Arquivo

Posts Tagged ‘Marc-André Fleury’

14/02/2019 – Toronto Maple Leafs @ Vegas Golden Knights

sábado, 16 fevereiro 2019 Deixe um comentário

Parece que Las Vegas está no caminho de Auston Matthews! O jogador que marcou o seu centésimo ponto na NHL na casa dos Vegas Golden Knights em 31 de dezembro de 2017, nesta mesma T-Mobile Arena, voltou à cidade animado com a possibilidade de marcar seu centésimo gol!

Ao desviar um chute de Jake Gardiner, Andreas Johnsson abriu o placar aos 13m14s, tirando Marc-Andre Fleury da jogada.

No início do segundo período, Brayden McNabb acabou retirando Andreas Johnsson do jogo, numa jogada em que acertou o joelho do jogador dos Leafs de forma muito dura, numa colisão de frente que acertou, aparentemente o joelho de Johnsson. Espero que Johnsson se recupere logo, pois está jogando muito bem para a equipe! No segundo período vimos o time da casa virar o placar com gols de Paul Stastny, aos 02m46s, com is Avs shorthanded (com os Leafs em powerplay) e com uma falha vexaminosa de Frederik Andersen, que não segurou o puck em sua luva, permitindo Stastny a roubar o puck e ainda marcar o gol! Oscar Lindberg virou implicar aos 07m12s. Para alívio da Leafs Nation, Patrick Marleau respondeu logo e marcou o gol de empate aos 08m52s. Aos 13m25s, Auston Matthews marcou seu gol de número 100 na NHL, sobre Marc-Andre Fleury. Foi um gol muito comemorado por todos, pois foi num powerplay e foi gol de virada sobre os Avs.

William Karlsson empatou novamente aos 04m12s do terceiro período, mas, depois disso, os Leafs se acertaram na defesa e Morgan Rielly marcou aos 10m01s, Auston Matthews marcou mais um aos 10m56s e Mitch Marner marcou aos 16m33s, shorthanded. Foi um ótimo jogo para os Leafs e uma ótima vitória!

Andreas Johnsson não retornou à partida e é dúvida para as próximas partidas dos Leafs!

Go Leafs Goooooooo

06/11/2018 – Vegas Golden Knights @ Toronto Maple Leafs

sábado, 10 novembro 2018 Deixe um comentário

Mais aliviados após a vitória contra o Pittsburg Penguins, voltamos ao Scotiabank Arena para enfrentar o Vegas Golden Knights em casa.

Frederik Andersen teve uma excelente partida e defendeu 36 chutes do time de Las Vegas para garantir a vitória dos Leafs.

Connor Brown se aproveitou de uma desatenção do defensor Nick Holden dos Knights e abriu o placar, chutando muito rápido contra Marc-André Fleury aos 05m30s do primeiro período. Nos três jogos anteriores, os Leafs nāo conseguiram marcar gols antes do terceiro período.

Mitch Marner marcou o segundo dos Leafs aos 9s do segundo período, com assistência de John Tavares. Aos 11m22s, Cody Eakin recebeu um passe em frente ao gol de Freddie, que não pode fazer nada, pois a defesa simplesmente não chegou a tempo de botar qualquer pressão sobre Anakin, que marcou, acabando com 103m55s de Freddie sem tomar um gol.

Aos 05m01s do terceiro período, Patrick Marleau deu um hit em Eric Haula, que, infelizmente, teve seu pé preso ao gelo ou às bordas e acabou caindo de uma maneira que forçou seu joelho. O jogador foi retirado do gelo numa maca e não retornou mais. Não foi uma jogada desleal de Marleau, mas sim uma fatalidade. Somente definimos o jogo aos 19m25s, quando Nazem Kadri marcou o terceiro dos Leafs.

Como é bom voltar a vencer!

Go Leafs Gooooooooooooo

08/04/2017 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 10 abril 2017 Deixe um comentário

Na briga pela vaga nos playoffs, o Toronto Maple Leafs recebeu o Pittsburgh Penguins no Air Canada Centre. A única vaga nos playoffs ainda sem ser definida era a que os Leafs, Lightning e Isles disputavam. Para os Leafs, bastava vencer sua própria partida e a classificação tão esperada seria garantida.

Os Leafs saíram atrás do placar com um gol de Phil Kessel sobre Frederik Andersen, aos 06m11s. A noite parecia que ia se complicar para os Leafs, mas James Van Riemsdyk empatou aos 06m40s. Ao final do primeiro período, Tom Sestito acabou por atingir Frederik Andersen ao passar pela crease e deixou o goleiro dos Leafs contundido e meio zonzo. Andersen deixou o gelo e não retornou mais e, em seu lugar, Curtis McElhinney foi acionado. 

O segundo período viu os Leafs virarem o placar aos 03m30s, quando Tyler Bozak recebeu um lindo passe de William Nylander durante um powerplay e não desperdiçou. Os Penguins, atuais campeões da Stanley Cup, não são fáceis e não desistem na partida. A equipe empatou aos 07m55s também num powerplay, com um gol de Sidney Crosby. 

No terceiro período, os Leafs estavam com 20 minutos para garantir sua classificação e começamos mal, com Jake Gardiner desviando um chute cruzado de Guentzel, que acabou se tornando um gol contra. Como não existe gol contra no hóquei, o gol foi marcado para Guentzel aos 06m51s. Agora os torcedores dos Leafs começavam a se sentir desesperados, pois os Lightning e Isles estavam vencendo na noite de ontem. Mas tudo mudou aos 14m30s, quando Kasperi Kapanen empatou a partida com seu primeiro gol na NHL. Connor Brown virou a partida aos 17m12s e levou o Air Canada Centre à loucura! Era gol da classificação aos playoffs! Mas os Penguins bem que tentaram estragar a festa poucos minutos depois quando McElhinney defendeu um chute de Crosby, à queima roupa! Foi a defesa da noite!! Os Leafs ainda marcaram mais um com Auston Matthews, o gol de número 40 na temporada, com os Penguins já com Marc-Andre Fleury no banco (empty-net).

Fim de jogo! Penguins 3, Leafs 5. Os Leafs voltam aos playoffs que não viam desde 2013!!! Na noite seguinte ainda havia o jogo contra o Columbus Blue Jackets que decidiria a posição dos Leafs e o adversário nos playoffs. Uma derrota nos faria jogar contra o Washington Capitals, mas a vitória ou empate no tempo regular, nos faria enfrentar o nosso rival de província, Ottawa Senators, que era o que todos em Toronto desejavam! 

A classificação aos playoffs tirou o peso dos ombros dos jogadores que Leafs! Agora é focar e, quem quer que seja o adversário, jogar da melhor forma possível pois cada jogo é um jogo!

Go Leafs Goooo! De volta aos playoffs, dessa vez para ficar!! 

17/12/2016 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 19 dezembro 2016 Deixe um comentário

O Pittsburgh Penguins de Sidney Crosby, Evgeny Malkin e Phil Kessel foi à Toronto visitar os Leafs e tiveram um jogo muito disputado.

Pelos Penguins, Marc-Andre Fleury estava no gol, já que a equipe havia ligado na noite anterior. Pelo Toronto Maple Leafs, Frederik Andersen fez uma ótima partida. 

O jogo mal havia começado e Connor Carrick cometeu uma penalidade que forneceu um pênalti shot para os Penguins. Carl Hagelin foi para o chute e Andersen efetuou uma ótima defesa, não permitindo aos Penguins abrir o placar. Aos 12m51s, Evgeny Malkin se aproveitou de uma boa movimentação do puck, que não deu visão ao goleiro dos Leafs e disparou contra um gol, praticamente aberto. Nikita Zaitsev não deixou os Penguins comemorarem e menos de 20s depois, aos 13m05s, marcou o empate para os Leafs. 

O primeiro período ainda viu Marc-Andre Fleury sair para os vestuários após a lâmina do patins de James Van Riemsdyk atingir acidentalmente seu pescoço. O goleiro levou cinco pontos e retornou ao jogo. O corte foi muito próximo à jugular do goleiro dos Penguins, mas nada de mais grave ocorreu para a felicidade de todos. 

O jogo foi muito disputado, mas o Toronto Maple Leafs conseguiu desferir 20 chutes ao gol de Fleury somente no segundo período. Essa foi a segunda vez na temporada que os Leafs conseguiram mais de 20 chutes em um só período. Mas Fleury, que é um ótimo goleiro, estava muito sólido e não permitiu nenhum gol. Pelos Leafs, Frederik Andersen também estava muito bem e inclusive fechou o gol numa tentativa de Phil Kessel num contra-ataque que poderia ter sido matador. 

Sem mais nenhum gol no tempo regulamentar, o jogo foi para a prorrogação e nele, Mitch Marner foi ao ataque, forçou o defensor a cometer um erro e perder o controle do puck e tentou driblar Fleury, que saiu muito bem do gol, mas o puck acabou ficando livre em frente ao gol dos Penguins com Fleury e um defensor caídos no gelo. Jame Gardiner apareceu e mandou o puck pro fundo do gol por cima dos dois jogadores dos Penguins, garantindo a vitória para o time da casa. Vitória merecida! 

O próximo jogo é hoje, segunda-feira 19/12, quando os Leafs recebem a visita do Anaheim Ducks.

Go Leafs Gooooo

31/10/2015 – Pittsburgh Penguins @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 02 novembro 2015 Deixe um comentário

Bem no Halloween os Leafs receberam a visita do Pittsburgh Penguins e, por consequências, de Phil Kessel. Foi o primeiro retorno de Kessel a Toronto após a troca realizada na pós-temporada e a torcida dos Leafs ficou dividida: parte da torcida o congratulou e disse sentir sua falta e outra parte o vaiou. Minha opinião é que Kessel sempre gostou de jogar em Toronto e adora a cidade, a sua troca foi devido a seu alto salário e a necessidade dos Leafs de iniciar uma reconstrução do zero. Não me gosta nada a ideia de vaiar jogadores que nada fizeram para isso! Já por exemplo, quando os Senators vinham a Toronto, na época do Mats Sundin, eu apoiava a vaia para o Daniel Alfredsson, mas pela rivalidade, não por fatores pessoais, afinal ele também era um grande jogador.

Mesmo com Jonathan Bernier tendo jogado contra os Rangers na noite anterior, como ele teve um ótimo jogo mesmo com a derrota, Mike Babcock o escolheu para mais este jogo.

Nesta partida os Leafs foram assombrados por Pinguins vampiros, ou Penguins zumbis! Os Leafs jogaram mal e não conseguiram marcar um gol sequer! Tudo começou aos 13, isso mesmo, 13m33s do primeiro período, com os Leafs em desvantagem numérica. Os Penguins foram ao ataque e após um chute que passou por baixo das pernas de Bernier, e parou quase na linha do gol, quando Chris Kunitz apareceu para empurrar o puck pra dentro do gol. 

No segundo período os Penguins marcaram um gol num momento em que os Leafs tinham tudo para empatar a partida, já que estávamos em powerplay, mas quem marcou foram os Penguins, com Eric Fehr aos 02m34s. Foi o primeiro jogo de Eric Fehr pelos Penguins e, portanto, seu primeiro gol defendendo os Penguins. Ainda no segundo período, Matt Cullen ampliou aos 10m29s. No terceiro período, Patrick Hornqvist fechou o placar aos 04m31s.

Mais uma derrota dos Leafs que ainda não venceram em casa e somente possuem 1 vitória em 10 jogos! A reconstrução realmente parece que vai ser bem dolorosa aos torcedores dos Leafs. Um jogador que não tem apresentado bom hóquei é Nazem Kadri, que somente possui contrato para este ano.

Hoje recebemos o Dallas Stars, o melhor time da conferência Oeste. Mais uma pedreira para nossa equipe.

Go Leafs Go

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: