Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Nikita Zaitsev’

Chicago Blackhawks @ Toronto Maple Leafs – 09/10/2017

terça-feira, 10 outubro 2017 Deixe um comentário

As duas equipes com mais gols marcados nas primeiras duas rodadas da temporada de enfrentaram em Toronto, no Air Canada Centre, e tivemos um excelente jogo!

O Chicago Blackhawks, com sua equipe experiente e com várias Stanley Cups no currículo, veio visitar o Toronto Maple Leafs, uma equipe jovem, com muitos jogadores no segundo ano de suas carreiras na NHL. 

O jogo foi eletrizante do começo ao fim, com as equipes trocando períodos de domínio do gelo. Os Blackhaws saíram na frente em uma jogada até despretenciosa, quando Jan Rutta passou por trás do gol de Frederik Andersen e cruzou o disco para a frente do gol. O disco desviou no taco de Mitch Marner e acabou enganando o goleiro dos Leafs. Pouco tempo depois, foi a vez de Jonathan Toews marcar o segundo gol. Os Leafs até tentavam uma reação, mas esbarravam no goleiro Anton Forsberg, que não deixou nenhum chute dos Leafs no primeiro período, acabar nas redes dos Blackhawks. 

No segundo período os Leafs melhoraram e dominaram, mas ainda sim enfrentaram muitas dificuldades até que aos 10m20s, Nikita Zaitsev conseguiu quebrar a barreira no gol dos Blackhawks e diminuir para os Leafs.

Os Leafs estavam melhor, mas não se pode descuidar com uma equipe como a dos Blackhawks. Richard Panik ampliou para os Blackhawks se aproveitando de um chute de Brent Seabrook, num powerplay, que bateu no fundo e retornou para ele, sozinho mandar pro gol aos 07m52s do terceiro período. 

Um fator que mudou muito na equipe após a vinda de Mike Babcock é que os Leafs não desistem de nenhuma partida e isso ficou muito claro quando Connor Brown marcou aos 13m00s e James Van Riemsdyk desviou o disco com seu patins, sem chances para o goleiro dos Hawks, para empatar a partida aos 15m42s, num powerplay para os Leafs. 

Com o empate, a partida foi para a prorrogação e, aparentemente, os Blackhawks acabaram perdendo o gás após o gol de empate e os Leafs dominaram todas as melhores chances, até que, aos 03m43s, Auston Matthews dominou o puck na zona de defesa, cruzou a zona neutra levando o disco ao ataque e chutou certeiro, por sobre o ombro direito de Forsberg, dando a vitória aos Leafs, que comemoraram muito e se mantiveram invictos na temporada. 

Na quarta-feira receberemos o New Jersey Devils. 

Go Leafs Gooooooo

Anúncios

New York Rangers @ Toronto Maple Leafs – 07/10/2017 – Home Opener

segunda-feira, 09 outubro 2017 Deixe um comentário

Empolgados com a bela vitória na estreia, em Winnipeg, o Toronto Maple Leafs recebeu o New York Rangers em seu primeiro jogo no Air Canada Centre.

O jogo começou muito bem, com os Leafs trocando passes e indo ao ataque com muita velocidade, levando perigo a Henrik Lundqvist, até que, aos 02m30s os Leafs abriram o placar com Dominic Moore. Os Rangers por sua vez chegaram ao empate pouco tempo depois, aos 3m42s com J. T. Miller. O que parecia um balde de água gelada no momento dos Leafs, na verdade iniciou uma sequência de quatro gols ainda no primeiro período. Zach Hyman fez ótima jogada e quase marcou, porém recuperou o puck e driblou Lundqvist para marcar o segundo dos Leafs. O terceiro veio no powerplay com Jake Gardiner, que partiu da zona neutra e venceu o goleiro dos Rangers com um chute muito bem colocado. Os Leafs ainda marcaram com Nikita Zaitsev, que chutou de longe. Hyman marcou também aos 17m19s. Os Rangers ainda conseguiram diminuir no primeiro período com um gol de Kevin Shattenkirk, aos 19m37s, em powerplay. 

Infelizmente para a torcida da casa, a equipe parece ter considerado que o jogo estava fácil. Mesmo com Lundqvist sendo substituído após sofrer 5 gols, dando chance a Ondrej Pavelec de mostrar serviço, o time parou de patinar e começou a perder muitos passes, dando oportunidades aos Rangers. As oportunidades não foram perdidas e os Rangers marcaram três gols com Mika Zibanejad, Marc Staal e Matt Zuccarello, empatando o jogo. E Pavelec realizou ótimas defesas! Mais uma vez os Leafs aprenderam uma triste lição: nenhuma equipe da NHL pode ser considerada fraca, ou vencida, mesmo com 3 ou mais gols de diferença. As equipes da NHL simplesmente não desistem. 

O último período foi decisivo e nele, mais uma vez, os Leafs voltaram a jogar bem. Garantimos a vitória com gols de Tyler Bozak, Leo Komarov e Nazem Kadri, os dois últimos em powerplays, fechando o placar em 8 a 5 e mantendo a invencibilidade com a segunda vitória na temporada. No total, os Leafs marcaram 15 gols em apenas dois jogos, um número bem alto para os padrões da liga. 

Hoje receberemos a visita do Chicago Blackhawks, outra equipe invicta e que também marcou 15 gols nos seus últimos dois jogos!

Go Leafs Goooooo

Zaitsev fecha contrato com os Leafs por 7 anos

terça-feira, 30 maio 2017 Deixe um comentário

Após uma ótima temporada, onde Nikita Zaitsev jogou os 82 jogos e demonstrou muito valor para a defesa dos Leafs, o jogador russo, que havia sido contratado somente por um ano, aceitou um ótimo contrato com os Leafs!

Os Leafs terão os serviços de Nikita Zaitsev por mais 7 temporadas, num contrato com peso de 4,5 milhões de dólares por temporada. 

Foi um prêmio pelos ótimos serviços dele nesta temporada!

Desta forma os Leafs garantem Zaitsev e Rielly, uma ótima dupla defensiva, por muitos anos por vir! 

Boa sorte Zaitsev! Parabéns Shanahan e Lamoriello!

Go Leafs Goooo

22/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

quinta-feira, 23 março 2017 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs foi à Columbus enfrentar uma equipe muito forte, que buscava a liderança da NHL, para empatar com o Washington Capitals. O Columbus Blue Jackets vinha de 4 vitórias seguidas e acabaram por não conseguir vencer em casa, num jogo em que os Leafs foram muito aplicados taticamente. 

Aos 08m55s, Nazem Kadri se aproveitou de um erro do defensor dos Blue Jackets e passou para Leo Komarov abrir o placar. Auston Matthews também deixou o dele, o gol de número 33, aos 10m54s, com os Leafs em powerplay. Matthews está a apenas um gol do recorde de um jogador novato nos Leafs, que é de Wendel Clark. Muito provavelmente ele deve passar essa marca com 10 jogos ainda por jogar! 

No segundo período o time da casa voltou com muita energia e logo aos 43s, David Savard marcou para os Blue Jackets que ainda empataram a partida aos 06m58s com Brendan Saad. Os Leafs não se abalaram e continuaram jogando bem até que, aos 13m32s, os Leafs recuperaram o puck na zona defensiva e William Nylander estava na zona neutra em boa posição. Nylander recebeu o passe, controlou o puck e partiu sozinho contra Joonas Korpisalo, que não conseguiu defender o ótimo chute do jogador dos Leafs, que colocou o time de Toronto novamente à frente do placar. 

O terceiro período mal havia começado e Roman Polak cometeu um pênalti “major”, de maior risco ao jogador adversário, e recebeu 5 minutos de penalidade em que Polak não jogaria o restante da partida e os Leafs permaneceriam com um jogador a menos durante os 5 minutos completos. Por um erro, a equipe não colocou ninguém no penalty box, erro que fez com que, após matar os 5 minutos de penalidade, os Leafs ainda permaneceram mais 01m54s com um jogador a menos, pois a partida não havia sido interrompida. Foi um chute de Brian Boyle que foi parar no banco dos Blue Jackets que fez os Leafs voltarem a jogar em 5 contra 5.  Mike Babcock disse que esse erro vai servir para que ele nunca mais o cometa no futuro. Neste período, Nazem Kadri marcou aos 15m46s, numa jogada em que foi analisada a posição dele ao entrar na zona de ataque, mas que confirmou que não houve impedimento, e Nikita Zaitsev marcou aos 17m13s, chutando o puck desde a zona defensiva dos Leafs no gol aberto dos Blue Jackets que já jogavam em Empty-Net, tentando diminuir o placar com um jogador a mais no gelo. 

A vitória dos Leafs foi importantíssima pois foi contra uma equipe muito forte, fora de casa, e os colocou na terceira posição da divisão, passando o Boston Bruins. 

Os Leafs nem terão descanso, pois recebem o New Jersey Devils hoje, em Toronto.

Go Leafs Gooooo

02/03/2017 – Toronto Maple Leafs @ Los Angeles Kings

sexta-feira, 03 março 2017 Deixe um comentário

Após a derrota contra o San Jose Sharks, os Leafs foram à Los Angeles enfrentar o Los Angeles Kings.

Os Kings haviam acabado de receber Jarome Iginla numa troca com o Colorado Avalanche na trade deadline. 

O Toronto Maple Leafs começou melhor e abriu o placar com Tyler Bozak aos 02m04s do primeiro período. 

Os times jogavam com a intensidade de um jogo de playoffs e Nikita Zaitsev marcou o segundo gol dos Leafs aos 07m20s do segundo período, após receber um passe de Brian Boyle que ganhou o faceoff na zona ofensiva. Zaitsev chutou e o puck desviou em Jeff Carter, enganando Johnatan Quick. 

Nem bem o terceiro período começou e os Kings, aproveitando de um powerplay, marcou o seu primeiro gol com Anze Kopitar. Aos 00m27s, Kopitar chutou e o puck ia para fora, mas acabou acertando o capacete de Zaitsev e indo parar no fundo do gol, sem nenhuma culpa de Frederik Andersen. Aos 01m57s, Terence Pearson marcou o gol de empate, vencendo Andersen. Com o jogo empatado, ainda houve várias chances para os Leafs, mas que não foram aproveitadas. 

A prorrogação foi eletrizante, com chances claras de gol para ambas equipes. Houve uma chance para os Leafs, mas Bozak chutou para fora com o gol aberto. Andersen e Quick fizeram defesas importantes também.

A decisão foi aos pênaltis (shootout) e, somente Anze Kopitar marcou, dando a vitória aos Kings! 

Os Leafs conseguiram um ponto e isso os deixou fora da zona de classificação para os playoffs pois, apesar de empatados com os Islanders, possuem um jogo a mais. 

Hoje a disputa é contra o Anahein Ducks!

Go Leafs Goooooo

07/02/2017 – Dallas Stars @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 08 fevereiro 2017 Deixe um comentário

Vindo de um jogo disputado na noite anterior, em New York, contra os Islanders, os Leafs voltaram para casa para receber os Dallas Stars, que haviam nos vencido em Dallas na semana passada.

Como Frederik Andersen jogou na noite anterior, o goleiro do Toronto Maple Leafs contra o Dallas foi Curtis McElhinney. Pelos Stars, Antti Niemi estava no gelo.

Buscando devolver a derrota sofrida em Dallas, os Leafs começaram pressionando e, apesar de desferir menos chutes à gol que o time dos Stars, que possui um ataque poderoso, saímos à frente no placar com um gol de Jake Gardiner aos 09m09s. Tyler Bozak venceu um face-off na zona ofensiva, passou para Mitch Marner que passou para Gardiner chutar de primeira. 

O segundo período viu os Leafs ainda melhores e Auston Matthews aumentar a liderança com um gol aos 17m32s, desviando um chute de Jake Gardiner. McElhinney conseguiu ótimas defesas, ajudando a equipe a se manter na liderança. 

Para definir a partida, o terceiro período viu Tyler Seguin finalmente vencer McElhinney após receber o puck vindo de um face-off que o Dallas venceu e chutar forte ao gol, aos 04m00s, em powerplay. Os Leafs que haviam defendido 4 minutos de powerplay do Dallas no final do segundo e começo do terceiro período, acabou recebendo um presente dos Stars logo após o gol de Seguin. Foram três penalidades seguidas e que deram aos Leafs quase quatro minutos de vantagem numérica de 5 contra 3. Nikita Zaitsev chutou forte depois de uma boa movimentação de puck dos Leafs no ataque, marcando o terceiro gol dos Leafs aos 07m26s. Ao final, vitória dos Leafs por 3 a 1 com McElhinney defendendo 39 chutes dos Stars.

Foi ótimo vencer dos Stars e melhor ainda vencer em casa, em frente à Leafs Nation, mas a equipe necessita melhorar nos face-offs, algo citado por Babcock como um dos problemas durante os jogos fora de casa. Sem vencer face-offs, o puck não fica com nossa equipe, nem as chances de gol. 

Na quinta-feira enfrentaremos o St. Louis Blues no Air Canada Centre.

Go Leafs Gooooo

17/12/2016 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 19 dezembro 2016 Deixe um comentário

O Pittsburgh Penguins de Sidney Crosby, Evgeny Malkin e Phil Kessel foi à Toronto visitar os Leafs e tiveram um jogo muito disputado.

Pelos Penguins, Marc-Andre Fleury estava no gol, já que a equipe havia ligado na noite anterior. Pelo Toronto Maple Leafs, Frederik Andersen fez uma ótima partida. 

O jogo mal havia começado e Connor Carrick cometeu uma penalidade que forneceu um pênalti shot para os Penguins. Carl Hagelin foi para o chute e Andersen efetuou uma ótima defesa, não permitindo aos Penguins abrir o placar. Aos 12m51s, Evgeny Malkin se aproveitou de uma boa movimentação do puck, que não deu visão ao goleiro dos Leafs e disparou contra um gol, praticamente aberto. Nikita Zaitsev não deixou os Penguins comemorarem e menos de 20s depois, aos 13m05s, marcou o empate para os Leafs. 

O primeiro período ainda viu Marc-Andre Fleury sair para os vestuários após a lâmina do patins de James Van Riemsdyk atingir acidentalmente seu pescoço. O goleiro levou cinco pontos e retornou ao jogo. O corte foi muito próximo à jugular do goleiro dos Penguins, mas nada de mais grave ocorreu para a felicidade de todos. 

O jogo foi muito disputado, mas o Toronto Maple Leafs conseguiu desferir 20 chutes ao gol de Fleury somente no segundo período. Essa foi a segunda vez na temporada que os Leafs conseguiram mais de 20 chutes em um só período. Mas Fleury, que é um ótimo goleiro, estava muito sólido e não permitiu nenhum gol. Pelos Leafs, Frederik Andersen também estava muito bem e inclusive fechou o gol numa tentativa de Phil Kessel num contra-ataque que poderia ter sido matador. 

Sem mais nenhum gol no tempo regulamentar, o jogo foi para a prorrogação e nele, Mitch Marner foi ao ataque, forçou o defensor a cometer um erro e perder o controle do puck e tentou driblar Fleury, que saiu muito bem do gol, mas o puck acabou ficando livre em frente ao gol dos Penguins com Fleury e um defensor caídos no gelo. Jame Gardiner apareceu e mandou o puck pro fundo do gol por cima dos dois jogadores dos Penguins, garantindo a vitória para o time da casa. Vitória merecida! 

O próximo jogo é hoje, segunda-feira 19/12, quando os Leafs recebem a visita do Anaheim Ducks.

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: