Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘Dwayne Roloson’

06/04/2012 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

sábado, 07 abril 2012 Deixe um comentário

Com a controversa derrota contra os Sabres no último jogo, os Leafs voltaram ao Air Canada Centre para o último jogo em casa da temporada! O adversário da vez foi o Tampa Bay Lightining, outra equipe já fora da disputa pelos playoffs!

O Tampa Bay vinha de vitória na prorrogação contra o Washington Capitals, onde Steven Stamkos marcou o gol da vitória ajoelhado e de um ângulo muito fechado! Belo gol do jovem atacante e estrela dos Lightining!

No gol a disputa ficou entre Ben Scrivens, goleiro jovem e que tem mostrado seu valor, assim como James Reimer fez na última temporada, e Dwayne Roloson, o veterano goleiro dos Lightning.

O primeiro período começou com os Leafs atacando mais, porém quem abriu o placar foi Martin St. Louis aos 05m49s numa bela troca de passes dos Lightning que acabou com o puck batendo em seus patins e indo para o fundo da rede dos Leafs. Os Leafs empataram pouco depois com Tim Connolly, aos 06m32s, após uma bela jogada de Jake Gardiner que driblou alguns defensores e entregou o puck para Connolly apenas empurrar pro gol aberto.

O jogo continuou disputado no segundo período e quem brilhou foi o goleiro Ben Scrivens que fez 17 defesas no período, entretanto não houve alteração do placar.

No terceiro período, o primeiro a marcar foram novamente os Lightning, com Steven Stamkos aos 08m48s. Stamkos iniciou a jogada, passou o puck e patinou por trás dos defensores dos Leafs ficando muito próximo à trave esquerda de Scrivens, recebeu um belo passe e não titubeou! Marcou o seu gol de número 59 na temporada! Com certeza Stamkos será o artilheiro desta temporada, sem outros jogadores para bater seu feito. Toda a família de Stamkos estava no Air Canada Centre e vibraram muito com o gol! Os Leafs buscaram o ataque e somente aos 17m05s, Jake Gardiner, o defensor novato que vem mostrando cada vez mais e mais atitude e habilidade, além de segurança na defesa, iniciou a jogada, passou por pela primeira linha de defesa e foi en direção ao gol de Roloson, pela lateral do gol, quando ele tentou passar o puck para alguém que estivesse de frente, o puck passou por cima do goleiro e caiu próximo ao taco de Brett Connolly, jogador dos Lightning que fez o favor de empurrar, sem querer, claro, o puck para dentro do gol.

Com o jogo na prorrogação, os Leafs tiveram chances com Jake Gardiner e Phil Kessel, mas Roloson conseguiu defender. Aos 04m01 da prorrogação, os Leafs partem ao ataque com Phaneuf, que passa para Kessel. Kessel chuta mas o puck passa ao lado do gol, volta e encontra Phaneuf sozinho que chutou sem defesa para Roloson, fechando a partida com vitória dos Leafs!

Com essa vitória os Leafs estão classificados em 24º na NHL. O último jogo será em Montreal contra os Canadiens. Uma vitória nos mantém fora dos últimos 5, que disputarão a primeira escolha do draft, mas perder dos Habs não é uma escolha aceitável e não apóio a filosofia de perdermos para termos uma melhor escolhas no draft. Se perdermos tentando ganhar, tudo bem … mas não vamos perder, sem lutar!

GO Leafs GO!!!!

Artigos relacionados

Anúncios

03/01/2012 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 05 janeiro 2012 2 comentários

Finalmente 2011 acabou e, quem sabe a sequência de má fase dos Leafs também! Como primeira partida de 2012, os Leafs receberam a visita do Tampa Bay Lightning, de Vincent Lecavalier, Steven Stamkos e Martin St. Louis.

A partida mal começou, os Leafs, incluindo o goleiro Jonas Gustavsson, mal se esquentaram e Vincent Lecavalier marca o primeiro gol aos 58s. Isso seria um indicativo de que seria um jogo difícil para os Leafs, mas a resposta e reação vieram bem rápido desta vez. Aos 3m25s Joffrey Lupul empata para o  time da casa, deixando o Air Canada Centre mais aliviado. Aos 8m46s foi a vez de Carl Gunnarsson marcar o seu segundo gol da temporada, num chute de longa distância que Mathieu Garon não conseguiu defender. Este período teve 13 chutes à gol dos Leafs, contra 11 dos Lightning.

No segundo período os Leafs voltaram ainda melhor, mostrando vontade de vencer, disputando os pucks, distribuindo checks nos adversários, tanto na defesa quanto no ataque, porém foi Steven Stamkos que conseguiu o primeiro gol do período, empatando a partida em 2 a 2, aos 11m55s. Foi então que, em menos de 2 minutos, as equipes trocaram gols seguidos. Os Leafs voltaram a ficar na frente com  um gol de Mikhail Grabovski aos 12m28s. Os Lightning voltou a empatar com Pavel Kubina aos 13m26s e, aos 13m43s Darryl Boyce marca o gol, que viria a ser o gol da vitória (Game Winning Goal), colocando os Leafs novamente à frente no placar. Este período viu os Leafs darem 16 chutes à gol, sendo que após o gol de Boyce, Mathieu Garon foi substituído por Dwayne Roloson, o goleiro veterano dos Lightning. No finalzinho do período Matt Frattin, aniversariante do dia, marcou aos 19m22s, dando tranquilidade ao time dos Leafs.

O terceiro período somente ajudou a aumentar a segurança da vitória, com gols de Dion Phaneuf logo aos 1m23s, em powerplay e um gol de Phil Kessel, aos 12m28s, também em powerplay. Placar final Lightning 3 x 7 Leafs, com Joffrey lupul sendo o melhor jogador, marcando 4 pontos (1 gol e 3 assistências).

Parece que a mudança de ano mexeu com os jogadores dos Leafs e a conversa que Ron Wilson e seu staff técnico teve com os jogadores surtiu efeito. Os Leafs que sempre sofriam gols enquanto em desvantagem numérica, sendo o pior time da NHL em porcentagem de Penalty Killing, não sofreram nenhum gol nas 9 vezes em que o time se viu com menos jogadores que os Lightning na partida. Houve até mesmo um momento em que os Leafs ficaram por mais de 1 minuto com apenas 3 jogadores contra 5 dos Lightning e conseguiram se defender!

Que esse jogo tenha sido o começo de boas apresentações e performance da equipe, rumo à reta final de classificação aos playoffs!

GO Leafs GO!!!

22/11/2011 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quinta-feira, 24 novembro 2011 2 comentários

Quase conseguimos empatar o jogo contra os Hurricanes e levá-lo para a prorrogação, mas acabamos perdendo por apenas um gol de diferença, na casa do adversário, um resultado que não é bom, mas não é o fim do mundo. Podemos considerar um resultado normal.

Saindo de Raleigh, fomos para Tampa, enfrentar os Lightning, time que tem entre seus jogadores os perigosos Vincent Lecavalier, Martin St. Louis e Steven Stamkos e cujo goleiro, Dwayne Roloson, apesar de ser umdos mais velhos na liga, também é um dos mais experientes e já chegou a ganhar jogos contra os Leafs, fechando o gol.

Os Leafs começaram muito bem o jogo e logo aos 41s abriram o placar quando Clarke MacArthur desviou o chute de Jake Gardiner enganando Roloson. A partida seguiu e os Lightning tiveram uma ótima chance num contra-ataque em que Martin St. Louis deixou Lecavalier na cara do gol e Gustavsson realizou uma bela defesa. Infelizmente num outro ataque, enquanto o time de Tampa estava em powerplay, Gustavsson estava na jogada, mas o chute de Lecavalier entrou, aos 08m38s, num cantinho e nem o Monster acreditou! Mais para o final do período, foi a vez de os Leafs tomarem o domínio da partida. Aos 17m56s, Tim Connolly desviou um chute de Kulemin, num replay do primeiro gol dos Leafs. Aos 19m22s, Tyler Bozak aumentou para os Leafs, disputando o rebote de um chute de Phil Kessel.

No segundo período os times jogaram bem e Dwayne Roloson foi forçado a efetuar belas defesas. Somente aos 17m45s, Joe Colborne, se aproveita de uma bela jogada de Matt Frattin em que ele vem em velocidade, disputando o puck com os defensores e, alcança o puck quase nas mãos de Roloson e dá um passe pra trás, que Colborne aproveitou e mandou pras redes dos Lightning.

O terceiro período viu Tyler Bozak marcar o seu segundo gol da partida num erro de Roloson, que mandou o puck para as bordas atrás do gol, tentando afastá-lo de Bozak, que previu, mudou sua rota e chegou ao puck a tempo de mandá-lo para o gol, aos 03m07s. Belo gol de Bozak, se aproveitando da oportunidade. Este período ainda viu um belo gol de Joffrey Lupul aos 04m28s e para finalizar os 7 a 1 do placar, um gol de Joey Crabb aos 14m28s.

Foi a segunda vitória dos Leafs, desde sábado, por um placar de 7 a 1. A primeira vítima foram os Capitals.

Amanhã, sexta-feira, 25/11/2001, teremos NHL na ESPN às 22h00 e somente às 23h30 teremos os Leafs visitando o Dallas Stars!!!

GO Leafs GOOOOOOOOOOO

 

 

14/03/2011 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 15 março 2011 10 comentários

Com a vitória do ultimo jogo, virando sobre os Sabres no terceiro período, os Leafs buscavam manter a energia e se aproximar da vaga para os playoffs. Para isso necessitam vencer e somar pontos, mas o problema é que não depende só deles, o adversário tem que participar desse trato, o que definitivamente não aconteceu!

O jogo foi transmitido ao vivo pela ESPN. É muito bom poder ver seu time pela TV, com comentários (Diogo e Thiago) e narração (Ari Aguiar) em português. Com certeza este esporte vai ser melhor conhecido e novos torcedores surgirão. pena que os Leafs não conseguiram uma boa apresentação ontem! (NHL na ESPN).

O Tampa Bay Lightning foi a Toronto com vontade e garra para que os Leafs não tivessem uma vitória fácil! Acabaram conseguindo anular a equipe da casa. Os Leafs por sua vez não se aproveitaram de estarem jogando no Air Canada Centre, com seus torcedores apoiando e não demonstraram a energia necessária para sobrepujar os visitantes.

O jogo até parecia estar parelho e os Leafs conseguiam pressionar os Lightning no início do primeiro período, mas num lance de desatenção, quem abre o placar são os visitantes. Nate Thompson recebe o puck em frente ao gol dos Leafs e chuta, sem defesa para Reimer, aos 09m53s. O restante do período viu os times lutando pelo puck, mas viu mais interrupções do que jogo, pois foram um total de 6 penalidades. O primeiro período termina assim, com os Leafs atrás por 1 gol a 0.

O segundo período viu os Leafs empatarem com Dion Phaneuf em um chute despretencioso, que pegou Dwayne Roloson de surpresa aos 05m12s. Porém os Lightning que viam o jogo de Toronto crescer, conseguiram marcar dois gols, abrindo a distância no placar para 3 a 2 com Matias Ritola (09m25s e 12m34s). Ritola marcou 4 gols na temporada, 2 só ontem! Numa jogada de raça Kulemin rouba o puck na zona neutra e avança para cima de Dwayne Roloson e marca um belísimo gol (wrist shot)!!!! A diferença diminuía para 3 a 2, os Leafs voltavam ao jogo, porém aos 18m53s, numa jogada muito parecida com a do segundo gol dos Lightning, Vincent Lecavalier empurra o puck que passou de Reimer, para o fundo da rede, Lightning 4, Leafs 2.

O terceiro período teve James Reimer, ainda sem a ajuda de sua defesa, tomando mais um gol, dessa vez de Dominic Moore aos 08m47s, quando foi substituído por Jean-Sebastien Giguere. Reimer realmente pareceu cansado neste jogo, apesar de não confirmar isso em uma entrevista após a partida.

Porém nem com Giguere no gol os Leafs melhoraram e é claro que só o goleiro não faz milagres … Aos 14m32s Mike Lundin, chuta forte de longe e Giguere não consegue fazer a defesa … placar final Lightning 6 x Leafs 2.

Com essa derrota, a busca por uma vaga nos playoffs começa a ficar bem mais difícil.

Ainda no final do segundo período, num bloqueio de um chute, Colby Armstrong sai do gelo mancando. Todos achavam ser apenas dor, mas após a partida foi diagnosticado que ele quebrou o pé com o impacto do puck. Colby está fora para o resto da temporada e da pós temporada, caso os Leafs se classifiquem.

Amanhã visitamos os Hurricanes, numa briga direta pela colocação da conferência Leste, já que os Hurricanes estão 2 pontos à nossa frente.

Os jogadores dos Leafs têm que se reunir e focar jogo a jogo, para conseguirem as vitórias que tanto necessitamos! Ron Wilson precisa demonstrar mais emoção, mais irritação, mais disposição … ele fica atrás do banco dos Leafs sempre com a mesma feição, quer os Leafs estejam ganhando ou perdendo!

Aparentemente, quem começa no gol contra os Hurricanes será Giguere, já que teremos outro jogo na quinta-feira, contra os Panthers, na Flórida.

Ainda credito nos playoffs, mas caso não nos classificarmos, gostaria de ver a garra nestes jogadores … quero ter a sensação de que fizeram realmente tudo para estarem lá!.

GO Leafs GO

25/01/2011 – Toronto Maple Leafs @ Tampa Bay Lightning

quarta-feira, 26 janeiro 2011 11 comentários

Como última partida antes do final de semana das Estrelas da NHL (NHL All-Star Weekend), os Leafs foram até Tampa Bay, enfrentar os Lightning.

O jogo mal começou e Dion Phaneuf já mandou o Dana Tyrrel para o “banco de reserva” (dos Leafs) !!!! Foi impressionante ver, no canto esquerdo da tela, o jogador sendo jogado por sobre o muro, na área de “banco de reserva” dos Leafs. Parecia que o jogo ia render, com toda essa vontade do nosso capitão … e com a presença confiável de James Reimer no gol dos Leafs. 

Mas, como na maioria dos jogos, os Leafs começaram o jogo sonolentos e, num período em que o time da casa chutou 17 vezes ao gol dos Leafs, enquanto os Leafs deram apenas 4 chutes à gol, só poderíamos estar atrás no placar. Aos 05m11s, Simon Gagne abriu o placar e aos 12m44s, Teddy Purcell marcou o segundo em powerplay. Purcell também anotou um ponto no gol de Gagne com uma assistência. Em ambos os gols Reimer pouco pode fazer para defender os chutes. A equipe estava totalmente perdida no gelo.

Nos outros dois períodos os Leafs retornaram melhor, porém não conseguiram vencer Dwayne Roloson que anotou mais um shutout, o terceiro do mês.

Mais uma vez digo que Reimer não pode ser culpado pela derrota e que sua presença e atuação foram muito fortes, tanto que os Leafs tomaram apenas 2 gols pois Reimer defendeu muitos chutes dos Lightning, incluindo um breakaway de Martin St. Louis no primeiro período.

Agora o time descansa até dia primeiro de fevereiro, quando enfrenta o Florida Panthers, na Florida.

E neste períoso, somente Phil Kessel estará ativo, no jogo das Estrelas, no domingo e no SuperSkills no sábado.

GO leafs GO.

18/10/2010 – New York Islanders @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 19 outubro 2010 Deixe um comentário

Ontem os Islanders foram à Toronto, visitando um time que possuía 4 vitórias em 4 jogos, aliás, uma ótima seqüência de abertura de temporada, sendo 2 vitórias em Toronto e 2 fora.

Os Leafs estavam com Jean-Sebastién Giguere no gol e, retornando de uma contusão, foi a primeira partida de Brett Lebda vestindo a camisa dos Leafs.

Após um primeiro período com o placar empatado, sem gols, os Islanders abriram o placar com um gol de Matt Moulson, logo após os Leafs terem “matado” uma vantagem numérica para os Islanders.

Depois do gol dos Islanders, os Leafs foram com tudo ao ataque e Kris Versteeg marcou o gol de empate que, após revisão dos árbitros, foi anulado pois Versteeg acertou o puck com o stick acima da altura do gol. Quem prontamente reclamou foi o goleiro dos Islanders, Dwayne Roloson.

Aliás, Roloson é um dos poucos goleiros a ter jogado na NHL com 41 anos ou mais, e no jogo de ontem estava simplesmente fechando o gol! Os Leafs estavam mandando pucks no gol de Roloson e ele lá, defendendo tudo!!!!

No terceiro período, período de tudo ou nada para os Leafs, houve novo lance de gol dos Leafs anulados pelos árbitros, quando o puck chutado por Colby Armstrong simplesmente cruzou o gol dos Islanders sobre a linha do gol, bateu na trave e saiu. Deixo claro aqui que os árbitros acertaram as duas vezes.

Os Leafs continuaram a atacar buscando o empate, que somente veio no final do terceiro período, num chute de Phil Kessel. Pronto … os Leafs estavam garantindo que o jogo iria à prorrogação e, quem sabe seria a quinta vitória consecutiva?

Infelizmente na prorrogação, Brett Lebda foi penalizado por interferir com o goleiro Dwayne Roloson e, em vantagem numérica, John Tavares acertou um chute, que não sei ao certo se desviou na defesa dos Leafs, mas entrou bem no ângulo de Giguere. Final de partida … Os Leafs perderam a primeira partida, porém conseguiram um pontinho!

Na quinta feira, os Leafs receberão o outro time de New York, os Rangers, vamos ver se conseguem vencer novamente, assim como venceram fora de casa!

GO Leafs GO.

%d blogueiros gostam disto: