Arquivo

Archive for the ‘Scotiabank Arena’ Category

Teremos o hóquei de volta em 2 de agosto

terça-feira, 21 julho 2020 Deixe um comentário

Após meses parados devido à pandemia de Coronavírus, onde as equipes tiveram que suspender tudo, desde jogos até os treinos! Todos ficaram confinados em suas casas, esperando a decisão sobre o cancelamento da temporada, ou a data de retorno.

Esse tempo todo levou a NHL a buscar as melhores possibilidades do retorno da temporada e ao mesmo tempo de manter as equipes e seus jogadores saudáveis!

Infelizmente não houve como voltar com a temporada do ponto onde ela parou, faltando aproximadamente 12 jogos ainda por jogar. A solução encontrada foi a de realizar os playoffs, mas envolvendo os primeiros 24 times, 12 de cada conferência, pois como haviam jogos ainda não realizados, simplesmente congelar a classificação e dizer que os 8 primeiros de cada conferência estavam classificados aos playoffs seria injusto! Haviam equipes a apenas um ponto do oitavo time em cada conferência e 12 jogos poderiam mudar muito essa classificação.

A solução foi dada da seguinte forma: os primeiros 4 times de cada conferência disputarão jogos entre si para definir a classificação (de 1 a 4 em cada conferência) e os oito restantes disputarão uma série classificatória aos playoffs de 5 jogos, para definir quem enfrentará os quatro primeiros na primeira rodada.

Além disso foram definidas apenas duas cidades, uma em casa conferência, para que se criasse uma “bolha” com controles rígidos de cuidados para que a pandemia não atinja os jogadores e treinadores/técnicos e staff de apoio. Como a Pandemia está mais controlada no Canadá, que nos Estados Unidos, a decisão foi a cidade de Toronto e a de Edmonton para sediar esses jogos.

O Toronto Maple Leafs começará a disputa no dia 02 de Agosto, contra o Columbus Blue Jackets. O calendário de jogos dos Leafs será o seguinte:

Finalmente teremos hóquei de novo! Sem público na Scotiabank Arena, mas é o que temos para o momento!

E os Leafs terão Ilya Mikheyev de volta, além de Nick Robertson, Rasmus Sandin, Timothy Liljegreen e Teemu Kivihalme. E claro que Auston Matthews, John Tavares, William Nylander, Mitch Marner, Zach Hyman, Jason Spezza, Alexander Kerfoot, Kasperi Kapanen, Kyle Clifford, Morgan Rielly, Tyson Barrie, Travis Dermott, Jake Muzzin e quatro goleiros (Frederik Andersen, Jack Campbell, Kasimir Kaskisuo e Joseph Woll) estarão prontos para jogar e buscar a tão sonhada Stanley Cup!

Só Andreas Johnsson estará de fora, após operar o joelho depois das últimas partidas da temporada regular. Ele vai necessitar de, pelo menos, 6 meses para se recuperar! Boa recuperação a ele!

Go Leafs Goooooooooo

22/02/2020 – Carolina Hurricanes @ Toronto Maple Leafs – Um jogo que vai ficar na história

terça-feira, 25 fevereiro 2020 Deixe um comentário

Infelizmente a equipe do Toronto Maple Leafs vem apresentando inconsistência em seu jogo, jogando mal contra os Penguins em Pittsburgh, para depois jogar de forma perfeita contra os mesmos Penguins em Toronto, somente três dias depois. Após vencermos os Pittsburgh Penguins por shutout na quinta-feira, nosso próximo adversário, em Toronto, foi o Carolina Hurricanes, que disputa conosco uma vaga aos playoffs deste ano.

O jogo começa e numa jogada em que Zach Hyman disputava espaço em frente ao gol de James Reimer, ele acaba por empurrar o defensor dos Cabes, que cai encima de Reimer. Não me pareceu nada grave, mas o goleiro dos Canes ficou se movimentando para ver se conseguia continuar ou não a partida e, para meu espanto, acabou por ser substituído por Petr Mrazek. Essa situação, por si só, já inspirava preocupação para Rod Brindamour, o técnico dos Canes, pois teria um goleiro contundido e um goleiro extra, disponível no estádio, ficaria no banco.

Dave Ayres, 42 anos, motorista de Zamboni para o Toronto Marlies, time afiliado ao Toronto Maple Leafs na American Hockey League – AHL, é o goleiro extra, disponível em Toronto, para ocasiões como essa. Ele também auxilia nos treinos dos Marlies, quando necessário. Dave estava se preparando para tomar seu lugar no banco dos Canes e inclusive a camisa com seu nome já estava sendo preparada, em uma noite em que ele ficaria simplesmente como observador, de fora do gelo.

Para o espanto de todos no Scotiabank Arena, no segundo período, Kyle Clifford partiu ao ataque, buscando alcançar o puck, disputando na velocidade contra um defensor dos Canes, quando Petr Mrazek teve a péssima ideia de tentar chegar primeiro no puck, que estava mais pra linha azul que para o gol dos Canes. Clifford chegou no puck primeiro, mas acabou colidindo forte com Mrazek, numa jogada que acabou por contundir o goleiro dos Canes. Apesar de eu achar que a jogava foi normal, afinal Mrazek se expôs a isso quando saiu do gol e Clifford, que é muito forte, chegou primeiro ao puck, os árbitros deram penalidade a Clifford. Inicialmente foi uma penalidade major (em que o jogador fica fora do gelo por todo o tempo da penalidade, independente se a equipe adversária marca gols ou não), mas após revisão, deixaram como uma penalidade minor. Ninguém entendeu a razão da penalidade, inclusive no Twitter, onde vários comentaristas e ex-jogadores comentaram que não viam razão nenhuma para deixar Clifford no banco de penalidades. Brindamour não estava acreditando que a partida, que estava com placar de 4 a 1 para os Canes, ia ter agora um goleiro totalmente inexperiente no nível da NHL, defendendo sua equipe.

Dave Ayres entrou no gelo, usando uma máscara de goleiro, pads e stick dos Marlies, e sua jersey dos Canes, com o número 90. Ele estava perdido e nervoso pela situação, e por estar tornando um de seus sonhos em realidade, e acabou tomando dois gols nos três primeiros chutes que recebeu. Mesmo assim os jogadores dos Canes iam até ele e Erik Haula chegou a dizer pra ele relaxar e curtir o momento, não importasse quantos gols seriam marcados nele. E o segundo período acabou com o placar de 4 a 3 pros Canes.

Todos no Scotiabank Arena, apesar de querendo e esperando uma reação dos Leafs e entender que Ayres, não sendo um goleiro profissional, não conseguiria parar chutes de Auston Matthews, William Nylander, Mitch Marner e cia, apoiava o goleiro a cada vez que ele defendia ou fazia alguma jogada. Inexplicavelmente a equipe dos Leafs não conseguia atacar e a isso eu parabenizo o Carolina Hurricanes, que havia jogado na noite anterior e estava totalmente empenhado a proteger o gol de Ayres. Erramos muitos passes, não conseguimos sequer nos valer de powerplays para marcar mais gols. E, também erramos na defesa, o que permitiu aos Canes ampliarem o placar para 6 a 3. Foi um período onde os Leafs jogaram de forma irreconhecível. Marner não conseguia sequer dominar o puck, Matthews até tentava, mas não conseguia chegar ao gol de Ayres, a defesa dava passes errados e permitia o ataque dos Canes, etc.

Ao final, Dave Ayres defendeu um último chute antes do tempo se esgotar e foi ovacionado por todos na arena, que apesar da derrota vergonhosa dos Leafs, pelo fato de não conseguirem chutar num goleiro que nem é profissional, viram uma história inesquecível de uma pessoa comum, motorista de Zamboni, conseguir ajudar a equipe que defendeu vencer um jogo na NHL. Ayres foi muito abraçado e cumprimentado pelos jogadores dos Hurricanes.

Dave Ayres fez história e mereceu celebração no vestiário dos Canes, além de ter uma camiseta dos Canes com seu nome sendo vendida no site da equipe. Com royalties que serão revertidos a ele! Espero que venda muitas camisetas com o nome dele!

Hoje, terça-feira, Dave estará em Raleigh, casa do Carolina Hurricanes, recebendo homenagem do time e da torcida!

Esse é mais um capítulo da história do Toronto Maple Leafs! Uma parte vergonhosa, por simples falta de esforço da equipe, que conseguiu perder para um goleiro amador, que por acaso dirige o Zamboni de seu time afiliado na AHL.

Parabéns Dave Ayres!! Sua história será sempre lembrada por todos os torcedores dos Leafs e dos outros times da NHL, em especial pelo Carolina Hurricanes!

Aos Leafs restou se recolherem e buscar entender o que aconteceu lars que possam tomar as devidas providências de não deixar isso acontecer nunca mais.

Ainda estamos com a vaga nos playoffs na mão, mas temos que voltar a vencer de forma consistente até o final da temporada. Ainda dá, mas não podemos tropeçar!

Go Leafs Goooooo

21/04/2019 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – Jogo 6 – Rodada 1 – Playoffs

domingo, 28 abril 2019 Deixe um comentário

Estávamos com a faca e o queijo nas mãos! Bastava simplesmente mais uma vitória para que pudéssemos ir à segunda rodada dos playoffs desta temporada! E íamos jogar em casa, em frente aos nossos torcedores e colocando toda a pressão sobre o Boston Bruins!

Infelizmente não conseguimos aproveitar a oportunidade e, com um jogo muito abaixo do nível esperado, simplesmente não fomos competentes para vender os Bruins, mesmo tendo marcado o primeiro gol com Morgan Rielly aos 09m42s do primeiro período, simplesmente não executamos como devíamos e deixamos os Bruins virarem o placar com gols de Brad Marchand aos 11m23, num powerplay; Torey Krug aos 17m02s, em outro powerplay.

No segundo período vimos ainda Jake DeBrusk ampliar o placar com um gol aos 07m57s.

Auston Matthews ainda diminuiu com um gol aos 04m15s do terceiro período e até que pressionamos para o empate, mas Brad Marchand marcou mais um gol aos 18m06s, já com os Leafs em Empty Net!

Que tristeza ver a equipe jogar muito aquém do que podia! Erros que levaram à dois gols em powerplay para os Bruins! Menos pior que ainda teríamos o jogo 7, mas agora a balança pendia para o lado da equipe de Boston!

Go Leafs Goooooo

17/04/2019 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – Jogo 4 – Rodada 1 – Playoffs

sábado, 20 abril 2019 Deixe um comentário

Sem Nazem Kadri, suspenso enquanto durar a primeira rodada dos playoffs após o CrossCheck no rosto de Jake DeBrusk, o Toronto voltou ao gelo com William Nylander como central da terceira linha, para enfrentar o Boston Bruins e tentar vencer a terceira partida e colocar os Bruins a um passo do penhasco.

A partida começou muito bem para os Bruins, que marcaram com Charlie McAvoy aos 03m03s em powerplay. Brad Marchand foi o responsável pelo segundo gol dos Bruins, aos 06m38s. Os Leafs simplesmente pareciam que não tinham entrado no gelo até o segundo gol, quando acordaram. Zach Hyman diminuiu para os Leafs aos 17m55s, colocando o time da casa de volta à partida.

No início do segundo período, os Leafs continuaram a pressionar e chegaram ao empate, com um gol de Auston Matthews aos 01m07s. Foi o momento em que os Leafs deveriam encontrar a energia para virar a partida, mas o que aconteceu foram duas bobeiras da defesa e dois gols marcados por David Pastrnak, um aos 03m17s e outro aos 04m51s, este em powerplay. Os Leafs que haviam conseguido empatar, voltaram a ficar dois gols atrás no placar ao final do segundo período.

No terceiro período os Bruins ainda chegaram a ampliar com um gol de Zdeno Chara aos 05m39s, jogando mais água fria nas esperanças dos torcedores dos Leafs. Aos 11m52s, num powerplay para os Leafs, Auston Matthews diminuiu. Matthews que não havia marcado um ponto sequer nos dois primeiros jogos dos playoffs, vem marcando gols e assistências em todos os jogos desde então. Travis Dermott deixou os Leafs a apenas um gol dos Bruins aos 13m27s e os Leafs continuaram pressionando até o final, mas acabaram sofrendo mais um gol em Empty Net, aos 19m58s.

Desta forma a série ficou empatada em 2 jogos para cada equipe e a primeira rodada dos playoffs vai ser decidida num melhor de três jogos, começando pela próxima partida, em Boston!

Go Leafs Goooooooo

15/04/2019 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs – Jogo 3 – Rodada 1 – Playoffs

quarta-feira, 17 abril 2019 Deixe um comentário

Após o péssimo jogo em Boston, com Nazem Kadri não sendo inteligente e acertando Jake DeBrusk com um cross check no rosto, o Toronto Maple Leafs recebeu os Bruins no Scotiabank Arena para tentar voltar a ficar à frente na série.

Nazem Kadri recebeu como punição não poder jogar mais durante a primeira rodada dos playoffs e William Nylander foi movido para o Central da terceira linha dos Leafs.

Neste jogo os Leafs voltaram a se impor e controlaram a partida em boa parte do tempo.

Trevor Moore abriu o placar aos 02m38s do segundo período, mas a comemoração durou menos de um minuto pois Trevor Moore empatou aos 03m30s. Auston Matthews que estava sem marcar gol e nem pontos nos dois primeiros jogos da série, finalmente marcou aos 10m12s, durante um powerplay e Andreas Johnsson colocou os Leafs dois gols à frente no placar aos 17m12s. Quando pensávamos que íamos ao terceiro período com dois gols de vantagem, os Bruins ganharam um powerplay e Charlie Coyle foi deixado sozinho à frente do gol, para diminuir o placar para 3 a 2 para os Leafs, aos 19m22s.

O terceiro período foi muito disputado e, no final, com os Bruins em Empty Net, o Toronto Maple Leafs recebeu uma forte pressão pelo empate e, nos segundos finais, Mitch Marner bloqueou dois chutes para garantir a vitória e o estabelecimento de 2 a 1 na série!

Hoje teremos o quarto jogo, novamente em Toronto! Este jogo é importante pois podemos colocar os Bruins contra a parede e só precisaremos de mais uma vitória para avançar e enfrentar o surpreendente Columbus Blue Jackets, que varreram o melhor time da temporada regular, o Tampa Bay Lightning! Se perdermos, a série passa a ser melhor de três jogos!

Go Leafs Gooooo

%d blogueiros gostam disto: