Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Nazem Kadri’

04/01/2018 – San Jose Sharks @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 05 janeiro 2018 Deixe um comentário

Numa semana onde perdemos Johnny Bower, uma das lendas dos Leafs e um dos jogadores que venceram a última Stanley Cup dos Leafs em 1967, acabamos perdendo do Tampa Bay Lightning e agora temos uma partida contra Jumbo Joe e o San Jose Sharks, ex-equipe de Patrick Marleau.

Os Sharks são uma equipe muito experiente e que contam com Joe Thornton, Joe Pavelski, Logan Couture, Brent Burns e o goleiro Martin Jones. Mas os Leafs estão bem na temporada e o confronto era entre a terceira equipe da divisão Atlântico, contra a terceira da divisão Pacífico! Aliás, esse ano, a divisão Atlântico está com uma diferença muito grande entre os três primeiros e o quarto colocado: o Tampa Bay Lightning tem 61 pontos, depois temos os Bruins e os Leafs com 50 ( os Bruins têm 4 jogos a menos que nós) e depois temos o Florida Panthers, com três jogos a menos, mas com 39 pontos!

O jogo nem começou e logo aos 00m01s, Nazem Kadri e Joe Thornton iniciaram uma briga onde Kadri, muito menor, segurou na blusa do Joe, como em qualquer luta, mas não viu que segurou parte da barba dele, que aliás só perde para a do Brent Burns. No puxa e empurra, Kadri conseguiu levar Joe ao chão e os juízes separaram os jogadores. Nesse momento viram que um belo tufo da barba de Thornton havia sido arrancada nos puxões! Depois disso, o jogo estava muito disputado e o Toronto Maple Leafs jogava bem quando Auston Matthews abriu o placar, desviando o chute de Connor Carrick aos 18m37s. Infelizmente, Brenden Dillon empatou aos 19m08s, tirando um pouco da animação em Toronto.

Veio o segundo período e os Leafs continuaram jogando muito bem e se impondo. Aos 12m40s, Nazem Kadri desviou um chute de Mitch Marner, num powerplay. A jogada foi revisada para ver se não houve movimento de chute no lance e o gol foi validado. No final do período, aos 18m18s, numa jogada inofensiva, Frederik Andersen acabou se perdendo ao manusear o puck e Chris Tierney não desperdiçou, empatando novamente a partida. Foi o segundo erro de Andersen em dois jogos seguidos!

Entretanto para o deleite dos torcedores do Toronto, o goleiro conseguiu se recuperar e foi determinante na vitória dos Leafs, que só veio no shootout, após uma prorrogação muito emocionante com os Sharks em vantagem numérica nos últimos dois minutos! Auston Matthews abriu o shootout e marcou para os Leafs, infelizmente Mitch Marner e Patrick Marleau não conseguiram vencer Martin Jones e, no terceiro chute, os Sharks empataram com Kevin Labanc! Vieram Nylander e JVR, e nada de gols para os Leafs, assim como Freddie fechava o gol nos chutes dos Sharks. Somente na sexta rodada a partida foi decidida, com um gol de Tyler Bozak e Freddie vendo o chute de Chris Tierney batendo no travessão e não entrando!

Ahhhh, como é bom voltar a vencer após três derrotas!

Amanhã recebemos o Vancouver Canucks!

Go Leafs Gooooo

Anúncios

30/11/2017 – Toronto Maple Leafs @ Edmonton Oilers

sexta-feira, 01 dezembro 2017 Deixe um comentário

Continuando nossa saga no oeste canadense, após a vitória contra o Calgary Flames, fomos visitar o Edmonton Oilers de Connor McDavid.

O jogo mal começou e fomos brindados com um powerplay, que não desperdiçamos. Logo aos 02m15s, no primeiro chute à gol dos Leafs, Auston Matthews abriu o placar, após receber um passe de William Nylander e vencer o goleiro dos Oilers, Laurent Brossoit. Não muito tempo depois, aos 05m55s, Dominic Moore intercepta um passe na zona neutra e parte sozinho contra a defesa dos Oilers, chutando no canto direito de Brossoit, que não conseguiu defender, marcando o segundo dos Leafs. Aos 12m37s, os Oilers foram ao ataque e Jake Gardiner não conseguiu limpar o puck como devia. O puck acabou voltando para trás do gold os Leafs e Mark Letestu se posicionou bem à frente do gol de Frederik Andersen para receber o passe e marcar o primeiro gol dos Oilers. Para nossa sorte, William Nylander interceptou um passe dos Oilers antes da linha azul, mantendo os Leafs no ataque, e passou para Moore, que passou para Matt Martin marcar o terceiro dos Leafs aos 13m06s, mantendo a vantagem dos Leafs em dois gols.

O técnico dos Oilers deve ter dado uma bela bronca na equipe, que voltou melhor para o segundo período. Aos 06m38s, os Oilers diminuíram com outro erro de Jake Gardiner e com outro gol após um passe vindo detrás do gol de Freddie, esse marcado por Zach Kassian, jogador da mesma linha de Letestu. Para desespero dos Leafs, aos 17m32s, Connor McDavid empata ao desviar um passe de Kris Russel. Logo após o gol, fomos novamente agraciados com um powerplay e, mais uma vez, não desperdiçamos. Dessa vez foi William Nylander, aos 18m29s, que voltou a nos colocar em vantagem com um forte chute próximo à linha azul.

Veio o terceiro período e o jogo estava disputado, sem nada definido, quando Kris Russel marcou o segundo gol de empate da noite, aos 03m01s. Com o empate a partida estava se dirigindo à prorrogação, até que, Faltando menos de dois minutos, Patrick Marleau foi ao ataque, mas teve seu chute defendido por Brossoit, mas o puck voltou e o defensor Kris Russel ao tentar se virar para limpar o puck da área em frente ao gol, pressionado por Nazem Kadri, acabou chutando o puck no próprio gol, sem que Brossoit esperasse, marcando um gol contra, que foi registrado para Marleau aos 18m55s. Tentando voltar a empatar a partida, os Oilers retiraram o goleiro no último minuto de jogo, mas Nazem Kadri dominou o puck ainda na defesa dos Leafs e chutou à distância, acertando o gol vazio aos 19m59s, fechando o placar em Leafs 6 @ Oilers 4.

Essa foi mais uma importante vitória dos Leafs jogando fora de casa e agora partimos para Vancouver para enfrentar os Canucks no sábado!

Nylander teve um gol e duas assistências neste jogo e parece estar voltando a ter uma performance melhor ofensivamente. Matthews era dúvida no jogo, por ter se sentido meio febril/resfriado na manhã de ontem, mas jogou muito bem.

Os Oilers possuem um dos piores penalty killings da liga e nós nos aproveitamos disso, marcando dois gols nos dois powerplays cedidos por eles.

Go Leafs Gooooo

29/10/2017 – Toronto Maple Leafs @ Calgary Flames

quarta-feira, 29 novembro 2017 Deixe um comentário

Iniciando seu roteiro de visitas à equipes do Oeste Canadense, o Toronto Maple Leafs foi até Calgary, enfrentar o Calgary Flames.

Neste jogo os goleiros foram muito exigidos pois tratam-se de duas equipes muito jovem e rápidas. Tanto Frederik Andersen, quanto Mike Smith estiveram muito bem na partida, até que, aos 18m36s do primeiro período, logo após Mitch Marner ter seu chute defendido por Smith, Roman Polak chutou da linha azul e o puck conseguiu desviar em dois jogadores dos Flames antes de entrar, tirando qualquer chance de defesa. Foi um lance de muita sorte pois o taco de Polak quebrou no chute e o puck foi desviado para fora do gol para depois ser desviado novamente para o gol!

A disputa continuou no segundo período, mas os Leafs se mantiveram melhor, levando mais perigo à Mike Smith do que à Freddie. Nikita Zaitsev deu mais conforto à liderança dos Leafs com um gol aos 12m36s.

O último período teve mais ação. Os Leafs ampliaram a liderança com um gol de Nazem Kadri, após William Nylander dar um belo passe e Kadri aproveitar que Mike Smith estava com a visão obstruída! Kadri marcou aos 01m54s. Michael Stone, dos Flames, diminuiu aos 05m29s num chute em que, dessa vez, Freddie estava sem a visão total do chute por ter jogadores à sua frente. A reação dos Flames acabou por aí mesmo. Os Leafs ainda marcaram mais um gol, com Leo Komarov, aos 19m59s, com os Flames em empty net.

Foi uma importante vitória para os Leafs, jogando fora de casa. A equipe agora vai à Edmonton, enfrentar os Oilers, que não estão muito bem nessa temporada, amanhã.

Nesse jogo, Auston Matthews não teve nenhum chute ao gol pela primeira vez na NHL, mas teve uma assistência no gol de Zaitsev.

Go Leafs Goooooo

30/10/2017 – Toronto Maple Leafs @ San Jose Sharks

terça-feira, 31 outubro 2017 Deixe um comentário

No primeiro jogo dos Leafs na viagem que o time está fazendo pela Califórnia, fomos ao SAP Center, casa do San Jose Sharks, ex-equipe de Patrick Marleau que foi contratado pelo Toronto Maple Leafs nesta última pós-temporada.

Os Sharks fizeram um vídeo em tributo a todos os anos que Marleau dedicou suas habilidades à equipe e todos na Arena o aplaudiram e homenagearam. Foi um tributo mais que merecido para um jogador muito habilidoso e que se dedicou aos Sharks por muito tempo. Parabéns Patrick Marleau e Parabéns San Jose Sharks, pelo lindo tributo! 

No jogo em si, os Leafs, apesar de atacarem menos, saíram na frente no placar com um gol de Auston Matthews se aproveitando de um chute de Nikita Zaitsev. Quando Zaitsev ia chutar, Matthews fez um movimento, passando pelo defensor e cruzando em frente do gol, quando controlou o puck com seu patins e bateu sem chances para Martin Jones. Infelizmente para nós, torcedores dos Leafs, a equipe não jogou bem e, durante todo o jogo, fomos dominados pela defesa dos Sharks. 

O Shark Tank é um caldeirão e o time da casa faz o uso de toda a pressão e apoio da torcida contra os adversários. No segundo período, Joe Pavelski empatou, desviando inócuo bem em frente à Frederik Andersen, que não teve tempo de se mover para fechar o gol. Os Leafs simplesmente não conseguiam atacar e deram apenas dois chutes ao gol no segundo período. 

Com o placar empatado em 1 gol para cada equipe, o jogo foi ao terceiro período, quando os Sharks continuaram melhores. Tim Heed colocou os Sharks à frente, virando o placar aos 04m11s, num powerplay. Ele chutou de longe e acertou o canto superior direito do gol de Frederik Andersen. Mais para o final da partida, Joel Ward ainda marcou o terceiro dos Sharks com os Leafs em empty net. No finalzinho ainda deu tempo para Nazem Kadri marcar, mas com o total de 18 chutes à gol durante toda a partida, não houve como os Leafs saírem com a vitória. Os Sharks por sua vez, deram 39 chutes ao gol dos Leafs.

Essa foi a nossa quinta derrota nos últimos 5 jogos e a equipe que estava alegrando a torcida nos primeiros jogos da temporada já começa a deixar a todos preocupados. O problema é a defesa? É o goleiro? É a juventude e falta de experiência? Ainda não temos a resposta, mas temos confiança em Mike Babcock, que tem o conhecimento e experiência para arrumar a casa. Talvez leve um tempo, mas ele vai arrumar o time. 

Go Leafs Gooooooo

28/10/2017 – Philadelphia Flyers @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 30 outubro 2017 Deixe um comentário

Infelizmente o time do Toronto Maple Leafs, que começou a temporada muito bem, vem tropeçando ultimamente e perdeu o terceiro dos último quatro jogos, não conseguindo impor seu jogo. Dessa vez a derrota veio contra o Philadelphia Flyers.

Brian Elliot jogou muito bem e impediu muitas chances dos Leafs voltarem ao jogo, mantendo sua equipe na liderança no placar até o final, já Frederik Andersen teve uma noite com boas defesas, mas também deixou entrar chutes defensáveis.

Muitos torcedores começam a achar que Andersen não consegue ser um goleiro número um e que os Leafs devem pensar em uma negociação, já outros colocam a culpa na equipe, que não vem mesmo jogando bem, principalmente defensivamente, não ajudando o goleiro. A verdade é que precisamos melhorar e Mike Babcock tem tudo pra arrumar essa equipe durante a temporada. 

Apesar de sairmos na frente, com um gol de Nazem Kadri aos 09m07s, recebendo assistências de Auston Matthews e Josh Leivo, em seu primeiro jogo na temporada, deixamos Flyers virarem o placar com 3 gols (Brandon Manning, Jakub Voracek e Valteri Fillpula). Mesmo com vantagem numérica de 5 contra 3, não fomos felizes e não conseguimos vencer Brian Elliot. 

Nazem Kadri marcou seu segundo gol da noite, segundo dos Leafs aos 13m02s do segundo período, mas Claude Giroux colocou os Flyers novamente a dois gols de distância dos Leafs.

A equipe, mais uma vez não jogou bem e não conseguiu manter um bom nível defensivo, além de acabar tomando gols que seriam, normalmente, defensáveis. Enfim, Babcock vai levar a equipe para a Califórnia nessa semana, e talvez os novos ares ajudem a equipe a voltar à coluna de vitórias. Os Leafs enfrentarão os Sharks, Ducks e Kings essa semana. Será a primeira visita de Patrick Marleau à San Jose, onde passou toda a sua carreira na NHL.

Go Leafs Gooooooooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

Detroit Red Wings @ Toronto Maple Leafs – 18/10/2017

quinta-feira, 19 outubro 2017 Deixe um comentário

Somente uma noite após a vitória sobre o Washington Capitals, o Toronto Maple Leafs voltou pra casa para receber o Detroit Red Wings de Henrik Zetterberg. 

O jogo começou e os Red Wings tentaram impor seu jogo e, antes que os Leafs dessem um chute ao gol, os Red Wings deram quatro. Entretanto, o aproveitamento dos Leafs foi impressionante e, após 4 chutes à gol, marcaram três gols. Nazem Kadri abriu o placar no primeiro chute contra Jimmy Howard aos 05m56s. Zach Hyman desviou um chute de Morgan Rielly aos 06m39s para marcar o segundo dos Leafs. Henrik Zetterberg fez uma linda jogada e na velocidade passou por Andreas Borgman, deu a volta por trás do gol e venceu Curtis McElhinney, que não conseguiu se mover a tempo de fechar o gol, diminuindo a vantagem dos Leafs. Aos 15m46s, foi a vez de Auston Matthews marcar um gol excepcional, partindo com o disco da zona neutra e chutando certeiro no ângulo direito de Howard, que após esse gol foi retirado da partida, sendo substituído por Petr Mrazek. Mal Mrazek entrou, já tomou o primeiro gol no primeiro chute, de Connor Brown, aos 16m26s. Foi um início de partida espetacular para os Leafs que marcaram 4 a 1 nos Red Wings.

Os Red Wings, apesar de estarem atordoados, voltaram muito bem para o segundo período e diminuíram a vantagem dos Leafs com gols de Tomas Tatar e Johnatan Ericsson. O gol de Ericsson foi analisado pela liga e confirmado pois não houve qualquer contato dele com McElhinney. Morgan Rielly deu novo fôlego aos Leafs, marcando o quinto gol dos Leafs aos 12m57s em powerplay. 

A decisão viria no último período e os Leafs conseguiram segurar o time visitante até que, no desespero final, os Red Wings ficaram sem goleiro, quando William Nylander marcou o sexto gol, fechando o placar em Detroit Red Wings 3 @ Toronto Maple Leafs 6.

Foi a sexta vitória em sete jogos e os Leafs começam a temporada como um dos melhores times da liga, como primeiro no número de gols, entre outras estatísticas. 

O próximo desafio dos Leafs será contra o Ottawa Senators, na casa dos Senators, no sábado.

Go Leafs Goooooo

%d blogueiros gostam disto: