Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Victor Hedman’

25/10/2016 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 26 outubro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs não tem jogado mal, mas não tem conseguido manter a liderança no placar. A defesa precisa melhorar e a atuação de Frederik Andersen ainda não se mostrou eficiente, apesar de ele ter realizado ótimas defesas por várias vezes.

Os Leafs retornaram ao Air Canada Centre para seu segundo jogo em casa, recebendo o Tampa Bay Lightning de Steven Stamkos. No gol dos Leafs estava Frederik Andersen e no gol dos Lightning o ótimo goleiro, Ben Bishop.

Mal o jogo começou e os Lightning saltaram à frente no placar com um gol de Stamkos aos 01m19s. Alex Killorn marcou o segundo dos Lightning aos 07m15s e Stamkos ainda marcou o seu segundo gol da noite, terceiro dos Lightning, aos 17m12s. 

No segundo período, Victor Hedman ampliou a vantagem para quatro gols aos 07m23s. Os Leafs só conseguiram capitalizar no último minuto do segundo período, quando os Leafs, em powerplay, marcaram com William Nylander, após uma ótima troca de passes aos 19m03s. O gol foi revisto a pedido do técnico dos Lightning pois Leo Komarov estava sobre a linha azul e o ataque dos Leafs poderia estar impedido. A revisão confirmou a marcação feita pelos árbitros no gelo e o gol foi confirmado. 

O último período viu os Lightning aumentarem o placar para cinco gols com Nikita Kucherov aos 06m45s, e os Leafs apresentarem uma reação, pressionando os Lightning e conseguindo dois gols. James Van Riemsdyk marcou aos 08m28s e Auston Matthews marcou seu primeiro gol jogando no Air Canada Centre aos 09m47s. Foi nesse momento de pressão dos Leafs que houve um lance inusitado na partida: num chute de Peter Holland, Ben Bishop defendeu com a máscara, mas mesmo assim teve dois dentes arrancados na jogada. O jogador recolheu os dentes do gelo e após um breve período retornou à partida normalmente. Já. Os últimos cinco minutos de jogo, os Leafs pressionavam, tentando se aproximar do placar, quando numa jogada involuntária, Mitch Marner acertou o rosto de Filpulla com seu taco, recendo duas penalidades “minor”, num total de 4 minutos de powerplay para os Lightning. Nesse tempo o time visitante marcou dois gols com Vladislav Namestnikov aos 15m10s e Johnatan Drouin aos 15m56s, fechando o placar em 7 a 3 para os Lightning.

Os Leafs deram muito mais chutes à gol que os Lightning, mas não saíram com a vitória. Babcock necessita trabalhar bem a defesa da equipe. 

O próximo jogo será na quinta-feira em casa contra o Florida Panthers, de James Reimer. 

Go Leafs Gooooo

Anúncios

28/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

terça-feira, 29 março 2016 Deixe um comentário

Saindo de seus domínios o Toronto Maple Leafs foi até a Flórida enfrentar o Tampa Bay Lightning. Apesar de não jogar mal, não conseguiu um meio de vencer o goleiro dos Lightning, Ben Bishop, que teve uma noite inspirada é simplesmente fechou o gol.

Não faltou esforço e chutes ao gol de Bishop, que ao final da partida chegou ao número de 34, contra apenas 18 dos Lightning sobre Garret Sparks, mas o time da casa parecia pronto a aproveitar as poucas chances concedidas pelos visitantes. 

No terceiro chute ao gol de Sparks, os Lightning fizeram uma jogada onde Victor Hedman deu um longo passe pra Eric Condra, na Blue Line. Condra levou o puck até atrás do gol de Sparks e deu um passe para Mike Blunden abrir o placar aos 07m34s. Nesse mesmo tempo os Leafa já tinham dado sete chutes ao gol de Bishop. Aos 14m29s, foi a vez de Ondrej Palat marcar, aproveitando um rebote de Sparks que simplesmente subiu e caiu em frente ao gol. Sparks não sabia onde estava o puck e quando viu Palat fazendo o movimento de bater no puck no ar, não teve tempo de defender e o puck entrou por entre suas pernas.

Os Leafs continuavam melhores, mas Bishop fazia defesas espetaculares. Numa delas Brad Boyes teve o gol aberto para chutar, mas além de pegar mal no puck, Bishop desviou o chute com seu taco. Aos 06m38s, Victor Hedman marcou o terceiro dos Lightning e fechou o placar ainda no segundo período, numa jogada onde Sparks acabou sendo atrapalhado pelo defensor dos Leafs que tentava tirar um jogador dos Lightning de frente do gol. 

Bishop ainda negou uma tentativa de Nazem Kadri. O jogador dos Leafs fez um ótimo movimento, mas Bishop defendeu parcialmente com a luva e o puck ainda bateu na trave antes de sair pela lateral do gol. 

Esse foi o 16º shutout de Ben Bishop na carreira e o sexto nesta temporada.” Ás vezes o shutout é conseguido com um perfeito jogo de equipe e, às vezes, conseguido somente pelo goleiro, como nesta noite!” Disse o técnico dos Lightning. Steven Stamkos também afirmou que não foi um jogo onde a equipe deu o suporte necessário a Bishop, mas o goleiro achou uma forma de levá-los à vitória.

Os Leafs aproveitam a viagem à Flórida pra enfrentar o Flórida Panthers hoje à noite! Os Panthers estão empatados com os Lightning na liderança da divisão, mas com um jogo a menos. Resta aos Leafs deixá-los empatados vencendo o jogo de hoje! 

Go Leafs Goooo

Lupul recebe dois jogos de suspensão

quinta-feira, 21 março 2013 Deixe um comentário

A NHL acaba de suspender Joffrey Lupul por dois jogos após revisar uma jogada em que Lupul acaba desferindo um hit (tranco) acertando a cabeça de Victor Hedman, que acabou ficando um pouco tonto, mas voltou para a partida.

A jogada pode ser analisada de vários ângulos, umas culpando mais Lupul e outras absolvendo, pois Hedman é mais alto e, para Lupul acertar a cabeça dele propositalmente é porque Hedman acabou abaixando a cabeça, mas o fato é que Lupul acertou a cabeça dele com o ombro, o que é proibido pela liga para proteger a integridade física dos jogadores.

É a primeira suspensão de Lupul em sua carreira na NHL.

Para o lugar de Lupul, os Leafs chamaram o capitão dos Marlies, Ryan Hamilton, que estará no gelo hoje à noite em Buffalo.

Seja bem vindo Ryan Hamilton. Bom jogo para você!!! E pra nós!!! HEHEHE

19/02/2013 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quarta-feira, 20 fevereiro 2013 Deixe um comentário

Uma noite após ganhar do Florida Panthers, no segundo shutout seguido de Ben Scrivens, os Leafs aproveitaram a viagem e foram visitar o Tampa Bay Lightning.20130219_Leafs@Lightning_Banner

Apesar de jogarem bem e de chutarem mais à gol, o time da casa abriu o placar numa jogada em que os Leafs estavam saindo ao ataque e um passe errado foi interceptado e enviado a Vincent Lecavalier que chutou bem, vencendo Scrivens aos 09m25s. Após muito tentar, os Leafs acabaram por empatar aos 17m59s, com Mikhail Grabovski, num ataque em que Nikolai Kulemin chutou, o goleiro dos Lightning Anders Lindback deu rebote e Grabo aproveitou. Foi um gol que deu nova confiança aos Leafs que não deixaram os Leafs saírem do primeiro período em desvantagem no placar.

20130219_Leafs@Lightning_BannerO segundo período viu mais um erro da defesa dos Leafs que perderam um puck atrás do gol de Scrivens. O jogador dos Lightning passou o puck para Steven Stamkos, que marcou o segundo dos Lightning, sem qualquer chance para Ben Scrivens. De resto o período não apresentou nenhuma mudança, nem de placar, nem de característica de jogo de ambas as equipes.

O terceiros último período foi cheio de emoções. Logo nos primeiros minutos, ambas equipes tiveram oportunidades em contra-ataques com vantagem de 2 atacantes contra apenas 1 defensor, e ambas não foram aproveitadas. A primeira emoção real foi uma falha de Ben Scrivens que permitiu que Alexander Killorn marcasse o terceiro gol do time de Tampa Bay, aos 2m49s, num chute despretensioso e até mesmo fraco, mas que passou entre a luva e o corpo de Scrivens e entrou no gol bem lentamente. Aos 6m58s, Matt Carle recebe o puck próximo da linha azul e chuta forte, Korbinian Holzer acabou encobrindo a visão de Scrivens que nem viu o puck entrando no gol! Com o placar de 4 x 1 para os Lightning, Randy Carlyle retira Scrivens do jogo, substituindo-o por Jussi Rynnas. Esse período ainda veria a briga de Nazem Kadri e Victor Hedman e de Mark Fraser e Keith Aulie, antes de, aos 16m08s, James Van Riemsdyk desviar um chute de Phil Kessel e diminuir para os Leafs. Após esse gol, os Leafs pressionaram muito, incluindo um imenso tempo sem Rynnas no gol (Empty Net), em que os Leafs por pouco não marcaram novo gol e os Lightning, por uma vez teve um puck na trave e outro bem próximo do gol vazio dos Leafs. Fiquei muito feliz de ver a raça e vontade da equipe dos Leafs em, mesmo após terem tido um jogo na noite de ontem, buscarem de todas as formas a vitória, mesmo com o placar adverso.

Só quero deixar registrado que Ben Scrivens é um ótimo goleiro e que a falha dele no terceiro fol, não foi o fator preponderante para a derrota na noite de hoje. Nos três outros gols, houveram fatores que atrapalharam ele de fazer um bom trabalho. Pucks foram perdidos na zona defensiva dos Leafs e Holzer tapou a visão de Scrivens no quarto gol.

Parabéns Leafs. Perder na casa do adversário, na segunda noite de jogos consecutivos não é algo fora do comum e, portanto, nada alarmante. O time deve descansar para enfrentar os Sabres em Toronto na sexta-feira e ir à Ottawa no domingo.

GO Leafs GO

%d blogueiros gostam disto: