Arquivo

Posts Tagged ‘Niklas Backstrom’

07/11/2015 – Toronto Maple Leafs @ Washington Capitals

segunda-feira, 09 novembro 2015 Deixe um comentário

Após a derrota na prorrogação para os Red Wings na noite anterior, os Leafs foram a Washington para enfrentar os Capitals.

Mais uma vez, James Reimer defendeu o gol dos Leafs, e Bradeb Holtby estava no gol dos Capitals.

Mal o jogo começou e Daniel Winnik acertou um belo chute e abriu o placar aos 02m36s. Parecia que os Leafs, apesar de terem jogado na noite anterior, conseguiriam comandar a partida. Logo após o gol, numa jogada normal, Daniel Winnik saiu do gelo com uma possível lesão no joelho, não retornando mais. 

No segundo período, durante um powerplay, Alexander Ovechkin empatou para os Capitals aos 04m51s. 

O terceiro período devolveu a liderança aos Leafs com um gol de James Van Riemsdyk, também em powerplay, aos 09m27s. O restante do período viu os Leafs se defendendo, tentando chegar à sua terceira vitória. Tudo estava bem até faltar 0,8s para acabar com a partida, quando Niklas Backstrom conseguiu marcar para os Capitals, para nosso desespero como torcedores dos Leafs. Eram apenas 0,8s para a vitória é deixamos o time da casa empatar.

Como a prorrogação terminou sem gols, a decisão foi levada para a disputa de pênaltis (Shootout). As três primeiras rodadas foram totalmente dominadas pelos goleiros que não permitiram um gol sequer. Mérito dos goleiros e falta de habilidade dos chutadores. Na quarta rodada, Ovechkin fez um belo gol, vencendo James Reimer e Nazem Kadri até fez um belo movimento, deslocando Holtby, mas não ergueu o puck, que acabou sendo defendido pela perna de Holtby, quando todos achavam que ia ser um gol certo. 

Foi mais uma derrota para os Leafs. Mais uma onde tínhamos tudo para vencer! Mas a equipe está ganhando entrosamento e parece melhorar o nível de jogo. Ainda falta um artilheiro aparecer, mas talvez isso demore. Mas com certeza estamos no caminho certo para voltar a ser a equipe que todos sonhamos e esperamos, a equipe que terá condições reais de disputar a Stanley Cup. 

Go Leafs Go

13/11/2013 – Toronto Maple Leafs @ Minnesota Wild

quinta-feira, 14 novembro 2013 2 comentários

Os Leafs foram à Minnesota visitar os Wild, de Zach Parise, um time que jogando em 5 contra 5 tomou apenas 16 gols na temporada até agora, ou seja, um time que possui uma ótima defesa quando jogando em igualdade numérica.

Pelos Wild, defendendo o gol estava Niklas Backstrom e pelos Leafs, Jonathan Bernier.

20131113_Wild@Leafs_Banner

O primeiro período não viu gols, porém viu belas defesas de ambos goleiros, até que Nazem Kadri, numa tentativa de se posicionar bem e receber um passe para chutar ao gol, colidiu com Niklas Backstrom. Na verdade, vendo o replay, Kadri colidiu com a cabeça de Backstrom, mandando o goleiro ao gelo, de costas e imóvel por uns 5 segundos. Backstrom se recuperou no momento, mas acabou deixando o gelo minutos depois, dando lugar a Josh Harding. O jogo no período inicial foi disputado e com números semelhantes para ambas equipes com os Leafs desferindo um chute a gol a mais que os Wild.

20131113_Wild@Leafs_ScoreSomente aos 07m32s do segundo período é que o placar foi alterado. Após um chute de Morgan Rielly, Josh Harding faz a defesa, mas o puck sobra para Mason Raymond, muito bem posicionado, que marca. O gol foi marcado em powerplay para os Leafs, que é um dos melhores da liga (sexto melhor). Apesar dos Leafs estarem à frente no placar, os Wild pressionavam e exigiam belas defesas de Bernier.

Nazem Kadri ainda acabou dando um tranco em Mikael Granlund, enviando o jogador de cabeça no vidro e recebeu uma penalidade “major” de cinco minutos. Estas penalidades “major” são cumpridas de forma integral, mesmo que a outra equipe marque um ou mais gols neste período. Os Leafs foram perfeitos no “penalty killing” e permitiram apenas um único chute à gol nesta penalidade.

Esta parecia não ser a noite de Phil Kessel. No terceiro período, faltando menos que cinco minutos para o término da partida, os Leafs recuperam o puck na defesa e Kessel o carrega ao contra-ataque, mas um erro de passe devolve o puck aos Wild, com a defesa dos Leafs fora de posição. Resultado: gol de empate, marcado por Zach Parise aos 15m43s. No replay, minha impressão foi que o puck nem tocou o stick de Parise e sim o patins de Phil Kessel e foi par o fundo do gol. Jonathan Bernier ainda salvou a equipe da derrota no tempo regular com ótimas defesas.

Na prorrogação parece que os Leafs acordaram e não permitiram um chute sequer aos Wild. Nos segundos finais, Joffrey Lupul passou para Morgan Rielly que desviou o puck em direção ao gol, mas Josh Harding brilhou e fez uma bela defesa, impedindo a vitória dos Leafs e levando o jogo aos pênaltis.

Nos pênaltis, Zach Parise marcou o primeiro dos Wild; Raymond acabou tendo sua tentativa defendida por Josh Harding em outra bela defesa!; Mikko Koivu teve seu chute defendido por Bernier; Phil Kessel acabou perdendo o tempo do puck e seu chute acabou espirrando para longe do gol de Harding; Jason Pominville conseguiu um belo chute, por entre as pernas de Bernier e garantiu a vitória dos Wild, em casa.

Realmente não foi a noite de Phil Kessel, que tantas noites foi o herói dos Leafs. Ele perdeu o puck no contra-ataque e seu patins desviou o puck para o gol, permitindo o empate e, nos pênaltis, acabou perdendo achando de empatar, chutando bem longe do gol. Mas é assim mesmo e o importante é que somamos um ponto fora de casa.

Agora é aguardar por dois jogos contra o Buffalo Sabres, sexta e sábado!

Go Leafs Go!!

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: