Arquivo

Archive for the ‘Contusão / Recuperação’ Category

17/10/2022 – Coyotes @ Leafs

terça-feira, 18 outubro 2022 Deixe um comentário

Com duas vitórias e uma derrota, o próximo visitante no Scotiabank Arena foi o Arizona Coyotes, que vai começar a temporada com uma longa lista de jogos fora de casa!

No gol dos Leafs, após a contusão de Matt Murray, que vai deixar o goleiro fora de ação por lê-lo menos 4 semanas, Erik Kallgren foi o convocado, dando um descanso a Ilya Samsonov.

O time dos Coyotes é o segundo mais novo da NHL e a maior experiência dos Leafs deveria se sobressair. Apesar dos Leafs terem mais chutes ao gol e mais tempo de controle do puck no ataque, foram os Coyotes que abriram o placar no primeiro período com um gol de Nick Ritchie, que já jogou nos Leafs, sem muito resultado. Foi o terceiro gol de Ritchie na temporada, em três jogos. Os Leafs ainda não parecem entrosados e os jogadores parecem não saber onde os outros estão no gelo. O time parece perdido, sem uma coordenação.

No segundo período, os Leafs continuam sem se impor e após uma batalha pelo puck atrás do gol dos Leafs, onde três jogadores dos Leafs, incluindo Morgan Rielly e Justin Holl, perdem o puck e Christian Fischer marca ao receber um passe de Nick Bjugstad e chutar forte, à queima roupa. Os Leafs tentam, mas sem uma estrutura de jogo, são sempre bloqueados pelos jogadores dos Coyotes. É frustrante para os jogadores e ainda mais para nós, torcedores. A equipe não consegue sequer levar perigo nos powerplays! E comete penalidades básicas, como “Too Many Men” , ou seja falta de atenção.

Veio o terceiro e último período e, durante os primeiros 13 minutos de jogo, os Leafs não fizeram nada e, se não fosse Erik Kallgren, os Coyotes teriam um placar mais elástico. Entretanto, como estamos falando dos Leafs, a equipe teve uma faísca de esperança quando William Nylander marcou aos 12m54s, e poucos segundos depois, quando Mitch Marner empatou a partida aos 13m18s. O jogo continuou eletrizante após o empate, até que, num powerplay após Calle Jarnkrok cometer interferência em Shayne Gotisbehere, Gotisbehere marcou para os Coyotes! A jogada desse gol foi um resumo da partida. Justin Holl tentou sair jogando e pressionado tentou passar o puck, que foi interceptado na zona de ataque dos Coyotes, que marcaram o gol.

Quando parecia que os Leafs iam ser derrotados, o que seria até justo após a partida horrível que teve essa noite, sendo inclusive vaiado pela torcida que não via organização na equipe, faltando 39s, Alexander Kerfoot conseguiu marcar o gol de empate, se aproveitando de um rebote do chute de John Tavares! Muita alegria e comemoração, mas o técnico dos Coyotes pediu revisão no lance é, após muito analisar, os árbitros disseram ter identificado que Morgan Rielly em sua tentativa de segurar o puck com a mão, acabou cometendo um “hand pass” e anulou o gol!

Morgan Rielly tentou segurar o puck com sua luva, mas um jogador dos Coyotes, disputando a jogada, acertou a mão dele com o taco, o puck resvalou na mão e caiu no gelo aos pés de Rielly, que protegeu o puck com o corpo e deixou Mitch Marner recupera-lo e chutar alto, para continuar a jogada, até que Kerfoot marcou. Eu não vejo como essa jogada poderia ser considerada Hand Pass, pois Rielly não controla o puck com a mão e o jogo ao chão. Após o contato com o taco, o puck resvala, se é que resvala, na mão dele e vai ao gelo. Não houve qualquer controle do puck ou direcionamento do mesmo ao Marner. Mas enfim, o gol foi anulado e ainda levamos mais um, com o gol sem goleiro, Empty Net, marcado por Lawson Crouse, em outra jogada em que os defensores dos Leafs dormiram e tiveram um passe interceptado. Final de partida, Coyotes 4 – Leafs 2.

Eu diria que foi uma derrota merecida. A equipe não apresentou nada de forma consistente. Keefe tem muito trabalho pela frente para ajeitar esse time. Adicionalmente, pode ser que tenhamos perdido Jake Muzzin por algum tempo, pois ele sentiu uma lesão, provavelmente no pescoço, e não voltou ao gelo para o terceiro período. Não que Muzzin estivesse jogando super bem, mas é um dos nossos defensores mais experientes. Com Liljgren, Dahlstrom e Jordy Ben contundidos, a lista de defensores disponíveis está cada vez menor!

O próximo jogo será contra o Dallas Stars, ainda no Scotiabank Arena, no dia 20/10. Que Sheldon Keefe encontre alguma solução para fazer com que esse grupo trabalhe bem e de forma estruturada e organizada no gelo!

Go Leafs Goooooo – Pelo Amor de Deus, Goooo!

2 Vitórias e 2 Derrotas até agora!

20/05/2021 – Montreal Canadiens @ Toronto Maple Leafs – Jogo 1 – Playoffs da NHL – Semifinal de Divisão

sexta-feira, 21 maio 2021 Deixe um comentário

Finalmente, após uma semana do nosso último jogo da temporada regular, devido à atrasos no calendário de jogos de Vancouver Canucks e Calgary Flames, que tiveram problemas relacionados à pandemia de COVID-19, tivemos nosso primeiro jogo de playoffs!

Leafs e Habs não se enfrentavam desde 1979 nos playoffs da NHL e ambas equipes vieram ao gelo do Scotiabank Arena, em Toronto, com muita vontade de vencer.

O Montreal Canadiens teve de volta ao gol, Carey Price, que teve uma noite memorável e, quando exigido pelo ataque dos Leafs, foi sólido e realizou 35 defesas, muitas delas de disparos à queima-roupa, como um de Mitch Marner no final do terceiro período. Pelo Toronto Maple Leafs, Jack Campbell estava no gol em sua primeira aparição em jogos de playoffs pelos Leafs.

O jogo iniciou muito físico por parte dos Canadiens, mas as chances de gol estavam equilibradas até que, próximo ao meio do primeiro período, o capitão dos Leafs, John Tavares, recebeu um check regular de Ben Chiarot e, quando estava caindo no gelo, acabou por receber uma joelhada de Corey Perry, que vinha em velocidade e não conseguiu desviar. Tavares ficou desacordado no gelo e mesmo com a chegada do médico dos Leafs, via-se que estava mal. Ficou no gelo por poucos, mas longos, minutos e as equipes médicas de ambas equipes, além da equipe de emergências do Scotiabank Arena proveram o apoio para imobilizar o pescoço de John Tavares e retira-ló da partida. Ao ser retirado na maca, Tavares levantou o braço e fez um sinal de positivo para tentar mostrar que estava tudo bem com ele.

Quando a partida reiniciou, Nick Foligno chamou Corey Perry para a briga e mal o punk foi colocado em jogo, já jogaram as luvas no gelo e partiram para a briga. Foligno levou a melhor.

Infelizmente os Habs jogaram melhor e acabaram em vantagem no placarzões pouco tempo após a saída de Tavares, que deve ter abalado momentaneamente a equipe do Toronto Maple Leafs. Josh Anderson marcou o gol, chutando por sobre a luva de Campbell, somente 1m38s após a saída do capitão dos Leafs. William Nylander empatou o jogo para os Leafs aos 04m28s do segundo período.

Os Leafs voltaram melhor após o intervalo para o segundo período, tanto que marcaram o gol de empate com Nylander, mas os árabes continuaram bem e ocupando espaço e jogando físico. Apesar de chances no Powerplay, nenhuma equipe conseguia alterar o placarzões até que em uma penalidade de Tomas Tatar, Paul Byron conseguiu proteger o punk de Rasmus Sandin e marcar o gol da vitória do Montreal Canadiens, faltando 07m16s para acabar a partida.

Os Leafs bem que tentaram, mas não conseguiram vencer Price. Os Habs abrem 1 a 0 na série e o próximo jogo será no sábado em Toronto. Espero que a equipe volte melhor e que nada de muito grave tenha acontecido com John Tavares!, que vai passar a noite em observação em um hospital, após realizar exames.

Não começamos os playoffs como gostaríamos, com uma vitória, mas temos que considerar o acidente que tirou Tavares do jogo e o bom jogo dos Habs e de Carey Price, como os fatores determinantes de nossa derrota. Voltaremos melhores no sábado para empatar a série!

Go Leafs Gooooooo

27/02/2019 – Edmonton Oilers @ Toronto Maple Leafs

quinta-feira, 28 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Recebemos o Edmonton Oilers de Connor McDavid, Leon Draisatl e Ryan Nugent-Hopkins e precisávamos continuar vencendo.

Novamente começamos o jogo de forma sonolenta, se é que essa é a melhor palavra para definirmos Leafs e Leon Draisatl que recebeu o puck na zona defensiva, conduziu o disco ao ataque e simplesmente foi passando por todos. Quando chegou mais perto do gol de Frederik Andersen, Ron Hainsey o acompanhou, mas não conseguiu desviar o puck e deixou Draisatl chegar a chutar em Freddie e então aproveitar seu próprio rebote para abrir o placar para os Oilers aos 11m06s, em powerplay. Os Leads somente empataram o jogo aos 18m02s, com Patrick Marleau.

Com o jogo empatado os Leafs tiveram um segundo período muito parecido com o que tiveram contra os Sabres. Foram 4 gols: Mitch Marner aos 01m09s, após receber passe de Zach Hyman, Andreas Johnsson aos 02m26s, William Nylander aos 04m50s, com um chute que acertou o único local desprotegido de Mikko Koskinen e entrou. Com esse gol, enquanto os Leafs estavam em powerplay, Koskinen foi substituído por Anthony Stolarz, que não defendeu um chute de Andreas Johnsson, seu segundo gol da noite aos 08m09s, também em powerplay.

O terceiro período viu John Tavares ampliar para 6 gols e, após uma jogada muito revisada, o segundo gol dos Oilers foi confirmado, marcado por Nugent-Hopkins, aos 16m06.

O jogo teve um lance mais físico de Brad Malone sobre Travis Dermott, levando Dermott aos gelo e contundindo o jogador dos Leafs, aparentemente o ombro. O mais raro é que Malone nem teve um minuto de penalidade, já Dermott não retornou mais ao jogo.

Amanhã visitaremos o New York Islanders, antiga equipe de John Tavares, que vai recebê-lo com todo rancor do mundo após o jogador ter trocado de time, indo à Toronto após a temporada 2017/18.

Boa sorte Tavares! Boa sorte Maple Leafs!!!

Go Leafs Gooooooo

06/11/2018 – Vegas Golden Knights @ Toronto Maple Leafs

sábado, 10 novembro 2018 Deixe um comentário

Mais aliviados após a vitória contra o Pittsburg Penguins, voltamos ao Scotiabank Arena para enfrentar o Vegas Golden Knights em casa.

Frederik Andersen teve uma excelente partida e defendeu 36 chutes do time de Las Vegas para garantir a vitória dos Leafs.

Connor Brown se aproveitou de uma desatenção do defensor Nick Holden dos Knights e abriu o placar, chutando muito rápido contra Marc-André Fleury aos 05m30s do primeiro período. Nos três jogos anteriores, os Leafs nāo conseguiram marcar gols antes do terceiro período.

Mitch Marner marcou o segundo dos Leafs aos 9s do segundo período, com assistência de John Tavares. Aos 11m22s, Cody Eakin recebeu um passe em frente ao gol de Freddie, que não pode fazer nada, pois a defesa simplesmente não chegou a tempo de botar qualquer pressão sobre Anakin, que marcou, acabando com 103m55s de Freddie sem tomar um gol.

Aos 05m01s do terceiro período, Patrick Marleau deu um hit em Eric Haula, que, infelizmente, teve seu pé preso ao gelo ou às bordas e acabou caindo de uma maneira que forçou seu joelho. O jogador foi retirado do gelo numa maca e não retornou mais. Não foi uma jogada desleal de Marleau, mas sim uma fatalidade. Somente definimos o jogo aos 19m25s, quando Nazem Kadri marcou o terceiro dos Leafs.

Como é bom voltar a vencer!

Go Leafs Gooooooooooooo

Auston Matthews está fora de jogo por 4 semanas

terça-feira, 30 outubro 2018 Deixe um comentário

O Toronto Maple Leafs anunciou que após o jogo contra o Winnipeg Jets em Toronto, no sábado, Auston Matthews foi examinado e realmente sofreu uma lesão no ombro esquerdo, muito similar a uma lesão que o tirou de 10 jogos na temporada passada, no ombro direito.

Não existe necessidade de cirurgia, mas Matthews ficará fora de ação pode, pelo menos 4 semanas.

Claro que a ausência de Matthews preocupa os torcedores dos Leafs, pois ele é uma de suas principais estrelas e estava muito bem na temporada, levando muito perigo aos adversários. Mike Babcock terá que preencher essa lacuna de forma a não deixar a performance da equipe cair.

Isso também bota cada vez mais pressão em Kyle Dubas, que ainda não conseguiu fechar o contrato com William Nylander.

Que todas essas situações sejam bem endereçadas e que continuemos somando pontos que nos levarão mais uma vez aos playoffs, com chances de chegar à tão esperada Stanley Cup!

GO Leafs GOOOOOO

GO Matthews GOOOOO

Come Nylander Come

hehehehehehehe

%d blogueiros gostam disto: