Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Carter Ashton’

Leafs assinam com Peter Holland e Carter Ashton

quinta-feira, 17 julho 2014 2 comentários
Toronto Maple Leafs

Toronto Maple Leafs (Photo credit: Wikipedia)

David Nonis, anunciou na quarta-feira que o clube fechou contrato com o atacante Peter Holland por um período de dois anos e também renovou por um ano o contrato com Carter Ashton, que pode jogar tanto nos Leafs quanto nos Marlies (two-way).

Holland, 23 anos, jogou 39 partidas pelos Leafs na temporada 2013-14 marcando 10 pontos (cinco gols e cinco assistencias) e acumulou 16 minutos em penalidades. Ele teve o melhor jogo da da carreira em 14 de Dezembro quando marcou dois gols e três pontos contra o Chicago Blackhawks. Ele também jogou 14 partidas de temporada regular para o Toronto Marlies, registrando cinco gols e cinco assistências e acumulando 10 minutos em penalidades. Em 11 jogos dos playoffs da Calder Cup ele liderou os Marlies tanto em gols (7) quanto em pontos (15).

Os Leafs adquiriram Holland em 16 de Novembro de 2013 do Anaheim Ducks junto com Brad Staubitz em troca de Jesse Blacker, da escolha de segunda rodada dos Leafs e da sétima rodada do Anaheim (adquirida anteriormente) no draft de 2014.

Holland, que você tenha ótimas temporadas com os Leafs e que suas habilidades sejam desenvolvidas junto com a equipe. Seja bem-vindo e nos ajude a chegar aos playoffs e à Stanley Cup!!!
——————————————-
Nota: Paul Ranger não teve o contrato renovado com os Leafs e assinou para jogar na liga suíça de hóquei! Boa sorte Paul Ranger!

Anúncios

10/01/2014 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

domingo, 12 janeiro 2014 Deixe um comentário

Após três jogos desanimadores os Leafs, após somente 24 horas da derrota contra os Hurricanes, foram à Washington enfrentar os Capitals, que estão na disputa com os Leafs pela vaga de Wild Card.

20140110_Leafs@Capitals_BannerFelizmente neste jogo os Leafs jogaram bem e conseguiram igualar a qualidade de suas jogadas com as dos Capitals. Foi um jogo bem disputado e que, no segundo período viu o jogo esquentar com lutas entre Thomas Wilson dos Capitals contra Carter Ashton dos Leafs e os pesos pesados John Erskine e Colton Orr.

Os Leafs jogaram melhor mas não conseguiram marcar no primeiro período, porém mantiveram o empate sem gols no placar.

No gol dos Capitals estava Michal Neuvirth, após ficar de fora por mais de sete semanas.

20140110_Leafs@Capitals_ScoreNo segundo período, Alexander Ovechkin abriu o placar para o time da casa aos 06m39s. James Van Riemsdyk empatou para os Leafs aos 09m08s. O jogo estava aberto para ambas equipes e a decisão veio somente no terceiro período.

Os Leafs voltaram bem ao terceiro período e Phil Kessel colocou o time à frente com um gol logo aos 54s. Os Leafs teriam que segurar os Capitals nos últimos 19 minutos de partida e, infelizmente, não conseguiram. Os Capitals empataram aos 04m36s com Niklas Backstrom e viraram o jogo com Joel Ward aos 11m51s. Os Leafs ainda tentaram uma reação, mas não conseguiram.

Infelizmente a distância que separa os Leafs dos Capitals aumentou e o time tem que voltar a jogar bem, para ganhar terreno e voltar à classificação aos playoffs.

Hoje o time recebe o New Jersey Devils precisando da vitória após 4 derrotas seguidas.

Go Leafs Goooooo

Enhanced by Zemanta

01/06/2012 – Toronto Marlies @ Norfolk Admirals – Calder Cup Finals – Jogo 1

terça-feira, 05 junho 2012 Deixe um comentário
Norfolk Admirals

Norfolk Admirals (Photo credit: Wikipedia)

O Toronto, campeão da Conferência Oeste, enfrentou o Norfolk Admirals no primeiro jogo das finais da Calder Cup. O jogo foi em Norfolk e os Marlies estavam desfalcados de seu principal artilheiro nos playoffs, Matt Frattin, que se contundiu na jogada onde marcou o gol em Empty net, que garantiu a vaga nas finais para os Marlies. Frattin lesionou o joelho e deve passar por a cirurgia para que se recupere totalmente antes do início da próxima temporada.

Os Marlies também estão desfalcados de Nazem Kadri e Mike Zigomanis.

O primeiro jogo foi um balde de água fria nos Marlies, que tomou um gol de Conacher no primeiro período e um de Johnson no segundo. Somente no início do terceiro período Carter Ashton conseguiu diminuir e colocar o time de volta no jogo, mas os Admirals definiram o placar em 3 a 1 no finalizando da partida, quando Ben Scrivens não estava mais protegendo o gol dos Marlies.

Neste jogo, talvez devido à ausência dos jogadores citados acima, os Marlies não conseguiram se aproveitar de nenhum dos 10 powerplays concedidos pelos Admirals!

A série foi aberta em vantagem dos Admirals e o segundo jogo seria na noite seguinte!

Go Marlies Go – vamos virar a série!!

19/04/2012 – AHL Playoffs – 1st Round – Rochester Americans @ Toronto Marlies – Jogo 1

sexta-feira, 20 abril 2012 1 comentário
Toronto Marlies

Toronto Marlies (Photo credit: Wikipedia)

Ontem iniciaram-se os playoffs da AHL para o Toronto Marlies. O time afiliado ao Toronto Maple Leafs enfrenta na primeira rodada, o Rochester Americans e alguns jogadores dos Leafs foram enviados aos Marlies para auxiliá-los nesta reta final para a Calder Cup: Matt Frattin, Jake Gardiner e Carter Ashton.

No gol pelos Leafs Marlies estava Ben Scrivens, que auxiliou os Leafs no final da temporada.

Os Marlies venceram os Amerks por 4 a 3, num jogo em que Matt Frattin, Mike Zigomanis e Jerry D’Amigo (2 gols) marcaram. D’Amigo foi quem marcou o gol da vitória faltando apenas 4m17s do final da partida.

Os Marlies abrem 1 a 0 na série melhor de 5, ou seja, diferente da NHL, quem ganhar 3 jogos avança para a próxima rodada! O próximo jogo é amanhã, 21/04 em Toronto. Após isso serão 2 jogos em Rochester e, se necessário o último jogo (jogo 5) em Toronto novamente.

Vamos apoiar o time dos Marlies nos playoffs e postar todos os resultados aqui no Maple Leafs Brasil!

GO Marlies GO

Montanha Russa dos Leafs versão 2011-12

quinta-feira, 12 abril 2012 1 comentário

Com a derrota, em pleno Air Canadá Centre, por shutout (sem marcar gols), para o Carolina Hurricanes (27/03), os Leafs foram definitivamente e matematicamente eliminados dos playoffs mais uma vez! Já é o recorde histórico de temporadas consecutivas sem classificação!

Na temporada 2011-2012 vimos o time começar embalado, jogando bem, liderando a conferência, batalhando pelo puck e pelas vitórias e, mesmo apesar de ser um time jovem, conseguindo uma performance digna, que nos levava a acreditar que este ano estaríamos de volta aos playoffs! Nossos goleiros estavam tendo ótima performance, tanto Reimer quanto Gustavsson e até mesmo Scrivens! Phil Kessel, Tyler Bozak e Joffrey Lupul estavam muito bem entrosados. Jake Gardiner demonstrou que realmente é um dos jogadores que veremos em nossa defesa por muito tempo, jogador jovem e promissor, mesmo em sua primeira temporada na NHL! Grabovski também mostrou o seu valor e teve seu contrato renovado. Matt Frattin também chegou com velocidade e habilidade e com os anos será um ótimo ala! Isso sem falar de nossos jogadores em desenvolvimento nos Marlies como Nazem Kadri, Joe Colborne, Korbinian Holzer, Ryan Hamilton, Mike Zigomanis e outros! O time está tão bom que os Marlies devem ser um dos favoritos na disputa da Calder Cup!

Também tivemos alguns reveses! Mike Komisarek não jogou tão bem e ficou, por boa parte da temporada, sem jogar por escolha de Ron Wilson. Nikolai Kulemin teve uma temporada muito fraca, produzindo muito pouco. Clarke MacArthur também ficou muito tempo sem produzir e Dion Phaneuf não tem tido a performance e atuação necessária de um capitão dos Leafs. Tudo bem que o comparamos com Mats Sundin, Doug Gilmour e outros grandes jogadores da história dos Leafs, mas ele teve uma atuação muito apagada.

Apagada também foi a atuação de Ron Wilson no banco dos Leafs e de Brian Burke na Trade Deadline em que enviamos Keith Aulie para os Lightning, obtendo Carter Ashton. E Dale Mitchell foi enviado aos Anahein Ducks numa troca pelo defensor Mark Fraser. Ambas trocas sem efeito imediato nos Leafs!

Nossa temporada foi exatamente inversa à temporada 2010-2011. Terminamos a temporada passada com a esperança de ver a equipe com a performance que tivemos após o final da semana do All-Star Game! Um time que buscou a classificação aos playoffs, mas que fez isso tarde demais! Esta temporada tivemos um time que simplesmente ruiu após o All-Star Game! Goleiros que pareceram se esquecer como se joga e que, do meu ponto de vista, não demonstraram estar incomodados com todos os gols que tomaram! Concordo que muitas vezes acabaram por ficar na mão, sem apoio dos defensores e até mesmo dos atacantes, mas eu diria que muitos dos gols que tomaram, eram defensáveis! Feitos em chutes como os que demos em Cam Ward na derrota citada no início deste post e que foram defendidos! Sei que os jogadores passam por fases boas e ruins mas os Leafs simplesmente implodiram!

Tudo isso sem citar que fomos totalmente liquidados por um dos nossos maiores rivais de divisão, o campeão da Stanley Cup 2010-11, Boston Bruins! Não só perdemos os seis jogos contra eles, como a diferença de placar foi brutal, culminando numa derrota por um placar de oito, isso mesmo, oito a zero! Os Bruins nos dominaram em todos os fundamentos e pareciam jogar contra uma equipe amadora.

Após a saída de Ron Wilson e a contratação de Randy Carlyle, o time não encontrou seu jogo e continuou no caminho das derrotas e o que era uma sexta posição na classificação da Conferência Leste, tornou-se a 26ª ( quinta posição com a tabela de cabeça para baixo) 🙂 ao final da temporada.

Também houve toda a pressão que antecipa o Trade Deadline com jogadores como Grabovski, Schenn, Kulemin, Kadri, e até Phil Kessel e Phaneuf com seus nomes envolvidos em possíveis trocas! Imagina pensar em trocar Kessel que está na sua melhor temporada da NHL, entre os cinco melhores atacantes em número de gols marcados! Quem poderíamos obter para justificar disponibilizarmos um recurso com tal qualidade? Só lembrando que escolhas boas no draft nem sempre se tornam estrelas da NHL!

A pós-temporada deverá ver Brian Burke negociando muito para finalmente levar a equipe aos playoffs! Burke necessita de resultados, caso contrário a cabeça que estará a prêmio será a dele! Quando ele chegou aos Leafs, disse que a equipe necessitava de uma reestruturação e que isso levaria alguns anos, mas apesar de melhorar muito a qualidade dos jogadores disponíveis ou em desenvolvimento na organização, ainda não obteve sucesso, como ele próprio definiu, não se classificando aos playoffs.

Os Leafs que já estão na fila da Stanley Cup desde 1967, agora entraram na fila dos playoffs e estão passando pela pior fase de sua gloriosa história! Cabe a nós torcedores, apesar de toda a tristeza e ânsia de títulos, manter nosso apoio e confiança de que Burke, que tem total capacidade, consiga obter o tão sonhado central para a primeira linha e, talvez, um goleiro ou outros jogadores mais experientes para auxiliar no desenvolvimento de nosso jovem elenco.

Talvez vejamos mais jogadores dos Marlies nos Leafs no próximo ano e, como candidatos temos Nazem Kadri, Ryan Hamilton, Korbinian Holzer, Joe Colborne e Carter Ashton, porém alguns destes nomes podem vir a ser utilizados em trocas para trazer algum jogador mais experiente!

Vamos aguardar e ver o que Burke planeja para a próxima temporada! E, como sempre, Go Leafs Go!

15/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

sexta-feira, 16 março 2012 Deixe um comentário

Ontem os Leafs parecem ter recobrado o espírito de equipe e as habilidades de seus jogadores! Foram até Tampa para enfrentar o Tampa Bay Lightning! Este foi o primeiro jogo de Keith Aulie contra os Leafs e de Carter Ashton contra os Lightning.
No gol dos Leafs permaneceu James Reimer! Creio que Carlyle está analisando os goleiros dos Leafs para decidir quem é o número 1!
O jogo foi bem disputado e ambas equipes se utilizaram de muito jogo físico no rink! Os Leafs levaram a melhor e abriram o placar aos logo aos 1m09s de jogo em uma jogada onde os jogadores dos Leafs trocaram passes na zona de defesa dos Lightning e John-Michael Liles chutou sem marcação bem em frente ao gol de Dustin Tokarski enquanto o time estava em powerplay!
No segundo período os Leafs aumentaram a vantagem quando Joey Crabb recebeu um ótimo passe de Matthew Lombardi aos 03m27s e não desperdiçou! O terceiro gol dos Leafs foi uma bela jogada de Jake Gardiner aos 12m28s que, após receber o puck de Matthew Lombardi, fez tabela com a borda e partiu para o ataque, fez um movimento de chute, mas controlou o puck tirando o defensor e batendo forte!
A vitória estava praticamente garantida, mas os Lightning voltaram para o último período com vontade de estragar a festa dos Leafs. Steven Stamkos foi muito bem marcado e anulado, mas mesmo assim conseguiu “cavar” algumas penalidades e, consequentemente, powerplays para os Lightning! Como ofensivamente Stamkos não conseguiu muita coisa, resolveu apelar para tentar desestabilizar os jogadores dos Leafs, em especial Dion Phaneuf. Stamkos deu um slashing (tacada) nas pernas de Phaneuf, que não foi vista pelos juízes. Depois deu um forte tranco em Matt Frattin atrás do gol dos Leafs. Phaneuf foi tirar satisfação e Stamkos partiu pra cima dele, sendo separado pelos juízes. Mais para o final do período, Phaneuf deu um tranco normal em Martin St Louis e, mais uma vez, lá vem Stamkos. Phaneuf nem chegou a tirar as luvas para brigar, mas os dois foram ao chão sendo separados pelos juízes!
Quando tudo estava bem e faltavam apenas 26 segundos de partida para garantir o shutout de Reimer, Martin St Louis chutou de bate-pronto (One-timer) e o puck passou abaixo a luva de Reimer!
Nesta partida os Leafs jogaram como estavam jogando até o mês de janeiro, quando a presença nos playoffs estava praticamente garantida, se a equipe mantivesse essa qualidade!

Go Leafs Gooo sempre!!!

Artigos relacionados

07/03/2012 – Toronto Maple Leafs @ Pittsburgh Penguins

quinta-feira, 08 março 2012 Deixe um comentário

Perdemos ontem, em casa, para o Boston Bruins e já voltamos ao gelo em Pittsburgh, para tentar uma vitória contra os Penguins!

Para este jogo tivemos o desfalque de Joffrey Lupul que deslocou o ombro na partida de ontem e talvez não retorne nesta temporada. Tivemos também o primeiro jogo de Carter Ashton com a camisa dos Leafs e o retorno de Mike Brown.

Os Leafs começaram bem a partida, com energia, apesar do jogo de ontem à noite, que exigiu muito fisicamente do time! Apesar de diversas tentativas de ambas equipes, o placar manteve-se inalterado no primeiro período.

Aos 1m00s do segundo período, Phil Kessel abriu o placar para os Leafs, vencendo o goleiro Thiesen, pois Marc-Andre Fleury não jogou. Os Leafs ainda abriram dois gols de vantagem com Carl Gunnarsson aos 07m16s. Os Penguins só conseguiram diminuir aos 09m25s com Pascal Dupuis!

No terceiro período, acho que os Leafs começaram a sentir o cansaço e mais uma vez deixaram a vitoria escapar! Os Penguins voltaram decididos a virar a partida e conseguiram com gols de Jordan Staal aos 01m34s e Pascal Dupuis aos 04m10s, batendo Jonas Gustavsson de um ângulo fechado, num chute de backhand! O Toronto até que tentou empatar a partida e, nos cinco minutos finais, Kulemin acertou a trave de Thiesen e, num powerplay, o puck sobrou para Tyler Bozak, sozinho em frente ao gol aberto dos Penguins, pois Thiesen havia se deslocado, tentando defender um chute, mas Bozak chutou e o puck acabou sendo defendido pelo patins de Tim Connolly, que havia recebido um tranco e estava caindo no gelo. O puck simplesmente bateu no patins dele, no ar, e não entrou no gol, sendo desviado! Apesar dos esforços, os Leafs, mais uma vez, perderam!

Kessel foi um dos melhores da partida e a cada entrada no gelo batalhava e tentava fazer jogadas para vencer o jogo, demonstrando muita raça! Era visível a sua frustração com a derrota, após estarmos vencendo por 2 a 0! Kessel é um excelente jogador, mas precisa de outros jogadores do mesmo nível para poder levar a equipe às vitorias! Ele não é o superman que leva o time sozinho nas costas todos os jogos! Fazendo uma comparação, Kessel não é Mats Sundin, apesar dos dois sentirem falta de outras pecas de qualidade na equipe!
A torcida dos Leafs, frustrada, venda a chance do time não ir novamente aos Playoffs aumentando a cada jogo, criticou muito o goleiro Jonas Gustavsson, porém a minha opinião é que se não fosse por ele, nós teríamos perdido de uma diferença maior de gols! Ele chegou a defender um contra ataque onde Jordan Stall partiu sozinho com o puck e teve a porta fechada por Gustavsson.

Nosso problema é a defesa que, partida após partida, não consegue limpar o puck da frente do gol de Gustavsson, ou não consegue parar os atacantes adversários, que chegam com perigo ao gol doa Leafs!

Mike Brown jogou pouco, pois sente dores no pescoço, que já o tiraram do jogo contra os Bruins e Jay Rosehill cometeu alguns penaltis sem necessidade, proporcionando algumas chances para os Penguins!

Só nos restam 15 jogos para o final da temporada regular e cada ponto conquistado vale ouro! Que Randy Carlyle consiga arrumar a casa!! Ainda dá tempo, ainda podemos ir aos playoffs, só temos que jogar melhor defensivamente!

Go Leafs Gooooo!! Vamos acreditar!! Enquanto houver chances matemáticas, tudo pode acontecer!!!

%d blogueiros gostam disto: