Arquivo

Posts Tagged ‘Mark Stone’

12/03/2016 – Toronto Maple Leafs @ Ottawa Senators

segunda-feira, 14 março 2016 Deixe um comentário

Mais uma Batalha de Ontario, dessa vez com o Toronto Maple Leafs visitando o Ottawa Senators. Infelizmente os Leafs não conseguiram se impor e o resultado foi mais uma derrota, desta vez por shutout. 

Os Leafs conseguiram jogar o primeiro período muito bem, enfrentando o time da casa com chances iguais de vencer, apesar de ficarem atrás no placar desde os 05m40s, quando Mika Zibanejad venceu Garret Sparks, e com os Leafs jogando melhor que os Senators. 

Entretanto toda essa aplicação acabou no começo do segundo período, quando Cody Ceci ampliou o placar aos 00m19s. Os Lesfs simplesmente não conseguiram mais se impor. 

Para finalizar, o terceiro período viu gols de Zack Smith aos 01m21s e Mark Stone aos 15m21s, fechando o placar em 4 a 0 para os Senators. 

Craig Anderson saiu do jogo com a vitória por shutout e Garret Sparks efetuou um número baixo de defesas, 13, o que demonstrou que os Senators não foram tão bem assim, mas aproveitaram as poucas chances dadas pelos Leafs. 

Na noite seguinte os Leafs visitaram o Detroit Red Wings. 

Go Leafs Go

06/02/2016 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

segunda-feira, 08 fevereiro 2016 Deixe um comentário

Em mais uma edição da Batalha de Ontario, os Leafs receberam o Ottawa Senators no Air Canada Centre, com as equipes vivendo fases diferentes na temporada. Os Sens vinham de três derrotas e os Leafs de duas vitórias, mas o placar final foi totalmente inesperado.

No gol do Toronto Maple Leafs, James Reimer bem que tentou fazer o possível para dar chances aos Leafs de vencer, mas a equipe começou a partida muito mal e em menos de 5 minutos proporcionou dois contra-ataques que não foram desperdiçados pelos Senators. Aos 00m19s, os Sens abriram o placar com um contra-ataque em dois contra Reimer, onde Zack Smith marcou. Aos 04m21s, foi a vez de Mika Zibanejad ampliar numa jogada que parecia o replay da primeira, sem qualquer chance para Reimer defender. Aos 07m38s, Bobby Ryan marcou o terceiro dos Sens, num chute que conseguiu passar por baixo do braço de Reimer, no gol que retirou o goleiro dos Leafs da partida, dando chance a Jonathan Bernier de mudar o destino e, quem sabe, conseguir a vitória para os Leafs, ou pelo menos evitar uma goleada.

Bernier entrou bem no jogo e só permitiu um gol aos 07m08s do segundo período, num chute de Curtis Lazar. 

Atrás no placar, os Leafs não voltaram bem para o último período e permitiu mais dois gols. Aos 00m39s, Mark Stone ampliou para 5 gols. Curtid Lazar marcou mais um aos 02m27s e, tudo que restou aos Leafs foi impedir a vitória dos Senators por shutout. P.A. Parenteau marcou para os Leafs recebendo um passe de Daniel Winnik aos 03m25s. 

Foi um jogo onde os Leafs pareciam não se encontrar no gelo e os Senators venciam todas as disputas do puck, bloqueavam as chances dos Leafs e não deram chance ao time de acordar!

Parabéns aos Senators que jogaram muito bem e que os Leafs melhorem para a próxima partida, contra o Calgary Flames, em Calgary!

Go Leafs Gooo

10/10/2015 – Ottawa Senators @ Toronto Maple Leafs

terça-feira, 13 outubro 2015 Deixe um comentário

Com apenas um gol marcado e sete gols sofridos em apenas dois jogos, os Leafs não tiveram o início de temporada que sonhavam, mas o que passou não temos como mudar e só nos resta focar no próximo jogo que, neste caso, é uma Batalha de Ontario, onde recebemos os Ottawa Senators no Air Canada Centre.

Neste jogo os Leafs foram muito bem! No primeiro período a equipe dominou o gelo e jogou bem tanto na defesa quanto no ataque, mas não converteu esse domínio em gols e o placar acabou não sendo alterado.

O início do segundo período foi um total pesadelo para os Leafs, com os Senators marcando três gols, todos em vantagem numérica, powerplay, em menos de cinco minutos! Foi uma implosão nos Leafs! Tudo começou aos 0m46s, com Kyle Turris com um chute que Reimer não conseguiu defender, depois aos 03m38s com Alex Chiasson que se aproveitou de uma equivocada troca de linhas dos Leafs, saiu do penalty box e recebeu um passe que o deixou sozinho contra James Reimer! O terceiro gol foi marcado aos 04m56s com Milan Michalek. O que foi mais impressionante neste jogo foi a reação dos Leafs. Aos 07m05s, os Leafs pressionavam os Senators e Joffrey Lupul marcou um belo gol, abaixo da luva de Craig Anderson. Ainda no segundo período, Tyler Bozak diminuiu a diferença para somente um gol, aos 14m33s, deixando os Leafs mais confiantes numa possível virada.

O terceiro período viu o ímpeto dos Leafs continuar com força total! Aos 03m18s, chegamos ao empate, com um belo gol de Peter Holland que recebeu um passe bem posicionado e enganou Craig Anderson, chutando de backhand! Os Senators ainda marcaram o seu quarto gol, num chute muito forte de Mark Stone aos 08m59s. Os Leafs não desistiram e continuaram pressionando! Aos 16m12s, com Brad Boyes saindo do penalty box, os Leafs armaram um contra-ataque e Daniel Winnik ficou cara a cara com Craig Anderson. Winnik fez uma jogada maravilhosa, driblando Anderson e marcando um golaço, mas o puck bateu na câmera no fundo do gol e voltou ao gelo e a arbitragem, inicialmente, não oficializou o gol, achando que o puck (disco) não havia entrado. Depois de alguns segundos, o gol foi validado é mais uma vez os Leafs empataram a partida.

O empate levou o jogo à prorrogação e, apesar de jogarem em vantagem numérica, os Leafs não chegaram ao gol de vitória, sendo o jogo decidido nos pênaltis! Os Leafs começaram melhor, com P.A. Parenteau marcando e Kyle Turris sendo defendido por Reimer. Mas Tyler Bozak e Joffrey Lupul não conseguiram marcar para os Leafs enquanto Bobby Ryan e Mike Hoffman marcaram para os Senators.

Ainda não vencemos, mas a raça e o esforço estão presentes! Gostei da equipe neste jogo e creio que estamos melhorando a cada partida! Reimer jogou bem e não foi dele a culpa dos gols sofridos.

Agora é aguardar até sexta-feira, quando vamos a Columbus enfrentar os Blue Jackets que também não estão tendo um bom início de temporada. Aliás é o time do ex-Leafs, David Clarkson! 

Go Leafs Go! 

%d blogueiros gostam disto: