Arquivo

Posts Tagged ‘Daniel Winnik’

Sai Daniel Winnik, entra Brooks Laich

segunda-feira, 29 fevereiro 2016 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs anunciou na noite de domingo que finalizou uma negociação com o Washington Capitals enviando Daniek Winnik é uma escolha de quinta rodada do draft da NHL de 2016 (que foi obtido dos Anahein Ducks) por Brooks Laich, o defensor Connor Carrick e uma escolha de segunda rodada do Draft de 2016. 

É a segunda vez que Daniel Winnik vem aos Leafs e é negociado próximo ao final da temporada. Ano passado ele foi enviado ao Pittsburgh Penguins. Winnik tem 30 anos e um total de 198 pontos em 625 jogos na NHL, onde defendeu o Colorado Avalanche, Arizona Coyotes, San Jose Sharks, Anahein Ducks, Pittsburgh Penguins e Toronto Maple Leafs. É um jogador versátil e muito útil no powerplay e penalty kill. 

Brooks Laich estava a 10 anos no Washington Capitals e havia jogado anteriormente no Ottawa Senators. O atacante tem 324 pontos em 743 jogos na NHL. Este ano não tem jogado muito bem e somente marcou 7 pontos, sendo um gol e seis assistências. 

Connor Carrick é um defensor promissor, mas sem muita experiência na NHL. Foi um dos jogadores selecionados para o AHL All Star Game, representando o Hershey Bears.

A troca, além de trazer mais uma escolha de segunda rodada aos Leafs, também foi feita com base no salário dos jogadores envolvidos. Winnik tem salário de 2.25 milhões de dólares por temporada, enquanto Laich possui um salário maior, de mais de 4 milhões de dólares por temporada.

Não sei se a intenção do Toronto Maple Leafs é manter Laich, como um dos poucos veteranos da equipe, ou usá-lo em outra troca, mas se ele ficar na equipe, pode ser qu volte a ter uma ótima performance sob a tutela de Mike Babcock. 

Hoje termina o período de trocas e devemos ver mais movimentações envolvendo os Leafs.

Que a reconstrução que todos esperamos seja sólida e nos leve de volta à tão sonhava Stanley Cup! 

Obrigado mais uma vez Daniel Winnik por sua dedicação enquanto membro do Toronto Maple Leafs!! Boa sorte nos Capitals!

Seja bem vindo Brooks Laich, que você possa ter espaço para mostrar que pode nos ajudar a vencer a Stanley Cup num futuro não tão distante! 

Go Leafs Go

02/02/2016 – Toronto Maple Leafs @ Boston Bruins

quarta-feira, 03 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Vindos do descanso do All-Star Weekend o Toronto Maple Leafs foi fazer uma visita aos rivais de conferência, o Boston Bruins. 

Nos gols estavam James Reimer pelos Leafs, no jogo de número 200 em sua carreira na NHL, e Tuuka Rask pelos Bruins. 

Foi uma partissem disputada desde o início, mas que os Bruins, por jogarem em casa, acabaram por criar a chance de gol, que foi aproveitada por Brad Marchand aos 09m37s do primeiro período, aproveitando um rebote num chute de Jimmy Hayes.

Somente aos 09m56s do segundo período os Leafs conseguiram chegar ao empate, com Daniel Winnik, que desviou o chute de Roman Polak, tirando Rask da jogada. Os goleiros estavam muito bem na noite e fizeram belíssimas defesas para manter o placar empatado ao término do segundo período. 

Parece que os Bruins voltaram melhor para o terceiro período e após pressionarem os Leafs, marcaram dois gols em apenas 26s. O segundo gol dos Bruins foi também o segundo de Brad Marchand na noite, aos 00m55s. Aos 01m21s, David Krejic colocou os Bruins com dois gols de vantagem no placar. Os Leafs, numa atitude que vem se tornando o normal da equipe nesta temporada, não desistiu e foi ao ataque. Aos 09m02s, foi a vez de Leo Komarov reduzir a diferença, em outro desvio de puck a frente de Rask. Os Leafs ainda chegariam ao empate com outro desvio, desta vez feito por Nazem Kadri aos 11m31s, gol que levou à partida para a prorrogação.

Acredito que pela primeira vez na temporada os Leafs foram à prorrogação e saíram dela com a vitória, que veio num gol em powerplay, algo que não estava funcionando, de P.A. Parenteau aos 03m06s, se aproveitando de um rebote num chute de Jake Gardiner, coroando uma ótima noite para os Leafs, iniciando bem a reta final da temporada. 

A prorrogação acabou atrasando a revelação dos Leafs de seu novo logo, que será usado amostrar da próxima temporada e que terá um post exclusivo aqui no Maple Leafs Brasil!

Go Leafs Go

15/12/2015 – Tampa Bay Lightning @ Toronto Maple Leafs

quarta-feira, 16 dezembro 2015 Deixe um comentário

Após uma semana de descanso o Toronto Maple Leafs voltou ao gelo, no Air Canada Centre, recebendo a visita do Tampa Bay Lightning, de Steven Stamkos. Jogo que foi transmitido pela ESPN, que sempre divulga os esportes americanos e tem servido de fonte de informação para muitos torcedores conhecerem melhor o hóquei no gelo da NHL, por meio do Ari Aguiar, narrador, Thiago Simões, comentarista e agora de Renan do Couto, também narrador. Parabéns à ESPN! 

Stamkos é um ótimo jogador que tem contrato apenas até o final desta temporada e por ser nativo de Markham, Ontario, viveu toda sua infância torcendo pelos Leafs. Existe muita especulação se os Leafs poderão trazê-lo, caso ele não feche novo contrato com o Tampa Bay, mas isso ainda não está bem próximo de ser definido.

Pelo gol dos Leafs estava Jonathan Bernier, que retornou de 10 dias com o Toronto Marlies, para voltar a ter ritmo de jogo, onde venceu três jogos por shutout e perdeu um. Infelizmente Bernier continua sem uma vitória sequer nesta temporada.

Mal o jogo começou e Nikita Kucherov recebeu um ótimo passe na linha azul e entrou na zona defensiva dos Leafs à frente dos defensores, progrediu com o puck e venceu Bernier com um chute de backhand aos 02m59s, no segundo chute à gol do time visitante. James Van Riemsdyk chutou ao gol e Andrei Vasilevskiy deu rebote, permitindo a Tyler Bozak empatar a partida, marcando seu 100º gol, aos 10m40s. O mesmo James Van Riemsdyk colocou os Leafs à frente do placar aos 18m03s.

Leo Komarov e Morgan Rielly, logo após os Leafs matarem duas penalidades, incluindo mais de um minuto com dois jogadores a menos no gelo, partiram num contra-ataque e Rielly marcou o terceiro gol dos Leafs aos 11m34s do segundo período. Ao final do período Anton Stralman diminuiu para os Lightning, aos 19m24s. Num gol que deveria ter sido evitado, mantendo vantagem de dois gols para os Leafs no início do terceiro período.

O último período foi marcado pela virada dos Lightning que marcaram dois gols em menos de um minuto com Mike Blunden, aos 05m56s e Jonathan Marchessault aos 06m26s. Os Leafs ainda conseguiram empatar com Daniel Winnik, aos 13m28s, levando a decisão à prorrogação.

Na prorrogação, Vladislav Namestnikov marcou aos 02m01s, dando a vitória ao Tampa Bay Lightning. É este tipo de gol que todos esperam que o goleiro dos Leafs possa defender para nos manter na partida, mas Bernier parece não estar numa fase muito boa para isso. 

Para a próxima partida contra o San Jose Sharks, Mike Babcock ainda não decidiu quem será o goleiro titular dos Leafs, se Bernier, que ainda não venceu, ou o novato Garret Sparks, com três vitórias em quatro jogos na NHL. Uma revisão da partida é que vai determinar o goleiro, já que James Reimer está afastado por contusão. Os gols que Bernier sofreu no terceiro período acabaram sendo definitivos para o resultado.

Go Leafs Goooooo

07/11/2015 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

segunda-feira, 09 novembro 2015 Deixe um comentário

Após a derrota na prorrogação para os Red Wings na noite anterior, os Leafs foram a Washington para enfrentar os Capitals.

Mais uma vez, James Reimer defendeu o gol dos Leafs, e Bradeb Holtby estava no gol dos Capitals.

Mal o jogo começou e Daniel Winnik acertou um belo chute e abriu o placar aos 02m36s. Parecia que os Leafs, apesar de terem jogado na noite anterior, conseguiriam comandar a partida. Logo após o gol, numa jogada normal, Daniel Winnik saiu do gelo com uma possível lesão no joelho, não retornando mais. 

No segundo período, durante um powerplay, Alexander Ovechkin empatou para os Capitals aos 04m51s. 

O terceiro período devolveu a liderança aos Leafs com um gol de James Van Riemsdyk, também em powerplay, aos 09m27s. O restante do período viu os Leafs se defendendo, tentando chegar à sua terceira vitória. Tudo estava bem até faltar 0,8s para acabar com a partida, quando Niklas Backstrom conseguiu marcar para os Capitals, para nosso desespero como torcedores dos Leafs. Eram apenas 0,8s para a vitória é deixamos o time da casa empatar.

Como a prorrogação terminou sem gols, a decisão foi levada para a disputa de pênaltis (Shootout). As três primeiras rodadas foram totalmente dominadas pelos goleiros que não permitiram um gol sequer. Mérito dos goleiros e falta de habilidade dos chutadores. Na quarta rodada, Ovechkin fez um belo gol, vencendo James Reimer e Nazem Kadri até fez um belo movimento, deslocando Holtby, mas não ergueu o puck, que acabou sendo defendido pela perna de Holtby, quando todos achavam que ia ser um gol certo. 

Foi mais uma derrota para os Leafs. Mais uma onde tínhamos tudo para vencer! Mas a equipe está ganhando entrosamento e parece melhorar o nível de jogo. Ainda falta um artilheiro aparecer, mas talvez isso demore. Mas com certeza estamos no caminho certo para voltar a ser a equipe que todos sonhamos e esperamos, a equipe que terá condições reais de disputar a Stanley Cup. 

Go Leafs Go

10/10/2015 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 13 outubro 2015 Deixe um comentário

Com apenas um gol marcado e sete gols sofridos em apenas dois jogos, os Leafs não tiveram o início de temporada que sonhavam, mas o que passou não temos como mudar e só nos resta focar no próximo jogo que, neste caso, é uma Batalha de Ontario, onde recebemos os Ottawa Senators no Air Canada Centre.

Neste jogo os Leafs foram muito bem! No primeiro período a equipe dominou o gelo e jogou bem tanto na defesa quanto no ataque, mas não converteu esse domínio em gols e o placar acabou não sendo alterado.

O início do segundo período foi um total pesadelo para os Leafs, com os Senators marcando três gols, todos em vantagem numérica, powerplay, em menos de cinco minutos! Foi uma implosão nos Leafs! Tudo começou aos 0m46s, com Kyle Turris com um chute que Reimer não conseguiu defender, depois aos 03m38s com Alex Chiasson que se aproveitou de uma equivocada troca de linhas dos Leafs, saiu do penalty box e recebeu um passe que o deixou sozinho contra James Reimer! O terceiro gol foi marcado aos 04m56s com Milan Michalek. O que foi mais impressionante neste jogo foi a reação dos Leafs. Aos 07m05s, os Leafs pressionavam os Senators e Joffrey Lupul marcou um belo gol, abaixo da luva de Craig Anderson. Ainda no segundo período, Tyler Bozak diminuiu a diferença para somente um gol, aos 14m33s, deixando os Leafs mais confiantes numa possível virada.

O terceiro período viu o ímpeto dos Leafs continuar com força total! Aos 03m18s, chegamos ao empate, com um belo gol de Peter Holland que recebeu um passe bem posicionado e enganou Craig Anderson, chutando de backhand! Os Senators ainda marcaram o seu quarto gol, num chute muito forte de Mark Stone aos 08m59s. Os Leafs não desistiram e continuaram pressionando! Aos 16m12s, com Brad Boyes saindo do penalty box, os Leafs armaram um contra-ataque e Daniel Winnik ficou cara a cara com Craig Anderson. Winnik fez uma jogada maravilhosa, driblando Anderson e marcando um golaço, mas o puck bateu na câmera no fundo do gol e voltou ao gelo e a arbitragem, inicialmente, não oficializou o gol, achando que o puck (disco) não havia entrado. Depois de alguns segundos, o gol foi validado é mais uma vez os Leafs empataram a partida.

O empate levou o jogo à prorrogação e, apesar de jogarem em vantagem numérica, os Leafs não chegaram ao gol de vitória, sendo o jogo decidido nos pênaltis! Os Leafs começaram melhor, com P.A. Parenteau marcando e Kyle Turris sendo defendido por Reimer. Mas Tyler Bozak e Joffrey Lupul não conseguiram marcar para os Leafs enquanto Bobby Ryan e Mike Hoffman marcaram para os Senators.

Ainda não vencemos, mas a raça e o esforço estão presentes! Gostei da equipe neste jogo e creio que estamos melhorando a cada partida! Reimer jogou bem e não foi dele a culpa dos gols sofridos.

Agora é aguardar até sexta-feira, quando vamos a Columbus enfrentar os Blue Jackets que também não estão tendo um bom início de temporada. Aliás é o time do ex-Leafs, David Clarkson! 

Go Leafs Go! 

%d blogueiros gostam disto: