Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Nikita Zaitsev’

09/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 10 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Finalmente voltamos a ter uma sequência de vitórias e esse jogo foi uma disputa direta, contra um adversário na mesma divisão e que estava a apenas um ponto dos Leafs, ou seja, uma disputa direta pela melhor colocação na tabela de classificação.

O Montreal também estava vindo de uma sequência de vitórias e estavam confiantes já que jogavam em casa, no Bell Centre.

Aos 00m51s, Andrew Shaw encontrou o caminho do gol e abriu o placar num chute à distância. Para o alívio dos torcedores de Toronto, Andreas Johnsson empatou aos 02m20s. Aliás, Johnsson vem jogando muito bem, marcando gols e muitos pontos nos dois últimos jogos. Nikita Zaitsev acertou um chute da linha azul e, no meio do tráfico de jogadores, não deu para Carey Price ver o puck, que entrou no ângulo direito!

O segundo período teve gol de Tomás Tatar aos 01m13s, durante uma pressão dos Canadiens sobre os Leafs. Mais tarde no terceiro período, Brendan Gallagher vira o placar aos 07m24s, e, novamente os Leafs foram buscar o empate, dessa vez com William Nylander que marcou um belíssimo gol no canto direito de Price.

Jogo empatado nos leva à prorrogação. Os Leafs estavam desesperados, pois faltando menos de 1 minuto, Nikita Zaitsev chuta o puck e ele vai pra fora do gelo, dando um powerplay para os Habs. A prorrogação começou com os Habs pressionando e Frederik Andersen fazendo ótimas defesas. Os Leafs se seguraram como puderam e, aos 02m17, Mitch Marner partiu para o ataque levando o puck e passou para John Tavares fazer um belíssimo gol em backhand! Jogo decidido!! Leafs 4 x Habs 3.

Amanhã dia 10, jogamos novamente, agora no Madison Square Garden, onde enfrentaremos o New York Rangers!

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

23/01/2019 – Washington Capitals @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 30 janeiro 2019 Deixe um comentário

O último jogo antes da parada para o All Star Game, que esse ano foi em San Jose, na casa do San Jose Sharks, foi simplesmente contra o atual campeão da Stanley Cup, Washington Capitals.

Apesar da equipe do Toronto Maple Leafs estar em uma fase complicada, onde aparentemente o puck não nos ajuda e que perdemos muitos jogos em que jogamos bem, mas também outros em que jogamos bem mal, a equipe conseguiu se impor e saiu com a vitória.

O jogo estava muito bom, com chances para ambas equipes quando Niklas Backstrom marcou o primeiro gol da partida, aos 18m47s do primeiro período, num powerplay. Para o alívio dos torcedores dos Leafs, Nazem Kadri empatou a partida menos de um minuto depois, aos 19m34s.

O segundo período viu os Capitals voltarem a se colocar à frente no placar aos 03m51s, com ninguém mais, ninguém menos que Alexander Ovechkin, num daqueles chutes fortissimos de primeira (slap shot). Foi o gol que deu a Ovechkin o empate como o maior pontuador da NHL, com Sergey Fedorov! Tudo parecia que ia por água abaixo, mas aos 13m11s, Nikita Zaitsev empatou a partida num chute à distância que venceu Braden Holtby no meio do tráfego de jogadores. Aos 16m19s, Auston Matthews colocou os Leafs à frente com um gol em powerplay, o primeiro gol em sete jogos, que tirou esse peso de suas costas! Matthews comemorou muito!

Nazem Kadri voltou a marcar para os Leafs aos 02m10s e chegou ao seu quinto hat trick aos 10m15s, deixando uma liderança muito confortável para os Leafs. Com o jogo praticamente definido, Matt Niskanen marcou aos 17m14s, mas nem assim os Leafs diminuíram a pressão e Mitch Marner marcou aos 19m27s, já com os Capitals em Empty Net, fechando o placar em 6 a 3.

Foi uma vitória irrepreensível dos Leafs, com hat trick de Nazem Kadri, gol de Auston Matthews, três assistências de William Nylander e ótimas defesas de Frederik Andersen.

Go Leafs Goooooo

29/10/2017 – Toronto Maple Leafs @ Calgary Flames

quarta-feira, 29 novembro 2017 Deixe um comentário

Iniciando seu roteiro de visitas à equipes do Oeste Canadense, o Toronto Maple Leafs foi até Calgary, enfrentar o Calgary Flames.

Neste jogo os goleiros foram muito exigidos pois tratam-se de duas equipes muito jovem e rápidas. Tanto Frederik Andersen, quanto Mike Smith estiveram muito bem na partida, até que, aos 18m36s do primeiro período, logo após Mitch Marner ter seu chute defendido por Smith, Roman Polak chutou da linha azul e o puck conseguiu desviar em dois jogadores dos Flames antes de entrar, tirando qualquer chance de defesa. Foi um lance de muita sorte pois o taco de Polak quebrou no chute e o puck foi desviado para fora do gol para depois ser desviado novamente para o gol!

A disputa continuou no segundo período, mas os Leafs se mantiveram melhor, levando mais perigo à Mike Smith do que à Freddie. Nikita Zaitsev deu mais conforto à liderança dos Leafs com um gol aos 12m36s.

O último período teve mais ação. Os Leafs ampliaram a liderança com um gol de Nazem Kadri, após William Nylander dar um belo passe e Kadri aproveitar que Mike Smith estava com a visão obstruída! Kadri marcou aos 01m54s. Michael Stone, dos Flames, diminuiu aos 05m29s num chute em que, dessa vez, Freddie estava sem a visão total do chute por ter jogadores à sua frente. A reação dos Flames acabou por aí mesmo. Os Leafs ainda marcaram mais um gol, com Leo Komarov, aos 19m59s, com os Flames em empty net.

Foi uma importante vitória para os Leafs, jogando fora de casa. A equipe agora vai à Edmonton, enfrentar os Oilers, que não estão muito bem nessa temporada, amanhã.

Nesse jogo, Auston Matthews não teve nenhum chute ao gol pela primeira vez na NHL, mas teve uma assistência no gol de Zaitsev.

Go Leafs Goooooo

Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs – 09/10/2017

terça-feira, 10 outubro 2017 Deixe um comentário

As duas equipes com mais gols marcados nas primeiras duas rodadas da temporada de enfrentaram em Toronto, no Air Canada Centre, e tivemos um excelente jogo!

O Chicago Blackhawks, com sua equipe experiente e com várias Stanley Cups no currículo, veio visitar o Toronto Maple Leafs, uma equipe jovem, com muitos jogadores no segundo ano de suas carreiras na NHL. 

O jogo foi eletrizante do começo ao fim, com as equipes trocando períodos de domínio do gelo. Os Blackhaws saíram na frente em uma jogada até despretenciosa, quando Jan Rutta passou por trás do gol de Frederik Andersen e cruzou o disco para a frente do gol. O disco desviou no taco de Mitch Marner e acabou enganando o goleiro dos Leafs. Pouco tempo depois, foi a vez de Jonathan Toews marcar o segundo gol. Os Leafs até tentavam uma reação, mas esbarravam no goleiro Anton Forsberg, que não deixou nenhum chute dos Leafs no primeiro período, acabar nas redes dos Blackhawks. 

No segundo período os Leafs melhoraram e dominaram, mas ainda sim enfrentaram muitas dificuldades até que aos 10m20s, Nikita Zaitsev conseguiu quebrar a barreira no gol dos Blackhawks e diminuir para os Leafs.

Os Leafs estavam melhor, mas não se pode descuidar com uma equipe como a dos Blackhawks. Richard Panik ampliou para os Blackhawks se aproveitando de um chute de Brent Seabrook, num powerplay, que bateu no fundo e retornou para ele, sozinho mandar pro gol aos 07m52s do terceiro período. 

Um fator que mudou muito na equipe após a vinda de Mike Babcock é que os Leafs não desistem de nenhuma partida e isso ficou muito claro quando Connor Brown marcou aos 13m00s e James Van Riemsdyk desviou o disco com seu patins, sem chances para o goleiro dos Hawks, para empatar a partida aos 15m42s, num powerplay para os Leafs. 

Com o empate, a partida foi para a prorrogação e, aparentemente, os Blackhawks acabaram perdendo o gás após o gol de empate e os Leafs dominaram todas as melhores chances, até que, aos 03m43s, Auston Matthews dominou o puck na zona de defesa, cruzou a zona neutra levando o disco ao ataque e chutou certeiro, por sobre o ombro direito de Forsberg, dando a vitória aos Leafs, que comemoraram muito e se mantiveram invictos na temporada. 

Na quarta-feira receberemos o New Jersey Devils. 

Go Leafs Gooooooo

New York Rangers @ Toronto Maple Leafs – 07/10/2017 – Home Opener

segunda-feira, 09 outubro 2017 Deixe um comentário

Empolgados com a bela vitória na estreia, em Winnipeg, o Toronto Maple Leafs recebeu o New York Rangers em seu primeiro jogo no Air Canada Centre.

O jogo começou muito bem, com os Leafs trocando passes e indo ao ataque com muita velocidade, levando perigo a Henrik Lundqvist, até que, aos 02m30s os Leafs abriram o placar com Dominic Moore. Os Rangers por sua vez chegaram ao empate pouco tempo depois, aos 3m42s com J. T. Miller. O que parecia um balde de água gelada no momento dos Leafs, na verdade iniciou uma sequência de quatro gols ainda no primeiro período. Zach Hyman fez ótima jogada e quase marcou, porém recuperou o puck e driblou Lundqvist para marcar o segundo dos Leafs. O terceiro veio no powerplay com Jake Gardiner, que partiu da zona neutra e venceu o goleiro dos Rangers com um chute muito bem colocado. Os Leafs ainda marcaram com Nikita Zaitsev, que chutou de longe. Hyman marcou também aos 17m19s. Os Rangers ainda conseguiram diminuir no primeiro período com um gol de Kevin Shattenkirk, aos 19m37s, em powerplay. 

Infelizmente para a torcida da casa, a equipe parece ter considerado que o jogo estava fácil. Mesmo com Lundqvist sendo substituído após sofrer 5 gols, dando chance a Ondrej Pavelec de mostrar serviço, o time parou de patinar e começou a perder muitos passes, dando oportunidades aos Rangers. As oportunidades não foram perdidas e os Rangers marcaram três gols com Mika Zibanejad, Marc Staal e Matt Zuccarello, empatando o jogo. E Pavelec realizou ótimas defesas! Mais uma vez os Leafs aprenderam uma triste lição: nenhuma equipe da NHL pode ser considerada fraca, ou vencida, mesmo com 3 ou mais gols de diferença. As equipes da NHL simplesmente não desistem. 

O último período foi decisivo e nele, mais uma vez, os Leafs voltaram a jogar bem. Garantimos a vitória com gols de Tyler Bozak, Leo Komarov e Nazem Kadri, os dois últimos em powerplays, fechando o placar em 8 a 5 e mantendo a invencibilidade com a segunda vitória na temporada. No total, os Leafs marcaram 15 gols em apenas dois jogos, um número bem alto para os padrões da liga. 

Hoje receberemos a visita do Chicago Blackhawks, outra equipe invicta e que também marcou 15 gols nos seus últimos dois jogos!

Go Leafs Goooooo

Zaitsev fecha contrato com os Leafs por 7 anos

terça-feira, 30 maio 2017 Deixe um comentário

Após uma ótima temporada, onde Nikita Zaitsev jogou os 82 jogos e demonstrou muito valor para a defesa dos Leafs, o jogador russo, que havia sido contratado somente por um ano, aceitou um ótimo contrato com os Leafs!

Os Leafs terão os serviços de Nikita Zaitsev por mais 7 temporadas, num contrato com peso de 4,5 milhões de dólares por temporada. 

Foi um prêmio pelos ótimos serviços dele nesta temporada!

Desta forma os Leafs garantem Zaitsev e Rielly, uma ótima dupla defensiva, por muitos anos por vir! 

Boa sorte Zaitsev! Parabéns Shanahan e Lamoriello!

Go Leafs Goooo

22/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 23 março 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs foi à Columbus enfrentar uma equipe muito forte, que buscava a liderança da NHL, para empatar com o Washington Capitals. O Columbus Blue Jackets vinha de 4 vitórias seguidas e acabaram por não conseguir vencer em casa, num jogo em que os Leafs foram muito aplicados taticamente. 

Aos 08m55s, Nazem Kadri se aproveitou de um erro do defensor dos Blue Jackets e passou para Leo Komarov abrir o placar. Auston Matthews também deixou o dele, o gol de número 33, aos 10m54s, com os Leafs em powerplay. Matthews está a apenas um gol do recorde de um jogador novato nos Leafs, que é de Wendel Clark. Muito provavelmente ele deve passar essa marca com 10 jogos ainda por jogar! 

No segundo período o time da casa voltou com muita energia e logo aos 43s, David Savard marcou para os Blue Jackets que ainda empataram a partida aos 06m58s com Brendan Saad. Os Leafs não se abalaram e continuaram jogando bem até que, aos 13m32s, os Leafs recuperaram o puck na zona defensiva e William Nylander estava na zona neutra em boa posição. Nylander recebeu o passe, controlou o puck e partiu sozinho contra Joonas Korpisalo, que não conseguiu defender o ótimo chute do jogador dos Leafs, que colocou o time de Toronto novamente à frente do placar. 

O terceiro período mal havia começado e Roman Polak cometeu um pênalti “major”, de maior risco ao jogador adversário, e recebeu 5 minutos de penalidade em que Polak não jogaria o restante da partida e os Leafs permaneceriam com um jogador a menos durante os 5 minutos completos. Por um erro, a equipe não colocou ninguém no penalty box, erro que fez com que, após matar os 5 minutos de penalidade, os Leafs ainda permaneceram mais 01m54s com um jogador a menos, pois a partida não havia sido interrompida. Foi um chute de Brian Boyle que foi parar no banco dos Blue Jackets que fez os Leafs voltarem a jogar em 5 contra 5.  Mike Babcock disse que esse erro vai servir para que ele nunca mais o cometa no futuro. Neste período, Nazem Kadri marcou aos 15m46s, numa jogada em que foi analisada a posição dele ao entrar na zona de ataque, mas que confirmou que não houve impedimento, e Nikita Zaitsev marcou aos 17m13s, chutando o puck desde a zona defensiva dos Leafs no gol aberto dos Blue Jackets que já jogavam em Empty-Net, tentando diminuir o placar com um jogador a mais no gelo. 

A vitória dos Leafs foi importantíssima pois foi contra uma equipe muito forte, fora de casa, e os colocou na terceira posição da divisão, passando o Boston Bruins. 

Os Leafs nem terão descanso, pois recebem o New Jersey Devils hoje, em Toronto.

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: