Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Travis Dermott’

02/02/2019 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

sexta-feira, 08 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Vindos de Detroit com uma derrota na prorrogação, não houve muito tempo para nos sentirmos mal, pois precisávamos estar bem e descansados para jogar contra o Pittsburgh Penguins na Scotiabank Arena em menos de 24 horas.

Os Penguins vieram com tudo e apesar de estarmos jogando bem, abriram dois gols de vantagem no placar, com Sidney Crosby aos 10m01s, em powerplay, e com Teddy Blueger aos 13m20s. Auston Matthews diminuiu para os Leafs aos 17m25s, vencendo Matt Murray.

O segundo período viu Travis Dermott e Zach Hyman virarem o placar para os Leafs, que não desistiram da partida apesar de estarem dois gols atrás! Isso aliás vem sendo o padrão para essa equipe, muito diferente de alguns anos atrás onde a equipe simplesmente sumia após tomar um gol!

Os Penguins simplesmente não conseguiram mais empatar a partida, apesar de levarem perigo ao gol de Garret Sparks.

Go Leafs Gooooo

Anúncios

20/01/2019 – Arizona Coyotes @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 23 janeiro 2019 Deixe um comentário

Um jogo em que o Arizona Coyotes foi à Scotiabank Arena, e que quase que se podia considerar como um jogo ganho para o Toronto Maple Leafs, acabou sendo mais uma decepção e uma derrota totalmente inevitável.

O jogo começou bem para os Leafs com um gol de Travis Dermott aos 11m45s, num chute à distância que Darcy Kuemper não conseguiu defender.

Veio o segundo período e Mario Kempe empatou o jogo logo aos 02m16s. Logo após esse gol, Andreas Johnsson acabou sofrendo uma concussão e, apesar da jogada não ter sido tão forte, que o retirou do jogo. Outro jogador que não jogou pelos Leafs foi Jake Gardiner que sentiu dores nas costas nos treinos, o que fez com que Martin Marincin jogasse a partida. Aos 15m19s, Clayton Keller marcou o gol da virada dos Coyotes!

Para um alívio da torcida da casa, John Tavares empatou aos 03m12s do terceiro período, nos dando a esperança que os Leafs poderiam pressionar e jogar bem, buscando a vitória, mas os Coyotes acabaram se aproveitando de um erro dos Leafs, e de um puck sobrando ao lado do gol de Frederik Andersen, para marcar o terceiro gol, aos 06m44s, com Vinnie Hinostroza. Ao final, Lawson Crouse ainda marcou mais um para o time visitante, aos 19m22s, com Freddie já fora do gol, em empty net.

Foi mais um tropeço dos Leafs e que está nos deixando muito próximos de nossos adversários na classificação geral.

É melhor que consigamos voltar a jogar bem, para garantir não somente uma vaga nos playoffs, mas uma chance de vencermos nos playoffs!

Amanhã enfrentamos o atual campeão da Stanley Cup, o Washington Capitals, antes do final de semana do All Star Game!

Mike Babcock, confio em você para ajustar a equipe, que não tem jogado bem durante os 60 minutos da partida.

Go Leafs Goooooooo

08/12/2018 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

domingo, 09 dezembro 2018 Deixe um comentário

Iniciando uma sequência de 5 jogos fora de casa, o Toronto Maple Leafs foi até Boston enfrentar uma equipe que, desfalcada de alguns de seus melhores jogadores, entre eles Zdeno Chara e Patrice Bergeron, buscava voltar a vencer após três derrotas seguidas.

Infelizmente voltamos a jogar mal, se é que podemos dizer que jogamos. Os Bruins dominaram o jogo usando o jogo físico desde o início, o que pode ter tido efeito no jovem time dos Leafs, pois os passes não funcionavam, os pucks não eram controlados, a atenção não estava onde deveria. Parecia que a equipe havia sido reunida naquele dia e nunca havia jogado junta! o jogo mal começou e Charles McAvoy foi pro banco de penalidade por dar um hit em Mitch Marner, mandando o jogador dos Leafs, de cabeça contra a borda. Os Bruins abriram o placar aos 11m20s do primeiro período com Jakob Forsbacka Karlsson.

Veio o segundo período e a esperança do torcedor dos Leafs era ver uma reação, mas a equipe simplesmente cometia penalidade atrás de penalidade e ao total foram 5, que deram aos Bruins quase 10 minutos de powerplay. David Backes ampliou para os Bruins num desses power plays aos 08m54s. Torey Krug marcou o terceiro dos Bruins aos 17m45s, num chute de longa distância que a Frederik Andersen não conseguiu ver claramente para defender. Jaroslav Halak estava tendo uma ótima noite pelos Bruins e defendia todos os poucos chutes que os Leafs desferiam.

O último período ainda viu Danton Heinen marcar o quarto dos Bruins aos 01m47s, antes que os Leafs pudessem abrir o placar com um belo chute de Travis Dermott aos 04m03s. Os Leafs estavam tão mal que David Krejci voltou a dar 4 gols de vantagem aos Bruins aos 04m37s e Ryan Donato, numa falha de Frederik Andersen, acreditou na jogada até o final e marcou o sexto gol dos Bruins aos 06m13s. Aos 09m30s, Andreas Johnsson se aproveitou de uma bobeara do defensor dos Bruins e Auston Matthews mandou pro fundo do gol, marcando o segundo dos Leafs. O jogo esquentou perto dos 10 minutos, com Zach Hyman chegando um pouco atrasado e dando um forte hit em Charles McAvoy. Logo após esse hit, Hyman acabou brigando com Matt Grzelcyk, que tomou as dores de McAvoy, e, após revisão dos árbitros, saiu da partida por Game misconduct. Aos 10m55s, Chris Wagner dos Bruins foi pra cima de Morgan Rielly e desferiu um hit daqueles pra machucar. Dessa vez, Ron Hainsey é que chamou a briga pra si e brigou com Wagner, que também foi retirado do jogo por Game Misconduct. Aos 12m22, Andreas Johnsson se aproveitou de um segundo rebote de Halak e marcou o terceiro dos Leafs.

O jogo seguiu quente até o final, mas os Leafs não conseguiram se recuperar no placar e acabaram com a derrota.

Que a equipe consiga se recompor e voltar a jogar o que sabe, pois nestes dois últimos jogos, deixaram muito a desejar.

Go Leafs Goooooooooo

26/11/2018 – Boston Bruins @ Toronto Maple Leafs

domingo, 02 dezembro 2018 Deixe um comentário

Voltamos a vencer e com um belo jogo contra o Philadelphia Flyers e estamos entre os melhores times da liga até o momento, disputando com o Tampa Bay Lightning e com, acredite se quiser, o Buffalo Sabres que está numa sequência incrível de vitórias!

O desafio agora era enfrentar o Boston Bruins, que mesmo sem alguns de seus melhores jogadores, como Zdeno Chara, Patrice Bergeron e Charles McAvoy, continua sendo uma equipe muito perigosa.

Esse foi o jogo de número 1600 na NHL, na carreira de Patrick Marleau! E, desde 07 de abril de 2009 que Marleau não perde um jogo sequer! Já são 732 jogos consecutivos! O que demonstra a qualidade deste jogador que, com certeza, será parte do Hockey Hall of Fame!

O jogo começou melhor para os Leafs no primeiro período e Travis Dermott abriu o placar com seu primeiro gol da temporada aos 17m44s do primeiro período.

O jogo mudou no segundo período e os Bruins conseguiram chegar ao empate aos 03m39s, num powerplay, com David Pastrnak. Igor Ozhiganov também deixou o seu puck no fundo da rede de Jaroslav Halak aos 13m06s. David Pastrnak parece ter superpoderes quando joga contra os Leafs pois marcou seu segundo gol, o segundo empate dos Bruins aos 14m22s. Num powerplay para os Leafs, Josh Leivo colocou a equipe da casa novamente à frente no placar aos 18m38s.

O terceiro período viu os Bruins tentarem o empate e até terem pucks na trave de Frederik Andersen, mas quem marcou novamente foi o Toronto Maple Leafs, com um gol de Zach Hyman, aos 18m25s, já com Halak fora do gol ( empty net).

Mais uma vitória! Estamos muito bem na temporada!

Go Leafs Goooooooo

Leafs perdem jogo 7 contra os Bruins

sábado, 12 maio 2018 Deixe um comentário

Após estarem com a primeira rodada dos playoffs em desvantagem de 3 jogos a 1 para o Boston Bruins, o Toronto Maple Leafs conseguiu vencer os jogos 5 e 6 e empataram a série contra os Bruins, levaram a decisão para o jogo 7, em Boston.

Infelizmente não conseguimos manter as boas atuações e caímos frente ao time da casa que, com Brad Marchand e Patrice Bergeron, além de David Pastrnak e o goleiro Tuuka Rask, fecharam a série em 4 jogos contra 3.

Chegamos com muita esperança aos playoffs e, infelizmente sucumbimos frente aos Bruins que possuem uma equipe mais experiente e jogou bem desde o primeiro jogo! Os Leafs não conseguiram dominar vários jogos da série, mesmo os que vencemos, muitas vezes não jogamos bem e nos deixamos dominar pelo jogo mais físico e pelo ataque muito forte dos Bruins.

Mitch Marner jogou bem toda a rodada dos playoffs, assim como Nazem Kadri e Frederik Andersen, mas nossa defesa não conseguia parar os Bruins. Travis Dermott também mostrou seu valor, apesar da pouca experiência e, o jogador mais esperado para desequilibrar os jogos, Auston Matthews, acabou com uma performance aquém do que todos esperavam.

James Van Riemsdyk também sumiu e, muito provavelmente não estará na equipe para a próxima temporada, pois seu contrato expirou.

Agradeço a todos os leitores do blog e me desculpo por não manter as matérias atualizadas neste final de playoffs, mas devido a motivos pessoais, acabei ficando sem tempo de escrever os posts.

Go Leafs Go Sempre!!! E estamos perto, bem perto de realmente disputar a tão sonhada Stanley Cup! Vamos ver o que Mike Babcock e Brendan Shanahan nos trarão na pós temporada!

31/01/2018 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 01 fevereiro 2018 Deixe um comentário

Após o All-Star Weekend, as equipes voltam ao gelo e o New York Islanders, que perdeu para o Florida Panthers na noite anterior, foi à Toronto enfrentar os Maple Leafs.

A equipe do Toronto Maple Leafs estava desfalcada de dois dos seus mais experientes defensores, Ron Hainsey e Roman Polak. Devido a isso, Mike Babcock chamou Justin Holl do Toronto Marlies, somente três horas antes do jogo!

Neste jogo, que os Leafs tinham um camarote com a presença dos pais dos jogadores, a equipe jogou de forma perfeita. Controlamos jogo desde o início e Frederik Andersen, a defesa e o ataque dos Leafs foram muito efetivos.

Kasperi Kapanen marcou o primeiro dos Leafs aos 05m37s do primeiro período, vencendo Thomas Greiss, após um rebote do goleiro dos Isles. Auston Matthews deixou mais um gol seu em partidas consecutivas, após Zach Hyman ter o puck roubado por Greiss e o puck sobrar para Matthews mandar por cima da luva de Greiss aos 13m39s.

O segundo período viu os Leafs manterem a liderança e ampliar com o gol de Mitch Marner aos 10m32s. Travis Dermott, que jogava seu décimo jogo na NHL, finalmente marcou o seu primeiro gol na liga. Foi especial, pois foi seu primeiro gol e marcado na presença do seu pai e jogando em frente à torcida em Toronto! Dermott roubou o puck do jogador dos Isles que estava saindo da zona de defesa, passou para William Nylander e patinou até à frente do gol para receber o passe e desviar o puck, vencendo Greiss aos 18m59s do segundo período.

No início do terceiro período foi a vez de Justin Holl também marcar seu primeiro gol na NHL, aos 03m42s, após ir ao ataque de forma veloz e bater Greiss por entre as pernas.

Que marco especial! Ter dois dos nossos mais jovens defensores marcando o primeiro gol na liga, no mesmo jogo, com os Leafs jogando de forma inteligente e não deixando os Isles marcarem, para o quarto shutout de Freddie na temporada. Os Leafs deram um total de 50 chutes ao gol de Thomas Greiss e Freddie recebeu e defendeu todos os 28 chutes dos Isles.

Foi uma noite onde a juventude dos Leafs brilhou! E Dermott dedicou o gol ao seu pai, Jim, ao final do jogo!

Hoje à noite vamos à New York, enfrentar os Rangers!

Go Leafs Gooooo

08/01/2018 – Columbus Blue Jackets @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 09 janeiro 2018 Deixe um comentário

Depois de duas vitórias seguidas no shootout, a famosa cobrança de pênaltis após o empate continuar na prorrogação, o Toronto Maple Leafs veio ao jogo contra o Columbus Blue Jackets mais focado e buscando a vitória desde o começo.

Mais uma vez os goleiros estavam muito bem na partida e tanto Frederik Andersen, quanto Sergei Bobrovsky estavam fazendo importantes defesas, até que, no segundo período, aos 11m09s, James Van Riemsdyk se posicionou em frente ao gol de Bobrovsky e conseguiu desviar um chute de Roman Polak, que ia para fora, de forma que o puck entrou no cantinho do gol, abrindo o placar, num momento em que os Blue Jackets estavam melhor. Aos 16m02s, usando a vantagem de um powerplay, William Nylander chutou de forma perfeita, pois o puck entrou na “forquilha” no único lugar deixado aberto pelo goleiro visitante!

Com 2 a zero no placar, os Leafs continuaram a pressão no terceiro periodo e seguraram os Blue Jackets a apenas 4 chutes à gol, entretanto, nos últimos 5 minutos, acabaram cedendo o empate. O primeiro gol foi marcado por Nick Foligno aos 15m25s, dando esperança à equipe visitante. Muito pouco tempo depois, Morgan Rielly tentou ligar o ataque, mas seu longo passe foi interceptado na zona neutra e deu aos Blue Jackets a chance que eles precisavam. Pierre-Luc Dubois marcou e empatou a partida aos 17m13s.

Não podemos deixar uma vitória escapar nos últimos 5 minutos de jogo! Pelo menos garantimos um ponto no jogo, pois na prorrogação, após algumas boas chances para os Leafs com Tyler Bozak e William Nylander, onde Bobrovsky foi perfeito, Nylander acabou sendo displicente e não se aplicou tanto na defesa, deixando Artemi Panarin livre para receber um passe e chutar o puck para seu taco, para marcar o gol da vitória aos 03m11s. A jogada foi revisada para ver se Panarin não havia chutado o puck ao gol, o que o anularia, mas a revisão validou o gol e deu a vitória aos Blue Jackets.

Foi uma decepção após o ótimo jogo que os Leafs estavam tendo e, principalmente para Freddie, que estava muito bem na partida! Mas pelo menos conseguimos um ponto, então não foi uma perda total!

Mais uma vez Travis Dermott jogou e foi muito bem na partida.

Amanhã recebemos nossos rivais de província, o Ottawa Senators, para mais uma Batalha de Ontário!

Go Leafs Gooooooooo

%d blogueiros gostam disto: