse, marcando um gol contra, que foi registrado para Marleau aos 18m55s. Tentando voltar a empatar a partida, os Oilers retiraram o goleiro no último minuto de jogo, mas Nazem Kadri dominou o puck ainda na defesa dos Leafs e chutou à distância, acertando o gol vazio aos 19m59s, fechando o placar em Leafs 6 @ Oilers 4.

Essa foi mais uma importante vitória dos Leafs jogando fora de casa e agora partimos para Vancouver para enfrentar os Canucks no sábado!

Nylander teve um gol e duas assistências neste jogo e parece estar voltando a ter uma performance melhor ofensivamente. Matthews era dúvida no jogo, por ter se sentido meio febril/resfriado na manhã de ontem, mas jogou muito bem.

Os Oilers possuem um dos piores penalty killings da liga e nós nos aproveitamos disso, marcando dois gols nos dois powerplays cedidos por eles.

Go Leafs Gooooo

26/10/2017 – Carolina Hurricanes @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 27 outubro 2017 Deixe um comentário

Vindos de duas derrotas o Carolina Hurricanes foi à Toronto, enfrentar o Toronto Maple Leafs e com um jogo muito organizado e muita dedicação, saíram com a vitória.

Os Leafs começaram mal, se recuperaram, mas voltaram a jogar mal e não conseguiram manter o ritmo de jogo. Em menos de 3 minutos do primeiro período, os Canes estavam à frente no placar com dois gols, marcados por Josh Jooris e Teuvo Teravainen. A defesa dos Leafs parece ser o maior desafio de Mike Babcock nesta temporada. Auston Matthews diminuiu marcando seu nono gol na temporada aos 09m19s, mas aos 16m08s, Elias Lindholm venceu Frederik Andersen novamente e colocou dois gols de diferença no placar. 

Ainda bem que temos uma equipe que tem um poder de ataque muito bom e isso às vezes nos salva. Foi o que aconteceu no segundo período, quando Dominic Moore e Zach Hyman marcaram em Scott Darling e empataram a partida. Infelizmente, uma vez mais, os Canes conseguiram um gol, dessa vez marcado por Victor Rask.

No último período voltamos a não jogar bem e não conseguimos mais reagir. Os Canes, por sua vez, marcaram mais dois com Josh Jooris, seu segundo gol na partida e segundo gol pelos Canes, e Brock McGinn.

Foi a terceira derrota dos Leafs na temporada e o mais estranho disso é que todas foram pelo mesmo placar (6 a 3). 

Temos que arrumar a casa para voltar a jogar amanhã, contra os Flyers! Será mais um jogo em casa e temos que nos impor!

Go Leafs Goooooooo

New Jersey Devils @ Toronto Maple Leafs – 11/10/2017

sexta-feira, 13 outubro 2017 Deixe um comentário

Com três vitórias na temporada e jogando muito bem o Toronto Maple Leafs recebeu o New Jersey Devils em busca de manter seus bons resultados.

O primeiro período viu ambas equipes buscando se impor na partida e os Leafs saíram na frente com um gol de James Van Riemsdyk aos 08m33s, durante um powerplay. Tudo parecia ir bem para a equipe de Toronto até que os Devils conseguiram virar a partida com dois gols de Miles Wood, em menos de dois minutos (09m07s e 10m45s). Aos 13m33s, Dominic Moore empatou para os Leafs mantendo as chances da equipe na partida.

No segundo período, Pavel Zacha colocou os Devils novamente à frente no placar, num powerplay. Mesmo com um powerplay em 5 contra 3 por dois minutos, os Leafs acabaram levando a pior e Brad Gibbons marcou o quarto gol dos Devils. Apesar de todo o esforço da equipe de Toronto em pressionar, parecia que essa era a noite de Corey Schneider. O goleiro fez defesas importantíssimas e se mostrou sólido a noite toda. 

Com 4 a 2 no placar em favor do time visitante, os Leafs tinham somente o terceiro período para colocar todas as suas cartas na mesa e tentar virar o jogo, mas outra vez quem se deu melhor foram os Devils. Blake Coleman acertou um belo chute à distância logo aos 03m35s, vencendo Frederik Andersen. Schneider continuou defendendo tudo e não deu muitas chances para os Leafs, a não ser em um powerplay aos 13m34s, quando William Nylander cruzou para Matthews marcar o terceiro dos Leafs com Schneider se movendo de um lado ao outro do gol. Mas já era muito tarde para uma reação contra um goleiro que estava inspirado na noite. Os Devils ainda viram Pavel Zacha marcar mais um aos 17m21s, fechando o placar em Devils 6, Leafs 3.

Foi a primeira derrota dos Leafs na temporada e, ok. Isso aconteceria mais cedo ou mais tarde e acabou acontecendo em grande parte por problemas defensivos dos Leafs e pela estelar performance de Corey Schneider que simplesmente pareceu ser um gigante fechando o gol dos Devils! 

Parabéns aos Devils pela vitória! Agora os Leafs partem para Montreal, enfrentar os Canadiens amanhã, sábado, 14/10/2017.

Go Leafs Goooooo

New York Rangers @ Toronto Maple Leafs – 07/10/2017 – Home Opener

segunda-feira, 09 outubro 2017 Deixe um comentário

Empolgados com a bela vitória na estreia, em Winnipeg, o Toronto Maple Leafs recebeu o New York Rangers em seu primeiro jogo no Air Canada Centre.

O jogo começou muito bem, com os Leafs trocando passes e indo ao ataque com muita velocidade, levando perigo a Henrik Lundqvist, até que, aos 02m30s os Leafs abriram o placar com Dominic Moore. Os Rangers por sua vez chegaram ao empate pouco tempo depois, aos 3m42s com J. T. Miller. O que parecia um balde de água gelada no momento dos Leafs, na verdade iniciou uma sequência de quatro gols ainda no primeiro período. Zach Hyman fez ótima jogada e quase marcou, porém recuperou o puck e driblou Lundqvist para marcar o segundo dos Leafs. O terceiro veio no powerplay com Jake Gardiner, que partiu da zona neutra e venceu o goleiro dos Rangers com um chute muito bem colocado. Os Leafs ainda marcaram com Nikita Zaitsev, que chutou de longe. Hyman marcou também aos 17m19s. Os Rangers ainda conseguiram diminuir no primeiro período com um gol de Kevin Shattenkirk, aos 19m37s, em powerplay. 

Infelizmente para a torcida da casa, a equipe parece ter considerado que o jogo estava fácil. Mesmo com Lundqvist sendo substituído após sofrer 5 gols, dando chance a Ondrej Pavelec de mostrar serviço, o time parou de patinar e começou a perder muitos passes, dando oportunidades aos Rangers. As oportunidades não foram perdidas e os Rangers marcaram três gols com Mika Zibanejad, Marc Staal e Matt Zuccarello, empatando o jogo. E Pavelec realizou ótimas defesas! Mais uma vez os Leafs aprenderam uma triste lição: nenhuma equipe da NHL pode ser considerada fraca, ou vencida, mesmo com 3 ou mais gols de diferença. As equipes da NHL simplesmente não desistem. 

O último período foi decisivo e nele, mais uma vez, os Leafs voltaram a jogar bem. Garantimos a vitória com gols de Tyler Bozak, Leo Komarov e Nazem Kadri, os dois últimos em powerplays, fechando o placar em 8 a 5 e mantendo a invencibilidade com a segunda vitória na temporada. No total, os Leafs marcaram 15 gols em apenas dois jogos, um número bem alto para os padrões da liga. 

Hoje receberemos a visita do Chicago Blackhawks, outra equipe invicta e que também marcou 15 gols nos seus últimos dois jogos!

Go Leafs Goooooo

Leafs definem o elenco para o início da temporada 

quarta-feira, 04 outubro 2017 Deixe um comentário

Mike Babcock definiu o elenco de 23 jogadores do Toronto Maple Leafs para a estreia na temporada, amanhã contra o Winnipeg Jets. 

O elenco que tinha 26 jogadores após o corte feito do dia seguinte à derrota contra o Detroit Red Wings e ontem foram cortados Roman Polak, Timothy Liljgren e Calle Rosen. 

Polak estava tentando obter um contrato com os Leafs e será mantido treinando até que possa vir a ser “convocado” pela equipe, ou por qualquer outra equipe da NHL.

Liljgren e Rosen foram enviados ao Toronto Marlies. Liljgren ainda pode voltar à Suécia, ou ser mantido nos Marlies, o que ainda não foi decidido. Rosen, que jogou muito bem na pré-temporada, acabou perdendo sua posição o sueco Andreas Borgman, que com seu tamanho, impressionou a gerência dos Leafs e pode ajudar no powerplay.

Ontem também, Joffrey Lupul foi submetido a exames pela NHL e, mais uma vez, não foi considerado apto a jogar, o que deu aos Leafs a possibilidade de colocá-lo na lista de “Long Term Injury Reserve” – LTIR. Essa lista isenta a equipe de contar o salário dele contra o teto salarial. Junto com Nathan Horton, Os dois liberarão quase 5 milhões de dólares no teto salarial dos Leafs, dando espaço para futuras negociações.

A equipe dos Leafs também acabou mantendo os veteranos Eric Fehr e Dominic Moore no elenco, que realmente necessita de experiência, algo que faltou no ano passado. Josh Leivo vai iniciar a temporada na equipe e, talvez tenha chances de se manter no elenco e no gelo após uma ótima pré-temporada.

Outros dois jogadores que são considerados preparados para a NHL são Nikita Soshnikov e Kasperi Kapanen, entretanto eles serão mantidos nos Marlies devido à flexibilidade de seus contratos (2 way), que estabelece que eles podem ser enviados aos Marlies, sem passar pela lista de dispensados (waiver). 

Que comece a temporada! Com muito suor, sangue e lágrimas (de alegria)  para os Leafs!! 

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: