Anúncios

Arquivo

Archive for the ‘NHL na ESPN’ Category

02/01/2018 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 03 janeiro 2018 1 comentário

Nosso primeiro jogo do ano foi em casa, o Air Canada Centre, e foi um jogo eletrizante do começo ao fim! Os visitantes, Tampa Bay Lightning são atualmente a melhor equipe da NHL na classificação geral e sabíamos que seria um jogo difícil.

As equipes vieram ao gelo prontas a disputar os dois pontos da vitória, e fizeram isso de forma espetacular! Simplesmente não dava para tirar o olho da TV (o jogo foi transmitido pela ESPN, com narração de Renan do Couto e comentários de Thiago Simões). Como ambas equipes são muito habilidosas e rápidas, o jogo ia de um gol ao outro consecutivamente e levando perigo a Frederik Andersen e Andrej Vasilevskyi.

Somente no segundo período é que, após uma falha de Freddie, que foi para trás do gol atrás do puck e acabou perdendo o disco (Freddie tem que tomar mais cuidado com essas jogadas e disse que houve um problema de comunicação com os defensores), o Tampa Bay Lightning acabou abrindo o placar com um gol de Cedric Paquette aos 12m00s. Com um gol a menos, os Leafs continuaram atacando e Mitch Marner jogou muito bem na partida, tendo varias chances contra Vasilevskyi que estava simplesmente inspirado na noite de ontem. Infelizmente, ainda no segundo período, um chute de Alex Killorn aos 16m54s, inicialmente foi considerado como defendido por Freddie, mas após quase um minuto, foi revisado e o vídeo mostrou que o puck na verdade havia cruzado a linha do gol, batido no calcanhar do patins de Andersen e voltado ao jogo! O gol foi validado! Deixo aqui meus parabéns à NHL pela ética na condução dessas revisões! Outros esportes têm muito que aprender ainda, principalmente a FIFA e o nosso futebol!

O terceiro período ainda viu os Leafs jogarem bem, mas pararem em Andrej Vasilevskyi que estava simplesmente perfeito no gol dos Lightning! No último minuto houve uma jogada em que, aparentemente o puck havia entrado, mas após revisão foi visto que o disco bateu na trave e depois desviou para o patins esquerdo de Vasilevskyi, não entrando no gol!

Apesar de jogarmos muito bem, saímos com a derrota de 2 a 0, o segundo shutout consecutivo de Vasilevskyi. Foi nossa terceira derrota consecutiva e a equipe do Toronto Maple Leafs necessita voltar a encontrar o caminho do gol e das vitórias!

Não deu pra ficar bravo com a equipe e nem mesmo com o erro grotesco de Andersen, afinal ele fechou o gol em varias ocasiões na partida, e o ataque jogou bem, muito bem, mas infelizmente a noite era do Vasilevskyi!! Isso acontece!

Nosso próximo visitante será o San Jose Sharks!

Go Leafs Goooo

Anúncios

Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals – 17/10/2017

quarta-feira, 18 outubro 2017 Deixe um comentário

Numa batalha que reviveu a primeira rodada dos playoffs da temporada 2016/17 o Toronto Maple Leafs foi até a Capital One Arena enfrentar o Washington Capitals de Alexander Ovechkin.

Os Leafs vinham de uma vitória sobre o Montreal Canadiens enquanto os Capitals vinham de uma derrota pelo placar de 8 a 2 contra o Philadelphia Flyers.

O jogo foi muito disputado e muito parelho entre as equipes. Os ataques, defesas e goleiros estavam muito bem e nem mesmo powerplays foram oportunidades aproveitadas por ambas equipes. Os Leafs jogaram bem e com seus passes e jogadas rápidas tentavam envolver a defesa dos Capitals, mas não houve nenhum gol durante os dois primeiros períodos. 

No terceiro período, ainda com o jogo muito igual e chances para ambos times, Connor Brown conseguiu se aproveitar de um rebote de Braden Holtby e chutar entre as pernas do goleiro dos Caps. Braden Holtby é um dos melhores goleiros da liga e conseguir vencê-lo não é nada fácil! Com o gol marcado aos 05m53s, os Leafs deixaram os Capitals mais nervosos e ansiosos por conseguir o empates. Após retirar Holtby faltando 02m06s para o final da partida, os Caps conseguiram apenas um chute ao gol, mas Zach Hyman conseguiu recuperar o puck e passar para Morgan Rielly que viu Nazem Kadri disparando ao ataque. Kadri recebeu o passe, passou por Alexander Ovechkin, que para pará-lo cometeu penalidade (hooking), e marcou o segundo gol dos Leafs faltando 22s para o final, selando a vitória do time de Toronto. 

Agora, com seis jogos na temporada, temos 5 vitórias e apenas uma derrota, numa ótima campanha! Que continuemos assim!!

Hoje jogamos novamente, dessa vez contra o Detroit Red Wings, já de volta ao Air Canada Centre. 

Go Leafs Goooooo

Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals – 17/10/2017

quarta-feira, 18 outubro 2017 Deixe um comentário

Numa batalha que reviveu a primeira rodada dos playoffs da temporada 2016/17 o Toronto Maple Leafs foi até a Capital One Arena enfrentar o Washington Capitals de Alexander Ovechkin.

Os Leafs vinham de uma vitória sobre o Montreal Canadiens enquanto os Capitals vinham de uma derrota pelo placar de 8 a 2 contra o Philadelphia Flyers.

O jogo foi muito disputado e muito parelho entre as equipes. Os ataques, defesas e goleiros estavam muito bem e nem mesmo powerplays foram oportunidades aproveitadas por ambas equipes. Os Leafs jogaram bem e com seus passes e jogadas rápidas tentavam envolver a defesa dos Capitals, mas não houve nenhum gol durante os dois primeiros períodos. 

No terceiro período, ainda com o jogo muito igual e chances para ambos times, Connor Brown conseguiu se aproveitar de um rebote de Braden Holtby e chutar entre as pernas do goleiro dos Caps. Braden Holtby é um dos melhores goleiros da liga e conseguir vencê-lo não é nada fácil! Com o gol marcado aos 05m53s, os Leafs deixaram os Capitals mais nervosos e ansiosos por conseguir o empates. Após retirar Holtby faltando 02m06s para o final da partida, os Caps conseguiram apenas um chute ao gol, mas Zach Hyman conseguiu recuperar o puck e passar para Morgan Rielly que viu Nazem Kadri disparando ao ataque. Kadri recebeu o passe, passou por Alexander Ovechkin, que para pará-lo cometeu penalidade (hooking), e marcou o segundo gol dos Leafs faltando 22s para o final, selando a vitória do time de Toronto. 

Agora, com seis jogos na temporada, temos 5 vitórias e apenas uma derrota, numa ótima campanha! Que continuemos assim!!

Hoje jogamos novamente, dessa vez contra o Detroit Red Wings, já de volta ao Air Canada Centre. 

Go Leafs Goooooo

19/11/2016 – Toronto Maple Leafs @ Montreal Canadiens

segunda-feira, 21 novembro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs, vindo de uma sequência de vitórias, foi ao Bell Centre, enfrentar o Montreal Canadiens, um time com jogadores mais experientes e com Carey Price, o goleiro considerado como o melhor da NHL na atualidade. 

Mais uma vez, Frederik Andersen defendeu a meta dos Leafs e fez um ótimo trabalho, realizando lindas defesas, impedindo que os Canadiens ampliassem o placar. 

Os Leafs não começaram mal, mas todas as chances de gol da equipe acabavam defendidas por Carey Price que, muitas das vezes, parecia que nem fazia tanto esforço para realizar as defesas. Não por falta de qualidade no chute dos Leafs, mas por uma tremenda qualidade, habilidade e confiança do goleiro dos Habs. Aos 15m45s, Paul Byron foi oportunista e abriu o placar, se aproveitando de um rebote de Frederik Andersen, que jogava muito bem. 

No segundo período, as equipes voltaram bem e com os Habs em powerplay. Eles não desperdiçaram e marcaram o segundo gol logo aos 00m32s com Alex Galchenyuk. Mesmo assim, os Leafs não desistiram e William Nylander diminuiu para os Leafs aos 08m47s, recebendo um belo passe de Auston Matthews e Leo Komarov. 

Infelizmente não houve mais nenhum gol no jogo e os Canadiens saíram com a vitória em casa.

Os Leafs voltam ao gelo na terça-feira, 22/11/2016, recebendo a visita do Carolina Hurricanes.

Go Leafs Goooooo

15/12/2015 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 16 dezembro 2015 Deixe um comentário

Após uma semana de descanso o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo, no Air Canada Centre, recebendo a visita do Tampa Bay Lightning, de Steven Stamkos. Jogo que foi transmitido pela ESPN, que sempre divulga os esportes americanos e tem servido de fonte de informação para muitos torcedores conhecerem melhor o hóquei no gelo da NHL, por meio do Ari Aguiar, narrador, Thiago Simões, comentarista e agora de Renan do Couto, também narrador. Parabéns à ESPN! 

Stamkos é um ótimo jogador que tem contrato apenas até o final desta temporada e por ser nativo de Markham, Ontario, viveu toda sua infância torcendo pelos Leafs. Existe muita especulação se os Leafs poderão trazê-lo, caso ele não feche novo contrato com o Tampa Bay, mas isso ainda não está bem próximo de ser definido.

Pelo gol dos Leafs estava Jonathan Bernier, que retornou de 10 dias com o Toronto Marlies, para voltar a ter ritmo de jogo, onde venceu três jogos por shutout e perdeu um. Infelizmente Bernier continua sem uma vitória sequer nesta temporada.

Mal o jogo começou e Nikita Kucherov recebeu um ótimo passe na linha azul e entrou na zona defensiva dos Leafs à frente dos defensores, progrediu com o puck e venceu Bernier com um chute de backhand aos 02m59s, no segundo chute à gol do time visitante. James Van Riemsdyk chutou ao gol e Andrei Vasilevskiy deu rebote, permitindo a Tyler Bozak empatar a partida, marcando seu 100º gol, aos 10m40s. O mesmo James Van Riemsdyk colocou os Leafs à frente do placar aos 18m03s.

Leo Komarov e Morgan Rielly, logo após os Leafs matarem duas penalidades, incluindo mais de um minuto com dois jogadores a menos no gelo, partiram num contra-ataque e Rielly marcou o terceiro gol dos Leafs aos 11m34s do segundo período. Ao final do período Anton Stralman diminuiu para os Lightning, aos 19m24s. Num gol que deveria ter sido evitado, mantendo vantagem de dois gols para os Leafs no início do terceiro período.

O último período foi marcado pela virada dos Lightning que marcaram dois gols em menos de um minuto com Mike Blunden, aos 05m56s e Jonathan Marchessault aos 06m26s. Os Leafs ainda conseguiram empatar com Daniel Winnik, aos 13m28s, levando a decisão à prorrogação.

Na prorrogação, Vladislav Namestnikov marcou aos 02m01s, dando a vitória ao Tampa Bay Lightning. É este tipo de gol que todos esperam que o goleiro dos Leafs possa defender para nos manter na partida, mas Bernier parece não estar numa fase muito boa para isso. 

Para a próxima partida contra o San Jose Sharks, Mike Babcock ainda não decidiu quem será o goleiro titular dos Leafs, se Bernier, que ainda não venceu, ou o novato Garret Sparks, com três vitórias em quatro jogos na NHL. Uma revisão da partida é que vai determinar o goleiro, já que James Reimer está afastado por contusão. Os gols que Bernier sofreu no terceiro período acabaram sendo definitivos para o resultado.

Go Leafs Goooooo

16/10/2015 – Toronto Maple Leafs @ Columbus Blue Jackets

sábado, 17 outubro 2015 Deixe um comentário

Vindos de duas derrotas no tempo regular e uma nos pênaltis, os Leafs tiveram quase uma semana para se prepararem para enfrentar os Columbus Blue Jackets, que tinham 4 derrotas nesta temporada.

Ainda na briga pela posição de goleiro número 1 da equipe, James Reimer foi o escolhido para iniciar esta partida. 

Os Leafs foram bem melhor no primeiro período e impuseram seu jogo, entretanto o placar foi aberto por Boone Jenner aos 03m47s. Os Leafs tentaram dar o troco, mas foram parados por Sergei Bobrovsky.

O segundo período mal começou o Jake Gardiner empatou a partida aos 29s. Os Leafs viraram a partida com um gol de James Vam Riemsdyk aos 07m34s, e aumentaram a vantagem aos 08m52s, com um gol de Nazem Kadri. Foi um gol que daria uma maior liberdade aos Leafs para manter essa vantagem no placar, mas com os Blue Jackets jogando em casa, era óbvio que eles não iam deixar a derrota tão facilmente assim. Aos 18m02s, Nick Foligno diminuiu a liderança para somente um gol, o que colocou o time da casa de volta à partida.

No terceiro período, os Blue Jackets voltaram em vantagem numérica, powerplay, e conseguiram o empate com um gol de Scott Hartnell aos 59s. Joffrey Lupul voltou a marcar na temporada e devolveu a liderança aos Leafs aos 04m00s. Leo Komarov brilhou no final da partida marcando dois gols para os Leafs, aos 15m51s e o outro com os Blue Jackets sem goleiro (empty net), aos 19m00s. 

A primeira vitória demorou a chegar, mas veio muito bem vinda no quarto jogo da temporada. Para comemorar a primeira vitória de Babcock como técnico dos Leafs, Dion Phaneuf entregou a ele o puck da partida para que seja guardado de recordação.

Parece que o time está entrando e entendendo o esquema de Babcock e está jogando com mais raça e sem se deixar abater por empates ou por iniciar atrás no placar.

Hoje temos o primeiro jogo da temporada contra o Pittsburgh Penguins, o atual time de Phil Kessel. Vamos ver como nossa defesa se comporta contra o nosso antigo sniper! No gol estará Jonathan Bernier.

Go Leafs Go

07/10/2015 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs – Season Opener

sexta-feira, 09 outubro 2015 Deixe um comentário

Depois de muita ansiedade proveniente da pós-temporada, a Leafs Nation esteve presente em massa no Air Canada Centre para o jogo de abertura da temporada 2015-16, um jogo contra o rival “Original Six”, Montreal Canadiens.

Este jogo marcou a estréia de muitas caras novas nos Leafs, começando pelo técnico Mike Babcock, considerado o melhor técnico da NHL, e passando por nomes como Shawn Mathias, Brad Boyes, Matt Hunwick, P. A. Parenteau, Nick Spaling, Mark Arcobello, Scott Harrington e outros! É o início do processo de reconstrução da equipe que, segundo o próprio Mike Babcock, vai ser um processo doloroso.

No gol dos Leafs estava Jonathan Bernier, enfrentando o melhor goleiro da liga da temporada passada, Carey Price. 

O jogo começou quente, com os Leafs pressionando os Habs e jogando muito bem. Somente aos 03m09s, Max Pacioretty desferiu o primeiro chute ao gol de Bernier, mas o goleiro dos Leafs acabou por não bloquear o disco totalmente. O puck (disco) resvalou em seu ombro direito, caiu atrás de Bernier e lentamente foi escorregando para dentro do gol de Toronto. Morgan Rielly ainda tentou salvar, mas o puck já havia cruzado a linha do gol! Foi um início frustrante para Bernier e um gol que considero totalmente evitável. Mesmo com um gol atrás no placar os Leafs continuaram pressionando mas não chegaram ao empate no primeiro período, obra da extraordinária qualidade de Carey Price.

Logo no comecinho do segundo período os Leafs foram agraciados com uma oportunidade de vantagem numérica (powerplay) e, aos 00m19s, James Van Riemsdyk desvia o puck com a lâmina do patins e empata para os Leafs! Ainda no segundo período, os Habs marcaram mais um gol e foi a hora de Mike Babcock fazer uso de uma nova regra é pedir a revisão da jogada, pois tinha indícios de que houve interferência em Jonathan Bernier. O questionamento de Babcock se mostrou correto e o gol acabou sendo anulado! 

Com o jogo empatado com um gol para cada equipe, fomos ao terceiro e decisivo período e os Leafs estavam jogando bem, sempre pressionando os Habs, mas muitas vezes sem levar perigo ao gol de Price. Somente aos 12m02s, Alex Galchenyuk colocou os Habs à frente! Os Leafs bem que tentaram o empate e até mesmo retiraram Bernier faltando dois minutos para o final da partida, visando jogar com vantagem numérica no ataque, mas após a perda de um faceoff no ataque, P.K. Subban deu um passe perfeito, colocando Max Pacioretty sozinho contra o gol vazio da equipe da casa, fechando o placar por 3 a 1.

O placar não demonstra a superioridade dos Leafs na partida. Se formos analisar a partida em números, os Leafs foram melhor, entretanto a diferença e a vitória foram conseguidas com Carey Price, sempre muito sólido no gol de Montreal.

Começar a temporada perdendo não é um bom sinal, mas temos que ter muita paciência nesta reconstrução da equipe! Hoje temos jogo contra os Red Wings, ex-equipe de Mike Babcock. Perdemos dois jogos na pré-temporada para eles, mas cada jogo é um jogo!

Go Leafs Go

%d blogueiros gostam disto: