Arquivo

Posts Tagged ‘Korbinian Holzer’

Lista de dispensa dos Leafs é grande!!

domingo, 29 setembro 2013 6 comentários

Os Leafs divulgaram a lista de jogadores que não estarão jogando na NHL, pelo menos no início da temporada 2013-14.

Os seguintes jogadores foram colocados na lista de dispensa (waivers):

John-Michael Liles
Korbinian Holzer
Trevor Smith
T. J. Brennan
Troy Bodie
Drew McIntyre

Enviados ao Toronto Marlies:

Jerry D’Amigo
Spencer Abbott
Greg McKegg
Josh Leivo
David Broll
Jamie Devane
Stuart Percy
Andrew MacWilliam

O time parece estar ficando pronto!! E Morgan Rielly continua na equipe!

Go Leafs Go

Gardiner foi chamado aos Leafs e Holzer voltou aos Marlies

quarta-feira, 20 março 2013 Deixe um comentário

Jake Gardiner, o defensor que todos os fãs dos Leafs esperavam ver se desenvolvendo nesta temporada, acabou sendo enviado aos Marlies, após sintomas de uma concussão, somente após 2 jogos. Gardiner se recuperou e nos Marlies marcou 10 gols e 21 assistências em 43 jogos.

Gardiner dará maior qualidade no controle do puck, no passe e no powerplay.

Quem foi demovido da equipe para dar espaço para Jake Gardiner foi Korbinian Holzer. Holzer vinha tendo atuações duvidosas e, em alguns jogos chegou a comprometer o resultado da partida, errando em mais de um gol, o que o fez retornar aos Marlies, pelo menos por enquanto.

A volta de Gardiner é muito bem vinda e sua re-estréia será hoje, no jogo contra o Tampa Bay Lightning!

Seja bem vindo Gardiner. Boa sorte!!!

Korbinian Holzer fecha contrato por mais dois anos!

terça-feira, 05 março 2013 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs assinou contrato com o defensor Korbinian Holzer por mais 2 anos.

Holzer receberá US$725,000 na próxima temporada e $850,000 na temporada 2014-15.

Holzer tem 25 anos e já participou de 16 jogos pelos Leafs nesta temporada, marcando dois gols e 19 minutos de penalidades. o defensor está empatado em terceiro no time em número de bloqueios de chutes à gol, com 37 bloqueios.

Nativo de Munique, Holzer tem representado a Alemanha, incluindo a Olimpíada de inverno de 2010 em Vancouver.

Desejamos ao Holzer muita garra e crescimento em Toronto!

GO Leafs GO!!!

19/02/2013 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quarta-feira, 20 fevereiro 2013 Deixe um comentário

Uma noite após ganhar do Florida Panthers, no segundo shutout seguido de Ben Scrivens, os Leafs aproveitaram a viagem e foram visitar o Tampa Bay Lightning.20130219_Leafs@Lightning_Banner

Apesar de jogarem bem e de chutarem mais à gol, o time da casa abriu o placar numa jogada em que os Leafs estavam saindo ao ataque e um passe errado foi interceptado e enviado a Vincent Lecavalier que chutou bem, vencendo Scrivens aos 09m25s. Após muito tentar, os Leafs acabaram por empatar aos 17m59s, com Mikhail Grabovski, num ataque em que Nikolai Kulemin chutou, o goleiro dos Lightning Anders Lindback deu rebote e Grabo aproveitou. Foi um gol que deu nova confiança aos Leafs que não deixaram os Leafs saírem do primeiro período em desvantagem no placar.

20130219_Leafs@Lightning_BannerO segundo período viu mais um erro da defesa dos Leafs que perderam um puck atrás do gol de Scrivens. O jogador dos Lightning passou o puck para Steven Stamkos, que marcou o segundo dos Lightning, sem qualquer chance para Ben Scrivens. De resto o período não apresentou nenhuma mudança, nem de placar, nem de característica de jogo de ambas as equipes.

O terceiros último período foi cheio de emoções. Logo nos primeiros minutos, ambas equipes tiveram oportunidades em contra-ataques com vantagem de 2 atacantes contra apenas 1 defensor, e ambas não foram aproveitadas. A primeira emoção real foi uma falha de Ben Scrivens que permitiu que Alexander Killorn marcasse o terceiro gol do time de Tampa Bay, aos 2m49s, num chute despretensioso e até mesmo fraco, mas que passou entre a luva e o corpo de Scrivens e entrou no gol bem lentamente. Aos 6m58s, Matt Carle recebe o puck próximo da linha azul e chuta forte, Korbinian Holzer acabou encobrindo a visão de Scrivens que nem viu o puck entrando no gol! Com o placar de 4 x 1 para os Lightning, Randy Carlyle retira Scrivens do jogo, substituindo-o por Jussi Rynnas. Esse período ainda veria a briga de Nazem Kadri e Victor Hedman e de Mark Fraser e Keith Aulie, antes de, aos 16m08s, James Van Riemsdyk desviar um chute de Phil Kessel e diminuir para os Leafs. Após esse gol, os Leafs pressionaram muito, incluindo um imenso tempo sem Rynnas no gol (Empty Net), em que os Leafs por pouco não marcaram novo gol e os Lightning, por uma vez teve um puck na trave e outro bem próximo do gol vazio dos Leafs. Fiquei muito feliz de ver a raça e vontade da equipe dos Leafs em, mesmo após terem tido um jogo na noite de ontem, buscarem de todas as formas a vitória, mesmo com o placar adverso.

Só quero deixar registrado que Ben Scrivens é um ótimo goleiro e que a falha dele no terceiro fol, não foi o fator preponderante para a derrota na noite de hoje. Nos três outros gols, houveram fatores que atrapalharam ele de fazer um bom trabalho. Pucks foram perdidos na zona defensiva dos Leafs e Holzer tapou a visão de Scrivens no quarto gol.

Parabéns Leafs. Perder na casa do adversário, na segunda noite de jogos consecutivos não é algo fora do comum e, portanto, nada alarmante. O time deve descansar para enfrentar os Sabres em Toronto na sexta-feira e ir à Ottawa no domingo.

GO Leafs GO

09/02/2013 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

domingo, 10 fevereiro 2013 3 comentários

Os Leafs voltaram de Winnipeg com a vitória e já com a cabeça para enfrentar os Canadiens no Bell Centre, buscando a terceira vitória seguida.20130209_Leafs@Canadiens_Banner

No primeiro período, os Leafs jogaram muito bem e mostraram que começaram o jogo com todo o gás. Aos 59s, Nikolai Kulemin rouba o puck na linha azul e parte para o contra-ataque sendo seguido de perto pelo defensor dos Habs, até que chegando próximo de Carey Price, ele cruza o puck na medida para Leo Komarov empurrar para o gol! Após o gol, os Leafs continuaram dominando os Habs, com muito boa distribuição de jogo, velocidade e muitos Hits (trancos). Aos 6m33s, Tyler Bozak se aproveita de um rebote de Carey Price e marca o segundo gol dos Leafs. Os Habs até tentavam se recuperar, mas eram parados por James Reimer, ou pela defesa dos Leafs que desviava o puck para longe do gol!

20130209_Leafs@Canadiens_ScoreOs times voltaram ao segundo período, mas o ânimo dos Habs mudou e o time voltou com muito mais vontade. Mas essa vontade não se converteu em gols! Houve muita animosidade entre as equipes, com Brendan Gallagher trocando trancos e empurrões com Mark Fraser, Dion Phaneuf e outros jogadores dos Leafs. James Reimer manteve os Leafs no jogo, defendendo tudo!!! Aos 3m36s, Phil Kessel se manteve sozinho atrás do gol dos Habs, recebeu o puck, chamou a marcação e deu um passe primoroso para James Van Riemsdyk marcar pelos Leafs! O período viu seguidas penalidades sendo cometidas por ambas equipes, mas os Leafs ainda veriam um gol de Phil Kessel, o segundo da temporada, aos 18m01s. Leafs 4 x Habs 0, até agora.

Com larga vantagem no placar, o Toronto Maple Leafs voltou para o terceiro período com a tarefa de manter o nível de jogo e já aguardar um Montreal Canadiens com seus jogadores perplexos por estarem perdendo em casa, talvez mais truculentos. E a expectativa foi confirmada. Com 1m09s, Brandon Prust e Mark Fraser brigaram. Os Leafs, mesmo com esse clima de guerra no gelo, conseguiu aumentar o placar num contra ataque fulminante, onde Colton Orr recebeu um belo passe e partiu sozinho contra Carey Price, Price defendeu, mas deu rebote e Korbinian Holzer aproveitou para marcar o quinto gol dos Leafs na partida, segundo de Holzer pelos Leafs, aos 4m20s. Neste ponto a transmissão acabou relembrando que no ano passado, em 11 de fevereiro, quase um ano exato, na noite em que os Leafs levaram o Banner de Mats Sundin ao teto do Air Canada Centre, os Habs venceram os Leafs por 5 x 0.

Aos 11m30s, Brandon Prust e Mikhail Gravovski se desentendem e acabam envolvendo toda a equipe numa confusão enorme. Como resultado, ambos são retirados do jogo com 10minutos de penalidades. Outro que acabou deixando a partida foi Max Pacioretty que se envolveu na confusão e ficou segurando Grabo. Os Leafs iniciaram um powerplay com a saída de Pacioretty que ficou muito contrariado com a decisão dos árbitros e jogou seu capacete contra a parede do túnel de saída dos jogadores. Os Leafs ainda teriam a vantagem de 2 jogadores no gelo com uma falta cometida por Tomas Plekanec e essa situação foi aproveitada por Dion Phaneuf, com assistência de Phil Kessel, aos 13m15s. O jogo ainda veria Colton Orr sair do jogo aos 15m01s, após uma jogada em que Orr quase se chocou de frente com o capitão dos Habs, Brian Gionta e Frazer McLaren brigar com Josh Gorges.

Foi um jogaço dos Leafs que deixaram os Habs embaraçados em casa, devolvendo a derrota sofrida no ano anterior. Reimer foi uma muralha, a defesa funcionou e o ataque foi matador. Outro jogador que tem jogado muito é Tyler Bozak, que em face-offs é um especialista.

Que venham os Flyers, para o jogo no Air Canada Centre, na segunda-feira. Estamos preparados!

GO Leafs Goooooooooooooo

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: